gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Man's Best Friend (outside of a dog)
Contribuído por scorpio em 18-09-05 13:35
do departamento pensamentos
Hardware Anonimo Cobarde escreve ""Outside of a dog, a book is man's best friend. Inside of a dog it's too dark to read." -- Groucho Marx. When is the electronic book going to be as useable as the old-fashioned kind? How do technologies need to change to bring e-books out of the geeky, early adopter ghetto and into digital bookstalls everywhere? "

Guerra Dos Browsers : O Teste de Velocidade | CM lança 2 novos sites  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • to bring e-books
  • Mais acerca Hardware
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Papel (Pontos:1)
    por Carnelian em 18-09-05 17:15 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://www.alface.de
    No dia em que ler em frente ao computador for uma coisa agradável!

    O livro pode-se levar para ler em qualquer lugar, em qualquer altura e não são necessários acessórios nem energia eléctrica(a não ser que seja de noite).


    The Stone Dance of the Chameleon :)

    Audio books talvez (Pontos:1)
    por Overclocking em 18-09-05 17:26 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://ruimoura.blogspot.com
    Audiobooks são uma agradável surpresa. É diferente e requer abituação. Agora ler um livro num ecrã de computador, num leitor portátil ou de outro qualquer modo não me cativa. Já tentei, mas simplesmente não dá ...
    Re:Audio books talvez (Pontos:1)
    por tOkIo em 18-09-05 19:26 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    É diferente e requer abituação. Tem o defeito de as pessoas nao melhorarem a sua escrita ...
    __tOkIo
    Ser mais e melhor! (Pontos:2, Interessante)
    por voxvirus em 18-09-05 19:37 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Eu diria que para que o ebook vingue ha que fornecer valor acrescentado e ser divulgar as vantagens. Dou por exemplo serem mais baratos ou mais facilmente adquiridos, que funcionem correctamente com software text-to-speach, que sejam multiplataforma (nem todos os dispositivos electronicos têm pagers de jeito), que sejam visualmente agradaveis no que toca a fontes e formatação (os olhos também comem), que permitam novos tipos de média integrados como forms, video, audio, animações.

    Quem costuma ler ebooks sabe que muitas destas coisas existem já, seja atravez de formatos como pdf, docbook, xhtml ou atravez de programas vários que adicionam valor aos velhos .txt, basta apenas integra-los, simplifica-los e claro publicitar.
    Concordo em agregar (Pontos:2, Esclarecedor)
    por Metalwarrior em 18-09-05 20:01 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    várias funcionalidades num aparelho que possa fazer mais do que "ler um livro", tal como acontece com os pocket pcs ... usei bastante tempo um e tentei ler livros nele. Ao mesmo tempo que ouvia uma musiquinha e de vez em quando ia ver o meu e-mail. Agora criarem algo cuja funcionalidade seria de "apenas" abrir ficheiros de ebooks (txt, pdf, etc) ao preço que estão os pocket pcs/palms, não vejo sentido nisso. De qualquer maneira, prefiro bastante mais ler o livro em "formato papel"... deve ser da idade =D ... e tem muito mais classe ter uma sala cheia de livros do que um dvd numa prateleira com 300.000 ficheiros txt ehehehhe!
    Feché la vache!
    Re:Concordo em agregar (Pontos:1)
    por Zlib pt em 18-09-05 20:15 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    E uma sala cheia de dvd's cada um com 300.000 files ? ;)
    Re:Concordo em agregar (Pontos:1)
    por Metalwarrior em 18-09-05 20:42 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Pirataria! Sacrilégio! (ou então alguém levou um scanner portátil à fnac heheheeh)
    Feché la vache!
    Re:Concordo em agregar (Pontos:1)
    por Overclocking em 18-09-05 22:30 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://ruimoura.blogspot.com
    Emule, blábláblá, etc ... :)
    Experimentem... (Pontos:3, Esclarecedor)
    por SUp3rFM em 18-09-05 20:27 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://phalanx-ut.com
    Ler um e-book num tablet. Eu fiquei com outra opinião, mas mesmo assim, não troco pelo original. :)

    A minha anterior assinatura era ainda pior que esta.
    Re:Experimentem... (Pontos:2)
    por blacksheep em 22-09-05 10:41 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://rpmcruz.planetaclix.pt/
    E porque achas que os tablets são melhores que um computador de mesa? É por se poder ajustar a posição como um livro ou pela qualidade do monitor (que em princípio é de matriz activa)?

    O meu maior problema em ler no computador é mesmo a qualidade do monitor. Estes monitores LCD fracotes cansam muito os olhos.

    Religion, the only confort left in a world splited by religion. (The Daily Show)
    Re:Experimentem... (Pontos:2)
    por SUp3rFM em 25-09-05 8:09 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://phalanx-ut.com
    Exactamente pelas razões que apontas. Acredita que faz a diferença.

