gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Microsoft "preocupa-se" com Segurança
Contribuído por scorpio em 23-02-05 10:05
do departamento ramblings
News 4Gr escreve "Parece que o novo programa da Microsoft está direccionado à segurança dos seus sistemas informáticos. Criticável é a forma como o faz, indica o analista da Gartner, Neil MacDonald.
MacDonald diz que a aquisição de duas companhias de anti-virus e uma de anti-spyware não é solução. Ou seja, trata-se de mais uma campanha de marketing para inserir produtos no mercado, do que propriamente preocupação com o consumidor. Caso contrário, e nas palavras do analista, a Microsoft preocupar-se-ia em resolver os problemas de segurança do seu software que dão muitas vezes origem a vírus, spyware e a vulnerabilidades. Neste prisma, MacDonald também critica a exclusividade do IE 7 (disponível para teste este Verão) para o Windows XP, que revela uma preocupação em forçar a migração dos clientes em vez de resolver os problemas de segurança desta browser problemático.
Do lado da Symantec, uma das companhias afectadas pela entrada da Microsoft no mercado dos anti-virus, afirma que a Microsoft não é ameaça, sendo que confia plenamente no seu produto e na superioridade face às soluções da Microsoft no sector.
Será motivo de mais um processo Antitrust? "

Telemóveis com LINUX | Netcabo Wireless  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • News.com
  • 4Gr
  • diz
  • Symantec
  • Microsoft não é ameaça
  • Mais acerca News
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Txiiii (Pontos:2)
    por null em 23-02-05 16:54 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Fala de outra coisa homem, senão isto fica pior que os tempos de antena que tivémos de gramar na campanha eleitoral...

    Tonidosimpostos: "a firewall mais segura que conheço é o cinto de castidade!"

    Palavras para quê? (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 23-02-05 17:05 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    "Não existem falhas de segurança no Windows. Não há provas de falhas de segurança no Windows. Os hackers infiés estão a morrer nas portas das nossas firewalls. Em breve ganharemos a luta contra os comunistas.
    Viva a Microsoft! Viva!"

    ou

    "Erro de semântica: uso de Microsoft e segurança na mesma frase"

    lê-se q o 2k3 está razoável. para quem confia :)
    -----
    Windows isn't done until Lotus won't run.
    Re:Palavras para quê? (Pontos:2)
    por null em 23-02-05 18:03 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Realmente, é bater fundo uma mega corporation produzir software para proteger a própria cagada...

    Tonidosimpostos: "a firewall mais segura que conheço é o cinto de castidade!"

    Re:Palavras para quê? (Pontos:1)
    por tonicensurado em 23-02-05 18:35 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    Produzir software para proteger a propria cagada... Hum... que cagada de afirmação. Os virus agora são culpa da Microsoft ? O Spyware é culpa da Microsoft ? Se o sistema operativo é mais ou menos vulnerável, é uma história, a origem dos virus e afins é outra. Quase todas as plataformas tem vírus, a diferença, é que uma domina o mercado, as outras flutuam (analogia com a cagada... que flutua...).
    Re:Palavras para quê? (Pontos:1)
    por Gothic em 23-02-05 18:54 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://www.ClusterCube.com
    Diz-me lá um virus para outros SO's (ex: Unix, OpenVMS, Solaris, HP-UX e Linux..), sem serem exploits, porque isso não são considerados virus. Agora o Windows por mais que o tenhas actualizado não escapas a virus e muito menos a spyware, são problemas que tem já de raíz, que muito sinceramente espero que sejam corrigidos no longhorn ou num futuro MSWin-Linux.. Acho que não deves ser completamente dogmático em relação ao Windows e sim analisares o que há e seres sincero e não só porque gostas de mandar umas trolitadas no pessoal, porque pensas que só vêm o Linux à frente e que o Windows tem mais problemas porque tem mais gente *utilizadores comuns* a usarem.

    "Se o sistema operativo é mais ou menos vulnerável, é uma história" -> Ainda tás a ser solidário com eles..

    Quem não consegue ser imparcial, não merece que lhe dêm qualquer tipo de crédito, se é que me entendes...

    Characteristic of life style...
    Re:Palavras para quê? (Pontos:2)
    por raxx7 em 23-02-05 22:36 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    Estás errado.
    Não existe nenhuma inferioridade estrutural no Windows NT/etc quando comparado com o Unix/Linux.
    Além dos bugs (que tu mesmo excluiste), o software malicioso explora más práticas de algum software e a ingenuidade dos utilizadores.

    Re:Palavras para quê? (Pontos:1)
    por Gothic em 23-02-05 23:09 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://www.ClusterCube.com
    Yeah.. é mais ou menos isso! deve ser por isso que em conta de "utilizador" num windows xp (sp2) consigo apagar ficheiros de "administrador" :-) não vejo isso acontecer num Unix/Linux por exemplo... isto para não ir mais longe!

    Characteristic of life style...
    Re:Palavras para quê? (Pontos:1)
    por nifan em 23-02-05 23:40 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Para Unix/linux existem 'n' exploits que permitem a um qualquer utilizador "menor" escalar a nível de permissões no sistema, não vás por aí :)

    "Microsoft gives you Windows, Linux gives you the whole house"
    Re:Palavras para quê? (Pontos:1)
    por Gothic em 24-02-05 9:17 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://www.ClusterCube.com
    Mas isso é um exploit, não é uma feature =) No windows sem andar com invenções, consegues fazer isso... se é que ainda não reparaste.. e as divisões de contas de utilizador deixam muito a desejar.

