gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Caixa Mágica Desktop 10 Beta disponível
Contribuído por Tintim em 30-12-04 12:43
do departamento terminar_2004_com_novidades
Caixa Mágica A Caixa Mágica disponibilizou hoje, penúltimo dia do ano, a Beta da versão Desktop 10 (ver noticia completa).
A versão Desktop final sairá em Fevereiro de 2005 disponível nas lojas e para download. A versão servidor sairá em Abril de 2005.

(Ver no desenvolvimento os comentários da equipa sobre esta versão).

A versão Beta 10 tem algumas novidades técnicas que destacamos:
  • 1.- Substituição do LILO pelo Grub como loader por omissão.
  • 2.- Adopção do apt-get como sistema de instalação e actualização (sobre RPMS). O Synaptic passa a ser o instalador de software chamado pelo xLucas com um repositório on-line de 4.1 GB.
  • 3.- Renovação das listas de hardware e melhoria do suporte a WiFi e Bluetooth.
  • 4.- Utilização da mesma versão da GLIBC e do Kernel (2.6.8) utilizadas pelo SuSE 9.2.

Algumas notas sobre os pontos acima:

1. O Grub tem evoluído mais rapidamente que o LILO. Tivémos de mudar estruturalmente 4 aplicações (licas, lucas, xLicas e xLucas) mas poderá poupar trabalho no futuro.

2. Na sequência das sugestões à 8.1 apresentadas por várias pessoas, inclusivé aqui no GilDot, resolveu-se descontinuar a utilização de scripts de perl sobre RPM e utilizar o apt-get-rpm / synaptic como sistema de instalação de pacotes a partir de repositórios FTP / CD-ROM. Com os testes que fizémos, e com os RPMs bem construídos, não vimos necessidade de mudar para .debs. O resultado final foi muito bom e pensamos que a integração de tudo não fica a dever nada ao "yum" ou ao "you".

3.- Por curiosidade, as listas de reconhecimento de hardware disponível são baseadas nas do Mandrake e depois trabalhadas pelo nosso motor cmConfig. Foram desenvolvidos 2 novos módulos para o xLucas para suporte Bluetooth e Wireless.

4.- A versão da GLIBC, kernel e de algumas das principais bibliotecas são as mesmas da SuSE 9.2. Este facto foi discutido internamente com algumas diferenças de opiniões mas prevaleceu esta opção. Não é tanto pela poupança de trabalho a fazer os RPMs mas porque precisamos de ter uma compatibilidade com uma das 4 versões internacionais (Fedora, SuSE, Debian ou Mandrake).
Esta compatibilidade é importante para que o utilizador empresarial que precisa de instalar software que apenas está certificado para uma dessas distribuições (Oracle, ...) possa-o fazer em Caixa Mágica sem problemas. O mesmo se aplica a hardware proprietário em que as sources não são distribuídas.
A escolha de SuSE é porque é uma das com maior nível de certificação de hardware e software. Nada do Yast, apesar de software livre, foi utilizado e manteve-se instaladores e configuradores próprios. Para o sistema, rede, X, etc... A aposta em ficheiros de XML para armazenar informação de sistema tem se revelado certeira e pensamos que é uma das formas mais transparentes de menter informação sobre o sistema.
Por outro lado, ter em Portugal conhecimento e tecnologia própria para produzir uma distribuição de Linux compensa o esforço de adoptar o "core" de outras...
Quanto ao que não é "core", acreditamos que nãos e deve re-inventar a roda...


Outras observações:
  • Ao contrário do que foi no GilDot prognosticado por alguns no início, o sucesso da versão 8.1 servidor e desktop foi brutal e excedeu em muito as nossas expectativas.
    Até Dezembro de 2004 tinham sido feitos só do nosso site 70.000 downloads (+- 300 TB) da desktop e 20.000 da servidor. Mais os mirrors... Ambas as versões tiveram boa saída em lojas e grandes superfícies, estando igualmente instaladas em muitas empresas (temos + de 100 que fizeram o registo da compra) e escolas (1100 básicas e secundárias).
  • Apesar da Caixa Mágica ser provavelmente o software open-source em Portugal com mais pessoas dedicadas a tempo inteiro (a equipa tem 10 a 15 developers variando em full-time e part-time) não seria possível sem o apoio de portugueses que participam em outros projectos. Só para nomear alguns: KDE (e o Pedro Morais que está sempre a ser chateado pelo Flávio, o Paulo Moura Guedes que está a começar a dar apoio ao Quanta,...), Speedtouch (...o Tiago Cogumbreiro também sempre disponível), OpenOffice, Gnome, Evaristo, etc...
  • Quem estiver interessado, tem agora possibilidade de:
    - fazer download e testar. O download pode ser feito em:
        Secção Downloads. Por FTP, HTTTP ou BitTorrent...
    - Relatar erros descobertos:
        Reportar erros
    - Corrigir bugs ou contribuir para o código. O código-fonte mais actual vai ser disponibilizado no site durante a próxima semana. O repositório web actual ficou totalmente desactualizado com a migração para o Subversion. Nota para os interessados: o código das 4 aplicações principais, bibliotecas e qualquer outro desenvolvido por nós é GPL. A Caixa Mágica Software é uma empresa e comercializa o software com fins comerciais.
    - Mirrors são benvindos: tanto do site FTP (1 a 2 GB para as ISO e MD5) como para os repositórios (4.1 GB). Os interessados devem contactar p.f. geral AT caixamagica.pt.


Para concluir.
Esta versão, por ser Beta e feita por uma equipa de humanos (sim, como muito sono mas humanos), tem erros e defeitos.
Pensamos que a Caixa Mágica já provou que desenvolve um trabalho sério, não atalhando pelo caminho mais curto, de forma humilde e atenta a sugestões vindas de dentro e de fora.
Assim sendo, são os votos da equipa CM que tenham um excelente ano de 2005 e ... bom Linux para todos.

Microsoft e Software Livre? | Core Raposa, Corre!  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • Debian
  • Secção Downloads
  • Reportar erros
  • completa
  • Mais acerca Caixa Mágica
  • Também por Tintim
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    10 ! (Pontos:2)
    por ruben dig em 30-12-04 13:10 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.floppy.com.pt
    Excelente noticia , força pessoal !
    Quanto às razões da utilização dos RPMS do Suse, acho que é uma boa decisão ...
    Quem dera que a adesão ainda seja maior do que a anterior ! De certeza que sim ...
    eu bem que gostava de ajudar mas... (Pontos:1)
    por hybriz em 30-12-04 13:17 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    ...o software em que eu podia ajudar a sério não está disponivel online. refiro-me ao código-fonte das appliances.

    --
    patrocionado por: Kmos, o criminoso!
    Re:eu bem que gostava de ajudar mas... (Pontos:1)
    por hybriz em 31-12-04 13:26 GMT (#74)
    (Utilizador Info)
    não meu ignorante. é criminoso por a praticar :)
    e for the record, o que ele fazia é trivial e sem merito nenhum, basta ler o codigo e ter algum background na area...

    quanto à dor de coto, bom, se conhecesses o Kmos como ele realmente é ou era, vias a impossibilidade disso... the man is plain stupid.

    e quanto ao suZ, vejam o screenshot com olhos de gente e venham-me pegar a tanga :b os dele por outro lado não são fakes...
    que me lembre, desde 2002 ele ainda nao fez a ponta dum corno do que disse, e desde então, já foi 'desmascarado' e inclusive um tal fr0g ja meteu a info pessoal dele a circular por ai com uns mailzitos à mistura...


    --
    patrocionado por: Kmos, o criminoso!
    Re:eu bem que gostava de ajudar mas... (Pontos:1)
    por Gothic em 01-01-05 13:12 GMT (#91)
    (Utilizador Info) http://www.ClusterCube.com
    Acho piada à maneira como falas, pois não és grande espingarda, mas é sempre bom falar mal dos outros ("a minha avó é melhor que a tua"), pois és um gajo "bué da bom nisto" (já estou a imaginar), aposto que és mais um betinho de lx armado em herói :-)

    O Kmos, não é bem o que se reza por aí.. há uns anos vi-o na EFnet a ajudar (não só com palavras, mas com código, e percebe bastante, não é só garganta como alguns e não se gabava disso, pois o que andaram p'raí a mostrar, o suZ ou quem foi, não é bem assim e pelo que percebi ele pensava que tava a falar com o blackhat (que és tu), ou seja, alguém em quem podia confiar, e não estava a publicar isso no jornal), no canal #win32asm, #cracking4newbies, #cracking, etc.. e não é nada do que dizem p'raí (e pelos vistos era muito novito e já mostrava futuro, pois com sua capacidade de aprendizagem, não me admirava nada que actualmente ele fosse alguém em que o cracking foi um apenas passatempo. só assim por acaso tou a lembrar-me de outro.. o Duelist que actualmente é um grande programador e no início não dava nada por ele, como as coisas mudam e as pessoas se enganam). Talvez o que tu viste (código, logs ripados e alterados) não seja a mais pura realidade das potencialidades actuais dele, pois já deve ter aprendido muito, mas muito mesmo. E tu!? nunca vi nada, além de usares exploits feitos por outros (script kiddie, sim pq há mts canais na EFnet disto e tu andas por lá, bem como a cambada do #C da PTnet). Só digo... puta que pariu os papagaios!

