gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Formação de professores em Linux e OpenOffice.org
Contribuído por vaf em 11-10-04 22:47
do departamento meta-formação
News pv escreve "Foi iniciada esta semana a formação de 150 professores do Ensino Secundário em Linux Caixa Mágica e OpenOffice.org. Estes professores serão os formadores dos restantes professores da disciplina de Tecnologias de Informação e Comunicação nestas matérias.

Esta formação foi organizada pela Sun Microsystems e a Direcção Regional de Educação do Centro, com a participação da Caixa Mágica e da Tecnidata. Vai abranger todas as regiões de Portugal continental. Detalhes, incluindo locais, aqui."
[vaf: A Caixa Mágica entretanto disponibilizou um documento de auxílio ao planeamento da disciplina de TIC.]

O FBI apreendeu os discos rígidos da Indymedia | "conversores" email2sms  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • aqui
  • disponibilizou
  • documento
  • Mais acerca News
  • Também por vaf
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Bem... (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 12-10-04 1:05 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    vou gastar um comentário só a dizer:
    "nice!" :)

    vamos lá a ver. espero que alguém tenha contacto com os professores e vá contando como corre. espero q a caixa mágica esteja à altura.

    OFF-TOPIC: só neste país para se fazer campanha a meio de uma legislatura.
    -----
    Microsoft has funded 13 studies over the past year comparing Linux with its own products. Guess what: All of them come out in favor of Microsoft.
    LOLLLLLLL dos GRANDES! (Pontos:0, Gozão)
    por Kmos em 12-10-04 7:33 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://Kmos.TondelaOnline.com
    "Vai abranger todas as regiões de Portugal continental.

    Centro Formação de Associação de Escolas de Gaia Sul
    Centro de Formação Francisco de Holanda, em Guimarães
    Centro de Formação das Escolas do Concelho de Mirandela
    Centro de Formação Álvaro Silveira, em Coimbra
    Centro de Formação Concelhio do Fundão
    Centro de Formação da Batalha / CC "Entre Mar e Serra"
    Centro de Formação António Sérgio, em Lisboa
    Centro de Formação de Professores Arrábida, em Setúbal
    Direcção Regional de Educação do Alentejo, em Évora
    Centro de Formação de Professores de Lagoa
    "

    Se isto é Portugal Continental, mais uma vez, esqueceram-se do resto do país, já que normalmente nunca conta para nada...

    I'm a Lost Soul in this Lost World...
    Re:LOLLLLLLL dos GRANDES! (Pontos:1)
    por pires em 12-10-04 8:38 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://www.evoluzion.org
    Parece-me q não tens a noção de regiões! Em todo o caso, esta é uma iniciativa de louvar :)

    Parabéns aos ideólogos da ideia!
    After all, we're all alike!
    Re:LOLLLLLLL dos GRANDES! (Pontos:4, Esclarecedor)
    por pv em 12-10-04 8:46 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Em termos do Ministério da Educação há 5 regiões em Portugal Continental: Norte, Centro, Lisboa, Alentejo e Algarve. Em todas essas há formação. Qual é o "resto do país" ? Se é o interior, está incluído com Mirandela, Fundão e Évora. Mas esta é apenas a lista dos locais onde se está a fazer esta formação inicial. Pode ser que haja alguem de Tondela inscrito... Se não, em vez de rires, toca a organizar mais sessões de formação. Cada escola pode promover a sua..
    Re:LOLLLLLLL dos GRANDES! (Pontos:1, Despropositado)
    por Kmos em 12-10-04 11:29 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://Kmos.TondelaOnline.com
    Quem te disse que ando na escola? =) Era boa ideia se viessem para a zona de Viseu (Centro Norte). É sempre esquecido o sítio dos coitadinhos, isso sim é triste e ao fim ao cabo não dá para fazer mais do que rir, quando há algo novo, esquecem-se sempre de sítios que até podem ter um grande potencial.

