gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Bill Gates vem a Lisboa
Contribuído por npf em 22-01-06 12:37
do departamento overseas2pt
Microsoft colaco escreve "Segundo a TVI Bill Gates virá a Lisboa participar numa conferência sobre novas tecnologias e modernização administrativa. Também irá participar no forum organizado pela Microsoft que "será um espaço de discussão alargado a governantes de diversos países europeus sobre o contributo das novas tecnologias na prática da governação". O que terá a Microsoft a oferecer nesta área em Portugal e no resto da Europa? De que forma uma reunião destas alterará as politicas do nosso governo e admnistração pública? "

Voluntariado Literário | GNIX: Distribuição Galega conta com a experiência  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • colaco
  • Bill Gates virá a Lisboa
  • Mais acerca Microsoft
  • Também por npf
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Depende dos nossos governantes (Pontos:1)
    por GreatBunzinni em 22-01-06 15:08 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    De que forma uma reunião destas alterará as politicas do nosso governo e admnistração pública?

    A resposta a esta questão depende de governante para governante, especialmente da informação técnica objectiva que lhe é faculdata e da sua permeabilização aos vários tipos de pressões e a campanhas de marketing falaciosas.


    Re:Depende dos nossos governantes (Pontos:2)
    por pv em 24-01-06 19:53 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://abretesw.blogspot.com/
    Exactamente! Apesar de já receber muitos milhões de Euros anuais em muitos Ministérios, ainda há mais rendas a cobrar ao Estado português. Cerca de 230 Euros (preço para a AP) por funcionário público vezes 700.000 funcionários dá 161 milhões de Euros anuais como potencial da Administação Pública portuguesa. Ainda lá não chegaram, mas vão tentar.. Há quem na AP perceba que há alternativas à Microsoft. Há quem não perceba tal coisa. Há quem não queira saber, porque o Bill Gates, como homem mais rico do mundo, deslumbra muita gente. E há quem tenha medo de mudar.. Pelo nosso lado, temos que lembrar aos dirigentes da AP que O DINHEIRO É NOSSO, e que há onde melhor o gastar.
    Re:Depende dos nossos governantes ( da 'máquina ad (Pontos:1)
    por Zarluk em 24-01-06 23:21 GMT (#19)
    (Utilizador Info) http://o-caos-avassalador.blogspot.com/

    E, juntando a isso tudo, uns pequenos presentes que os responsáveis pelaas compras do estado costumam receber dos fornecedores... só há uma solução: quem faz as compras deveria receber um prémio anual pelas boas decisões (antes que comecem as polémicas, sugiro que 'boas decisões' seja equivalente a ' decisões mais rentáveis' -- para o estado, é claro).


    Re:Depende (da 'máquina administrativa') (Pontos:0, Redundante)
    por Zarluk em 24-01-06 23:23 GMT (#20)
    (Utilizador Info) http://o-caos-avassalador.blogspot.com/

    E, juntando a isso tudo, uns pequenos presentes que os responsáveis pelas compras do estado costumam receber dos fornecedores... só há uma solução: quem faz as compras deveria receber um prémio anual pelas boas decisões (antes que comecem as polémicas, sugiro que 'boas decisões' seja equivalente a ' decisões mais rentáveis' -- para o estado, é claro).


    De que forma, indeed. (Pontos:2)
    por chbm em 22-01-06 22:11 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://chbm.net/
    "De que forma uma reunião destas alterará as politicas do nosso governo e admnistração pública? "

    Bem, o Estado pode passar a usar mais Microsoft e a disponibilizar documentais legais em formatos MS. Ou então as universidades podem fazer contractos de investigação com a MS.

    Isto é um suponhamos claro!
    Re:De que forma, indeed. (Pontos:1)
    por Zarluk em 23-01-06 3:33 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://o-caos-avassalador.blogspot.com/
    Bem, o Estado pode passar a usar mais Microsoft e a disponibilizar documentais legais em formatos MS. Ou então as universidades podem fazer contractos de investigação com a MS.