    O suZ parece que já fez umas coisitas engraçadas por aí (aquilo que fez do Kmos, até a minha avó podia fazer com o vi e dar largas à imaginação), pois tou a lembrar-me do server do s33k, Xumpi (tuxsp) e por aí fora.. ainda gostava de ver o que esse tal fr0g anda praí a mostrar, se calhar apanhou outro gajo, tipo de uma vez que ouvi rumores que o s33k era o suZ.

    Characteristic of life style...
    Re:eu bem que gostava de ajudar mas... (Pontos:1)
    por hybriz em 02-01-05 16:01 GMT (#94)
    (Utilizador Info)
    é pena que para falar contigo tenha de responder a mim próprio mas pronto...

    do teu discurso incoerente só quero apenas comentar algumas partes.

    "Talvez o que tu viste (código, logs ripados e alterados) não seja a mais pura realidade das potencialidades actuais dele, pois já deve ter aprendido muito, mas muito mesmo."

    tu ao longo do reply todo falas sem conhecimento de causa, mas pronto, como hoje até estou mal disposto vou corrigir-te. eu não vi nada do kmos em terceira mão, tudo o que eu conheço do kmos é fruto de interacção directa com ele :) claro que já passou tempo e claro que me estou a cagar para o que ele é ou foi, as minhas brincadeiras não passam de sarcasmo para com um gajo que gosta de se armar em bom :) e posso-te mostrar os logs que ele tinha comigo que são o rir, mas não é necessário, basta ver a postura dele por exemplo na mailling list de segurança da projecto-oasis... mas pronto, como tu gostas de argumentar sem conhecimento de causa, fica la com a torradeira amarela...

    "E tu!? nunca vi nada, além de usares exploits feitos por outros (script kiddie, sim pq há mts canais na EFnet disto e tu andas por lá, bem como a cambada do #C da PTnet). Só digo... puta que pariu os papagaios!"

    :) fico feliz. é normal que nunca tenhas visto nada meu, alem de ser o blackhat, sou blackhat, isto é, sou contra a industria de segurança e tudo o que ela significa. sou contra os script kiddies e todo o lobby economico à volta deles e dos parasitas do pessoal de empresas tipo snosoft, iss, idefense, etc etc...

    "além de usar exploits feitos por outros"

    nesta frase há dois problemas: o primeiro é afirmar que me viste a utilizar exploits, o segundo é alem disso os exploits serem feitos por outras pessoas diferentes de mim. não vendo vantagem em clarificar esta questão, só me pergunto como é que tu me vez a fazer seja o que for nessa área, mas pronto, só achei piada à tua incoerencia brutal, visto que não fazes a minima ideia proto-factual de com quem estás a falar...
    mas não, eu ando no warez da efnet... ROTFL!

    "O suZ parece que já fez umas coisitas engraçadas por aí (aquilo que fez do Kmos, até a minha avó podia fazer com o vi e dar largas à imaginação), pois tou a lembrar-me do server do s33k, Xumpi (tuxsp) e por aí fora.."

    o suZ não fez nada alem de brincar com o paint e dar a tanga ao kmos :) server do s33k ? server do xumpi? parece-me que estás (mais uma vez) equivocado. mais uma vez, como não estou para ilucidar ignorantes, não vou clarificar a questão :) até porque novelas na gildot ja chegam...

    "ainda gostava de ver o que esse tal fr0g anda praí a mostrar, se calhar apanhou outro gajo, tipo de uma vez que ouvi rumores que o s33k era o suZ."

    vale apena dizer que ficou provado por A+B=C que o s33k é o suZ e o fr0g fez uma pequena 'vingança' ao pegar na area pessoal do s33k na FCTUNL e publica-la, em conjunto com alguns emails do próprio.

    para quem não sabe, isto é tudo novela de irc e vale apena ignorar. o suZ é um idiota que anda desde 2002 a dizer que owna tudo e todos e nunca fez nada, além de fazer screenshots falsos (tão obvios que nem vale apena dizer quais sao as incongruências que detêm) e enganar pobres de espirito. de retorno, qualquer sinal visivel no 'mundo real' relacionado com o suZ foi sequencialmente ownado e humilhado. por volta de 2003 pura e simplesmente perdeu a graça e nunca mais se fez nada ao pobre do rapaz...

    e rapazola, falares de mim quando não me conheces ou falar do proprio kmos quando não o conheces e ainda ter a lata de demonstrar isso na reply que escreveste não é estúpido, é plenamente triste, alem de imberbe.



    --
    patrocionado por: Kmos, o criminoso!
    Re:eu bem que gostava de ajudar mas... (Pontos:1)
    por Gothic em 02-01-05 18:46 GMT (#95)
    (Utilizador Info) http://www.ClusterCube.com
    Não é bem como "rezas", mas como disse anteriormente, conheço mais de ti e dele do que pensam.. mas também não interessa tar aqui a provar nada =) enjoy life script kiddie! hehehe

    Characteristic of life style...
    Parabens (Pontos:2)
    por humpback em 30-12-04 13:56 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://dev.gentoo.org/~humpback/
    A toda a equipa os meus parabens. Paulo: Para quando a mudança para o portage :) ?

    Gustavo Felisberto
    (HumpBack)
    Web: http://dev.gentoo.org/~humpback

    Re:Parabens (Pontos:2)
    por Tintim em 30-12-04 14:22 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://paulo.trezentos.gul.pt
    Gustavo: provocador :-)
    Ainda agora migrámos o sistema de instalação / actualização e já nos estás a dar mais trabalho :-)
    Mais a sério: cada um dos sistemas existentes tem virtudes. O que penso que por vezes falta é capacidade de perceber qual das virtudes é mais importante para o objectivo que pretendemos atingir.
    IMHO na evolução dos projectos open-source, a capacidade de escolha é mais determinante porque as alternativas são mais numerosas.

    Re:Parabens (Pontos:2)
    por humpback em 30-12-04 17:43 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://dev.gentoo.org/~humpback/
    Bem, como tou com um ombro deslocado a prosa vai ser curta, que escrever so com a esquerda á complicado.
    Isto poderia ser o início de uma grande conversa, que eu ja tive o prazer de ter contigo.
    O projecto Caixa Mágica foi algo a que eu torci o nariz no início, mas penso cada vez mais que foi boa ideia, de cada vez que vejo alguem na Univ bootar um CM e não um windows sinto isso.
    Pode ser que um dia achem o portage com pacotes binários uma boa solução para o problrma que querem resolver. Nesse dia manda um toque :)

    Gustavo Felisberto
    (HumpBack)
    Web: http://dev.gentoo.org/~humpback

    Re:Parabens (Pontos:0, Redundante)
    por BackDoors em 30-12-04 18:56 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    O mal do apt-get é o tempo que demora os binários a ficarem disponiveis. Eu na altura do rh9 instalei-o e ficava semanas até que actualizassem fosse o que fosse. É verdade que no Gentoo temos que compilar quase tudo, mas temos tudo fresquinho acabado de sair :D Fico a espera da versão final para convencer o ppl do instituto a instalar isso nos PC's, já que o problema de muitos ainda está no idioma do SO.
    Re:Parabens (Pontos:2)
    por Init em 30-12-04 20:47 GMT (#19)
    (Utilizador Info)

    Isso não tem a haver com o apt-get. Com o apt-get também podes obter o source dos pacotes, e gerir os pacotes a partir do código fonte (embora nem de perto de uma forma tão boa como o portage faz). E por exemplo em Debian sid, os pacotes são normalmente muito recentes muitas vezes de versões saidas no próprio dia.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Parabens (Pontos:2)
    por gass em 30-12-04 21:13 GMT (#23)
    (Utilizador Info) http://www.otiliamatos.ath.cx/~gass
    existe um pacote para criar .debs directamente da tree do cvs ou do svn. Acho o apt-get muito simples e muito eficaz.
    Cumps-
    Gass
    Re:Parabens (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 30-12-04 20:46 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://www.midnightcreations.org

    Portage? Why not the real thing?

