gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
kuro5hin, moderação, censura e gildot
Contribuído por ajc em 07-05-01 9:38
do departamento da-lucidez
Gildot joao escreve "Os editores resolveram alterar as regras da moderação para melhorar a qualidade do Gildot. Eu só posso estar de acordo com o objectivo e por isso gostaria de chamar a vossa atenção para o melhor weblog da internet: o kuro5hin. No kuro5hin as histórias são votadas antes de serem publicadas, só os utilizadores registados é que podem votar e submeter comentários e o spam e os comentários estúpidos são pura e simplesmente apagados. "

No kuro5hin, os leitores submetem as histórias a uma lista de espera onde elas são submetidas a votação. Se a diferença entre os votos positivos e os negativos ultrapassar um determinado valor as histórias são publicadas. Para alem disso, os leitores podem escolher o local onde a história vai ser publicada, se vai para a primeira página ou se vai para uma secção secundária. Normalmente, uma história só é publicada se for mesmo muito boa. Histórias que consistem simplesmente em um link para outra página, aquilo a que eles chamam Mindless Link Propagation (MLP) são quase sempre rejeitadas.

No kuro5hin, os editores não têm problemas em apagar comentários que não têm conteúdo, que são spam, que são insultuosos ou que não passam de trolls estúpidos. Não existem anónimos cobardes pelo simples facto de só os utilizadores registados poderem fazer comentários, votar ou submeter histórias.

O objectivo deste sistema é o de garantir que os leitores produzam histórias originais e comentários de qualidade. Uma leitura atenta do kuro5hin mostra que o sistema de facto resulta e que lá não existem comentários parvos.

O problema da censura, que parece ser caro a muitos leitores do Gildot é um falso problema. A liberdade de expressão é um direito individual que não se aplica aos comentários do Gildot ou de qualquer outro weblog. Os editores do Gildot são livres de decidir as regras de funcionamento do fórum, da mesma forma que os leitores insatisfeitos são livres de criarem os seus próprios fórums. É a vida … A liberdade de expressão de uns não significa que os outros sejam obrigados a ouvir parvoíces.

Mas mesmo assim, depois da recente mudança de regras, os leitores continuam a poder expressar livremente as suas opiniões. Algumas pessoas, no entanto, confundem opiniões com insultos, spam, parvoíce ou difamação. Lamento, mas estas categorias não são nem devem ser protegidas pela liberdade de expressão. Mesmo assim, isso continuará ser possível no Gildot, e para isso basta que os anónimos se registem. Os cínicos dirão que estes continuam anónimos. Mas nesse caso, os anónimos não terão nenhum problema em inscrever-se.

Em relação ao anonimato, ele é por vezes necessário para proteger os portadores de opiniões válidas. Por este motivo a figura do anónimo cobarde é necessário, não se vá dar o caso de alguém não dizer o que pensa por temer perder o emprego ou a reputação. Mas, este tipo de situação só acontece de vez em quando e não justifica a quantidade de ACs que existem actualmente. Aliás, nos últimos meses só li um comentário de uma pessoa nesta situação.

E agora voltando ao kuro5hin. O kuro5hin tem apenas uma zona absolutamente livre que são os diários. Nos diários, os utilizadores não estão submetidos a qualquer tipo de moderação e as pessoas podem dizer o que bem entendem. No fim de contas, no kuro5hin, a liberdade de expressão é garantida, mas como na vida real, o direito a não ouvir aquilo que não nos interessa também está preservado.

Há umas semanas atrás, alguém publicou no kuro5hin um novo sistema de moderação de comentários bastante interessante. Segundo este sistema, os comentários com qualidade suficiente seriam promovidos a histórias através de uma votação por parte dos leitores. Os leitores deveriam votar nessa transformação de cada vez que a qualidade do comentário fosse melhor que a história original. Deixo-o aqui para o caso de alguém o querer implementar. Infelizmente não encontrei o link para o original.

Antes de terminar, gostaria de comentar algumas das reacções às alterações ao sistema de moderação. Essas reacções inserem-se na ideia dominante segundo a qual a estupidez tem os mesmos direitos que o mérito. Afinal, em democracia, todas as pessoas têm os mesmos direitos, porque é que aquelas pessoas que só dizem parvoíces não haveriam de ter os mesmos direitos que as outras que dizem coisas inteligentes? É esta ideia bastante divulgada que impede alguns de entenderem o sistema de moderação, essa coisa tão estranha. Assim, discussões acerca do sistema de moderação não passam de versões da discussão sobre rankings das escolas

Installing Linus | TV Digital Terrestre  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • sobre rankings das escolas
  • o kuro5hin
  • Mais acerca Gildot
  • Também por ajc
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Diferenças (Pontos:3, Interessante)
    por MavicX em 07-05-01 10:31 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Ok em primeiro lugar vamos começar pelo numero de posts entre 150 a 200 por artigo o que torna a moderação completamente diferente, alem de que os comentários estupidos poderem ser muito mais devido ao numero de utilizadores e a sua moderação é quase impossivel de fazer por dois ou três moderadores, o que não acontece aqui no gildot em que se lê todos os posts dos users, que tirando algums artigos com mais flames (o que voces querem impedir e limitando ainda mais os posts), quase nunca ultrapassa a dezena de posts. Logo torna-se acessivel a um ou dois moderadores moderarem e não é preciso o sistema de votação.

