gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Um bom projecto estragado...
Contribuído por scorpio em 02-09-05 12:27
do departamento yet-another
wireless jorgelaranjo escreve "

O projecto ROLI - Rádios Online na Internet tem como principal objectivo a disponibilização das emissões de rádio na Internet.

No contexto do projecto ROLI será criado também um Portal que permite a cada uma das estações de rádio a produção e publicação de informação actualizada de âmbito local ou regional, para além de informação institucional e da programação da própria rádio.

A APR - Associação Portuguesa de Radiodifusão é o promotor do projecto ROLI, co-financiado pelo FEDER e pelo FSE através do Programa Operacional Sociedade da Informação, que conta ainda com o apoio da FCCN - Fundação para Computação Científica Nacional.

No final da sua execução, o projecto ROLI disponibilizará a emissão online e os conteúdos de cerca de 320 estações emissoras de rádio geograficamente dispersas pelo continente Português.

Porreiro pensei eu...
Mas depois vejo, mms:// e vejo que afinal, nem mesmo o facto de ser co-financiado por dinheiros públicos faz com que se usem normas ou formatos abertos. Mais valia usar mp3 em stream.
Será que este comportamento vai continuar por muito mais tempo? Temos de usar WINDOWS para poder ouvir as rádios através de um sistema que todos nós co-financiamos?

O link aqui"

Estudo conduzido pela IBM indica que o TCO do Linux é baixo | 5 razões para NÃO usar Linux  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • jorgelaranjo
  • aqui
  • Mais acerca wireless
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    ?!? (Pontos:1)
    por BugMeNot.com em 02-09-05 13:00 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    http://www.videolan.org/vlc/features.html

    VLC is a free cross-platform media player.

    Re:?!? (Pontos:2)
    por 4Gr em 02-09-05 13:21 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/~ei02069
    O streaming mms é proprietário, pelo que uma aplicação Software Livre não resolve, apenas esconde o problema.

    A questão é que o broadcasting deve ser feito sob protocolos e formatos livres, dado ser um projecto público. Já bastam as rádios privadas a optar por isso.

    Dominus vobiscum
    Re:?!? (Pontos:1)
    por BugMeNot.com em 02-09-05 14:08 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Ah... se existir uma aplicação que torna possível noutras plataformas, isso nao interessa, o que interessa mesmo é que seja protocolo livre. O que interessa é impor a vontade do software livre a qualquer custo. O que é curioso, dado que a desculpa para as pseudo revolucoes contra o Office é o facto de nao ser formato que toda a gente possa utilizar. Enfim, os pseudo argumentos da treta do costume.
    É que nem se discute se o MMS será mais eficiente ou não, tem é que ser qq merda livre pq é projecto publico. Grandes justificacoes e argumentacoes...
    Re:?!? (Pontos:2)
    por blacksheep em 02-09-05 14:18 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://rpmcruz.planetaclix.pt/
    o que interessa mesmo é que seja protocolo livre. O que interessa é impor a vontade do software livre

    Impôr protocolos abertos e impôr software livre são coisas bem diferentes. Tanto protocolos, como formatos ou bibliotecas, julgo que é do senso comum que devem ser abertos para que haja competitividade e ninguém seja privado do seu acesso.

    Religion, the only confort left in a world splited by religion. (The Daily Show)
    Re:?!? (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 02-09-05 23:03 GMT (#24)
    (Utilizador Info)
    Ah o fantástico senso comum. Agora já passamos a discutir coisas no senso comum. Vamos todos juntar-nos no café, o verdadeiro lugar do senso comum e discutir as decisões dos Ministros. Fantástico ! Weeeeee

    The Mozilla team obviously disagrees with you, since they do try to hide unresolved security problems, at least until (as in this case) the beans get spille
    Re:?!? (Pontos:2)
    por 4Gr em 02-09-05 15:11 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/~ei02069
    O formato MMS é proprietário e fechado, da Microsoft, e eu não confio em nada da Microsoft. Não está aqui um bom argumento? Afinal, os meus impostos também pagam isto.

    Dominus vobiscum
    Re:?!? (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 02-09-05 22:56 GMT (#22)
    (Utilizador Info)
    Claro que está ai um bom argumento. Da mesma maneira que criticas os gestores "idiotas" por negarem à partida qualquer coisa que nao seja Microsoft. A isso é que se chama dar uma cambalhota...

    The Mozilla team obviously disagrees with you, since they do try to hide unresolved security problems, at least until (as in this case) the beans get spille
    Re:?!? (Pontos:2)
    por Tuaregue em 02-09-05 15:49 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Enquanto em Portugal um coisa pública nos obriga, a utiliza produtos proprietários, que temos de pagar por eles, o que é estupido, já que pagamos/financiamos nos impostos para este projectos ainda temos que comprar ou procurar soluções para acedermos a estes produtos que pagamos. Enquanto que em paises mais desenvolvidos que o nosso, temos sempre pelo menos a escolha, WMV,RAM e por vezes MP3, tou a falar em projectos públicos. É só isto e o ter que entregar documentos digitais ao estado em formato Doc, ou seja, Word, quanto custa mesmo o Word? Ou o Office mais barato? Pois, vai se lá saber porquê é que isto acontece. Se fosse uma empresa privada, estava-me ........ mas como é o estado, ou seja, nossos impostos, apenas quero saber o porquê de tal decisão e até lá contesto a decisão, achas mal? Eu não, porquê? Porque já chega de ter uma cambada de .... a estoirar o nosso dinheiro como eles querem e bem lhe apetece e depois toca a subir impostos, porque o dinheiro não chega para o que é preciso, não gostas que se ponha em causa certas atitudes por parte do estado, tenho pena, mas se calhar também és um dos tais que por vezes usufrui dos dinheiros do impostos para estoirar a teu belo prazer, senão fores um destes desculpa lá qualquer coisinha.

    Pôr em isto em causa é mau? Desculpa lá mas já chega de termos de dar o rabinho, sem sabermos porquê.

    Peço desculpa pelo discurso mais inflamado, mas já estou farto de ver o dinheiro dos impostos a ser gasto como eles querem e bem lhes apetece, e de não justificarem os porquês das escolhas, e depois virem aumentar ainda mais os impostos só porque eles assim o querem para poderem gastar mais um bocado. Mas o que me chateia mais são as pessoas porem em causa as nossas revoltas, se calhar pertencem ao sistema dos lobbys.

    ------------------------------------------------------------
    Todas as coisas mudam, e nós mudamos com elas.

    Re:?!? (Pontos:2)
    por Mindstorm em 02-09-05 18:52 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://www.mndnet.org/
    Enquanto que em paises mais desenvolvidos que o nosso, temos sempre pelo menos a escolha, WMV,RAM e por vezes MP3, tou a falar em projectos públicos.

