gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
O Open Source é bom ou mau ??
Contribuído por npf em 25-08-06 13:55
do departamento studies
perguntas Francês escreve " Katherine J. Stewart e Sanjay Gosain, da Universidade de Maryland, fizeram um estudo sobre a relação entre a ideologia e a eficácia nos projectos open source.

É realçado o facto de alguns valores, crenças e normas terem um impacto positivo e muitas vezes benéfico no desenvolvimento de projectos open source, mas sobretudo nos projectos free, seja a nível dos recursos (número de contribuidores), partilha da informação, e eficácia, isto é, a capacidade em desenvolver software que funciona. No entanto, o maior risco induzido por estes mesmo valores é o custo do consenso final (custo em tempo, qualidade, eficácia, etc...).

Finalmente, um pequeno toque polémico. É dito no relatório que as crenças sobre os valores da liberdade do software são apontadas como tendo um efeito muito negativo sobre os projectos open source. A razão é que as pessoas que aderem fortemente a estes tipos de valores, tendem a participar em vários projectos, sem nunca se concentar num, reduzindo assim a sua eficacia directa.

O estudo está disponível no formato PDF e data de Abril de 2005. Apesar de já ter algum tempo não deixa de ser interessante. "

Formação Perl Best Practices por Damian Conway | Certificação BSD  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Francês
  • PDF
  • Mais acerca perguntas
  • Também por npf
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    -1 troll (Pontos:2)
    por Cyclops em 25-08-06 18:14 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    A razão é que as pessoas que aderem fortemente a estes tipos de valores, tendem a participar em vários projectos, sem nunca se concentar num, reduzindo assim a sua eficacia directa.
    Se lhes pagarem salários para lhes poder condicionar a eficácia do seu trabalho têm direito a dizer isto.

    Se não fazem, não têm direito.

    É mais produtiva uma pessoa que trabalha gratuitamente por gosto em mil coisas do que uma que trabalha gratuitamente mas é "forçada" a só se dedicar a uma coisa.
    Re:-1 troll (Pontos:2)
    por JohnnyBigodes em 26-08-06 17:44 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Não estou a ver onde é que uma coisa invalida a outra. Eles simplesmente expuseram um facto, com o qual apesar de apoiar o OSS, eu concordo.

    Primeiro há muitos voluntários que seriam mais eficazes se se concentrassem no seu projecto de estimação favorito (sem qualquer espécie de pressão), em vez de 10 ao mesmo tempo.

    Segundo, o próprio mundo do OSS sofre de uma coisa directamente relacionada com isto, que é a fragmentação. Para "editor de texto" há 874457 escolhas, para um desktop há 92334, etc etc etc. Isto torna-se numa faca de dois gumes: por um lado, existe a possibilidade de escolha, que é uma força muito grande, por outro lado, quando as escolhas são de todos semelhantes ou de péssima qualidade, há um problema. Em quase todas as áreas de OSS, há uma resma de escolhas diferentes para a mesma coisa, mas, e desculpem-me o meu francês, raramente mais do que uma meia-dúzia valem merda alguma.

    Com isto não quero parecer hipócrita, pois devemos sempre agradecer a quem se dá ao trabalho de publicar o software que fez para o mundo. Acontece é que ao fim e ao cabo, há muito software cujo nível de qualidade é simplesmente muito baixo.

    Para a coisa avançar, é preciso haver mais consolidação de esforços e organização, e menos guerrinhas e vontadinhas inúteis de satisfazer uma vontade de ser diferente, só "porque sim e mais nada". Há coisas que no fim dão resultado, e inúmeras outras que não.
    Re:-1 troll (Pontos:2)
    por Cyclops em 26-08-06 19:36 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    Não estou a ver onde é que uma coisa invalida a outra. Eles simplesmente expuseram um facto (...)
    Poderiam também ter dito que como o céu é azul as pessoas se distraem a apreciá-lo de vez em quando em vez de trabalhar. Pura e simplesmente a argumentação não faz sentido por não se estarem a referir a pessoas empregadas por alguém para aquele trabalho.

