gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
As próximas eleições americanas serão "falsas"?
Contribuído por ajc em 01-11-04 11:00
do departamento randomized-elections
News @|7 escreve "Como sabem, na próxima 3ª Feira 150 milhões de americanos vão escolher o futuro presidente dos EUA. Muitos, já começaram a votar, mas tem existido imensos problemas, sobretudo nas mesas de voto que possuem máquinas obliteradoras e nas mesas que possuem terminais onde os leitores escolhem com um toque ( o chamado "touch-screen") no candidato. Aqui são relatados vários problemas com pessoas que querem votar em Kerry e não conseguem. "
Eis alguns relatos:

She's among the people in Bernalillo and Sandoval counties who say they have had trouble with early voting equipment. When they have tried to vote for a particular candidate, the touch-screen system has said they voted for somebody else.

She went to Valle Del Norte Community Center in Albuquerque, planning to vote for John Kerry. "I pushed his name, but a green check mark appeared before President Bush's name," she said.Griffith erased the vote by touching the check mark at Bush's name. That's how a voter can alter a touch-screen ballot. She again tried to vote for Kerry, but the screen again said she had voted for Bush. The third time, the screen agreed that her vote should go to Kerry.

Michael Cadigan, president of the Albuquerque City Council, had a similar experience when he voted at City Hall. "I cast my vote for president. I voted for Kerry and a check mark for Bush appeared," he said.

"I pushed [Kerry's] name, but a green check mark appeared before President Bush's name"

Caso não saibam, existe 50 formas diferentes de votar nos EUA e quase todas têm os seus problemas. As pessoas desta vez querem realmente mudar o rumo das coisas e estão a votar massivamente no seu candidato preferido, mas será que ele é o futuro presidente dos EUA? Será que Bush não tentará por todas as formas enganar mais uma vez e ganhar a presidência?

Posso-vos dizer que todos os fim-de-semana dos últimos 2 meses, milhares de americanos têm realizado excursões aos estados mais indecisos para tentarem convencer as pessoas que têm de votar na mudança e na democracia e não no terror e na guerra. Na próxima 3ª Feira o mundo vai estar atento ao que se passa nos EUA, mas será que tudo será democratamente legal? Será que o povo mais tecnológicamente evoluído não consegue criar a tecnologia necessária para as suas eleições?

Novo logo para o NetBSD | 5ª Conferência da APSI no Instituto Superior Técni  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Aqui
  • Mais acerca News
  • Também por ajc
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Anti-bushismo primário (Pontos:0, Lança-chamas)
    por joao em 01-11-04 11:16 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Isto é o chamado anti-Bushismo primário.

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura
    Re:Anti-bushismo primário (Pontos:0, Despropositado)
    por racme em 01-11-04 12:49 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://tinyurl.com/2zvku
    nao queres tu antes dizer anti-Primatismo-suino?




    US Presidential Election 2004: No matter Who wins, we all Lose!
    Re:Anti-bushismo primário (Pontos:0, Lança-chamas)
    por Cirruz em 02-11-04 1:46 GMT (#46)
    (Utilizador Info)
    Acho que o teu post responde à pergunta: NÃO! É mesmo anti-americanismo/bushismo-primário.

    Acorda meu! O Capitalismo e o Libertarianismo são o futuro! As merdas que te andam a meter na cabeça já foram postas à prova em dezenas de países e nunca resultaram! Olha para Cuba e para a Coreia do Norte... Olha para o estado em que a URSS deixou a Rússia! Acreditas mesmo nessas merdas ou só és assim para contrariar o papá?!?

    Cirruz

    Re:Anti-bushismo primário (Pontos:2)
    por higuita em 02-11-04 4:41 GMT (#49)
    (Utilizador Info)
    O Capitalismo e o Libertarianismo são o futuro!

    Como ouvi a uns dias, com o capitalismo e o libertarianismo temos a globalizacao e esta esta' a mover os empregos para a india, china e outros paises com mao de obra barata...

    os grandes economistas americanos que defendiam a globalizacao ja' estao a comecar a mudar de ideias e a apoior medidas protecionistas... porque? porque comeca a entra-lhes no bolso...
    as coisas sao boas enquanto nos beneficiam, quando comecam a roubar-nos os privilegios, passar a ser o demonio...

    a realidade e' que ainda nao foi encontrado o modelo economico perfeito, teem todos vantagens mas tambem falhas...

    sobre cuba, se os EUA acabassem com o bloqueio, talvez a situacao economica de cuba fosse muito melhor (nada falo sobre o modelo politico, apenas o economico, portante nem comeces...)

    se deixasses de ser fanatico vias que nao e' preciso ser de esquerda para nao gostar do bush (e ja' agora, do santana lopes e o portas), conheco muita gente de direita (fanaticos ate') que ja' mudaram de opiniao

    lembra-te, la' porque tu tens um ponto de vista, nao quer dizer que os outros estejam errados, podem estar ambos certos E errados ao mesmo tempo

    Higuita
    Re:Anti-bushismo primário (Pontos:2)
    por Init em 02-11-04 12:13 GMT (#63)
    (Utilizador Info)

    Eu não gosto do Bush, e não sou anti-americano. Espero que não confundas as coisas, porque não são de forma alguma a mesma coisa (o Kerry também não é geralmente melhor).

    O Bush é um fanático religioso, que é manipulado, por outros fanáticos religiosos, e por alguns interesses comerciais e politicos extremamente conservadores.

    Ser contra a actual politica que governa os EUA não é ser comunista, nem sequer ser de esquerda, é ser democráta e ter respeito pelos direitos humanos. Não estou a falar sequer da questão da guerra no Iraque, isso é um assunto ainda mais complexo, falo sim dos prisioneiros de Guantanamo, da ausência de direitos fundamentais a quem visitar os EUA sem visa (os cidadãos de alguns países como Portugal podem fazer isto legalmente), falo de leis absurdas como Patriot Act e outra que permite às autoridades locais expropriar compulsivamente as pessoas das suas porpriedades apenas por não estarem a ser aproveitadas da forma que as autoridades locais acham que deveriam estár (eu acho que isto é um roubo apoiado pelo estado), e depois vender essas propriedades (para terem uma ideia já houve comerciantes a apresentar queixas e a comprar aos "municipios" as propriedades de concorrentes, entre outros abusos), o governo permitir pena de morte e muitas outras leis que se tem tentado aprovar nos EUA.

    Estes não são os EUA, da liberdade que todos nós gostamos e que defendeu o mundo contra ameaças como o Nazismo e o Imperialismo Japonês, não são os EUA dos ideiais da luz dos seus fundadores.
    OS EUA deveriam por os olhos nos seus fundadores, podia ser que assim aprendessem consigo próprios.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Anti-bushismo primário (Pontos:2)
    por quantic_oscillation em 02-11-04 13:29 GMT (#73)
    (Utilizador Info) http://fs-oss.cjb.net
    o kerry é mais um mafioso saido de yale e que pertence à mesma escumalha do bush, e que só pretende manter a oligarquia.

    são ambos skull&bones de yale
    Re:Anti-bushismo primário (Pontos:2)
    por Gamito em 01-11-04 20:19 GMT (#23)
    (Utilizador Info) http://gamito.startux.org
    Porquê ? Podem haver outros tipos de anti-Bushismo ?

    Mário Gamito
    gamito.startux.org
    Re:Anti-bushismo primário (Pontos:1)
    por Cirruz em 02-11-04 0:47 GMT (#41)
    (Utilizador Info)
    Não, não é anti-Bushismo-primário. É mesmo ignorância e alguma rebedia pequeno-burguesa à mistura.

    Cirruz

    Re:Anti-bushismo primário (Pontos:1)
    por Dokic em 02-11-04 0:53 GMT (#42)
    (Utilizador Info)
    Mas qual anti-Bushismo qual quê? É muito dificil ver que as eleições estão a ser uma fraude!? Enfim... E ainda há coragem para se chamar a isto anti-Bushismo... Não é novidade nenhuma para ninguém que com o Bush é tudo "Eu quero, posso e mando!" sem se preocupar com as consequencias. O lugarzinho de poder esta a saber lhe muito bem e, como todos sabemos, vai fazer o possivel para ninguem lhe tirar o lugar!
    Re:Anti-bushismo primário (Pontos:0, Lança-chamas)
    por Cirruz em 02-11-04 1:43 GMT (#45)
    (Utilizador Info)
    "É muito dificil ver que as eleições estão a ser uma fraude!?"

    Pá, tem calma! Até agora só votaram menos de 1 milhão de eleitores! Ainda faltam 159 milhões! Acho que é um pouco cedo para dizer se há fraude ou não... A não ser que tenhas os super-poderes da Astróloga/Taróloga/Apresentadora Maia!

    "Não é novidade nenhuma para ninguém que com o Bush é tudo "Eu quero, posso e mando!""

    Humm... Onde é que eu já ouvi isto... Já sei! Camarada Cassete Carvalhas, és tu? Sob o pseudónimo de "Dokic"? Camarada, pá, vamos sentir saudades tuas! Não te esqueças de pelo menos nos mandares um postal!

    Cirruz

    Re:Anti-bushismo primário (Pontos:1)
    por Dokic em 02-11-04 8:07 GMT (#51)
    (Utilizador Info)
    Nao sou a Maia mas sei perfeitamente reconhecer quando as coisas são incorrectas e quando algo muito estranho se passa (não é preciso ser-se o Einstein). Quanto ao Camarada NÃO, não seu eu nem nenhum dos comunas que por aí andam. Apenas utilizei uma expressão há muito utilizada por muita gente!
    Re:Anti-bushismo primário (Pontos:2)
    por Init em 02-11-04 12:17 GMT (#64)
    (Utilizador Info)

    Não te rales porque chamar comuna, ou anarca é a unica forma de "argumentação" que a extrema direita e os mente-captos têm...


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Anti-bushismo primário (Pontos:1)
    por Cirruz em 02-11-04 17:00 GMT (#79)
    (Utilizador Info)
    Eheh, eu é que sou "mente-capto" e tu é que dás 4 erros ortográficos numa frase com 22 palavras, 11 das quais monosilábicas!

    Cirruz

    Re:Anti-bushismo primário (Pontos:2)
    por Init em 02-11-04 18:34 GMT (#84)
    (Utilizador Info)

    Eu não te chamei nada, tu é que escolheste entre as opções que sugeri...


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Anti-bushismo primário (Pontos:2)
    por [Cliff] em 03-11-04 12:36 GMT (#106)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com
    LOL

    ---
    Este espaço pode ser seu...
    Re:Anti-bushismo primário (Pontos:1)
    por BugMeNot.com em 02-11-04 11:52 GMT (#62)
    (Utilizador Info)
    Isto é o chamado anti-Bushismo primário.

    Olha... não sabia que o Luis Delgado também escrevia no Gildot.

    Isto parece uma piada... (Pontos:3, Esclarecedor)
    por The CodeMaker em 01-11-04 11:25 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    Há pouco tempo recebi por email um filme supostamente homoristico em que um votante tentava votar no Kerry mas não conseguia. Ora porque o programa lhe perguntava constantemente se tinha certeza, se tinha mesmo a certeza, se tinha mesmo mesmo a certeza, se tinha a certeza que queria não votar no bush, etc... Noutra fase, era o botão de voto que fugia do pointer. Mas isto era suposto ser uma piada! Na verdade acontece mesmo isto?