    Olha que entre os dois a diferença não é grande.

    Agora quanto ao tópico principal, concordo que deveria ser utilizado (ou dado como opção) um formato livre, mas quando li o título pensei que o projecto tinha sido cancelado. É uma má escolha, e uma escolha injustificável, mas não é o fim do mundo!

    Mindstorm
    Re:?!? (Pontos:2)
    por HiTek DeVil em 02-09-05 19:03 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Acho que falhaste aí numa coisa, alguem como tu, que apela ao direito às ditas liberdades... universais ou não... já discuti diversas vezes o que para mim são liberdades fundamentais e universais, e o que pura e simplesmente são mordomias, e não me apetece discutir de novo isso tão cedo... é um desgaste enorme quando se argumenta que direito universal é o direito à vida, e alguem argumenta, implicitamente, que o direito dele ter a SUA opinião é universal (mas que faz de tudo para que os restantes sejam da opinião dele, porque se não tiverem, é o diabo a quatro... com base em argumentos assim, não é preciso muito para se perceber porque é desgastante para mim discutir isto)... Se eu não for da mesma opinião que tu, em relação aos motivos pelo qual estás revoltado, quer dizer que perco o meu direito a ter uma opinião e exprimir-me sobre isso? Só porque isso te chateia? A isso chama-se hipocrisia, o que demonstra muito do caracter dos ditos "revolucionários"... e encontra-se muito nisso nos revolucionários que regra geral tomam a via da violencia para passar as suas mensagens... pudera, porque se argumentam contra, o "chateiam"...

    Em relação ao facto de ser gasto dinheiros do estado inutilmente... não discuto em relação a isso... não tenho bases para argumentar nada... não sei se são fundos comunitários no ambito de alguma coisa, se é projecto para encher chouriço porque ainda têm muito dinheiro de algum fundo pedido e não querem pagar a multa de o terem pedido inutilmente, ou devolver o que foi investido... Não faço a minima ideia em relação a esses parametros do projecto, nem tão pouco se o formato mms usado não será devido a um qualquer acordo que possam ter de suporte... Não faço a minima... posso, tanto como tu, especular, e por se tratar disso mesmo, especulação, a tua opinião vale tanto quanto a do outro... (não digo que sou contra a tua opinião ou a favor, nem é isso que está em causa, o que está em causa é a tua atitude superior em relação ao facto de TERES opinião e achares que os outros não podem ter a deles, por muito erradas que possam eventualmente estar).

    HiTek DeVil
    Re:?!? (Pontos:2)
    por Tuaregue em 02-09-05 19:18 GMT (#15)
    (Utilizador Info)
    Apenas respondi na mesma moeda, ele também foi contra as opiniões dos outros, coisas como:
    "Enfim, os pseudo argumentos da treta do costume."
    "O que interessa é impor a vontade do software livre a qualquer custo"

    Pode não ter sido tão directo quanto eu, mas no essencial também está lá o ele tentar dar uma de superior, em que a sua opinião é que conta. Por isso é que lhe respondi assim. Mas no final até concordei numa coisa que ele disse: "É que nem se discute se o MMS será mais eficiente ou não"

    ------------------------------------------------------------
    Todas as coisas mudam, e nós mudamos com elas.

    Re:?!? (Pontos:2)
    por HiTek DeVil em 03-09-05 3:09 GMT (#34)
    (Utilizador Info)
    Sim, mas não foi ele que escreveu a dizer que o que lhe "chateia mais são pessoas porem em causa as nossas revoltas, se calhar pertencem ao sistema dos lobbys".
    Além de demonstrares uma "excelente" capacidade argumentativa quando te faltam argumentos, mostra ainda que te achas no direito de opinar, mas os outros não... porque te chateia... porque podem ter opiniões, desde que não sejam para por em causa a "vossa" revolta.

    Mas esta discussão aparentemente vai ser mais uma de "pescadinha de rabo na boca" e vamos andar às voltas com os que são contra a continuarem do contra, e as que são a favor a continuar a serem-no, sem se retirar nada de util do meio disto tudo. E não, não digo que quem é contra devia passar a ser a favor, nem digo que quem é a favor devia passar a ser contra... digo só que isto não vai ocupar mais do que dois segundos na cabeça dos presentes excepto se for para discutir (e não no sentido "discutir" de debate de ideias, mas sim no seu sinonimo de "conflito").

    HiTek DeVil
    Re:?!? (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 02-09-05 23:01 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    Obriga-te a utilizar produtos proprietários ? Tens ai um player que suporta esse formato sem grandes problemas. Qual é mesmo o teu problema ??? É mandares umas bocas porreiras para pareceres defensor de qualquer merda certo ?

    Em relação aos impostos, pago os meus impostos a tempo e horas, e nao tenho grandes problemas com isso. Se calhar até deveria ter, dado que por exemplo nao usufruo do sistema de saúde. Vou começar a anexar um pedido para não contribuir para essa área.

    Quanto às escolhas, vives num sistema democrático, para o qual eleges representantes. Esses representantes tomam decisões porque tu delegaste. Se nao gostas, nas próximas eleições votas contra, mas nunca te esqueças que é a média quem elege.

    Ah, e as ineficiências do Estado, se fossem apenas as dum projecto de merda como este, seria fantástico. Mas enfim, tem coisa da MS envolvida, logo é a coisa pior que o Estado pode fazer...

    The Mozilla team obviously disagrees with you, since they do try to hide unresolved security problems, at least until (as in this case) the beans get spille

    Re:?!? (Pontos:1)
    por jorgelaranjo em 03-09-05 0:19 GMT (#30)
    (Utilizador Info) http://thetaoofwebdesign.tk/
    Suporta? Basicamente nem sabes do que falas.
    Liga-te a servidores MMS:// e vê quantos é que dão e quantos são os que ou não dão ou dão mal, utilizando mPlayer e VLC.

    Porra, que há gajos que falam sem saber. Além disso só deves usar mesmo Windows. É por isso que dizes que suportam mms:// sem problemas.

    MMS sem problemas, para mim, só no telele e não levam ://

    Cumprimentos,
    Jorge Laranjo
    01100110 01110101 01100101 01100111 00110000
    The Tao of Webdesign
    Re:?!? (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 04-09-05 3:03 GMT (#44)
    (Utilizador Info)
    O site diz que suporta. Nao diz que suporta a 50% ou a 100%. Devem estar a aprender marketing e a enganar o pessoal.