    Primeiro há muitos voluntários que seriam mais eficazes se se concentrassem no seu projecto de estimação favorito (sem qualquer espécie de pressão), em vez de 10 ao mesmo tempo.
    Mas qual pressão? Novamente: não são, normalmente, pessoas empregues, logo não têm prazos, não têm pressão. Trabalham a gosto e ao ritmo que sentem capacidade de oferecer à comunidade.

    Se tivesses sempre o mesmo passatempo, também te chatearias ao fim de algum tempo a fazer só isso...

    Segundo, o próprio mundo do OSS sofre de uma coisa directamente relacionada com isto, que é a fragmentação. Para "editor de texto" há 874457 escolhas, para um desktop há 92334, etc etc etc. Isto torna-se numa faca de dois gumes: por um lado, existe a possibilidade de escolha, que é uma força muito grande, por outro lado, quando as escolhas são de todos semelhantes ou de péssima qualidade, há um problema.
    Para isso existem as distribuições.

    Com isto não quero parecer hipócrita, pois devemos sempre agradecer a quem se dá ao trabalho de publicar o software que fez para o mundo. Acontece é que ao fim e ao cabo, há muito software cujo nível de qualidade é simplesmente muito baixo.

    Para a coisa avançar, é preciso haver mais consolidação de esforços e organização, e menos guerrinhas e vontadinhas inúteis de satisfazer uma vontade de ser diferente, só "porque sim e mais nada". Há coisas que no fim dão resultado, e inúmeras outras que não.
    Para isso existem as distribuições.


    Re:-1 troll (Pontos:2)
    por null em 27-08-06 10:03 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    "Primeiro há muitos voluntários que seriam mais eficazes se se concentrassem no seu projecto de estimação favorito (sem qualquer espécie de pressão), em vez de 10 ao mesmo tempo."

    Se o Linus não se tivesse interessado sobre o suporte USB, talvez ainda hoje, malgrado o esforço do espanhol que começou um projecto de stack para o Linux, a coisa ainda estaria em banho maria.

    "Segundo, o próprio mundo do OSS sofre de uma coisa directamente relacionada com isto, que é a fragmentação. Para "editor de texto" há 874457 escolhas, para um desktop há 92334, etc etc etc. Isto torna-se numa faca de dois gumes: por um lado, existe a possibilidade de escolha, que é uma força muito grande, por outro lado, quando as escolhas são de todos semelhantes ou de péssima qualidade, há um problema. Em quase todas as áreas de OSS, há uma resma de escolhas diferentes para a mesma coisa, mas, e desculpem-me o meu francês, raramente mais do que uma meia-dúzia valem merda alguma."

    Para isso tens a selecção natural, se não valem nada morrem. Alguns são um meio para desenvolver técnica e não passam de meros exercícios, outros trazem algo novo mas podem morrer por falta de interesse do autor ou de quem o queira continuar. Enfim, a variedade para mim é salutar. O mesmo já não digo num ambiente asséptico, onde gramas o que te impôem porque gastou-se um pipa de massa e o software é muito chique e tal...

    Projectos (Pontos:1)
    por zogerdr em 29-08-06 13:56 GMT (#18)
    (Utilizador Info)
    Viva,

