gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Toda a Verdade: Linux o Código que abalou o Mundo
Contribuído por BladeRunner em 02-10-02 11:21
do departamento tv
Televisão Anonimo Cobarde escreve "Hoje na Sic Notícias às 15 horas o programa Toda a Verdade é dedicado ao Linux, com o sugestivo tema: Linux, o código que abalou o Mundo. A emissão é repetida à 1 hora da noite. Não deve ser nada que já não saibamos, mas deve valer a pena ver"

DIvX na GameCube | Tecnologia: TFT 3D Sharp & USB On-the-go  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • Mais acerca Televisão
  • Também por BladeRunner
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Hooray for ACs (Pontos:2, Interessante)
    por techn0id em 02-10-02 11:36 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Bem, isto nao interessa nada, e' completamente off-topic e para mim e' igual ao litro. So' que nao e' igual ao litro para o gildot e para os fundamentalistas anti-AC. Tantas vezes tenho lido por estas bandas que os ACs sao, de facto, cobardes, que se deviam extinguir e o diabo a quatro. Pergunto entao por que razao e' que entre um artigo submetido por um AC e um artigo submetido por um utilizador identificado (e do meu ponto mais completo em termos de conteudo) acaba por se publicado o artigo do AC?

    Enfim, on another note, acho que e' _muito_ bom que o Linux tenha um espaco deste tipo na TV em Portugal. Os 'suits' se calhar veem mais a SIC Noticias do que as baboseiras do 2010 ;) Vamos la' ver o que vai sair dali, mas normalmente a qualidade destas reportagens de grande informacao, costuma ser elevada.
    Re:Hooray for ACs (Pontos:2)
    por Gamito em 02-10-02 12:25 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://www.gamito.org/
    Tu podes não acreditar, mas a verdade é que submetes-te o teu artigo 1 ou 2 segundos depois de eu ter aprovado este.
    Primeiro só havia este, depois de ter feito Submit e de ter voltado aos artigos já lá estava o teu.

    Ass. um feroz anti-AC.

    Mário Gamito
    www.gamito.org
    Re:Hooray for ACs (Pontos:2)
    por techn0id em 02-10-02 12:34 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Fica esclarecido. Tal como disse, para mim vai dar ao mesmo, o que interessa e' a noticia, so' que sabendo-te anti-AC, como alias fizeste questao de afirmar na tua reply ;), pareceu-me que nao batia a bota com a perdigota. Dai' o reparo e a pergunta.
    Re:Hooray for ACs (Pontos:1, Informativo)
    por Anonimo Cobarde em 02-10-02 12:56 GMT (#11)
    Sim é verdade que o fiz debaixo de um AC, mas isso é porque nunca me pareceu necessário abrir uma conta no gildot. E depois como a reportagem é hoje decide submete-la o mais rápido possível. PS- Sei que agora me vão matar porque estou a escrever utilizando o IE, mas é porque estou no trabalho e cá o sítio não usa linux/unix ou qualquer outra coisa que não seja MS.
    Re:Hooray for ACs (Pontos:2)
    por techn0id em 02-10-02 13:03 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Pareces um bocado paranoico nao? Nao precisas de te justificar, acho eu, nem pelo facto de enviares um artigo como AC (estas no teu direito) nem em usar IE ou seja la' o que for (estas no teu direito, ou se calhar no do teu patrao) ;)

    I rest my case now.
    Re:Hooray for ACs (Pontos:1)
    por Mulder3 em 02-10-02 13:04 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    Que estupidez que tu estás a dizer, se não gostas não comes!
    Re:Hooray for ACs (Pontos:2)
    por techn0id em 02-10-02 13:18 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    E MAI NADA!

    Este tipo sera' o Stallman undercover?
    Links! (Pontos:3, Informativo)
    por mlopes em 02-10-02 11:37 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    A Página com a programação não foi fácil de encontrar!

    If you don't have time to do it right, where are you going to find the time to do it over?

    Agora é que é! (Pontos:3, Engraçado)
    por js em 02-10-02 12:06 GMT (#3)
    (Utilizador Info)

    Agora é que o Stallman se manda ao ar: Linux não! GNU/Linux!