    Quanto ao usar só Windows, uso o que me apetece. Funciona bem, nao apanha virus nem trojans, e principalmente, faz aquilo que desejo, da forma que quero. Capiche ?. Se sei mais do que tu sobre Windows, Linux, e por ai fora, é comigo. Provavelmente até sei, but who cares ? Not me...

    The Mozilla team obviously disagrees with you, since they do try to hide unresolved security problems, at least until (as in this case) the beans get spille

    Re:?!? (Pontos:2)
    por 4Gr em 04-09-05 21:23 GMT (#48)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/~ei02069
    O site diz que suporta. Nao diz que suporta a 50% ou a 100%. Devem estar a aprender marketing e a enganar o pessoal.

    És mesmo economista. Fugiste completamente ao que ele disse -- que o suporte de MSS nunca é a 100% (pelo que não será uma plataforma a considerar) -- e depois ainda falas de marketing. No fim, falas muito, não dizes nem resolves nada. Credo.

    Dominus vobiscum
    Re:?!? (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 04-09-05 22:37 GMT (#52)
    (Utilizador Info)
    Claro que sou economista. O diploma tem isso la escarrapanchado. Sempre fica mais bonito do que Inginheiro.
    Fugi completamente ao que ele disse ? Por acaso nao. O site não menciona qual o tipo de incompatibilidade que existe com o MMS. Apenas diz que suporta. Quando nao existe uma chamada de atenção, é implicito de que o suporte é total.

    Tal como já expliquei ao teu "amigo", a consideração de plataforma tem que ir muito mais alem da tua justificação de burro com palas, mas enfim, és projecto de inginheiro, logo percebe-se.
    Eu nao preciso de resolver nada :) Nao pertenço ao projecto do VLC, e estou-me nas tintas para o MMS :)

    The Mozilla team obviously disagrees with you, since they do try to hide unresolved security problems, at least until (as in this case) the beans get spille

    Re:?!? (Pontos:2)
    por 4Gr em 05-09-05 8:45 GMT (#55)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/~ei02069
    Claro que a consideração é importante. Mas mais importante ainda é a interoperabilidade.

    Para qualquer dos efeitos, não conheço um factor onde o MMS seja superior a OGG. Só se o WMP vier de origem contar..

    Dominus vobiscum
    Re:?!? (Pontos:2)
    por Init em 06-09-05 4:13 GMT (#66)
    (Utilizador Info)

    Achas que é possível criar suporte total para um protocolo proprietário destes por engenharia reversa??? Se achas não tens noção da realidade.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:?!? (Pontos:2)
    por raxx7 em 06-09-05 19:45 GMT (#69)
    (Utilizador Info)
    Já agora, uma recordação vaga... :)
    Creio que há alguns meses a MS publicou, por exigência de um concurso qualquer, a especificação de um formato audio/video que é basicamente o WMA/WMV (mas obviamente não se sabe em quanto diverge do WMA/WMV) e que o suporte do VLC vem dessa especificação.
    Alguém tem recordações mais precisas disso?

    Re:?!? (Pontos:1)
    por jorgelaranjo em 04-09-05 22:11 GMT (#50)
    (Utilizador Info) http://thetaoofwebdesign.tk/
    Provavelmente não. Mas "who cares?"?
    Basicamente não respondeste...

    Cumprimentos,
    Jorge Laranjo
    01100110 01110101 01100101 01100111 00110000
    The Tao of Webdesign
    Re:?!? (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 04-09-05 22:33 GMT (#51)
    (Utilizador Info)
    Mas queres que te responda ao quê concretamente ? No site do videolan, está lá nas Features: MMS : YES !
    Nao existe qualquer especificação se o suporte é completo ou uma bela duma merda. Se andam a enganar os users deles, não me diz respeito.

    The funny thing is, provavelmente sabes mais, no entanto toda a discussão sobre a noticia esteve direccionada na zealotice, com a argumentacao de merda do costume. Reflecte o estado do país em que as decisões sao tomadas na base do "eu acho que", ou do senso comum, ou na base do surrealismo da ocasião.
    O MMS é um protocolo mais eficiente do que os outros ? Não faço a minima ideia dado que não o utilizo. Alguém contestou isso ? Nah... apenas a contestação de burros com palas de que é um protocolo proprietário, logo uma bela merda. Geez...

    The Mozilla team obviously disagrees with you, since they do try to hide unresolved security problems, at least until (as in this case) the beans get spille

    Re:?!? (Pontos:1)
    por jorgelaranjo em 04-09-05 23:29 GMT (#53)
    (Utilizador Info) http://thetaoofwebdesign.tk/
    Vá, tira lá as palas e percebe que o protocolo é mesmo uma merda. E que é mais incompatível que compatível...
    Basta ver a merda de suporte que a Microsoft dá até ao software que produz para MAC OS X.
    Isto dá para perceber que o FUD da M$ funciona contigo.
    Ou então é porque gostas de ser do contra. Como quase toda a gente com dois dedos de testa sabe que formatos abertos são melhores que formatos fechados... tu és do contra. Se isto der uma volta e toda a gente gostar de formatos fechados quase que seria capaz de apostar que passarias a gostar de formatos abertos!
    Se ao menos tivesses usado o VLC perceberias como o MMS é mau.

    Cumprimentos,
    Jorge Laranjo
    01100110 01110101 01100101 01100111 00110000
    The Tao of Webdesign
    Re:?!? (Pontos:1)
    por BugMeNot.com em 05-09-05 15:29 GMT (#56)
    (Utilizador Info)
    Ainda estou à espera que me expliques porque é que o protocolo é uma merda. É que queixas-te que os outros nao dizem nada, mas tu fazes isso mesmo.

    O FUD funciona comigo porque razão ? Porque nao alinho nesse efeito de manada estupido que a maioria sofre ? Porque nao alinho nesse ser do contra, que criticas mas fazes o mesmo ?

    Quase toda a gente sabe que os formatos abertos sao melhores que os formatos fechados ? Essa afirmação é fantástica. Até está bem fundamentada e tudo. Porque são abertos são mais eficientes e melhor desenhados, que a merda dos protocolos fechados. Ou então, apenas pq são abertos, são os melhores, mesmo que eficientemente sejam uma bela duma merda. Isso sim, é que é uma argumentação do melhor que há, tipicamente de um gajo que nao é do contra *g*.

    Eu por acaso gosto de coisas fechadas, dá-me mais gozo olhar para o output do debugger. São coisas d a vida...

    Se o VLC em vez de mencionar que suporta MMS, passar a mencionar que é um suporte parcial, perceberia que o VLC é mau :)

    Re:?!? (Pontos:2)
    por jorgelaranjo em 05-09-05 16:24 GMT (#59)
    (Utilizador Info) http://thetaoofwebdesign.tk/
    Já que tu não tiras as palas, eu tiro-tas!