    Quanto ao sistema de votação, parece-me muito mais democratico do que o do moderador omnipotente e o artigo só é banido se houver um numero significativo de utilizadores a desgostar e não só uma pessoa.

    Quanto aos anononimos não poderem comentar, nem vou entrar muito nisso só para dizer que sem anónimos reduzia-mos para metade o numero de post e perdia-se a hipotese de flamar, mas tambem da participação plural e sem constragimentos dos utilizadores.

    Por ultimo não me parece que o sistema do kuro5hin seja o melhor porque não dar uma vista de olhos no Slash em que os anonimos podem participar e "The only time we ever delete comments is if the comment contains malformed HTML that is somehow causing Slashdot to fail to display properly. Comments are not deleted on the basis of content. " e na questão dos moderadores um dos principios é 4.Do not allow a single moderator a "reign of terror." .

    para concluir não acho que o gildot seja assim tão problematico em questão de comentários ( de vez em quando aparece um ) e a moderação é efeciente e facil de fazer, não vejo a necessidade de termos de usar -2 (que nenhum outro forum usa) por causa de um ou dois comentários que estão bem classificados com -1 o que permite que sejam lidos á parte mas não banidos.

    Re:Diferenças (Pontos:1)
    por BladeRunner em 07-05-01 10:53 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://www.gildot.org
    Viva!

    Só um aparte.
    Lá porque o Slahsdot funciona assim, isso quer dizer que o Gildot não pode funcionar assado?

    Essa é boa.

    Cumprimentos,
    BladeRunner

    Mário Gamito
    educação, ensino
    Re:Diferenças (Pontos:1)
    por Cobarde Anonimo em 07-05-01 11:44 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    mais um aparte. La' porque o kuro5hin funciona assim, isso quer dizer que o Gildot nao pode funcionar assado?
    Re:Diferenças (Pontos:2)
    por joao em 07-05-01 11:48 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    La' porque o kuro5hin funciona assim, isso quer dizer que o Gildot nao pode funcionar assado?

    Depende se tu estás interessado num site com a qualidade do kuro5hin ou não.

    ----
    joao
    nonio.com

    Re:Diferenças (Pontos:3, Interessante)
    por MavicX em 07-05-01 12:58 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    e o slash não tem qualidade, por não banir os comentários e deixar os anonimos escrever ?
    25 de Abril sempre ? (Pontos:4, Interessante)
    por MavicX em 07-05-01 10:56 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Talvez algums de vos ainda sejam novos para se lembrarem do tempo antes do 25 de Abril. Em que uma meia duzia de "moderadores" discutiam e aprovavam o que era bom para as massas lerem ou não e o que devia passar para o povo e o que devia ser "rejeitado". O principio era aceite por todos (embora houvesse algumas vozes contra) e a justificação era simples a "moderação" existia para perservar a moral e os boms costumes, para que não se podesse dizer por exemplo palavrões nos jornais e na televisão e que não se pudesse mostrar erotismo ou programas na televisão, ou comentários nos jornais que ferissem a susceptibilidade de algums dos espectadores . Mas na practica todos nos sabemos o que deu essa "moderação" .
    Re:25 de Abril sempre ? (Pontos:3, Informativo)
    por Xmal em 07-05-01 11:35 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://gsd.di.uminho.pt/cbm
    Talvez algums de vos ainda sejam novos para se lembrarem do tempo antes do 25 de Abril. Em que uma meia duzia de "moderadores" discutiam e aprovavam o que era bom para as massas lerem ou não e o que devia passar para o povo e o que devia ser "rejeitado".

    <pre-25-abril> Se os utilizadores soubessem o difícil que é moderar ... </pre-25-abril>

    <pos-25-abril> Que cena meu, tás a ver? </pos-25-abril>

    Andamos todos a gastar energia e a falar em ciclo, face ao excelente artigo do João já não há muito mais a dizer sobre a motivação da moderação. Para que haja diálogo tem de haver controlo social sobre o diálogo. Até ontem havia uma imperfeição na atribuição dos pontos de moderação, que foi agora corrigida e que em principio (o sistema é indirecto e probabilistico) deve dar pontos, em cada momento, a cerca de 20% ou 30% dos utilizadores activos.