    Revolution-OS (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 02-10-02 12:11 GMT (#4)
    agora só falta a RTP dar o documentário Revolution-OS, seguido de um belo debate com pessoas que saibam do que falam... e se possível tb com pessoas ligadas aos partidos com assento na AR, para saber-mos de facto quais as suas opiniões sobre o FS/OSS.

    quantic_oscillation
    Re:Revolution-OS (Pontos:2)
    por leitao em 02-10-02 12:29 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    seguido de um belo debate com pessoas que saibam do que falam... e se possível tb com pessoas ligadas aos partidos com assento na AR, para saber-mos de facto quais as suas opiniões sobre o FS/OSS.

    duh! com coisas em portugal como defices superiores a 3%, o estado da educacao, reforma do sistema fiscal, corrupcao passiva e activa e a politica do futebol achas honestamente que alguem com assento na AR vai ligar corno ao assunto do FS/OSS ?


    "The Hog is Saint and Sinner and right up front!"

    Re:Revolution-OS (Pontos:2)
    por xeon em 02-10-02 12:55 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://pthelp.org
    Faz algumas contas em relacao aos custos de licenciamento do software usado pelo estado, e chegas rapidamente 'a conclusao de que, se nao ligam "corno" (sic), deviam ...


    -- Reading the FM
    Re:Revolution-OS (Pontos:2)
    por leitao em 02-10-02 13:22 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Hamm... isto ja' foi rebatido e mais que rebatido. Ainda esta' alguem para mostrar essas "contas" e qual as vantagens economicas.


    "The Hog is Saint and Sinner and right up front!"

    Re:Revolution-OS (Pontos:2, Redundante)
    por xeon em 02-10-02 14:13 GMT (#22)
    (Utilizador Info) http://pthelp.org
    "We have prided ourselves on always being the cheapest guy on the block--we were going to be higher volume and lower priced than anybody else out there, whether it was Novell, Lotus or anybody else," said Ballmer, during a keynote that closed the event. "One issue we have now, a unique competitor, is Linux. We haven't figured out how to be lower priced than Linux. For us as a company, we're going through a whole new world of thinking."

    Steve Ballmer, speaking Monday at Microsoft's Fusion 2002 partner conference in Los Angeles.

    (full article @ http://www.varbusiness.com/file/36355.html )

    Se e' a propria MS a dizer que sim ... vais contradizer ? :-)

    -- Reading the FM
    Re:Revolution-OS (Pontos:3, Esclarecedor)
    por leitao em 02-10-02 15:01 GMT (#26)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Se e' a propria MS a dizer que sim ... vais contradizer ? :-)

    Hammm... vou, pela simples razao de essa frase do Balmer fora do contexto nao querer dizer nada. O contexto da frase e' (novamente) o custo das licencas (de facto e' impossivel competir com custo 0) -- que como ja' foi rebatido 100000000000 de vezes e' uma parte muito pequena do tal TCO de que se esta' sempre a falar (e que o Balmer refere).

    Agora, nao penses que estou a defender a microsoft nisto -- o que estou a dizer e' que e' necessario ter muito cuidado quando se fala de OSS/FS no estado. E' o nosso dinheiro, e e' preciso entender muito bem se um custo inicial menor nao implica um custo continuo maior.


    "The Hog is Saint and Sinner and right up front!"

    Re:Revolution-OS (Pontos:3, Informativo)
    por joaobranco em 02-10-02 17:27 GMT (#37)
    (Utilizador Info)
    Agora, nao penses que estou a defender a microsoft nisto -- o que estou a dizer e' que e' necessario ter muito cuidado quando se fala de OSS/FS no estado. E' o nosso dinheiro, e e' preciso entender muito bem se um custo inicial menor nao implica um custo continuo maior.

    Não vejo diferença no cuidado a ter se for no estado ou se for na empresa a que estamos ligados. Ou a solução vale a pena ou não, e como profissional tens de ter no teu emprego pelo menos o mesmo cuidado que tens com o teu proprio dinheiro.

