gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
OpenSuSE
Contribuído por AsHeS em 15-08-05 20:06
do departamento das distros
SuSE 4Gr escreve "Seguindo a estratégia da Redhat, a Novell liberta também à comunidade a sua distribuição direccionada ao desktop, SuSE Linux. Com isto, a empresa norte-americana pode focar-se no mercado enterprise, o mercado maioritário da Novell, e garantir uma comunidade que participe na distribuição, tal como se sucede com o Fedora. "

Licenciatura em programação de jogos electrónicos | Gestão documentos  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • Red Hat
  • Novell liberta
  • Mais acerca SuSE
  • Também por AsHeS
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Então mas... (Pontos:2)
    por Init em 15-08-05 20:48 GMT (#1)
    (Utilizador Info)

    O mercado de Desktops não é também um mercado empresarial?

    O OpenSuse é a versão uma versão do Suse Linux Professional, por tanto, trantando-se de uma versão para profissionais, se não é mercado empresarial, não sei o que será... Mais ainda essa versão do Suse Linux sempre teve software para servidores e desktops, por isso não é correcto dizer que é uma versão para desktop é sim uma versão generalista.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Então mas... (Pontos:2)
    por bêbado em 15-08-05 22:17 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    "E assim se demonstra a grande importância do Linux nos desktops"

    Existe Linux para lá dos "grandes players" :-D

    "September the 4th, 2001, I stood in the ruins of the Twin Towers. It's a day I will never forget."
    George W. Bush
    Re:Então mas... (Pontos:2)
    por null em 16-08-05 0:44 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    O world domination é já a seguir às férias, toda a gente sabe disso, andas a nanar ou quê? Como se explica um inquérito que resulta nas percentagens apuradas? Só um cromo windows internet exploder é que fica em casa no Verão!! Um gajo deve é ser solidário com os bifes, neste caso as bifas, e fazer o sacrifício de enviar umas litradas, ou então divertir-se com o site dedicado à agência noticiosa da Koreia do Norte, o gerador de insultos é um must.

    Ninguém apresenta argumentos de que usar Windows (piratado) é bom?

    Re:Então mas... (Pontos:1)
    por Zarluk em 16-08-05 14:00 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    Sim, até porque quem usa o IE, aproveita as férias para reinstalar o sistema (com formatação completa do disco, por causa dos 'bichos').

    Como só demora duas semanas até repôr o desktop como estava e a acabar de instalar os 263 programas shareware ou freeware que tinha previamente instalados, ainda lhe devem sobrar duas semanas para as férias... daí a diferença não ser maior ;-)

    Re:Então mas... (Pontos:2)
    por bêbado em 16-08-05 14:42 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    "os 263 programas shareware ou freeware"

    ... e mais os cracks (peças fundamentais em qualquer desktop windows) :-)

    "September the 4th, 2001, I stood in the ruins of the Twin Towers. It's a day I will never forget."
    George W. Bush
    Re:Então mas... (Pontos:3, Informativo)
    por Init em 16-08-05 5:46 GMT (#6)
    (Utilizador Info)

    Nem por isso, os grandes players continuam a ter distribuições optimizadas para o Desktop, quer a Red Hat com o Red Hat Enterprise Linux Desktop, quer a Novell, quer a Novell com o Novell Linux Desktop, quer a Sun que nunca mais se decide em comercializar a sério o Sun Java Desktop, mas que é muito utilizado pelos seus funcionários (já testemunhei isto em primeira pessoa).

    Esta movimentação não tem nada a ver com a importância do mercado de Desktops, mas sim com a importância do envolvimento com a comunidade. E que é precisamente o que a Red Hat já fez no passado, pois o Red Hat Linux não era uma distribuição para desktop, era sim genérica e só depois disso é que a Red Hat se empenhou numa distribuição para o desktop. Foi precisamente isso que eu quis dizer, pena foi que não tenhas chegado lá, ou então tenhas finjindo não chegar...