    I'm a Lost Soul in this Lost World...
    Re:LOLLLLLLL dos GRANDES! (Pontos:1)
    por pires em 12-10-04 13:14 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://www.evoluzion.org
    Antes de irem para Viseu, viriam para Aveiro, que é (indubitavelmente) um pólo industrial/tecnológico muito mais desenvolvido que Viseu. Aliás, nem sequer estou a ver o que Viseu poderá ter a mais q outras localidades não atendidas neste caso.

    Estou do lado do pv qnd diz que esta ainda é uma lista de uma primeira formação, e segundo pude ler, os professores contemplados serão os formadores dos próximos, logo, e também tendo em conta a proximidade de Coimbra e Fundão, creio que está mesmo acessível para Viseu/Tondela.

    "I'm a Lost Soul in this Lost World..." -> estás mesmo perdido :P
    After all, we're all alike!
    Re:LOLLLLLLL dos GRANDES! (Pontos:2)
    por Kmos em 12-10-04 16:08 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://Kmos.TondelaOnline.com
    Sim claro, não se pode comparar.. Aveiro com Viseu, mas talvez quando abrirem a UPV (Universidade Pública de Viseu), comecem a ver com outros olhos esta cidade. Eu não sou de Viseu, sou de arredores como deverá para ver (Tondela), mas acho que isto anda muito esquecido. É apenas a minha opinião pessoal..

    I'm a Lost Soul in this Lost World...
    Re:LOLLLLLLL dos GRANDES! (Pontos:2)
    por pcardoso em 12-10-04 18:56 GMT (#19)
    (Utilizador Info) http://www.insomni.org/pedro/
    RANT

    Bah.. A UPV é uma miragem e além disso Viseu já tem o maior politécnico do país.

    Alguém me diz mesmo a sério qual é a grande diferença entre um politécnico e uma universidade?

    O problema é q neste país dá-se mais importância ao título/onde se tirou o curso. Sou de aveiro, estudei em viseu (onde ainda trabalho) e ajudei mtos colegas meus (que estudaram na Univ de Aveiro) com trabalhos a uma data de cadeiras.. até mesmo em trabalhos de mestrado e de fim de curso. Há uns tempos andei a procurar emprego em Aveiro, tinha no meu CV escarrapachado "LICENCIATURA em engª de sistemas e informática pelo politécnico de Viseu" e soube depois que pensavam que só tinha bacharelato.

    Enfim.. Da próxima vez meto só "licenciado em ESI." e não ponho onde, pode ser que confundam com a UMinho.

    /RANT
    I live the way I type; fast, with a lot of mistakes.
    Re:LOLLLLLLL dos GRANDES! (Pontos:1)
    por simul em 12-10-04 23:12 GMT (#24)
    (Utilizador Info)
    Concordo com a miragem! Não consigo compreender esta mentalidade de que para uma localidade ser "desenvolvida" tem que ter a SUA universidade (talvez para dar tachos aos filhotes de alguns figorões locais). Para mais, não percebo porquê abrir mais uma universidade quando daqui a mais um tempinho vários cursos fecharão (ou deveriam) por falta de alunos (para além de haver demasiadas licenciaturas em PT).

    > Alguém me diz mesmo a sério qual é a grande diferença entre um politécnico e uma universidade?
    Para te responder gastaria demasiado do meu precioso tempo livre. Basta dizer que há profs que desenpenham funções importantes e que nem doutoramento têm. Que "investigação" é palavra desconhecida nos politécnicos. Como se pode dar aulas actualizadas (e não livrescas) sem se fazer investigação? (não confundir com a capacidade de cada um de ensinar; estou a falar de conhecimentos científicos). Nas "universidades" (em sentido lato) ensina-se porque se investiga e não o contrário... Sem investigação não deveria haver ensino de qualquer matéria.

    >soube depois que pensavam que só tinha bacharelato.
    Pois... É que os politécnicos foram criados inicialmente para formar bachareis. Agora já querem poder conferir doutoramentos!!!! De qualquer forma como "Bolonha" transformou as antigas licenciaturas em espécie de bacharelatos... Sinais dos tempos: mais cedo pró trabalho e se quiseres a mesma formação que antes tinhas, então paga-a directamente do teu bolso.