    DVD Jon attacks Windows Media encoding 3:46PM
    Notorious software hacker DVD Jon has succeeded in removing encoding on Windows Media streams that restricts playback to Microsoft's Windows Media Player software

    John Lech Johansen, who got his nickname after hacking the copy protection on DVDs so that they could be copied to a computer hard drive, revealed in his So sue me blog that he had reverse engineered encryption coding in order to allow people to access the content using open source media player software.

    Derk-Jan Hartman, who works on one such open source player, VideoLAN, said that he and a fellow developer had expressly asked Johansen to help.

    'VideoLAN members need to multicast video, but the Windows Media Player creates NSC files that contain encoded text,' he said. 'You need that information in order to connect to the video stream."'

    Johansen has also found a way round Apple's iTunes DRM - and while the company keeps closing the loophole it does not take him long to reopen it - and he has adapted Google's Video Viewer to allow wider access.

    'I oppose proprietary formats and protocols because they're bad for consumers and bad for the free market,' he explains in his blog.

    http://www.pcpro.co.uk/news/77100/dvd-jon-attacks-encoding-on-windows-media-streams.html

    Cumprimentos,
    Jorge Laranjo
    01100110 01110101 01100101 01100111 00110000
    The Tao of Webdesign
    Re:?!? (Pontos:2)
    por jorgelaranjo em 06-09-05 0:46 GMT (#63)
    (Utilizador Info) http://thetaoofwebdesign.tk/
    VideoLAN members need to multicast video, but the Windows Media Player creates NSC files that contain encoded text,' é apenas um exemplo!

    Cumprimentos,
    Jorge Laranjo
    01100110 01110101 01100101 01100111 00110000
    The Tao of Webdesign
    Re:?!? (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 06-09-05 21:55 GMT (#71)
    (Utilizador Info)
    Hum... Primeiro essa afirmação foi feita após o DVD John ter-se divertido a RE o encoding. E depois essa afirmação está no sentido de server, nao de cliente, que era o que estava em questão ;)

    The Mozilla team obviously disagrees with you, since they do try to hide unresolved security problems, at least until (as in this case) the beans get spille
    Re:?!? (Pontos:1)
    por jorgelaranjo em 12-09-05 11:43 GMT (#76)
    (Utilizador Info) http://thetaoofwebdesign.tk/
    Se não entendes é porque não queres. It's your problem.

    Cumprimentos,
    Jorge Laranjo
    01100110 01110101 01100101 01100111 00110000
    The Tao of Webdesign
    Re:?!? (Pontos:2)
    por Init em 06-09-05 4:24 GMT (#67)
    (Utilizador Info)

    O único aqui que disse que algo baseado no acho que, em vez de factos reais (como por exemplo a disponibilidade de suporte real para mm$), foste tu.

    Não foi dito que o protocolo não presta técnicamente para o que foi desenhado por ser proprietário, o que foi dito, é que a escolha do protocolo, deve ser sujeita a uma escolha prévia do licenciamento do protocolo, que deve ser feita com base em principios de inter-operatibilidade e de dar igual direito aos contribuintes (e aos outros cidadãos), de beneficiarem igualmente em situações destas da aplicação do dinheiro dos seus impostos.

    A realidade é que não aceitas que a escolha técnica tenha que estár sujeita a requesitos que são escolhidos tendo em conta principios de igualdade, a par de outros requesitos mais técnicos e por isso chamas zelotas a todos os que discordam de ti e tentas matar qualquer tipo de discussão racional insultando e provocando os outros. És um tecnocrata zelota, que esquece completamente o impacto social das escolhas técnicas.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:?!? (Pontos:1)
    por radaway em 02-09-05 17:15 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://radaway.no-ip.com
    Incrivel a quantidade de gente que respondeu a este post, que é obviamente um flamebait, ignorem o macaco do fórum.

    O Windows tem um problema de design, é como umas calças com a breguilha na parte de trás, por muitos cintos que metam nunca ficam seguras. - radaway
    Re:?!? (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 02-09-05 23:05 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    Claro que é um flamebait... Toda a gente disse muita coisa, e ninguém justificou porque é que os outros formatos sao melhores. Claro que se gastaram o triplo da bandwidth, e isso levar a custos superiores, isso nao interessa, desde que seja formato aberto. "Mas então nao era porque iamos gastar muito dinheiro, que deviamos usar os formatos abertos ? " "Nao sr dr, isso é secundário, o que interessa é impormos formatos abertos para que exista a verdadeira democracia!".
    Parece o discurso comunista em relação à opressão dos trabalhadores...

    The Mozilla team obviously disagrees with you, since they do try to hide unresolved security problems, at least until (as in this case) the beans get spille
    Re:?!? (Pontos:2)
    por slug em 03-09-05 21:46 GMT (#39)
    (Utilizador Info)
    Num país comunista:

    The Massachusetts Office Party

    Re:?!? (Pontos:2)
    por Init em 04-09-05 1:31 GMT (#42)
    (Utilizador Info)

    complementando...

    Já para não esquecer todas as recomendações da UE, etc...


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:?!? (Pontos:2)
    por Init em 04-09-05 1:59 GMT (#43)
    (Utilizador Info)

    A respeito dessa situação no Massachusetts, eu concordo com a posição de usar formatos e protocolos abertos e livres. No entanto não acho que se deva por lei decretar a utilização de determinado formato ou protocolo, pois reduz a capacidade de escolher o melhor formato ou protocolo, dentro dos existentes nessas condições de licenciamento, para cada situação e em cada momento de uma forma pouco inteligente e desnecessária.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:?!? (Pontos:2)
    por Init em 02-09-05 23:48 GMT (#26)
    (Utilizador Info)

    Não interessa. Porquê?

    Porque sendo o protocolo proprietário, nada te garante que a implementação obtida por engenharia reversa suporta todas as funcionalidade usadas, nem nada te garante que o criador do protocolo não o muda para quebrar essa compatibilidade.

    Porque o que interessa é deixar as pessoas escolherem que aplicação usam e não impor uma aplicação especifica, quer seja ela livre, ou proprietária.

    O mm$, ser eficiente ou não, não interessa para nada se as pessoas não o puderem utilizar e é por isso que em primeiro lugar vêm as questões legais, para garantir a liberdade de escolha.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:?!? (Pontos:1)
    por BugMeNot.com em 05-09-05 15:31 GMT (#57)
    (Utilizador Info)
    Um protocolo aberto ou fechado é uma questão legal ? Fodasse que a tua argumentação está cada vez mais mirabolante...
    Re:?!? (Pontos:2)
    por Init em 06-09-05 4:09 GMT (#65)
    (Utilizador Info)

    É. Qualquer questão de licenciamento é uma questão legal, a não ser que aches que uma questão de licenciamento de software seja uma questão de programação, ou algo igualmente disparatado...


