gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
AJAX - Web mais interactiva
Contribuído por AsHeS em 27-10-05 19:47
do departamento dos coders
Internet Lamego escreve "Recentemente tenho visto bastantes notícias como o AJAX está a revolucionar a web, como não vi ainda aqui nenhum artigo sobre este tema aqui fica.
AJAX é o acrónimo para Asynchronous JavaScript and XML, resumidamente é uma técnica que permite ao browser receber informação do servidor web aquando a ocorrência de um evento javascript, permitindo assim entre outra coisas actualizar blocos de conteúdo activamente sem ser necessário um refresh integral da páginal, exemplificando, num formulário é possível interactivamente alterar outras secções do mesmo com informação dinâmica obtida do servidor sem ser necessário submeter o mesmo.
Podem ler uma explicação mais técnica aqui."


"Deixo ainda alguns exemplos concrecretos s da utilização de AJAX (para alem dos muitos badalados Google Maps, GMail, etc):
Edição de texto partilhada.
Cliente web que suporta vários protocolos de IM
"

Vodafone lança Router 3G/WiFi | Palestras para profissionais de PHP no CONISLI no  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Edição de texto partilhada.
  • Cliente web que suporta vários protocolos de IM
  • Lamego
  • Asynchronous JavaScript and XML
  • aqui
  • Mais acerca Internet
  • Também por AsHeS
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Estava a ver... (Pontos:1)
    por Hearts In Atlantis em 27-10-05 20:34 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://127.0.0.1
    ... que o AJAX não chegava ao Gildot.

    --
    Your first kiss is the one from all others will be judged.
    And they'll always be behind.
    old news... (Pontos:1)
    por gits em 27-10-05 23:26 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    A minha mãe já usava AJAX há uns anos... para lavar janelas!

    Real AJAX

    old joke... (Pontos:2)
    por Karlus em 28-10-05 1:57 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://blog.karlus.net
    Tb podias ter feito a piada com o clube de futebol.
    Re:old joke... (Pontos:2)
    por André Simões em 29-10-05 1:14 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://andre.catus.net
    Já agora, o clube foi buscar o nome a um herói grego, e possivelmente o acrónimo também não é inocente ;)

    ---
    Omnia aliena sunt: tempus tantum nostrum est. (Séneca)
    "Tudo nos é alheio: apenas o Tempo é nosso."

    AJAX com PHP (Pontos:4, Informativo)
    por Ancestor em 28-10-05 4:37 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.norteglobal.com
    Foi recentemente disponibilizado no site DeveloperWorks um artigo sobre a utilização de AJAX com PHP, recorrendo à biblioteca SAJAX.


    Why do you Linux and drive when you can BSD and fly?
    Re:AJAX com PHP (Pontos:3, Informativo)
    por DomusOnline em 28-10-05 10:07 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://bandalarga.domus.online.pt/
    Tive o privilégio de assistir a uma apresentação sobre o tema recentemente. O assunto pode ser algo complexo, especialmente à luz do que se anda a tentar fazer actualmente com isso.

    Alguns tópicos interessantes sobre o assunto:

    1- SDO Service Data Objects. Pretende-se ter no cliente (browser) um mapeamento dos objectos geridos no servidor. Para além da interactividade, da maior leveza dos clientes a ideia é ter acesso aos dados na mesma "forma" que existem no cliente (implementações de AJAX que suportem SDO).

    2- ActionScript com AJAX em OSS: OpenLaszlo
    Penso que há um prototipo de plugin para o eclipse.

    3- A macromedia tem algo equivalente ao anterior, mas não tenho aqui o link (é pago, mas têm ou vão ter plugin para o eclipse.

    Cumprimentos.
    Perl + AJAX (Pontos:4, Interessante)
    por bêbado em 28-10-05 11:11 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    Para os aficionados do Perl existe, entre outros, o CGI::AJAX

    CGI::Ajax - a perl-specific system for writing AJAX- or DHTML-based web applications (formerly known as the module CGI::Perljax).


    "I just want you to know that, when we talk about war, we're really talking about peace." — J.W.Bush, Washington, D.C. June 18, 2002
    Re:Perl + AJAX (Pontos:2)
    por Karlus em 28-10-05 14:04 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://blog.karlus.net
    HTML::Pr ototype, o usado pelo Catalyst
    Design Patterns (Pontos:1)
    por jpr em 28-10-05 12:08 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    www.ajaxpatterns.org
    Este parece-me um bom ponto de partida para quem já tem as libraries e se pergunta "e agora o q faço com isto?" Já agora, o que estão a usar com PHP? (Ou estão a usar as vossas proprias libraries?)
    AJAX é bonito (Pontos:1)
    por linooks em 28-10-05 16:19 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://www.ajcm.pt.vu
    mas o javascript n funciona dentro dos .innerHMTL() :-/, em alguns browsers os forms também não !!

    ___________________________________

    (linooks (at) zmail (dot) pt)

    Re:AJAX é bonito (Pontos:2)
    por megas em 28-10-05 17:36 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Ajax não tem a ver com a propriedade .innerHTML , mas sim com a utilização da árvore DOM na construção de conteúdos. o .innerHTML é um atalho - e pouco elegante, mas todos o usam :).

    Na homepage do SAPO podes ver uma utilização de carregamento de javascript usando o innerHTML (funciona em todos os browsers):

    var ar = document.getElementsByName('publicidade');

    for( i=0; i<ar.length; i++) ar[i].innerHTML = document.getElementById(ar[i].title).innerHTML;

    O truque que usei aí foi criar no final da página os .

