gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Parlamento francês adere ao Linux
Contribuído por scorpio em 03-12-06 20:07
do departamento parlamento-aberto
Linux rsantos escreve "A partir de Junho de 2007, o parlamento francês vai utilizar software open source no desktop, incluindo sistema operativo Linux (a distribuição ainda não foi escolhida), OpenOffice.org, Firefox e outros. "

Proposta Emprego Logical Software | UBS vai analisar cadastro de candidatos  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • ZDNet
  • vai utilizar
  • Mais acerca Linux
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Será? (Pontos:2)
    por Tuaregue em 03-12-06 20:42 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Ora deixa cá adivinhar, Mandriva? Senão vai ser Ubuntu, ou um dos derivados.

    ------------------------------------------------------------
    Todas as coisas mudam, e nós mudamos com elas.

    Wait.. (Pontos:2)
    por 4Gr em 04-12-06 0:19 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://mywheel.net
    Mas espera lá, o Linux no Desktop não estava morto? Que imbecis estes francius devem ser.. tsc, tsc.

    Dominus vobiscum
    Re:Wait.. (Pontos:2)
    por [Cliff] em 04-12-06 1:05 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com/~cpinto
    Não inventes.

    Workstations é uma coisa, desktop caseiro é outra.

    Manipulador :P


    ---
    Este espaço pode ser seu...
    Re:Wait.. (Pontos:1)
    por Overclocking em 04-12-06 12:11 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://ruimoura.net/blog
    Realmente os franceses estão parvos ... Aqui pelos lados do Gildot já descobriram que o Linux está acabado nos desktops e eles metem Linux em tudo que é máquina ... E já agora, os alemães também são idiotas. No fundo, só em Portugal é que há visionários inteligentes ...
    Re:Wait.. (Pontos:2)
    por grumpy bulgarian em 05-12-06 12:43 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://10.10.11.2
    não é uma questão de sermos visionarios ou iluminados, é mesmo por haver mais recursos, mais capacidade financeira e assim se escolher a melhor opção, sem olhar a custos.

    Alem do mais, o Governo tem boas relações institucionais com a Micrsoft e os benefícios para a comunidade académica e empresarial são mais que óbvios (eu é que sou meio lerdo e não os vejo)
    Grumpy B)

    Re:Wait.. (Pontos:2)
    por Cyclops em 05-12-06 13:04 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    Nem tudo é mau, ainda recentemente ocorreu uma iniciativa conjunta de quatro ministérios que me pareceu extremamente interessante (devia ter sido esta semana e não na anterior *sigh*)!

    Report do Paulo Vilela
    Re:Wait.. (Pontos:2)
    por nmarques em 05-12-06 16:13 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    O ultimo visionario intelegente morreu ha mais de 400 anos, e era o Infante D. Henrique
    --
    Nemo timendo ad summum pervenit locum
    sim... (Pontos:0, Despropositado)
    por Viriatus em 05-12-06 18:07 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    ter um sistema linux já todo configurado e pronto a usar é uma maravilha. O problema é pô-lo assim no computador lá de casa. Os políticos de certeza não vão ter a necessidade de configurá-lo e de certeza o hardware que vão usar é logo escolhido de maneira a ter o mínimo de problemas. Devem ter contratado lá os nerds da zona para fazer o trabalho sujo. Mas também como apenas fazem um uso limitado do computador (processamento de texto e email) o Linux deve servir à mil maravilhas. O problema é quando se quer ter um uso mais flexivel....

    Já estou a adivinhar o que os levou a adoptar esta medida: uma boa dose de anti-americanismo e arrogância, à "boa" maneira francesa.

    Re:sim... (Pontos:3, Esclarecedor)
    por André Simões em 05-12-06 18:21 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://andre.catus.net
    Não sei como é num servidor, mas eu lá em casa só uso Linux no desktop, e há vários anos que não me preocupo com configurações de hardware ou outras. Ele faz tudo sozinho na instalação, e o que fica para fazer depois, vai à base de cliques de rato.

    Há uns anos sim, era um pesadelo. Quando instalei o meu primeiro Linux, em 96 ou 97, foi um horror, não reconhecia nada. Agora, nos últimos anos só me lembro de problemas com o célebre modem ADSL Speedtouch Manta... mas mais tarde vim a descobrir que o problema era de hardware, e não de software - no PC novo funcionou à primeira.