    PS:
    1) não é meu costume responder a questões fora do contexto da notícia, mas essa tua pergunta era demasiado provocadora para não ser aflorada.
    2) também sou natural de Viseu e vou lá sempre que tenho disponibilidade e disposição...
    Re:LOLLLLLLL dos GRANDES! (Pontos:1)
    por pires em 13-10-04 14:46 GMT (#29)
    (Utilizador Info) http://www.evoluzion.org
    Quando me referi a pólo tecnológico, não me quis só referir à Universidade de Aveiro. Mas sim a empresas como a PT Inovação, a NEC, ou institutos como o IT (http://www.av.it.pt).

    Já agora, pcardoso, aquele comentário era para dizer o quê? Que és melhor (por ser formado em Viseu) do que os que são formados em Aveiro?! É que o Politécnico, indiferente da sua dimensão, não tem sequer comparação á Universidade de Aveiro no que toca ao tema pelo qual surgiu esta thread.

    Já agora, não digo isto só porque estudo e trabalho em Aveiro. Até porque os meus argumentos são facilmente justificáveis :)

    Basta ver que 13 em 16 pedidos de patenteamento de tecnologias a nível universitário no panorama português no ano de 2003 partiram da UA, e se tiverem paciência, procurem quais são, pois vale a pena :)

    Ainda gostava de ver em que projectos europeus entra ou entrou o IPV, ou mesmo que projectos tecnológicos estão envolvidos -> vide http://www.ieeta.pt ou http://www.av.it.pt

    Em relação à notícia propriamente dita, já disse o que tinha a dizer!


    After all, we're all alike!
    Re:LOLLLLLLL dos GRANDES! (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 13-10-04 17:02 GMT (#30)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    pondo palavras minhas na boca dele, apenas quis dizer q a universidade é meramente um indicador entre tantos outros, e não devia ser factor maioritário na escolha de um candidato.
    -----
    Microsoft has funded 13 studies over the past year comparing Linux with its own products. Guess what: All of them come out in favor of Microsoft.
    Formação de professores em Linux e OpenOffice.org (Pontos:4, Informativo)
    por username1 em 12-10-04 10:15 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    sim, e' verdade que esta notica e' boa!
    faz-me lembrar a discussao sobre linux usado nas escolas, isto foi discutido em alantejo 2004.

    o meu filho tem "introducao as tecnologias de informacao" e e' obrigado a usar o microsoft office. algo que ca em casa nao existe. fiquei chateado quando o seu professor disse para ele aranjar uma copia ilegal so por ter dito que era muito caro comprar. usar linux comprendo que seja algo nao necessario visto que ele esta na area de letras, mas porque nao usar o openoffice.org?
    era so para relembrar algo que ja foi aqui discutido, os tais senhores professores que mandam os alunos aranjar o microsoft office... ou pagam muito ou fazem algo ilegal.
    em relacao ao caixa magia nunca fui fa! mas pronto... e' nacional e esta em portugues, deve ser por isso.
    Re:Formação de professores em Linux e OpenOffice.o (Pontos:1)
    por phlox em 12-10-04 10:40 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    faz-me lembrar a discussao sobre linux usado nas escolas, isto foi discutido em alantejo 2004.
    Também lá estive e, muito sinceramente, achei que o governo da estremadura está a milhas de distância do governo Português (!).
    o meu filho tem "introducao as tecnologias de informacao" e e' obrigado a usar o microsoft office. algo que ca em casa nao existe.
    Isso é que eu não percebo. Se as escolas abordam os dois sistemas operativos (ou pelo menos, apartir de agora, têm os dois instalados em cada computador) qual é o objectivo de usar alguma coisa não compativel com os dois sistemas operativos ?
    Re:Formação de professores em Linux e OpenOffice.o (Pontos:2)
    por Init em 12-10-04 11:05 GMT (#7)
    (Utilizador Info)

    Favorecer a m$, que mais pode ser... É que assim sobra menos tempo para abordar os produtos da concorrência porque ao contrário dos modulos sobre os produtos m$ que são obrigatórios, os outros são opcionais...