    De qualquer forma, penso que as análises estáticas (custo de licenciamento apenas) e mesmo as minimamente dinâmicas (incluindo TCO) não chegam. O TCO não inclui geralmente o custo de "lock-in". É preciso fazer uma análise ao longo de toda a vida do produto, e não apenas o valor que se ganha ou perde por ano.

    Se eu tiver uma solução boa e a um preço até razoavel mas se tiver que mudar dela mais tarde o meu custo for muito elevado, pode ser que fique pior do que se pagar mais por ano (ou inicialmente) mas tiver a possibilidade de mais tarde mudar. E posso ficar pior ou não de acordo com os interesses de quem me forneceu a solução (quase ninguém assina acordos de licenciamento a longo prazo, mas os sistemas criados são supostos para funcionar a longo prazo).

    Claro que existem alguns majorantes práticas para o custo de lock-in, mas esses majorantes podem ser muito elevados, logo este valor deve ser também considerado para uma análise de custos totais, e raramente o é (principalmente porque é algo que implica previsão de comportamento de outras entidades).

    Cumps,

    JB

    Re:Revolution-OS (Pontos:3, Engraçado)
    por Dehumanizer em 02-10-02 14:57 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    Não conheces aquela anedota?

    Um Presidente de Câmara queria construir uma ponte e, para esse efeito, foi aberto um concurso público. Concorreram três empreiteiros: um alemão, um americano e um português.

    Proposta do alemão:
    3 milhões de euros:
      1 milhão pela mão-de-obra;
      1 milhão pelo material;
      1 milhão para lucro próprio.

    Proposta do americano:
    6 milhões de euros:
      2 milhões pela mão-de-obra;
      2 milhões pelo material;
      2 milhões para mim.
    Mas o serviço é de primeira.

    Proposta do português:
    9 milhões de euros.

    Nove milhões?", admirou-se o Presidente de Câmara. "É demais! Porquê tanto?" Respondeu o empreiteiro português: É simples: 3 milhões para mim; 3 milhões para si; 3 milhões para o alemão fazer a obra..."

    Porque é que achas que governos e grandes empresas vão quase sempre para a MS? Porque o importante para quem toma as decisões não é reduzir custos, mas sim encher os bolsos...


    "To underestimate one's self is as much a departure from truth as to exaggerate one's own powers"
    - Sherlock Holmes
    Re:Revolution-OS (Pontos:3, Interessante)
    por leitao em 02-10-02 15:51 GMT (#32)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Porque é que achas que governos e grandes empresas vão quase sempre para a MS? Porque o importante para quem toma as decisões não é reduzir custos, mas sim encher os bolsos...

    True, true... mas tens que pensar que em IT nunca da' muito para encher os bolsos (estamos a falar de algumas dezenas de milhares de contos aqui ou ali). Onde de facto da' para encher os bolsos e' em coisas como a Expo, Ponte Vasco da Gama, auto-estradas e afins (onde falamos de algumas dezenas de milhoes). Alem disso em informatica nao e' tao facil de "esconder" custos -- e' que numa auto-estradas roubas 10% ao cimento que eras suposto usar e automaticamente fazes umas centenas de milhar. Em IT nao da' para esconder "servidores" (embora possas esconder custos associados como consultoria).

    E' por essas coisas que nao me acredito que a corrupcao activa em IT seja assim tao grande (mas posso estar a ser ingenuo).

    Por falar em corrupcao, sugiro a leitura disto sobre Portugal e a comparacao com paises como o Reino Unido, ou mais curiosamente com a Franca (como resumo, embora Portugal esteja atras do UK em relacao ao controle da corrupcao, esta' muito 'a frente de varios paises europeus como a Franca ou Italia).
    "The Hog is Saint and Sinner and right up front!"

    Re:Revolution-OS (Pontos:2)
    por leitao em 02-10-02 13:24 GMT (#19)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Hamm... vamos ver quao longe vai essa proposta lei.


    "The Hog is Saint and Sinner and right up front!"

