gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Google Spreadsheets em teste
Contribuído por npf em 09-06-06 8:23
do departamento math@google
Internet Lois escreve "Entrou em fase de testes o novo serviço Google Spreadsheets, uma folha de cálculo on-line. Quem quiser testar o serviço pode fazê-lo aqui e esperar por um convite do Google. A folha de cálculo tem um visual agradável, mas ainda não conta com alguns recursos mais avançados, como por exemplo a geração de gráficos. Em compensação, é possível partilhar uma folha de cálculo com várias pessoas, permitindo a edição simultânea dos dados, caso alguns desses contactos esteja on-line. O Google Spreadsheet pode ainda importar e exportar folhas de cálculo no formato Excel e CSV. "

infra-estruturas para o mundial 2006 | Web 2.0 permite configurar a página do Google.  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • aqui
  • Mais acerca Internet
  • Também por npf
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Continua o hype (Pontos:1)
    por quantum em 09-06-06 12:11 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Eu pergunto-me quando é que o Google vai estoirar?

    O negócio continua assente ainda e apenas no revenue dos online ads. As acções estão inflaccionadíssimas por ser a empresa da moda, mas olhando friamente para o futuro o que é que têm para dar mais revenue quando a mina dos ads o deixar de ser?

    IMHO, este tipo de noticias e de projectos que "finjem" poder atacar o império da MS só tem um fim: fazer continuar a crescer o valor das acções.


    Re:Continua o hype (Pontos:3, Interessante)
    por fhc em 09-06-06 14:05 GMT (#2)
    (Utilizador Info)

    Talvez primeiro estoire a Microsoft. Quem sabe? Da própria Companhoa das Índias (a SA mais antiga do Mundo), disse-se o mesmo.

    Francisco Colaço


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Re:Continua o hype (Pontos:2)
    por fhc em 09-06-06 14:07 GMT (#3)
    (Utilizador Info)

    Corrijam Companhia e finjam não ter visto a vírgula na frase.

    Francisco Colaço


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Manobras de distração da concorrência (Pontos:3, Informativo)
    por mlemos em 09-06-06 18:24 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.ManuelLemos.net/
    As acções do Google estão em alta porque o Google continua a ter lucros fabulosos precisamente com o negócio dos anúncios.

    Ao contrário, a MSN que durante mais de 10 anos de Web só amargou prejuizos e não soube fazer dinheiro com serviços gratuitos e caros para manter como o Hotmail, finalmente descobriu que o certo para o negócio era copiar o Google depois que o Google lançou o Gmail com anúncios relacionados com o texto das mensagens recebidas.

    A Microsoft abriu os olhos e com 4 anos de atraso lançou o MSN Adcenter, que nada mais é que uma cópia do Google Adwords. Por isso o CEO da Microsoft Steve Ballmer já admitiu que vai demorar pelo menos 5 anos a chegar aos pés do Google e Yahoo nesse mercado.

    Não acredito que o Google Spreadsheets seja de grande utilidade, porque normalmente quem usa folhas de cálculo, mexe com informações financeiras que não interessa que saiam da sua empresa.

    Acredito mais que seja mais uma manobra de diversão para distrair a concorrência do Google que vai começar a pensar copiar mais uma ideia de utilidade para o seu negócio questionável, assim como o Orkut que na verdade apenas lhes chupa recursos e não dá dinheiro nenhum.

    Mas tudo isso ajuda o Google a ganhar mais prestigio enquanto a concorrência fica tonta sem saber o que fazer.

    Agora isso não tem nada a ver com a acções da bolsa porque o Google sempre lançou serviços de utilidade questionável para distrair a concorrência, muitos anos de ter entrado na bolsa.

    Lembram-se daquela tanga de fazer cálculos com expressões digitadas no formulário de pesquisa do Google? Para que serve? Nada. Só chama atenção e aumenta o carisma do Google para quem acha piada a essas coisas.
    Re:Manobras de distração da concorrência (Pontos:2)
    por Gamito em 09-06-06 18:28 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://gamito.startux.org
    Ditto!

    Mário Gamito
    gamito.startux.org
    Re:Manobras de distração da concorrência (Pontos:1)
    por quantum em 09-06-06 20:42 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    Pois, mais me ajudas.

    A única fonte de rendimentos do Google são mesmo os Ads. Pode ser uma fabulosa fonte actualmente, mas, tal como a Companhia das Indías já mencionada, não vai durar para sempre... E a seguir? É essa a minha questão!!!