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Formação de professores em Linux e OpenOffice.o (Pontos:2, Interessante)
    por phlox em 12-10-04 12:06 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Há coisas que também não são bem assim. Por acaso nunca ouvi falar de um software que faça o mesmo que o Microsoft Class Server e com a mesma maturidade.
    Re:Formação de professores em Linux e OpenO (Pontos:3, Esclarecedor)
    por Gimp em 12-10-04 12:36 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Concordo com o sentido do teu post. Nunca encontrei um Windows, maduro ou verde, que faça o mesmo que isto. Aah, mundo cruel...

    Voltando ao tópico, tão a imaginar os alunos a picar no prof com frases do tipo "então incentiva a pirataria, hein?!"


    "No comments"

    Re:Formação de professores em Linux e OpenO (Pontos:1)
    por phlox em 12-10-04 16:36 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    Já usas-te Microsoft Class Server ?
    Re:Formação de professores em Linux e OpenO (Pontos:1)
    por metaphor em 12-10-04 19:08 GMT (#22)
    (Utilizador Info)
    nao parece ter atingido.
    __ 10% literal, 90% metaphor
    Re:Formação de professores em Linux e OpenO (Pontos:1)
    por mrmv em 14-10-04 8:37 GMT (#32)
    (Utilizador Info)
    Isso é só porque andas mal informado.

    http://www.mswep.com/partner/devPlatPartner.aspx

    http://www.mswep.com/mktplc_sum_results.aspx?00000076=P2%2boGpziEqkOFc1jemSgBw%3d%3d

    Mas não respondeste à pergunta dele sobre o class server, nunca te esqueças que o essencial na tecnologia não é a plataforma mas sim as aplicações, esse é o verdadeiro motor que dita a adopção...

    "There is no reason for any individual to have a computer in his home." - Kenneth H. Olson , President of DEC, Convention of the World Future Society, 1977
    Re:Formação de professores em Linux e OpenO (Pontos:2)
    por Gimp em 14-10-04 9:01 GMT (#35)
    (Utilizador Info)
    Eu, mal informado? Sabes a diferença entre Windows XP Embedded e um LTSP? É, E-m-b-e-d-d-e-d. E respondi à pergunta dele sim senhor, com um contra-ponto.


    "No comments"

    Re:Formação de professores em Linux e OpenO (Pontos:1)
    por mrmv em 14-10-04 9:50 GMT (#36)
    (Utilizador Info)
    Sei, e tu pelos vistos não sabes é que o Windows também o faz, e a solução embedded apresentei-a por me parecer a mais adequada para soluções mais especificas.

    Nesse exemplo que te enviei tens monitores tft a funcionar como terminais, é um exemplo apenas, mas serve para ilustrar que constrois facilmente soluções equivalentes, Kiosks, Thin clients, telefones VoIP, Set-Top Boxes, Media players, etc.

    "There is no reason for any individual to have a computer in his home." - Kenneth H. Olson , President of DEC, Convention of the World Future Society, 1977
    Re:Formação de professores em Linux e OpenO (Pontos:2)
    por Gimp em 14-10-04 10:19 GMT (#37)
    (Utilizador Info)
    Ok, aqui diz que ainda posso escrever mais 9 comentários. Eu vou explicar doutra forma. O dia em que a Microsoft tenha uma solução IGUAl ao que se faz com um LTSP, matava os ganhos no desktop! E onde é que a Microsoft ganha dinheiro? Eu vi esses TFTs e continuo a dizer-te embedded


    "No comments"

    Re:Formação de professores em Linux e OpenO (Pontos:1)
    por mrmv em 14-10-04 11:34 GMT (#38)
    (Utilizador Info)
    matava os ganhos no desktop

    Dizes tu, porque consideras que todos temos o mesmo tipo de necessidades, e isso simplesmente não é verdade, existe espaço para toda esta diversidade de soluções.