    Mais ainda??? Não, o Bill Gates deve cá vir para comprar o país inteiro (ou, pelo menos, metade) para passar férias.


    Re:De que forma, indeed. (Pontos:1)
    por MSilva em 24-01-06 3:45 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    As universidades não fazem contratos de investigação - investigação ? - elas são é meras dependencias da sanguessuga. São baratos - porque pagos pelos contribuintes - postos de formação profissional para aprender a trabalhar com as ferramentas do bill. É como o projecto do Vale do Ave em versão académica. Para doutores - doutores ou engenheiros ? -. Podem fazer a contagem de computadores com microsrofte e outros numa universidade publicarem os resultados. Mas deve ser porque são universidades, de contrário seriam diversidades.
    Return of the Jedi (Pontos:1)
    por BackDoors em 23-01-06 1:16 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    "O que terá a Microsoft a oferecer nesta área em Portugal e no resto da Europa?" - Possivelmente vem cá ver como anda o tal assunto das patentes e tentar oferecer os seus pontos vista quanto ao assunto...
    Re:Return of the Jedi (Pontos:1, Redundante)
    por Perky_Goth em 23-01-06 3:42 GMT (#5)
    (Utilizador Info) www.lugradio.org
    ya think?
    -----
    Milhões de pessoas morreram pelos direitos e liberdades que os nossos políticos estão a destruir com a sua assinatura.
    Veneno (Pontos:2)
    por null em 23-01-06 8:56 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    Naah, o Bill vem dar todo o apoio ao Governo no plano tecnológico e fazer uma parceria exclusiva com o IST.
    Re:Veneno (Pontos:2)
    por chbm em 23-01-06 11:02 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://chbm.net/
    blah copião. Eu já tinha feito essa piada :)

    Mas entretanto lembrei-me que se calhar vem recolher apoios para o processo anti-monopolio da EU.
    Re:Veneno (Pontos:2)
    por null em 23-01-06 13:08 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Meu caro chbm, vocemessê escreveu universidades, plural, quando é sa*cofcofahum*bido que o cerne da questão está(va?) na exclusividade com uma certa escola da capital :-).

    Mas estas visitas ao nosso rectãngulo servem sempre para amaciar os nossos eleitos. É que a saída da Microsoft não faz mossa no PIB e como andamos curtos de guita há que cortar certos desesperos pela raíz, não vá o diabo tecê-las e estes lusitanos ainda se pôem com ideias comunas...

    P.S. Ah, já me esquecia, o amigo irlandês já está em campo novamente! Vamos lá dar uma forcinha ao rapaz...

    Re:Veneno (Pontos:2)
    por chbm em 24-01-06 10:26 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://chbm.net/
    Cuidado, não é só nessa certa escola da qual eu me graduei há muitos anos e noutro curso. Isto é uma moda que está a começar a entranhar em vários sítios.
    É tudo uma questão de best practices!
    Viemos salvar-vos (Pontos:1)
    por netshark em 23-01-06 10:27 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Deve ser mais uma estrategia á M$ (daquelas que ja nao enganam quase ninguem) para introduzir-se ainda mais na Administração Publica, pq andam ai dois perigosissimos virus chamados Open Source e Free Software, fabricados por inescrupulosos comunistas, que têm de ser rapidamente erradicados, antes que seja tarde demais.
    Re:Viemos salvar-vos (Pontos:2)
    por null em 23-01-06 13:24 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Após o post do chbm, lembrei-me duma coisa. O Bill vem fazer nova parceria e aposto que é para o IPTV. Desta vez vai ser com umm... deixa ver, a PT+Cabo não, a SIC também não, a Galp não, a ONI não, CaboVisão não, a Novabase não, a Pararede não, fosga-se tá dificil...a TvTel?
    Re:Viemos salvar-vos (Pontos:2)
    por Lowgitek em 24-01-06 19:32 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    E quem é que te disse que andam enganados? Enganado andos nós todos...

