gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Comunicado de Imprensa do Centro de Média Independ
Contribuído por vaf em 11-10-04 20:56
do departamento
News Anonimo Cobarde escreve "FBI apreende servidores do CMI no Reino Unido

Autoridades americanas emitiram uma ordem federal para o escritório da Rackspace nos Estados Unidos exigindo que ela entregasse equipamento do Centro de Média Independente em Londres para a agência requerente. A Rackspace é uma das provedoras de sites do CMI com sedes nos Estados Unidos e em Londres. A Rackspace acatou a ordem, sem notificar o Centro de Mídia Independente, e entregou o servidor do CMI no Reino Unido. Este servidor alojava mais de 20 sites do Centro de Média Independente em todo o mundo.

Uma vez que o mandato foi expedido para a Rackspace e não para o Centro de Mídia Independente, os motivos da medida ainda são desconhecidos do CMI. Em comunicado aos voluntários do CMI, a Rackspace disse que "não pode dar ao Centro de Mídia Independente nenhuma informação a respeito da ordem." Servidores de internet tem recebido ordens sob sigilo em situações semelhantes que os impedem de informar as partes interessadas do que está acontecendo.

Não é claro para o CMI como e porque um servidor que está fora da jurisdição dos Estados Unidos pode ser apreendido por autoridades americanas.

Ao mesmo tempo, um segundo servidor foi apreendido na Rackspace que provia streaming de rádio para diversas estações de rádio, uma distribuição de Linux chamada BLAG e alguns outros sites diversos.

Nos últimos meses aconteceram diversos ataques aos média independentes pelo governo federal dos Estados Unidos. Em Agosto, os serviços secretos utilizaram um mandato numa tentativa de fechar o CMI de Nova Iorque antes da convenção do Partido Republicano, tentando conseguir os registos de IP de um provedor nos Estados Unidos e na Holanda. No mês passado, a Comissão Federal para Comunicações fechou estações de rádio por todos os Estados Unidos. Há duas semanas o FBI solicitou que o Centro de Média Independente retirasse uma matéria do site do CMI de Nantes que continha uma fotografia de um policia suiço disfarçado. Voluntários do CMI Seattle foram visitados por agentes do FBI pelo mesmo motivo. Por outro lado, o Centro de Média Independente e outras organizações de média independente foram bem sucedidas, conseguindo vitórias, por exemplo, contra a Lei Patriótica e a Lei Diebold. Hoje, no entanto, as autoridades americanas fecharam diversos CMIs em todo o mundo.

A lista de coletivos de média locais afectados inclui Ambazônia, Uruguai, Andorra, Polônia, Oeste de Massachussets , Nice, Nantes, Lilles, Marselha (todos da França), Euskal Herria (País Basco), Liege, Leste e Oeste de Vlaanderen, Antuérpia (todos da Bélgica), Belgrado, Portugal, Praga, Galícia, Itália, Brasil, Reino Unido, parte do site da Alemanha e o site global de rádio do CMI. "

O FBI apreendeu os discos rígidos da Indymedia | Formação de professores em Linux e OpenOffice.org  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • Anonimo Cobarde
  • Mais acerca News
  • Também por vaf
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]