    Re:Manobras de distração da concorrência (Pontos:2)
    por blacksheep em 10-06-06 13:27 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://rpmcruz.planetaclix.pt/
    Porque disses que esses lucros não vão durar para sempre? Há negócios, como as de transimissoras de canais de televisão, que se assentam nisso e vivem bastante bem. Qual o factor que achas que vai levar a uma quebra no investimento da publicidade na internet? O que te leva a achar que as principais empresas da área de TI e as que oferecem serviços online vão deixar de apostar em publicidade? Achas que estas empresas não são sustentáveis? A sério, se calhar até tens razão, por isso, agradecia que desenvolvesses a tua opinião.

    Libertem a Fátima Felgueiras!
    Re:Manobras de distração da concorrência (Pontos:1)
    por quantum em 11-06-06 9:55 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    O negócio não vai desaparecer. O Google foi pioneiro na sua dinamização e está a colher os merecidos frutos.
    Mas vai haver muita gente a dar dentadas na quota e dentro de poucos anos poderá continuar a ser um bom negócio mas longe do maná que é actualmente. Daí eu achar que o Google tem que começar a pensar em diversificar a sua fonte de rendimentos, sob pena de deixar de entusiasmar a bolsa.
    Re:Manobras de distração da concorrência (Pontos:2)
    por raxx7 em 11-06-06 10:29 GMT (#20)
    (Utilizador Info)

    O entusiasmo da bolsa menos relevante do que pensas, principalmente tratando-se do Google.

    A cotação do Google em bolsa é de facto exagerada à luz de qualquer expectativa razoável de retorno de investimento. E mais cedo ou mais tarde, as acções do Google vão levar um grande tombo.
    Mas isso não afecta a saúde financeira do Google, excepto na medida em que detenha acções de si próprio e na medida que é um bocado de má publicidade.

    Vai é afectar a saúde financeira dos acionistas do Google. Em teoria, alguns acionistas surpreendidos pela queda do valor das acções poderiam querer mudar o rumo do Google. Mas na verdade, não só seria má ideia -- é sempre má idea quando se põe a cotação em bolsa à frente da sustentabilidade a prazo da empresa, vê a Enron -- como seria impossivel dado o exagero da cotação do Google. Além disso, no Google, o Larry e o Sergey detêm o controlo total sobre o rumo da empresa.


    Re:Manobras de distração da concorrência (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 11-06-06 16:12 GMT (#22)
    (Utilizador Info)
    A cotação do Google em bolsa é de facto exagerada à luz de qualquer expectativa razoável de retorno de investimento. E mais cedo ou mais tarde, as acções do Google vão levar um grande tombo. Mas isso não afecta a saúde financeira do Google, excepto na medida em que detenha acções de si próprio e na medida que é um bocado de má publicidade.

    Afecta mais no facto de que se o o mercado perde a confiança no Google, quando o Google precisar de se ir financiar ao mercado, o mercado vai fazer-lhe o .!., e aí, pode afectar a saúde financeira do Google, na medida em que não tem cash para investir, ou então vai ter que ir busca-lo por emprestimo, e emprestimos a uma empresa cuja cotação dá um tombo, não são fáceis ou baratos de obter.

    Em teoria, alguns acionistas surpreendidos pela queda do valor das acções poderiam querer mudar o rumo do Google.

    É mais na prática a partir do momento em que detenham acções suficientes para o controlo da administração...

    ----------
    the local "free software and the four essential liberties"-zealot

    Guess who ???

    http://pfig.livejournal.com/98617.html

    Re:Manobras de distração da concorrência (Pontos:2)
    por raxx7 em 11-06-06 17:32 GMT (#23)
    (Utilizador Info)

    A questão da confiança do mercado vai depender...
    A cotação das acções é exagerada (e vai cair) porque o mercado está, essencialmente, a ser estúpido. A única coisa que o Google podia ter feito para evitar esta situação era dizer "hey, idiotas, não paguem 500USD por acção porque não vale a pena". Mas pronto, o Google não emite guidelines. :)
    Num hipotético futuro pós-A Queda em o Google precise de se ir financiar ao mercado, a confiança do mercado vai depender em muito de o mercado compreender ou não as razões d'A Queda.

    Quanto aos empréstimos, tanto quanto sei, as entidades bancárias olham mais para a capacidade das empresas de gerar lucro (e pagar os empréstimos) do que para os efeitos da especulação sobre a cotação das acções.