    Concordo com partes das opiniões aqui expressas.
    Raros projectos open source são válidos e na minha opinião isto deve-se precisamente à filosofia adjacente a estes sistemas. Estes projectos não podem ter grandes esperanças de sucesso enquanto não forem feitos de modo organizado e com retribuições monetárias. Caso contrário cai-se na desculpa do costume de que não se poder exigir muito, porque afinal o pessoal nem está a ser pago.
    Parece-me ainda que este tipo de filosofia se encontra enraizada no meio universitário e como tal dificilmente abandona a teoria que alias constitui a maior parte desses cursos.
    Acho que estas pessoas que aqui defendem o SL vão mudar de opinião assim que chegarem ao "mundo real" e tiverem que se responsabilizar por determinados padrões de qualidade e orçamento. Nessa altura vão provavelmente optar por soluções pagas (e bem) mas que lhes dêm garantias. Um exemplo de que este tipo de desenvolvimento está condenado ao fracasso é o próprio Linux. Como se explica que um sistema com um potencial enorme continue com uma fatia de mercado miserável? Mas o importante é continuar a haver 500 distros e 150 GUIs e 3000 apps que fazem o mesmo, quando funcionam. Um dos pontos que tb é de importante análise é o suporte. Eu sei que a Microsoft, SUN, Oracle, etc estão munidas de equipas de suporte profissionais e organizadas. A este nível o SL, enquanto projecto nos termos actuais, nunca vai ter capacidade de competição.

    Aparte desta opinião sei que existem alguns projectos de sucesso e de algumas empresas que mantêm sistemas a funcionar com SL, mas são diminutas.

    Em relação ao SL digo o que ouço dizer muito em PT - tantas horas de trabalho com tão pouca produtividade... Esforços mal dirigidos na minha opinião.

    Cumps,
    Z
    Re:Projectos (Pontos:2)
    por Cyclops em 30-08-06 21:58 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    Virtualmente tudo o que dizes é aplicavel ao software proprietário, portanto não percebo o teu ponto de vista:
    Viva,
    Concordo com partes das opiniões aqui expressas. Raros projectos proprietários são válidos e na minha opinião isto deve-se precisamente à filosofia adjacente a estes sistemas. Estes projectos não podem ter grandes esperanças de sucesso enquanto não forem feitos de modo organizado e com retribuições monetárias. Caso contrário cai-se na desculpa do costume de que não se poder exigir muito, porque afinal o pessoal nem está a ser pago [por exemplo os clientes demorarem a pagar, como no caso do Estado]. Parece-me ainda que este tipo de filosofia se encontra enraizada no meio universitário e em geral e como tal dificilmente abandona a teoria que alias constitui a maior parte desses cursos.

    Acho que estas pessoas que aqui defendem o SP vão mudar de opinião assim que chegarem ao "mundo real" e tiverem que se responsabilizar por determinados padrões de qualidade e orçamento. Nessa altura vão provavelmente optar por soluções pagas (e bem) mas que lhes dêm garantias. Um exemplo de que este tipo de desenvolvimento está condenado ao fracasso é o próprio Windows. Como se explica que um sistema com um potencial enorme continue com uma fatia de mercado miserável? (já agora, ainda não acabou a novela Go-Daddy para os nay-sayers...)
    A partir daqui, é asneira atrás de asneira:
    Mas o importante é continuar a haver 500 distros e 150 GUIs e 3000 apps que fazem o mesmo, quando funcionam.
    Existem bem mais de 500 distribuições, a maioria tretas, algumas dedicadas a determinados temas com grande potencial, mas daí a 150 GUIs (o que quer que isso seja) e 3000 programas que fazem o mesmo... é uma verdadeira hipérbole!

    Um dos pontos que tb é de importante análise é o suporte. Eu sei que a Microsoft, SUN, Oracle, etc estão munidas de equipas de suporte profissionais e organizadas.
    Supostamente... supostamente... Não te vou dizer quanto tempo o suporte da Microsoft demorou a perceber que um problema que um colega meu tinha consistia no certificado da CA não estar incluido na Chadeia apresentada pelo IIS, em vez de se calar com a insolente insistência que tinhamos um problema com o certificado de cliente...

    A este nível o SL, enquanto projecto nos termos actuais, nunca vai ter capacidade de competição.
    Nada como a realidade de um verdadeiro dependente de "hand-holding" ou "finger-pointing" como forma de mascarar a falta de algo. Tenho testemunhado precisamente o inverso do que alegas...