    Aliás, nos últimos dias já vi um comentário anónimo ir a -2 e ser repescado para 0 passadas umas horas.

    Re:25 de Abril sempre ? (Pontos:3, Despropositado)
    por joao em 07-05-01 11:47 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Imagina que vais jantar fora um amigo teu leva uma pessoa com uma mascara na cara, chata como tudo e que te insulta a ti e mais algumas pessoas. Se da próxima vez pedires ao teu amigo para não convidar aquela pessoa estás a ser antidemocrático? Estás a violar os principios de abril? Se olhares para o Gildot como um grupo de amigos, o mesmo se passa. Há atitudes que não são socialmente aceites. As pessoas são livres de dizer o que bem entendem, mas as outras pessoas não são obrigadas a ouvi-las.

    ----
    joao
    nonio.com
    Re:25 de Abril sempre ? (Pontos:2)
    por MavicX em 07-05-01 12:56 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    exactamente as pessoas não são obrigadas a ouvir, por isso se não quiseres ler os comentários com -1 (no antigo sistema) não lias, mas agora o que se passa é mesmo se quiseres ler não podes
    Re:25 de Abril sempre ? (Pontos:1, Redundante)
    por joao em 07-05-01 13:03 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    mas agora o que se passa é mesmo se quiseres ler não podes

    Podes, mas não no mesmo restaurante com os mesmos amigos. Experimenta o Geekizoid

    ----
    joao
    nonio.com

    Re:25 de Abril sempre ? (Pontos:0, Lança-chamas)
    por Cobarde Anonimo em 07-05-01 16:06 GMT (#23)
    (Utilizador Info)

    Mas quem es tu para dizer o que os outros devem ou nao devem fazer ou ir ?
    Pega antes nos teus amigos e leva-os aqui , depois fechas as portas restaurante e nao deixas entrar ninguem e assim ja nao tens de ouvir os trolls.


    Re:25 de Abril sempre ? (Pontos:2)
    por MavicX em 07-05-01 13:04 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    Parece aquela historia de á ums anos atrás do canal dois ter transmitido o empério dos sentidos, e os velhos do restelo terem se todos queixado e mandarem cartas á direcção da RTP. Se não quisessem ver era só mudar de canal, agora não tem é o direito de impedir outras pessoas de ver.
    Re:25 de Abril sempre ? (Pontos:2)
    por nmarques em 07-05-01 16:32 GMT (#26)
    (Utilizador Info) http://nmarques.xpto.org
    Talvez ainda te lembres do 25 de abril e o que trouxe, liberdade... ;) Pensa bem no verdadeiro sentido da liberdade, e vais ver o 25 de abril nao trouxe assim nada de tao grandioso, apenas deu um novo contexto á palavra "respeito" e á palavra "liberdade"... Se liberdade é por exemplo os jornalistas exibirem em publico a vida de VIP's, eles tb teem direito a ter privacidade, por exemplo... e mais umas quantas, mas isto é politica... Mas desde já te digo... O melhor que o 25 de Abril trouxe foi a engenharia civil, afinal em apenas 1 dia construiram a Ponte 25 de Abril ;)

    --------------------------------------------
    If there is such a thing as too much power...
    I've not discovered it...
    Re:25 de Abril sempre ? (Pontos:2)
    por MavicX em 07-05-01 17:31 GMT (#32)
    (Utilizador Info)
    "vais ver o 25 de abril nao trouxe assim nada de tao grandioso" «Bem aventurados os pobres de espirito porque deles é o reino dos céus» mateus v.3
    O sistema antigo era melhor.... (Pontos:1)
    por mlopes em 07-05-01 10:58 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Eu prefeira o sistema antigo, talvez o problema seja que as exigencias para se poder moderar são demasiado grandes, o que faz com que existam poucos moderadores, acho que os pontos de moderação deveriam ser calculados também a partir dos pontos dados aos comentários do utilizador (se isto já é assim, baixar a média de pontuação necessária), assim, qq utilizador registado participativo, e que tenha comentários interessantes, periodicamente poderia moderar, aumentando assim o numero de moderadores e melhorando a selecção de comentários sem censurar, nem esconder por defeito os post dos anónimos.
    Re:O sistema antigo era melhor.... (Pontos:2)
    por ajc em 07-05-01 11:42 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    O método de atribuição de pontos já foi mudado e os seus efeitos já estão a ser sentidos. Neste momento há 74 moderadores (em 794 utilizadores).

    Por favor vamos esperar umas semanas e depois tiramos conclusões.