    Há é muita gente por ai bem alimentada... E não vivem só da informática. Mas esse é mais um daqueles boatos, gratuitos, numa página web qualquer ai perto de você.

    Se realmente acreditas que alguem esta realmente preocupado em custos, qualidade, versatilidade então andas mesmo muito enganado. Isso de software livre, open source é coisa para comunas e para gajos barbudos sem mais nada o que fazer. E depois quem é que paga-vos o almoço e as férias para um sítio qualquer? O geek? Naaa...

    Obviamente não estou a falar de nenhum dos senhores em foco nesta thread... referia-me obiviamente a um pais qualquer de terceiro mundo liderado por bandidos, ao qual agora não me lembro do nome...


    Ao Orgulho segue-se a ruína, e a arrogância vem antes da queda (Prov. 16:18)
    Re:Viemos salvar-vos (???) (Pontos:1)
    por Zarluk em 24-01-06 23:48 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://o-caos-avassalador.blogspot.com/
    E quem é que te disse que andam enganados? Enganado andos nós todos... Há é muita gente por ai bem alimentada... E não vivem só da informática. Mas esse é mais um daqueles boatos, gratuitos, numa página web qualquer ai perto de você. Se realmente acreditas que alguem esta realmente preocupado em custos, qualidade, versatilidade então andas mesmo muito enganado. Isso de software livre, open source é coisa para comunas e para gajos barbudos sem mais nada o que fazer. E depois quem é que paga-vos o almoço e as férias para um sítio qualquer? O geek? Naaa...

    "The very thing that makes you rich, makes me poor" (Ry Cooder)

    Obviamente não estou a falar de nenhum dos senhores em foco nesta thread... referia-me obiviamente a um pais qualquer de terceiro mundo liderado por bandidos, ao qual agora não me lembro do nome...

    ... e esse país tem o código 'pt_PT' e (aposto) vai ser o último a completar a tradução do OpenOffice para pt_PT.

    Qué passa? Problema de marketing (?) da equipa tuga? -- parece que entrou de férias no fim de Agosto e não mais voltou -- porquê? precisam de voluntários? VD, diz qqr coisa sobre isto, please)


    Já chega de especular (Pontos:2, Engraçado)
    por Goncalo em 23-01-06 16:34 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://tertuliadosnescios.blogspot.com/
    ...é claro que vem cá para provar as tartes tradicionais portuguesas.
    BiLL, Portugal e os portugueses (Pontos:1)
    por MSilva em 24-01-06 3:26 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Algumas perguntas: Quanto leva esse gajo de Portugal ? Quer no sector público quer no privado. O que é que vós (alguns radicais de livre e outros de outras plataformas) estão cá a fazer ? (Isto parece um pais de terceira, quando aparecem estes gajos, fazedores de mágicas, que sugam o tutano, fica tudo a tirar as calças). Há algum tempo ficamos todos contentes porque um ou dois senhores de uma universidade (pelo que percebi) fizeram parte de um leque de convidados à sede da sanguessuga para ver os niveis de segurança do SO e o que oferecia à Administração Pública. Ele não tem culpa, culpa temos nós, mais estes gajos que vão entrando para a administração - pública e privada - de empresas e da AP, como só aprenderam a usar a me*da que a sanguessuga fornece, implementam-na rápido. Pensar dá trabalho. E se calhar ainda recebem algumas royaltis. Cumprimentos. Manuel Silva PS: primeira participação.
    Re:BiLL, Portugal e os portugueses (Pontos:2)
    por Lowgitek em 24-01-06 10:27 GMT (#15)
    (Utilizador Info)
    E quanto leva portugal deste gajo??

    E esta hein?