    :-D

    "It is every citizen's final duty to go into the tanks and become one with all the people."
    - Chairman Sheng-ji Yang, "Ethics for Tomorrow"

    Re:Parabens (Pontos:2)
    por humpback em 03-01-05 14:48 GMT (#98)
    (Utilizador Info) http://dev.gentoo.org/~humpback/
    Estive para não responder.... Por isso pergunto:
    Porque é que um link para o site do freebsd é "the real thing" ?
    Talvez o Dehumanizer pense que os "Ports" é algo exclusivo do FreeBSD?
    Talvez o Dehumanizer seja contra a evolução.

    Posso levar com moderação de flamebait mas ja estou positivamente farto de ignorância. O Portage é um sistema de gestão de meta-distribuições. Os ports é um sistema de distribuição de software. Tentem ver um pouco "the big picture".

    Dentro de 2-3 anos vamos (e digo vamos não apenas como developer de gentoo mas como utilizador) ter Gentoo/Linux, Gentoo/*BSD, Gentoo/OSX, Gentoo/Cygwin, Gentoo/Solaris (alguns já existem). Isto tudo devido ao trabalho de CENTENAS de pessoas. O Portage é uma coisa, os ports são outra. Parem de misturar as coisas por favor.

    Gustavo Felisberto
    (HumpBack)
    Web: http://dev.gentoo.org/~humpback

    Formação caixa Mágica (Pontos:2, Interessante)
    por Coronel em 30-12-04 14:36 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Se alguém que tenha feito algum dos módulos de formação linux da CM não se importar de deixar aí a sua opinião dos mesmos, agradeço.
    Re:Formação caixa Mágica (Pontos:1)
    por ruisim em 31-12-04 0:07 GMT (#37)
    (Utilizador Info)
    Já tive formação na CM modulos de inicial e avançado, e confirmo a qualidade tecnica dos formadores, bem como a motivação por eles transmitida.
    keep up the good work.
    Off Topic (Pontos:2)
    por 4Gr em 30-12-04 15:16 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    Como vai o projecto do ensino superior da inclusão de Linux/OpenOffice.org?

    A mim parece-me que, como foi colocado no final do terceiro período, será aquela matéria que irá ser penalizada no tempo.

    Para qualquer dos efeitos, a iniciativa está de parabéns, e isto só foi possível graças ao facto de existir uma distribuição quase inteiramente localizada para português de Portugal.

    Paradoxo do ano: Microsoft Works!
    Dominus vobiscum
    Re:Off Topic (Pontos:0, Despropositado)
    por Gothic em 30-12-04 15:44 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://www.ClusterCube.com
    E claramente ripada do Suse, apesar de actualmente os ventos estarem a mudar e começarem a navegar pelos seus próprios mapas, mas é de louvar a iniciativa, mesmo com tanto dinheiro que "xulam".

    Characteristic of life style...
    Re:Off Topic (Pontos:2)
    por Init em 30-12-04 20:49 GMT (#20)
    (Utilizador Info)

    Também as outras estão quase inteiramente localizadas em Português. Isso não é exclusivo do Caixa Magica.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Off Topic (Pontos:2)
    por Tintim em 30-12-04 21:45 GMT (#28)
    (Utilizador Info) http://paulo.trezentos.gul.pt
    Não é o exclusivo da Caixa Mágica.
    Mas se como utilizadores estão fartos de andar a instalar à mão o Ispell-portugues, instalar / configurar o dicionário para o OpenOffice, configurar o KDE para a zona, procurar patchs para octal, speedtouch ou outro, sacar RPMs e pagar tráfego internacional ... então é altura de instalarem e testarem a Caixa Mágica.

    O mesmo se aplica às escolas: existiu o cuidado de tudo estar consistente e bem encaixado.

    Para saberem mais informações:
    http://www.caixamagica.pt/educacao/


    Re:Off Topic (Pontos:2)
    por vd em 30-12-04 21:53 GMT (#30)
    (Utilizador Info) http://paradigma.pt/~vd
    instalar / configurar o dicionário para o OpenOffice

    Desde a versão 1.1.1 que o OpenOffice.org em Português, vem com o dicionário português incluido e configurado, bem como uma série de extras.

    ps: O OpenOffice.org, desde a versão 1.1.2 possui um instalador automático de dicionários, também em português.

    //vd
    Re:Off Topic (Pontos:2)
    por Tintim em 30-12-04 22:00 GMT (#32)
    (Utilizador Info) http://paulo.trezentos.gul.pt
    Era um exemplo. Na versão 8.1 muita gente gostou e valorizou o facto de não ter de estar a puxar e instalar à mão os dicionários.
    Ainda bem que tudo hoje está melhor.

    Mas há outras coisas...
    Os templates para a aplicação de apresentações já estão incluídos no 1.1.3?


    Re:Off Topic (Pontos:2)
    por vd em 31-12-04 2:25 GMT (#66)
    (Utilizador Info) http://paradigma.pt/~vd
    E que tal desligar os erros do php ? :)
    http://www.caixamagica.pt/pag/f_ notc00.php?id=102'

    E restringir a pesquisa para nao se ver paginas de teste ...
    http://www.caixamagica .pt/cgi-bin/pesq?termo=%27+%27&x=0&y=0

    Ou entao no elearning ...
    http://lms.caixamagica.pt/course.php?co_id=1&co_inst=1\'&set_lang=&SID=9e16e416505538fb325 80739b7a425a4
    "You have an error in your SQL syntax near '\\\'' at line 1

    SELECT * FROM lerneinheit WHERE id=1 AND inst=1\\\'"

    Yaicks!

    Isto é para ser assim?
    http: //lms.caixamagica.pt/course_info.php?st_id=1&st_inst=1&co_id=1&co_inst=1

    //vd
    Re:Off Topic (Pontos:1)
    por hybriz em 31-12-04 13:48 GMT (#75)
    (Utilizador Info)
    se calhar corrigir o SQL injection era melhor, não? :b
    quanto ao ESSE, isso que apontaste nem é o pior... basta ler um bocadinho do código pra ficar logo a ter uma ideia.

    --
    patrocionado por: Kmos, o criminoso!
    Re:Off Topic (Pontos:2)
    por bêbado em 01-01-05 13:18 GMT (#92)
    (Utilizador Info)
    " E que tal desligar os erros do php "

    Os erros não se desligam. Corrigem-se :-)

    ~~~ O vinho é q'induca e o fado é q'instrói ~~~
    Re:Off Topic (Pontos:1)
    por BeBe em 03-01-05 14:28 GMT (#97)
    (Utilizador Info) http://www.domingos-bruges.com/
    Que tal um mail privado? Qual a necessidade deste post? Nem está relaccionado com o post anterior..


    --
    djsb
    Re:Off Topic (Pontos:2)
    por vd em 31-12-04 2:27 GMT (#67)
    (Utilizador Info) http://paradigma.pt/~vd
    Os templates para a aplicação de apresentações já estão incluídos no 1.1.3?

    Se me tivesses escutado há bem mais tempo, terias descoberto que não só os templates estão em Português, como correcções nos atalhos de teclado como funções de menu.

    O trabalho não parou só na tradução.

    //vd
    Re:Off Topic (Pontos:2)
    por Init em 31-12-04 0:31 GMT (#41)
    (Utilizador Info)

    Não utilizo Caixa Magica (excepto pontualmente para acompanhar o trabalho da vossa equipa) e nunca fiz isso. E em Debian há pacotes para speedtouch, e mirrors com os pacotes em servidores considerados trafego nacional.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Off Topic (Pontos:2)
    por gass em 31-12-04 15:26 GMT (#81)
    (Utilizador Info) http://www.otiliamatos.ath.cx/~gass
    Puxando a brasa à sardinha...

    Realmente ter uma distribuição de pt_PT é bom.
    Tal e tal, ispell e tal, ok, ok ... Porém, não são os unicos a fazer um grande esforço ...

    Já instalaram debian com o novo installer?
    E traduzir, por exemplo o gtkam para pt_PT? Ninguém usa maquinas fotográficas?

    aqui fica um GRANDE pequeno projecto de apenas tradução: http://www.debianpt.org/~traduz/

    Quem gosta de uma certa aplicação que não está traduzida, basta fazer apt-get source pacote e traduzir o template.po e renomea-lo para pt_PT.po. Mais instruções na pagina.