    --
    CodeMaker
    Re:Isto parece uma piada... (Pontos:1)
    por Dokic em 02-11-04 0:55 GMT (#43)
    (Utilizador Info)
    Também recebi isso no meu e-mail. Mal vi aquilo pensei logo para mim "Da maneira que as coisas andam ainda vai acontecer algo no género." Foi dito e feito!
    O Bush? (Pontos:3, Despropositado)
    por 4Gr em 01-11-04 11:38 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    Será que Bush não tentará por todas as formas enganar mais uma vez e ganhar a presidência?

    Ora essa! O Bush foi submetido a duas lobotomias, é dificíl que conseguisse engendrar isso.

    Agora, os que estão por detrás dele e controlam "a marioneta"...

    Paradoxo do ano: Microsoft Works!
    Dominus vobiscum
    Re:O Bush? (Pontos:1)
    por hybriz em 02-11-04 10:49 GMT (#54)
    (Utilizador Info)
    goza mas é verdade.
    sempre ofereceram tudo de mão dada ao Bush e acredita que se não fossem os amigos do papá no Supreme Court este presente que é a presidência não chegava às mãos do Bush.
    Tem piada ver como ele levou à falência/meteu na merda todos os outros 'presentes' que recebeu e acabou por fazer o mesmo, apesar de ser dificil não o fazer, com a presidência.


    Re:O Bush? (Pontos:2)
    por Init em 02-11-04 12:21 GMT (#65)
    (Utilizador Info)

    Todos não, a influência dele no clube de basebol no texas foi boa, e a sua governação do Texas teve grande apoio da população desse estado...


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Mas alguem duvidava? (Pontos:3, Esclarecedor)
    por Mindstorm em 01-11-04 11:53 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.mndnet.org/
    Que estas eleições não iriam ser justas?

    Vejamos, o Bush é eleito conseguindo aldrabar as contagens, por coincidência num estado cujo governador era seu irmão. O supremo intervêm, impede as contagens e consagra-o presidente. Por coincidência pelo menos 3 dos 8 juizes estão muito ligados à familia Bush. Isto foi na altura dos sistemas de voto verificáveis.

    Por mais uma partida do destino, é o presidente Bush que decide instalar sistemas de voto electrónico, sem registo em papel, e portanto não verificáveis. Ainda por cima de empresas cuja grande parte dos executivos tem acusações de fraude.

    São coincidências a mais não?

    Não estou a dizer que esta notícia é verdadeira, este é o género de coisa que parece inventado, óbvio de mais, quando basta deixar a pessoa votar no Kerry e registar Bush...

    De qualquer forma, é assustador que baste alterar poucos votos por máquina para inverter os resultados

    Mindstorm
    Re:Mas alguem duvidava? (Pontos:3, Esclarecedor)
    por joao em 01-11-04 13:08 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://www.nonio.com
    Vejamos, o Bush é eleito conseguindo aldrabar as contagens, por coincidência num estado cujo governador era seu irmão. O supremo intervêm, impede as contagens e consagra-o presidente.
    Onde estão as provas de que Bush aldrabou a contagem? Foi ele pessoalmente que o fez, apesar das suas óbvias limitações intelectuais, ou foram outros que o fizeram por ele?
    é o presidente Bush que decide instalar sistemas de voto electrónico
    E eu que pensava que esse era um assunto estadual.

    ----
    joao
    nonio.com - ciência, tecnologia e cultura
    Re:Mas alguem duvidava? (Pontos:2)
    por Mindstorm em 01-11-04 19:02 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://www.mndnet.org/
    Onde estão as provas de que Bush aldrabou a contagem? Foi ele pessoalmente que o fez, apesar das suas óbvias limitações intelectuais, ou foram outros que o fizeram por ele?

    Does it matter?

    é o presidente Bush que decide instalar sistemas de voto electrónico

    Estás a confundir o sistema europeu e o americano. A pressão para a utilização do voto electrónico foi da exercida pela administração Bush. Enquanto cá o presidente tem um papel regulador e representativo, o presidente americano tem um papel muito activo na "gestão" do país.

    Mindstorm
    Re:Mas alguem duvidava? (Pontos:1)
    por hybriz em 02-11-04 10:52 GMT (#55)
    (Utilizador Info)
    sim mas repara que a "Administração Bush" está longe de ser o Bush em si, o Bush é puppet e bad puppet porque às vezes larga umas merdas no chão da sala.


    Re:Mas alguem duvidava? (Pontos:2)
    por mlopes em 02-11-04 12:24 GMT (#67)
    (Utilizador Info)
    Como diz o outro "Does it matter?", afinal o que está em votação é toda a dita "Administração Bush" contra uma "Administração Kerry".

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Re:Mas alguem duvidava? (Pontos:2)
    por chbm em 02-11-04 0:16 GMT (#36)
    (Utilizador Info) http://chbm.net/
    É de facto uma pena que este pessoal precise de inventar defeitos na pior democracia ocidental. Claramente inventar dá menos trabalho que pesquisar os vários problemas em todo o processo.
    Re:Mas alguem duvidava? (Pontos:2)
    por mlopes em 02-11-04 12:22 GMT (#66)
    (Utilizador Info)

    Foi ele pessoalmente que o fez, apesar das suas óbvias limitações intelectuais, ou foram outros que o fizeram por ele?

    Esta é a chamada "lógica do caralho"!

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Re:Mas alguem duvidava? (Pontos:2)
    por racme em 01-11-04 13:09 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://tinyurl.com/2zvku
    basta ver q qem esta por detras das e-voting machines e' a diebold

    mplayer mms://streamingmedia.cyso.n l/cyso.nl/Voting_Machine.wmv

    Despite his regrets, O'Dell said he will not stop supporting Bush's campaign. He said he went to Bush's fund-raising event at the invitation of the campaign.

    o que mais me impressona e' o descaramento e a frontalidade em assumir no proprio site da empresa as preferencias politicas.

    E' como ter o grupo lusomundo/PT a anunciar no seu site (tudo aquilo q ja sabemos) que ginga ao sabor das decissoes do governo, participando no controle dos grandes grupos de informacao em portugal




    US Presidential Election 2004: No matter Who wins, we all Lose!
    Bush Is Not President (Pontos:3, Engraçado)
    por jorgelaranjo em 01-11-04 12:28 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://lesi.host.sk/fueg0/
    Bush Is Not President

    Cumprimentos,
    Jorge Laranjo
    01100110 01110101 01100101 01100111 00110000
    http://mynews.yournews
    anuncios p'ró Bush (Pontos:1)
    por mpires em 01-11-04 17:04 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Por acaso aprecio bastante o site www.georgewbush.org não só porque pensava sinceramente ser o site oficional mas pelos divertidos anúncios contra Kerry.


    Sleep on , Dream on
    Re:anuncios p'ró Bush (Pontos:2)
    por racme em 01-11-04 17:32 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://tinyurl.com/2zvku
    o mesmo ja nao se pode dizer do site oficial www.georgewbush.com que esta fechado a nao-americanos (sem recorrer a proxys)



    US Presidential Election 2004: No matter Who wins, we all Lose!
    Re:anuncios p'ró Bush (Pontos:2)
    por Init em 01-11-04 18:33 GMT (#14)
    (Utilizador Info)

    Não é aos não americanos é aos que residirem fora dos EUA (incluindo portanto cidadãos dos EUA). Mais detalhes aqui.

    Será que a isto posso chamar um anti-semitismo primário? Que pensaram disto os cidadãos dos EUA que moram fora dos 50 estados??? E os militares que se encontam em comissões fora do país, incluindo nas zonas de guerra? Será que é assim que ele mostra o respeito pelo sacrificio destes homens e mulheres?


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:anuncios p'ró Bush (Pontos:2)
    por 4Gr em 01-11-04 22:17 GMT (#32)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    O Bush nem deve saber que tem um site... a falar bem dele!

    Paradoxo do ano: Microsoft Works!
    Dominus vobiscum
    Tão inocente... (Pontos:2)
    por [Cliff] em 01-11-04 17:08 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com
    milhares de americanos têm realizado excursões aos estados mais indecisos para tentarem convencer as pessoas que têm de votar na mudança e na democracia e não no terror e na guerra
    Mas alguém ouviu da boca do Kerry dizer que ia parar a cruzada contra o terrorismo? Eu ouvi há poucas horas exactamente o contrário... enfim...

    ---
    Este espaço pode ser seu...
    Re:Tão inocente... (Pontos:1)
    por Zarluk em 01-11-04 17:17 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Mas alguém ouviu da boca do Kerry dizer que ia parar a cruzada contra o terrorismo? Eu ouvi há poucas horas exactamente o contrário... enfim...

    Ele disse "cruzada"???

    Re:Tão inocente... (Pontos:1)
    por covarde_anonimus em 02-11-04 16:25 GMT (#76)
    (Utilizador Info)
    Se Kerry disse que ía parar a "cruzada" contra o terrorismo?
    Não, nem pode. Mas com G.W. Bush é de esperar que outro país seja invadido durante o próximo mandato (Irão, Koreia do Norte), equanto que Kerry quer concentrar esforços em Bin Ladin, porque a ameaça ainda existe.

    É engraçado terem escolhido a palavra "cruzada", porque já ouvi uma reportagem do Bush, onde ele a usou como se tratasse de uma coisa positiva.
    E este é o comandante chefe dos EUA, durante o periodo mais frágil entre o mundo ocidental cristão e o mundo árabe muçulmano.
    Re:Tão inocente... (Pontos:2)
    por racme em 01-11-04 19:11 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://tinyurl.com/2zvku
    O zapatero tambem nao disse que nao ia combater o terrorismo




    US Presidential Election 2004: No matter Who wins, we all Lose!
    Re:Tão inocente... (Pontos:2)
    por bgravato em 01-11-04 20:11 GMT (#21)
    (Utilizador Info)
    Ambos os candidatos já afirmaram que vão continuar a combater o terrorismo e os terroristas...

    A diferença parece estar em definir quem é terrorista ou não.

    Para o Bush parece que todos os iraquianos (ou mais correctamente, todos os que tiverem petróleo) são terroristas...

    Espera-se que o Kerry não pense assim...

    O que não deixa de ser curioso é o facto de haver sempre uma certa necessidade de "arranjar guerras"... Guerras religiosas e guerras políticas e afins, nos tempos que correm, já não são politicamente correctas, pois deve-se defender a liberdade religiosa e ideologia política de cada um. E não ficava bem atacar alguém só porque são comunistas, ou porque são islamitas... Por isso toca a arranjar um termo novo, que tenha impacto negativo... e assim surgiram as guerras contra o terrorismo...

    Só quem é parvo é que não vê os benefícios das guerras... imaginem a quantidade de gente que ia ficar sem emprego se não houvesse guerras - o pobres funcionários das agências secretas do governo ficavam sem nada para fazer, os fabricantes de armas iam à falência e os trabalhadores ilegais e/ou menores de idade das suas fábricas também iam para o desemprego... Já viram a crise económica que seria? Uma verdadeira tragédia...
    Alguns queixam-se que morrem pessoas e outras ficam traumatizadas e tal... paciência! São danos colaterais, pelo bem da economia!!

    Viva a Guerra!


    _______________
    "When the only tool you have is a hammer, every problem starts to look like a nail."
    Re:Tão inocente... (Pontos:2)
    por [Cliff] em 01-11-04 20:15 GMT (#22)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com
    lol e mai'nada! infelizmente, é mesmo assim... o pior é que as pessoas papam a uma velocidade incrível as petas que lhe pegam através dos telejornais, criando correntes de solidariedade, manifestações publicas, etc., esquecem-se é que políticos são todos a mesma m*rda, só lá estão para fazer valer os interesses de quem lhes dá o cheque por debaixo da mesa.

