gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Jogos em Linux
Contribuído por ajc em 13-11-99 10:01
do departamento read-on-this-is-important
Linux Fernando Pereira escreveu um editorial sobre jogos em Linux: "Como todos nós sabemos, um dos factores mais importantes para que o Linux ganhe mais aceitação pelo público em geral, passa pela existência de uma gama mais alargada de jogos. "[ Continua no Desenvolvimento }
À primeira vista, a lista de jogos para Linux parece ser muito limitada. Contudo, quando analizamos todas as opções disponiveis, obtemos uma lista com milhares de jogos:

1 - Os jogos nativos do X / Linux:

Tradicionalmente, as distrbuições de Linux, apenas costumam trazer os jogos habituais de X. Entre estes jogos, encontram-se vários "tetris", paciências com cartas, mahjong, xadrez (xboard) e alguns jogos de acção bastante simples.

Dentre estes, devemos destacar alguns jogos multi-utilizador como o "xconq" e o "xpilot", que permitem realizar combates em rede.

Recentemente, os desktops Gnome e KDE trouxeram mais alguns jogos deste tipo, com um aspecto visual ligeiramente melhorado.

Nesta lista, podem ser contados cerca de 50 jogos diferentes.

2 - Jogos freeware criados para Linux ou X11:

A lista de jogos freeware para Linux também está a crescer de dia para dia. Por exemplo, a lista de jogos que está no "freshmeat", já vai em mais de 180 items. link

Existem jogos de todas as categorias, desde os mais simples, aos jogos de aventura em 3D.

Recentemente, descobri o "FlightGear / fgfs" que é um simulador de voo de alta qualidade (ainda em beta), que funciona bastante bem com os drivers de OpenGL/3D acelerados link No site, existem mapas digitalizados de todo o planeta terra, pelo que até podemos voar no espaço aéreo nacional e descolar do aeroporto de Lisboa (ou seja das coordenas exactas do aeroporto, pois os mapas apenas possuem os dados cartográficos).

3 - Jogos comerciais:

No campo dos jogos comerciais, até à pouco tempo, a situação era muito má, pois quase não existiam quaisquer jogos deste tipo. Contudo, neste momento a situação está a mudar radicalmente. Neste momento ainda existem poucos jogos comerciais, mas os que existem são "POUCOS MAS BONS".

Em primeiro lugar, a "ID Software" desde há muito tempo que disponibiliza versões dos seus jogos para Linux link Temos versões do Doom, Quake, Quake II e Quake 3 que correm em Linux, podendo funcionar em modo VGA ou em X. No caso do Quake2 GL e Quake 3, pode até ser utilizada aceleração 3D com Open GL.

Neste momento já é possível obter drivers 3D acelerados para as placas da familia 3Dfx Voodoo link usando a "glide" e para as placas NVidea RIVA (128/TNT/TNT2), Matrox G200 e G400 e as novas placas da ATI link

Para acabar com a falta de jogos de qualidade para Linux, surgiu recentemente uma companhia chamada "Loki Entertainment" link que se dedica exclusivamente a fazer o "port" de jogos que fizeram sucesso noutros sistemas, para Linux.

Neste momento já estão disponiveis o "Civilization: Call to Power", o "Myth II: Soulblighter", o "Railroad Tycoon II" e o "Eric's Ultimate Solitaire", esperando-se muitos mais jogos para breve.

Para os mais ansiosos, existem versões de "demo" que podem ser descarregadas para testar cada um dos jogos.

Ainda no campo dos jogos comerciais, devemos destacar o "Hopkins FBI" que é um jogo de anventura link e o Heretic link Em ambos os casos, também existem DEMOS para download.

4 - Emuladores:

No campo dos emuladores, a situação do Linux está bem melhor.

Em primeiro lugar, temos o "xmame", que é um emulador de máquinas de jogos (Multi Arcade Machine Emulator). Este emulador, permite correr a maioria dos jogos que forma feitos para as máquinas de jogos que antigamente funcionavam a poder de moedinhas...

Para funcionar, para além do "xmame" ainda temos que possuir ficheiros com as "ROMS" de cada maquina. Felizmente, existem milhares de "ROMS" disponíveis para download na internet e muitas pessoas até já possuem CDs inteiros cheios de ROMS, que já estavam a utilizar com a versão do "mame" para DOS/Windows.

Desta forma, o Linux pode ser utilizado para correr aqueles jogos (arcade) que até há pouco tempo estavamos habituados a jogar nas máquinas, mas sem sequer ter que meter moedas...

Tanto o "xmame", como as "ROMS" podem ser obtidos em "http://www.emux.com".

A versão mais recente do "xmame", inclui ainda um outro emulador, chamado "xmess", que em vez de emular máquinas, emula computadores antigos (Spectrum, Comodore 64, Apple II, etc. etc.) Assim, para além dos jogos das máquinas, podemos ainda jogar os jogos dos computadores antigos.

Tanto o "xmame" como o "xmess" estão disponíveis em código fonte. Para obter o "xmess" em vez do "xmame", apenas temos que alterar o ficheiro "Makefile.unix" e voltar a recompilar tudo de novo.

Ainda no campo dos emuladores, temos o "xzx" que é um excelente emulador do velhinho "ZXSpectrum", que permite jogar os jogos de há 15 anos atrás... Nos dias que correm, estes jogos podem não ser tão apelativos como dantes, mas servem para matar saudades...

Mais uma vez, é necessário possuir ficheiros com os jogos, mas o "XZX" aceita praticamente todos os formatos usados pelos outros emuladores do Spectrum (para DOS/Windows). link

No caso dos jogos de DOS, nunca nos devemos esquecer do "dosemu", ou seja do emulador de DOS que costuma ser fornecido com as distribuições de Linux. O "dosemu" dá um bocadinho de trabalho a configurar, pois geralmente temos que criar uma imagem virtual de um disco rígido e depois instalar o DOS nessa imagem, inicializado o emulador a partir de uma disquete de arranque de DOS.

Contudo, uma vez configurado, podemos correr grande parte dos jogos de DOS, em modo VGA , ou numa janela de X.

Usando o ficheiros de configuração do DOSEMU, podemos até obter emulação da placa de som.

Finalmente, temos o emulador de WIndows WINE, que ainda está num estado muito atrasado de desenvolvimento, mas que já vai dando para jogar uns joguinhos... Como a emulação de DirectX já começou a funcionar, muitos jogos já correm bem. Por exemplo, já existem reports de pessoas que conseguem jogar bem o "Unreal".

5 - Conclusão:

A lista de jogos para Linux passou de quase 0, para os vários milhares, embora usando o recurso aos emuladores. Contudo, mesmo os jogos emulados, tiram partido da grande estabilidade do Linux e conseguem correr com a mesma performance com que funcionavam nas máquinas de origem.

A enorme cobertura que o Linux tem recebido da imprensa nos ultimos tempos tem atraido a atenção de muitas software-houses que rápidamente irão fazer o port de muitos mais jogos para Linux.

Desta forma, o futuro parece ser brilhante...

Fernando Pereira "

Site terrorista. Aceitam-se curriculums. | Takedown.com, Como Apanharam o Kevin  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.

 

 

[ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]