    Characteristic of life style...
    Re:Palavras para quê? (Pontos:0)
    por mrmv em 24-02-05 10:39 GMT (#20)
    (Utilizador Info) http://spaces.msn.com/members/shadeofwindows
    Então dá lá os detalhes da tua experiência para percebermos o que encontraste que é tão óbvio, já agora gostava de o perceber, e já agora de o verificar.

    My son is now an "entrepreneur." That's what you're called when you don't have a job.
    Ted Turner
    Re:Palavras para quê? (Pontos:1)
    por Gothic em 24-02-05 12:11 GMT (#23)
    (Utilizador Info) http://www.ClusterCube.com
    Lá vem mais um makako dogmático do Windows. Além de serem coisas óbvias, tenho mais que fazer como deves perceber... por isso procura por ti mesmo, senão, azar o teu!

    Characteristic of life style...
    Re:Palavras para quê? (Pontos:0)
    por mrmv em 24-02-05 13:20 GMT (#25)
    (Utilizador Info) http://spaces.msn.com/members/shadeofwindows
    m_e_a_pqtp, posto isto fico mais confiante e seguro que aquilo que tu queres é desconversar e tentar gerar confusão, já que é tão óbvio, deveria ser simples... ou alguém o tem documentado e por isso ainda mais simples de mostrar, mas tu preferes mandar a boca, meter as mãos nos bolsos e assobiar, por mim tudo bem, mas não provaste nada, e portanto o que dizes continuar a não valer absolutamente NADA.

    My son is now an "entrepreneur." That's what you're called when you don't have a job.
    Ted Turner
    Permissões, virus e Cª (Pontos:2)
    por raxx7 em 24-02-05 18:25 GMT (#38)
    (Utilizador Info)

    Uma ou mais de três coisas ocorrem para isso ser possivel:
    -O Windows XP está instalado sobre FAT32 em vez de NTFS.
    - O "utilizador" tem privilégios de administrador (absolutamente vulgar). - O ficheiro tinha as permissões mal definidas.

    Nada disto é um problema estrutural do Windows.
    Parece ser popular a ideia de que o Windows não tem um sistema de separação de privilégios comparável ao do Unix e de que isso está na origem de todos os virus e spyware que por ai andam. Desenganem-se.
    Primeiro, qualquer Windows NT/* tem um sistema de separação de privilégios semelhante ao do Unix. Claro que instalado sobre FAT é totalmente ineficaz.
    Segundo, em ambos dos casos esse sistema foi concebido para isolar os utilizadores uns dos outros, não para os proteger de si prórpios nem de programas que fazem coisas estúpidas. E em último caso, não há sistema de segurança que resista a uma caixa de diálogo a dizer "este programa tem de ser instalado o pelo administrador" ao dono do PC. Isto é particularmente verdade no caso do spyware, que muitos utilizadores de Windows aceitam como contraponto natural a ter software de graça.
    E para resolver este problema, não bastam barreiras técnicas. É também necessário que se desincentive os donos das máquinas a ultrapassar essas barreiras.


    Re:Palavras para quê? (Pontos:1)
    por tonicensurado em 24-02-05 22:00 GMT (#47)
    (Utilizador Info)
    Deves tar a falar do utilizador que adicionas no XP que tem privilegios de administrador nao ? Ou entao nao sabes alterar as permissoes...
    Re:Palavras para quê? (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 24-02-05 2:12 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    claro que o facto de ser quase impossivel não usar o sistema como admin n tem nada a ver com o caso.
    ou o explorer fazer parte do kernel. (talvez não, mas está demasiado integrado)
    ou o GDI.

    o NT tem partes boas... as partes q a MS n alterou depois de as adquirir ;)
    -----
    Windows isn't done until Lotus won't run.
    Re:Palavras para quê? (Pontos:0)
    por mrmv em 24-02-05 11:50 GMT (#22)
    (Utilizador Info) http://spaces.msn.com/members/shadeofwindows
    claro que o facto de ser quase impossivel não usar o sistema como admin n tem nada a ver com o caso.

    Nunca usas windows pois não? eu não uso a conta de administração nos meus sistemas por norma e não encontro problemas na utilização dos mesmos, devemos estar a falar de coisas diferentes então...

    Já agora vai lendo como se deve fazer, por exemplo aqui:

    http://blogs.msdn.com/aaron_margosis/

    O explorer não faz parte do kernel, em relação ao GDI foi uma decisão longinqua muito discutida na altura, como sempre neste tipo de coisas, conta com vantagens e desvantagens, passados alguns anos acho que não se pode afirmar que foi uma má decisão... no Linux e em outros SOs muitas das vezes se discute a inclusão de cada vez mais coisas no kernel para potenciar beneficios em muitos outros cenários, são sempre decisões e balanços dificeis de conseguir...