    Re:O sistema antigo era melhor.... (Pontos:1)
    por mlopes em 07-05-01 12:02 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Quando digo que o sistema antigo eram melhor, não me refiro à parte da moderação, pois essa ainda não está em funcionamento à tempo suficiente para que tenha resultados que se possam avaliar, referia-me ao sistema de pontuação, de não se ver os comentários dos anónimos por defeito e o -2 que não que não dá á opção de os ver.
    Re:O sistema antigo era melhor.... (Pontos:1)
    por Cobarde Anonimo em 07-05-01 15:57 GMT (#22)
    (Utilizador Info)

    ajc, espere as semanas que esperar continuo sem poder ver certos comentario e isso o tempo nao vai alterar


    Re:O sistema antigo era melhor.... (Pontos:1)
    por BlueNote em 07-05-01 16:19 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    Ajc, se não submeteres isto à votação dos utilizadores registados esta polémica tem potencial para ser a típica questão aparentemente menor que leva toda a gente a chatear-se e debandar ao mínimo pormenor que surja no futuro e do qual discorde... se votarmos e o novo sistema ganhar, fine. Se perder, fine também... não vejo qual é o mal!
    Re:O sistema antigo era melhor.... (Pontos:1)
    por Strange em 07-05-01 18:43 GMT (#36)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    Kewl, hoje e' a minha primeira vez como moderador. So' nao percebo porque apenas posso moderar certos artigos, qd ha' poucas horas podias moderar todos...

    hugs
    Strange

    Re:O sistema antigo era melhor.... (Pontos:2)
    por joao em 07-05-01 18:54 GMT (#37)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Porque não podes moderar discussões em que participas.

    ----
    joao
    nonio.com
    Re:O sistema antigo era melhor.... (Pontos:1)
    por Strange em 07-05-01 19:16 GMT (#39)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    Thanx.

    Se bem que e' caso para dizer que isso nao faz mto sentido... Ja' agora, aproveito para dizer que talvez fosse melhor que apenas nao se pudesse moderar respostas a respostas minhas (e respostas a essas respostas, etc), e outra ideia, que ao moderar um artigo, o desconto de pontos (ou adicao) se propagasse pelas respostas.

    hugs
    Strange

    Re:O sistema antigo era melhor.... (Pontos:2)
    por joao em 07-05-01 19:55 GMT (#40)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Se bem que e' caso para dizer que isso nao faz mto sentido...

    O objectivo desta regra é impedir que os moderadores se vinguem nos seus adversários na discussão através da moderação. Assim, não és arbitro em causa própria.

    ----
    joao
    nonio.com

    Re:O sistema antigo era melhor.... (Pontos:1)
    por Strange em 07-05-01 21:12 GMT (#42)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.yi.org/

    Portanto ou participo ou modero. Ou pratico de minha justiça ou tento ajudar/comento. Ainda penso que deviam restringir a aplicação dessa regra (por exemplo não poder responder a comentários moderados por mim e não poder moderar comentários que são resposta a comentários meus ou aos quais respondi).

    Assim como está terei de decidir se vale a pena responder, moderar, ou esperar mais um pouco para poder decidir melhor...

    Também, porque me preocupo? Daqui a pouco deixo de poder moderar. :)

    hugs
    Strange

    Moderação... (Pontos:1)
    por [WaR] em 07-05-01 11:18 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://www.GenHex.org/
    Irónicamente neste momento tenho pontos para moderar :]

    Anyway, parece-me que o que qualquer uma das pessoas que está em desacordo com o actual sistema é o facto dos utilizadores que não estão a moderar não poderem ler todos os comentários.

    Continuo sem perceber pq é q isso seria "a bad thing"(tm), e pq é que não se torna possível a leitura de comentários moderados a -2 ?
    E é _óbvio_ que isso não ia aumentar o "ruido" na discussão. Por isso é que existem os filtros.

    Alguém consegue responder ?

    -- [WaR]
    ACKnowledge my SYNs
    Re:Moderação... (Pontos:5, Interessante)
    por joao em 07-05-01 11:36 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Continuo sem perceber pq é q isso seria "a bad thing"(tm), e pq é que não se torna possível a leitura de comentários moderados a -2 ?

    Talvez por uma questão cultural. Se queres um site com uma cultura de trolls deves permitir que todos os comentários possam ser lidos. Se não queres uma cultura de trolls não deves. O problema é que os comentários infelizes não são maus por si só, o problema é que eles geram mais comentários infelizes e têm mais influencia na cultura do site do que os posts inteligentes.

    No entanto, se as pessoas lerem posts com pés e cabeça talvez comecem também a escrever posts com pés e cabeça. Considera o ildot como um mercado de troca de ideias. Aquelas pessoas que contribuem de forma positiva também gostariam de receber algumas ideias validas em troca. O que por vezes se passa é que os trolls parasitam o sistema. Lêm os posts bons, mas não dão nada em troca. Que não dêm nada em troca até aceito. Que contribuam de forma negativa é que não é aceitavel.

