gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
GPL V3
Contribuído por scorpio em 19-01-06 16:07
do departamento licenças
GNU DomusOnline escreve "Está disponível há uns dias um o draft da V3 da licença GPL ( gplv3 ).

Eu ainda não li, mas deve ser interessante ler o draft, os comentários etc. E seria também interessante ouvir o que a comunidade que por aqui passa tem a dizer... Portanto isto é só o mote.


Cumprimentos. "

Projecto livres (repositório de programas de código aberto) | Pirataria: Search and Sue?  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • DomusOnline
  • gplv3
  • Mais acerca GNU
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Groklaw com excelente cobertura (Pontos:3, Informativo)
    por Cyclops em 19-01-06 22:04 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Nomeadamente uma tabela comparativa bem detalhada.
    Re:Groklaw com excelente cobertura (Pontos:2)
    por fhc em 20-01-06 11:43 GMT (#7)
    (Utilizador Info)

    Acho particularmente interessante os pontos 11 (Patentes) e 18 (Sistemas Críticos). Java, da Sun Microsystems, exclui em si mesma os sistemas críticos (e enumera-os).

    Francisco Colaço


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Não deve haver muitos assim (Pontos:2, Informativo)
    por mikexilva em 20-01-06 2:40 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Realmente acho de louvar que ainda existam pessoas que mantêem os seus principios à frente do $$, pois no mundo em que vivemos cada vez são mais raras, como é o caso do nosso amigo Richard Stallman (mesmo vivendo nos states) tem desempenhado um papel fundamental para a nossa liberdade (e dos proximos)...

    Re:Não deve haver muitos assim (Pontos:3, Esclarecedor)
    por fhc em 20-01-06 11:11 GMT (#5)
    (Utilizador Info)

    Não me parece que tenha a ver com $$$, nem com princípios, mas com direito a desenvolver. Eu sou um perfeito egoísta quando desenvolvo sob a GPL, pois considero que o esforço de outros melhora a minha vida, tendo em conta que o meu esforço melhora a vida de outros.

    Sou um defensor, portanto, da GPL, do acesso ao código fonte e dos direitos de cópia. Não penso que a GPL seja essencial para a «nossa liberdade», pelo menos a nível político. É interessante notar que eu tenho o direito de usar o computador como desejar e isso inclui poder desenvolver o meu próprio software para os meus próprios propósitos. A GPL apenas agrega os meus pares e permite que o MEU trabalho seja utilizado apenas por quem não o queira explorar comercialmente sem dar nada de volta.

    Francisco Colaço


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Re:Não deve haver muitos assim (Pontos:1)
    por mikexilva em 20-01-06 20:44 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    Sim, quando referi o $$$ era no sentido de não se deixar levar por $$$, e conseguir resistir às perssoes que muitas empresas (que não querem o GPL) devem fazer para mudar as coisas.
    (anti-)DRM (Pontos:1)
    por netshark em 20-01-06 9:43 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Li assim na diagonal as diffs e é impressionante que algo tão fascista(IMHO) com a DRM já tenha atingido niveis de impacto tão polemicos e significativos, que a GPL tenha que incluir novas mudanças para defender os autores de SL e o proprio SL, na tentativa de impedir a intrução de DRM no software livre.
    Re:(anti-)DRM (Pontos:2)
    por fhc em 20-01-06 11:34 GMT (#6)
    (Utilizador Info)

    Eu não sou anti-DRM. Na verdade, sou a favor que a Micoshit, associadas, etc., usem o DRM para obrigar os utilizadores a cumprir os seus deveres. Estou perfeitamente a favor! O que quero é não ter de usar DRM ou, em o fazendo, ter maneira de este ser compatível com o softie livre, ie, que a licença de usar o meu software e versões não seja onerada.

    Quando o XP tiver DRM, ainda o posso usar, porque o paguei. Mas não desejo pagar o Vista Cega que aí vem. Como 90% do meu tempo estou em Linux, estou-me perfeitamente a borrifar. Agora, se a Microshunga me obrigar a ter DRM e ainda para mais controlado por eles para usar o meu computador, isso é que não quero.

    Agora, filmarada, etc, que se lixe. Há muitos clássicos (livros, em papel) que ainda não li.

    Já agora, imagino o que o Samerdago, que até gosto de ler e já comprei, tem a dizer acerca do DRM.

    Francisco Colaço


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Re:(anti-)DRM (Pontos:3, Informativo)
    por Cyclops em 20-01-06 22:12 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Pelo contrário, o DRM tem contribuído para ouvir cada vez menos música, e com o Bluray ou o HD-DVD preparo-me para ver cada vez menos filmes em casa.

    Subscrevi no site http://www.pledgebank.com/boycottdrm uma promessa de não comprar conteúdos com DRM. Já tenho praticado isto há algum tempo.

    Subscrevam também!
    Re:(anti-)DRM (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 23-01-06 3:49 GMT (#10)
    (Utilizador Info) www.lugradio.org
    a questão aki é algo diferente... o que a licença diz é q o software distribuido não pode ser parte de uma medida eficaz para impedir a cópia. ora, n sendo eficaz, evita a legislação contra o reverse-engeneering (DMCA, EUCD) para se poder obter as chaves.

    neet.
    -----
    Milhões de pessoas morreram pelos direitos e liberdades que os nossos políticos estão a destruir com a sua assinatura.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]