gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Linux e os limites de tráfego
Contribuído por chbm em 04-04-05 9:12
do departamento ordenado-ao-fim-do-mes
Internet Moebius escreve "Queria perguntar aos caros gildotianos, que usem Linux como Desktop pessoal como controlam os seus trafégos ao longo do mês? Se para Windows existe um projecto livre mas não aberto (Netcount), que ferramentas existem para Linux adaptadas particularmente à situação portuguesa, nomeadamente distinção entre nacional e internacinal. "

Autoria e Legalidade | O que é Extreme Programming  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • Moebius
  • Mais acerca Internet
  • Também por chbm
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Simples e eficaz (Pontos:2)
    por [Cliff] em 04-04-05 9:22 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com/~cpinto
    % ifconfig | grep -A7 nas0
    nas0 Link encap:Ethernet HWaddr 00:90:D0:97:B9:31
                        inet6 addr: fe80::290:d0ff:fe97:b931/64 Scope:Link
                        UP BROADCAST RUNNING MULTICAST MTU:1500 Metric:1
                        RX packets:383158 errors:0 dropped:0 overruns:0 frame:0
                        TX packets:361815 errors:195 dropped:0 overruns:195 carrier:0
                        collisions:0 txqueuelen:1000
                        RX bytes:306070388 (291.8 MiB) TX bytes:42887090 (40.9 MiB)


    ---
    Este espaço pode ser seu...
    Re:Simples e eficaz (Pontos:1)
    por palhaco em 04-04-05 9:36 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    Não sei se e tao simples assim..

    Posso estar enganado mas creio o linux tem um limite qualquer em GB, que, sendo este atingido o contador volta a zero.
    Digo isto porque utilizando este script em perl para monitorizar as estatistícas de MB enviados e recebidos numa maquina, passados dois ou tres GB o counter voltava a zero.

    Creio que o ifconfig vai buscar esse tipo de informação ao /proc/net/dev tal como o networkstat logo não será muito fiável.

    Corrigam-me se estou enganado!

    Re:Simples e eficaz (Pontos:2)
    por CrLf em 04-04-05 11:50 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://tudo-sobre-nada.blogspot.com
    Isso é fácil de resolver, se o valor seguinte for menor do que o anterior, soma-se...

    --
    Carlos Rodrigues
    Re:Simples e eficaz (Pontos:1)
    por falso em 04-04-05 9:37 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://lastmeasure.zoy.org
    Isto nao funciona, aos 4gb isto da a volta.

    ----------------------------
    if it bleeds, we can kill it
    Re:Simples e eficaz (Pontos:2)
    por [Cliff] em 04-04-05 10:02 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com/~cpinto
    dass, façam contas de somar! Mas também... 4Gb? Há gente que papa tudo o que lhe aparece à frente...

    ---
    Este espaço pode ser seu...
    Re:Simples e eficaz (Pontos:1)
    por falso em 04-04-05 10:25 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://lastmeasure.zoy.org
    E ha gente que fala sem saber

    The values are stored as unsigned 32-bit integers, in which case the maximum value which can be stored is 4,294,967,295 (2^32 - 1). This is close to the 4077 megabyte figure you gave (4,077,000,000 if you meant mega-, 4,275,044,352 if you meant mebi-, which is what ifconfig reports in).

    ----------------------------
    if it bleeds, we can kill it
    Se é para ser engraçadinho... (Pontos:2)
    por bêbado em 04-04-05 12:47 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    % ifconfig eth0 | perl -lne'print"Rec: $1 | Env: $2"if$_=~/^.*\((.*)\).*\((.*)\)$/'

    % Rec: 10.7 Mb | Env: 12.4 Mb

    Quanto à distinção entre tráfego nacional/internacional... isso são outros 5 tostões. Preciso de mais umas jolas para lá chegar :-)

    ~~~ O vinho é q'induca e o fado é q'instrói ~~~
    Netcount para loonix (Pontos:1)
    por falso em 04-04-05 10:40 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://lastmeasure.zoy.org
    La no site desse netcount tb esta um para linux,
    http://netcount.no.sapo.pt/netcount-0.3.tar
    Mas e' binario, nao ha sources.
    Lembro-me que ha tempos o cryptical fez um programa que fazia isto que era do bufo, chamava-se leechcount mas a pagina ja nao esta online por isso nao sei onde o poderas orientar.

    ----------------------------
    if it bleeds, we can kill it
    Gkrellm (Pontos:1)
    por r5machine em 04-04-05 11:05 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    O builtin da placa no gkrellm tem um contador que te da o trafego diariamente, semanalmente e mensalmente.

    Para o veres tens de clicar no botao que aparece no grafico, ao pousar o rato por cima dele.

    r5machine

    Area de clientes? (Pontos:1)
    por Gothic em 04-04-05 12:05 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://www.ClusterCube.com
    E que tal usares a área de clientes? demora algumas horas a actualizar e dá para andar dentro dos limites na boa, isto no sapo/telepac adsl.

    Characteristic of life style...
    Re:Area de clientes? (Pontos:2)
    por seven em 04-04-05 21:17 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    E tu confias em tudo o q eles te dizem?
    Re:Area de clientes? (Pontos:1)
    por Gothic em 05-04-05 8:09 GMT (#22)
    (Utilizador Info) http://www.ClusterCube.com
    Tenho confiado, pq no azureus que é de onde saco principalmente, também conta e tem batido certo :-)

    Characteristic of life style...
    Bzzt! (Pontos:2)
    por CrLf em 04-04-05 12:09 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://tudo-sobre-nada.blogspot.com
    um projecto livre mas não aberto

    Gratuito mas não aberto (se não é aberto nunca pode ser livre...).