    Quanto ao comportamento dos acionistas.. depende dos acionistas. :)


    Re:Manobras de distração da concorrência (Pontos:2)
    por raxx7 em 11-06-06 10:34 GMT (#21)
    (Utilizador Info)

    ... continuação do post anterior.

    Claro que o Google faz bem em tentar diversificar. Aliás, seria estúpido não o fazer tendo em conta a quantidade de dinheiro que têm em mãos.
    Mas têm tempo. O mercado da publicidade on-line está a aumentar. A concorrência ao Google também, mas eles estão no bom caminho para continuarem a ser o meio preferido para levar publicidade até ao consumidor.


    Re:Manobras de distração da concorrência (Pontos:2)
    por mlemos em 11-06-06 3:50 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://www.ManuelLemos.net/
    Se pensares um bocado chegas à conclusão que a tua dúvida não tem nexo. O negócio da publicidade na Internet nunca mais acaba.

    Agora o detalhe é que o negócio dos anúncios no Google é brutal principalmente porque estão muito avançados no tempo em relação à concorrência. Por isso, o CEO da Microsoft já admitiu que precisa pelo menos de 5 anos para chegar aos pés do Google neste mercado.

    Os anúncios do Google são meramente anúncios colocados ao acaso. São anuncios contextuais. Isso significa que têem a ver com o contexto onde aparecem.

    Por enquanto podem aparecer nas páginas nas páginas de resultados pesquisas, ou nas páginas de sites afiliados. Concerteza vão aparecer em mais lugares porque a inovação no Google não para.

    Isto daria muito que falar, mas só para te dar uma idea de porque o Google está muito avançado que a concorrência, existem quanto a mim dois detalhes principais:

    1 - Tudo é automático e inteligente. Quer dizer, a detecção do contexto onde os anúncios são colocados é feita por toda software automático com pouca ou nenhuma intervenção humana. Para além disso usam métodos que ajudam o sistema a se optimizar automaticamente de acordo com os resultados. Isto permite o negócio de anúncios do Google crescer numa escala brutal com relativo baixo custo.

    2 - O Google promove partilha de receita com um número enorme de afiliados pelo mundo. Isso acontece com o AdSense e também com o Google Base (o Paypal do Google que aparece com outra finalidade).

    Quem quiser pode colocar os anúncios do sistema deles em páginas dos seus sites e assim recebe parte da receita paga pelos anunciantes. Tudo isto automatizado e posto em prática em milhares de sites pelo mundo a fora que podem ter conteúdo em dezenas de linguas suportadas.

    Com isto, o Google não só ganha muito mais dinheiro, como consegue o apoio de milhares de pessoas pelo mundo que teem todos motivos para suportar o Google.

    Talvez não tenhas ideia, mas concerteza várias pessoas que participaram nesta discussão aqui são de empresas que têem sites e recebem receita por ser afiliadas do Google.
    Re:Continua o hype (Pontos:1)
    por GreatBunzinni em 09-06-06 21:35 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    O negócio continua assente ainda e apenas no revenue dos online ads.

    Não é bem assim. O google video cobra por o acesso a certos tipos de conteúdos como eventos desportivos e séries. Surge também o lançamento do rival do eBay. Aposto que não tarda nada também surge um rival do paypal, o que de certeza irá gerar uma pilha de dinheiro. Por isso a google pode ter muitos defeitos, principalmente no que diz respeito à degradação da privacidade, mas no que diz respeito a estabilidade e viabilidade económica a empresa recomend-se e muito.

    Re:Continua o hype (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 10-06-06 0:05 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    Fodasse tu és um gestor de topo, disfarçado de grunho do open-source... Tipo as acções do Google ainda há pouco tempo, estavam a cair pq o mercado desconfiava do revenue do Google. Há dias, o Google veio dizer que os printed ads não estavam a correr tão bem como esperado... Portanto onde é que uma empresa baseada numa tecnologia que a qualquer momento pode ser ultrapassada, com um revenue assente em publicidade (que caso nao te lembres, era a chamada mina de ouro da ultima dot come bubble), tem um futuro de viabilidade economica ?

    Já agora, quais são os teus critérios de análise economica ? O joelho ?

    ----------
    the local "free software and the four essential liberties"-zealot

    Guess who ???

    http://pfig.livejournal.com/98617.html

    Re:Continua o hype (Pontos:2)
    por null em 10-06-06 8:04 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Primeiro, é foda-se e não fodasse (o som que sai é fudásse, percebe-se a diferença). Segundo, tu és um IT pro disfarçado de grunho da economia.
    Re:Continua o hype (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 10-06-06 10:37 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Primeiro, é fodasse se eu quiser. Da mesma maneira que posso-te mandar para o KARALHO. Que tal o som agora ?