    Ao Orgulho segue-se a ruína, e a arrogância vem antes da queda (Prov. 16:18)
    Re:BiLL, Portugal e os portugueses (Pontos:1)
    por BEOWULF em 24-01-06 16:07 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://filipe.eclipsis.ca
    Mais um buraco no cofre...
    Re:BiLL, Portugal e os portugueses (Pontos:0, Lança-chamas)
    por Zarluk em 24-01-06 23:51 GMT (#22)
    (Utilizador Info) http://o-caos-avassalador.blogspot.com/
    E quanto leva portugal deste gajo??

    Aonde? No cú?


    Re:BiLL, Portugal e os portugueses (Pontos:1)
    por MSilva em 25-01-06 3:55 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    Atente na citação: O orgulho de ter cá essa sanguessuga leva-nos, alegremente à ruína. Temos a manias das grandezas. Outros batem-lhe o pé. Nós fazemos como Moçambique. Com umas migalhas que ele dá, leva a mesa toda. Em outros sitios, onde a subserviencia não é tão grande, leva com ovos, ou organizam umas manifestações quando ele aparece na televisão. Aqui, deviam era colocar um cartaz com o deve/haver. Aí veriamos quanto lhe devemos. A peste espalha a ruína por onde passa. É uma verdadeira politica de terra queimada. Quantas pequenas médias empresas encerraram as portas, só para alimentar o ogre e os 50 mil engenheiros que tem com ele ? Quantas ideias brilhantes deram em nada ? Se tu comprares aquele cortamos o subsidio. Se fizeres isto ou aquilo acaba-se o subsidio. Se aquele oferecer alguma coisa nós oferecemos o dobro. Se aquele fizer grátis nos além de fazermos grátis, ainda te damos un bonus. Imaginem um contrato de 20 milhões com a AP. Mesmo que só seja 1% de bonus,o decisor aposta no bonus. Não é ele que paga, mas recebe. Imaginem a SIC, mudaram para Miscrfiofte. Deu barraca ? Não, andaram lá um ano. Grande engenharia. Tantas vezes fizeram que teriam que achar a solução. Mesmo assim ainda não sei se está pronto. Mas o queinteressa é que devem ter feito a troco das página inteira em jornais com a magnifica tecnologia. DESAFIO: DIGA O QUE PORTUGAL DEVE !
    Re:BiLL, Portugal e os portugueses (Pontos:2)
    por Lowgitek em 25-01-06 9:58 GMT (#24)
    (Utilizador Info)
    Desculpa... mas há ai qualquer coisa no teu racíocinio que não percebo. MAs alguem porventura é obrigado em Portugal a usar exclusivamente os produtos do gajo? E que por momentos pensei que estivesses a falar do Hitler, Mussulini, ou do Bush :S

    Amigo, se as empresas decidem mandarem-se para o buraco o problema é de quem as lidera, e de quem vive delas. E já nem falo de software falo de tudo o resto, o típico empresario português, é aquele que esta acostumado a ganhar rios de dinheiro com uma margem estúpida, porque sempe assim foi, oou entao aqueles que gostam que os seus colaboradores façam tudo e mais alguma coisa, mas cursos de formação ou certificação tá quieto, vai tu faze-los e como somos uns gajos porreiros eventualmente at+e podemos te dar mais 10 a 15 minutos do teu ohorário de trabalho.

    O problema de Portugal não é o Bill Gates vir cá sacar meia duzia de trocos, é a mentalidade deste povo! Sim eu acredito que alguns empresários em moçambique ainda sejam mais audaciosos que alguns ca em solo nacionais, muitos deles arriscam e apostam muito mais nos seus colaboradores, e como ja vivem em crise a tanto tempo, ja não a usam como desculpa para sua incompetÊncia! É assim em Africa, é assim no Brasil, é assim e muitos paises do terceiro mundo, não é assim a maior parte das vezes em terras lusas!