    Aparte desta opinião sei que existem alguns projectos de sucesso e de algumas empresas que mantêm sistemas a funcionar com SL, mas são diminutas.
    A IBM é diminuta? O Google é diminuto? Apenas "alguns" projectos? Elogios destes não disfarçam o insulto, sabes?

    Em relação ao SL digo o que ouço dizer muito em PT - tantas horas de trabalho com tão pouca produtividade... Esforços mal dirigidos na minha opinião.
    AIX, HP-UX, Windows 2000, Windows XP, Windows 2003, Server, Advanced Server, Workstation, Home Edition, Enterprise, Apple Mac OS, ... e isto só para listar os SOs mais "famosos" que por aí andam. Tanto esforço mal dirigido... Estas companhias bem que se podiam fundir numa só e fazer um SO em condições não?
    Re:Projectos (Pontos:1)
    por zogerdr em 31-08-06 13:37 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Viva,

    Bem tenho alguma dificuldade em classificar a tua resposta por isso vou apenas chama-la de estranha.

    1. Não percebo o porquê de transcreveres o meu texto com alterações tuas, ainda que em itálico. Fica um pouco estranho e não percebo o objectivo...

    2. Para que fique claro eu na minha 1ª resposta, estou a reportar-me aos projectos de SL que não são remunerados. Parece-me que era este o tipo de projectos referidos nos comentários dos outros utilizadores.

    3. Relativamente a teres colocado o link para a netcraft ele é muito util para quem quer ter esse tipo de informação. No entanto continuo a manter a minha opinião relativa à ridicula fatia de mercado adjacente às tecnologias Open Source. Todos sabemos que o Apache é bastante bom e utilizado. No entanto se pensares que cerca de 90% das empresas em PT são PME, e que a grande maioria delas usa sistemas baseados em tecnologias MS percebes o que quero dizer. Imagina que a maior partes empresas tb usa o IIS para sistemas internos como intranets ou apps.

    4. Alguns dos sistemas baseados em SL que referes terem qualidade, têm-na de facto. A questão são implementados, melhorados ou desenvolvidos por empresas com fins lucrativos. Embora ainda se possam considerar SL saiem fora do ambito de que estavamos a falar. Tanto a IBM como o Google são empresas com fins lucrativos, com equipas de desenvolvimento bem pagas e organizadas.

    5. Sim, o que eu estava a fazer era precisamente o uso duma hiperbole. Vou tentar usar uma escrita mais simples no futuro.

    6. Em relação ao suporte, é irreal pensar que o facto de teres bons centros de suporte faz com que não existam erros ou que se acerte à primeira. É tb irreal comparar o nivel de suporte que tens numa das empresas acima citadas, com o suporte dum tipico projecto de SL. Espero que percebas este ponto. Caso contrário eu posso explicar.

    7. Em relação ao teu último paragrafo, devo admitir que não o percebo... Podes explicar melhor? É que todas essas empresas já têm SOs em condições...

    Cumps,
    Z
    Re:Projectos (Pontos:2)
    por Cyclops em 01-09-06 8:16 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    7. Em relação ao teu último paragrafo, devo admitir que não o percebo... Podes explicar melhor? É que todas essas empresas já têm SOs em condições...
    A seguir vais dizer que o Jay Leno te contratou...
    Re:Projectos (Pontos:1)
    por zogerdr em 31-08-06 13:44 GMT (#21)
    (Utilizador Info)
    "A partir daqui, é asneira atrás de asneira:"

    "A IBM é diminuta? O Google é diminuto? Apenas "alguns" projectos? Elogios destes não disfarçam o insulto, sabes?"

    Que idade é que tu tens?

    1. Tenta manter a educação. Se fores assim para toda a gente há-de chegar a altura em que não tens ninguém com quem trocar ideias.

    2. "Insulto" - N leves as coisas a peito e tenta manter algum distanciamento do objecto que estás a analisar. Caso contrário isso tolda-te o raciocinio.

