gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Impostos para SMS e E-MAIL
Contribuído por AsHeS em 31-05-06 13:32
do departamento dos tostões
Europa O Parlamento Europeu tem estado a estudar a aplicação de um imposto por cada SMS e e-mail enviado. Esta proposta foi lançada por Alain Lamassoure, um eurodeputado do grupo popular europeu e será analisada em breve por um grupo de trabalho.
Os valores propostos foram de 1,5 cêntimos para os SMS e de 0,00001 cêntimos para os e-mails. O mais interessante da notícia é saber que a maioria dos governos, eurodeputados e a Comissão Europeia apoiam a criação destes impostos. (Diário Digital)

Substituindo o Xchange | Site de Torrents fechado  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Diário Digital
  • Mais acerca Europa
  • Também por AsHeS
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Incentivo à evolução (Pontos:1, Interessante)
    por GreatBunzinni em 31-05-06 15:17 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    No que toca os emails a proposta não só não faz qualquer sentido como também é escandalosa. Afinal trata-se duma proposta da criação de um novo imposto com o objectivo explicito de gerar lucro. Desde quando é que administração pública tem como objectivos aplicar mecanismos para criar lucro?

    Além disso, será muito interessante saber o que é que no fundo o sr Lamassoure quer taxar e como quer taxar. Será que quer taxar a utilização de protocolos tipo IMAP, POP3 e SMTP? Será que quer taxar o acesso à porta 25? Será que quer taxar a transferência selectiva de dados de um servidor para o outro segundo critérios artificiais? ? E como é que ficarão mecanismos equivalentes como sistemas de mensagens instantãneas, o IRC e a velhinha Usenet? Será que vai ser tudo taxado?
    Se estupidez pagasse Taxa... (Pontos:2)
    por Cyclops em 31-05-06 15:24 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    ... alguém já teria ido à bancarrota.
    Re:Se estupidez pagasse Taxa... (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 31-05-06 22:44 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Nao te preocupes, que não ficas à fome. Eu assumo aqui o compromisso de contribuir com 100 euros para o Fundo "Salvem o Cyclops" :)

    "One of my main interests is Research & Development. R&D is the basis for Innovation, which couldn't exist without it"
    4GR dix it ! Uauuuuuuuu!
    Re:Se estupidez pagasse Taxa... (Pontos:2)
    por null em 01-06-06 7:47 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    Fica-se a saber que o Toni ainda não foi à bancarrota.
    Re:Se estupidez pagasse Taxa... (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 01-06-06 21:18 GMT (#26)
    (Utilizador Info)
    E está bem longe de tal coisa, ao contrário da maioria da população :)

    "One of my main interests is Research & Development. R&D is the basis for Innovation, which couldn't exist without it"
    4GR dix it ! Uauuuuuuuu!
    1º de Abril? (Pontos:2, Interessante)
    por bgravato em 31-05-06 16:08 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Não sei se esses senhores andam com o calendário trocado ou a fumar daquelas coisas que fazem rir, mas o 1º de abril já passou há algum tempo...

    As SMS, tanto quanto sei, já pagam IVA, não chega??

    E... emails? Como é que iriam controlar quantos emails são enviados e por quem? Só mesmo na cabeça de um político é que tal ideia poderia ser concebível...

    Concordo com o Cyclops... devia existir era uma taxa sobre a estupidez... acho que bastava 1 euro por cada barbaridade proferida por um político para acabar com a crise da segurança social!

    O que virá a seguir? Pagar uma taxa por cada metro cúbico de ar que se respira?

    Enfim...


    _______________
    "When the only tool you have is a hammer, every problem starts to look like a nail."
    Re:1º de Abril? (Pontos:1)
    por Valjean em 01-06-06 17:03 GMT (#22)
    (Utilizador Info) http://republico.estv.ipv.pt/~lbruno/
    Pagar uma taxa por cada metro cúbico de ar que se respira?

    Se estivesses numa base lunar isso até faria sentido, pois lá o ar é um recurso escasso; mas é melhor não darmos mais ideias aos politícos, dude.

    Também achei estranho o objectivo de lucrar com isto: alguns dos impostos que pagamos são destinados a financiar uma burocracia cujo trabalho, pelos vistos, é inventar mais impostos com o objectivo de se financiarem a si próprios!