    ----
    joao
    nonio.com

    Re:Moderação... (Pontos:1)
    por [WaR] em 07-05-01 13:20 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://www.GenHex.org/
    Não era essa a minha questão.
    Reformulando-a, pq é que a possibilidade de ler posts com -2 contribui para "parasitar o sistema" ?

    -- [WaR]
    ACKnowledge my SYNs
    Re:Moderação... (Pontos:2)
    por joao em 07-05-01 14:07 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Reformulando-a, pq é que a possibilidade de ler posts com -2 contribui para "parasitar o sistema" ?

    A resposta está implicita no meu post. Porque quem lê acaba por responder e por entrar na onda.

    ----
    joao
    nonio.com

    Re:Moderação... (Pontos:1)
    por [WaR] em 07-05-01 14:11 GMT (#19)
    (Utilizador Info) http://www.GenHex.org/
    Mas só lê quem quer... alias, neste caso mesmo quem quiser não pode ler, pq alguém acha que as outras pessoas não devem ler... e viva a democracia...not.

    -- [WaR]
    ACKnowledge my SYNs
    Re:Moderação... (Pontos:1)
    por js em 07-05-01 19:04 GMT (#38)
    (Utilizador Info)

    Na minha opinião, o importante não é impedir as pessoas todas de lerem um comentário "-2". Esse é um efeito secundário e até indesejável. O importante é tornar claro para o autor do comentário que a gente não quer aturar lixo. Repara que escrevi "aturar" e não "ler". Dito doutra forma, o importante não é impedir os outros de lerem lixo, o importante é impedir o próprio autor do lixo de ler o seu lixo. A mensagem é: quem escreve lixo, fica a falar para as paredes.

    Se a coisa se passasse num grupo de amigos no café, acontecia o mesmo: Se um gajo se armasse em parvo e não parasse o resto da malta voltava-lhe as costas e ele ficava para ali sozinho, sem ter quem o aturasse. Provavelmente as coisas no café não chegavam a esse ponto, pois o indivíduo ia perceber a tempo que estava a abusar e controlava-se. Aqui é mais fácil a situação descontrolar-se e assumir proporções desagradáveis, e isso tem que ser tido em consideração.

    Imagina a coisa em termos de recompensas: Como todos somos vaidosos, a principal recompensa de um post é a sua publicação. A malta quando escreve gosta de "se" ler, da mesma forma que quando fala gosta de "se" ouvir. O que se deseja é exactamente *remover* a recompensa aos posts que nitidamente não mereçam recompensa alguma.

    O sistema é perfeito? Nem pensar. Para ser perfeito, era preciso que os participantes fossem perfeitos, e nesse caso nem era preciso sistema nenhum. Mas de certeza que é melhor do que o que havia antes. E é melhor mesmo que seja pior (!), pois no mínimo mostra uma coisa: Mostra que o pessoal não anda todo a dormir e que quando a coisa começa a descambar, mexe-se.

    Gildot e a Lei (Pontos:2, Interessante)
    por Anonimo Cobarde em 07-05-01 14:46 GMT (#20)
    O artigo 37º da Constituição da Republica Portuguesa define :

      Art. 37º Liberdade de expressão e informação

    1 Todos têm o direito de exprimir e divulgar livremente o seu pensamento pela palavra, pela imagem ou por qualquer outro meio, bem como o direito de informar, de se informar e de ser informados, sem impedimentos nem discriminações.

    2 O exercício destes direitos não pode ser impedido ou limitado por qualquer tipo ou forma de censura.

    3 As infracções cometidas no exercício destes direitos ficam submetidas aos princípios gerais de direito criminal ou do ilícito de mera ordenação social, sendo a sua apreciação respectivamente da competência dos tribunais judiciais ou de entidade administrativa independente, nos termos da lei.

    4 A todas as pessoas, singulares ou colectivas, é assegurado, em condições de igualdade e eficácia, o direito de resposta e de rectificação, bem como o direito a indemnização pelos danos sofridos.

    Ou seja a medida que o gildot implementou vai contra o artigo 37º da Constituição, mas não deve ser nada de grave. O que é que isso tem a ver com o Gildot ?

    Mas infelizmente há mais de acordo com a Lei nº 109/91, de 17/8 mais conhecida por Lei da criminalidade informatica. Diz no seu artigo 3º:

      Art. 3º Responsabilidade penal das pessoas colectivas e equiparadas

    1 As pessoas colectivas, sociedades e meras associações de facto são penalmente responsáveis pelos crimes previstos na lei, quando cometidos em seu nome e no interesse colectivo pelos seus órgãos ou representantes.