    Cumps,
    Z
    Re:Projectos (Pontos:2)
    por Cyclops em 01-09-06 8:15 GMT (#22)
    (Utilizador Info)
    Deverias tomar o teu próprio conselho então :)
    Re:E nao esquecer ... (Pontos:2)
    por [Cliff] em 25-08-06 20:32 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com/~cpinto
    Patches? Um patch! É desculpa ser apenas um? Não, nem pouco mais ou menos, na minha opinião roça o inaceitável mas nota-se claramente que são dores de crescimento.

    ---
    Este espaço pode ser seu...
    Re:E nao esquecer ... (Pontos:1)
    por BugMeNot.com em 25-08-06 22:01 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    E nem sequer afectou toda a gente, diga-se. Eu fiz esse update e não me aconteceu nada de espiritual...
    Já agora... (Pontos:1)
    por joli em 26-08-06 11:39 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://mosel.estg.ipleiria.pt

    Tive a "sorte" do meu hardware não ser afectado pelo bug. De qualquer forma tanto a comunidade como a equipa do ubuntu foram rápidos a reagir e pouco depois já se podiam encontrar "workarounds" na net (downgrade da versão..) e uma nova patch com o erro corrigido (upgrade..). Não será também dificil testar todo o hardware de video existente? Pode não servir como desculpa mas parece-me ser uma atenuante


    Re:E nao esquecer ... (Pontos:1)
    por Zarluk em 27-08-06 10:00 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://o-caos-avassalador.blogspot.com/

    LOL

    Estavas à espera de quê? Da perfeição absoluta?

    Os rapazes meteram a pata na poça. E depois? O menino nunca fez chichi fora do penico?

    Pelo menos, não tive de reinstalar todo o sistema outra vez, nem perdi dados. Foi só fazer o downgrade do pacote ;-)

    Re:E nao esquecer ... (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 27-08-06 16:44 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Eu ? Eu tava à espera disto há muito tempo. Os fanáticos é que sempre disseram o contrário.

    Já agora qual foi o patch da MS que tiveste que instalar o sistema todo e perdeste dados ?

    ----------
    Surprise surprise, GO SUCK AN EGG LEMMING :)

    Re:E nao esquecer ... (Pontos:2)
    por null em 28-08-06 8:50 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    Dizes bem, estavas à espera há MUITO tempo. Mas quem espera sempre alcança eheheh.
    Re:E nao esquecer ... (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 28-08-06 19:11 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Acredita! Ves como teres esperado por esse comentário valeu a pena ? :)))

    ----------
    Surprise surprise, GO SUCK AN EGG LEMMING :)
    Re:E nao esquecer ... (Pontos:1)
    por Zarluk em 28-08-06 12:24 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://o-caos-avassalador.blogspot.com/
    Já agora qual foi o patch da MS que tiveste que instalar o sistema todo e perdeste dados ?

    Felizmente, nenhum. Há mais de 5 anos que não mexo em Windowze :-D

    Estava apenas a falar do conselho nº 1 (único?) dado pelos técnicos(?) M$ a quem tem problemas com o sistema: "reinstale-o".

    Re:E nao esquecer ... (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 28-08-06 19:11 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    Ah... a posta de pescada do costume... Tamos falados =)

    ----------
    Surprise surprise, GO SUCK AN EGG LEMMING :)
    Re:E nao esquecer ... (Pontos:2)
    por null em 27-08-06 10:09 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Oh toini, este teu comentário foi inspirado nos últimos patches da Microsoft? Imagino que te deve ter causado uma diarreia do caraças.
    Re:E nao esquecer ... (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 27-08-06 16:43 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Foi inspirado pelo facto de ter acontecido o mesmo que à MS, mas com a excepção que a MS é normal, e o Open Source eh a melhor coisa do mundo, logo isto nao deveria ter acontecido nunca :) OH OH OH OH OH :)

    ----------
    Surprise surprise, GO SUCK AN EGG LEMMING :)

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]