    --
    Luís Bruno
    Perguntas por responder... (Pontos:2, Informativo)
    por Specimen em 31-05-06 16:13 GMT (#4)
    (Utilizador Info)

    Como é que se taxa um e-mail enviado por um serviço gratuito como Gmail que tem os seus servidores nos EUA?

    É a Gmail que vai ter de pagar pelos emails que entrem na UE? Então e se todos passar-mos para serviços de email fora de UE e então como nos vão taxar isso?


    'In the future, the oppression will come in increasingly subtle forms'.

    Re:Perguntas por responder... (Pontos:1)
    por GreatBunzinni em 31-05-06 18:17 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    O meu maior receio é que a medida do sr Lamassoure seja, tal como são aqueles atentados à privacidade em nome da defesa das criancinhas e da guerra ao terrorismo, um "pé na porta". Ao aplicar-se uma taxa ao e-mail está a aplicar-se uma taxa a um tipo muito específico de transferência de dados, criando assim o precedente do estado forçar a cobrança de taxas sobre transferências de dados com certas características. Assim hoje fica o email, depois pode vir o VoIP, mais tarde os serviços de mensagens instantâneas e etc etc etc. Como é de esperar, hoje seria 0.0000000000001¤ mas à medida que o tempo passa, com certeza esses zeros iriam começar a ser cortados um a um.

    Mais, para taxar esse tipo de actividade seria necessário que todos os ISPs implementassem mecanismos para monitorização e contabilização de certos tipos específicos de transferência de dados onde as taxas incidem. Tendo em conta os atentados à privacidade que estão a ser cometidos por todo o "mundo livre" e os acordos que os governos trocam entre sí para permitir monitorar cidadãos dos seus países por potências estrangeiras independente de mandatos judiciais, imagine-se só que utilidade teria uma discriminação do tráfego feita mesmo na fonte.
    Contas (Pontos:2, Interessante)
    por mazevedo em 31-05-06 16:27 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Para já não falar da absoluta estupidez desta proposta, deixem-me fazer a seguinte conta, e vamos fixar um limite para o tamanho máximo de um e-mail, sei lá, 2Mb (é perfeitamente aceitável). Ora vamos cá ver:
    • SMS:        160 bytes  Preço: ¤ 0,0150000
    • E-mail: 2097152 bytes  Preço: ¤ 0,0000001
    Comparando então o e-mail com o SMS:
    • 13.107 SMS fazem 1 e-mail
    • Cada E-mail é 6,6E-6 mais barato que um SMS
    • Cada Byte num SMS é 1,97E9 mais caro que num e-mail
    Ainda me lembro quando as SMS era um "by-product" do GSM, eram de graça e ninguém dava nada por elas.

    Agora vamos acabar com o SPAM de SMS!! (NOT!)

    Rídiculo.
    ----
    //\anuel /|zevedo

    Re:Contas (Pontos:2)
    por mazevedo em 31-05-06 16:33 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    E já agora, experimentem enviar um SMS em Unicode... 80 Bytes!!
    ----
    //\anuel /|zevedo
    Re:Contas (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 31-05-06 22:43 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Ainda me lembro quando as SMS era um "by-product" do GSM, eram de graça e ninguém dava nada por elas.

    Da mesma maneira que a Internet era um brinquedo para alguns e agora faz girar o mundo e a Economia. So what's your fucking problem with that ?

    "One of my main interests is Research & Development. R&D is the basis for Innovation, which couldn't exist without it"
    4GR dix it ! Uauuuuuuuu!

    Re:Contas (Pontos:2)
    por mazevedo em 31-05-06 23:28 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Yeah, os soldadinhos de chumbo da DARPA sempre eram melhores que os meus!

    Engraçado a maneira como comparas alhos com bugalhos.

    A Internet é um "by-product" de quê? É o próprio produto. O SMS é apenas uma extensão para APOIAR o produto: GSM. E a sua ideia original não era a comunicação terminal a terminal, mas enviar pequenos anuncios do operador (tem correio, roaming, novas tarifas, etc).

    Aliás, até se pode observar os custos com a Internet ao longo dos anos: tendência a descer. Curioso são os custos com o SMS, tendência a subir.

