gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
EFF recomenda a não utilização do Google Desktop
Contribuído por AsHeS em 18-02-06 15:30
do departamento big brother
Big Brother is watching you Anonimo Cobarde escreve "A EFF (Electronic Frontier Foundation) lançou ontem um comunicado a alertar todos os interessados no software lançado pela Google, a não utilizarem a opção de procurar entre computadores (que por defeito vem desligada). Está provado que, assim que activa, esta opção fará cópias de todos os documentos de texto existentes na máquina em questão, e todos estes serão enviados para os servidores da Google.
Apesar das boas desculpas, misturadas bas boas intenções da Google, isto não me convence muito. Numa era em que a Microsoft é considerada a mais maléfica empresa do mundo, as coisas para o lado da Google também não estão assim muito melhores. "

Hardware Open Source | Sera que os RFCs funcionariam para alem da tecnolo  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • comunicado
  • Mais acerca Big Brother is watching you
  • Também por AsHeS
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    "Don't do evil" ? Acredite quem quiser (Pontos:2, Interessante)
    por GreatBunzinni em 18-02-06 16:25 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Este é um pequeno episódio do perigo que o uso dos serviços que a google oferece apresenta. O mais chocante é que não é segredo nenhum. A google ganha dinheiro com dados, onde se inclui a sua recolha, tratamento e análise. Vejamos: Oferece o gmail mas por contrapartida tudo que passa por lá é submetido a análise, desde conteúdos de emails até a redes sociais. Com o google groups é a mesma coisa mas aplicado à usenet e aos grupos google. Com o google talk é a mesma coisa, onde todas as conversas são gravadas (sem o conhecimento das pessoas envolvidas) e analisadas. Ou seja, todos os serviços que o google oferece de "graça" tem como o objectivo possibilitar a recolha de dados para análise, à custa da privacidade das pessoas e até sem o seu concentimento.

    Agora, a empresa Google pode dizer que o seu lema é "don't do evil". No entanto, isso é apenas um lema. A empresa não oferece quaisquer garantias que não irá mesmo "do evil". É apenas um lema para usar-se em marketing, tal como o da Microsoft é "where do you want to go today?". Pode-se dizer que ofereceram a sua palavra mas qual é o seu valor? Vejamos no caso da sua expansão para a China e participando na censura aplicada ao povo chinês. Claramente quebraram o seu lema mas tiveram o cuidado de tentar manipular o seu significado, tentando entrar num debate filosófico sobre o que era no fundo o "evil" e quais as concessões que deviam ser feitas para coabitar com ele.

    Por isso, quem quiser acreditar que a google recolhe dados pessoais de inúmeras pessoas, utilizadoras dos seus serviços ou não, e não representa qualquer perigo pois eles "don't do evil" está por sua conta e risco. A empresa, com os seus serviços e as suas acções, já deu bastantes provas que ataca sem quaisquer remorso a privacidade de todos e não está muito interessada na privacidade de seja quem for. Estão sim interessados em ganhar bom dinheiro e como o fazem às custas de métodos eticamente duvidosas, não pensem que irão querer abdicar disso. Como se vê, mais depressa gastam uns milhares em marketing para efectuar campanhas de cosmética para manter os utentes enganados do que abdicam do seu negócio, onde não só movimentam milhares de milhões de dolars como também lhes traz bastante poder.
    Re:"Don't do evil" ? Acredite quem quiser (Pontos:2)
    por joaobranco em 18-02-06 18:03 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    Apesar de tudo...

    O (a?) google faz isso tudo, mas só com os dados que tu explicitamente aceitas que ela use.

    Eu, pessoalmente, escolho quais os serviços que uso da empresa em função daquilo que quero ou não revelar. E não sou o único. E posso configurar FACILMENTE e VISIVELMENTE o que quero partilhar e o que não quero.

    Comparar isto com o comportamento das outras empresas que competem no mesmo mercado, e dizer o que é que é "evil" ou não...

    Cumps, JB

    .. acusaram-O de pirataria, por ter duplicado uma cesta de pão e cinco peixes, e disseram: crucifiquem-No .. (Biblia do Século XXI)

    Re:"Don't do evil" ? Acredite quem quiser (Pontos:1)
    por GreatBunzinni em 18-02-06 22:45 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    O (a?) google faz isso tudo, mas só com os dados que tu explicitamente aceitas que ela use. Eu, pessoalmente, escolho quais os serviços que uso da empresa em função daquilo que quero ou não revelar. E não sou o único. E posso configurar FACILMENTE e VISIVELMENTE o que quero partilhar e o que não quero.