    Segundo, continuo a ser o que me apetecer :)

    ----------
    the local "free software and the four essential liberties"-zealot

    Guess who ???

    http://pfig.livejournal.com/98617.html

    Re:Continua o hype (Pontos:2, Engraçado)
    por null em 11-06-06 22:17 GMT (#24)
    (Utilizador Info)
    Pelo que vejo de caralhos gostas
    Re:Continua o hype (Pontos:1)
    por GreatBunzinni em 10-06-06 8:43 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    De duas, uma: ou és burro ou és analfabeto funcional. Se não fosses uma das coisas terias reparado que a minha mensagem foi para informar que os rendimentos da google não só não dependem exclusivamente da publicidade na internet como também a companhia está a expandir para outras áreas bastante rentáveis.

    Mais, dizer que uma companhia não é viável apesar de ter rendimentos constantes na ordem do 1bilião de dolars e apesar de ainda nem se encontrar em consolidação é, no mínimo, de pasmar. Não estamos aqui a falar de investimentos cegos sem espectativas sérias de retorno, típicos da era da bolha da internet. Estamos a falar de rendimentos concretos e constantes obtidos pela operação. É assim que o tonidosimpostos acha que se porta uma empresa não-viavel e sem futuro?

    Mais, pela lógica do tonidosimpostos, já que a google não é viável pois assenta num modelo de negócios típico era da bolha da internet, porque não olhar para a Yahoo! ? A companhia nasceu e é o símbolo dessa era. Será que se encontra nas ruas da amargura? Não. Encontra-se com rendimentos na ordem dos 500milhões de dolars. Rendimentos esses também assentes na publicidade. Nada mau para uma empresa cujo modelo de negócio não é viável segundo o grande gestor tonidosimpostos.

    Por isso convém saber pelo menos um pouco do que se fala antes de se pôr por aí a gritar que o céu está a cair. É verdade que as acções da google tendem a estar com um preço acima do valor real por ser a empresa da moda. A coca-cola também tem essa tendência. E é verdade que neste último trimestre a google tem andado a aumentar os seus investimentos em infra-estrutura, tal como as apostas na rede google de fibra óptica e expansões para mercados tipo o da China. Mas convém que o tonidosimpostos saiba lá do topo da sua magnifica torre do conhecimento que indicações de inflação de preços das acções e um modelo de negócios que rende constantemente por volta de 1bilião de dolars não é algo de se desprezar. Ou será que o tonidosimpostos consegue melhor?
    Re:Continua o hype (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 10-06-06 10:49 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Onde é que está a tua informação sobre os rendimentos do google oh sabichão ? Não vejo ai nenhum número nem perspectivas, a não ser as tuas bocas daquilo que tu achas.

    Quais são essas áreas rentáveis ? O Google Spreadsheet ?? AHAHAHAHA
    O google video ? AHAHAH Com a concorrência de Youtubes e afins tou mesmo a ver a rentabilidade.
    Com o Google Mail ? BHAHAHAAHAH

    Uma companhia para ser rentável, não precisa de ter rendimentos constantes oh meu grande asno. Precisa é que os rendimentos sejam superiores aos custos. Podes ter milhoes de facturação e ir à falência. Podes estar a ter prejuízos e ser uma empresa viável, depende do tipo de mercado.
    Quais são os rendimentos concretos do Google além da publicidade ? As appliances que vendem ? O Google está todo baseado em publicidade. Se o mercado da publicidade sofrer uma crise, o Google vai sofrer, porque as fontes de receita, não estão ainda diversificadas. O Google anda é a tapar os olhos, lançando tangas tecnológicas para mostrar que tá a fazer alguma coisa. Acreditas mesmo que uma empresa como o Google vai fazer frente a uma Microsoft, que domina o mercado dos sistemas operativos e aplicações Office ? Uma empresa que tem um cash flow e dinheiro em caixa que é uma coisa descomunal ? Pleaseee... Vão ter que fazer muito mais para chegar aos calcanhares de uma Microsoft.

