gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
AOL renega GPL?
Contribuído por ajc em 14-08-99 14:16
do departamento e-esta?
GNU A GPL nunca foi testada em tribunal, que é a única maneira de establecer a validade de um contrato, ou mesmo lei, na América. Podemos estar prestes a assistir a um confronto sobre a GPL. Acusada: AOL, que depois de GPLizar software de Instant Messaging, está a tentar fecha-lo de novo; queixosa: (possivelmente) Microsoft. Vejam mais no Linux Today e no desenvolvimento.
Ver a Microsoft tentar impôr a GPL em tribunal seria uma ironia fantástica, mas é pouco provável.

O que se passou é que a AOL disponibilizou o código dos clientes de Instant Messaging sob a GPL, mas nunca lhes ocorreu que a M$ pudesse usar essa informação para fazer clientes compatíveis. Parece que os responsáveis da AOL são tão inteligentes como os seus famosos utilizadores : )

Agora a AOL está a bloquear os acessos vindos da M$ e parece estar a tentar recuar na questão da GPL. Nada os impede de fazer novas versões não GPL, mas parece que eles já incorporaram código contribuido por outras pessoas. Assim já vai ser mais difícil.

Seja como for, promete ser divertido. Mais espantoso: desta vez a Microsoft parece ter razão!

HRmmmm... Não há hipótese, a M$ tem o dom de se prejudicar, mesmo quando parte com razão. Alguém descobriu que uma mesagem a criticar a atitude da AOL, que foi enviada por um suposto consultor independente, veio na realidade da própria M$, tendo um funcionário tentado esconder a sua identidade. Com a típica competência Microsoft, o disfarce não resistiu a uma pequena investigação.

Programação | Anarquismo Triunfante  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.

 

 

[ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]