    ---
    Este espaço pode ser seu...
    Re:Tão inocente... (Pontos:2)
    por Mindstorm em 01-11-04 20:50 GMT (#28)
    (Utilizador Info) http://www.mndnet.org/
    Nem sempre a campanha é a governação. Com o Bush já tivemos a êxperiência e sabemos o que se vai passar a ser reeleito, já com o kerry...

    Tanto pode estar a apresentar-se como "mais pacífico" e ser o contrário, como pode estar a apresentar-se como "algo conflituoso" e ser pacífico..

    Pode ser tudo uma questão do que as pessoas querem ouvir.

    Mindstorm
    Re:Tão inocente... (Pontos:1)
    por hybriz em 02-11-04 10:56 GMT (#56)
    (Utilizador Info)
    Muito sinceramente, é o mesmo lixo.
    Bush, Kerry, é como diz ali assinatura do outro: We all loose.
    A diferença entre democratas e republicanos nos USA hoje em dia é que uns fazem lixo pela calada e os outros assumem-no sem problema...de resto, a nivel de educação, ambiente, bla bla bla, é pra cagar...

    relembranco Orwell.. (Pontos:1)
    por hybriz em 02-11-04 11:08 GMT (#59)
    (Utilizador Info)
    Guerra é Paz.

    Re:Tão inocente... (Pontos:2)
    por Init em 02-11-04 12:32 GMT (#68)
    (Utilizador Info)

    Não concordo com o timing, nem com a forma como foi e é conduzida, nem com as mentiras que o governo dos EUA criou apartir dos relatórios inconclusivos dos serviços de inteligencia e de relatórios que diziam o oposto por parte de diplomátas ex-amigos do Bush, para justificar esta guerra no Iraque. Mas o Iraque não era própriamente uma democracia, nem havia própriamente respeito por qualquer direito humano nesse país...

    Os governantes dos EUA, nem uma guerra sabem conduzir. Parece-me que ler a Arte da Guerra de Sun Tzu deveria estár nas sua prioridade máxima. Talvez assim percebessem que se podem ganhar guerras sem travar batalhas até mesmo sem lutar físicamente.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Tão inocente... (Pontos:2)
    por fhc em 02-11-04 22:15 GMT (#96)
    (Utilizador Info)

    Nunca leste «A Arte da Guerra», ou estás a confundir com «Da Guerra», de Clausewitz.

    Disclaimer: li ambos.

    Francisco «Patton is my middle name» Colaço


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Re:Tão inocente... (Pontos:1)
    por dduarte em 02-11-04 20:45 GMT (#90)
    (Utilizador Info)
    Bem, imagina se algum candidato a presindente fosse a favor do terrorismo ... quantos votos achas que tinha??? hehe

    É claro que qualquer candidato vai dizer que vai combater o terrorismo.


    ... Ou então não.
    Re:Tão inocente... (Pontos:2)
    por Dehumanizer em 02-11-04 23:38 GMT (#98)
    (Utilizador Info) http://www.midnightcreations.org
    O problema dos americanos é este: um tipo diz "isto é terrorismo! vamos combatê-lo!".

    Se, de seguida, outro disser "espera aí, isto NÃO é terrorismo!", é imediatamente apelidado de anti-patriota, traidor, comunista, etc...

    ... sendo o "isto" qualquer coisa, incluindo o cão do vizinho.


    "It is every citizen's final duty to go into the tanks and become one with all the people."
    - Chairman Sheng-ji Yang, "Ethics for Tomorrow"
    Re:Tão inocente... (Pontos:2)
    por [Cliff] em 03-11-04 12:45 GMT (#107)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com
    Estás a fazer confusão com o interior rural retratado nos cinemas (estupidez pura) com aquilo que se passa nas cidades onde, arrisco a dizer, o nível cultural é muito maior.
    No interior de Portugal, arranjas meia dúzia de opiniões semelhantes a essas sem grande esforço. Aliás, em Portugal, tanto na cidade como no interior. O Português gosta de escorraçar os espanhóis, "escarumbas" (mil perdões pela expressão tão típicamente portuguesa), moldavos etc., porque eles é que levam o nosso país ao fundo. Somos *muitíssimo* patriotas realmente...

    ---
    Este espaço pode ser seu...
    Relatos são uma coisa muito boa ... (Pontos:1)
    por GugaK em 01-11-04 17:56 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    ... para se jogar no lixo. Onde estão as evidências?

    As pessoas não tem pensamento crítico. Se os relatos reforçam as suas idéias pré-concebidas, propagam-nos, senão ignoram-nos.

    É interessante observar que só se vê relatos e notícias que vão contra o Bush. A maior parte não resistiria a uma análise imparcial, se fosse feita. Mas como não é, a mensagem é propagada com sucesso.

    Neste, como noutros casos, a grande derrotada é sempre a verdade.

    Inside ... (Pontos:3, Esclarecedor)
    por [ Ent ] em 01-11-04 18:57 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://mysec.blogspot.com
    Estar nos estados unidos num momento tão importante para o mundo tem a sua piada.
    No entanto, é curioso reparar como as noticias que vejo na tsf.pt ou publico.pt são tão diferentes das que vejo aqui.

    Antes de mais, acho que é importante dizer que eu apoio o kerry e acho que será muito melhor presidente do que o Bush foi e será.

    No entanto há que compreender uma coisa, os problemas com votos não são uma coisa recente e tanto os democratas como os republicanos tem muitas culpas no cartorio.
    Nas ultimas eleições houve irregularidades em muitos estados e alguns deles eram democratas. Claro que o caso mais famoso foi o da florida pois ambos os candidatos sabiam que quem ganhasse o estado seria presidente. E porque?

    Porque o sistema eleitoral é bastante diferente da europa. Cada estado representa um certo numero de "eleitores" e quem tiver mais votos no estado ganha todos os "eleitores" que esse estado tem direito. Ou seja, na florida que representa 27 "eleitores" basta conseguir mais um voto nas urnas para ganhar os 27 "eleitores". Assim, estas eleições vão ser decididas no estados Ohio, Florida, Novo mexico e Pensilvania pois os outros estados mais ou menos obvio quem terá mais votos. É curiosos como a diferença de votos em cada estado não conta para nada.

    E quem irá ganhar? Ainda hoje de manha, no caminho para o trabalho, ouvi alguns comentarios sobre as eleições e todos concordaram sobre o factor decisivo: abstenção. Se a abstenção for baixa o kerry terá hipoteses, senão o bush vencerá.

    "Asking if computers can think is like asking if submarines can swim"
    Re:Inside ... (Pontos:2)
    por racme em 01-11-04 19:18 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://tinyurl.com/2zvku
    todos sabemos que os votos dos derrotados por estado contam para o adversario
    essa explicacao ja os meios de comunicacao social em portugal trataram de explanar

    outra questao aqui e' a importancia de Nader nestas eleicoes, uma vez apagada a sua chama de outros tempos pelas liberdades civis, os americanos perceberam que o voto util em um candidato de centro esquerda nao pode ser desperdicado num extremo se se quer uma viragem politica de 180º

    so ha uma treta que nao percebo, e' porque raio o voto electronico nao tem o correspondente recibo, para verificacao posterior. Sera que e' assim tao dificil nesta fase em que se quer massificar o uso das maquinas e-voting nao fornecer aos eleitores uma garantia de que o seu voto valido serviu para dignificar a imagem democratica do pais/estado que representam!



    US Presidential Election 2004: No matter Who wins, we all Lose!
    Re:Inside ... (Pontos:2)
    por [ Ent ] em 01-11-04 19:28 GMT (#20)
    (Utilizador Info) http://mysec.blogspot.com
    Parece-me que o problema do recibo tem a ver com as liberdades basicas de o voto ser anonimo. A partir de do momento que exista um recibo passaria a ser sempre possivel saber quem votou em quem!

    Eu tenho dois amigos meus que foram da califoria para Florida para ajudar no controle dessas maquinas pelos democratas. E ontem falei com um deles que me transmitiu que o maior problema é que o sistema foi muito pouco testado e dá muitos problemas e que é um pouco "imprevisivel", quer para um lado quer para outro !

    "Asking if computers can think is like asking if submarines can swim"
    Re:Inside ... (Pontos:2)
    por racme em 01-11-04 20:22 GMT (#24)
    (Utilizador Info) http://tinyurl.com/2zvku
    Parece-me que o problema do recibo tem a ver com as liberdades basicas de o voto ser anonimo. A partir de do momento que exista um recibo passaria a ser sempre possivel saber quem votou em quem!


    "recibo" anonimo apenas util para recontagem e confirmacao.

    Se 1.500.000 votos foram efectuados eletronicamente, 1.500.000 recibos devem exitir no final. Se desses 1.500.000 votos electronicos, 40% foram para o candidato A, entao 40% dos recibos sao para o candidato A

    Estas recontagens dos recibos seriam obviamente efectuadas posteriormente com supervisao exigida, durante a semana seguinte as' eleicoes. Caso fosse passada uma margem de erro digamos aceitavel 0.5% e' porque estavamos perante uma fraude, e devia ser investigado pela comissao nacional de eleicoes.

    Sem recibo, pois parece ser esse o caso, nao sei como se pode acreditar num sistema electronico susceptivel a' falha e sobretudo que assenta em codigo proprietario, controlado por uma empresa que ja afirmou publicamente apoiar o RNC.




    US Presidential Election 2004: No matter Who wins, we all Lose!
    Resposta aos dois comentários (Pontos:2)
    por [ Ent ] em 01-11-04 20:40 GMT (#26)
    (Utilizador Info) http://mysec.blogspot.com
    A ideia de um recibo anonimo é boa mas acho que a questão é não quererem duplicar o acto de votar e o tempo associado a isso

    Ou seja, aqui as pessoas votam para imensas aspectos nestas eleições. Presidencia, congresso, em alguns estados senadores e depois um serie de proposições por estado.(Há uns livrinhos engraçadps a explicar o que está em causa). Se estiverem à espera de um recibo o processo de votar será um pouco mais demorado.

    Ou então as teorias de conspiração fazem sentido e apenas querem mesmo falsear os resultados!

    "Asking if computers can think is like asking if submarines can swim"
    Re:Resposta aos dois comentários (Pontos:2)
    por racme em 01-11-04 21:14 GMT (#30)
    (Utilizador Info) http://tinyurl.com/2zvku
    sim as eleicoes servem para tudo, ate para referendos locais/estatais

    MAs o aspecto da redundancia e do voto -electronico.
    O voto electronico serve apenas para apurar o vencedor de forma mais celere e evitar a vergonha que se passou na florida em 2000, ou o que se passa em portugal em qualquer eleicao, que e' esperar horas para saber o resultado.

    Sinceramente e vendo bem as coisas eu nao votaria usando um voto electronico se o mesmo vier a ser praticado em Portugal, da forma como esta implementado para estas eleições americanas.



    US Presidential Election 2004: No matter Who wins, we all Lose!
    Re:Resposta aos dois comentários (Pontos:2)
    por [ Ent ] em 01-11-04 21:49 GMT (#31)
    (Utilizador Info) http://mysec.blogspot.com
    Provavelmente eu tambem não votaria num sistema electronico nestes moldes

    Ja agora, o caso da Florida ha quatro anos tem alguns aspectos curiosos do qual eu destaco este:

    Se o Al Gore tivesse pedido a recontagem de todos os votos da florida em vez de ter pedido só de meia duzia de sitios seria actualmente o presidente dos states!