    É isto que é o curioso, daí o meu comentário: nós ficamos "chocados" com essas novas "taxas", mas os operadores começaram a cobrar pelos SMS quando antes não o cobravam e ninguém achou estranho. O que mudou? Os custos operacionais subiram? Como assim? Para ter SMS é preciso uma rede GSM, O PRODUTO, o investimento em SMS é residual. Faz lembrar o mesmo com as antigas chamadas locais: um impulso o tempo todo de uma chamada, independentemente da duração, agora é o que é, ao segundo e NNNNx mais caro do que era antes. O que mudou? Operacionalmente não é o mesmo? Sim, só te tiverem que pagar o novo sistema de cálculo de facturação, mas mesmo assim a nível das linhas e tempo de linha o que mudou?

    Se fosses tão rápido a escrever algo construtivo em vez de uma diarreia verbal fétida, talvez as pessoas te levassem mais a sério.
    ----
    //\anuel /|zevedo

    Re:Contas (Pontos:2)
    por Mindstorm em 01-06-06 1:23 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://www.mndnet.org/
    Como assim? Para ter SMS é preciso uma rede GSM, O PRODUTO, o investimento em SMS é residual.

    Será que hoje em dia é assim tão residual? Pelas estatísticas reveladas pelas redes e pelo estado em que estas ficam nas épocas "festivas", parece que actualmente o tráfego de SMSs (e o equipamente necessário para as gerir) está longe de ser residual.

    Mindstorm
    Re:Contas (Pontos:2)
    por mazevedo em 01-06-06 1:54 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    Sim, repara que não ponho em causa o SMS ou o seu valor. O que ponho em causa é o investimento no SMS! Ninguém instala antenas SÓ para SMS. O SMS é o produto "auxiliar" de uma antena GSM, que serve primariamente para VOZ ou Dados (não SMS!). Estamos a falar de pequenos pacotes de dados, quanto muito com um máximo de 255 bytes (160 da mensagem, headers, crcs, etc...). O SMS não tem a prioridade que uma chamada de voz/dados tem.

    Repare-se no i-Mode da NTT Docomo: é algo semelhante ao GPRS ou 3G, packet-switched, com uma assinatura básica mensal de ~¤2,0 e que permite receber e enviar e-mails, ver páginas, etc. Nada limitado a 160 Bytes!
    ----
    //\anuel /|zevedo

    Re:Contas (Pontos:2)
    por Mindstorm em 01-06-06 9:51 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://www.mndnet.org/
    É uma forma de o ver, mas há uma percentagem significativa de clientes (a faixa mais jovem) para quem os SMS são o produto principal e o tráfego de voz é o tal byproduct. Basta olhar para o último relatório trimestral SMT da ANACOM para ver que o número de SMS enviado está muito próximo do número de chamadas realizadas. E isto é num panorama em que a grande maioria dos utilizadores paga as SMS.

    E se estas fossem gratuitas? Não só o tráfego de SMS ia explodir, como possivelmente viria acompanhado de uma quebra (talvez pequena, talvez não) no tráfego de voz. É óbvio que do ponto do operador isso não faz sentido. E parece-me bastante óbvio que movimentar (com qualidade) todos os meses o tráfego que actualmente só se verifica no Natal trás custos acrescidos.

    Quanto ao i-Mode, sim, é possível ter flat rates para tráfego de dados, mas grande parte dos operadores americanos tem flat rates para o tráfego de voz. Aparentemente em Portugal nenhuma das duas é necessária - estamos num país rico. Abra-se a excepção para a PT (talvez outros operadores fixos?) em que já é possível ter chamadas ilimitadas dentro da rede por 15¤/mês.

    Por fim, fica um link para o artigo da Wikipedia sobre SMS, que até está interessante.

    Mindstorm
    Re:Contas (Pontos:2)
    por mazevedo em 01-06-06 1:57 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Já agora, referindo às épocas festivas, só demonstra que também NÃO há investimento na área do SMS, senão não tínhamos o caos que é normal!
    ----
    //\anuel /|zevedo
    Re:Contas (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 01-06-06 21:17 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    Nao oh atrasado mental do caralho. Eu simplesmente te demonstrei um produto cujo utilização posterior difere muito da intenção inicial. Tu como tens merda nessa cabeça, ou entao gostas muito do meu nick, vens logo tentar despejar diarreia mental. E já agora, uma taxa dá direito a um serviço, um imposto não.