    Cumps-
    Gass
    Beta? (Pontos:1, Despropositado)
    por bêbado em 30-12-04 16:10 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Confesso que não conheço o Linux Caixa Mágica (Shame on me!) e confesso também que estou 'mal habituado' com a estabilidade do Slackware.

    Permitam-me por isso perguntar porquê tanto ênfase no lançamento de uma versão Beta de um sistema operativo? Sei que isso não é inédito nem no mundo Linux nem no outro. Mas o ênfase não deveria ser colocado no lançamento de versões finais em vez de versões RCs, Betas, Alfas, etc?

    Arrisco mesmo a pergunta: qual a razão de disponibilizar uma versão de um sistema operativo insuficientemente testado?

    Bem-haja aos humanos que mantém a Caixa Mágica com tamanha preseverança.

    ~~~ O vinho é q'induca e o fado é q'instrói ~~~
    Re:Beta? (Pontos:2)
    por Tuaregue em 30-12-04 16:17 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    O porquê, simplesmente porque é Português, acho que basta. E quanto mais publicitado, mais testado, pelo menos devia de o ser, só é pena não termos um pouco de espanhois porque se tivessemos o CaixaMagica já era um dos Linux's mais usados em Portugal.

    ------------------------------------------------------------
    Todas as coisas mudam, e nós mudamos com elas.

    Re:Beta? (Pontos:2)
    por Drune em 30-12-04 20:59 GMT (#22)
    (Utilizador Info)
    Não sei se testaste o CM 8.1. Acho que nenhum espanhol usa uma coisa daquelas. Sinceramente o 8.1 nao primou pela qualidade sequer..
    ..may the source be with you =)
    Re:Beta? (Pontos:2)
    por Tuaregue em 30-12-04 21:33 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    as primeiras versões do linex ou la qual é o nome daquilo, também não eram lá grande coisa, com a agravante de serem debian traduzido para espanhol, e olha que eles disseram muito mal daquilo mas continuaram a utilizar e reportar bug, só porque era espanhol.

    ------------------------------------------------------------
    Todas as coisas mudam, e nós mudamos com elas.

    Re:Beta? (Pontos:1)
    por Coronel em 30-12-04 16:44 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Arrisco mesmo a pergunta: qual a razão de disponibilizar uma versão de um sistema operativo insuficientemente testado?

    Para ser testado.

    Re:Beta? (Pontos:2)
    por Gamito em 30-12-04 18:09 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://gamito.startux.org
    Ó bêbado, escreveste isto depois do almoço :) ?

    Então o ppl das distros todas não lança as betas para serem testadas pela malta e receberem feedback ?

    Mário Gamito
    gamito.startux.org
    Re:Beta? (Pontos:2)
    por bêbado em 30-12-04 20:36 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Não ma'lembra ver o Slackware fazer isso. Foi por isso que disse que estava mal habituado :-)

    ~~~ O vinho é q'induca e o fado é q'instrói ~~~
    Re:Beta? (Pontos:2)
    por Init em 30-12-04 20:51 GMT (#21)
    (Utilizador Info)

    Para que passe a ser testado pela comunidade.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    ? (Pontos:2)
    por CrLf em 30-12-04 17:20 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://tudo-sobre-nada.blogspot.com
    Thunderbird 0.9 em português?

    --
    Carlos Rodrigues
    Re:? (Pontos:2)
    por Tintim em 30-12-04 21:14 GMT (#24)
    (Utilizador Info) http://paulo.trezentos.gul.pt
    Esse, como sabes :-), ainda não.
    É um comentário justo, até porque me esqueci de citar no post original o grupo da localização do Firefox que nos tem ajudado a integrá-lo.

    Quanto à opção...
    Entre o Evolution (opção Kurumin, FC) e Kontact (SuSE,..) acreditamos que o Firefox + Thunderbird + Sunbird são os que oferecem melhores condições. Apesar do Sunbird estar muito atrasado em termos de features...
    Quanto à localização do Thunderbird, o Flávio inclusivé já ofereceu a nossa ajuda para o Thunderbird. :-)

    Re:? (Pontos:2)
    por Tuaregue em 30-12-04 21:39 GMT (#26)
    (Utilizador Info)
    Eu apostava mais no Kontact, por ser um ambiente kde, mas dando a opção de instalar o firefox+thunderbird+sunbird.

    ------------------------------------------------------------
    Todas as coisas mudam, e nós mudamos com elas.

    Re:? (Pontos:2)
    por CrLf em 30-12-04 22:44 GMT (#33)
    (Utilizador Info) http://tudo-sobre-nada.blogspot.com
    Pois, eu estranhei. É claro que me podiam ter deixado "out of the loop", uma vez que já não sou eu a traduzir o Thunderbird[1]. :)

    Mas na realidade estava só a pensar se não trariam o Thunderbird em pt-BR.

    [1] Bom, talvez ainda seja parcialmente, uma vez que o Thunderbird partilha 1/3 da tradução com o Firefox, só que enquanto o esquema de localização não for igual ao deste último, a unificação desta parte é bastante complicada.

    --
    Carlos Rodrigues
    SuSE / Novell (Pontos:3, Interessante)
    por Gamito em 30-12-04 18:06 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://gamito.startux.org
    Oi Paulo,

    Eu fui utilizador de SuSE durante muitos anos. Já não sou.
    No entanto, do que vi da 9.2, pareceu-me (posso estar enganado) que a Novell está a começar a avacalhar a distribuição.
    Não tens medo que o futuro da SuSE torne a vida mais difícil à Caixa Mágica ?

    private joke:
    Já arranjaste as sombras daquele desenho :) ?

    Abraço.

    Mário Gamito
    gamito.startux.org
    Re:SuSE / Novell (Pontos:3, Interessante)
    por Tintim em 30-12-04 21:56 GMT (#31)
    (Utilizador Info) http://paulo.trezentos.gul.pt
    Mário,

    Há 2 meses atrás fizemos uma avaliação de 6 distribuições.
    Existem várias boas e a SuSE é uma delas. Escolhemos manter a compatibilidade binária com a SuSE 9.2 apenas porque tem representatividade empresarial (suporte ISVs e hardware) e não porque é melhor ou pior.
    Na verdade, isso significa que temos versões compatíveis de kernel + glibc. Se algo acontecer à SuSE, nada nos impede de na versão 11 assegurar a compatibilidade binária com outra ou, no caso de nós próprios termos massa crítica de suporte a nível de ISV, "descolar" das versões binárias do kernel.
    O que conseguimos garantir é que todos os mecanismos de instalação e configuração são nossos e, por muito que ocorram mudanças, apenas dependemos de nós.

    A SuSE 9.2 para não-pagantes não oferece muitas possibilidades. Pelo que percebi, os RPMs binários não estão disponíveis e não há um sistema simples de instalar novo software.

    Em termos de facilidade de instalação / utilização / configuração não sou a melhor pessoa para avaliar e comparar CM Vs SuSE.
    Comparações não ofensivas :-) são naturalmente benvindas.

    Bom ano...


    Re:SuSE / Novell (Pontos:2)
    por Gamito em 30-12-04 23:03 GMT (#34)
    (Utilizador Info) http://gamito.startux.org
    A grande malha da SuSE é o YaST (especialmente em runlevel 3).
    Acho que agora já é GPL, não é ?

    De qualquer modo, a SuSE sempre foi muito má em termos de actualizações.
    Quando eles lançavam versões de 4 em 4 meses há 5/6 anos atrás, isso não era muito crítico. Agora já não é assim.

    Mas olha: e o yum da RHEL ?
    Eu acho excelente. "yum update" e vem tudo, incluindo dependências (às vezes tem umas pancas. No "meu" servidor de mail, o update a partir de uma certa altura, começou a insistir sempre em instalar o samba-client, sei lá porquê).
    Numa empresa, manténs um mirror local por rsync, apontas para lá o yum.conf e actualizam-se as máquinas em menos de um fósforo.
    Além disso, está escrito em Python, que vai tendendo a substituir o PERL nestas coisas e não tens problemas de compatibilidade binária.

    De qualquer modo, bom mesmo bom, são os ports do FreeBSD conjugados com o cvsup :)
    Tão simples e tão eficiente. O FreeBSD faz o trabalho pelo utilizador em termos de dependências. Em Linux, às vezes, é o que a gente sabe.

    Bem, são só pensamentos.
    A verdade é que nunca usei a Caixa Mágica, pelo motivo que a fez aparecer: não gosto mesmo nada de software em português.

    Mas quando sair a versão final, instalo num vmWare e depois mando-te um mail com umas ideias mais assentes.