    O facto de ser embedded é irrelevante, o que te interessa é a funcionalidade, certo? a única coisa que ainda continuas a realçar é a forma e a forma é o menos importante neste caso...

    "There is no reason for any individual to have a computer in his home." - Kenneth H. Olson , President of DEC, Convention of the World Future Society, 1977
    Re:Formação de professores em Linux e OpenO (Pontos:3, Esclarecedor)
    por Gimp em 14-10-04 13:12 GMT (#39)
    (Utilizador Info)
    8. As minhas necessidades não são as mesmas da Microsoft, ou as tuas. Mas eu e tu sabemos que o objectivo último da Microsoft é ganhar dinheiro e se isso significa impingir-te um Windows mais "piquinino" é o que continuarão a fazer, quer tu gostes ou não, quer necessites ou não! Porque queres uma funcionalidadezinha levas com coisas que não precisas, isso não é importante? Eu estou a responder-te que há diferença entre um LTSP e um XP embedded, e tua estás a desviar a conversa. Se queres conversar sobre o tópico isso é outra história. A Microsoft pode ter uma solução maravilhosa no Class Server mas a mim importa-me um pepino. Uma solução que implique Microsoft obriga-te à partida em incluir nos custos antí-virús, máquinas sobredimensionadas porque o anti-virus pesa, licenças exorbitantes e os próximos capítulos da história interminável. Por meia dúzia de funcionalidades é MUITO CARO E ESGOTA A PACIÊNCIA!


    "No comments"

    Re:Formação de professores em Linux e OpenO (Pontos:1)
    por mrmv em 14-10-04 14:08 GMT (#40)
    (Utilizador Info)
    As necessidades da Microsoft, só conseguem ser preenchidas se responderem às necessidades dos clientes... nao sao eles que inventam as necessidades (na grande maioria dos caso) são requisitos de alguém...

    Eu não estou a desviar a conversa estou-te a dizer que o objectivo do LTSP do ponto de vista da funcionalidade pode ser atingido pelo Windows com terminais baratinhos.

    Microsoft pode ter uma solução maravilhosa no Class Server mas a mim importa-me um pepino.

    Pois, mas pelos vistos existe muita gente a quem esse tipo de funcionalidade interessa, mais uma vez o mundo não somos nós os dois, e às pessoas a quem o class server interessa de que lhes serve dizeres-lhes "é pá tem aqui esta plataforma onde pode desenvolver tudo o que precisa é só fazer..." yeah right.

    "There is no reason for any individual to have a computer in his home." - Kenneth H. Olson , President of DEC, Convention of the World Future Society, 1977
    Re:Formação de professores em Linux e OpenO (Pontos:2)
    por Gimp em 14-10-04 14:44 GMT (#41)
    (Utilizador Info)
    7 mas vai ser o último.

    "As necessidades da Microsoft, só conseguem ser preenchidas se responderem às necessidades dos clientes... nao sao eles que inventam as necessidades"

    Zé do Boné: "Olha, não consigo abrir o documento do Équexel/Uórde que o Zé do Barrete me mandou...", "Caramba, instalei o Winblows Quinta pata do cavalo e o servidor/PC parece o meu velhinho 386. Amanhã encomendo um S390 para dar vazão, a Mixoxofe é baril e dá-me o que preciso". Os requisitos de alguém de que falas devem ser os do Architect...

    Estás a omitir custos nesses teus "terminais baratinhos".

    ""é pá tem aqui esta plataforma onde pode desenvolver tudo o que precisa é só fazer..." yeah right"

    Olha, aplico a mesma coisa para software comercial em geral, e?


    "No comments"

    Re:Formação de professores em Linux e OpenO (Pontos:1)
    por mrmv em 14-10-04 16:03 GMT (#42)
    (Utilizador Info)
    Último também ;o)

    Zé do Boné: "Olha, não consigo abrir o documento do Équexel/Uórde que o Zé do Barrete me mandou...", "Caramba, instalei o Winblows Quinta pata do cavalo e o servidor/PC parece o meu velhinho 386. Amanhã encomendo um S390 para dar vazão, a Mixoxofe é baril e dá-me o que preciso". Os requisitos de alguém de que falas devem ser os do Architect...