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:?!? (Pontos:2)
    por fhc em 06-09-05 18:40 GMT (#68)
    (Utilizador Info)

    Se quiseres pagar por um pacote de software que te obrigue a usar um sistema operativo que não queres, e que não usas no dia-a-dia, apenas para uma tarefa secundária, da qual nunca poderás vir a usufruir; ainda para mais paga essa exclusão com dinheiros públicos, sendo tu pagante de impostos, tudo bem, tens esse direito.

    Já agora, tens TODAS as licenças de software pagas no teu computador (até ao winrar, sejamos picuínhas)? Olha, eu que uso pouco ou nada Windows, os que uso tenho pagos.

    Não discuto se o MMS será mais eficiente (não será, está descansado nisto). Discuto o facto de eu querer, ao contrário de ti, viver de cabeça levantada, não defendendo imoralmente o software que roubei. Caro ladrão, defende o que roubas.

    Se no entanto tiveres TODAS as licenças de software pagas, esquece este post e dá-me um empregho onde quer que trabalhes.

    Francisco Colaço


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Re:?!? (Pontos:2)
    por Ancestor em 02-09-05 20:40 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://www.norteglobal.com
    Não questionando o teor da tua afirmação (com a qual concordo), penso que o mp3 (referido no artigo) não é um formato livre, é um formato aberto. Se bem que possam ser implementados encoders/decoders gratuitos, em aplicações comerciais é necessário pagar royalties de utilização do formato. (ou pelo menos até recentemente era)


    Why do you Linux and drive when you can BSD and fly?
    Re:?!? (Pontos:2)
    por raxx7 em 02-09-05 21:29 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    O Instituto Fraunhofer exige royalties por todos os encoders, mas não pelos pelos decoders.

    Re:?!? (Pontos:2)
    por Ancestor em 03-09-05 10:40 GMT (#35)
    (Utilizador Info) http://www.norteglobal.com
    Valores para encoders e decoders aqui. Já agora, as licenças para streaming estão aqui.


    Why do you Linux and drive when you can BSD and fly?
    Re:?!? (Pontos:2)
    por blacksheep em 02-09-05 22:51 GMT (#20)
    (Utilizador Info) http://rpmcruz.planetaclix.pt/
    penso que o mp3 (referido no artigo) não é um formato livre, é um formato aberto.

    Formato livre? ROFL. Os formatos podem ser ou abertos ou proprietátios. Não comeces a inventar novas palavras como formatos livres.
    An open format is a published specification for storing digital data that is maintained by a non-proprietary standards organization and free of legal restrictions on use. In contrast to open formats, proprietary formats are controlled and defined by private interests. (wikipedia)

    O MP3 é um formato proprietário. O OGG é um formato aberto.

    Religion, the only confort left in a world splited by religion. (The Daily Show)
    Re:?!? (Pontos:2)
    por Init em 03-09-05 0:00 GMT (#27)
    (Utilizador Info)

    Mas existe uma obvia diferença entre a liberdade que existe em relação ao Vorbis e ao mp3. É por isso que existem formatos livres, como o Vorbis e formatos que apesar de proprietários são abertos, como por exemplo o mp3, o PDF, etc...


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:?!? (Pontos:2)
    por raxx7 em 03-09-05 22:36 GMT (#40)
    (Utilizador Info)

    Não reduzas as coisas a essa simpliciade porque essa definição não chega para definir a variedade de restrições que afectam protocolos e formatos.

    As especificações podem estar acessiveis ao público em geral ou não.
    Caso estejam acessiveis, os documentos podem ter distribuição livre ou não (como a maioria dos standards do IEEE e ISO).
    A entidade que gere a especificação pode ser ou não uma parte interessada nas implementações e pode fazer um melhor ou pior trabalho na gestão dessa especificação.
    Podem ou não haver a exigência legal de provar conformidade com a especificação (normalmente, através de testes pagos) antes de utilizar marcas registadas associadas à especificação (ex: OpenGL, Java).
    As implementações da especificação podem ou não estar restritas por patentes.

    No caso concreto do MP3, o Instituto Fraunhofer definiu o formato do MP3. Eles não são propriamente uma parte desinteressada, mas o formato ultrapassou o seu controle e hoje em dia é um standard de facto na Internet. Por exemplo o formato foi alterado para suportar tags, o que também foi feito fora do dominio deles.
    Por outro lado, as patentes que eles têm sobre o MP3 são provavelmente inválidas na Europa.
    Portanto, onde é que o MP3 está? Não é o Ogg Vorbis mas também não é o WMA.


    Re:?!? (Pontos:2)
    por Ancestor em 04-09-05 5:02 GMT (#45)
    (Utilizador Info) http://www.norteglobal.com

    Por outro lado, as patentes que eles têm sobre o MP3 são provavelmente inválidas na Europa.

    Como se pode ver aqui, a Thomson detém uma série de patentes na Europa. Algumas delas correspondem a técnicas/métodos de alguma forma relacionado com o encoding ou reprodução de MP3. Acredito que algumas serão dificilmente aplicáveis a software, mas não deixam de existir por isso.


    Why do you Linux and drive when you can BSD and fly?
    Re:?!? (Pontos:1)
    por Sodki em 02-09-05 13:22 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://www.rnl.ist.utl.pt/~hmtr/
    Sem contar com o mplayer, também.
    Mas quem é que faz estas coisas? (Pontos:1)
    por radaway em 02-09-05 14:40 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://radaway.no-ip.com
    O que me irrita supremamente é que apenas os informáticos estão sensibilizados para a questão dos formatos serem abertos, até aqui nada de estranho; mas são os informáticos quem implementa estas soluções, porquê que usam formatos fechados se quem paga nem dava pela diferença?

    O Windows tem um problema de design, é como umas calças com a breguilha na parte de trás, por muitos cintos que metam nunca ficam seguras. - radaway
    Re:Mas quem é que faz estas coisas? (Pontos:2)
    por blacksheep em 02-09-05 15:15 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://rpmcruz.planetaclix.pt/
    O problema é que nem todos os informáticos estão sensibilizados. Mesmo nas universidades em que se ensina alguma tecnologia aberta (OpenGL, Java, Linux...) não existe muito o cuidado de explicar o porquê de usar essa tecnologia ao invés da concorrência.

    E mesmo que estivessem sensibilizados, os informáticos usam o que aprenderam. Se foi mms que lhes foi ensinado na formação X, então não estão para perder mais tempo.