    E eu não sou nenhum geek nem nenhum nerd, sou um simples filólogo clássico, com pretensões a medievalista. Sou um homem de letras que olha para código fonte e ficheiros de configuração como boi para palácio. Mas isso não me impediu nunca de usar sem problemas Linux no desktop, há 10 anos (mais ou menos 5 dos quais em exclusivo, o meu PC não tem windows há vários anos).

    Parece-me que é um mito, isso da compexidade do Linux para o utilizador comum. É que utilizador mais comum do que eu é difícil, e no entanto só uso Linux, em casa. Aliás, o próprio processo de instalação é, hoje (e já há algum tempo), mais simples do que o do windows. Não, não me venham com a história das partições: é tão ou mais fácil do que instalar um windows nas mesmas circunstâncias. Instalar Linux num PC sem windows é tão simples como instal windows num PC sem outro sistema. E o inverso é também verdade: não é mais difícil instalar Linux num PC que já tenha windows do que instalar windows num PC que já tenha outro sistema. Com uma diferença: o Linux não apaga o MBR.

    Correndo o risco de isto parecer um "slogan", se eu, absoluto analfabeto informático, uso sem quaisquer problemas Linux no desktop há 10 anos, sem problemas de configuração de hardware, por que razão se há-de vir com a história de que é preciso um "nerd" para o instalar e configurar?

    ---
    Omnia aliena sunt: tempus tantum nostrum est. (Séneca)
    "Tudo nos é alheio: apenas o Tempo é nosso."

    Re:sim... (Pontos:1)
    por rnbc em 05-12-06 20:00 GMT (#10)
    (Utilizador Info)

    Com uma diferença: o Linux não apaga o MBR.

    Estavas a ir bem! Mas com esta lixaste tudo hehe

    O utilizador comum não sabe o que é o MBR. (E também não ensina latim :-) )

    Mas o utilizador comum com interesse é perfeitamente capaz de usar linux no desktop, nisso tens razão. Boa parte dos utilizadores comuns não têm interesse. Enquanto não houver PCs com Linspire ou Java-Desktop à venda na Vobis não vamos lá.
    Re:sim... (Pontos:2)
    por André Simões em 09-12-06 12:07 GMT (#24)
    (Utilizador Info) http://andre.catus.net
    Pois, a questão e mesmo a do interesse. Nada impede um analfabeto informático de saber o que é o MBR. Basta ter alguma curiosidade. O problema é que a generalidade dos utilizades só quer clicar, sem ter curiosidade sobre o processo. Até aqui até se pode argumentar que é isso que se espera de um PC. Tudo bem. O problema é que este tipo de atitude leva a que um utilizador comum preguiçoso fique em pânico quando os ícones mudam de sítio ou quando deixam de encontrar o programa X na posição Y do menu, e passam a encontrá-lo na posição W (já assisti a isso). O facto de eu não ter qualquer preparação informática e ainda assim saber o que é o MBR só prova que qualquer pessoa se pode desembaraçar com rudimentos de informática, basta não ter preguiça mental.

    ---
    Omnia aliena sunt: tempus tantum nostrum est. (Séneca)
    "Tudo nos é alheio: apenas o Tempo é nosso."

    Re:sim... (Pontos:1)
    por quantum em 05-12-06 23:10 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    E usas o PC como os deputados francesos... Nada de jeux modernes. Ou vais-me dizer que tens uma consola, como é moda aqui?
    Re:sim... (Pontos:2)
    por DomusOnline em 06-12-06 1:52 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://bandalarga.domus.online.pt/
    Epa... não te quero chocar... mas há malta que não joga...

    Eu por exemplo... e isto não é de forma nenhuma uma critica a quem joga e não digo isto com orgulho, mas sim com naturalidade. Houve anos em que queimei muita pestana de volta da jogatana, mas hoje em dia, por muitas razões, simplesmente não jogo... E há mais por aí (se calhar aqui no Gil é uma minoria...)

    Cumprimentos.
    Re:sim... (Pontos:1)
    por nzalmeida em 06-12-06 16:14 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://nzalmeida.no.sapo.pt
    Eu sou um Já foi a minha vida literalmente agora não me dá gozo nenhum.
    Re:sim... (Pontos:2)
    por Tuaregue em 09-12-06 1:30 GMT (#21)
    (Utilizador Info)
    Olha que já não jogo um jogo desde o ano passado, desses modernos, sabes existem pessoas a quem os jogos não dizem nada. É a vida.