    Estás a omitir custos nesses teus "terminais baratinhos".


    Olha a grande maioria das pessoas não utiliza nem 286 nem 386, e a performance que têm não é aquela que tu estás para aí a referir.

    Custos para mim são sempre da solução no seu todo, e durante o o ciclo de vida estimado, e portanto eu sobre isso nada disse, apenas disse que os TFTs seriam mais baratos do que comparados com pcs, o que tu parece que não entendes é que mesmo com estes custos de aquisição do sofware a solução no seu todo pode ser mais barata do que o equivalente com software livre...

    Olha, aplico a mesma coisa para software comercial em geral, e?

    Claro que aplicas a qualquer plataforma, mas aí é que tens de perceber o que cada uma te "dá" e de que forma isso contribui para um menor periodo de desenvolvimento, no fundo maior produtividade e menores custos, no fundo repara é não reinventar a roda sempre para cada aplicação, em peças essenciais. Existem questões de compatibilidade, maior integração, etc. que têm obviamente de ser ponderados mas que normalmente pendem mais para o lado da ms (neste caso em particular, escusas de responder sei que não concordas).

    "There is no reason for any individual to have a computer in his home." - Kenneth H. Olson , President of DEC, Convention of the World Future Society, 1977
    Re:Formação de professores em Linux e OpenO (Pontos:2)
    por Init em 14-10-04 21:12 GMT (#43)
    (Utilizador Info)

    Sim devem ser imensos os clientes da m$, interessados no palladium, por exemplo... Não é a m$ que está a inventar isso para ter mais uma forma de controlar o mercado... É so impressão nossa...


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Formação de professores em Linux e OpenO (Pontos:1)
    por mrmv em 15-10-04 10:13 GMT (#45)
    (Utilizador Info)
    Eles já cá andam á mais tempo que tu para eu aceitar que se não existirem clientes interessados eles não o fazem, e tu também devias saber isso...

    "There is no reason for any individual to have a computer in his home." - Kenneth H. Olson , President of DEC, Convention of the World Future Society, 1977
    Re:Moodle versus Class Server (Pontos:2)
    por pv em 12-10-04 18:11 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Experimenta o Moodle ( http:\\moodle.org ). Já está disponível em português, e existe um projecto de adaptação à realidade portuguesa na Universidade do Porto.
    Re:Moodle versus Class Server (Pontos:2, Interessante)
    por phlox em 12-10-04 18:56 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Still... Não tem a mesma maturidade. Off-topic: existem aqui algumas pessoas que não devem saber que a Microsoft tem software no mercado à mais tempo e que software como este não é feito do dia para a noite.
    Re:Moodle versus Class Server (Pontos:2)
    por Init em 12-10-04 19:04 GMT (#21)
    (Utilizador Info)

    Pode não ter a mesma maturidade e no entanto satisfazer as necessidades (que não são só tecnológicas).


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Moodle versus Class Server (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 13-10-04 17:05 GMT (#31)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    estranho q continua a parecer q a MS faz productos do dia para a noite, não? ;)
    penso que tem maturidade que chegue, está a ser usado (por exemplo na FEUP, embora acho q não em muitas cadeiras) sem qualquer problemas...
    -----
    Microsoft has funded 13 studies over the past year comparing Linux with its own products. Guess what: All of them come out in favor of Microsoft.
    Re:Moodle versus Class Server (Pontos:1)
    por mrmv em 14-10-04 8:41 GMT (#33)
    (Utilizador Info)
    O não ter uma utilização generalizada já me obrigaria a tentar perceber porquê, mas a questão aqui não são existirem ou não problemas é mais fazer aquilo que precisamos... caso contrário amanhã andamos a adaptar-nos aos produtos que duvido que seja indutor de verdadeira produtividade, a experiência diz-me o contrário... mas devo ser só eu ;o)