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Então mas... (Pontos:1, Redundante)
    por 4Gr em 16-08-05 9:08 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/~ei02069
    Esta movimentação não tem nada a ver com a importância do mercado de Desktops, mas sim com a importância do envolvimento com a comunidade

    Acho que este parágrafo sintetiza bem. Na verdade, a Novell não abandona o mercado Desktop, simplesmente quer agarrar uma comunidade, peça fulcral no sucesso de uma distribuição (caso contrário, como é que o Slackware ainda sobreviveria? :-)

    Patentes de Software: A arte de inventar patentes e não inventar nada.
    Dominus vobiscum
    Re:Então mas... (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 17-08-05 0:41 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Esta movimentacao tem a ver com a bullshit de marketing ou relações públicas, porque estão inseridos num meio em que o conceito de comunidade é importante. Portanto tomem lá um Open qq coisa, que é open, assim ficam todos contentes com o aperitivo e continuam a trabalhar de borla para "nós", e "nós" agradecemos.

    Por outro lado, faz algum sentido ter mais uma distribuição ? Já nao existem carradas ? É que andar a fragmentar o mercado, nao tem lá muito interesse quando se pretende estabilizar uma "marca".

    Os grandes players tem interesse é no mercado empresarial dos servidores, porque é aí que se paga bem pelo produto, ou ainda mais interessante, pelo suporte. Toda a movimentação vai neste sentido... É uma questão de teres vontade de fazer uma aposta, e daqui a uns tempos vemos quem ganha e tem razao :)

    Se o Sun Java Desktop é assim tao bom, porque razão nao o comercializam ? Se calhar pq andam ocupados a tentar recuperar o terreno perdido no mercado dos servidores ?

    P.S.: Nao te preocupes que fingir não é a minha especialidade... Gosto pouco disso ;)

    "Firefox lost 0.64% of the users, while Microsoft IE gained the same amount !" Foi rápido...

    Re:Então mas... (Pontos:2)
    por Init em 17-08-05 8:07 GMT (#11)
    (Utilizador Info)

    Mas isto não é nem de perto nem de longe apenas uma movimentação de relações publicas, mais importante que isso é uma forma de envolver a comunidade no desenvolvimento da tecnologia de forma a reduzir custos. Não se trata também de trabalhar à borla para a Novell, visto que a Novell também contribui gratuitamente para a comunidade de Software Livre, é mesmo uma das empresas que contribui mais. Não há portanto um comportamento parasita por parte da Novell, até porque a GPL não o permitiria, ao contrário da BSD.

    Por outro lado, faz algum sentido ter mais uma distribuição ? Já nao existem carradas ? É que andar a fragmentar o mercado, nao tem lá muito interesse quando se pretende estabilizar uma "marca".

    Esta não é mais uma distribuição para fragmentar o mercado, pois é virada para developers e não para ser distribuida ao publico alvo das outras distribuições do mercado. Alias, o mercado é em si segmentado, porque diferentes clientes têm necessidades diferentes que pretendem satisfazer de formas diferentes, a realidade de haver diversas distribuições de GNU/Linux apenas aproveita isso, a fragmentação pode por isso também ser boa, pois permite a satisfação dessas necessidades especificas.

    É verdade que até agora o interesse dos grandes players é nos servidores, é também verdade que eles não pretendem sair dessa àrea. Mas também é verdade que têm virado aos poucos a sua atenção para o desktop, e realizado negócios imensos, como por exemplo a Novell com todos os desktops dos correios Polacos, que é só uma das maiores empresas da Polonia...

    A Sun é uma hidra, que não sabe o que quer.

    Já agora não me referi à qualidade do desktop da Sun, apenas disse que os seus funcionários o usam.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Então mas... (Pontos:2)
    por 4Gr em 17-08-05 9:18 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/~ei02069
    Até podia ser verdade, mas no caso da Novell, não é.

    Tens ideia da quantidade de software que a Novell tem libertado ultimamente? Não pois não?

    Aliás, uma das peças de arte da Novell, o Novell iFolder, já corre aqui num servidor, e é inteiramente GPL (só é pena correr no mono, mas não se pode ter tudo).

    Portanto, não sei quem trabalha mais de borla, se a Novell ou a comunidade. Já com a SUN não é bem assim...

    Patentes de Software: A arte de inventar patentes e não inventar nada.
    Dominus vobiscum

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]