    2 A responsabilidade é excluída quando o agente tiver actuado contra ordens ou instruções expressas de quem de direito.

    3 A responsabilidade das entidades referidas no nº 1 não exclui a responsabilidade individual dos respectivos agentes.

    4 As entidades referidas no nº 1 respondem solidariamente, nos termos da lei civil, pelo pagamento das multas, indemnizações e outras prestações em que forem condenados os agentes das infracções previstas na presente lei.

    E sendo o gildot uma associação de pessoas ou pessoas colectivas já é caso para pensar. Vamos agora as penas aplicaveis. Da mesma lei temos no artigo 10º .

    Art. 10º Penas aplicáveis às pessoas colectivas e equiparadas

    1 Pelos crimes previstos na presente lei são aplicáveis às pessoas colectivas e equiparadas as seguintes penas principais:

    a) Admoestação;

    b) Multa;

    c) Dissolução.

    2 Aplica-se a pena de admoestação sempre que, nos termos gerais. tal pena possa ser aplicada à pessoa singular que, em representação e no interesse da pessoa colectiva ou equiparada, tiver praticado o facto.

    3 Quando aplicar a pena de admoestação, o tribunal poderá aplicar cumulativamente a pena acessória de caução de boa conduta.

    4 Cada dia de multa corresponde a uma quantia entre 10 000$ e 200 000$, que o tribunal fixará em função da situação económica e financeira da pessoa colectiva ou equiparada e dos seus encargos.

    5 Se a multa for aplicada a uma entidade sem personalidade jurídica, responderá por ela o património comum e, na sua falta ou insuficiência, o património de cada um dos associados.

    6 A pena de dissolução só será aplicada quando os titulares dos órgãos ou representantes da pessoa colectiva ou sociedade tenham agido com a intenção, exclusiva ou predominantemente, de, por meio dela, praticar os factos que integram os crimes previstos na presente lei ou quando a prática reiterada desses factos mostre que a pessoa colectiva ou sociedade está a ser utilizada para esse efeito, quer pelos seus membros, quer por quem exerça a respectiva administração.

    Interessante esta perspectiva será que o gildot está acima da Lei ?

    P.S. Reservo o direito ao anonimato.


    ridiculo (Pontos:3, Esclarecedor)
    por joao em 07-05-01 15:29 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    1 Todos têm o direito de exprimir e divulgar livremente o seu pensamento pela palavra, pela imagem ou por qualquer outro meio, bem como o direito de informar, de se informar e de ser informados, sem impedimentos nem discriminações.

    Todos são livres de criarem os seus próprios weblogs.

    O exercício destes direitos não pode ser impedido ou limitado por qualquer tipo ou forma de censura.

    Ninguém te impede de te expressares como bem entendes. No entanto os donos de um site não são obrigados a dar-te espaço para escrever. Eles fazem-no quando e se o entenderem. Da mesma forma, a constituição não te dá o direito de aparecer na TV.

    A todas as pessoas, singulares ou colectivas, é assegurado, em condições de igualdade e eficácia, o direito de resposta e de rectificação, bem como o direito a indemnização pelos danos sofridos.

    O teu direito de resposta permanece válido. Se fores directamente visado por um artigo do Gildot podes alegar o direito de resposta. Só tens direito a resposta se te identificares (o anónimo cobarde não é cidadão nacional, não é pessoa individual nem colectiva) e se o pedires formalmente.

    Os jornais, por exemplo, não são obrigados a publicar todas as cartas dos leitores, publicam se lhes apetecer, se não lhes apetecer não publicam. Se foste visado por um artigo tens direito a responder, se o exigires.

    Ou seja a medida que o gildot implementou vai contra o artigo 37º da Constituição

    Pois, por esta ordem de ideias o Jornal Público seria obrigado a publicar todos os teus textos.

    ----
    joao
    nonio.com

    Re:ridiculo (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 07-05-01 16:44 GMT (#28)
    "Pois, por esta ordem de ideias o Jornal Público seria obrigado a publicar todos os teus textos." Não mas pelo menos, não banir os que já publiquei (aqui no gildot) e que mais niguem pode ler e comentar. P.S. anonimo por convicção
    Re:Gildot e a Lei (Pontos:1)
    por Xmal em 07-05-01 16:12 GMT (#24)
    (Utilizador Info) http://gsd.di.uminho.pt/cbm
    Sim, claro, é óbvio. O gildot é o exemplo claro do local onde se oprime a liberdade de expressão.

    Em contraste no Expresso, Público, Avante, Povo Livre, Diabo, TSF, Selecções do R.D., Science, Nature, Transactions on Computer Science, LNCSs, podes com certeza manifestar o teu direito de expressão.