    As bocas quando distituidas de fundamentação fazem-nos apenas sorrir, mas só isso, se continuares assim a fazer-nos sorrir, vais acabar por ganhar um estatuto que provavelmente não desejas ;o)

    My son is now an "entrepreneur." That's what you're called when you don't have a job.
    Ted Turner
    Re:Palavras para quê? (Pontos:2)
    por raxx7 em 24-02-05 18:28 GMT (#39)
    (Utilizador Info)
    Mas o utilizador que usas tem ou não privilégios de Administrador?
    Agora já está melhor, mas quando o XP saiu havia muito programas para Windows 9x que era impossivel correr sem privilégios de administrador.

    Re:Palavras para quê? (Pontos:0)
    por mrmv em 24-02-05 18:32 GMT (#40)
    (Utilizador Info) http://spaces.msn.com/members/shadeofwindows
    Não o utilizador não possui privilégios de administrador.

    Em tudo o resto tens razão, mas trata-se de um problema aplicacional... e nisso até muitos dos grupos da Microsoft não eram um grande exemplo, mas hoje já nada disto acontece, pelo menos que tenha encontrado em muito do software que utilizo.

    My son is now an "entrepreneur." That's what you're called when you don't have a job.
    Ted Turner
    Re:Palavras para quê? (Pontos:0)
    por mrmv em 24-02-05 18:35 GMT (#41)
    (Utilizador Info) http://spaces.msn.com/members/shadeofwindows
    Esqueci-me nem sequer de Power user, just a plain user ;o) e uso o runas claro já que como utilizar "simples" não consigo sequer instalar um pintelho.

    My son is now an "entrepreneur." That's what you're called when you don't have a job.
    Ted Turner
    Re:Palavras para quê? (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 25-02-05 2:25 GMT (#54)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    como n corres como root?
    o sims só corre como admin, idem para certas partes do VS (n me lembro bem o q), ainda no outro dia vi que havia mais um anti-virus ou uma firewall...
    eu n disse impossivel, disse praticamente impossivel. isto equivale a 99% das pessoas, excluindo provavelmente os q ganham a vida a serem admins de Windows...
    OS X e o ubuntu (pelo menos) acertaram em como o fazer. eu e a maioria das pessoas não se dão ao trabalho de aprender como trabalhar de uma forma completamente não intuitiva.

    parabéns, o Exploder n está no kernel, mas continua a ser o maior vector de ataques. so what? está demasiado integrado de qq maneira.

    -----
    Windows isn't done until Lotus won't run.
    Re:Palavras para quê? (Pontos:0)
    por mrmv em 25-02-05 11:33 GMT (#63)
    (Utilizador Info) http://spaces.msn.com/members/shadeofwindows
    Meu amigo o que acabaste de dizer é que é um problema aplicacional, são aplicações mal desenhadas... só isso

    My son is now an "entrepreneur." That's what you're called when you don't have a job.
    Ted Turner
    Re:Palavras para quê? (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 26-02-05 16:43 GMT (#69)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    mais ou menos... o problema de pedir a password de admin quando necessário invés de obrigar ao login é uma falha do OS.
    agora, o problema aplicacional se calhar também é de cultura. se calhar :) a MS sacrificou a confiança no sistema pela compatibilidade com software mal feito. agora paga a factura, no pior momento. tough.
    -----
    Windows isn't done until Lotus won't run.
    Re:Palavras para quê? (Pontos:0)
    por mrmv em 27-02-05 16:30 GMT (#70)
    (Utilizador Info) http://spaces.msn.com/members/shadeofwindows
    o problema de pedir a password de admin quando necessário invés de obrigar ao login é uma falha do OS.

    Se te referes apenas ao sistema, este pede contas com previlégios necessários para desempenhar a tarefa que o utilizador está a pretender levar a cabo, e nem todas necessitam de priviliégios de administração, mas mesmo que assim seja para alguma em partcular não necessitas que o teu utilizador tenha esses privilégios para a poderes executar já que nesse momento dás as credenciais de um utilizador que possua essas permissões... logo o sistema não tem falha nenhuma a este nível. E o problema de que se fala é mesmo de cultura dos developers e dos utilizadores... tudo o resto é conversa ;o)

    My son is now an "entrepreneur." That's what you're called when you don't have a job.
    Ted Turner
    Re:Palavras para quê? (Pontos:2)
    por Ancestor em 24-02-05 7:16 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://www.norteglobal.com

    Diz-me lá um virus para outros SO's (ex: Unix, OpenVMS, Solaris, HP-UX e Linux..), sem serem exploits, porque isso não são considerados virus.

    Existem alguns, mas não são relevantes. Não te esqueças que os vírus, dada a sua natureza, correm localmente e aproveitam falhas locais do sistema. Os sistemas unix são tradicionalmente seguros quando não têm utilizadores locais a fazer porcaria (como o windows). Quando tens utilizadores a usar shells em qualquer um dos sistemas que mencionaste, a provabilidade de ter chatices é tão alta como a de apanhares um vírus no windows.

    Agora o Windows por mais que o tenhas actualizado não escapas a virus e muito menos a spyware, são problemas que tem já de raíz, que muito sinceramente espero que sejam corrigidos no longhorn ou num futuro MSWin-Linux.