    Religion, the only confort left in a world splited by religion. (The Daily Show)
    Re:Mas quem é que faz estas coisas? (Pontos:2)
    por HiTek DeVil em 02-09-05 19:10 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    Acho que não é tanto uma questão de existir cuidado ou não... é mais uma questão de acordar para a realidade, e a realidade é que vivemos numa sociedade de mercado, em que quem dita as regras são as empresas mais fortes ou as que conseguem fazer chegar os seus factos ou fud a mais gente, e ser minimamente convincente (ou que consigam fazer chegar a mensagem de que se comprar determinado produto vai ter um cheque no final do mês à sua espera)... Dito isto, e tendo em conta a quantidade de professores que são também directores de empresas, ou têm cargos executivos em empresas, é obvio que vão querer vender o seu peixe, depois das ditas empresas terem vendido o peixe a ele. Mas qual a dúvida? Eu aprendi muita coisa tanto quando estudava, como após ter terminado os estudos... é esse o motivo pelo qual iria sempre usar só as ferramentas que aprendi a usar quando estudei? Então nesse caso explica-me porque motivo a informática tem um ciclo de evolução tão rapido... pois... também achei que sim...

    HiTek DeVil
    Re:Mas quem é que faz estas coisas? (Pontos:2)
    por Init em 03-09-05 0:04 GMT (#28)
    (Utilizador Info)

    Cada um dita as suas próprias regras, ou aceita as regras que acha melhores, quem não tem integridade limita-se a aceitar tudo o que lhes querem impor sem qualquer sentido critico.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Mas quem é que faz estas coisas? (Pontos:2)
    por HiTek DeVil em 03-09-05 2:45 GMT (#33)
    (Utilizador Info)
    Nem eu disse o contrário, limitei-me a dizer que a velha história da carochinha de que as pessoas usam um produto x em detriemento de um y que até pode ser melhor é porque na faculdade ou escola só aprenderam a usar o produto x é uma tanga pegada, só acredita nisso quem precisa mesmo muito de se desculpar face a essas escolhas.

    Em relação ao "Cada um dita as suas próprias regras", concordo se essas regras se singirem ao que estiver dentro da lei e liberdades adquiridas e respeito mutuo (e não esquecendo que a liberdade de um termina onde começa a de outro), concordo, fora disso tem um nome, e chama-se anarquia.

    Nem sempre há grande margem de manobra para aceitar ou deixar de aceitar, mas como dizes e bem, não é uma questão de aceitar, é uma questão de aceitar sem sequer questionar.

    HiTek DeVil
    Re:Mas quem é que faz estas coisas? (Pontos:2)
    por Init em 03-09-05 11:28 GMT (#36)
    (Utilizador Info)

    Mas infelizmente há pessoas sem sentido critico, e que fazem precisamente isso. Tenho mesmo visto jovens a apelar aos outros para não terem sentido critico e gostarem e usarem de tudo o que lhes põem à frente, apenas por lhes terem posto à frente. É muito triste e revoltante, mas é verdade.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Reclamem!! (Pontos:2)
    por raxx7 em 02-09-05 15:46 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Creio que as queixas deverão ser endereçada para: apr@apradiodifusao.pt
    A ver vamos.... (Pontos:2)
    por bêbado em 02-09-05 21:36 GMT (#18)
    (Utilizador Info)
    Ainda está em testes... Pode ser que no final a coisa se endireite. Caso contrário, é um brinquedo só para alguns e, como se trata de um projecto financiado com dinheiros públicos, isso não devia acontecer.

    A ver vamos.

    "September the 4th, 2001, I stood in the ruins of the Twin Towers. It's a day I will never forget."
    George W. Bush
    Re:A ver vamos.... (Pontos:2)
    por Init em 03-09-05 0:06 GMT (#29)
    (Utilizador Info)

    Sim, sim, vão testar uma coisa para usar outra...


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Ogg Vorbis: O formato ideal para som (Pontos:1)
    por mikexilva em 02-09-05 21:44 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    Ao contrario dos outros formatos mais conhecidos o Ogg/Vorbis é completamente livre (os fabricantes não são obrigados a pagar licenciamento, e quem quer comprimir para este formato tb é livre de o fazer), consegue ter melhor relação tamanho qualidade que os famosos MP3 e WMA. Na Asia já se encontram muitos aparelhos capazes de tocar estes formatos (como o Samsung Yepp YP-T7Z). Mas por cá parece-me que anda toda a gente com a cabeça mergulhada no marketing e ninguem dá conta das melhorias que podiam ter com uma simples opção... :(
    Re:Ogg Vorbis: O formato ideal para som (Pontos:2)
    por blacksheep em 02-09-05 22:54 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://rpmcruz.planetaclix.pt/
    Na Asia já se encontram muitos aparelhos capazes de tocar estes formatos (como o Samsung Yepp YP-T7Z).

    Eu comprei o meu na Holanda. Provavelmente também há em Portugal, não?

    (Já agora, sabes como transferir músicas do Linux para o dito cujo? Se sim, manda-me um mail.)

    Religion, the only confort left in a world splited by religion. (The Daily Show)
    Re:Ogg Vorbis: O formato ideal para som (Pontos:1)
    por mikexilva em 03-09-05 1:19 GMT (#31)
    (Utilizador Info)
    Sim, passado uns bons meses já o vi a venda cá, claro que se pode mandar vir de qq parte do mundo, mas o que queria dizer era a falta de interesse dos utilizadores finais pelos formatos que mais os podem favorecer.. No linux este player porta-se como uma pendrive usb de 1G: normalmente ligas numa porta USB e depois como root: mount /dev/sda1 -t vfat /mnt/floppy cp -rv /home/blacksheep/my_music/ /mnt/floppy umount /mnt/floppy eject /dev/sda
    Re:Ogg Vorbis: O formato ideal para som (Pontos:1)
    por mikexilva em 03-09-05 1:23 GMT (#32)
    (Utilizador Info)
    humm... a shell não deve gostar de html, talvez assim:

    mount /dev/sda1 -t vfat /mnt/floppy
    cp -rv /home/blacksheep/my_music/ /mnt/floppy
    umount /mnt/floppy
    eject /dev/sda

    Re:Ogg Vorbis: O formato ideal para som (Pontos:2)
    por blacksheep em 04-09-05 17:33 GMT (#47)
    (Utilizador Info) http://rpmcruz.planetaclix.pt/
    Já me foi sugerido isso, mas o facto é que nenhum dispositvo /dev/sd? é criado. Não tenho agora aqui o aparelho, pelo que agredecia se me deixasses o contacto para depois discutirmos a coisa.

