gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
FUD: Porquê o medo do Linux?
Contribuído por ajc em 27-06-99 22:42
do departamento just-tell-me-why
Linux Vasco Figueira diz "Sugiro uma discussão sobre o porquê do medo que muita gente tem acerca do Linux, do movimento open-source, de tudo o que é não-MS. Já todos nós vimos pelo menos uma situação em que o Linux passava por mau da fita, sem razão. Porquê, perguntávamos nós. Mas, vejam mais no desenvovlimento...
Um primo meu, que é técnico de NT, quando eu lhe disse que tinha o Linux instalado no meu computador, para ele ir lá ver, ele saiu-se com o comentário: "Eu nem quero ouvir falar disso!" (Para não dizer que ele fala do NT e da MS com um brilhozinho nos olhos que eu não consigo compreender)

No pt.comp.programacao, numa discussão sobre o VB( limitações, vantagens e futuro) na qual veio à baila a limitação da plataforma (windows/intel ou alpha), o senhor que me respondeu, quando eu neguei fundamentalismos extremistas contra a MS, disse: "Bom, só lhe peço para não fazer um reply com a palavra Linux nele".

O dono da loja de informática onde às vezes compro material fez uma careta meio desprezo, meio nojo quando eu lhe disse "não essa placa não, que não é bem suportada pelo Linux". and so on, and so on...

Estes três casos são paradigmáticos. Apesar de serem verídicos representam situações que mais cedo ou mais tarde acontecem a todos nós, entusiastas do Linux.

Quantos não tiveram conhecimento do patrão que só queria MS na rede da empresa, mesmo não percebendo nada de informática, e à força dizia "Não! Não!!" ao responsável?

Quantas vezes não ouvimos falar de empresas que, não se percebendo muito bem porquê, se recusam a fornecer os drivers, ou mesmo qualquer tipo de suporte para Linux?

Quantos comentários já nós vimos que diziam mal do Linux, sem saber o que diziam ou porque o diziam, só por dizer?

Quanto mais tempo precisaremos nós de esperar para que as pessoas percebam que o Linux existe para o bem de todos, que é livre. E que não é nenhuma empresa que pretende dominar o mundo que lhes está a impingir a banha-da-cobra (tem graça, já ouvi isto em qualquer lado...)!

Quanto tempo?

Porquê esta atitude de medo?

O que é que acham? Porque é que, na vossa opinião, muita gente e muitas empresas têm medo do Linux e se recusam a (sequer) aprender algo sobre ele?

Reaccionários? Homens de visão reduciunista? "Atachados" do NT? Liberfóbicos?

A ignorância só por si justifica todas as atitudes de desprezo e de denegrição que se vêem? Ou há algo mais?

Queria lançar este convite à discussão a todos. Newbies ou veteranos, altos ou magros, informáticos com ponta de sociologia, ou sociólogos com ponta de informática, todos.

Cumprimentos,

Vasco Figueira

Outra visão do monopólio | BeOS como alternativa a Windows  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.

 

 

[ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]