    My 2 cents
    Ao Orgulho segue-se a ruína, e a arrogância vem antes da queda (Prov. 16:18)
    Re:BiLL, Portugal e os portugueses (Pontos:1)
    por MSilva em 25-01-06 19:56 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    Uma ressalva e alguns exemplos:

    Eu não falei dos citados e companhia no primeiro paragrafo. Esses são maus. Nós podemos dizer que são. Deram ordens directas, obrigaram, executaram, tudo às claras.

    Os metodos agora são mais sublimes. Uma Organização Mundial de Comercio, que data de alguns anos, em solo dos EUA. Os delegados dos governos, as organizações e outros foram transportados para lá, hospedados em hoteis, tiverem lembranças, foram pagos e preparavam-se para assinar o acordo. Não o fizeram por causas das manifestações na rua. Quem estava por detrás dos delegados ? Os governos, resposta errada, os paises, resposta errada. A sanguessuga pagou, ofereceu, mimou os delegados. Obrigados ? Claro que não ! deve haver o livre arbitrio ou a prevalencia dos interesses dos estados. Se os seus delegados não receberem prendas. É mais ou menos a histórias das farmaceuticas/medicos.

    O fundação privada mais rica do mundo. Por motivos filantropicos quer ajudar a india no tratamento ds SIDA. Louvavel. Muito Louvavel. Vendo mais de perto. A India produz medicamentos para combater a doença, por cerca de 50 ou 100 dolares. Os mesmos fornecidos por empresas americanas ficam em 1000 dolares. A filantropia: os indianos deixam de produzir os seus medicamentos, acabam com a industria, e as empresas fornecem-nos a 600 dolares, e se o acrodo for para a frente compram material à sanguessuga até ao montante de uns biliões. Tem razão, os que citou são maus demais. Estes é que são melhores.

    Concordo consigo quanto a tudo que referiu. Isto foi um acrescento.

    O povo. E as elites ? Não é o povo que decide. Se calhar nem os empresarios. Não estou a ver o Balsemão com conhecimentos de informatica para dizer que este ou aquele sistema é melhor. É a elite que sai das universidades. Querem ser empregados. Outro exemplo: Um professor de cá que dá aulas numa universidade portuguesa e em Harvard fez a mesma pergunta nas respectivas: O que querem fazer quando ficarem formados ? 95% dos de Harvard queriam criar a sua propria empresa o seu negocio, 5% trabalhar para outrém. Na portuguesa 95% queriam trabalhar para uma multinacional, para o estado, 5% criar a sua propria empresa.

    Re:BiLL, Portugal e os portugueses (Pontos:2)
    por Lowgitek em 26-01-06 13:58 GMT (#26)
    (Utilizador Info)
    Pegando só no teu último paragrafo...

    Deixa me te dizer que não concordo muito que as elites não tenham esse poder, e em última instÂncia o próprio povo.

    O povo decide muito pouco e isso é mau geral e é dado como certo muitas vezes, mas acredita que sem o povo nada se decide e pouco se faz...

    E como bem disseste, e mostras-te, tudo se resume, a mentalidades, na maneira de ver o mundo e de estar nele.


    Ao Orgulho segue-se a ruína, e a arrogância vem antes da queda (Prov. 16:18)
    Re:BiLL, Portugal e os portugueses (Pontos:1)
    por MSilva em 26-01-06 14:15 GMT (#27)
    (Utilizador Info)
    Por isso é que é preciso dar um murro na mesa.

    Mudar e diversificar.

    Imaginem que só se podiam comprar Opel Corsa. Então a Renault, a Citroen, a Mercedes, a Fiat, a ..., a..., não têm o direito a que as pessoas conheçam ou comprem os seus produtos ? Este forum resume-se a alguns. Mas alguns podem passar a palavra. Estes alguns até são ou estão em condições de decidir. Até tem acesso a meios de difusão mais abrangentes que este forum.

    Não defendo o radicalismo que deve ser só SL, como, em consequencia, que não deve ser so MS$$$.

