gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
As lições que não se aprendem... landrush .EU
Contribuído por scorpio em 08-05-06 20:39
do departamento sou.EU
Europa amartins escreve "Estive a fazer aqui uma pesquisa no Gil a .EU e além da noticia que a comissão europeia tinha tomado a decisão de criar o TLD não encontrei mais nada.
Sem entrar na discussão se vale ou não a pena o .EU acho relevante verificar que o conceito/processo (à partida justo) de landrush que acabou, julgo que isso é pacifico, por não ser com a conivencia da EURid. Resumidamente o que aparentemente sucedeu é que o processo de verificação da EURid para os registrars não levou em conta estratégias de melhoramento das hipóteses de obter domínios... talvez o que importava mesmo eram os 10k que cada registrar lhes pagava.

Assim é à ultima da hora apareceram umas centenas de registrars muitos com os mesmos contactos e sem websites que purabente na base dos numeros obtiveram uma grande taxa de sucesso no registo dos domínios solicitados.
Podem ler aqui artigo do bobparsons (godaddy.com) e da techweb que por sua ver interligam à resposta da EURid. Da comissão europeia nem ai nem ui.
Cumps, António Martins "

OpenDocumentFormat aprovada como norma ISO | o futuro dos livros digitais  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • artigo
  • techweb
  • Mais acerca Europa
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Eurocracria no seu melhor... (Pontos:2)
    por Psiwar em 08-05-06 22:51 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.netcode.pt
    A anedota que foi a usurpação de domínios .eu por grupos/empresas/milionários americanos, só é ultrapassada pelo anormalidade do EURid e das instituições europeias em não fazer um car"#$" acerca do que se passou.

    Isto, mais a cena das patentes é de bradar aos céus. Tipo porque não estendem logo de uma vez por todas uma passadeira vermelha com os tomates de todos os cidadãos europeus por de baixo, aos EUA, China e afins?!
    Ridículo (Pontos:2)
    por Mindstorm em 08-05-06 23:13 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://www.mndnet.org/
    Tinha dois domínios em pré-registo: um foi registado por alguém que me parece legítimo num registrar também legitimo; o outro foi registado em nome de uma empresa inexistente, com um número de telefone inexistente, uma morada inexistente e um endereço de email num URL sem MX, por um registrar chamado "BollywoodVideos LLC" (havia muitos assim).

    Ao contactar a EURid recebi a resposta modelo de que a situação seria passado ao departamento jurídico, e nunca mais tive notícias. O pior é que isto está longe de ser um caso isolado, e a eurid continua a recusar-se a sequer admitir o problema.

    Mindstorm
    ICANN (Pontos:1)
    por netshark em 09-05-06 11:25 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Pois é, ha que dar nomes aos grandes beneficiados, e mais uma vez, na area dos dominios este monopolio chamado Verisign que ganha indirectamente ás custas dos europeus.

    O bob parsons tb é suspeito, pois é CEO do maior registar do mundo em quantidade de dominios, mas acaba por ter a sua razao.

    Daqui se pode tirar uma rapida conclusão de duas hipoteses possiveis:

    1-foi uma precipitação da EURid em tornar as coisas demasiado faceis para todos, abrindo as portas para os especuladores sem escrupulos. A burocracia que têm para o ze povinho europeu, que é de resto muito evidente no estado portugues, faltou aqui.

    2-foi *deliberadamente* feito assim, o que é muito mais grave. Quem sabe em termos de luvas quanto estes senhores estarão a ganhar? Como não ha respostas aos pedidos de esclarecimento, optaria mais por esta segunda hipotese.

    Quanto ao ICANN releva mais uma vez a sua inutilidade. Tentou parar a Verisign com o seu sitefinder, e esta ainda teve a ousadia e descaramento de o meter em tribunal. Outros teriam revogado a acreditação da Verisign, mas o $$ falou mais alto.
    Depois desculpou-se entregando o .com de bandeja.

    Nao fez absolutamente nada relativamente á especulação de dominios (ex: .tv, ou .ws) por certos paises.
    E agora é mero espectador nesta novela europeia.

    Só uma palavra para isto tudo:

    $$$$$$$$$$$$lobbies$$$$$$$$$$$$$$$$$$$4
    Re:ICANN (Pontos:1)
    por humaneasy em 09-05-06 23:22 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://www.nocentro.com
    POis, pois. Eu ainda estou a arder com um dominio que paguei para uma instituição europeia ao Godaddy e até agora nada... e claro que não posso cobrar ao cliente : Ou oferecem ao primeiro que prova que tem instalações na EU ou dão à balda. Asism com estas regras, ou sem elas, é que não dá. Poderiam criar o com.eu e o org.eu e deixar os .eu para coisas do estado e semelhantes mas népia. De mim não levam mais nada.
    Re:ICANN (Pontos:1)
    por netshark em 10-05-06 15:41 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    O bob parsons foi claro. So conseguiu ate agora 30% dos dominios que pediu.
    Como a maior parte do ppl deves fazer parte do 70% que ficou a arder.

    De qualquer forma a godaddy não cria grandes problemas se pedires uma devolução do dinheiro.
    Ja me aconteceu isso e tive resposta positiva.

    Quanto ao .eu podem todos enfia-lo pelo wc abaixo, pois de mim tb nao levam nada.

    Alex
    Re:ICANN (Pontos:2)
    por Mindstorm em 10-05-06 20:17 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://www.mndnet.org/
    Os casos que conheco (o meu e um outro) receberam as devoluções sem sequer pedir. Foi isto que recebi poucos dias depois da abertura dos registos:

    We regret to inform you that the .EU domain name(s) you applied for was not successfully registered. We have processed a refund for your registration.

    Mindstorm
    Constipado (Pontos:2)
    por jazzy em 09-05-06 12:09 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://jazzy.weblog.com.pt/
    [...]com os mesmos contactos e sem websites que purabente na base dos numeros [...]
    E assim temos o primeiro post submetido num momento de pura constipação.


    --
    Jazzy
    Re:Constipado (Pontos:2)
    por amartins em 09-05-06 17:57 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Não é constipação é rinite alérgica :))))

    António.

    Please don't interrupt me while I'm talking to myself!
    Será o .EU importante? (Pontos:1)
    por nrgomes em 14-05-06 21:51 GMT (#9)
    (Utilizador Info)

    Será o tld .EU realmente importante?

    Isto quando comparado com os tld's nacionais (todos com 2 letras) e os genéricos internacionais (todos com 3 ou mais letras):

    # O .EU é ccTLD (country code) ou gTLD (generic)? Só isto já é confuso que chegue para começar.

    # Para uma empresa portuguesa não exportadora o .EU será mais importante que o .PT?

    # E para uma empresa exportadora (para a Europa ou outro país qualquer) será o .EU mais importante que o .COM/.NET/.BIZ ou até mesmo o .PT?

    Conclusão: quando questionado sobre o .EU respondi aos meus clientes com estas 3 perguntas. O resultado? Quase nenhum me solicitou o registo .EU ou o fez por sua conta...


    :: Os Gregos apostaram na Educação e com ela influenciaram para sempre toda a Civilização Ocidental. Hoje renega-se esta herança. Por que será?

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]