    Eu por acaso uso windows como desktop (por vários motivos, talvez sendo o principal o hábito de muitos anos), e normalmente não uso nem antivírus nem ferramenta de remoção de spyware. Por descarga de consciência, por vezes passo um antivirus e uma ou duas ferramentas anti-spyware, e nunca fiquei com o sistema infectado com nada. Essa noção que todos os utilizadores do windows são burros porque não usam linux é, no mínimo, falaciosa. Uma coisa que eu aprendi com o tempo é que o maior inimigo de qualquer sistema é o utilizador, independentemente de ser unix ou windows. A robustez de um sistema é, em grande medida, ditada pela(s) pessoa(s) que o administra e que o usam.

    Tip:Faz aí uns scans à 3128, 3306 ou à 25... vais encontrar muitas dessas instalações à prova de virus que falas...

    Re:Palavras para quê? (Pontos:1)
    por Gothic em 24-02-05 10:18 GMT (#19)
    (Utilizador Info) http://www.ClusterCube.com
    Quanto às falhas, eu tava a falar de falhas sem ser via exploit, etc.. o Windows mesmo com o sistema actualizado é facilmente infectado com tudo e mais alguma coisa. Pois uma coisa é um bug e não tens actualizações, outra é uma falha quase que como vitalícia.
    Para os Shell Providers, se usarem bons patchs no kernel com boas regras ou um FreeBSD bem configurado por exemplo, dificilmente lá andam a inventar, se o admin for bom é claro.

    Eu uso Windows XP no trabalho e também não tenho problemas com virus/spyware (uso firefox e não descarrego coisas que não tenho a certeza do que são, apesar de ter um antivirus, mas nunca deu nenhum alerta), mas preferia tar a usar outra coisa, é mesmo porque sou obrigado devido ao software dependente e não multi-plataforma.

    Essas portas só lá entras se o utilizador não tiver uma firewall (ex: iptables) ou então um router com firewall, o que normalmente hoje em dia acontece é que as distros já vêm com "medium" activado na firewall, o que provavalmente o teu scan não irá fazer nada.

    Mas acho que não vou a discutir algo que já sei que tu sabes... esta é apenas uma opinião formada depois de alguns anitos a mecher nestes bixos :-)

    Characteristic of life style...
    Re:Palavras para quê? (Pontos:2)
    por Ancestor em 24-02-05 14:01 GMT (#30)
    (Utilizador Info) http://www.norteglobal.com

    Para os Shell Providers, se usarem bons patchs no kernel com boas regras ou um FreeBSD bem configurado por exemplo, dificilmente lá andam a inventar, se o admin for bom é claro.

    Eu uso FreeBSD e OpenBSD para servidores e mantenho o que digo. (Apesar das jails serem um mimo!)Mesmo o OpenBSD necessita de uma manutenção frequente quando possui acessos de shell, apesar de possuir features que dificultam a elevação de previlégios (notavelmente o systrace).

    Essas portas só lá entras se o utilizador não tiver uma firewall (ex: iptables) ou então um router com firewall, o que normalmente hoje em dia acontece é que as distros já vêm com "medium" activado na firewall, o que provavalmente o teu scan não irá fazer nada.

    Tu estás é a assumir que o user sabe configurar o iptables e não andou a mexer à sorte no wizard do firewall... Quanto aos routers com um bocado de sorte até o router ownas :)

    Moral da história: não há firewall resista à estupidez do utilizador. Principalmente se este possuir a password de root. Se mexes nisso há uns anos já deves saber o que a casa gasta :)

    Re:Palavras para quê? (Pontos:1)
    por tonicensurado em 24-02-05 21:58 GMT (#46)
    (Utilizador Info)
    Conheces shell providers que nao estejam todos rotos duma ponta à outra ? Lol... Essa é de morrer a rir.... geez...

    Eu uso Windows XP , nao uso firewall, nao uso antivirus, e nao tenho problemas, nem com spyware nem com o resto... Moral da historia: "sei" aquilo que uso e como usar... Se TU nao sabes, nao uses. Ninguem disse que as coisas são para toda a gente...


    Re:Palavras para quê? (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 25-02-05 2:34 GMT (#55)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    pois não, toni, os pcs são para as elites! quem não tira o MSCE não merece usar um PC que custa 400¤!!!

    WTF are you smoking? quem veio com "um desktop em cada casa" foi o tio Bill.
    -----
    Windows isn't done until Lotus won't run.
    Re:Palavras para quê? (Pontos:2)
    por null em 25-02-05 9:36 GMT (#61)
    (Utilizador Info)
    "Eu uso Windows XP , nao uso firewall, nao uso antivirus, e nao tenho problemas, nem com spyware nem com o resto..."

    Qualquer dia ainda revelas que não usas cuecas e não borras as calças! :-)

    Tonidosimpostos: "a firewall mais segura que conheço é o cinto de castidade!"

    Re:Palavras para quê? (Pontos:1)
    por tonicensurado em 24-02-05 22:05 GMT (#48)
    (Utilizador Info)
    Os virus tem duas razoes para existir: tecnica e fama. Se nao acompanhas a cena de virus do Windows, entao nao sabes a tecnica. As tecnicas dos virus coders sao extremamente avançadas, explorando ao máximo a plataforma Windows. Se nao achas isso fascinante, eu acho, e não estou de maneira nenhuma ligada aos virus, apenas atento às novidades tecnicas.
    Em relação à fama, seres conhecido no teu bairro (aka Linux), e seres conhecido no mundo (aka Windows), qual escolhes ? Certamente que escolhes o mundo, porque te dá a fama... Agora volta lá para a toca tábém ?