    Infelizemente uma boa parte paraece sofrer de daltonismo. Ou se calhar são os outros que não percebem. Mesmo que todas as pessoas vissem o mundo verde, menos uma pessoa, seria que esta é que estava errada ?

    Lanço um desafio, insisto: quanto leva a sanguessuga de Portugal ?

    Primeira contribuição: num Ministério,medio, 25 milhôes ano, em licenças.

    Re:BiLL, Portugal e os portugueses (Pontos:1)
    por Borgetti em 31-01-06 9:34 GMT (#31)
    (Utilizador Info)
    Meu caro.. é a vida! A questão não está em qt pagam as empresas do sector privado (e do sector público) às ditas "sanguessugas" mas sim qt têm de retorno em virtude das ferramentas que utilizam e que lhes permitem crecer! fazendo uma analogia grosseira é a mesma coisa que discutir ordenados milionários de certos derigentes... qual é o problema se conseguem gerar riqueza e rentabilizar empresas? a alternativa não muito melhor... o freeware ou open source é muito bonito sem dúvida... porventura seria mais adequado à realidade de certas empresas. No entanto o facto de se poder responsabilizar alguém (e isto depende muito da forma como se fazem os contratos) é meio caminho andado para um bom investimento.
    Re:BiLL, Portugal e os portugueses (Pontos:1)
    por MSilva em 01-02-06 23:24 GMT (#32)
    (Utilizador Info)
    Não há problema nenhum em gerar riqueza. Não disse que o feewere ou o open é melhor. Tenho para mim que cada caso é um caso. O que eu quero dizer é que há um efeito manada e com isso não se qestiona se há outras soluções. Com a mesma responsabilização. Pense numa ou noutra aplicação que associada a um SO é muito melhor e mais estavél que no MS -até pode ser mais cara ou mais barata, isso não é condição. As pessoas, pelo efeito manada nem ponderam. Compram MS.
    Re:BiLL, Portugal e os portugueses (Pontos:1)
    por Borgetti em 03-02-06 9:31 GMT (#36)
    (Utilizador Info)
    Caro MSilva, Agora que já nos estamos a tornar intimos nos comentários, concordo consigo relativamente ao efeito "manada". No entanto temos de admitir que a culpa não é do Bill ou do Steve ou de quem quer que seja. Penso que a questão (ou problema) reside no facto de a MS ter produtos que, a bem ou a mal, permitem melhorar a produtividade das empresas. O segredo reside em ter sido pioneira na massificação do conceito de Computador Pessoal. Tiveram a visão de se associar a bons parceiros e de desenvolver conceitos que há 30 anos não existiam. A consequência desta estratégia (que, a meu ver teve benefícios óbvios) é a que refere.... independentemente disso, existem alternativas (melhores e piores) as empresas são livres de escolher. Cabe-lhes arriscar ou não... como se diz "quem não arrisca, não petisca". Cpts PS: Já agora, neste mundo em que vivemos o que é aceita à 5 anos pode não ser daqui a 1 ou 2... o exemplo do Google é bem elucidativo
    Re:BiLL, Portugal e os portugueses (Pontos:1)
    por MSilva em 04-02-06 2:18 GMT (#38)
    (Utilizador Info)
    Para este peditório ainda dou. Gosto de discutir. Produtividade só com Macintosh. Não crasha, é ergonómico, intuitivo. Impar.

    Essa dos conceitos está a passar ao lado. Como a dos pioneiros. Veja lá no google um pouco de história. Da verdadeira. O maior inimigo da razão é a maioria -Ibsen.

    Quanto aos íntimos, só após resolver o outro tópico. Não tenho paciência para rapazolas.