    Re:Revolution-OS (Pontos:2)
    por Cyclops em 02-10-02 12:48 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://www.1407.org
    Não é impossível que o que vai passar no programa Toda a Verdade até possa ser o Revolution OS.
    Who's Using Linux? (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 02-10-02 13:16 GMT (#16)
    até pode ser que passemos a constar desta lista:

    Foreign Nations

    pelo menos vou sonhando...

    quantic_oscillation
    E ainda dizem que a Grécia está atrás de nós!!! (Pontos:3, Interessante)
    por ^magico^ em 02-10-02 13:57 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Greece

    "A year ago, Greek goverment decided that all public schools of Greece should be equiped with a 12 clients - 1 server lab at least, with all the machines being dual boot (Linux + win2000). Also the school books of the public technical schools have been rewritten. Now 15 year old kids learn about who, rm, cp, tar, telnet etc, and 16 year old kids learn about /dev/..., | , gnome, kde, adduser, lpr as a part of their normal everyday school lab activities. Distro is SuSE because of excellent greekalization support. Till now about 3000 labs have been delivered and are up and working, and more and more are being installed every day.

    (and a hint: very important, even more than the free+open sourced things is the localization aspect : Greek tranlated HOWTOs, ispell, GNOME, installation prodecure, fonts, keyboard switch, messages etc...)

    If anyone worries about the luck of linux admins, operators, programmers, power users in companies, just wait 2-3 years for the first school graduates. Greece will be a major Linux admin exporter :-)"

    Source: Reply quoted in "Linux in education report #53". Simple End User Linux (17 September 2001). http://www.seul.org/edu/report53.html. Accessed 30 September 2001.
    documentário muito fraquinho... (Pontos:1, Interessante)
    por Anonimo Cobarde em 02-10-02 14:37 GMT (#24)
    Parece que foi redigido por crianças... Nem sei até que ponto este documentário sequer serve para ajudar a imagem do Linux... E por alguma razão estranha, nenhum dos ilustres tem uma legenda a indicar quem são e o que fazem.
    Tradução e Terminologia (Pontos:2)
    por joaobranco em 02-10-02 15:08 GMT (#27)
    (Utilizador Info)
    Ao nível da que a TV por cabo já nos habitou (muito, muito abaixo de cão).

    Pelo menos era legendado, e deu para ouvir o original. No entanto custo um bocadinho ver o Stallman falar da diferença entre software livre e grátis e na frase seguinte traduzirem "free software" por software gratuito... Ou traduzirem sempre "hacker" por "pirata informático".

    JB

    Re:Tradução e Terminologia (Pontos:2)
    por Astrónomo em 02-10-02 15:10 GMT (#29)
    (Utilizador Info)
    A tradução de hacker por pirata é muito comum na televisão portuguesa.
    Muito sinceramente, não encontro uma boa tradução para a palavra hacker. Sugestões agradecem-se.

    ----
    aqui porque não deves utilizar IE, Outlook, Windows Media e Messenger.

    Re:Tradução e Terminologia (Pontos:2)
    por xeon em 02-10-02 15:30 GMT (#31)
    (Utilizador Info) http://pthelp.org
    Hacker
    -- Reading the FM
    Re:Tradução e Terminologia (Pontos:3, Engraçado)
    por mvalente em 02-10-02 16:54 GMT (#35)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    Coca-bichinhos, curioso, desenrasca, jeitoso, biscateiro, MacGyver :-)

    Cumprimentos

    Mario Valente

    Re:Tradução e Terminologia (Pontos:2)
    por js em 02-10-02 19:02 GMT (#39)
    (Utilizador Info)

    Artista, artífice, artesão... mas enfim, eu sou suspeito para sugerir palavras com prefixo art. :^)

    Acho que o melhor, em pt-PT, é "jeitoso". São os jeitosos da informática. Só que... estás a ver uma página com fundo negro e look todo gótico a dizer "sítio dos jeitosos da informática"? Era logo de perguntar se o fundo não devia ser cor-de-rosa!