    Quanto ao teu ultimo paragrafo idiota, todos os sistemas operativos sao vulneráveis (ate o all might z/OS [apesar de certamente mt menos vulneravel]). O problema é, ou sabes gerir a vulnerabilidade, ou não sabes, e aí usas o pensamento da ignorancia, também conhecido como, "nao presta", "eh uma merda", etc etc etc...

    Re:Palavras para quê? (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 25-02-05 2:38 GMT (#56)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    a "técnica" é usar um debugger para descobrir uma possibilidade de um buffer overflow e tentar meter instruções tiradas da net em memória. muito avançado.
    quanto à fama, toda a gente sabe quem é o Linus, quantos sabem o nome de alguém que programe para Windows? além de que trabalhar no kernel é uma boa maneira de arranjar emprego, trabalho visível e tal...

    he, a teoria de gerir a vunerabilidade é fantástica... típica mentalidade MS. hehehe.
    -----
    Windows isn't done until Lotus won't run.
    Re:Palavras para quê? (Pontos:0)
    por mrmv em 25-02-05 11:44 GMT (#64)
    (Utilizador Info) http://spaces.msn.com/members/shadeofwindows
    he, a teoria de gerir a vunerabilidade é fantástica... típica mentalidade MS. hehehe.

    Não, caso não te tenhas apercebido é da indústria e não apenas da MS... E tem muito a ver com análise do risco e gestão das prioridades...

    My son is now an "entrepreneur." That's what you're called when you don't have a job.
    Ted Turner
    Re:Palavras para quê? (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 26-02-05 16:41 GMT (#68)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    muita da indústria, sim. as empresas a sério, no entanto, n estão à espera de vunerabilidades e programam as coisas à espera que sujam problemas, e não reescrevem as coisas 20 vezes cada vez que descobrem q a arquitectura tem um erro.
    se achas que é mentira em Win, pq houve tanto software a falhar com o SP2? pq finalmente a segurança entrou no radar.
    -----
    Windows isn't done until Lotus won't run.
    Re:Palavras para quê? (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 25-02-05 11:48 GMT (#66)
    (Utilizador Info)
    Eu vi logo que nao percebes puto do que falas :) Nao sao tecnicas para descobrir overflows, é mais tecnicas para evitar antivirus, polimorfismo, etc etc etc =) Vah, vai ler a zine dos 29A. Tem coisas engraçadas... Faz-te bem...

    Toda a gente sabe ? Os geeks todos sabem, o resto do mundo nao sei... É como perguntares a um americano aonde fica Portugal ? Port what ?

    O Gildot é um site de notícias, onde se transcreve um conteúdo de uma notícia, quanto muito traduz-se e reporta-se a fonte.
    by 4GR

    Re:Palavras para quê? (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 26-02-05 16:38 GMT (#67)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    e como o virus infecta alguma coisa, oh espertinho? vírus q infectem ficheiros não me lembro de os ver. de qq forma, as "técnicas" estão disponíveis para qualquer script kiddie. li na hackin9 e n faço ideia do q seja a 29A.
    -----
    Windows isn't done until Lotus won't run.
    Re:Palavras para quê? (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 27-02-05 21:09 GMT (#71)
    (Utilizador Info)
    29A é um dos virus groups mais famosos (ou ex-famosos, ja que depois da bust do Bennie, os outros ficaram borrados de medo :)).

    O Gildot é um site de notícias, onde se transcreve um conteúdo de uma notícia, quanto muito traduz-se e reporta-se a fonte.
    by 4GR
    Re:Palavras para quê? (Pontos:2)
    por 4Gr em 23-02-05 23:58 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/~ei02069/blog
    Recordo-me do vírus que se espalhava pelos JPEGs que explorava uma vulnerabilidade do GDI+ do Windows. Wait.. Ou seja, a culpa não é do Windows, é de quem? Nem todos podiam adivinhar que já se passavam vírus por imagens.

    Paradoxo do ano: Microsoft Works!
    Dominus vobiscum
    Re:Palavras para quê? (Pontos:1)
    por tonicensurado em 24-02-05 22:05 GMT (#49)
    (Utilizador Info)
    So para te lembrar, que o 1o programa a ter problemas com imagens, foi o vosso adorado e venerado Netscape :)
    Re:Palavras para quê? (Pontos:1)
    por tonicensurado em 24-02-05 22:06 GMT (#50)
    (Utilizador Info)
    E já agora, não foi um vírus... Vai ler a definição de virus num qq fabricante de anti-virus :)
    Re:Palavras para quê? (Pontos:2)
    por null em 24-02-05 1:04 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Xuxuzinho, quantos anos andou o "pessoali" a pregar que a Micose devia fazer umas alteraçõezinhas BÁSICAS no LookOut Ésprés para que os pobres dos utilizadores não levassem com um vírus? Então o spyware entra como? Só porque há uns bacanos a mexer no teclado e aproveitarem-se dos "ooops" da Micose? Sei, mais de 60% de mercado de servidores web para o Apache mostra o porquê de tantos "esploites" para este, enquanto os outros flutuam...não arranjas uma cagada de comentário mais original?

    Tonidosimpostos: "a firewall mais segura que conheço é o cinto de castidade!"