    "There is no reason for any individual to have a computer in his home." - Kenneth H. Olson , President of DEC, Convention of the World Future Society, 1977
    Re:Moodle versus Class Server (Pontos:2)
    por Perky_Goth em 16-10-04 0:36 GMT (#46)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    o problema é tentarem rentabilizar uma POS como o luvit, que ninguém gosta de usar, talvez por ser mais pesado que o site da netcabo.
    anyway, parece-me estar a andar bem :)
    -----
    Microsoft has funded 13 studies over the past year comparing Linux with its own products. Guess what: All of them come out in favor of Microsoft.
    Re:Formação de professores em Linux e OpenOffice.o (Pontos:2)
    por faustino em 12-10-04 18:52 GMT (#18)
    (Utilizador Info)
    E o que é que o microsoft class server tem assim de tanto extraordinário? Para mim, por agora não passa de um IIS com uns quantos scripts que automatizam a correcção e mais algumas tarefas a nível de servidor, não acho que seja nada do outro mundo e julgo que a comunidade open source se estivesse interessada conseguia fazer o mesmo a um apache e implementando com formatos livres assim como uma maior localização pois o class server está muito ligado ao sistema de ensino americano e para funcionar com o sistema português tem que se criar não turmas mas turmas-disciplinas.
    Resumindo e concluindo pode ser que um dia seja muito bom por agora acho apenas aceitável e sem nada de extrordinário a não ser a correcção automática para o pessoal não ter que trabalhar.
    Eu gostava de ter uma assinatura gira.
    Re:Formação de professores em Linux e OpenOffice.o (Pontos:1)
    por mrmv em 14-10-04 8:49 GMT (#34)
    (Utilizador Info)
    comunidade open source se estivesse interessada conseguia fazer o mesmo

    Ora ainda bem que tocas no ponto, de facto no desenvolvimento, tudo se faz, é preciso oportunidade/interesse mas a questão é que, é necessário que esse interesse exista, mas como vês neste momento não existe nada comparável e adaptado à nossa realidade, se calhar por isso as coisas não acontecem, porque enquanto andarem apenas entusiasmados com o SO e as brincadeiras à volta dele perde-se o mais importante...

    "There is no reason for any individual to have a computer in his home." - Kenneth H. Olson , President of DEC, Convention of the World Future Society, 1977
    Re:Formação de professores em Linux e OpenOffice.o (Pontos:2)
    por faustino em 14-10-04 23:46 GMT (#44)
    (Utilizador Info)
    Pois mas o próprio class server também não está nada do outro mundo e a adaptação ao nosso sistema de ensino também tem algumas limitações, que julgo, serão ultrapassadas na próxima versão, pois pelo que tenho conhecimento este começa a ter muita utilização a nível nacional, nos Açores, existem neste momento 16 escolas com projectos piloto em que se estar a testar a sua utilização como ferramenta de trabalho/avaliação.
    Eu gostava de ter uma assinatura gira.
    Re:Formação de professores em Linux e OpenOffice.o (Pontos:2)
    por PRE em 12-10-04 14:16 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://psantos.net
    Favorecer a MS? Talvez um pouco. Mas talvez porque a MS anda em cima das escolas, esta foi a primeira iniciativa que eu conheço do género com Linux+OO.org. Como é que queres que os professores não usem o MS Office quando provavelmente é só isso que eles conhecem?

    Até porque provavelmente esses professores do secundário se forem como - a maior parte - dos que eu tive, mal sabem do que estão a falar. É normal que tenham medo de coisas que não conhecem. Mas isto não é culpa deles... é de quem os põe lá sem formação.
    ____________________
    Pedro Santos :: psantos.net

    Re:Formação de professores em Linux e OpenOffice.o (Pontos:3, Esclarecedor)
    por Init em 12-10-04 15:17 GMT (#14)
    (Utilizador Info)

    Favorecer a MS? Talvez um pouco.