    Isso não é bem assim. Por exemplo, nós temos o google talk. Recentemente a empresa Google apresentou a funcionalidade de disponibilizar os registos das conversas na página do gmail. Só aí é que alguns utilizadores ficaram com a noção que a google guardava registos das suas conversas. Para piorar, houve utilizadores que foram surpreendidos com registos das suas conversas datados bem antes da empresa informar o público que guardava os registos nos seus servidores. Ou seja, andaram bastante tempo a terem as suas conversas guardadas sem se darem conta disso ou terem dado autorização (pelo menos explicitamente).

    Por isso, isso da autorização e dos actos conscientes tem muito que se lhe diga. Toda a gente pode acreditar que os seus dados estão a ser bem geridos mas na verdade não temos quaisquer garantias, pois não? Por exemplo, o que é que te garante que quando apagas um email no gmail, esse email é realmente apagado? O que é que te garante que em vez de ser apagado ele não está a ser escondido da tua vista? Não há garantias disso, pois não? Quer dizer, além do "don't do evil"...

    Re:"Don't do evil" ? Acredite quem quiser (Pontos:2)
    por 4Gr em 19-02-06 1:48 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/~ei02069
    Por isso, isso da autorização e dos actos conscientes tem muito que se lhe diga. Toda a gente pode acreditar que os seus dados estão a ser bem geridos mas na verdade não temos quaisquer garantias, pois não? Por exemplo, o que é que te garante que quando apagas um email no gmail, esse email é realmente apagado? O que é que te garante que em vez de ser apagado ele não está a ser escondido da tua vista? Não há garantias disso, pois não? Quer dizer, além do "don't do evil"...

    Não há garantias disto em qualquer serviço baseado em webmail, não é só o Google.

    Idem aspas para o IM, nomeadamente o MSN Messenger, AIM, etc..

    Dominus vobiscum
    Re:"Don't do evil" ? Acredite quem quiser (Pontos:2)
    por bgravato em 19-02-06 3:03 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    Idem aspas para o IM, nomeadamente o MSN Messenger, AIM, etc..

    Posso estar a dizer uma grande asneira, mas tenho ideia de já ter lido qq coisa sobre conversas encriptadas com chave publica/privada através do jabber...


    _______________
    "When the only tool you have is a hammer, every problem starts to look like a nail."
    Re:"Don't do evil" ? Acredite quem quiser (Pontos:2)
    por 4Gr em 19-02-06 17:38 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/~ei02069
    Daí que eu não tenha citado o Jabber ;-) Sim, a rede Jabber suporta encriptação assíncrona com chave privada/pública.

    Portanto, o Google Talk também poderá suportar, visto ser baseada em Jabber.

    Dominus vobiscum
    Re:"Don't do evil" ? Acredite quem quiser (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 19-02-06 23:26 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Uauuu o homem da cortiça sabe que uma cifra com public/private key é um sistema assimétrico. Tou fabulosamente espantado !!!

    Tipico user @ gildot: if topic =~ /Bill Gates | MS | Microsoft/ then usermode(idiota-anti-MS) else shut_the_fuck_up
    Re:"Don't do evil" ? Acredite quem quiser (Pontos:2)
    por 4Gr em 20-02-06 0:46 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/~ei02069
    Tu sabes de Economia, mas pouco.

    Dominus vobiscum
    Re:"Don't do evil" ? Acredite quem quiser (Pontos:2)
    por fhc em 21-02-06 10:29 GMT (#21)
    (Utilizador Info)

    Caro amigo, perdeste uma excelente oportunidade de não te manifestares.

    Francisco Colaço, que até já codificou chaves assimétricas no passado, mas prefere hoje o gpg.


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Re:"Don't do evil" ? Acredite quem quiser (Pontos:1)
    por nzalmeida em 20-02-06 9:39 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://nzalmeida.no.sapo.pt
    O skype é totalmente encriptado e além disso é P2P logo mais segurança que isto impossivél.
    Re:"Don't do evil" ? Acredite quem quiser (Pontos:1)
    por GreatBunzinni em 19-02-06 11:56 GMT (#8)
    (Utilizador Info)

    Estamos a perder o assunto de vista. Tal como escrevi noutra mensagem, não é por haver empresas piores que o perigo que a google representa se torna menor.

    Mas mesmo assim, tens razão que nenhum outro serviço oferece essa garantia. No entanto, quantas dessas empresas adoptaram como lema "don't do evil" ? Quantas dessas empresas insistem incessantemente que nunca irão prejudicar os seus clientes? A google adopta essa abordagem no seu marketing e explora-a até à exaustão, mesmo quando claramente não faz aquilo que diz. É isso que está aqui em causa. Convém não esquecer que foi mais um perigo que a google colocou sobre a cabeça dos seus utilizadores que motivou a declaração da Electronic Frontier Foundation.