    "Asking if computers can think is like asking if submarines can swim"
    Re:Resposta aos dois comentários (Pontos:1)
    por null em 02-11-04 9:42 GMT (#52)
    (Utilizador Info)
    Mas nessa mesma recontagem não houve "discrepâncias"...?
    Re:Resposta aos dois comentários (Pontos:2)
    por Init em 02-11-04 12:47 GMT (#71)
    (Utilizador Info)

    Em Portugal já houve experiências, a ANSOL está a tentar estudar o assunto, mas não chegamos para tudo, e ao que pareceu, há segundo uma discussão anterior no gildot, alguma confusão relativa a este assunto devido a diferentes fontes dentro da "organização" darem informações diferentes.

    Quem quisér colaborar pode faze-lo aqui.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Inside ... (Pontos:2)
    por BlueRibbon em 01-11-04 20:22 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    Só podem estar a gozar com isto, a sério. Então se sair um recibo com o nome do candidato em que votei perco o anonimato? Só se o mostrar a toda a gente, porque senão basta dobrá-lo e colocá-lo na urna (como nós por cá fazemos).
    Quanto à dificuldade de fazer um sistema de votação, ui, muito complicado. Desde que se tenha em atenção de que deve ser um sistema fechado (i.e. sem ligação ao exterior), é super simples. Aquilo só tem de fornecer um UI o mais simples e básico possível, guardar o números de votos em cada candidato e imprimir a merda de um talãozinho. Qualquer aluno que tenha tido introdução à programação faz isso.
    Agora, se quiserem complicar, força.

    KISS - Keep It Simple, Stupid!

    Re:Inside ... (Pontos:2)
    por Mindstorm em 01-11-04 20:47 GMT (#27)
    (Utilizador Info) http://www.mndnet.org/
    Embora algumas respostas a este teu comentário incidam sobre recibos para o eleitor, parece-me óbvio que os recibos em questão são recibos para a recontagem. Ora, estes não teriam de ser identificados. Seria apenas inscrito o voto num rolo de contagem, visível (como nos rolos das caixas registadoras) para o votante ter a certeza que estava correcto. Tão simples quanto isso, não requere sequer mais nenhum dado, só um número de controlo (um counter simples) e o número do candidato.

    Aliás, lembro-me de depois de ler um site sobre os sistemas de e-voting ter ficado com a ideia que à entrada da sala é dado um cartão magnético apenas para um voto, que volta a ser devolvido e preparado para a próxima pessoa. Possivelmente esse cartão nem sequer contem qualquer identificação única...

    Mindstorm
    Re:Inside ... (Pontos:1)
    por hybriz em 02-11-04 11:00 GMT (#57)
    (Utilizador Info)
    NADER!!!
    ....
    NADER!!!
    ....
    GREEN WEDGE!
    .
    GREEN WEDGE!
    ...


    Bush usa Microsoft para fraudar as eleições! (Pontos:1)
    por GugaK em 01-11-04 19:25 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    Detalhes aqui.
    o fim da "falsa-democracia-moralista" americana (Pontos:1)
    por jamaica em 01-11-04 21:07 GMT (#29)
    (Utilizador Info) http://forum.bandalarga.org/
    look what i found...


    “It’s a shell game, with money, companies and corporate brands switching in a blur of buy-outs and bogus fronts. It’s a sinkhole, where mobbed-up operators, paid-off public servants, crazed Christian fascists, CIA shadow-jobbers, war-pimping arms dealers — and presidential family members — lie down together in the slime. It’s a hacker’s dream, with pork-funded, half-finished, secretly-programmed computer systems installed without basic security standards by politically-partisan private firms, and protected by law from public scrutiny.”

    The previous quote, printed in a Russian publication, leads an article which mixes inaccuracies with disturbing truths. Should we assume crooks are in control? Is it a shell game?

    is it?
    ---------------------
    O Cherne fugiu, mas o Imperador nomeou o Carapau de Corrida, que vai trazer as Chaputas todas
    Ovbiamente! (Pontos:1)
    por Anacleto em 01-11-04 23:06 GMT (#33)
    (Utilizador Info)
    Camaradas, a questão da fraude eleitoral do faxixta, neon-liberal, ultra-conservador Bush nem se coloca! Este tipo de ditadores (como por exemplo, o Pinochet, o Hitler e o Santana Lopes) não se poupam a meios para atingir o poder!

    Pensem um bocado, Camaradas: se eles foram capazes, como toda a gente sabe, de executar os atentados do 11 de Setembro e deitar as culpas para os desgraçados da Al-Qaeda, será que vão sentir remorços ao fazer uma coisa tão simples como esta?!? Era como se um assassino sentisse remorços ao roubar um chupa-chupa a uma criançinha!

    FORA COM O FAXIXTA BUSH! VIVA KERRY, ESSE GRANDE REPRESENTANTE DO PROLATARIADO E DOS POBRES OPRIMIDOS! VIVA A VANGUARDA DO XUXALISMO QUE É O PARTIDO DEMOCRATA DOS EUA!

    O Anacleto do Gildot

    O sistema americano (Pontos:1)
    por @|7 em 01-11-04 23:12 GMT (#34)
    (Utilizador Info)
    Vejo que a maioria das pessoas não conhece bem o sistema americano, como isto funciona aqui. É fácil seguir estas eleições no outro lado do mundo...

    Enquanto na Europa o presidente de um país tem o papel de regulador da democracia, aqui nos EUA o presidente é o chefe de estado, é ele que manda. O problema de Bush é o facto dele não conhecer profundamente a política externa, até porque só quando foi eleito é que tirou o passaporte, isto é, antes de ser eleito nunca tinha saído dos EUA. Além de ser muito inculto e andar sempre a cometer graves erros de cultura geral.

    O problema de Bush são as pessoas que o rodeiam, os chamados consultores e o seu braço forte, o Dick Cheney.

    Se pesquisarem um pouco vão reparar que todos eles têm ligações com empresas de armamento e empresas extractoras de petróleo e OHHHH GOD... foram as únicas que ganharam o concurso para se estabelecerem no Iraque... não é estranho?

    Apesar de ter sido o Bin Laden o autor do 11 de Setembro, os consultores de Bush convenceram-no que o alvo principal seria o Saddam Hussein e não o outro. Arranjaram um enorme e bonito discurso e toca a convencer os americanos.

    Só que após uma campanha boa no Iraque, os americanos começaram a morrer, um a um, e dentro de pouco tempo temos um segundo Vietnam.

    Kerry de certeza que não vai mandar retirar os soldados do Iraque, seria a maior estupidez, mas vai mudar a política, vai pedir a ajuda da ONU que tem de ser mais activa, vai pedir a ajuda da Europa que tem de se envolver mais, porque isto é um problema de todos, não é só dos EUA. Lembram-se do 11 de Março? Pode acontecer em Portugal a mesma coisa, ou noutro país Europeu!

    Aqui temos uma guerra contra terroristas, que se refugiam em países do Médio Oriente, é preciso combatê-los, com lógica naturalmente. É aqui que Kerry pode fazer a diferença.

    Para terminar gostava de dizer que a maioria das sondagens se esquece dos jovens e 90% dos jovens vão votar Kerry.

    O 11 de Setembro aconteceu, mas o que se seguiu, foi pior que o próprio dia.

    Re:O sistema americano (Pontos:1)
    por Cirruz em 02-11-04 0:37 GMT (#40)
    (Utilizador Info)
    "Vejo que a maioria das pessoas não conhece bem o sistema americano (...) Enquanto na Europa o presidente de um país tem o papel de regulador da democracia (...)"

    O que eu vejo é que tu não conheces bem os sistemas políticos Europeus! Por exemplo, a França tem um sistema (presidencialista) em que o Presidente é a figura mais importante da hierarquia do Estado.

    "O problema de Bush é o facto dele não conhecer profundamente a política externa (...)"

    É para isso que servem os Ministros dos Negócios Estrangeiros, ou o Secretário de Estado nos EUA. É que, sabes, ao contrário do que acontece nas ditaduras (Cuba, Coreia do Norte, ex-URSS, etc..) nas Democracias o chefe de estado define uma política orientadora e o staff encarrega-se dos pormenores. Desta forma, não necessita de conhecer profundamente qualquer uma das vertentes da acção política. Foram os Romanos que inventaram isto, há 2000 anos!

    "Além de ser muito inculto e andar sempre a cometer graves erros de cultura geral."

    Isso é natural: as pessoas incultas tendem a cometer erros de cultura geral, tal como os médicos tendem a exercer medicina! No caso do Bush, só por ser dos EUA, como todos nós sabemos já é 50% inculto; sendo do Texas, tem mais 20%; sendo Republicano, outros 20%; como tem cara de pateta, outros 9%. O 1% de cultura restante serve, entre outras coisas, para coordenar o acto respiratório, para elaborar os planos de invasão de países inocentes ou para fazer fraudes eleitorais.

    "(...) os consultores de Bush convenceram-no que o alvo principal seria o Saddam Hussein (...)"

    Mais grave do que isso! Estes consultores são tão bons que conseguiram mesmo convencer o Senado dos EUA, incluindo o Senador John Kerry! E não ficaram por aí: também convenceram muitas democracias Europeias, entre as quais o Reino Unido, a Irlanda, Portugal, a Espanha, a Itália, a Polónia, a Dinamarca, a Holanda, a República Checa, a Grécia, etc.. São mesmo bons!

    "Só que após uma campanha boa no Iraque, os americanos começaram a morrer, um a um,"

    Exacto, morreram "um a um", de tal maneira que os únicos soldados que existem actualmente no terreno são os valentes GNRs de Portugal! Um a um!

    "(...) e dentro de pouco tempo temos um segundo Vietnam."

    Correcção: daqui a pouco tempo temos um quinto vietnam. Isto porque o título de segundo vietnam foi entregue ao Kosovo/Sérvia; o do terceiro vietnam foi entrege à Somália; e o do quarto vietnam foi entregue ao Afeganistão. Ficava-te bem um pouco mais de cuidado nas afirmações.

    "Kerry de certeza que não vai mandar retirar os soldados do Iraque, seria a maior estupidez (...)

    Estás a querer dizer que o que Zapatero fez, ao mandar retirar as tropas Espanholas do Iraque, foi um estupidez?

    "Aqui temos uma guerra contra terroristas, que se refugiam em países do Médio Oriente (...)"

    Será que a Alemanha e a Espanha fazem parte do Médio Oriente? É que a grande maioria os terroristas do 11 de Setembro estavam "refugiados" em Hamburgo... E todos os terroristas do 11 de Março estavam refugiados em Madrid!

    "(...) é preciso combatê-los, com lógica naturalmente. É aqui que Kerry pode fazer a diferença."

    Kerry é um mestre da lógica no combate ao terrorismo. Queres um exemplo? Em 1991 era contra a guerra, em 2002 era a favor e agora já é contra outra vez. O que tu não sabes é que isto é um plano para baralhar os terroristas, que ficam sem saber se ele é um inimigo ou aliado. Quando eles menos esperarem, os Kerry apanha-os a todos, um a um, e vivemos felizes para sempre. Concordas?