    Outra coisa que podes fazer, é usar retorno da chamada xmlHttpRequest com código javascript e fazer o eval() do retorno.

    E já agora, devia funciona sim. O Brendon Eich indicou-me já há uns meses que era um bug, provavelmnte de terem copiado o comportamento da propriedade do MSIE.

    Portanto é uma questão de tempo para fazeres o que queres, apesar de haverem n alternativas. TMTOWTDI!

    Cumprimentos,
    Joao Goncalves
    SAPO
    Cuidado... (Pontos:1)
    por s3phiroth em 28-10-05 18:28 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    AJAX é muito porreiro sim sr, eu próprio já utilizei a "tecnologia" para algumas coisas (pequenas) e gostei. No entanto, ainda agora se começou a falar disto e já se ouve falar do aproveitamento das suas falhas de segurança (MySpace anyone ?) para fins malignos.

    E também é necessário ver em que situações vale a pena ou não usar AJAX, porque também já há por aí quem diga AH FIXE AJAX A PARTIR DE AGORA SO USO ISTO MESMO NUMA SITUAÇÃO EM QUE NÃO FAÇA SENTIDO NENHUM !!!!
    Re:Cuidado... (Pontos:2)
    por Lamego em 28-10-05 20:40 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://software.pt-link.net
    A falha de segurança em causa XSS(Cross site scripting) não é uma falha específica ao AJAX, no caso o AJAX apenas facilitou a propagação do código. A verdadeira falha está no código de filtragem de javascript que não comtemplou determinadas situações para inclusão de javascripts que são suportadas pelos browsers.

    Mas sim o AJAX tem os seus problemas, essa frase que se possa dizer agora é usual em algo que é moda, lógicamente ninguem vai utilizar algo que é ligeiramente mais complexo a menos que tenho alguma vantagem em fazê-lo.
    Same old, same old.. (Pontos:1)
    por voxvirus em 29-10-05 11:28 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    Apesar de indiscutivelmente o AJAX ser muito útil, não é nem de longe nem de perto novidade nenhuma, quem está na àrea à algum tempo verá que esta moda não passa de um velho conjunto de técnicas que já se aplicavam quando lhe chamávamos DHTML. Na realidade, a única novidade é a quantidade de usos errados que reapareceram, entre eles destaco o fazer a validação de inputs do lado do cliente antes de enviar os dados em vez de o fazer do lado do servidor, o que leva como se sabe a problemas como teve o myspace (aqui o erro é do webdesigner/programador e não inerente ao AJAX em si)

    ECMA Script é sempre Javascript. ;)

    cumps()
    ---
    Usem o cérebro e estarão sempre um passo à frente da inovação tecnológica.
    Re:Same old, same old.. (Pontos:2)
    por mlemos em 29-10-05 16:40 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://www.ManuelLemos.net/
    AJAX não é DHTML. Penso que estás a confundir o meio com o fim. AJAX é poder invocar chamadas remotas ao servidor Web a partir de Javascript sem recarregar a página, usando uma classe de objectos chamada XMLHTTPRequest. Essa classe foi introduzida no Internet Explorer 5.5 e só vários anos depois é que o Mozilla inclui uma classe de objectos para esse mesmo propósito. A partir daí é que a coisa começou a ter interesse para muitos programadores, especialmente depois que o Gmail começou a usar este recurso para criar páginas mais interactivas em conjunto com DHTML.
    Re:Same old, same old.. (Pontos:2)
    por Lamego em 30-10-05 8:26 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://software.pt-link.net
    Eu não conheço DHTML, mas posso-te dizer que o teu exemplo de "erro" vai exactamente contra com o que tenho visto praticado em AJAX, um dos exemplos típicos é validar o input baseado em regras/código que são "carregadas" do servidor.
    Além do mais a questão que referes da validação do input é um caso ominpresente nas aplicaçõesn cliente/servidor não é específico a HTTP a AJAX, lógicamente para garantir a segurança e integridade de dados a validação deve ser (em ultima instância) feita pelo servidor.
    Re:Same old, same old.. (Pontos:2)
    por joaobranco em 30-10-05 20:10 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Pois, para mim, sempre pensei que se devia primeiro validar no cliente APENAS para facilitar uma correcção "mais leve" e "user friendly", e tudo deveria outra vez ser validado no servidor.

    Lembrem-se que o cliente é uma máquina do inimigo...

    Cumps, JB

    .. acusaram-O de pirataria, por ter duplicado uma cesta de pão e cinco peixes, e disseram: crucifiquem-No .. (Biblia do Século XXI)

    Re:Same old, same old.. (Pontos:2)
    por DomusOnline em 31-10-05 12:06 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://bandalarga.domus.online.pt/
    O facto de validares do lado do cliente não impede que valides do lado do servidor (o que deve sempre ser feito).

    O que se pretende é evitar reconstruir uma página inteira (ainda que uma parte esteja em cache) só para por exemplo validar um formato de data ou uma ligação lógica entre dois campos, ou ainda reconstruir a página por não teres uma função de lookup.

    Além disso, o objectivo mais vasto é teres uma mesma representação dos objectos no cliente e servidor. É bem mais vasto que o DHTML embora use o DHTML como (um dos) meio.

    Cumprimentos.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]