    Digamos que educar toda a juventude nos produtos deles é mais que favorecer um pouco..

    Como é que queres que os professores não usem o MS Office quando provavelmente é só isso que eles conhecem?

    Não estou a passar a culpa para os professores, apesár de também terem alguma, a culpa está dividida entre o ministério da educação de todos os governos, entidades que formam os professores e os próprios professores.

    É normal que tenham medo de coisas que não conhecem.

    Isso não é aceitavel em alguém com formação ciêntifica.

    Mas isto não é culpa deles... é de quem os põe lá sem formação.

    Não é só deles, mas é também deles. Claro que conheço casos de professores que deveriam ser condecorados, mas também conheço casos chocantes.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Formação de professores em Linux e OpenOffice.o (Pontos:1)
    por tool em 13-10-04 11:26 GMT (#26)
    (Utilizador Info)
    Digamos que educar toda a juventude nos produtos deles é mais que favorecer um pouco..

    Nenhum dos meus professores disse: "Comprem isto porque vão precisar!", mas sim: "Está aqui o original, copiem isso mas não digam a ninguém..."!
    Ooops.

    Se por um lado os favorecem ao falarem só dos produtos deles, por outro lado...

    Também tenho as minhas reticências quanto ao Caixa Mágica pois sempre tive alguns problemas com a versão 8.1 Desktop.

    Re:Formação de professores em Linux e OpenOffice.o (Pontos:2)
    por Init em 13-10-04 13:51 GMT (#28)
    (Utilizador Info)

    O problema mais grave até nem é os alunos terem que comprar o m$ office (apesár de ser sem duvida um problema), o problema e que se está a dár formação nessa técnologia e por isso a favorecer o seu sucesso no mercado.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Liiindo!!! (Pontos:3, Interessante)
    por mlopes em 12-10-04 13:12 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Epá, os gajos da caixa mágica anda-lhe a dar! Sim senhor, estou a gostar de ver, não têem problemas em arregaçar as mangas e chegar-se à frente.
    Pena tenho que em Portugal não haja muita gente assim.

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Re:Liiindo!!! (Pontos:1)
    por mrmv em 13-10-04 11:44 GMT (#27)
    (Utilizador Info)
    Como querias que fosse, por decreto? Pelos vistos muita gente julga que é a melhor via, e às vezes a história até lhes dá razão, mas temos que mudar esta mentalidade muito rapidamente.

    Tenho uma empresa para gerir, tenho de ir à luta, é basicamente o que eles andam a fazer, não dá para viver dos prémios ou pensar em subsidios... ;o)

    "There is no reason for any individual to have a computer in his home." - Kenneth H. Olson , President of DEC, Convention of the World Future Society, 1977
    Comunidade Open-Source (Pontos:2, Informativo)
    por sunfarmjp em 12-10-04 20:06 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    Esta é sem dúvida uma iniciativa de louvar. Gostava de referir outros “projectos” open-source em funcionamento nas escolas. Desde da utilização de software open-source (oppenoficce) a software elaborado pelos professores para utilização na escola (em php, etc…), utilização do moodle e do projecto ltsp (www.ltsp.org),. Relativamente aos terminais leves linux, apoio o projecto de implementação de terminais leves nas escolas (linux.ccems.pt) um projecto da autoria do Centro de Competência Entre Mar e Serra (www.ccems.pt), centro este também envolvido na referida iniciativa. O grande sucesso desta iniciativa, além da formação ministrada, o que levará ao conhecimento do linux e do open-source por parte da comunidade escolar, será a criação de uma comunidade de open-source no país que fomentar a sua utilização e abrirá novos horizontes.
    Parabéns! (Pontos:0, Redundante)
    por simul em 12-10-04 23:18 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    Creio que só me resta prestar a devida homenagem a todos os intervenientes neste processo, enviando-lhes os meus parabéns!

    O caminho será certamente duro, com montes de altos e baixos e armadilhas...

    Força! O país bem precisa deste tipo de iniciativas...

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]