    Agora é que vai ser fazer curriculum a publicar nas melhores conferências e revistas à custa do Art. 37 :)

    Re:Gildot e a Lei (Pontos:0, Interessante)
    por Anonimo Cobarde em 07-05-01 16:41 GMT (#27)
    "Sim, claro, é óbvio. O gildot é o exemplo claro do local onde se oprime a liberdade de expressão" Então o que aconteceu ao meu post, já levou -2 e continha algum palavrão ? É assim que a censura se inicia -2 para os comentário polemicos e controversos. P.S. espero que não ponham este comentário com -2 tambem.
    Re:Gildot e a Lei (Pontos:2)
    por Xmal em 07-05-01 16:58 GMT (#30)
    (Utilizador Info) http://gsd.di.uminho.pt/cbm
    Este comentário, em si, não tem nada de censurável.

    Quanto ao outro (acho que te referes ao "GilDot e a Lei") tambem estranho estar a -2, vou usar a moderação para exprimir que como utilizador o acho sub-estimado (contudo essa é apenas a minha opinião, o resultado final só depende da maioria de moderadores que actuarem nesse comentário (como agora devem ser cerca de 80 há muita entropia em jogo)).

    Re:Gildot e a Lei (Pontos:0)
    por Anonimo Cobarde em 07-05-01 17:24 GMT (#31)
    Já voltou a estar disponivel, mas temo que outros parecidos nunca mais estejam.
    Re:Gildot e a Lei (Pontos:2)
    por joao em 07-05-01 18:00 GMT (#35)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Quanto ao outro (acho que te referes ao "GilDot e a Lei") tambem estranho estar a -2, vou usar a moderação para exprimir que como utilizador o acho sub-estimado

    Não podes moderar numa discussão em que participas. Esta é uma das falhas do sistema. Ele deveria permitir uma excepção a esta regra. Deveria permitir a quem participa numa discussão a possibilidade de moderar posts de -2 para -1.

    ----
    joao
    nonio.com

    Whatever... (Pontos:0, Informativo)
    por Anonimo Cobarde em 07-05-01 16:57 GMT (#29)
    Mais um post nesta discussão foi censurado, mas a resposta do joao lá permanece. Só um dos pontos de vista da discussão está visível. O post não continha nenhum insulto. Era ingénuo? Talvez, mas quem são vocês para o julgar?

    Ninguém reclama liberdade de expressão no Gildot, mas os seus editores deveriam ser os primeiros a reconhecer que isso é desejável --- pelo menos foi isso que esperei das pessoas inteligentes que fazem com o gildot um serviço à comunidade.

    Esta discussão está a entrar em círculo. A partir do momento em que existem filtros não existem argumentos que justifiquem a imposição destas novas regras. E daqui não saimos... é uma questão de princípio, podiamos estar a discutir isto até ao fim das nossas vidas... (NEEEEXT)

    Re:Whatever... (Pontos:2)
    por joao em 07-05-01 17:47 GMT (#33)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Mais um post nesta discussão foi censurado, mas a resposta do joao lá permanece. Só um dos pontos de vista da discussão está visível. O post não continha nenhum insulto. Era ingénuo? Talvez, mas quem são vocês para o julgar?

    Como é obvio aquele post não tinha nada que ser moderado para baixo e lá acabou por ser promovido para cima. Isto deve-se provavelmente a dois factores: 1) há muitos moderadores novos que deviam ler o guia de moderação antes de começarem a promover posts para baixo; 2) a pessoa que escreveu aquele comentário optou por escrevr como anónimo. Ele não tinha motivos para o fazer, ou seja ele não tinha razões profundas para rcorrer ao anonimato. O sistema tal como está prejudica os anónimos e eu não acho isso completamente mau, afinal os anonimos não têm sequer que ser coerentes com o que dizem. Um não anónimo tem que levar com 3 moderações para baixo para ser censurado. É claro que quem está do contra vai querer fazer-se de vitima do sistema de moderação. Foi o caso.

    ninguém reclama liberdade de expressão no Gildot, mas os seus editores deveriam ser os primeiros a reconhecer que isso é desejável --- pelo menos foi isso que esperei das pessoas inteligentes que fazem com o gildot um serviço à comunidade.

    O facto é que várias pessoas reclamaram o direito à liberdade de expressão no Gildot, e por isso é que eu me fartei de dizer nesta discussão que esse não é um direito aplicavel a um weblog. Toda a gente reconhece que a Liberdade de Expressão é desejavel, mas também não te deve ser dificil reconhecer que o direito à parvoice é um conceito completamente diferente. Não creio que os editores não estejam preocupados em garantir que todas as opiniões tenham direito a ser ouvidas.