    Re:Tradução e Terminologia (Pontos:2)
    por joaorf em 02-10-02 20:38 GMT (#46)
    (Utilizador Info)
    Essas palavras até podem andar perto do conceito original, mas soam mal em Português.
    Acho que, à falta de uma palavra adequada, mais vale utilizar o estrangeirismo e dizer hacker.
    Re:Tradução e Terminologia (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 02-10-02 17:51 GMT (#38)
    (Utilizador Info)
    One-who-wants-to-know-the-innards-of-a-particular-system-as-opposed-to-regular-people-who- want-to-learn-just-the-bare-minimum-to-use-it. :)


    "To underestimate one's self is as much a departure from truth as to exaggerate one's own powers"
    - Sherlock Holmes
    Re:Tradução e Terminologia (Pontos:1)
    por ssn em 02-10-02 20:22 GMT (#45)
    (Utilizador Info)

    Erradamente a Porto Editora traduz, no âmbito da informática, a palavra hacker por:

    • viciado em computadores
    • pirata informático

    Demasiado redutor...


    Re:Tradução e Terminologia (Pontos:2)
    por Psiwar em 02-10-02 22:08 GMT (#49)
    (Utilizador Info) http://www.netcode.pt
    Se lá fora já se usa a palavra hacker para todo e qualquer criminoso informático porque é que cá em .pt (onde nada é original) se ia tratar de maneira diferente?

    Os únicos a usar o termo hacker são os próprios hackers. E nunca conseguirão sobrepor-se ao poder (negativo) da imprensa. É como as alcunhas que muitos de nós tinhamos durante a escola... quanto mais quisessemos que fosse utilizado o nosso nome correctamente, mais ele era abusado. (must... control... urge... to give... gildotian example) Por isso mais vale estar calado e esperar que a coisa se esfume... pode ser que eles passem a usar outra palavra menos na moda.

    Por isso, use-se especialista em informática, especialista em segurança informática, etc... e está o assunto arrumado.
    Yet Another Opinion (Pontos:2)
    por Astrónomo em 02-10-02 15:09 GMT (#28)
    (Utilizador Info)
    Gostei pelo registo documental. Mas duvido que possa entusiasmar um "não convertido".

    Geralmente, os documentários sobre software costumam parecer uma manta de retalhos e sou muito pouco elucidativos. Isto é explicável pelo facto de quem faz documentários ter dificuldade em compreender a fundo o tema. A única excepção que encontrei foram os documentários escritos e apresentados pelo Robert Cringely, que são excelentes em virtude do autor acompanhar há muitos anos a evolução da indústria.

    Do documentário que hoje, destaco as intervenções do Richard Stallman. Contrariamente ao que esperava, o homem é um grande comunicador. Talvez pelo seu passado de professor, ele consegue explicar assuntos complexos numa linguagem que um leigo pode entender.

    Uma lacuna foi a ausência de lengendas identificadoras das pessoas que estavam a ser entrevistadas. Não acredito que o original não as tivesse, parece-me mais que tenha sido a SIC que não as colocou.

    ----
    aqui porque não deves utilizar IE, Outlook, Windows Media e Messenger.

    Re:Yet Another Opinion (Pontos:2)
    por racme em 03-10-02 1:54 GMT (#53)
    (Utilizador Info)
    Do documentário que hoje, destaco as intervenções do Richard Stallman. Contrariamente ao que esperava, o homem é um grande comunicador. Talvez pelo seu passado de professor, ele consegue explicar assuntos complexos numa linguagem que um leigo pode entender.

    Ele nao tem feito outra coisa nos ultimos 20 anos quq nao seja comunicar, nao sei onde foste buscar essa do "contrariamente ao que esperava", mas tudo bem é a tua opiniao.

    Ate existem muitos que acham que ele ate comunica de demais :D



    ...no reino de Quelthalas...
    im awake, im awake!
    /me claps (Pontos:2, Interessante)
    por techn0id em 02-10-02 15:24 GMT (#30)
    (Utilizador Info)
    Bem, em primeiro lugar tenho a dizer que achei MUITO bom tendo em conta o standard que se costuma ver e ouvir na televisao em geral no que toca 'a questao do Linux/Open Source. Tenho apenas um par de criticas negativas a fazer mas que pouca ou nenhuma importancia tem, a meu ver, para a imagem do Linux ou seja do que for. Sao elas a) o facto de traduzirem 'hackers' por 'piratas informaticos' nas legendas (ya, so' lhes falta mesmo e' a pala no olho e uma perna de pau) alem de outras incoerencias na legendagem, mas enfim... deu para ouvir o discurso original e b) as pessoas que deram o seu depoimento no documentario nao estavam directamente identificadas, embora quem ande nestas andancas do kernel saiba quem eram praticamente todos.