    Quanto ao preço das acções, qual é o teu critério para as avaliares ? Continua a ser o, "eu acho que estão com um preço acima do valor real" ? Já agora qual é o valor real de uma acção do Google ? Como é que o calculas... A Coca-Cola tem infraestruturas que metem dezenas de Google no bolso. Tem aquilo que se chama de brick & mortars, coisa que o Google não tem. A maioria dos activos do Google, são goodwill, ao passo que a Coca-Cola tem Imobilizado. Sabes a diferença ? Não ? Então vai ler qualquer coisa sobre Finanças.

    Claro que a Google aposta na China. É o mercado que toda a gente quer. Mas é uma empresa tão boazinha, que não se importa de censurar, apenas porque quer entrar num dos maiores mercado do mundo. Uauuuuuuu

    Quanto a esse número de 1 bilião de dolares, sugiro que vás ler os relatórios da Microsoft, para ficares a conhecer o que são números a sério. Ou então os de uma HP ou IBM. A minha torre de conhecimento na área da Economia, quer gostes ou quer não gostes, é SUPERIOR à tua. Não precisa de ser a melhor torre, mas é muito SUPERIOR à tua no que a isso diz respeito. Tenta lá conseguir melhor ok ?

    ----------
    the local "free software and the four essential liberties"-zealot

    Guess who ???

    http://pfig.livejournal.com/98617.html

    Re:Continua o hype (Pontos:1)
    por hav0x em 10-06-06 14:02 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    tonidosimpostos on fire!
    A minha "torre" é maior que a tua! nah nah nah nah nah! :)

    Interessante reparar como a discussão de uma webapp passa por avaliações de modelos de negocio e da viabilidade ou não do produto X da mesma empresa.
    to hype or not to hype
    Re:Continua o hype (Pontos:1)
    por skzo em 10-06-06 21:04 GMT (#15)
    (Utilizador Info)
    \m/ \o/ \m/
    Re:Continua o hype (Pontos:1)
    por skzo em 10-06-06 21:04 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    achei que finalmente o meu comentário estava á vossa altura, keep the good work \o
    Re:Continua o hype (Pontos:2)
    por leitao em 11-06-06 0:11 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://entropy.thinkwest.com
    Deves estar a brincar...


    I can live with doubt and uncertainty and not knowing. I think it is much more interesting to live not knowing than to have answers that might be wrong.

    Google (Pontos:2)
    por Lamego em 12-06-06 9:35 GMT (#25)
    (Utilizador Info) http://software.pt-link.net
    Não querendo parecer ingénuo depois da acesa discussão sobre a sustentabilidade financeira do Google, mas não me parece que nesta fase valha sequer a pena fazer uma análise "comercial".
    A google nasceu como um projecto de investigação, a sua exploração financeira veio mais tarde, e assim me parece tem acontecido com grande parte dos seus projectos. No caso particular da spreadsheet nem sequer estamos a falar de algo que tenha exigido grande investigação ou recursos, presumível mente terão reutilizado a tecnologia que compraram do Writely para implementar aquela que deve ser a segunda aplicação de office mais utilizada, a folha de cálculo.
    Claro que como todos os projectos google assim que houver espaço/ideias será explorado financeiramente (seja por publicidade ou outros), por enquanto é apenas mais um google gadget.
    Pessoalmente acho que se deve saudar a Google pela sua presença tecnológica mais do que comercial é na minha opinião uma das empresas que mais está a contribuir para o desenvolvimento de tecnologias no âmbito da utilização da Internet.
    Re:Google (Pontos:2)
    por leitao em 13-06-06 15:14 GMT (#26)
    (Utilizador Info) http://entropy.thinkwest.com
    Se a tua definicao de "contribuir para o desenvolvimento de tecnologias" sao splogs, link e click farms e keyword stuffing entao concordo contigo...


    I can live with doubt and uncertainty and not knowing. I think it is much more interesting to live not knowing than to have answers that might be wrong.

    Re:Google (Pontos:2)
    por Lamego em 13-06-06 21:52 GMT (#27)
    (Utilizador Info) http://software.pt-link.net
    A minha definição de tecnologia no contexto do Google começa por conseguir encontrar o que procuro, continua por me permitir organizar a minha agenda de forma centralizada e ainda poder comprar ou vender publicidade para ou através dos meus sites.
    Re:Google (Pontos:2)
    por leitao em 13-06-06 22:22 GMT (#28)
    (Utilizador Info) http://entropy.thinkwest.com
    Bom, isso parece ser uma muitooooo pequena fraccao do spectrum tecnologico, e muito menos algo "inovador"

    I can live with doubt and uncertainty and not knowing. I think it is much more interesting to live not knowing than to have answers that might be wrong.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]