    Mário Gamito
    gamito.startux.org
    Re:SuSE / Novell (Pontos:2)
    por jadrian em 30-12-04 23:36 GMT (#36)
    (Utilizador Info)
    De qualquer modo, a SuSE sempre foi muito má em termos de actualizações. Quando eles lançavam versões de 4 em 4 meses há 5/6 anos atrás, isso não era muito crítico. Agora já não é assim.

    Não é extraordinária, mas não acho nada má. Conheces os supplementary e packman? Até Existem YaST sources para ambos, assim como repositórios ATP. Ainda estou com SUSE 8.2! e tenho KDE 3.3.2, ultima versão de mplayer, xine, etc etc. E já agora, porquê a má impressão do SUSE 9.2?
    Re:SuSE / Novell (Pontos:2)
    por Gamito em 31-12-04 0:29 GMT (#40)
    (Utilizador Info) http://gamito.startux.org
    There's a good deal of general confusion about how NetWare, SUSE Linux, SUSE Enterprise Server, various mail products, eDirectory, ZENworks, Ximian's desktop and Evolution mail client, and now the Novell Linux Desktop all fit together. Bill von Hagen reviews the latest Novell Linux Desktop offering to sort all this out.



    Mário Gamito
    gamito.startux.org
    Re:SuSE / Novell (Pontos:2)
    por jadrian em 31-12-04 1:29 GMT (#53)
    (Utilizador Info)
    Não percebi. Esse excerto refere-se à estratégia da Novell relativamente aos seus multiplos produtos. Em seguida vem uma review de Novell Linux Desktop. Não tem rigorosamente nada acerca de SUSE 9.2.
    Re:SuSE / Novell (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 31-12-04 0:13 GMT (#38)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    bem vindo ao século 21, onde o you, apt-get, yum, urpmi, emerge, apt-rpm, swaret, etc. já vão buscar as dependências todas com um update.
    -----
    You can't take the sky from me...
    Re:SuSE / Novell (Pontos:2)
    por Gamito em 31-12-04 1:30 GMT (#54)
    (Utilizador Info) http://gamito.startux.org
    urpmi ?
    Regra nº 1 da utilização de Mandrake: nunca faças updates se não queres estragar o sistema (ex.: instala-te um kernel novo, mas não têm disponível a source dele :P).

    Been there, done that, got the T-shirt.

    Mário Gamito
    gamito.startux.org
    Re:SuSE / Novell (Pontos:1)
    por hybriz em 31-12-04 13:58 GMT (#78)
    (Utilizador Info)
    bom, senão sabes utilizar o urpmi o problema está entre o teclado e a cadeira. Já fui 'forçado' a utilizar Mandrake Secure e nunca tive um único problema a utilizar stock kernels.
    E não tem disponivel a source? bem, ahmmm?! kernel-source ring a bell? sabes que Mandrake é das ondas do Redhat, ou seja, tens 3 ou 4 stock kernels com configurações pseudo-generalistas (kernel,kernel-smp,kernel-bigmem e por ai fora) e depois tens o kernel-source com a source do kernel. é ridiculo puxar um stock kernel e vir com xMB de source atrás...


    --
    patrocionado por: Kmos, o criminoso!
    Re:SuSE / Novell (Pontos:2)
    por Gamito em 31-12-04 19:34 GMT (#86)
    (Utilizador Info) http://gamito.startux.org
    Sorry, mas estás enganado.
    O kernel da Mandrake vem tão kitado, que é impossível compilar um vanilla, mesmo aplicando todos os patches. Já o tentei e ao 3º ou 4º patch, começavam os erros.

    Mário Gamito
    gamito.startux.org
    Re:SuSE / Novell (Pontos:1)
    por hybriz em 02-01-05 15:46 GMT (#93)
    (Utilizador Info)
    estou enganado? não me viste falar em vanilla pois não?
    e não precisas de patches nenhuns pra usar um vanilla, só precisas no máximo de 'desactivar' NPTL se eles tiverem feito como a redhat (duvido mas também não estou a par).

    sinceramente, e sem querer insultar, parece-me que o problema está entre o teclado e a cadeira.


    --
    patrocionado por: Kmos, o criminoso!
    Re:SuSE / Novell (Pontos:2)
    por [Cliff] em 31-12-04 0:32 GMT (#43)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com/~cpinto
    O ridículo do yum é que precisa de mais memória que alguns serviços críticos.
    E antes que venham para aqui bater no ceguinho: um MTA é um serviço crítico. Num small-office, com umas 10 pessoas, qualquer um diz, e com razão, que 64 de RAM no servidor (aquela máquina ;-)) são mais que suficientes (e são). Mas não são mais que suficientes se usar o yum pois o yum crasha alegremente com falta de memória.
    Na mesma máquina, o apt não faz nada disso.
    A diferença entre um e outro é o python e o c++.

    Para terminar, o yum nem é nada de especial nem é lightweight...

    ---
    Este espaço pode ser seu...
    Re:SuSE / Novell (Pontos:2)
    por Gamito em 31-12-04 1:12 GMT (#49)
    (Utilizador Info) http://gamito.startux.org
    Com 64 MB de RAM, onde é que encafuas o anti SPAM e o antivirus ?
    No /dev/null :) ?

    Mário Gamito
    gamito.startux.org
    Re:SuSE / Novell (Pontos:2)
    por [Cliff] em 31-12-04 1:50 GMT (#59)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com/~cpinto
    ehhh no sítio onde ele está??? :)

    ---
    Este espaço pode ser seu...
    Re:SuSE / Novell (Pontos:2)
    por CrLf em 31-12-04 1:16 GMT (#51)
    (Utilizador Info) http://tudo-sobre-nada.blogspot.com
    Desculpa ter de te dizer que estás enganado em duas frentes:
    1. o yum que vem com o Fedora 3 (e que pode ser instalado noutras versões) é bastante mais rápido e aparentemente consome menos recursos que as versões anteriores;
    2. o yum na minha gateway/servidor caseiro, era lento mas funcionava (não se poderia esperar melhor de um Pentium 133 com 32Mb de RAM). Agora tem 96Mb, mas o yum não ficou mais rápido: interpretar Python num CPU da idade da pedra é pesadote. Mas não é suposto correr aquilo a toda a hora, portanto serve.
    PS: porra, hoje os meus posts têm todos listas com números...

    --
    Carlos Rodrigues
    Re:SuSE / Novell (Pontos:2)
    por [Cliff] em 31-12-04 1:52 GMT (#60)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com/~cpinto
    hum num UML a que tive acesso, Fedora instalado, UML com 64 de RAM, confirmei o crash do YUM três vezes, todas a fazer o yum update.
    Não fiz tweaks nem nada do género por isso diz-me qual foi a magia que fizeste para por isso a funcionar com 32 da ram :)

    ---
    Este espaço pode ser seu...
    Re:SuSE / Novell (Pontos:2)
    por CrLf em 31-12-04 2:12 GMT (#65)
    (Utilizador Info) http://tudo-sobre-nada.blogspot.com
    Nenhuns. Mas a versão de que falo não era a do Fedora 3, é possível que haja um bug qualquer nessa.

    --
    Carlos Rodrigues
    Re:SuSE / Novell (Pontos:2)
    por Cyclops em 31-12-04 12:07 GMT (#70)
    (Utilizador Info)
    O yum 2.1 está mesmo _muito_ melhor!

    Seja como for, o RHEL não tem yum, com licença! Podes é ir buscá-lo a algum repositório externo...
    Re:SuSE / Novell (Pontos:1)
    por hybriz em 31-12-04 13:55 GMT (#77)
    (Utilizador Info)
    o yum é mau exemplo de bom código em python. conceptualmente não está nada de especial, pelo contrario, até está bem lento. o problema reside bastante no modulo rpmdb da redhat que basicamente é uma porcaria. o up2date está mais 'jeitoso' mas de qualquer modo ambos alem de lentos e gulosos (a nivel de utilização de memoria) quando há problemas levam a rpmdb com eles... não há cá pseudo-backup/roll-back.

    o problema nao é do python, é da redhat.