    "Para terminar gostava de dizer que a maioria das sondagens se esquece dos jovens e 90% dos jovens vão votar Kerry."

    Pá, tens que deixar de ler sondagens no Avante ou na TSF. Votações com 90% só em Cuba ou no Benfica. Tenta antes aqui.

    Diverte-te camarada!

    Cirruz

    Re:O sistema americano (Pontos:1)
    por hybriz em 02-11-04 11:06 GMT (#58)
    (Utilizador Info)
    têm morrido poucos. 5º vietnam está fraquinho...

    Re:O sistema americano (Pontos:2)
    por mlopes em 02-11-04 12:41 GMT (#70)
    (Utilizador Info)
    E agora que não tem nada a ver, neste fim de semana prolongado, morreram mais 2 pessoas nas estradas em Portugal(14) do que Norte Americanos no Iraque(12) no mesmo periodo!

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Re:O sistema americano (Pontos:1)
    por Cirruz em 02-11-04 17:15 GMT (#80)
    (Utilizador Info)
    Em ano e meio de conflito morreram pouco mais de 1000 soldados dos EUA na invasão de dois países, um deles com o 5º maior exército do mundo. No Iraque estão 200.000 soldados; no Afeganistão estão outros 100.000. Ou seja, ocorreram 0.33% de baixas! É um sucesso ESTRONDOSO, comparativamente a todas as outras guerras da História!

    Sabes quantos milhares de soldados dos EUA morreram nos 3 primeiros dias depois do desembarque na Normandia, na 2ªGG? Sabes quantos milhares morreram no primeiro mês da Guerra da Coreia?!? E na ofensiva do Tet, no Vietnam sabes quantos foram?

    Mais: sabes quantos soldados Britânicos morreram na primeira semana da Guerra das Malvinas, contra um destacamento do exército Argentino mal preparado e com pilotos de aviação inexperientes? 280 mortos!

    As acções militares dos EUA no Iraque e no Afeganistão foram um sucesso ESTRONDOSO, quer ao nível das baixas militares dos EUA, quer ao nível dos danos cívis causados aos Iraquianos! Nunca houve uma guerra na história da Huminadade com tão poucos inocentes mortos.

    Cirruz

    Re:O sistema americano (Pontos:2)
    por chbm em 03-11-04 16:48 GMT (#110)
    (Utilizador Info) http://chbm.net/
    Ganharam claramente aos iraquianos no campeonato dos ingleses mortos. Por pouco não ficaram à frente dos galterieri.
    Re:O sistema americano (Pontos:2)
    por mlopes em 02-11-04 12:37 GMT (#69)
    (Utilizador Info)
    Deixa-me adivinhar? És fascista só para contrariar o papá!

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Re:O sistema americano (Pontos:1)
    por Cirruz em 02-11-04 16:56 GMT (#78)
    (Utilizador Info)
    Pá, não tenho capacidade suficiente para retaliar contra a tua poderosa argumentação baseada na lógica "se não pensas como eu, és fascista". E depois há aquele ditado: "Nunca discutas com um idiota, porque ele baixa o nível da discussão e ganha-te em experiência". Como já reparei que és um idiota experiente, fico por aqui. Um abraço,

    Cirruz

    Re:O sistema americano (Pontos:2)
    por mlopes em 02-11-04 17:18 GMT (#81)
    (Utilizador Info)
    Quer isso dizer que enfias a carapuça?

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Re:O sistema americano (Pontos:2)
    por fhc em 02-11-04 21:53 GMT (#92)
    (Utilizador Info)

    Lamento, se acusas todos os que discordam de ti de fascista, o Cirruz tem razão, és idiota. Já agora, podes-me dizer o que distingue o fascismo do socialismo militante aparte o pormenor da copropriedade dos bens privados?

    Ou diria eu: meu papalvo, és comuna porque gostas de o ser ou porque tens uma fixação homo-erótica no ícone do Che Guevara?

    Sabe mal, não sabe? Já não podem haver democratas de direita genuínos neste mundo?

    Francisco Colaço


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Re:O sistema americano (Pontos:2)
    por mlopes em 03-11-04 11:51 GMT (#103)
    (Utilizador Info)
    Abre os olhos, segue o link do meu comentário, e faz os teus comentários depois de perceberes aonde estou a querer chegar, assim talvez te poupes a comentários idiotas como o que fizeste.
    É assim tão díficil para ti ver as semelhanças entre este comentário e este?
    Mas pelos vistos, apesar das semelhanças entre o que ele e eu afirmamos, quando o comentário foi dirigido a ele já serviu para me responder ""Nunca discutas com um idiota, porque ele baixa o nível da discussão e ganha-te em experiência". Como já reparei que és um idiota experiente, fico por aqui.. Pelos vistos a diferença entre um génio e um idiota é que ambos dizem a mesma coisa só que um troca a palavra "comunista" por "fascista"

    Pelos vistos, para ti como para o Cirruz, aquilo que é uma boa argumentação para voçês usarem é "idiota", de "papalvo" e digno de quem tem uma "fixação homo-erótica no ícone do Che Guevara"!
    Às tantas até me apetecia dizer que deves ter alguma fixação hetero-erótica com a puta da tua m...., mas é melhor estar calado para não entrar no vosso estilo de discussão onde insultar e fazer insinuações sobre os outros é sempre válido, mas quando se vira o bico ao prego toca a descarregar tudo o que é insulto.

    Após tudo isto só me interrogo sobre três coisas, "O que te leva a crer que acuso todos os que discordam de mim de fascistas?" e "O que te leva a crer que eu seja «comuna» (termo usado entre aspas porque ao contrário de algumas pessoas eu não gosto de utilizar termos depreciativos para carectrizar aqueles de quem discordo e, não fosse essa a palavra usada por ti, eu usaria a palavra correcta para os descrever) ou que tenha alguma espécie de admiração pelo Che Guevara?" e finalmente, "Não sei como vocês fazem para se identificar uns aos outros, mas o que te leva a crer que me possas identificar como homossexual (más notícias, falhaste na identificação, não é por nada mesmo, é so que eu gosto é de gajas, não é culpa minha) com uma fixação por Che Guevara?"

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Re:O sistema americano (Pontos:2)
    por mlopes em 03-11-04 11:56 GMT (#105)
    (Utilizador Info)
    Só mais uma coisa:

    Já me acusaste e perseguiste por ser "comuna", falhaste porque não sou!
    Já me acusaste e perseguiste por ser homosexual, falhaste porque não sou!
    O que se segue, vais-me acusar e perseguir por ser Judeu? Não tentes porque também não o sou!

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Re:O sistema americano (Pontos:2)
    por fhc em 03-11-04 14:02 GMT (#108)
    (Utilizador Info)

    Eu não acusei de nada. Estava a referir-me ao facto de considerares fascistas (o que me ofende) todos os que são de direira, irrespectivamente de serem democratas ou não. Chama-se a isto redução ao absurdo. E olha que considero a esquerda mais intervencionista nos meios de comunicação social do que a direita. Quanto ao Santana Lopes, se ele é de direita, vou ali e já venho.

    Quanto à fixação hetero-erótica na minha mulher, à qual dispenso o epíteto, tenho sim senhor, e muito obrigado por o notares. ;-)

    Francisco Colaço


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Re:O sistema americano (Pontos:2)
    por mlopes em 03-11-04 14:40 GMT (#109)
    (Utilizador Info)

    Estava a referir-me ao facto de considerares fascistas (o que me ofende) todos os que são de direira

    Tal como já te disse, lê os dois comentários e vais perceber que o meu comentário só serve para mostrar que não é só a direita que pode rotular toda a esquerda de "comunas" (o que me poderia ofender já que não sou comunista), a diferença é que a esquerda tende a ter outros argumentos que não esses enquanto a direita insiste em ter como argumentos únicos aquilo que tu e o Cirruz fizeram, que foi insinuar que é de esquerda quem quer contrariar os papás, quem é homosexual ou quem tem uma fixação (na minha opinião essa fixação tende a ser mais infantil do que como tu insinuas homossexual) por algum anti-herói de esquerda como é exemplo o Che Guevara.

    Quanto ao Santana Lopes

    E este aparece aqui vindo de onde?

    Quanto à fixação hetero-erótica na minha mulher

    Por acaso não era bem "mulher" que estava a dizer ao pôr as reticências, mas se escolhes interpretar assim e com isso ficas feliz, então força...

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Re:O sistema americano (Pontos:2)
    por fhc em 04-11-04 10:02 GMT (#116)
    (Utilizador Info)

    Prefiro interpretar a minha mulher. Mas como o Cirruz estava a ser tolo, também eu estou farto de ser acusado de fascista. Existe uma arrogância em certas franjas da esquerda que é incompreensível. Por outro lado, o meu pai foi prisioneiro político e, se bem me conheço, também o seria, apesar de, note-se, defender soluções sociais à direita.

    O meu ponto é este, Lopes: nem todos os de direita são anti-democráticos. Acusar-nos todos por causa do papalvo do Le Pen é tão estúpido como eu acusar todos os que defendem soluções de esquerda de serem comunas anti-democráticos. Até porque sou amigo de muitas pessoas na área do PS e até de alguns do BE e do PC. Mas nem eles me acusam de anti-democracia.

    Podemos safar-nos bem desta. Basta dizeres: Francisco, não és fascista, e agora compreendi o teu argumento por absurdo. E eu contraponho: Lopes, tu não és anti-democrata. E ainda bem que saímos todos bem desta.

    Simples, não é?

    Francisco Colaço


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Re:O sistema americano (Pontos:2)
    por mlopes em 04-11-04 11:04 GMT (#119)
    (Utilizador Info)

    Por outro lado, o meu pai foi prisioneiro político

    E se isso aconteceu em Portugal, provávelmente foi para defender, entre outras coisas, também a minha liberdade de ser de esquerda ou de direita, liberdade essa que não foi respeitada por ti na resposta ao meu primeiro comentário tendo originado inclusivé uma enxurrada de insultos.

    Acusar-nos todos por causa do papalvo do Le Pen é tão estúpido como eu acusar todos os que defendem soluções de esquerda de serem comunas

    E foi exactamente essa a acusação feita pelo Cirruz, ainda com a insinuação que quem é de esquerda só o faz com o objectivo de parecer rebelde (aka para "chatear" o papá), e à qual voluntária ou involuntáriamente te associaste ao responder ao meu comentário.

    Podemos safar-nos bem desta. Basta dizeres: Francisco, não és fascista

    Nunca te chamei fascista e nem tenho motivos para te considerar como tal, o meu comentário foi dirigido ao Cirruz e como já expliquei aqui várias vezes, serviu simplesmente de espelho para que ele visse o que estava a fazer aqueles que não são da côr politica dele.
    Digo-te mais ainda, apesar de nesta situação ter aparecido a defender o direito de se ser de esquerda, poderia com igual facilidade aparecer a defender o direito de se ser de direita, já que é essa liberdade que eu prezo e não um qualquer partido ou côr política (apesar de ser apartidário, voto sempre naqueles que na altura me parecem mais adequados para merecer o meu voto ou se não houver um candidato (ou partido) que o mereça voto em branco).

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Re:O sistema americano (Pontos:2)
    por Init em 02-11-04 18:39 GMT (#85)
    (Utilizador Info)

    É como a tua do se não concordar contigo ser comunista...


