gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Open source: a hora dos analistas
Contribuído por scorpio em 05-11-04 22:53
do departamento bedtime-reading
News null escreve "Muitos devem ser os que vêm os analistas de TI como criadores de factos, tendências e talvez como Zandinga-clones. Nem vou falar sobre os consultores...
Mas parecem ser firmas como a Gartner, IDC e Forrester, que estão a potenciar o open-source entre os que decidem a nível de topo. Quem vai às conferências destas firmas, são os CxOS, pois as inscrições não são nada baratas. Um pode perguntar-se se é necessário ir a estas conferências, mas eles gostam ou acham que precisam. Ao ler um artigo na NewsForge fico a pensar se a colaboração com estas empresas não será melhor que qualquer campanha de marketing. "

iTunes: Apple puxa os cordelinhos | LinuxToday com patrocínio da Microsoft...  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • artigo
  • Mais acerca News
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Nem por isso... normalmente falham a milhas :) (Pontos:3, Interessante)
    por Cyclops em 06-11-04 9:48 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Estas consultoras frequentemente revelam uma capacidade de compreensão abaixo da média de licenças como a GNU GPL, frequentemente chamam ao Java de "open source", especialmente quando se lembram de incluir o JBoss ou o Tomcat nos exemplos, e proclamam um falso pragmatismo com vistas muito curtas.

    Um dos erros mais comuns destas consultoras é declarar que a GPL obriga a publicação de trabalhos derivados... nada mais longe da verdade. Apenas obriga a publicação dos trabalhos derivados nos mesmos termos se quem fez as alterações distribuir o trabalho para outras entidades.

    É útil quando dizem certas frases chave certas, ou chegam a conclusões correctas, mas frequentementa falham crucialmente em detalhes que podem levar (ou não) à aceitação do Software Livre da parte de alguns CxO's.

    Outro grande erro que fazem é alimentar uma divisão de comunidades Software Livre vs OpenSource, dizendo que os segundos é que são bons e pragmáticos enquanto que os primeiros... yuck, eles têm ética. Para mim isto é preocupante. A Ética é uma desvantagem(!) e algo que deve ser colocado à parte?

    Especialmente quando a ética e o respeito pelo consumidor é cada vez mais uma necessidade empresarial (frequentemente pouco ou nada cumprida), eu pergunto-me é se continuariam a fazer compras numa loja onde não vos respeitassem...
    Exemplos do artigo: (Pontos:2)
    por Cyclops em 06-11-04 9:57 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    Pela negativa:
    Worries about software liability
    (...)
    Gartner also stresses management control over what open source packages a company uses rather than letting sysadmins and other employees install whatever they want, especially on servers.

    But Gartner and other analysts aren't saying, "Don't use Linux! Avoid open source!" Most of them seem to accept open source as inevitable and are simply urging a cautious adoption pattern.
    O que está nas entrelinhas e que fica no subconsciente de um CxO é normalmente:
    1. O tipo de software que "normalmente" utilizo na minha companhia pode ser instalado à vontade enquanto que o "open source" não.
    2. Há um número muito limitado de coisas que posso fazer se devo adoptar com cautela, o outro posso utilizar com confiança.

    Mas também há pela positiva:
    The concept of cooperative software development under licenses that allow redistribution and modification has gained enough traction that this meme is now part of the enterprise IT landscape.

    Re:Exemplos do artigo: (Pontos:2)
    por Cyclops em 06-11-04 10:02 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    2. Há um número muito limitado de coisas que posso fazer se devo adoptar com cautela, o outro posso utilizar com confiança.
    O que tenho testemunhado no meu emprego é:
    Sempre que é valorizada esta confiança em software não-livre em descrédito do Software Livre, há merda. Pode ter correcção, mas ocorreu.
    Apenas tive problemas com Software Livre por causa da falta, ou na melhor das hipóteses fraca, capacidade de interoperabilidade de algum software não-livre (até agora quando acontece tem quase sempre correcção possível, com excepção da partilha de documentos, como por exemplo Visio).

    O que é preocupante é que na maioria dos casos que tenho acompanhado, repete-se o primeiro erro ad nauseum. Serão afirmações como as destas consultoras que impedem um bom julgamento?
    Re:Nem por isso... normalmente falham a milhas :) (Pontos:2)
    por Cyclops em 06-11-04 19:22 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Apenas obriga a publicação dos trabalhos derivados nos mesmos termos se quem fez alterações distribuir o trabalho para outras entidades.
    Peço desculpas pela falta! Deve ler-se:
    Apenas obriga a publicação dos trabalhos derivados nos mesmos termos se distribuírem o trabalho para outras entidades, modificado ou não.

    Colaboração (Pontos:0, Despropositado)
    por null em 06-11-04 20:00 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Bem, o Cyclops ficou entusiasmado! Para responder a todos os comentários, mais uma razão para começar a colaborar com os criadores de facto né?
    Re:Colaboração (Pontos:1)
    por null em 08-11-04 9:38 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    Entre uma constatação (o Cyclops meteu duma vez 4 comentários) até reforçar o que tinha dito (colaboração com esse pessoal para proveito do OS), onde é que está o despropositado?

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]