    ----
    joao
    nonio.com

    Re:Whatever... (Pontos:2)
    por MavicX em 07-05-01 17:51 GMT (#34)
    (Utilizador Info)
    exactamente e contra principios não há argumentos, espero que eu esteja errado (nesta questão da censura)e que o gildot não venha a censurar mais comentários interessantes como o do artigo 37º que porque eu vi não tinha nada de errado ou ofensivo.
    Re:Whatever... (Pontos:2)
    por vaf em 07-05-01 22:33 GMT (#43)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/users/vaf12086/
    A moderação é sempre complicada quando se chega a essa responsabilidade pela primeira vez. Eu moderei o comentário para cima, depois de ele estar a -2 e sinceramente achei que ele não merecia.

    Enfim, acontece, mas vai ao sítio com calma.

    Cumprimentos,

    Vasco Figueira
    Moderação e moderações... (Pontos:2, Interessante)
    por joaobranco em 07-05-01 20:53 GMT (#41)
    (Utilizador Info)
    O que me parece interessante em Weblogs estilo /. e k5 é a possibilidade (que é mais do que acontece em foruns anteriores, estilo Usenet News, em grupos não moderados, a partir do aumento do número de utilizadores para além de um certo limiar) de conciliar a liberdade de expressão com alguma capacidade de limitar a discussão ao foco da mesma.

    É interessante que em ambos estes sistemas, o conceito de moderação passa por dar à maioria dos utilizadores (se bem que apenas a um subconjunto destes em cada momento) a capacidade de premiar ou punir (através da moderação) as mensagens que eles consideram apropriadas. A verdadeira "moderação pelo common-man" em vez da "moderação pelo perito". As vantagens deste modelo são óbvias em termos de democratização.

    No entanto isto levanta alguns outros problemas... Como a maior parte dos "moderadores" não são peritos são provavelmente mais prováveis de moderar em função dos seus valores em vez de em função da discussão em abstrato (i.e., promovendo artigos com que concordam mais do que aqueles com que discordam), o que pode levar à criação de uma "opinião de grupo" bastante fechada. E daí é bastante provável passar até a uma situação em que APENAS os artigos considerados "normais" (ou seja, aqueles que refletem de uma forma geral a visão da maioria) são considerados aceitáveis.

    Ora qualquer pessoa sabe que as leis de liberdade de expressão não se destina a proteger a expressão de opiniões maioritárias (que obviamente seriam sempre expressas mesmo na ausência desse tipo de regulamentos). As opiniões controversas, incómodas, é que necessitam de proteção. Qualquer solução que passe por limitar fortemente as opiniões controversas pode levar a situações potencialmente adversas, como pode ser lido aqui.

    Em suma, o que eu quero dizer é que é conveniente não esquecer que a função da moderação em foruns publicos é limitar alguns efeitos adversos, mas que esta não deve ser considerada uma panaceia sem problemas. Assim vejo com preocupação que politicas não "auto-corrigiveis" (para evitar abusos) sejam implementadas. Acho também que uma educação "civica" dos moderadores deve ser efectuada, de forma a que estes tenham (maior) consciência das suas acções). O que passa obviamente por melhorar o código de conduta dos moderadores, e esforcar-se por que estes o leiam antes de moderar.

    JB

    JB

    Re:Moderação e moderações... (Pontos:0, Lança-chamas)
    por Anonimo Cobarde em 08-05-01 10:06 GMT (#46)
    Tas maluco meu ? Viva a descriminação das minorias, viva a censura do livre pensamento. Deviam era banir todos os comentários anonimos, e algums registados porque isso da democracia já provou que não funciona. Se as minorias querem espressar a sua opnião anonimamente e sem medo de as suas palavras serem banidas (-2), que vão para a terra delas expressar e deixem-nos continuar a ter as nossas ideias e desprezar as dos outros seres inferiores em pensamento.
    k5 e gildot (Pontos:1)
    por peyote em 08-05-01 9:00 GMT (#44)
    (Utilizador Info)
    Reparem que, (ironicamente) ao contrario deste artigo, normalmente cada artigo não recebe mais do que 10 comments (unlike k5 or slashdot). O sistema do kuro5hin funciona muito bem porque eles têm milhares de pessoas todos os dias a submeter noticias e comentarios.

    Por fim, no caso dos trolls do gildot: bem... pode-se sempre ver as noticias com um threshold de 1 ou 2, embora eu ache que isso não se justifica num site com a quantidade de users que o gildot tem (p.ex no slashdot é um pesadelo ver aquilo com um threshold de -1)...

    Just my two cents...


    peyote

    ---
    'God is as real as I am', the old man said. I was relieved since I knew Santa wouldn't lie to me...
    Re:k5 e gildot (Pontos:2)
    por MavicX em 08-05-01 9:58 GMT (#45)
    (Utilizador Info)
    exactamente o meu pensamento ! deves ter lido alguma coisa parecida no meu comentário lá em cima ?

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]