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:O sistema americano (Pontos:2)
    por mlopes em 03-11-04 11:53 GMT (#104)
    (Utilizador Info)
    That's my point!
    Finalmente alguém que percebeu aonde quero chegar, o meu comentário foi feito exclusivamente para servir de espelho a um comentário anterior do Cirruz onde ele dizia a alguém o mesmo que eu digo dele, só trocando o "fascismo" pelo "comunismo".

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Re:O sistema americano (Pontos:2)
    por fhc em 04-11-04 12:30 GMT (#121)
    (Utilizador Info)

    E eu fiz o mesmo. É tão difícil de compreender?

    Francisco Colaço


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Re:O sistema americano (Pontos:2)
    por mlopes em 04-11-04 12:44 GMT (#122)
    (Utilizador Info)
    Fizeste o mesmo relativamente a quê?

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Re:O sistema americano (Pontos:2)
    por fhc em 04-11-04 17:55 GMT (#123)
    (Utilizador Info)

    A ti, pá. Tu és um tipo às direitas, embora de esquerda. ;-) Mas andares a acusar toda a malta do lado de lá de fachos é irritante, assim como o é acusar-te de comuna, que não és, já sei.

    Pensa nisto como uma brincadeira.

    Francisco Colaço


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Re:O sistema americano (Pontos:2)
    por mlopes em 05-11-04 17:01 GMT (#125)
    (Utilizador Info)
    Ok, fico contente por ambos nos termos feito entender! :)

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Re:O sistema americano (Pontos:2)
    por Init em 02-11-04 13:21 GMT (#72)
    (Utilizador Info)

    O que eu vejo é que tu não conheces bem os sistemas políticos Europeus! Por exemplo, a França tem um sistema (presidencialista) em que o Presidente é a figura mais importante da hierarquia do Estado.

    Em qualquér sistema politico o chefe de estado é sempre a figura mais importante da hierarquia do estado. Por cá também é (por ordem: Presidente da República, Presidente da Assembleia da República, Primeiro Ministro, etc...). O sistema que existe na França é considerávelmente diferente, do que existe nos EUA, por exemplo o Primeiro Ministro é nomeado pelo Presidente da República tendo em conta o resultado das eleições, o sistema franco é presidêncialista porque o Presidente pode quando autorizado pelo governo legislar, manda no Conselho de Ministros (um pouco como manda o o nosso Presidente da Assembleia da República manda na Assembleia) e pouco mais.

    Desta forma, não necessita de conhecer profundamente qualquer uma das vertentes da acção política. Foram os Romanos que inventaram isto, há 2000 anos!

    O problema é que o Bush até para isso é ignorante, porque o ele não tem que seaber todas as vertentes mas tem que ter capacidade de as aprofundar, e o Bush não tem essa capacidade (não é o único).

    Mais grave do que isso! Estes consultores são tão bons que conseguiram mesmo convencer o Senado dos EUA, incluindo o Senador John Kerry! E não ficaram por aí: também convenceram muitas democracias Europeias, entre as quais o Reino Unido, a Irlanda, Portugal, a Espanha, a Itália, a Polónia, a Dinamarca, a Holanda, a República Checa, a Grécia, etc.. São mesmo bons!

    Sim são mesmo bons mentirosos! Em vez de resolverem o problema do terrorismo agravaram-no e ainda não se encontrou as armas que se disse que existiam em grandes quantidades e prontas a usar, e criou-se ligações entre fanáticos que não estavam no poder à Alqaeda...

    Estás a querer dizer que o que Zapatero fez, ao mandar retirar as tropas Espanholas do Iraque, foi um estupidez?

    Se ele não diz, digo eu. Retirar do Iraque agora é uma estupidez ainda maior do que ter ido para lá naquela altura e naquelas condições.

    O problema disto tudo é que o Kerry não é melhor que o Bush, mas apesár disso pode eventualmente ter um efeito positivo que sei que o Bush, não vai ter.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Vai chamar camarada a outro! (Pontos:1)
    por @|7 em 02-11-04 17:21 GMT (#82)
    (Utilizador Info)
    Pára já aqui o baile porque eu sou tudo menos camarada. Não tenho medo de dizer que sou de centro-direita e não quero ter nada haver com camaradas!
    Re:Vai chamar camarada a outro! (Pontos:1)
    por tool em 02-11-04 19:32 GMT (#88)
    (Utilizador Info)
    [ironia]

    Se fosses camarada não dizias "ter nada haver" mas sim "ter nada a ver"!

    [/ironia]

    Re:Vai chamar camarada a outro! (Pontos:2)
    por fhc em 02-11-04 22:04 GMT (#93)
    (Utilizador Info)

    Mas podemos dar uma tacada no Bushas, não podemos?

    Apesar de eu preferir o incompetente Bush ao incoerente Kerry, --- raios, o que aconteceu ao Mc qualquer coisa e ao Wesley Clarcke? ---, penso que um país tão grande e com provas dadas na sustentação da democracia ocidental de que todos disfrutamos possa ser governado por tal pesonagem símica. Poderíamos fazer uma troca e vender-lhes o Jorge Sampaio. Dava, como deu aqui, um excelente presidente: cultura não lhes falta, e os lapsos de língua são muito mais brando ("Meus queridos amigos cubanos", na Venezuela, e pouco mais).

    Por outro lado, se triturarmos o Bush com o Louçã, e com um pouco de Carvalhas obteremos uma mistura quanticamente instável (com muitos up e down, bastante strange, mas com pouco charm). Se as usarmos em enchimentos de projécteis, poderemos ter a primeira bomba mais potente que as bombas nucleares, sem violar qualquer moratória ou convenção que se nos apresente.

    Por fim, proponho enviar para Cuba em visita de estudo de seis meses todos os que apreciam a obra do fidel, que já não se aguenta nas pernas, mas continua obstinado a não cair da cadeira. Virão curados. Na verdade, conheci um tipo com a cara do Che que era militante comunista. Numa visita à Albânia de 84, teve de cortar o cabelo e usar gravata. Risos não me faltaram, nem ele teve mais vontade de usar o visual à Che.

    Francisco Colaço


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Alguma perguntas (Pontos:1)
    por Cirruz em 01-11-04 23:49 GMT (#35)
    (Utilizador Info)
    Só quero deixar algumas perguntas:

    - Se existiu mesmo fraude nas eleições de 2000, porque é que os principais interessados (Al Gore e apoiantes) não protestaram? Sentiram-se mais protestos da parte da(s) Esquerda(s) da Europa do que da parte do Partido Democrata dos EUA!

    - Segundo os números de 2000, cada máquina de voto é utilizada, em média, por 10.000 eleitores. No entanto, só meia dúzia de pessoas afirmam ter sido "enganadas" pela máquina. O que é que é mais provável: fraude eleitoral ou engano/incompetência do eleitor?

    - Se Kerry ganhar, Bush sairá normalmente da Casa Branca; caso contrário, sairá no fim do mandato, daqui a 4 anos, tal como tem acontecido nos últimos séculos da Democracia dos EUA. Quando tal acontecer (e vai acontecer), que argumentos terão todos aqueles que o acusaram de ser um ditador fascista que controla eleições?!?

    E já agora, ficam aqui alguns "factos", que nós Europeus bem informados tomamos como adquiridos:

    "FACTO": a Administração Bush invadiu o Iraque.
    FACTO: só o Senado pode declarar Guerra a outro país. No caso do Iraque, a grande maioria do Senado (77%) votou a favor da intervenção.

    "FACTO": o Senador Kerry é contra a invasão do Iraque.
    FACTO: o Senador Kerry votou a favor da invasão do Iraque! No entanto, na primeira Guerra do Golfo, que contou com o apoio da ONU, votou contra!

    "FACTO": Bush não ratificou o Protocolo de Quioto.
    FACTO: quem tem poder para ratificar tratados internacionais é o Senado. No caso do Protocolo de Quioto, 100% dos Senadores (incluindo o Senador Kerry!) votaram contra a ratificação!

    E podia continuar com muitos mais exemplos deste género... Qual é, então, a opinião pública mal informada? A Europeia ou a dos EUA?

    Cirruz

    Algumas respostas! (Pontos:2)
    por [ Ent ] em 02-11-04 0:18 GMT (#37)
    (Utilizador Info) http://mysec.blogspot.com
    "- Se existiu mesmo fraude nas eleições de 2000, porque é que os principais interessados (Al Gore e apoiantes) não protestaram? Sentiram-se mais protestos da parte da(s) Esquerda(s) da Europa do que da parte do Partido Democrata dos EUA!"

    O que se passou com o Al Gore é que ele era alguem sem o minimo de carisma e capacidade de liderança. Ele preocupou-se mais em perder "dignamente" do que em tentar ganhar. Era impensavel que depois do mandato do Clinton com a situação economica nos states naquela altura, o seu vice presidente não ganhasse facilmente as eleições. Eu diria que depois de falar com várias pessoas aqui nos states que o AL Gore teve vergonha de lutar por uma vitoria. Porque como disse noutro post, se ele tivesse pedido a recontagem total dos votos na florida tinha ganho!

    "Segundo os números de 2000, cada máquina de voto é utilizada, em média, por 10.000 eleitores. No entanto, só meia dúzia de pessoas afirmam ter sido "enganadas" pela máquina. O que é que é mais provável: fraude eleitoral ou engano/incompetência do eleitor?"

    A principais irregularidades nas eleições de 2000 não tiveram nada a ver com o sistema de voto electronico. Como já disse houve irregularidades em votos em diversos estados e pelos diversos partidos mas o que acabou por ser decisivo foi a florida onde o governador é um tal de Jeb Bush!

    "Se Kerry ganhar, Bush sairá normalmente da Casa Branca; caso contrário, sairá no fim do mandato, daqui a 4 anos, tal como tem acontecido nos últimos séculos da Democracia dos EUA. Quando tal acontecer (e vai acontecer), que argumentos terão todos aqueles que o acusaram de ser um ditador fascista que controla eleições?!? "

    Se o Bush ganhar, será porque o povo americano o merece. No entanto, isso não invalida que ao longo desta campanha os seus apoiantes tivessem tido atitudes dignas de uma ditadura onde a desinformação foi usada como eu nunca tinha visto antes.

    PS: Em relação aos factos, se tiver tempo, mais tarde comento e apresento outra forma de ver as coisas.

    "Asking if computers can think is like asking if submarines can swim"
    Re:Alguma perguntas (Pontos:2)
    por chbm em 02-11-04 0:20 GMT (#38)
    (Utilizador Info) http://chbm.net/
    > - Se existiu mesmo fraude nas eleições de 2000, porque é que os principais interessados (Al Gore e apoiantes) não protestaram? Sentiram-se mais protestos da parte da(s) Esquerda(s) da Europa do que da parte do Partido Democrata dos EUA!

    Andas distraido. Tanto protestou que estas eleições teem observadores internacionais. Como no Burkina Fasso.

    > FACTO: o Senador Kerry votou a favor da invasão do Iraque!

    FACTO: o Senador Kerry votou a favor de dar poderes ao comandante em chefe das forças armadas para dar a ordem à sua descrição.
    Claramente um erro considerando a administração em causa.
    Re:Alguma perguntas (Pontos:1)
    por Cirruz em 02-11-04 1:25 GMT (#44)
    (Utilizador Info)
    "Andas distraido. Tanto protestou que estas eleições teem observadores internacionais. Como no Burkina Fasso."

    Então Portugal também está ao nível do Burkina Fasso! Isto porque em todas as Legislativas e Presidenciais tivemos observadores internacionais! Por acaso já te terá passado por essa cabecinha que isso é uma prática habitual não eleições? Claro que não. É mais um daqueles caso em que se pegou num facto irrelevante, colocando-o num outro contexto e propagandeando-o à comunidade de lunáticos como uma teoria da conspiração.