    --
    patrocionado por: Kmos, o criminoso!
    Re:SuSE / Novell (Pontos:2)
    por Init em 31-12-04 0:44 GMT (#45)
    (Utilizador Info)

    Tive a utilizar Suse durante um mês e achei o Yast, uma ferramenta que dá demasiado trabalho e em alguns aspectos um pouco confusa.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:SuSE / Novell (Pontos:3, Informativo)
    por CrLf em 31-12-04 1:26 GMT (#52)
    (Utilizador Info) http://tudo-sobre-nada.blogspot.com
    No DQ-FCT/UNL, todos os servidores Linux que temos são SuSE e, apesar de eu ser mais pró-RedHat, não me faz espiga nenhuma pois neste aspecto não sou religioso, todas as distribuições têm as suas vantagens e defeitos, mas no final Linux é Linux. No entanto tenho uns pet-peeves com o YaST:

    Aquilo tem a mania que é mais esperto que o administrador, e guarda muitas definições à parte dos ficheiros de configuração das aplicações/serviços. Depois um tipo configura coisas à mão e ele vem por trás e estraga. Esta é daquelas coisas que me tira do sério, já tive de reconfigurar o NUT num dos servidores por esta razão, pelo menos 3 vezes (nunca consegui reproduzir o problema, mas algum update corria o SuSEConfig de uma forma manhosa).

    O YaST simplifica muito as configurações iniciais, permitindo fazer muita coisa por point & click. Mas quando chega uma altura em que o GUI se começa a tornar um empecilho e os ficheiros de texto são o paraíso. Nessas alturas o YaST não pode simplesmente achar que manda na máquina, como se fosse uma ferramenta da Microsoft.

    --
    Carlos Rodrigues
    Re:SuSE / Novell (Pontos:2)
    por Init em 31-12-04 13:54 GMT (#76)
    (Utilizador Info)

    Por acaso esses foram alguns dos problemas que também econtrei no Yast.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:SuSE / Novell (Pontos:2)
    por jadrian em 01-01-05 1:14 GMT (#89)
    (Utilizador Info)
    O YaST simplifica muito as configurações iniciais, permitindo fazer muita coisa por point & click. Mas quando chega uma altura em que o GUI se começa a tornar um empecilho e os ficheiros de texto são o paraíso. Nessas alturas o YaST não pode simplesmente achar que manda na máquina, como se fosse uma ferramenta da Microsoft.

    Lembro-me de ter esse problema com alterações no /etc/profile e depois reparar que alterações à pata não deviam ser feitas aí mas num ficheiro /etc/profile.local para o YaST não lhe tocar. É bem possível que não seja o caso, não tenho muita experiência com twekings do sistema, de qualquer modo, aí fica a pseudo-dica...
    Hmmm, isto é mau (Pontos:2)
    por CrLf em 30-12-04 23:06 GMT (#35)
    (Utilizador Info) http://tudo-sobre-nada.blogspot.com
    A SuSE 9.2 para não-pagantes não oferece muitas possibilidades. Pelo que percebi, os RPMs binários não estão disponíveis e não há um sistema simples de instalar novo software.

    Realmente... estava completamente a leste disto, mas agora que o referiste... no FTP da SuSE realmente só estão as sources (da distribuição, porque os updates têm binários)...
    Mas pronto, é do mau hábito: do meu ponto de vista o pacote do SuSE aparece sempre automagicamente.

    Mas olha que isto é algo que não me agrada nada. A Red Hat também não fornece os binários do RHEL, mas por outro lado tem o Fedora, o que torna a coisa um pouco irrelevante para os normais consumidores não-pagantes das distribuições (e para aqueles em que é relevante, existe o CentOS).

    Mas a SuSE tem historial nisto: nunca houve ISOs e tinham aquele pormenor do YaST ser proprietário. Acho que isto só faz com que não tenham a popularidade que poderiam ter. A Red Hat chegou onde chegou, muito à conta do mindshare criado pelos muitos utilizadores da versão download do RHL.

    --
    Carlos Rodrigues
    Re:Hmmm, isto é mau (Pontos:2)
    por Gamito em 31-12-04 0:32 GMT (#42)
    (Utilizador Info) http://gamito.startux.org
    Hey, hey, hey... meter Fedora Core e RHEL no mesmo saco ?

    The first thing anyone considering using Fedora needs to know is this is not a safe, sane Linux distribution. This is the playground for Red Hat engineers and random volunteer developers to go nuts and try out wacky new things, and users get to play along.

    Mário Gamito
    gamito.startux.org
    Re:Hmmm, isto é mau (Pontos:2)
    por CrLf em 31-12-04 0:43 GMT (#44)
    (Utilizador Info) http://tudo-sobre-nada.blogspot.com
    Calma... eu não estava a meter no mesmo saco.
    1. Fedora Core - a distribuição mais indicada para o utilizador comum de Linux que faz downloads e não compra pacotes, porque este é normalmente aquele tipo que gosta de mexilhar, pode aguentar algumas manias de algum software (mais do desktop, porque no lado do servidor não tão diferente do RHEL como o pintam, mas não tem updates por muito tempo - 1 ano após o lançamento, a partir daí só security fixes conforme apetece ao fedoralegacy), e quer versões recentes;
    2. RHEL - tem suporte, mantém actualizações por alguns anos e não anda no bleeding edge, portanto vai interessar mais a quem quer realmente meter serviços a funcionar. Esses normalmente compram pacotes e assim recebem os binários. Além do mais nada os impede de fazer n cópias dos CDs, ficando sem suporte, claro (mas os updates também podem ser espalhados pelas máquinas sacando para um repositório yum local).
    Daí eu dizer que a falta dos binários não é importante, porque não afecta aqueles que nunca comprariam um pacote. E aqueles que vão fazer coisas a sério mas não querem pagar, podem usar o CentOS.

    No SuSE não há hipóteses.

    --
    Carlos Rodrigues
    Re:Hmmm, isto é mau (Pontos:2)
    por [Cliff] em 31-12-04 0:49 GMT (#46)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com/~cpinto
    hmmm é impressão minha ou quem vai para o Enterprise Linux (suse ou redhat), vai por causa do suporte?
    se o geek lá do buraco pensa que só por ter um whitebox ou centos se livra das dores de cabeça, think again :) mal por mal mete o debian, já que não precisa do suporte.

    ---
    Este espaço pode ser seu...
    Re:Hmmm, isto é mau (Pontos:2)
    por [Cliff] em 31-12-04 0:51 GMT (#47)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com/~cpinto
    btw, se o geek insistir com muita força, acho que se pode puxar o suse enterprise do torrent mais próximo ou puxar a edição evaluation e deixar expirar o suporte de 30 dias.

    ---
    Este espaço pode ser seu...
    Re:Hmmm, isto é mau (Pontos:3, Interessante)
    por CrLf em 31-12-04 1:07 GMT (#48)
    (Utilizador Info) http://tudo-sobre-nada.blogspot.com
    Não é a mesma coisa. Não que o Debian seja mau, mas o RHEL tem 2 vantagens principais:
    1. suporte - a malta tem alguém a quem apontar o dedo e bater quando as coisas não funcionam;
    2. certificação - metes um Oracle num Debian e eles mandam-te ir passear; mete-o numa instalação não-comprada do RHEL e eles ficam contentes (e nada te impede de o fazer).
    E, como eu digo, nada te impede de comprar uma cópia do RHEL para instalar na máquina de testes (ou numa de várias máquinas iguais em produção) e depois instalar o resto sem pagar. É perfeitamente legal, e a Red Hat nem se deve preocupar com isso. Eu desconfio que o próprio preçário da Red Hat já é feito a pensar nisso (se todas as cópias instaladas fossem pagas, os preços seriam bastante inferiores).

    A vantagem do CentOS é beneficiar de uma distribuição que se sabe que funciona tal e qual o RHEL e que vai beneficiar do mesmo ciclo longo de updates. Porque de resto duvido que uma Oracle considere sequer suportar uma coisa dessas.

    Pela minha parte, eu gosto do estilo Red Hat, portanto não me custaria comprar uma cópia do RHEL se tal se revelasse necessário. E se quisesse simplesmente manter uns serviços menos críticos (do ponto de vista do suporte dos ISVs), colocaria o CentOS, porque poderia manter-me no mesmo estilo e ter updates durante uma data de anos.

    Só estou a excluir o SuSE aqui, derivado do que eu disse anteriormente; é mais complicado fazer isto com um SuSE.

