gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Oracle adquire Innobase OY
Contribuído por AsHeS em 11-10-05 16:54
do departamento das BD's
press release null escreve "A notícia até passaria despercebida caso não fosse o facto de ser a Innobase OY a produzir o InnoDB, on add-on para MySQL e distribuído com a mesma. O contrato entre a MySQL e a Innobase OY tem agendado a sua renovação para o próximo ano. É verdade que a MySQL AB dispõe de alternativas, que o InnoDB é GPL, mas não deixa de ser uma jogada bem agressiva por parte da Oracle, e não digam que não causa apreensão a alguns clientes MySQL.
Press Release da Oracle     -   Press Release da MySQL   -   The Register   -   Linux World"

Massachusetts e o OpenDocument | SUPER CRISE TI NO NORTE  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • Press Release da Oracle
  • Press Release da MySQL
  • The Register
  • Linux World
  • Mais acerca press release
  • Também por AsHeS
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Divagando... (Pontos:3, Interessante)
    por DomusOnline em 13-10-05 17:29 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://bandalarga.domus.online.pt/
    Este não parece ser um tópico de sucesso aqui, mas fiquei curioso com a notícia.

    Em primeiro lugar por não me ser claro qual o objectivo da Oracle... ter presença no OSS? Para isso mais valia comprar a mySQL (que pode não se querer vender claro...)
    Para acabar com o mySQL? Não me parece que o possa fazer devido a já ter código GPL... Pode é parar o desenvolvimento desse código que salvo erro é o que permite ao mySQL começar a ter coisas "à séria"

    Depois... porquê apreensão? Por causa do que escrevi acima?

    Cumprimentos.
    Re:Divagando... (Pontos:2)
    por blacksheep em 13-10-05 17:46 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://rpmcruz.planetaclix.pt/
    Em primeiro lugar por não me ser claro qual o objectivo da Oracle... ter presença no OSS? Para isso mais valia comprar a mySQL (que pode não se querer vender claro...)

    Já disseste tudo... A Oracle deve estar a divagar sobre novas formas de fazer negócio como o Open Source e a empresa que comprou vai ser o seu recreio.

    Religion, the only confort left in a world splited by religion. (The Daily Show)
    Re:Divagando... (Pontos:2)
    por raxx7 em 13-10-05 19:18 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    O objectivo da Oracle é, de facto, tudo menos claro. :) Mas além da questão da continuação da co continuidade do desenvolvimento do InnoDB por parte da Innobase, também há a questão dos clientes que usam o MySQL/InnoDB com a licença comercial.

    Re:Divagando... (Pontos:2)
    por DomusOnline em 14-10-05 8:38 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://bandalarga.domus.online.pt/
    O que por si só é um tópico que me confunde sempre...

    Aquela licença...

    Mas isso é tão irrelevante para a Oracle que não me parece que seja por aí... Let's wait and see...


    Cumprimentos.
    Re:Divagando... (Pontos:2)
    por raxx7 em 14-10-05 14:45 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    Simples..
    A MySQL AB detêm o direito de autor do código do MySQL (core) e pode-o distribuir sob quantas licenças quiser. O mesmo se passa com a Innobase e a InnoDB e a SleepyCat e a BerkeleyDB.
    A MySQL opta por distribuir o MySQL sob duas licenças: GPL e uma licença comercial. Porquê a licença comercial? Se utilizares o MySQL sob a licença GPL, a aplicação em que o vais utilizar teria de ser GPL também. Ou pelo menos é essa a interpretação que a MySQL AB faz da GPL e está disposta a defendê-la em tribunal. Por isso, há quem opte por pagar pela licença comercial.
    Com a InnoDB e o BerkleyDB a filosofia é a mesma excepto que os detentores dos direitos de autor são diferentes (a MySQL tem um acordo com a Innobase a respeito da distribuição do InnoDB sob a licença comercial, não sei como é com a Sleepycat).

    Re:Divagando... (Pontos:2)
    por DomusOnline em 14-10-05 17:34 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://bandalarga.domus.online.pt/
    Bem explicado... eu lembro-me de uma discussão aqui sobre essa interpretação do GPL... Mas que diabo... Eu sei que aplicações e sites são coisas diferentes, mas é quase como dizer que um site tem de ser GPL para poder usar o Apache...

    Mas agora me lembro... tem que ver com as bibliotecas clientes do mySQL não?


    Re:Divagando... (Pontos:2)
    por raxx7 em 14-10-05 19:18 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    O Apache não é GPL. Mesmo que fosse, não haveria necessariamente problema. A GPL só te obriga a distribuir o código fonte às mesmas pessoas a quem vais distribuir binários. Se não pretendes distribuir a tua webapp, a GPL não te incomoda.
    E sim, a questão é principalmente com a interpretação da GPL relativa ao linking de bibliotecas.

    Re:Divagando... (Pontos:2)
    por blacksheep em 14-10-05 18:12 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://rpmcruz.planetaclix.pt/
    A MySQL e companhia usam terminologias que de facto são confusas. Por exemplo, isso de licença comercial não existe: uma licença pode ser livre ou proprietária. O software pode ser comercial ou não, conforme o seu uso. De facto, há muitos exemplos de software livre a ser usado de forma comercial.

    Referência: FSF: Some Confusing or Loaded Words and Phrases that are Worth Avoiding

    Religion, the only confort left in a world splited by religion. (The Daily Show)
    Mas há mais... (Pontos:1)
    por Zarluk em 14-10-05 12:28 GMT (#5)
    (Utilizador Info)

    A JBoss assinou um pacto, perdão, acordo, com a Microsoft.

    Será caso para esperar novas funcionalidades Windows-only tanto no JBoss como no Hibernate? E de que modo é que a divisão de esforços irá afectar o desenvolvimento destas ferramentas?

    Press release da JBoss e notícia na E-Week.


    A princípio (Pontos:1)
    por bigs em 15-10-05 4:39 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    A princípio a notícia preocupu-me: a Oracle compra a Innobase, acaba com o desenvolvimento do InnoDB (pelo menos por uns tempos) e um dos melhores, e provavelmente mais usado, motor da bases de dados MySQL com suporte a ACID acaba. E assim o MySQL, uns dos melhores produtos OSS na área de Motores de Bases de Dados, fica condenado à estagnação tecnológica e posterior desaparecimento, com a concorrência na área a ter problemas de velocidade, o que é factor crítico para este tipo de produtos.

    Mas as press releases deram alguma luz e creio que, para já, não haja problemas do género.

    Mas o OSS tem a vantagem de poder surgir outro produto que seja equivalente ao InnoDB em funcionalidades, e/ou outra empresa/grupo continuam o desenvolvimento do InnoDB.

    ---
    Nuno Pereira - LESI - UM

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]