    Religion, the only confort left in a world splited by religion. (The Daily Show)
    Re:Ogg Vorbis: O formato ideal para som (Pontos:1)
    por mikexilva em 04-09-05 21:25 GMT (#49)
    (Utilizador Info)
    Ok, podemos tentar analizar melhor, mas esperimenta fazer um: tail -f /var/log/messages e ao ligares o aparelho (ou uma penrive usb) num usb e ver que nomes de devices aparecem lá... um amigo meu estava a aparecer usd (ou qqc assim) tb se pode dar o caso do teu kernel não ter o devido suprte usb ou usb-storage compilado..
    Não se chateiem :D (Pontos:2, Engraçado)
    por alphacore em 03-09-05 14:48 GMT (#37)
    (Utilizador Info)
    Reparem em Portugal o panorama é extremamente simples e fácil de perceber.

    Porque foi escolhida essa tecnologia para implementar o projecto?, simples como em todos os projectos de natureza estatal foi mediante considerações de pessoas de gestão e de pessoas da area tecnica.

    O pessoal de gestão, quer uma solução implementavel e que possibilite ter um grande nome atras, neste caso "Microsoft" e se der para receber uns troquitos ou um portatil oferecido ainda melhor.

    O pessoal de informatica, bem para que complicar ? compilar codigo ?, ter que ter uma compreensão mais extensa do que o simples "click click... não dá ... faz reboot", além disso o pessoal da microsoft até vai lá instalar as coisas :D, naaaaa linux ná.... dá muito trabalho.

    Vamos recapitular, temos o pessoal de gestão que por ignorância ou muita sabedoria escolhe não baixar os custos(com licenças), não pretendo abordar os custos de implementação senão este post PEGA FOGO : e temos o pessoal de informatica que na sua maioria são engenheiros do "drag and drop", que se insurge contra algo que manifestamente demonstra de uma forma muito explicita o seu baixo nivel tecnico.

    De qualquer maneira é o pais que temos.

    Alphacore
    Ogg Vorbis (Pontos:1)
    por Kanniball em 03-09-05 17:27 GMT (#38)
    (Utilizador Info)
    Pessoalmente a radio que ouço possui suporte para este formato [http://death.fm] e para muitos outros. Quanto a dispositivos para ler este formato, a iRiver tem suporte pra ogg em quase todos os seus produtos, alem de ser conhecida pela excepcional qualidade e garantia, e além disso ha ca a venda em Portugal... e em bastantes sitios. E não é o unico fabricante, disso vos garanto.
    Re:Ogg Vorbis (Pontos:2)
    por raxx7 em 03-09-05 22:49 GMT (#41)
    (Utilizador Info)
    São caros e a duração da bateria não é famosa (estou a considerar comprar um iRiver H320 - 322 EUR, 20GB, 16 horas de bateria). Parece-me uma questão de CPU e do seu consumo de energia. Não sei se tem a ver com o formato ou se é apenas falta de um decoder optimizado ao nivel dos de MP3/WMA mas ler Ogg Vorbis parece requerer CPUs mais rápidos que estes dois formatos, com o óbvio impacto na bateria.

    Re:Ogg Vorbis (Pontos:1)
    por BugMeNot.com em 05-09-05 15:34 GMT (#58)
    (Utilizador Info)
    Creative Zen Touch...
    Re:Ogg Vorbis (Pontos:2)
    por raxx7 em 05-09-05 22:35 GMT (#61)
    (Utilizador Info)
    Era bom era.. Não suportam Ogg Vorbis. Há imenso tempo que há pedidos disso na comunidade de utilizadores e a Creative não diz nada.
    Ao menos a iRiver teve a decência de dizer que nunca irá adicionar suporte para Ogg Vorbis nos H10 (creio que é a única linha deles que não suporta).

    Re:Ogg Vorbis (Pontos:1)
    por mikexilva em 05-09-05 23:37 GMT (#62)
    (Utilizador Info)
    Pois :( o melhor formato de som por agua a baixo aí está o resultado da "colaboração" do desenvolvimento/marketing dos firmwares/hardware com a M$ de modo a ser "WMA compliant" e "DRM certified", etc, etc...
    Curioso como alguns destes aparelhos até já trazem worms sómente compativeis com o Window$:
    http://www.engadget.com/entry/1234000447056446/

    Re:Ogg Vorbis (Pontos:2)
    por raxx7 em 06-09-05 1:22 GMT (#64)
    (Utilizador Info)
    Isso não faz o menor sentido para mim. A iRiver tem suporte para WMA nos mesmos leitores que suportam Ogg Vorbis. E a Apple, que não tem uma relação demasiado amigável com a MS também não suporta Ogg Vorbis.
    Continuo a achar que é um problema de exigência de CPU e do impacto disso na duração da bateria. Das três séries de leitores baseados em disco rigido da iRiver, a HP-1XX trás uma bateria de 1300 mAh, a H10 uma de 700 mAh e a H3XX uma de 1300 mAh. Contudo, todas anunciam durações semelhantes de 16 horas. Na minha opinião, a iRiver cortou na bateria da série H10 para diminuir os custos e teve de lhe colocar um CPU mais lento para manter uma duração de bateria razoável, impossibilitando assim ler Ogg Vorbis, enquanto tanto os HP-1XX como os H3XX suportam Ogg Vorbis.

    Re:Ogg Vorbis (Pontos:1)
    por mikexilva em 06-09-05 20:32 GMT (#70)
    (Utilizador Info)
    Sim, mas se os primeiros MP3 players portateis usavam um DSP optimizado, ou mesmo um chip desenhado para para descodificar os MP3, provavelmente os actuais players (e fabricantes de chips) tb são desenhados a pensar na optimização de alguns algoritmos especificos dos formatos dos patrocinadores... Na altura não optei pelo H10 precisamente porque não suporta Ogg/Vorbis, prefiria ter só suporte para Ogg que ter todos os outros formatos juntos à escolha, (mesmo que tivesse que converter para este formato). Mas já temos sites legais a vender musica neste formato: http://mindawn.com/
    Re:Ogg Vorbis (Pontos:2)
    por raxx7 em 06-09-05 22:55 GMT (#72)
    (Utilizador Info)

    Isso também é uma hipótese (existe de facto hardware especializado para MP3 e WMA) mas aplica-se mais no caso dos leitores flash. Também não se sabe quão amigável o Ogg Vorbis é de implementações em hardware.

    No caso dos leitores de disco rigido, tendem para DSP/CPUs mais genéricos.
    A Wikipedia diz que a Creative Zen utiliza um TMS320 da TI. TMS320 é o prefixo que a TI utiliza em todos os DSPs pelo que não ajuda muito.
    A maioria dos outros, (iPod, Rio, iRiver) utiliza algum variedade de processador ARM.