    "One of my main interests is Research & Development. R&D is the basis for Innovation, which couldn't exist without it"
    4GR dix it ! Uauuuuuuuu!
    Re:Contas (Pontos:2)
    por mazevedo em 01-06-06 23:34 GMT (#27)
    (Utilizador Info)
    A sério, se tomares Brufen alivia as dores e daí o mau humor! Trata-te!
    ----
    //\anuel /|zevedo
    Re:Contas (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 02-06-06 22:42 GMT (#28)
    (Utilizador Info)
    Sai mais barato mandar-te para o caralho e ver-te a espumar =) Ainda me rio, coisa queo Brufen nao faz !

    "One of my main interests is Research & Development. R&D is the basis for Innovation, which couldn't exist without it"
    4GR dix it ! Uauuuuuuuu!
    Correcção (Pontos:1)
    por BugMeNot.com em 31-05-06 18:07 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Segundo a Exame Informática, esta notícia já foi corrigida:
    http://exameinformatica.clix.pt/noticias/mercados/213357.html
    Re:Correcção (Pontos:2)
    por Cyclops em 31-05-06 20:02 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Corrigida não, apenas reduziram na estupidez da proposta. Então se já estou a pagar um valor absurdo por um SMS ainda devo levar com um imposto por cima? Eu vou é propor um imposto à estupidez como fórmula mágica para resolver os problemas financeiros da UE...
    Re:Correcção (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 31-05-06 22:41 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Acabaste de descobrir a forma de ficares rico... E nem precisas de cobrar aos outros ! :)

    "One of my main interests is Research & Development. R&D is the basis for Innovation, which couldn't exist without it"
    4GR dix it ! Uauuuuuuuu!
    Re:Correcção (Pontos:2)
    por null em 01-06-06 7:54 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Deixa ver se o Toini já pediu a patente...
    Re:Correcção (Pontos:2)
    por Cyclops em 01-06-06 20:17 GMT (#24)
    (Utilizador Info)
    Olha que tu tens dotes muito interessantes, como em inícios de 2005, nesta thread hilariante... ou esta , posteriormente.

    Ainda fui capaz de encontrar o fantástico email: poltergeist@email.pt. Domínio esse que tem aparentemente um servidor Apache, mas que não encontra a DocumentRoot nem a ErroPage, certamente por questões de configuração.

    Este domínio é ainda mais interessante do ponto de vista de um whois:
    $ whois email.pt
    email.pt
    Data de registo / Registration Date: 20/01/2006

    Entidade Requerente / Domain Holder

    Entidade Gestora / Body Managing

    Respons�vel Administrativo / Administrative Officer

    Respons�vel T�cnico / Technical Officer
    Miguel Jos� Alves Carrondo
    Email: miguelcarrondo@webdesignius.com,miguelcarrondo@zmail.pt

    Nameserver Information
    Nameserver: ns2.unixbsd.info.
    Nameserver: ns3.unixbsd.info.

    Fdxxx (Pontos:1)
    por Viriatus em 31-05-06 23:37 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    qualquer dia um gajo ao cagar tem de pagar imposto.
    Re:Fdxxx (Pontos:1)
    por gEoTa em 01-06-06 6:30 GMT (#18)
    (Utilizador Info)
    Estás a falar do imposto de tratamento de resíduos que vem junto com a factura da água?
    Preço do SMS (Pontos:1)
    por Valjean em 01-06-06 17:05 GMT (#23)
    (Utilizador Info) http://republico.estv.ipv.pt/~lbruno/
    Esse imposto sobre o SMS é mais caro que o preço que um amigo paga por cada mensagem...
    --
    Luís Bruno
    Até poderia ter lógica (Pontos:1)
    por sergiol em 07-06-06 19:15 GMT (#29)
    (Utilizador Info)
    Poderia ter lógica, se:
    O imposto de SMS fosse só aplicado às operadoras, quando nos mandam publicidade;
    O imposto de email à Microsoft quando enche as pequenas (é relativo) contas dos seus utilizadores do Hotmail, que o respectivo filtro AntiSPAM não rejeita;
    O imposto de email a quem mandasse emails com mais de 200 nicks no campo CC, pois trata-se presumivelmente de SPAM
    Sérgio

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]