    Re:Palavras para quê? (Pontos:1)
    por tonicensurado em 24-02-05 22:09 GMT (#51)
    (Utilizador Info)
    Olha temos um puto que tem a mania que percebe disto... O spyware entra principalmente pela ingenuidade do utilizador. O phishing que actualmente é considerado um dos maiores problemas, entra por idiotice do utilizador. Os virus entram a maioria por idiotice do utilizador. Concluindo, quantos virus é que ja apanhaste ?

    O apache é um sistema operativo ? Weird.. Ia jurar que nao...

    Ah, ja agora, o RH Enterprise 4 saiu ha dias, e ja sairam pelo menos 8 advisories para o mesmo... Diria que está perto de um recorde para um produto acabadinho de lançar :)

    Re:Palavras para quê? (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 25-02-05 2:41 GMT (#57)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    LOL.
    já sabemos, os utilizadores devem tirar um curso antes de ligar um PC...

    8 advisories não deve ser um recorde. o tempo de resolução delas presumo q se aproxime disso ;) claro q imagino q, como sempre, cada a média de instalação dos pacotes por instalação do OS seja seja os habituais 0.1%, pelo q isso nem faz sentido.
    -----
    Windows isn't done until Lotus won't run.
    Re:Palavras para quê? (Pontos:2)
    por null em 25-02-05 9:47 GMT (#62)
    (Utilizador Info)
    O puto tem idade para te mudar as fraldas. Quantos virús apanhei? Um, o chernobil, e porque um amigalhaço insistiu em meter uma disquete manhosa no meu PC. A partir daí, nem dual-boot nas minhas máquinas pessoais. Puto, se não percebes o que quero dizer com a quota de mercado do Apache, sugiro que aprendas a ler as tuas postas de pescada.

    Mas continua, os teu comentários fazem-me lembrar a performance do Ballmer clássico Monkey Boy.

    Tonidosimpostos: "a firewall mais segura que conheço é o cinto de castidade!"

    Re:Palavras para quê? (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 25-02-05 11:46 GMT (#65)
    (Utilizador Info)
    So provas o que disse... APanhaste virus devido ah estupidez do teu amigo... I rest my case...

    Quanto ao apache, é mt seguro, começas a meter php e por ai fora, e toda a segurança vai-se à vida... Não precisas de atacar o apache, precisas de atacar o elo mais fraco... Game over...

    O Gildot é um site de notícias, onde se transcreve um conteúdo de uma notícia, quanto muito traduz-se e reporta-se a fonte.
    by 4GR

    Re:Palavras para quê? (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 24-02-05 8:46 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://www.dehumanizer.com/

    O spyware *é* culpa da Microsoft, assim como os vírus e worms. Não são eles que os fazem, mas são eles que tornam fácil que eles tenham sucessos tremendos ("eu fiz um vírus ontem e hoje meio mundo está infectado! cool!"). -

    Se o Windows viesse relativamente seguro por default, em vez de cada Windows ter a mania "olhem! também sou um servidor!"...

    - se o IE não tivesse ActiveX nem os milhentos buracos que tem tido (e não estivesse "integrado com o SO"... os idiotas continuam a insistir que isso é uma vantagem, imagine-se)...

    - se o Outlook / OE não abrisse (nem nunca tivesse aberto) attachments (incluindo VBscripts) automaticamente...

    ... o problema dos vírus / worms / spyware seria como é em Linux: "oh, em 10 anos houve talvez meia-dúzia". Não seria coisa de parar empresas inteiras.

    E não estariam agora a comprar empresas de anti-vírus e anti-spyware (se isso não é admitir "os nossos produtos são uma merda e não conseguimos fazer nada a respeito", não sei o que será).

    Mas pronto, devo ser eu que sou um zelota que odeia o Bill Gates porque é rico. :)


    "It is every citizen's final duty to go into the tanks and become one with all the people."
    - Chairman Sheng-ji Yang, "Ethics for Tomorrow"

    O que vai acontecer... (Pontos:2)
    por mpinho em 23-02-05 23:32 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    As empresas de anti-vírus provavelmente irão criar vírus específicos que desligarão ou tornarão inócuos o anti-virus da Microsoft.

    E o pior que sempre haverá gente que insistirá em usar o IE, Outlooks, firewall e anti-vírus da M$, que simplesmente pertencem à empresa de informática mais odiada do mundo e que são alvos de 99,9999% dos malwares atuais.
    Re:O que vai acontecer... (Pontos:2)
    por null em 24-02-05 1:15 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    A tua primeira afirmação é uma versão nova de um mito urbano muita velho. Quem tem a ganhar em desabilitar software do género são os que giram à volta da indústria do spam principalmente

    Quanto a ser a mais odiada...a maior razão porque não gosto da Micose é pela cultura cretina que criou. Ver gajos a dizer que um Linux é coisa recente (ou que um Unix é coisa do passado), não é estável, limitado, sem saberem o que fazer porque lhes espeto um servidor sem janelinhas (completamente bloqueados!),etc,etc,etc, e passados uns minutos reiniciarem um servidor Guindows porque sim, como é que hei-de gostar de uma empresa onde funcionários seus dizem que após 20 anos a trabalhar no sector, um reboot todos os dias é uma coisa muito boa....isso é daquelas coisas intragáveis!

    Tonidosimpostos: "a firewall mais segura que conheço é o cinto de castidade!"