    "o Senador Kerry votou a favor de dar poderes ao comandante em chefe das forças armadas para dar a ordem à sua descrição."

    Mau: então o tipo que encomenda um crime não é também um criminoso?!? Se a Administração pediu carta branca ao Senado para derrubar o regime Estalinista do Saddam e este aceitou, isso não faz do Senado e do Senador Kerry apoiantes da acção militar?!? Iam derruba-lo com quê? Resoluções da ONU? (eheh, se atirassem os quilos de papel das resoluções para cima do Saddam, eram mesmo capazes de o derrubar!)

    Cirruz

    Re:Alguma perguntas (Pontos:2)
    por higuita em 02-11-04 4:54 GMT (#50)
    (Utilizador Info)
    Isto porque em todas as Legislativas e Presidenciais tivemos observadores internacionais!

    COMO!!!
    explica la' essa?!

    conheco quem ja' esteve nas mesas de votos E nas contagens de votos, em nenhuma delas existiu algum observador internacional!!

    indica-me uma noticia nos ultimos 20 anos em que tenham participado observadores internacionais em eleicoes em portugal...

    o caso dos EUA e' veridico, devido as elecoes de 2000 (que nao tiveram observadores internacionais), desta vez para tirar as duvidas de manipulacao, os EUA requereram a presenca de observadores internacionais...
    ou seja, nao e' nada de normal em paises ditos evoluidos, apenas em paises conturbados e com pouco historial democratico

    se nao te acreditas, vai procurar as noticias na net...

    este e' mais um caso de "so' e' cego aquele que nao quer ver"

    ps: ainda estou a espera que os EUA ataquem outro eixo do mal, a koreia do norte, que tambem tortura, mata de fome e censura a sua populacao, ja' que o ataque ao iraque teve fins tao "nobres"

    Higuita
    Re:Alguma perguntas (Pontos:1)
    por hybriz em 02-11-04 11:14 GMT (#60)
    (Utilizador Info)
    "que tambem tortura, mata de fome e censura a sua populacao"

    estava a lêr isto e a pensar que essa descrição encaixa PERFEITAMENTE nos EUA.

    Re:Alguma perguntas (Pontos:2)
    por fhc em 02-11-04 22:12 GMT (#95)
    (Utilizador Info)

    Obviamente a tua querida URSA era o paraíso dos trabalhadores. Existia uma anedota da era soviética. Num julgamento daqueles imparciais, um dissidente era condenado a dez anos num campo de trabalho. Dizia ele:

    --- Estou arrependido por ter discordado da ciência dos nossos líderes soviéticos. Mereço um castigo pior do que os dez anos em reabilitação.

    Perguntado qual seria um tal castigo, disse ele:

    --- Dizeis que o Ocidente é o inferno, que aqui é o paraíso e que lá é a chaga da corrupção, do crime e da dissolução que desvia as vontades dos líderes desses países. Pois bem, castiguem-me e enviem-me para lá.

    Francisco Colaço


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Re:Alguma perguntas (Pontos:1)
    por tool em 03-11-04 19:21 GMT (#113)
    (Utilizador Info)
    Ele fala dos EUA num tópico sobre as eleições dos EUA. Tu dizes que ele é comuna e falas da URSA sem razão alguma.

    Confessa lá, dormiste mal não foi?

    Re:Alguma perguntas (Pontos:2)
    por fhc em 04-11-04 10:07 GMT (#117)
    (Utilizador Info)

    Ele é que diz que os Estados Unidos tortura a sua população. Já lá estive, conheço pessoas do Departamento de Estado e posso asserverar que mais chato é a situação nas prisões portuguesas do que os direitos civis nos States.

    Se violações há, e eu sei de umas quantas, são esporádicas e não sancionadas pelo governo. Quanto à situação de Guantanamo, sugiro que leiam bem a Convenção de Genebra, especialmente a parte que diz «âmbito».

    Francisco Colaço


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Re:Alguma perguntas (Pontos:1)
    por tool em 05-11-04 0:02 GMT (#124)
    (Utilizador Info)
    Bom, ao menos agora ignoraste a URSA como tu lhes chamas.

    Não li a Convenção de Genebra mas pelo que percebi, queres com isso dizer que é legal o que eles lá fazem? Pois bem, mesmo que assim seja, nem tudo o que é legal está correcto. Certo?

    Re:Alguma perguntas (Pontos:2)
    por fhc em 06-11-04 18:27 GMT (#126)
    (Utilizador Info)

    A convenção de Genebra diz exclusivamente respeito a civis desarmados e a membros uniformizados de exércitos legalmente reconhecidos. Milicianos estão fora do âmbito da convenção. Sebem me lembro, está mesmo numa das primeiras duas páginas.

    Um miliciano é, para todos os efeitos, um espião, e pode ser fuzilado, mutilado, lançado aos cães e obrigado a ouvir a série completa dos discursos de Jorge Sampaio, muito embora saibamos de antemão que deve preferir os cães.

    Quanto ao que se passa em Guantanamo, não tenho uma opinião muito formada. Afinal, os tipos que lá estavam treinavam activamente para nos matar em actos subversivos de guerra não declarada e covarde, almejando a morte de civis inocentes. Penso mesmo que, dados os seus desejos para connosco e a sua infinda lealdade, tudo o que lhes pudermos fazer para lhes dar condições de vida é algo mais do que merecem. Lembro que a Convenção de Genebra não permite a morte de civis inocentes, coisa que aqueles dromedários não desdenham.

    Afora isso, sabias que a ursa é o animal simbológico da Rússia? Ou pensaste que lhe chamava ursa por dá cá aquela palha? ;-)

    Francisco Colaço


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Re:Alguma perguntas (Pontos:1)
    por tool em 07-11-04 15:19 GMT (#128)
    (Utilizador Info)
    Pensei no trocadilho, sim. :P

    A outra questão é muito subjectiva. Percebo o teu ponto de vista mas não concordo com isso. Isso é pagar na mesma moeda. Não é isso a minha ideia de justiça...

    Re:Alguma perguntas (Pontos:1)
    por hybriz em 04-11-04 12:28 GMT (#120)
    (Utilizador Info)
    wtf? estás bem da cabeça?
    bem... a war against drugs deve-te ter passado ao lado? bom, mas nem vou por ai, não sou arrogante ao ponto de pensar que consigo fazer alguma coisa contra este genero/nivel de ignorancia e estupidez.
    fica la com a tua democracia perfeita que são os EUA.....(ROTFL! não dá para incluir democracia e EUA na mm frase sem rir...desculpem)

    fhc, abre a puta dos olhos, boa?


    Re:Alguma perguntas (Pontos:2)
    por fhc em 02-11-04 22:08 GMT (#94)
    (Utilizador Info)

    Se bem me lembro, a OSCE já lá esteve em 2000. Pode alguém desenterrar o relatório?

    Francisco Colaço


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Alguns factos (Pontos:2)
    por [ Ent ] em 02-11-04 2:05 GMT (#47)
    (Utilizador Info) http://mysec.blogspot.com
    Facto: A guerra contra o iraque foi justificada pela ADMINISTRAÇÂO Bush pela existencia de armas de destruição massiça que afinal não existiam. O senado quando votou sobre esse assunto pensava que o presidente tinha em seu poder provas irrefutaveis que o iraque representava um perigo para o states (ahahahahaha)!

    Facto: Durante as eleições, a invasão do iraque passou a ser justificada porque o sadam era um criminoso e porque existia uma ligação com a al-qaeda. O que realmente se passou é que a invasão do iraque permitiu que a al-qaeda se implementasse no iraque e que muitos campos de terroristas fossem construidos . A administração bush mentiu deliberadamente aos americanos!


    "Asking if computers can think is like asking if submarines can swim"
    Re:Alguns factos (Pontos:1)
    por hybriz em 02-11-04 11:16 GMT (#61)
    (Utilizador Info)
    "A administração bush mentiu deliberadamente aos americanos!"

    é normal. as administrações dos EUA têm um historial bem grande de mentiras deliberadas e publicamente assumidas em relação ao seu proprio povo. Normalmente usam a desculpa da National Security seja para o que for...

    Re:Alguns factos (Pontos:2)
    por fhc em 04-11-04 10:27 GMT (#118)
    (Utilizador Info)

    que não existiam

    Que não foram encontradas... Se achas que a França é imparcial, sugiro que vejas a excelente investigação da TF1 sobre a presença da Dra. Gene no Iraque, que foi feita, creio, em 2002 e que passou há coisa de um ano no extinto Sinais do Tempo.

    Um exercício: escondi um anel de ouro na Cidade da Covilhã. Boa sorte!

    Ditadores, desses estou eu fartinho até à medula. No entanto, concordo que terem os States desbandado o exército iraquiano e a polícia secreta, em vez de a absorver, foi uma medida que lixou todo o processo da guerra. Aliás, foi o que lixou o processo da guerra. Até porque tinham exemplos próximos de que não se deve desbandar um exército, mas absorvê-lo na nova ordem. Por exemplo, Portugal de 75 ou Alemanha de 45.

    Quanto à ligação do Saddam com a Al-Quaeda, não me parece, como tu, que tenha sido alguma vez concretizada. O socialismo árabe é inimigo natural do pan-arabismo militante, e não creio que isso fosse desconhecido do Saddam, por muito ódio que tivesse ao Bushas.

    Francisco Colaço


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    baralho de cartas (Pontos:1)
    por Woody Allen em 02-11-04 0:34 GMT (#39)
    (Utilizador Info)
    Vejam as cartas do regime bush :) http://www.radicais-livres.org/?item=cartas

    A Netcabo foi-me à carteira e Zzt...

    "Winner takes it all" (Pontos:2, Interessante)
    por BugMeNot.com em 02-11-04 4:11 GMT (#48)
    (Utilizador Info)
    Tem-se espalhado, um pouco por todo o lado, que nos EUA o venceder num estado arrecada todos os votos do colégio eleitoral, numa espécie de tudo ou nada.

    De facto isto passa-se assim em QUASE todos os estados, mas existem actualmente dois -- Maine e Nebrasca -- que já fazem a distribuição proporcional.

    Curiosamente, nestas eleições Colorado vai também a votos para decidir se continua no "winner takes it all" ou se passa ao sistema proporcional. Curiosamente tb, se o "proporcional" ganhar -- pouco provável -- aplica-se já a estas eleições.

    É fácil perceber que este sistema de "tudo ou nada" de eleger o colégio eleitoral é... bom, no mínimo anti-democrático. Penso que a eleição dos delegados do tal colégio de forma proporcional é universalmente reconhecida como mais justa e correcta, mas a muito custo os estados a adoptam, devido ao vício do sistema: um estado republicano (por exemplo) é dominado por republicanos que não estão interessados em dividir o seu colégio eleitoral com os democratas, logo vão bloquear todas as iniciativas nesse sentido.

    Re:"Winner takes it all" (Pontos:1)
    por tool em 03-11-04 19:26 GMT (#114)
    (Utilizador Info)
    E votaram contra no Colorado.

    Ainda não consegui perceber se essa forma de contar votos é boa ou não, tenho que pensar melhor. À partida é bom para o interior (mas parece-me que o interior de lá não é tão pobre como o dos países europeus, talvez não) mas também parece certo que a maioria dos habitantes dos EUA votam nos democratas. Faz-me confusão que um habitante de Nova Iorque tenha só meio-voto (mas coisa menos coisa) e que outros tenham voto-e-meio.