    Manifestações de rua.. (Pontos:2)
    por pv em 27-01-06 18:19 GMT (#28)
    (Utilizador Info) http://abretesw.blogspot.com/
    Seria engraçado fazer uma manifestação para se perguntar ao governo quanto dinheiro anda o nosso estado a desperdiçar com o software da Microsoft, e a pedir o nosso dinheiro de volta :-). Só para os que estivessem na manifestação, claro...:-)
    Re:Manifestações de rua.. (Pontos:1)
    por MSilva em 28-01-06 17:04 GMT (#29)
    (Utilizador Info)
    Manifestações, ninguém liga.

    Uns ovos é que dava jeito. Lá fora têm resultado para lhes estragar o dia. Ou umas perguntas incomodas no sitio certo. Um artigo numa primeira página, também.

    Há coisas que não têm solução. Tragam para cá decisores da Dinamarca. Os de cá, alguns que poderiam fazer a diferença, acomodaram-se aos bonus. DEVE SER PORQUE NÃO VÃO TER REFORMAS.

    Triste pensamento (Pontos:1)
    por Borgetti em 31-01-06 9:20 GMT (#30)
    (Utilizador Info)
    Era bom que viessem mais Bill Gates a Portugal... Desabafos como os do MSilva representam o tipico pensamento retrógrado e invejoso de alguém frustado com a vida! Qual é o problema do homem mais rico do mundo visitar PT? qual é o problema de rentabilizar os produtos que a MS desenvolve? Nesse aspecto ele faz o que todos fazem (e bem)... adicionalmente contribui com milhões para causas humanitárias e de investigação. Tristes ignorantes os invejosos que se roem todos de ciúmes. Azar... façam pela vida!
    Re:Triste pensamento (Pontos:1)
    por MSilva em 01-02-06 23:36 GMT (#33)
    (Utilizador Info)
    Há uma certa especie de serpentes que se trincarem a própria lingua morrem com o seu veneno.

    A discussão de ideias, sejam aquelas que nos agradam ou não, quando não concordamos com elas não lhe dá o direito de fazer juizos de valor sobre se os outros são frustados ou não. Até porque não os viu nascer ou jantou com eles.

    Por isso não lhe respondo nesse tom, mas sempre lhe digo que se estivesse ao pé de mim lhe partia a cara toda, sem apelo nem agravo.

    Re:Triste pensamento (Pontos:1)
    por Borgetti em 03-02-06 9:18 GMT (#35)
    (Utilizador Info)
    Admito um certo tom excessivo no meu primeiro comentário. No entanto as suas opiniões acerca do Bill Gates não revelam, de facto, nenhum juizo de valor...longe disso! se calhar viu o homem nascer ou já jantou com ele (se porventura foi o caso, aqui fica o pedido de desculpas). Relativamente ao "partir a cara toda", estou de acordo que seria uma ideia apetecivel, revela um grande poder de encaixe e uma maturidade elevada! Qd vier a Portugal, pode tentar um encontro.... veremos o que se pode arranjar (agradeço aviso previo de uma semana para poder arranjar uns mosquetes.. ou prefere a espada? se calhar é mesmo à mão.. eu alugo as luvas )! para si, teço apenas um comentário: "coisa feia.. a inveja"
    Re:Triste pensamento (Pontos:1)
    por MSilva em 04-02-06 1:39 GMT (#37)
    (Utilizador Info)
    Deixe lá o encaixe, maturidade, a filosofias a ironia, os juízos de valor, se o homem nasceu. Isso é com ele e comigo.

    Esses peditórios já passaram e já dei, agora estou noutra posição. Comigo e consigo é só as mãos. O limite é este.

    Re:Triste pensamento (Pontos:1)
    por MSilva em 02-02-06 0:14 GMT (#34)
    (Utilizador Info)
    Carissimo Borgetti peço-lhe a gentileza de me indicar um local e hora para me encontrar pessoalmente consigo. Agradeço-lhe o favor de conceder-me um espaço de tempo que me permita deslocar 2000 quilometros para o continente português e fazer as reservas de avião. Considerando esta condicionamente aguardo atentamente a sua resposta. Com os melhores cumprimentos Manuel Silva

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]