    --
    Carlos Rodrigues
    Re:Hmmm, isto é mau (Pontos:2)
    por [Cliff] em 31-12-04 1:50 GMT (#58)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com/~cpinto
    ahhhh estamos a falar da mesma coisa então :) se queres tirar partido dos suportes há que pagar. Se tens uma distribuição não-paga, também há não-suporte e nos dias em que Marte alinha com Jupiter e Saturno, não há santo que te salve :)

    ---
    Este espaço pode ser seu...
    Re:Hmmm, isto é mau (Pontos:2)
    por CrLf em 31-12-04 1:57 GMT (#63)
    (Utilizador Info) http://tudo-sobre-nada.blogspot.com
    É, assim mais ou menos como o que levas para casa quando pagas uma licença normal do Windows 2003 :)

    --
    Carlos Rodrigues
    Re:Hmmm, isto é mau (Pontos:2)
    por [Cliff] em 31-12-04 13:08 GMT (#72)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com/~cpinto
    lol é mais ou menos isso ;-)
    Mas já ouvi dizer que para os grandes clientes a MS manda vir um code-monkey para tentar resolver os problemas... não sei qual é a definição de grande por isso se estão a pensar que eles vos vêm salvar, é preciso ter isto em atenção :)

    ---
    Este espaço pode ser seu...
    Re:Hmmm, isto é mau (Pontos:2)
    por Init em 01-01-05 12:49 GMT (#90)
    (Utilizador Info)

    suporte - a malta tem alguém a quem apontar o dedo e bater quando as coisas não funcionam;

    Desde quando é que isso é suporte??? Teres alguém para atirar as culpas é suporte?? Claro que não, a isso chama-se bode espiatório.
    Não digas disparates. Todas as licenças de Software Livre (e as proprietárias também), avisam que não há qualquer garantia. Podes é obter um contracto comercial em que a Red Hat se compromete a dar suporte técnico e não a ser um bode espiatório.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Hmmm, isto é mau (Pontos:2)
    por Gamito em 31-12-04 1:14 GMT (#50)
    (Utilizador Info) http://gamito.startux.org
    Quer o WBEL, quero o CentOS, são muito, muito bons para servidores críticos.
    Nunca tive nenhum problema com eles.

    Mário Gamito
    gamito.startux.org
    WBEL vs. CentOS (Pontos:2)
    por CrLf em 31-12-04 1:46 GMT (#56)
    (Utilizador Info) http://tudo-sobre-nada.blogspot.com
    Que tipo de confiança se pode ter no White Box? A sensação que eu tenho é que o CentOS tem mais gente à sua volta. Não me inspira confiança uma distribuição mantida por 1 ou 2 tipos, especialmente porque o interesse é continuar a receber updates até a Red Hat deixar de os lançar para o RHEL.

    Any ideas?

    --
    Carlos Rodrigues
    Re:WBEL vs. CentOS (Pontos:2)
    por Gamito em 31-12-04 11:35 GMT (#69)
    (Utilizador Info) http://gamito.startux.org
    Sim, tens razão. Por isso mesmo estou a começar a ir passando as máquinas de WBEL para CentOS.

    Além disso, o WBEL tem um problema grave com os updates: só há um servidor (rsync) de referência que está sempre engasgado. Como todos os mirrors têm que ir a ele... chapéu.
    Há pouco tempo, estivemos sem updates prái durante um mês.

    Mário Gamito
    gamito.startux.org
    Re:WBEL vs. CentOS (Pontos:2)
    por Cyclops em 31-12-04 12:10 GMT (#71)
    (Utilizador Info)
    Eu ando à procura de opiniões sobre os forks do RHEL, estou um pouco farto de manter um sozinho :).

    Já vejo que a opinião que tenho do WhiteBox não é só minha, mas entre o CentOS e o Tao e outros, que opiniões há?
    Re:WBEL vs. CentOS (Pontos:2, Interessante)
    por |Polaris| em 31-12-04 13:10 GMT (#73)
    (Utilizador Info) http://www.google.pt
    Pessoalmente o CentOS deverá ser a "spin-off" do RHEL com mais possibilidades de crescimento, apenas porque tem uma maior massa crítica de utilizadores. O TAOLinux e o Whitebox são bastante similares, embora o TAOLinux tenha alguns pacotes que o WhiteBoxLinux não tem , por exemplo o eclipse. Posso dizer que actualmente "herdei" uma infra-estrutura de 3 servidores, 2 com FC2 e 1 em WhiteBoxLinux respin 1, e o whitebox tem um uptime de 200 dias, os FC tinham de +/- 30 dias e migrei tudo os FC para CentOS e entre CentOS e WhiteBoxLinux não vejo, até ao momento, nenhuma diferença. Talvez no futuro as actualizações sejam bastante mais rápidas no CentOS. Pessoalmente diria que tanto WhiteBox ou CentOS são boas distribuições e caso instales WhiteBox e vejas que as actualizações demoram mais do que deviam podes sempre meter o yum repositorie do CentOS ;) Bom ano novo!
    It Must Be Hard Being So Good...
    Re:WBEL vs. CentOS (Pontos:2)
    por Gamito em 31-12-04 14:06 GMT (#79)
    (Utilizador Info) http://gamito.startux.org
    "Talvez no futuro as actualizações sejam bastante mais rápidas no CentOS" No CentOS, os updates aparecem no dia a seguir a serem lançados pela Red Hat. Se for um mesmo crítico, até sai no próprio dia.

    O WhiteBox é excelente, mas:

    1. tem o problema dos updates e dos respins. Vai no U1 da Red Hat, enquanto o CentOS já vai no U4 e também já tem o RHEL 4 beta para sacar, incluindo ISOs.

    2. É um one man show. Se um dia acorda com os pés de fora ou deixa de trabalhar na biblioteca, fica-se agarrado.

    O TaoOS nunca experimentei.

    Para mim, o CentOS tem a mais valia de ter um grupo de pessoas por trás e uma empresa e os updates na hora.

    Por fim, apesar de tudo isto, acho que o WBEL tem mais massa crítica de utilizadores. Pelo menos a julgar pela quantidade de tráfego nas duas mailing lists.

    Mário Gamito
    gamito.startux.org
    Re:WBEL vs. CentOS (Pontos:2)
    por CrLf em 31-12-04 15:36 GMT (#82)
    (Utilizador Info) http://tudo-sobre-nada.blogspot.com
    Hmmm, eu só vejo o update 3 nos ftps do CentOS...

    --
    Carlos Rodrigues
    Re:WBEL vs. CentOS (Pontos:2)
    por Gamito em 31-12-04 19:31 GMT (#85)
    (Utilizador Info) http://gamito.startux.org
    Eu não fui ver, o que disse, li-o na mailing list.
    Aqui vai:

    "On Wed, Dec 29, 2004 at 08:56:51AM -0500, Ryan Lane wrote:
    > Quick question. Does anybody know of any mirrors for CentOS-4.0 Beta?
    > I would like to give it a spin, but before I download the iso's from
    > c4beta.caosity.org, I thought I'd check.

    I have one at: http://archive.cs.uu.nl/

    Cheers,"
    ">Ryan, >> I am doing an rsync right now to upgrade the ISOs on
    >> c4beta.caosity.org ... I'll post another e-mail to the list when it is
    >> finished. (should be less than an hour). >>
    >> Right now, c4beta.caosity.org is the only mirror. After some more
    >> testing (and probably after all the kinks are worked out of CentOS-3.4
    >> for both i386 and x86_64) it will probably be pushed to more mirrors and
    >> release publicly.
    >>
    >> BTW, the updated ISOs roll in all previous updates (new firefox, new
    >> mozilla) and fix a bug concerning centos-release not updating when using
    >> anaconda to upgrade a CentOS-3.x to CentOS-4beta.


    Thanks for the quick reply Johnny. Looks like I'm going to dl from Henk's mirror for now. I'm going to do a clean install, so the updating issue should not be a problem."
    -Ryan

    Mário Gamito
    gamito.startux.org
    Re:WBEL vs. CentOS (Pontos:2)
    por CrLf em 31-12-04 20:19 GMT (#87)
    (Utilizador Info) http://tudo-sobre-nada.blogspot.com
    Hmmm, ok.

    Mas curiosamente uma data de mirrors tinham um 3.4beta que agora parece ter desaparecido.

    --
    Carlos Rodrigues
    Re:WBEL vs. CentOS (Pontos:3, Informativo)
    por Gamito em 31-12-04 21:43 GMT (#88)
    (Utilizador Info) http://gamito.startux.org
    Estou a leste. Como te disse, não vi.
    Já agora, o CentOS tem por trás uma Fundação e não uma empresa.

    Fica aqui uma entrevista recente com o presidente da fundação.

    Mário Gamito
    gamito.startux.org
    Re:Hmmm, isto é mau (Pontos:3, Informativo)
    por jadrian em 31-12-04 1:33 GMT (#55)
    (Utilizador Info)
    Realmente... estava completamente a leste disto, mas agora que o referiste... no FTP da SuSE realmente só estão as sources

    Estão as sources e está isto:
    PS.: The SUSE Linux 9.2 ftp version is being worked on and will be made available in this directory in mid of January 2005.
    Re:Hmmm, isto é mau (Pontos:2)
    por CrLf em 31-12-04 1:49 GMT (#57)
    (Utilizador Info) http://tudo-sobre-nada.blogspot.com
    Pois, mas pelo menos podiam ser honestos e dizer:

    "Não nos apetece disponibilizar binários para o SuSE 9.2, portanto só o faremos quando tiver prestes a sair o 9.3".