    Re:"Winner takes it all" (Pontos:2)
    por fhc em 06-11-04 18:32 GMT (#127)
    (Utilizador Info)

    Desculpa-me lá, mas só Portugal é que tem conceito de Interior. Madrid está no centro da península e o dito interior deveria ser a Galiza e a Andaluzia. Paris está bem longe do Mar, e até Roma está nas margens do Tibre, a mais de trinta quilómetros do Mediterrâneo.

    Francisco Colaço


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Re:"Winner takes it all" (Pontos:1)
    por tool em 07-11-04 15:21 GMT (#129)
    (Utilizador Info)
    Porque levaste isso à letra. Cá o interior é a zona mais pobre do país (tirando as ilhas). Quando falo no interior lá fora falo também nessas zonas mais pobres, com pessoas com menores condições e afins. E isso há em todo o lado. E nos EUA foram esses que votaram maioritariamente no Bush. Tal como cá acontece...
    Re:"Winner takes it all" (Pontos:2)
    por fhc em 10-11-04 13:45 GMT (#130)
    (Utilizador Info)

    Então o Bush não é o patrono dos ricos, segundo alguns aqui não param de dizer?

    Francisco Colaço


    Quem não faz, ensina; quem não faz nem ensina, faz metodologia. Quem não faz nem ensina nem faz metodologia, faz futurologia.

    Deixem-se de teorias da conspiração (Pontos:1)
    por linooks em 02-11-04 10:06 GMT (#53)
    (Utilizador Info) http://www.ajcm.pt.vu

    quote from article: In Sandoval County, three Rio Rancho residents said they had a similar problem, with opposite results. They said a touch-screen machine switched their presidential votes from Bush to Kerry.

    Independente de quem ganhar Bush ou Kerry, espero que não haja duvidas sobre o vencedor, como na ultima vez.


    ___________________________________

    (linooks (at) zmail (dot) pt)

    Re:Deixem-se de teorias da conspiração (Pontos:2)
    por Init em 02-11-04 14:14 GMT (#74)
    (Utilizador Info)

    Espero que não deixes que a esperança, tolde a visão, claro que todos queremos que sejam eleições livres e justas. Mas uma coisa é nós quereremos, outra é ser. E para sabermos se é ou não precisamos de factos, não de esperança.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Caros Foristas (Pontos:1)
    por rmachado em 02-11-04 15:01 GMT (#75)
    (Utilizador Info)
    O EUA são o sitio onde mais se prega a liberdade e onde se censura a mesma.... São o pais mais contraditório do mundo... São o único pais democrático em que com menos votos se ganha eleições... São o único pais onde o lobbies são permitidos e até venerados Mas uma coisa é certa, embora o Kerry também não seja nenhum santo, que isto de ser politico não o permite.... O Bush é do pior... Só invadiu o Iraque por dois motivos, o Lobbie das Armas/Armamento... e para ficar a frente do pai.... Quase todas as guerras, depois da II guerra, em que os EUA se meteram foram por razões económicas... Façam ai uma pesquisinha e vejam quem ganhou com as batatadas...
    Re:Caros Foristas (Pontos:1)
    por Cirruz em 02-11-04 17:45 GMT (#83)
    (Utilizador Info)
    "O EUA são o sitio onde mais se prega a liberdade e onde se censura a mesma..."

    Isso é conversa fiada, uma daquelas balelas repetidas até se tornarem "verdade". Dá-me um único exemplo do quotidiano de um cidadão dos EUA em que ele tenha menos liberdade do que um cidadão de Portugal ou de qualquer outro país da Europa.

    "São o único pais democrático em que com menos votos se ganha eleições...

    Tretas, em Portugal, com o Método de Hondt, pode acontecer exactamente a mesma coisa. Isto porque o número de deputados eleitos por um determinado círculo eleitoral não é proporcional ao número de eleitores. Se um partido for muito votado em Lisboa e no Porto e pouco votado no resto do país, é possível isso acontecer. Só nunca aconteceu porque nunca tivemos situações de empate entre os dois maiores partidos.

    "São o único pais onde o lobbies são permitidos e até venerados"

    Ehehe, esta frase está um espectáculo! Sabes o que é a Maçonaria? A Opus Dei? A Internacional Socialista? Vejo que sabes muito sobre os EUA e pouco sobre a tua velha Europa...

    "Só invadiu o Iraque por dois motivos, o Lobbie das Armas/Armamento... e para ficar a frente do pai..."

    Pá, esqueceste-te do petróleo!

    "Quase todas as guerras, depois da II guerra, em que os EUA se meteram foram por razões económicas..."

    Eu digo mais: todas as guerras, de todas as civilizações da História, foram desencadeadas por motivos económicos. Como os EUA não são uma nação extra-terrestre, é natural que não fujam à regra. Aqui não há inocentes.

    Cirruz

    Re:Caros Foristas (Pontos:2)
    por Init em 02-11-04 18:44 GMT (#87)
    (Utilizador Info)

    Isso é conversa fiada, uma daquelas balelas repetidas até se tornarem "verdade". Dá-me um único exemplo do quotidiano de um cidadão dos EUA em que ele tenha menos liberdade do que um cidadão de Portugal ou de qualquer outro país da Europa.

    DMCA, Patriot Act, é preciso continuar?


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Caros Foristas (Pontos:1)
    por Cirruz em 02-11-04 22:24 GMT (#97)
    (Utilizador Info)
    Novamente, conversa fiada. O que é que a DMCA tem de diferente em relação às políticas de protecção dos direitos de autor, recentemente aprovadas no Parlamento Europeu?!?

    E quanto ao Patriotic Act, só tenho três palavras para ti: Processo Casa Pia. Meia dúzia de arguidos presos por mais de um ano sem acusação formada, escutas telefónicas, intercepção de emails, violação do segredo de justiça... É preciso continuar?

    Pergunto novamente: em que situações do quoticiano é que um cidadão dos EUA tem menos liberdade do que um cidadão da comunidade Europeia?

    Cirruz

    Re:Caros Foristas (Pontos:1)
    por tool em 03-11-04 19:29 GMT (#115)
    (Utilizador Info)
    Caso Casa Pia: andaste a ver TV a mais e a ler livros de direito a menos. O processo teve muitos erros mas a grande maioria deles prejudicou as vitimas e não os reus.

    Apenas como comparação, compara estar preso num hotel de 2/3 estrelas (como a IPL) sobre um assunto que se torna público (e logo, mais investigado) com o estar preso sem quaisquer condições porque sim...

    Re:Caros Foristas (Pontos:1)
    por mpires em 02-11-04 20:28 GMT (#89)
    (Utilizador Info)
    Uma coisa é a guerra ser desencadeada por motivos económicos do país, outra coisa é invadir um país que não tem NADA a ver com o assunto! Esses motivos económicos só são válidos para a carteira da Admnistração do presidente (Bush) em cargo.

    Sleep on , Dream on
    Tirado da sic (Pontos:2)
    por mlopes em 02-11-04 16:46 GMT (#77)
    (Utilizador Info)

    Por mais incrível que pareça, nos EUA cada estado tem o direito a decidir o seu sistema de votação. Assim, assistimos a coisas tão fabulosas como a votação por e-mail (sim, é verdade) no Oregon e a votação com cartões arcaicos e altamente falíveis na Florida.

    Em muitos estados, o sitema de votação e de contagem dos votos está entregue a empresas privadas, o que aumenta o grau de suspeição - muitas delas estiveram ligadas aos processos de recenseamento, que nos EUA são altamente patrocinados (para não dizer forçados) pelas candidaturas presidenciais.

    No Ohio, um dos estados que ainda balança entre Bush e Kerry, um juiz já anulou os votos de 3 mil eleitores que escolheram votar por antecipação. A maior parte dos votos eram para Kerry (a crer nos estudos locais) e a eleição no Ohio pode ser decididda por pouco mais de mil votos...

    Notícia aqui

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    eleições americanas e Gildot (Pontos:1)
    por CREMAToRIO em 02-11-04 18:43 GMT (#86)
    (Utilizador Info)
    Alguem me pode explicar a razão deste artigo ter sido aprovado aki no gildot?
    Desde já, muito obrigado.

    Re:eleições americanas e Gildot (Pontos:2)
    por Mind Booster Noori em 03-11-04 0:05 GMT (#99)
    (Utilizador Info) http://www.mindbooster.cjb.net
    Quem é que dedica o seu tempo a manter este serviço ?

    Trata-se de um grupo de pessoas que se preocupam com a divulgação do software aberto, e que sabendo da existência do Slashdot, resolveram criar um forum semelhante em Português.

    Ora, se o objectivo do Gildot é ser "um forum semelhante ao Slashdot, em Português", então é aceitavel esta notícia ter sido aceite: afinal o slashdot até tem o http://politics.slashdot.org/ só dedicado à política.
    Re:eleições americanas e Gildot (Pontos:2)
    por chbm em 03-11-04 17:26 GMT (#111)
    (Utilizador Info) http://chbm.net/
    Porque as eleições no USA teem influencia directa na liberdade de expressão e no "tecnologismo" mundial. Este tema foi abordado já varias vezes no Gildot.
    Re:eleições americanas e Gildot (Pontos:1)
    por CREMAToRIO em 03-11-04 17:55 GMT (#112)
    (Utilizador Info)
    " Porque as eleições no USA teem influencia directa na liberdade de expressão e no "tecnologismo" mundial. Este tema foi abordado já varias vezes no Gildot."

    Minha alma tá parva.

    Influencia directa na liberdade de expressão???

    Está muito renhido! (Pontos:1)
    por @|7 em 02-11-04 21:39 GMT (#91)
    (Utilizador Info)
    Estas eleições já foram consideradas as mais concorridas dos últimos 50 anos. Em apenas 3 horas no estado da Flórida, votaram mais de 2 milhões de votantes, isto quer dizer que o número de eleitores ultrapassa todas as expectativas, devendo ultrapassar só neste estado os 10 milhões de votantes (em 2000 apenas votaram 7 milhões).

    As urnas fecham dentro de 1 hora e meia e depois vamos ver o que vai acontecer...

    Re:Está muito renhido! (Pontos:2)
    por Mind Booster Noori em 03-11-04 0:11 GMT (#100)
    (Utilizador Info) http://www.mindbooster.cjb.net
    Até agora temos 3 estados para o Bush e 1 para o Kerry, o que significa que o Bush tem 34 votos eleitorais e o Kerry só tem 3...
    Re:Está muito renhido! (Pontos:2)
    por Mind Booster Noori em 03-11-04 0:43 GMT (#101)
    (Utilizador Info) http://www.mindbooster.cjb.net
    4 estados para o Bush e 1 para o Kerry
    Re:Está muito renhido! (Pontos:1)
    por manji em 03-11-04 11:49 GMT (#102)
    (Utilizador Info) http://manji.webhs.org
    Um pequeno off-topic. Alguém se lembra de uma história que houve à uns tempos atrás, sobre um tipo que viria do futuro? Lembram-se de algumas " previsões " do homem? " This becomes apparent around 2004 as civil unrest develops near the next presidential election. (talked in 2000, by a supposed time traveller from the future, john titor, talking about a future civil war in US) " in http://www.johntitor.com/ Just to spice up your X-Files side.
    PLiM!

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]