    Re:O que vai acontecer... (Pontos:0)
    por mrmv em 24-02-05 11:38 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://spaces.msn.com/members/shadeofwindows
    um reboot todos os dias é uma coisa muito boa....

    Até gostava de ver onde está isso escrito, ou onde foi dito...

    My son is now an "entrepreneur." That's what you're called when you don't have a job.
    Ted Turner
    Re:O que vai acontecer... (Pontos:1)
    por Gothic em 24-02-05 12:14 GMT (#24)
    (Utilizador Info) http://www.ClusterCube.com
    Pode não ser todos os dias, mas é quase... ainda há pouco tive de ir fazer um restauro a um colega, pois sem mais nem menos bloqueava quando se clicava em pastas ou em icons do tipo "o meu computador". Não vejo isto acontecer em mais nenhum lado... muito menos ali no Solaris que tem um uptime brutal e tem oracle =)

    Characteristic of life style...
    Re:O que vai acontecer... (Pontos:0)
    por mrmv em 24-02-05 13:28 GMT (#26)
    (Utilizador Info) http://spaces.msn.com/members/shadeofwindows
    Tu realmente, das duas uma, ou andas nisto à pouco tempo e aí a ignorância tem desculpa (embora seja uma questão de tempo e dedicação), ou gostas de atirar areia para os olhos das pessoas, o que acabaste de apresentar não diz nada, nem prova nada...

    Olha vou-te dar um exemplo igual ao teu, alguns dos meus amigos e familia, pedem-me ajuda na instalação, configuração, resolução de problemas, etc. nos seus sistemas. E não me recordo de ter tido a necessidade de reinstalar o sistema a nenhuma dessas pessoas... nem sequer ter de intervir, muito menos com regularidade.

    Por isso não venhas dizer que no Windows reinstalações e reboots são medidas necessárias e fazem parte de alguma boa prática (e que alguém a recomenda), isso é uma estupidez seja em que plataforma for...

    My son is now an "entrepreneur." That's what you're called when you don't have a job.
    Ted Turner
    Re:O que vai acontecer... (Pontos:2)
    por leitao em 24-02-05 17:42 GMT (#35)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/blog/
    Nao e' por nada, mas ali ao lado esta' um servidor a correr SQL Server em Windows 2000 Server que nunca foi rebootado desde que foi instalado em Agosto de 2003...


    I can live with doubt and uncertainty and not knowing. I think it is much more interesting to live not knowing than to have answers that might be wrong.

    Re:O que vai acontecer... (Pontos:1)
    por quantum em 25-02-05 0:41 GMT (#52)
    (Utilizador Info)
    olhó Sasser... :)
    Re:O que vai acontecer... (Pontos:1)
    por quantum em 25-02-05 0:52 GMT (#53)
    (Utilizador Info)
    Não é de todo uma medida fiável, mas quanto a uptimes podemos sempre consultar a Netcraft:

    Sites with longest running systems by average uptime in the last 7 days

    Curiosamente da lista do Top 50 apenas fazem parte BSD/FreeBSD e Windows 2000 (o Windows 2003 não está cá há tempo suficiente para figurar na contagem).

    Re:O que vai acontecer... (Pontos:2)
    por null em 24-02-05 13:41 GMT (#27)
    (Utilizador Info)
    Ai que te vai dar um ataque!!! Tu que a-d-o-r-a-s blogs dos gajos que trabalham na Micose!!! Toma lá a pérola (lembras-te dos Tablet PC, hein?)

    Nunca pensei que os blogs fossem uma coisa divertida...

    Tonidosimpostos: "a firewall mais segura que conheço é o cinto de castidade!"

    Re:O que vai acontecer... (Pontos:2)
    por 4Gr em 24-02-05 13:57 GMT (#29)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/~ei02069/blog
    Why haven't I hit it? I shut down my Tablet PC most evenings and start it up from a fresh boot. Why do I do that? Because I've been using computers for 20 years and have learned that's the best way to work.

    Esse Sr. da Microsoft deveria ter dito que é a melhor maneira de trabalhar em Sistemas Windows.

    É que o meu Linux só precisa de reboots quando lhe actualizo o kernel :-)

    Paradoxo do ano: Microsoft Works!
    Dominus vobiscum
    Re:O que vai acontecer... (Pontos:2)
    por null em 24-02-05 14:13 GMT (#31)
    (Utilizador Info)
    O problema é que a solução do reboot já está enraízada, porque achas que alteraram a função do Ctrl+Alt+Del? Era demasiado pejorativo...

    Tonidosimpostos: "a firewall mais segura que conheço é o cinto de castidade!"

    Re:O que vai acontecer... (Pontos:2)
    por leitao em 24-02-05 17:44 GMT (#36)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/blog/
    É que o meu Linux só precisa de reboots quando lhe actualizo o kernel :-)

    Se o Mr. Linus tivesse ouvido o Tanenbaum quando estava a escrever o kernel se calhar nem precisavas de reboots a quando dos updates... e se nao sabes do que estou a falar entao ainda es muito fresco nestas coisas... e nao vale ir ao Google pesquisar...


    I can live with doubt and uncertainty and not knowing. I think it is much more interesting to live not knowing than to have answers that might be wrong.