    ------------------------------------------------------------
    Todas as coisas mudam, e nós mudamos com elas.

    Re:sim... (Pontos:2)
    por André Simões em 09-12-06 12:03 GMT (#23)
    (Utilizador Info) http://andre.catus.net
    De facto, por mais chocante que te possa parecer há quem use o PC para muito mais coisas do que jogar. E não é preciso ser deputado francês.

    ---
    Omnia aliena sunt: tempus tantum nostrum est. (Séneca)
    "Tudo nos é alheio: apenas o Tempo é nosso."

    Re:sim... (Pontos:1, Despropositado)
    por 4Gr em 05-12-06 20:57 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://mywheel.net
    Claro, porque optar por GNU/Linux é ser anti-americano e arrogante. O Linux não tem qualquer mérito e as centenas de empresas que apostam nele com vários milhões de dólares são uma cambada de patos a dormir.

    Curioso que dantes esta conversa girava à volta do Windows. Será que agora o Linux gerou tanto protagonismo que os argumentos não giram à volta de "vamos é implementar Linux" mas antes "eles implementaram porque..."? Seria muito bom sinal.. :-)

    Dominus vobiscum
    Re:sim... (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 05-12-06 22:08 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Centenas ? Não eram milhões ??? Pftttttt

    The flaw derives from Firefox's willingness to supply the username and password stored on one page on a domain to another page on a domain.
    Re:sim... (Pontos:1)
    por Zarluk em 05-12-06 22:56 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://o-caos-avassalador.blogspot.com/
    OK! Centenas de milhar de Empresas (por esse mundo fora) e milhares de milhões de dólares em termos de volume de negócios... e assim já "compro" a história ;-)

    --
    "Beware of whores who say they don't want money. The hell they don't. What they mean is they want more money. Much more." -- William S. Burroughs

    Re:sim... (Pontos:2)
    por grumpy bulgarian em 06-12-06 10:36 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://10.10.11.2
    ter um sistema linux já todo configurado e pronto a usar é uma maravilha
    Creio que toda a gente nesta casa sabe que a mesma verdade se aplica ao Windows XP neste momento... já é um bicho com 5 anos de idade, na instalação requer mais busca de drivers que um Ubuntu de há 6 meses e todos sabemos o que lhe pode acontecer se não tiver atenção profissional de vez em quando.
    Grumpy B)
    Re:sim... (Pontos:0, Despropositado)
    por SkyNet em 06-12-06 18:05 GMT (#18)
    (Utilizador Info)
    Dirty Work? Jesus ...who are you?
    Kata Ton Daimona Eaytoy
    Re:sim... (Pontos:2)
    por null em 07-12-06 15:58 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    "Já estou a adivinhar o que os levou a adoptar esta medida: uma boa dose de anti-americanismo e arrogância, à "boa" maneira francesa."

    Boa, e os franceses também não vão comprar mais X-BOX 360 porque é produzido por uma empresa americana. E vão fazer pressão para que a internet seja substituída definitivamente pelo Minitel, e só vão comprar CPUs à VIA e... ficava aqui todo o dia.

    Re:sim... (Pontos:1)
    por Zarluk em 07-12-06 22:05 GMT (#20)
    (Utilizador Info) http://o-caos-avassalador.blogspot.com/
    Exactamente! Às vezes, a atitude chavinista compensa (no caso dos franceses, sinto-me sempre tentado a colocá-la em 1º lugar), mas temo que seja apenas isso -- "tu vois? j'ai pas besoin de tes logicielles de merde" ;-)

    A do municipio de Munique, por outro lado, já parece ter mais a haver com a razão e menos com o coração ;.)

    De qualquer modo, aguardam-se os 'case-studies' ;-)

    --
    "Beware of whores who say they don't want money. The hell they don't. What they mean is they want more money. Much more." -- William S. Burroughs

    Re:sim... (Pontos:2)
    por Tuaregue em 09-12-06 1:33 GMT (#22)
    (Utilizador Info)
    Faltou-te uma coisa, só te faltou dizer que são uma camada de comunistas. Ou será que este "adjectivo" já não se aplica ao linux.

    ------------------------------------------------------------
    Todas as coisas mudam, e nós mudamos com elas.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]