    Re:Ogg Vorbis (Pontos:1)
    por mikexilva em 06-09-05 23:31 GMT (#73)
    (Utilizador Info)
    Se o projecto de UMTS (3G) do clix fosse para a frente com 22¤/mes que dava 6G de trafego ( umts.clix.pt ) , dava para termos um player ou telemovel, ou autoradio com um buffer para os cortes (de rede) e fazer streaming das musicas do PC de casa, e deixava de ser preciso sincronizar e andar sempre com um armazenamento pesado e limitado agarrado ao aparelho, talvez no futuro quem sabe quando as comunicações deixarem de ter monopolios.
    Para já vejo mais a tendencia do aumento do lucro com o streaming de musica/video de media pago ao operador :(
    Quem sabe um dia a liberdade e funcionalidade consigam vencer os intere$$es...
    Porque temos a tecnoligia disponivel para tanta coisa infinitamente boa, mas está cortada para se ir retirando os limites aos bocadinhos e cobrando mais aos poucos :(

    MMS killed the radio star.... In my mind and in... (Pontos:2)
    por Tintim em 04-09-05 17:01 GMT (#46)
    (Utilizador Info) http://paulo.trezentos.gul.pt
    Em Novembro de 2003 fui contactado pelo administrador delegado da APR, Dr. Mário Cristóvão, para dar o meu parecer - gratuito e tendencioso :-) - ao projecto ROLI. Esse parecer foi dado enquanto docente de Sistemas Operativos e pessoa ligada ao SL/A.
    Após uma reunião com o responsável do mesmo, e com base em alguma informação que me tinha sido dada, tive o trabalho de escrever uma proposta de caderno de encargos suficientemente claro na questão de utilização de formatos livres / abertos e arquitectura do mesmo.
    Nunca obtive resposta, nem nenhum contacto posterior.

    Confesso que fiquei com uma opinião positiva da reunião então tida com o responsável, Mário Cristóvão.
    Apesar de uma forte ligação à Microsoft que o projecto parecia ter, expressa no facto de terem comentado que já tinham tido algumas reuniões com eles, pareceu-me que tinham a clara ideia da ameaça que seria para as pequenas radios cairem no MMS e a consequente necessidade de ferramentas de broadcast e authoring associadas a esse formato. As estações PCC (receptoras de sinal rádio) e CWB (emissoras) seriam (são) numerosas e o custo do licenciamento pesado. Para além da robustez e necessidade de emitir em formatos que todos possam aceder.

    O facto de projectos como este, financiados pelo POS-Conhecimentos, cairem em tecnologias Microsoft passa muitas das vezes pela falta de conhecimentos técnicos da equipa que faz o desenvolvimento do projecto e que vai para a solução mais agradável para o "mouse engineering" de serviço ao projecto. Posso até a estar a ser injusto e ter havido uma análise custo / beneficio das plataformas em causa e um caderno de encargos tecnologicamente neutral.
    Dessa análise, se a tecnologia MMS se tiver revelado a menos onerosa e mais interoperável, então houve um bom trabalho da equipa da APR.
    Mas se por outro lado, não o fizeram, foram para a solução mais fácil ou a única que conheciam, a valiação do POS-Conhecimento devia ser implacável e exigir a devolução dos fundos.

    Pode ser que o atraso no financiamento esteja apenas a adiar a decisão tecnologica que será adoptada e ainda não tenha sido definida uma opção. Independentemente de qual esta seja, deve sempre garantir:
         - ser a menos onerosa de instalar e manter
         - ser a mais interoperável e que permita acesso a todos os possíveis ouvintes.
    Menos que isto, é desbaratar dinheiros públicos e a possibilidade de ver cumprida uma boa ideia.

    Re:MMS killed the radio star.... In my mind and in (Pontos:2)
    por Init em 04-09-05 23:42 GMT (#54)
    (Utilizador Info)

    Na minha opinião utilizar fundos governamentais, ou de organizações supra-governamentais como a UE, para financiar soluções que não usam tecnologias abertas, ou livres, ou protocolos e formatos de dados que não sejam um standard neutro e que permita a implementação gratuita e com qualquer tipo de licenciamento. Não é mais do que discriminar cidadãos com base nas suas escolhas de licenciamento de software, que podem ser fundamentadas por motivos económicos e/ou politicos e por isso seria um apoio da entidade financiadora a uma actividade incostitucional.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:MMS killed the radio star.... In my mind and in (Pontos:0)
    por mrmv em 07-09-05 22:34 GMT (#74)
    (Utilizador Info) http://spaces.msn.com/members/shadeofwindows
    O facto de projectos como este, financiados pelo POS-Conhecimentos, cairem em tecnologias Microsoft passa muitas das vezes pela falta de conhecimentos técnicos da equipa que faz o desenvolvimento do projecto e que vai para a solução mais agradável para o "mouse engineering" de serviço ao projecto. Posso até a estar a ser injusto e ter havido uma análise custo / beneficio das plataformas em causa e um caderno de encargos tecnologicamente neutral.

    Referes-te a uma análise como a que aconteceu aqui?

    http://news.com.com/Munichs+Linux+migration+slips+to+2006/2100-7344_3-5850633.html

    A pergunta neste momento deve ser quantos anos são necessários para migrar 14.000 desktops para Linux? Neste caso já vai em 3 de planeamento... se calhar não vão falhar e vão começar os pilotos mesmo em 2006, enfim vamos ver se uma década chega, como pode uma organização viver tanto tempo numa situação destas, nem muda nem sabe quando, provavelmente voltaram ao papel e lápis...

    Mas às certezas de uns sobrepõem-se as dúvidas de outros...

    http://tek.sapo.pt/4L0/588933.html

    My son is now an "entrepreneur." That's what you're called when you don't have a job.
    Ted Turner
    Re:MMS killed the radio star.... In my mind and in (Pontos:0)
    por mrmv em 07-09-05 22:36 GMT (#75)
    (Utilizador Info) http://spaces.msn.com/members/shadeofwindows
    A pergunta neste momento deve ser quantos anos são necessários para migrar 14.000 desktops para Linux? Neste caso já vai em 3 de planeamento... se calhar não vão falhar e vão começar os pilotos mesmo em 2006, enfim vamos ver se uma década chega, como pode uma organização viver tanto tempo numa situação destas, nem muda nem sabe quando, provavelmente voltaram ao papel e lápis...

    Cada um tem o choque tecnológico que merece ;o)

    My son is now an "entrepreneur." That's what you're called when you don't have a job.
    Ted Turner

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]