    Ha' uma coisa que e' preciso, a meu ver, ser levada em conta quando queremos analizar este tipo de programas e o assunto que tocam. E' perceber que nem todas as pessoas sao programadores e entendem questoes tecnicas. E, como e' obvio, ha' muito boa gente que nao sendo programador e nao tendo grandes conhecimentos esta' ainda assim, de facto, receptivo a aprender e explorar novos caminhos, looking for The Right Thing (tm). Entao, entendo que nao podemos ser egoistas ao ponto de achar que o programa nao prestou porque nao foi suficientemente tecnico, ou porque nao explicava as coisas da maneira que estamos habituados a trata-las todos os dias. Nao se comeca por cima e como todos sabemos, o open source e' muito mais que uma questao tecnica, e' uma questao filosofica. Mais do que isso, e' uma questao de liberdade de escolha e de liberdade (as in free speech, tal como foi dito e muito bem).

    Ora, e' por isto mesmo que achei o programa uma lufada de ar agradavelmente fresco, com um compromisso muito razoavel entre as questoes tecnicas e a questao filosofica, de especial importancia para quem esta' no limiar entre um lado e o outro (eg. open vs. closed... world). Nao gosto particularmente do Stallman mas honra lhe seja feita pelo que disse no inicio, comparando a programacao a uma receita aludindo ao facto de estarmos bem tramados se as receitas nunca pudessem ser modificadas e livremente distribuidas. De facto, ficavamos rapidamente enjoados.

    Enfim, confesso que fiquei surpreendido. Grande parte das ideias chave do open source foram ali ditas por gente que sabe do que fala (eg. Torvalds, Stallman, Eric Raymond, Dave Miller, entre outros) e isso e' importante. E sobretudo nao se entrou em conflitos Linux vs Microsoft que nao trazem nada de novo, so' empatam.

    Espero que nao estejam todos fast-asleep :)
    Re:/me claps (Pontos:1, Gozão)
    por joaobranco em 02-10-02 17:09 GMT (#36)
    (Utilizador Info)
    Espero que nao estejam todos fast-asleep :)

    Mas quem é que consegue dormir depois de ouvir aquela canção do Stallman?

    Stuff nightmares are made of

    JB

    Re:/me claps (Pontos:1, Lança-chamas)
    por js em 02-10-02 19:11 GMT (#40)
    (Utilizador Info)

    Podes crer, o gajo ainda tem menos jeito para música que para arranjar nomes! Felizmente só chateia para a gente usar o nome da GNU... imagina se nos quisesse obrigar a cantar! Brr!

    Re:/me claps (Pontos:1, Gozão)
    por leitao em 03-10-02 1:30 GMT (#52)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Espera... tens que ver a versao francesa da musica!


    "The Hog is Saint and Sinner and right up front!"

    E o Mouse? (Pontos:0, Engraçado)
    por Anonimo Cobarde em 02-10-02 19:35 GMT (#41)
    Gostei foi de ver o Linus a usar um Mouse da Microsoft
    Re:E o Mouse? (Pontos:2)
    por xeon em 02-10-02 19:49 GMT (#42)
    (Utilizador Info) http://pthelp.org
    Gosto bastante do hardware "da microsoft" (which turns out to be something made FOR microsoft by several other companies).

    Sou o feliz proprietario de um joystick Force Feedback 2 da M$ e recomendo-o vivamente.