    Acho que só não existe algo para fazer isto em Linux porque ainda ninguém teve vontade para o fazer (provavelmente há poucos aspiradores humanos a usar Linux). Com a libpcap não seria muito difícil.

    Outra coisa que me estão sempre a perguntar se existe para Linux é o netlimiter. Mais uma vez, deve ser por falta de vontade que não existe, porque usando qualquer coisa como a libipq também não seria lá muito complicado de o fazer.

    --
    Carlos Rodrigues
    Re:Bzzt! (Pontos:2)
    por blacksheep em 04-04-05 12:23 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://rpmcruz.planetaclix.pt/
    Gratuito mas não aberto (se não é aberto nunca pode ser livre...).

    Não percebo estes tugas. Em inglês compreendo a confusão entre free como em gratuito e em free como em livre, mas em português... Livre é livre, gratuito é gratuito. Ponto. Porque raio há pessoas que confundem os termos??

    Religion, the only confort left in a world splited by religion. (The Daily Show)
    Re:Bzzt! (Pontos:2)
    por bêbado em 04-04-05 12:58 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    "Não percebo estes tugas."

    Se eu não fosse um tipo bem educado, dir-te-ia que "'tuga' é quem te fez 'azorelhas'!" :-D

    ~~~ O vinho é q'induca e o fado é q'instrói ~~~
    Re:Bzzt! (Pontos:2)
    por null em 04-04-05 20:54 GMT (#18)
    (Utilizador Info)
    Idem idibem :-).

    Re:Bzzt! (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 04-04-05 20:07 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://www.dehumanizer.com/
    "Livre" implica as famosas "4 liberdades" (isto parece as "3 regras" do Asimov, eu sei). Uma delas é ter acesso à source para estudar e/ou modificar o programa.

    É possível ser aberto mas não livre (por exemplo, tendo a source mas não podendo distribuir versões modificadas - o melhor exemplo é todo o software do DJB), mas não é possível ser livre mas não aberto, porque "aberto" é um dos requisitos para "livre".

    Note-se que "grátis" ou "pago" não têm nada a ver com esta história - é perfeitamente possível ser grátis e não livre, assim como é possível ser pago e livre.


    You should know better than to pick up a duck in a dungeon. Lose 2 levels.
    Santo Google (Pontos:2)
    por humpback em 04-04-05 12:16 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://dev.gentoo.org/~humpback/
    E até aqui no gildot já se falou. cable counter até é gpl e tudo :) ... Procura no freshmeat. Se tiveres vontade actuliza as classes nacionais e manda ao slug o update.

    Gustavo Felisberto
    (HumpBack)
    Web: http://dev.gentoo.org/~humpback

    ? (Pontos:2)
    por Mindstorm em 04-04-05 16:03 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://www.mndnet.org/
    Queria perguntar aos caros gildotianos, que usem Linux como Desktop pessoal como controlam os seus trafégos ao longo do mês?

    Com bom senso...Portabilidade excelente, funciona em qualquer plataforma :P

    Mindstorm
    Re:? (Pontos:2)
    por null em 04-04-05 20:56 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    Também há quem use o famoso olhómetro, se a factura vem alta, no mês seguinte fica-se sovina :-).

    um programa que gera estatisticas de trafego (Pontos:2)
    por Init em 04-04-05 20:10 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    http://www.aeminium.org/cable_counter/
    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:um programa que gera estatisticas de trafego (Pontos:1)
    por pescadorDigital em 04-04-05 21:59 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://pescadordigital.blogspot.com
    Isto também dá para ADSL (ppp0) ?
    Pescadordigital na blogosfera -pescadordigital.blogspot.com
    Re:um programa que gera estatisticas de trafego (Pontos:2)
    por humpback em 06-04-05 18:46 GMT (#25)
    (Utilizador Info) http://dev.gentoo.org/~humpback/
    A lista de redes nacionais reconhecidas pelo cable counter está um pouco velhota, eu já mandei a nova ao autor do programa, mas nos entretantos aqui fica o url de onde podem sacar.
    http://dev.gentoo.org/~humpback/nacional_novo.txt

    Gustavo Felisberto
    (HumpBack)
    Web: http://dev.gentoo.org/~humpback

    ja agora (Pontos:2)
    por grumpy bulgarian em 05-04-05 8:41 GMT (#23)
    (Utilizador Info) http://10.10.11.2
    Ola

    eu andava a procura de outra coisa e acho que este link http://www.linux.com/howto s/HOWTO-INDEX/networking.shtml inclui dois documentos sobre este tema.

    eu ainda estou uns 20 passinhos atrás, a tentar perceber o PPPOE :)


    Grumpy B)

    iptables (Pontos:1)
    por p_natal em 05-04-05 16:53 GMT (#24)
    (Utilizador Info) http://raf.home.sapo.pt
    A netcabo disponibiliza as listas de gamas de endereços que considera como nacionais, eu no meu caso escrevi um script com regras em iptables que bloqueia todas as gamas excepto estas, um par de instruções no cron permite a passagem de trafego internacional durante a happy hour.

    Quando preciso de saber a quantidade de trafego que ja gastei consulto o site da netcabo.

    "Talk is cheap. Show me the code." (Linus Torvalds)

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]