    Por isso, se quiserem continuar a comparar a google com outras empresas, força. São livres para isso. No entanto, não é por compararem empresas entre si que o perigo que a google representa diminui. Continuará a ser uma empresa que vive à custa da informação recolhida dos utilizadores dos seus serviços, desprezando por completo a sua privacidade.

    Re:"Don't do evil" ? Acredite quem quiser (Pontos:2)
    por 4Gr em 19-02-06 17:40 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/~ei02069
    A questão é: o perigo que o Google representa é potencial. Até à data, eles não fizeram nada que colocasse em questão a privacidade dos utilizadores.

    E não sei porquê a preocupação, há muitas outras empresas e instituições que têm acesso aos nossos dados há MUITO mais tempo, como a NSA ou o CIA.

    A questão é o que eles fazem com os nossos dados. E reitero o que disse: até à data o Google não fez nada.

    Dominus vobiscum
    Re:"Don't do evil" ? Acredite quem quiser (Pontos:1)
    por one2one.121 em 19-02-06 21:25 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Tipo Project Echelon...e Frenchelon.... (a worldwide networks of spy satellites and listening stations that systematically eavesdrop on communications in the United States and elsewhere.. mails, faxs,calls,etc) Mesmo encriptado... eles conseguem... "teem" tecnologia e cranios para isso.... Quanto ao google.... faz as claras o que outras emprezas fazem escondido....por isso nao se sabe de que lado tamos a ser "vigiados"....
    Re:"Don't do evil" ? Acredite quem quiser (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 19-02-06 23:27 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Nao me digas que o tio arranjou-te um lugar no Google, para saberes o que eles fazem ou nao... Nem sabes bem o que faz a Microsoft, quanto mais o Google ! AHHAHAHAHAHAH

    És tão dumb fuck, que já tinha saudades de me rir à tua custa :)

    Tipico user @ gildot: if topic =~ /Bill Gates | MS | Microsoft/ then usermode(idiota-anti-MS) else shut_the_fuck_up

    Re:"Don't do evil" ? Acredite quem quiser (Pontos:2)
    por blacksheep em 20-02-06 12:21 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://rpmcruz.planetaclix.pt/
    A questão é: o perigo que o Google representa é potencial. Até à data, eles não fizeram nada que colocasse em questão a privacidade dos utilizadores.

    Exactamente. De facto, o governo dos EUA já pediu por logs à Google, e a Google está a lutar para evitar isso.

    Religion, the only confort left in a world splited by religion. (The Daily Show)
    Re:"Don't do evil" ? Acredite quem quiser (Pontos:1)
    por GreatBunzinni em 20-02-06 19:11 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Exactamente. De facto, o governo dos EUA já pediu por logs à Google, e a Google está a lutar para evitar isso.

    Ainda não deves ter reparado que a recusa da google serve dois propósitos: impedir que os rivais tenham acesso aos métodos e práticas da empresa (que dados recolhe, como recolhe, o que faz com eles, etc...) e tentar aproveitar a recusa como contra-ataque de marketing aos ataques de que foi alvo por ter abraçado hipocritamnte a China ("don't do evil" mas censuram e cooperam com regimes totalitários). Aliás, até nas suas conferências de imprensa a google cita primeiro a defesa do seu "modus operandi" e só no final, carregado de "marketing-speak", é que toca no assunto de liberdades individuais.

    Re:"Don't do evil" ? Acredite quem quiser (Pontos:1)
    por GreatBunzinni em 20-02-06 19:23 GMT (#18)
    (Utilizador Info)
    A questão é: o perigo que o Google representa é potencial. Até à data, eles não fizeram nada que colocasse em questão a privacidade dos utilizadores.

    Tens assim tanta certeza? Sabemos hoje que andaram a gravar as conversas pessoais de utilizadores do gmail sem o conhecimento dos intervenientes e sabemos hoje que a google não só inspecciona os conteúdos dos emails que passam pelo gmail como também gera e analisa redes sociais. Como se não bastasse, os utilizadores não tem qualquer controlo sobre a informação que lhes diz respeito. Além disso, sabemos lá que mais coisas andam a fazer com os dados que nos dizem respeito. Por isso repito a pergunta: tens assim tanta certeza?

    E não sei porquê a preocupação, há muitas outras empresas e instituições que têm acesso aos nossos dados há MUITO mais tempo, como a NSA ou o CIA.
    Para teceres um comentário desses só pode significar que nem tens a noção da natureza do problema. Raríssimos são os casos em que a lógica é preto Vs branco ou bem Vs mal. Este não é um desses casos. A NSA, CIA, FBI, SIS, CTT, Intermarché ou o Rei dos Frangos podem ser todos eles mais informação sobre as pessoas e usá-los de pior forma que a google. No entanto, isso não vai fazer com que o perigo que a google apresenta seja diferente. Não o altera em nada. O facto de haver pior não quer dizer que o mau passe a ser menos mau e muito menos aceitavel.
    Re:"Don't do evil" ? Acredite quem quiser (Pontos:2)
    por 4Gr em 19-02-06 1:49 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/~ei02069
    Algumas empresas, nomeadamente uma que citaste, já deram provas mais visíveis da falta de ética, responsabilidade social, baixeza e golpes baixos do que são capazes.