    Re:O que vai acontecer... (Pontos:2)
    por 4Gr em 24-02-05 20:37 GMT (#44)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/~ei02069/blog
    Pois é, se o Linus tivesse seguido os conselhos do Prof. Tanenbaum e tivesse concebido um microkernel, provavelmente o Linux teria o mesmo fim que o Minix: nenhum. Ou então o fim do eterno Hurd. Já o Mach é uma excepção, mas teve investimento de capital privado.

    Concordo com a opção do Linus em ter enveredado por um kernel monolítico. Claro que a manutenção do mesmo é mais complicada, mas a implementação é consideravelmente mais fácil e em tempo finito. Para além do mais, cada vez é mais modular, existindo uma grande diferença entre a brach 1.x e 2.x.

    Mas, na verdade, podes trocar de kernel sem reiniciar a máquina. Basta que o corras em user space. Claro que isto tem consequências, como a troca de contexto para executador instruções do SO em modo protegido ser bastante mais pesada.

    Quanto à do "és muito fresco nestas coisas...".. um pouco mais de consideração não te faz falta nenhuma. Tenho consideração por ti, embora a nossa divergência absoluta quanto à preferência do sistema operativo e quanto à opinião sobre a Microsoft.

    Paradoxo do ano: Microsoft Works!
    Dominus vobiscum
    Re:O que vai acontecer... (Pontos:2)
    por biduxe em 24-02-05 20:39 GMT (#45)
    (Utilizador Info)
    Se o Mr Linux tivesse ouvido o Tanenbaum nã havia reboots no linux, e provavelmente nem boots.

    ------ EOFim.
    Re:O que vai acontecer... (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 25-02-05 2:45 GMT (#58)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    claro que quando estourasse o módulo do sistema de ficheiros/swap/lvm/raid/whatever lá se ia a teoria toda para o caixote do lixo...
    -----
    Windows isn't done until Lotus won't run.
    Re:O que vai acontecer... (Pontos:0)
    por mrmv em 24-02-05 15:20 GMT (#32)
    (Utilizador Info) http://spaces.msn.com/members/shadeofwindows
    ah o post do sr. Scoble, tens de colocar em perspectiva:

    1. É afirmado por uma pessoa de marketing
    2. Depois ele não sugere um reebot diário, diz que faz um shutdown diário e que para ele sempre funcionou bem no passado mesmo com sistemas diferentes, e que por isso nunca notou o problema
    3. Imagino que o PC deste tipo de pessoa seja uma coisa notável de se ver, com uma mistura entre código final e beta a conviverem em doses generosas, e que esse tipo de ambiente é como ter um laboratório nas mãos, não podes esperar não ter problemas, memory leaks são problemas aplicacionais existem em muito software mau que por aí abunda.

    Portanto da tua afirmação que a MS recomenda, vai uma grande distância, e bem me parecia que não seria bem esse o caso...

    My son is now an "entrepreneur." That's what you're called when you don't have a job.
    Ted Turner
    Re:O que vai acontecer... (Pontos:2)
    por null em 24-02-05 16:24 GMT (#33)
    (Utilizador Info)
    Gostaria de saber onde e quando afirmei que era a Microsoft a aconselhar. Como sempre, lês mal o que os outros escrevem, mas sabes que mais, who f* cares?

    Tonidosimpostos: "a firewall mais segura que conheço é o cinto de castidade!"

    Re:O que vai acontecer... (Pontos:2)
    por null em 24-02-05 16:25 GMT (#34)
    (Utilizador Info)
    Mas espera aí, é afirmado por uma pessoa de markting? E o que é a Microsoft? MUAHAHAHAHAH

    Tonidosimpostos: "a firewall mais segura que conheço é o cinto de castidade!"

    Re:O que vai acontecer... (Pontos:0)
    por mrmv em 24-02-05 18:38 GMT (#42)
    (Utilizador Info) http://spaces.msn.com/members/shadeofwindows
    Olha candidata-te ao Levanta-te e Ri ou manda curriculum para as Produções Ficticias, penso que tens futuro...

    My son is now an "entrepreneur." That's what you're called when you don't have a job.
    Ted Turner
    Re:O que vai acontecer... (Pontos:2)
    por null em 25-02-05 9:28 GMT (#60)
    (Utilizador Info)
    Obrigado, e retribuindo a dica, dedica-te aos livros de histórias da Carochinha...

    Tonidosimpostos: "a firewall mais segura que conheço é o cinto de castidade!"

    Re:O que vai acontecer... (Pontos:2)
    por null em 24-02-05 18:05 GMT (#37)
    (Utilizador Info)
    E toma lá um bom exemplo do marketing da Micose.

    http://www.cheshirewebmill.co.uk/microsoft/

    Tonidosimpostos: "a firewall mais segura que conheço é o cinto de castidade!"

    Re:O que vai acontecer... (Pontos:2)
    por null em 24-02-05 13:52 GMT (#28)
    (Utilizador Info)
    E para complementar, um comentãrio ao comentário do Sr.Scobler, muito bom por sinal, a lembrar histórias antigas.

    Tonidosimpostos: "a firewall mais segura que conheço é o cinto de castidade!"

    Re:O que vai acontecer... (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 25-02-05 2:46 GMT (#59)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    um reboot por dia não é necessariamente mau... antes um reboot planeado para manutenção quando n é necessário do que numa altura crítica.
    -----
    Windows isn't done until Lotus won't run.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]