    P.S.: mas nao deves ter visto o Linus a usar windows, nao ? :-)
    -- Reading the FM
    Re:E o Mouse? (Pontos:2)
    por MavicX em 02-10-02 20:15 GMT (#43)
    (Utilizador Info)
    Por acaso a microsoft tem dos melhores ratos do mercado, e bastante baratos. Acho que não devemos ser fanitos a esse ponto. Se não concordas que são dos melhores dá uma vista de olhos no novo topo de gama deles. http://www.microsoft.com/hardware/mouse/

    Pedro Esteves

    Re:E o Mouse? (Pontos:0, Engraçado)
    por Anonimo Cobarde em 02-10-02 20:19 GMT (#44)
    Os da Logitech são bem melhores, mas enfim...
    Re:E o Mouse? (Pontos:2)
    por Gamito em 02-10-02 20:43 GMT (#47)
    (Utilizador Info) http://www.gamito.org/
    Eu não passo sem o meu M$ Intellimouse Wireless por nada deste mundo.

    Mário Gamito
    www.gamito.org
    Re:E o Mouse? (Pontos:2)
    por Psiwar em 02-10-02 22:18 GMT (#50)
    (Utilizador Info) http://www.netcode.pt
    As betoneiras da M$? :)
    Eles tem ratos maiores que teclados... (ok, talvez não maiores que os teclados... deles!)

    Sem dúvida ratito Logitech. Tenho aqui um pequenito debaixo da minha mão que é bonito, rápido, preciso e com uma rodinha onde a perfeita textura permite um total controlo sobre o scroll. E apesar de ser de bola, raramente se suja.

    (what? alguns falam assim dos carros! :P)

    Re:E o Mouse? (Pontos:2)
    por jazzy em 03-10-02 13:22 GMT (#57)
    (Utilizador Info) http://www.gildot.org
    Já repararam nos requisitos do rato?
    • Windows 98 or Windows Millennium Edition with a Pentium 133 MHz or higher processor and 32 MB of RAM
    • Windows NT 4.0 Workstation or Server with Service Pack 6 or later (no USB support) with a Pentium 133 MHz or higher processor and 64 MB of RAM
    • Windows 2000 Professional or Server with a Pentium 133 MHz or higher processor and 128 MB of RAM
    • Windows XP Home Edition or Professional with a Pentium 233 MHz or higher processor and 128MB of RAM
    • 25 MB of available hard-disk space


    Deve ser um driver bastante complicado e CPU intensive... :P


    Jazzy
    Re:E o Mouse? (Pontos:1)
    por Montanelas em 04-10-02 10:05 GMT (#61)
    (Utilizador Info) http://www.war-zone.net/news.asp
    A SUN também já usava ratos ópticos desde os meados dos anos oitenta... tinhas era de ter um tapete adequado... :P
    Re:E o Mouse? (Pontos:1)
    por floWS em 02-10-02 22:47 GMT (#51)
    (Utilizador Info)
    Ja vai um bocadinho redundante o comentario... de qr maneira...

    Lembro-me de ter hesitado quando comprei o 1º Intellimouse. Sim, custou-me [em orgulho]principalmente por dizer lá: Microsoft. [em dinheiro] custou-me 4 contos e tal OEM, na altura um optimo preço. Foi ha coisa de 2 anos e ainda o tenho. sem contar com o rato do Amiga 500 ( he Lives! still), nunca nenhum outro me durou tanto tempo. e eu trato-os francamente mal, principalmente com quakes e afins. depois disso comprei mais 1 teclado, outro rato e 4 sidewinders ( EA NHL,NBA maravilha) tudo a dizer Microsoft. Oiço muitas vezes comentarios jocosos de dedo apontado a marca a que respondo resignado e com demasiados exemplos possiveis (desde o dos, hardwares varios, jogos...\\inserir lista gigante de "anexados" aqui\\: a esmagadora maioria das coisas boas da microsoft, nao foram desenvolvidas por "eles".

    Cumps,
    floWS

    Re:E o Mouse? (Pontos:2)
    por bgravato em 03-10-02 13:53 GMT (#58)
    (Utilizador Info)
    Eu sempre usei ratos da A4Tech, os primeiros duraram entre 6 a 8 anos. Entretanto houve um que durou salvo erro 1 ano e meio, mas também tinha custado 500 paus não me posso queixar muito.

    Agora tenho um óptico, com 5 botões e 2 rodinhas de scroll, que custou 6 contos há 1 ano e tal e mesmo depois de já ter caído algumas vezes ao chão continua a funcionar na perfeição.

    Cumprimentos,
    Bruno Gravato.


     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]