    A minha anterior assinatura era ainda pior que esta.
    Mais livros (Pontos:1)
    por Lello Minsk em 20-09-05 10:59 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Durante muito tempo usei um já falecido Psion Mx5, no qual lia alguns livros, 300 gramas, pilhas, podia levar para qualquer lado a qualquer hora do dia e tinha sempre uma coleção de livros á disposição ( entre as outras funcionalidades óbvias). Embora a experiência não seja tão agradável como ler um livro real, tratou-se apenas de uma questão de hábito. O meu problema é os livros disponiveis em formato digital, excepto os manuais técnicos e outras obras de romance mais eruditas, a maior parte dos livros que saem todos os meses não surgem em formato digital, e quando assim acontece o preço ainda é ridiculo tendo em conta o preço do livro real. Não creio que a pouca adesão seja somente do culpa do hardware, estamos na era dos PDA's e portateis, mas enquanto não existir uma proliferação da disponibilidade de livros digitais e um marketing verdadeiro não será possível uma maior adesão.
    Ebook vs livro (Pontos:1)
    por sergiol em 20-09-05 19:50 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Apesar de já ter lido montes de ebooks, a maioria em PDF, acho que eles nalguns aspectos estão atrás dos livros de papel:
    • Necessitam de energia eléctrica para serem exibidos, o que implica menor portabilidade (apesar das pilhas / baterias a permitirem por algumas horas, perdem-na na hora de carregar / substituír)
    • Os monitores (pelo menos os acessíveis ao consumidor geral) ainda estão muito longe dos valores da resolução das impressões em papel
    • Um livro tem sempre uma marca histórica, através dos materiais utilizados e do desgaste
    • Embora o problema esteja com a tendência a desaparecer, ainda existe: "Marcar" o último tópico visto só pode ser executado se o software tiver sido pensado para tal
    • Normalmante o livro em papel é escrito com mais rigor, pois o produto final não pode ser alterado
    • Maior garantia de existência física do livro, pois não se "apaga" acidentalmente nem se danifica com
    • O leitor náo está sujeito a problemas de incompatibilidades ou formatos proprietáios no papel
    O livro electrónico como ventagens tem:
    • Reprodutibilidade - a capacidade de cópia é simples e practicamente ilimitada. Pode ser visto como desvantagem por quem o publica, no caso de obras com direitos de autor.
    • Corrigibilidade - O produto final pode ser alterado, embora tal facto possa levar as pessoas a ser menos cuidadosas na escrita
    • Disponibilidade - Basta apenas ter acesso à Internet para aceder, e até publicar qualquer obra
    • Ecologia - não se gasta papel, o que permite salvar enormes quantidades de árvores
    • Economia financeira - como não se gasta papel fica mais barato. Isto é válido tanto para quem compra como para quem vende, no caso de livros não gratuitos
    • Economia de espaço - Nos suportes informáticos modernos é possível armazenar milhares de livors por dm^2 (aproximadamente a área de um disco duro)
    • Convertibilidade - é mais fácil passar do formato electrónico para o papel do que o contrário
    • Procurabilidade - em alguns formatos de livro, é possível escrever um texto e o sistema infomático procura-os. É pena que esta procura ainda não seja eficiente em fórmulas matemáticas ou a procurar textos em imagens
    • Acesso directo às referências internas - o formato PDF (por exemplo) permite que ao clicar um texto que se refere a uma imagem, página, figura, tabela,etc., sejamos redireccionados para tal item, se quem escreveu o documento o preparou para tal.
    • Acesso directo às referências externas - se o sistema estiver ligado à Internet ao clicar uma referência é possível visualizar a página, documento, imagem, etc. que é referida
    • Reprodutilidade de partes - é possível com a funcionalidade "Copiar & Colar" reproduzir partes ou elementos simples do livro electrónico para outros documentos

    Sérgio
    Ebook vs livro (Pontos:1)
    por sergiol em 20-09-05 20:14 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Vou fazer uma comparação racional das vantagens e desvantagens entre os formatos livro e ebook. Alguma que esteja em falta e se lembram será benvinda.

    Apesar de já ter lido montes de ebooks, a maioria em PDF, acho que eles nalguns aspectos estão atrás dos livros de papel:

    • Necessitam de energia eléctrica para serem exibidos, o que implica menor portabilidade (apesar das pilhas / baterias a permitirem por algumas horas, perdem-na na hora de carregar / substituír)
    • Os monitores (pelo menos os acessíveis ao consumidor geral) ainda estão muito longe dos valores da resolução das impressões em papel. Os valores típicos dos monitores são à volta dos 100 pontos por polegada e os das impressões em papel ultrapassa normalmente os 300
    • Os monitores emitem radiações electromagnéticas que cansam a vista humana. Embora os TFT minimizem este problema, perdem um bocado na netulidade das cores
    • Um livro tem sempre uma marca histórica, através dos materiais utilizados e do desgaste
    • Embora o problema esteja com a tendência a desaparecer, ainda existe: "Marcar" o último tópico visto só pode ser executado se o software tiver sido pensado para tal
    • Normalmante o livro em papel é escrito com mais rigor, pois o produto final não pode ser alterado
    • Maior garantia de existência física do livro, pois não se "apaga" acidentalmente nem se danifica com problemas tecnológicos (vírus, disco a funcionar mal, etc.)
    • O leitor náo está sujeito a problemas de incompatibilidades ou formatos proprietários no papel
    O livro electrónico como vantagens tem:
    • Reprodutibilidade - a capacidade de cópia é simples e practicamente ilimitada. Pode ser visto como desvantagem por quem o publica, no caso de obras com direitos de autor. Existem maneiras de proteger informaticamente contra a cópia, mas ainda não são garantidamente efectivas
    • Corrigibilidade - O produto final pode ser alterado, embora tal facto possa levar as pessoas a ser menos cuidadosas na escrita
    • Disponibilidade - Basta apenas ter acesso à Internet para aceder, e até publicar qualquer obra
    • Ecologia - não se gasta papel, o que permite salvar enormes quantidades de árvores
    • Economia financeira - como não se gasta papel fica mais barato. Isto é válido tanto para quem compra como para quem vende, no caso de livros não gratuitos
    • Economia de espaço - Nos suportes informáticos modernos é possível armazenar milhares de livors por dm^2 (aproximadamente a área de um disco duro)
    • Convertibilidade - é mais fácil passar do formato electrónico para o papel do que o contrário
    • Procurabilidade - em alguns formatos de livro, é possível escrever um texto e o sistema infomático procura-os. É pena que esta procura ainda não seja eficiente em fórmulas matemáticas ou a procurar textos em imagens
    • Acesso directo às referências internas - o formato PDF (por exemplo) permite que ao clicar um texto que se refere a uma imagem, página, figura, tabela,etc., sejamos redireccionados para tal item, se quem escreveu o documento o preparou para tal.
    • Acesso directo às referências externas - se o sistema estiver ligado à Internet ao clicar uma referência é possível visualizar a página, documento, imagem, etc. que é referida
    • Reprodutilidade de partes - é possível com a funcionalidade "Copiar & Colar" reproduzir partes ou elementos simples do livro electrónico para outros documentos
    • Maior acessibilidade - Apesar das características más do monitor para a vista humana, o livro pode ser adaptado para a vista de quem o utiliza, através da alteração do tamanho da letra e da utilização de cores. Para deficientes manuais, podem ser "manuseados" por aparelhos que dispensam a utilização das mãos
    • Controlo de acesso - pode-se dar ou negar o acesso para leitura, escrita, alteração, etc. de um livro e cada um desses perfis ser diferente para cada utilizador.
    Conclusão: Nenhum dos dois formatos é melhor. Eu, por exemplo não metia um portátil na areia da praia, com medo de o estragar. Se tiver hipótese de escolha, faço-a segundo as vantagens e desvantagens que citei
    Sérgio
    Re:Ebook vs livro (Pontos:2)
    por blacksheep em 22-09-05 10:40 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://rpmcruz.planetaclix.pt/
    Parabéns pelo melhor comentário que tenho visto nos últimos tempos.

    Só uns pontos que gostava de comentar:

    Os monitores emitem radiações electromagnéticas que cansam a vista humana. Embora os TFT minimizem este problema, perdem um bocado na netulidade das cores

    Tonalidade das cores? Disses isso por causa da luz de fundo, não é? Só para apontar que isso é um problema de todos os LCD, não só dos TFT, e a solução será um OLED.

    Normalmante o livro em papel é escrito com mais rigor, pois o produto final não pode ser alterado

    Esta aqui é muito subjectiva. Os livros electrónicos são uma cópia dos de papel (certo?), logo não deverão ter mais ou menos erros.

    Ecologia - não se gasta papel, o que permite salvar enormes quantidades de árvores

    Para manter o computador é necessário electricidade. Quer copies o livro pela Internet ou CD gastas recursos. O próprio computador é uma máquina que requer muito materiais que, ao contrário do papel, não são muito menos biodegráveis e até podem ser tóxicos.

    Não quero dizer com isto que o que disseste não seja verdade ou mentira, apenas que sem um estudo adequado não me parece apropriedado dizer uma coisa dessas.

    Economia financeira - como não se gasta papel fica mais barato. Isto é válido tanto para quem compra como para quem vende, no caso de livros não gratuitos

    Estás te a referir ao leitor? Um computador custa pelo menos 100 contos. Mais o preço dos livros, mesmo que sejam mais baratos, só compensa ao fim de muito tempo. Ao fim desse tempo, se calhar já tens que comprar outro computador, pelo que não é muito ajuízado. Também é preciso mais electricidade para pôr um computador a funcionar, que uma lâmpada...

    Esqueceste-te de uma vantagem do livro electrónico que é o uso de software de leitura. Não sei como vai o software para tal em português, mas, pelo menos em inglês, parece-me que já são bastante bons.

    Religion, the only confort left in a world splited by religion. (The Daily Show)

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]