    O Google tem potencial para tal, mas, até à data, não vi nada. E, até prova em contrário, toda a gente é inocente :-)

    Dominus vobiscum
    Re:"Don't do evil" ? Acredite quem quiser (Pontos:1)
    por GreatBunzinni em 19-02-06 11:43 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Estamos a fugir ao assunto. Não é por haver por aí empresas piores ou com menos respeito pela ética que o perigo que a google representa se torna menor. Se assim fosse, todas as empresas seriam excelentes só porque existem uns estaleiros de desmantelamento na India onde morrem nãoseiquantos operários por dia e os sobreviventes são pagos miseravelmente.
    Re:"Don't do evil" ? Acredite quem quiser (Pontos:1)
    por except em 20-02-06 20:01 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    Numa altura em que tanto se fala em DRM, TC e outras tangas que nos vão tirar tanto a privacidade, e que me vão impedir de emprestar o meu CD dos Dzrt ao vizinho do lado, é um bocado ridiculo falar do que o Google faz ou deixa de fazer. Tanto que nada é seguro, e a tua ligação e o sexo virtual que estás a fazer com a namorada está a ser devidamente snifado e logado sabes lá bem por quem. A google nunca escondeu esses factos, e o modus-operandi da empresa diz-te que esses registos são sempre usados por forma a melhorar a comunicação da empresa para com cada um de nós, sendo que nós teremos pesquisas mais sucintas e mais rápidas se eles souberem exactamente o que nós queremos pesquisar, quais os nossos interesses, hobbys, etc. O que a meu ver, até não é uma política mal vista. Desde que não usem os meus dados para fins ilícitos. Sinceramente ainda não vi nada. Preocupa-me mais o facto de nunca na vida ter usado o email da Netcabo e cairem-me lá dezenas de spam por dia. Quem os autorizou a fornecer os meus dados? Mas tens sempre a hipotese de usar o altavista.com, ou o msn.com, ou o askjeeves.com. Até que ponto é que saberás se não estão a fazer exactamente o mesmo que a Google? Só que com a diferença que a Google neste momento tem o "poder" e logo tem os media e a concorrência toda a espevitar os defeitos desta empresa...
    O verdadeiro Big Brother... (Pontos:2)
    por Specimen em 20-02-06 21:04 GMT (#20)
    (Utilizador Info)

    Se procuram um Big Brother o candidato mais provável é a Acxiom, uma empresa que recolhe e compila dados pessoais através dos mais diversos meios e empresas e em diversos países (inclusivé Portugal), criando gigantestas bases de dados globais em que o acesso é vendido para usos comerciais e políticos.


    'In the future, the oppression will come in increasingly subtle forms'.

    The question is: Who cares? (Pontos:1)
    por Ludos em 25-02-06 4:42 GMT (#22)
    (Utilizador Info) http://www.forumbtt.net
    I don't. Já uma vez falei disto com amigos, os gajos logam os chat's, os gajos acedem aos mails que eu recebo, os gajos etc etc etc, mas em que medida é q isso me afecta? Direcionam pub para os meus gostos? Eu acho que a informação que troco via mail é tão futil ou desinteressante para gajos que não me conhecem e nunca me viram na vida que mesmo que eles "do evil" com os meus dados, não vejo coisas que me afectassem a vida. E se formos por os SE's, então podemos começar pelos ISP's, se me fizeram sniffing acabam de interceptar este post... A partir do momento em que existem computadores, e processos electrónicos podemos ser controlados por tudo e por todos, as compras com cartão, a via verde, a net, and so on... Preocupa-me isso? Não, quem não deve não teme, e quem é que vai monitorizar milhares ou milhoes ou cu.... de pessoas ? Na volta sou "dumb fuck", mas tou-me a marimbar para isso ;)
    --------
    Liberta a tua mente, vem pedalar c'agente!
    Ap 13, 16-17 (Pontos:2)
    por Specimen em 25-02-06 17:31 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    "Fez com que todos, pequenos e grandes. ricos e pobres, livres e escravos, pusessem um sinal na mão direita ou na fronte para que ninguém pudesse comprar ou vender, se não fosse marcado com o nome da Besta ou com o número do seu nome."

    'In the future, the oppression will come in increasingly subtle forms'.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]