    Porque é exactamente isso que se passa... que dificuldade teria despejar o DVD para um directoria no servidor?!

    --
    Carlos Rodrigues
    Re:Hmmm, isto é mau (Pontos:2)
    por Gamito em 31-12-04 14:15 GMT (#80)
    (Utilizador Info) http://gamito.startux.org
    É pá, a SuSE sempre foi assim.

    Quem gosta, gosta. Quem não gosta, não gosta.

    Eu quando usei durante muitos anos, comprava-a sempre (até à 6.qq-coisa, ainda havia uma versão em CD. Normal, não live), mas até com isso eles acabaram.

    Pode ser que a Novell mude isso. Terem passado o YaST a GPL, pode ser uma boa indicação.
    Mais ainda, quando o YaST em terminal é soberbo, pura e simplesmente. Apesar de hoje ter a pior opinião da SuSE, continuo a achar que o YaST não tem par.
    Aliás acredito que mais tarde ou mais cedo vai ser adoptado por outras distros.

    Mário Gamito
    gamito.startux.org
    Re:Hmmm, isto é mau (Pontos:2)
    por jadrian em 31-12-04 15:52 GMT (#83)
    (Utilizador Info)
    Pois, mas pelo menos podiam ser honestos e dizer:
    "Não nos apetece disponibilizar binários para o SuSE 9.2, portanto só o faremos quando tiver prestes a sair o 9.3".


    Um pouco exagerado não? O tempo de vida de cada versão tem sido 6 meses, a cumprirem o prazo indicado, vai estar em FTP passados 2 meses e pouco.

    Porque é exactamente isso que se passa... que dificuldade teria despejar o DVD para um directoria no servidor?!

    Penso que não teria dificuldade nenhuma, assim como seria trivial disponibilizar os próprios ISOs. Os motivos por que não o fazem são obviamente comerciais. Dito isto, SUSE não se limita a despejar os rpms do DVD no sevidor. É também, disponibilizado um ISO com o instalador FTP, os pacotes não são exactamente os mesmos (real player, por exemplo não está no servidor FTP), são criadas YaST sources para o FTP, podes até verificar que os builds dos rpms não são os mesmos que os dos CDs/DVDs (não me perguntes porquê), e suponho que alguém tenha que testar instalação FTP para ver se está tudo OK. Suponho que não é algo muito complicado de se fazer, e não estou a querer justificar a demora, mas achei que valia a pena referir.

    Tendo em conta o comportamento e evolução de outras distros comerciais, SUSE até se tem portado muito bem. Os updates e patches não são só para pagantes, YaST passou a GPL, para além de instalação via FTP da última vez até disponibilizaram um ISO oficial. Eu até estou bastante satisfeito.
    Re:SuSE / Novell (Pontos:2)
    por jadrian em 31-12-04 1:55 GMT (#62)
    (Utilizador Info)
    A SuSE 9.2 para não-pagantes não oferece muitas possibilidades. Pelo que percebi, os RPMs binários não estão disponíveis e não há um sistema simples de instalar novo software.

    Como se pode ver no final do README os binários estarão disponíveis no servidor FTP a partir de meados de Janeiro. Sempre me lembro de ser assim, passado algum tempo de sair a distro disponibilizam instalação via FTP. Para o 9.1 até já disponibilizaram um ISO oficial.

    Há um sistema simples de instalar novo software. YaST sources. Por default após a instalação tens apenas como sources o local de onde instalaste a distro (e.g. CDs, DVD, FTP...). Podes adicionar mais, activar, desactivar etc. Depois basta instalar ou efectuar upgrade do que pretendes via YAST. Tens YaST sources, por exemplo, para a secção Supplementary que inclui entre outro updates de KDE . Packman, também disponibiliza YaST Sources.

    Para quem gosta de linha de comandos, adicionar packman às sources e sacar o último MPlayer pode ser feito com um simples: installation_sources -a http://packman.iu-bremen.de/suse/9.1/ && yast -i MPlayer
    Re:SuSE / Novell (Pontos:2)
    por jadrian em 31-12-04 1:57 GMT (#64)
    (Utilizador Info)
    Ah, e esqueci-me de referir que APT também está disponível para SUSE.
    Conectiva (Pontos:2)
    por mpinho em 30-12-04 21:40 GMT (#27)
    (Utilizador Info)
    Sinceramente torço pelo sucesso da Caixa Mágica. Acho importante haver uma distribuição linux portuguesa.

    Entretanto, o uso do apt com rpms e o uso do synaptic pelo instalador foram excelente idéias da distribuição brasileira Conectiva Linux, já utilizadas por ela com sucesso há mais de um ano. Por que não haver uma maior cooperação entre as duas distribuições. Bastava que a Caixa Mágica entrasse para o time:

    http://www.conectiva.com.br/cpub/body.php?pagcod=149&pubord=2&newcod=1349


    Varias Questões ???? (Pontos:1)
    por ruisim em 31-12-04 0:27 GMT (#39)
    (Utilizador Info)
    Primeiro que tudo, parabens á CM pelo trabalho que tem desenvolvido.

    Gostaria de saber qual a 'validade' da CM10 em termos de actualizações de segurança e correcção de baratas(bugs).

    Desabafo :| com tanta versão(da CM e não só), nã há pachorra, o que me vale é o CentOS que gostaria de substituir por CM but...

    Um grande abraço


    Parcialmente OFF-TOPIC (Pontos:2)
    por CrLf em 31-12-04 1:54 GMT (#61)
    (Utilizador Info) http://tudo-sobre-nada.blogspot.com
    Já pensaram em criar aqui no gildot uma poll (daquelas que ficam 6 meses) com "Para servidores uso:"
    • CentOS
    • Debian
    • Red Hat EL
    • SuSE
    • ...
    Digo isto porque me parece que afinal há mais gente a usar CentOS do que eu pensava.

    Depois o pessoal podia adicionar comentários indicando os cenários (onde possível) dessa utilização.

    Pelo menos poderia ser algo informativo, para variar um bocado. *humpf*

    --
    Carlos Rodrigues
    Número da versão (Pontos:3, Interessante)
    por Antonio Manuel Dias em 31-12-04 11:17 GMT (#68)
    (Utilizador Info) http://maracuja.homeip.net

    Isto não é nada importante, apenas uma comichão cá dentro: de onde vêm os números das versões da Caixa Mágica? Se não tem qualquer significado de continuidade (começar com a 1, passar à 2, etc.), porque não usar um esquema alternativo como o da Gentoo, indicando o ano do lançamento e a revisão? Penso que isso teria pelo menos alguma lógica... esta poderia chamar-se 2005.0, por exemplo.

    Fora isso, continuem o bom trabalho (e, sim, eu sou daqueles que no início dizia que seria melhor investir o vosso tempo noutros projectos -- como estava errado!)


    "mudem de rumo, já lá vem outro carreiro"
    Acerca da versão servidor (Pontos:2)
    por gass em 03-01-05 11:59 GMT (#96)
    (Utilizador Info) http://www.otiliamatos.ath.cx/~gass
    Eu experimentei a caixa magica versão servidor, de download.

    Eu sou daqueles gajos que testa distribuições, mas que tem intenção de contribuir monetariamente para elas, isto é, que gosta de comprar uma caixinha.

    Agora, para comprar a caixinha a distribuição tem que valer a pena.

    Uso Debian em servidores e:
    - o que me faria mudar para caixa magica?
    - Como é em questões de segurança?
    - Durante quanto tempo pensam suportar a versão 10 de servidor?
    - e software disponivel em repositorio proprio? (aqui é a utilização do apt-get e do synaptic)

    A Debian possui inumeros pacotes, com a vantagem de todos funcionarem bem, os pacotes e no conjunto a distribuição, constituindo uma distribuição estável e actualizável .. Caixa mágica será actualizável de versão para versão?

    O repositorio será grande, menos grande ou apenas com software basico?

    A escolha por rpm's é para se livrarem do servidor de http/ftp para os pacotes? Ou para diminuirem o numero de pacotes disponiveis (rpm's existem em todo e qualquer site - mas nem todos são de qualidade)?

    Têm alguma brochura que responda a estas questões?


    Cumps-
    Gass

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]