gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
GAMGI - General Atomistic Modelling Graphic Interface
Contribuído por vd em 26-09-04 10:22
do departamento thumbs-up
Portugal Carlos Pereira escreve "Viva,
Estou a escrever um programa GPL para construir, visualizar e analizar estruturas atómicas, incluindo moléculas, cristais, líquidos, etc.

O programa chama-se GAMGI (General Atomistic Modelling Graphic Interface) e está disponível em página (alojado no Instituto Superior Técnico, onde sou professor, no Departamento de Engenharia de Materiais). O GAMGI suporta múltiplas janelas, camadas, luzes, e possibilita um alto grau de controlo sobre átomos, ligações, texto, etc. Em particular, o GAMGI faz análises de Voronoi a 3D, reconhece a informação dos 230 grupos espaciais de simetria para construir cristais, permite determinar o grupo pontual de simetria de moléculas, etc.

O GAMGI vem já com bastante documentação (formato XHTML), que pode ser vista automáticamente a partir do próprio programa, com o GAMGI ou um browser, localmente, por HTTP ou FTP.

o GAMGI é escrito em C (neste momento tem um pouco mais de 150,000 linhas de código), depende do Gtk 1.2, do Mesa (ou outra implementação qualquer de OpenGL), do GtkGLArea (que faz a ponte entre o Gtk e o OpenGL) e do Expat (o parser XML do Mozilla, para ler todos os formatos nativos do GAMGI). Neste momento, além dos arquivos tar.gz, estão disponíveis pacotes rpm para Suse (9.x) e deb para Debian (Debian 3.0 r1 Woody), cortesia do Andre Truter, da África do Sul.

Se alguém quiser experimentar o GAMGI, existem duas mailling lists (em inglês...), para utilizadores e contrbuintes, onde poderão colocar-me os problemas e as sugestões que tiverem (naturalmente toda a gente é bem vinda ao projecto!).

Parabéns pelo vosso excelente Gildot e muito obrigado por promoverem o software livre! (sugiro que adicionem um tópico novo: Educação)

Carlos Pereira,
http://www.demat.ist.utl.pt
http://www.gamgi.org/ "

Aniversário do Sapo - 10 Anos | YAPC::EU::2005  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Debian
  • http://www.demat.ist.utl.pt
  • http://www.gamgi.org/
  • Carlos Pereira
  • página
  • Mais acerca Portugal
  • Também por vd
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Ainda bem.. (Pontos:2, Interessante)
    por Drune em 26-09-04 10:34 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Desde já quero lhe dar os parabens, não é muito natural iniciativas destas em Portugal. Estando eu fora da área e do assunto que o programa trata, a questão é simples. o Porquê do GTK 1.x e não do GTK 2.x?

    Penso que o GTK 1.x está ultrapassado. Um dia mais tarde terá que portar o GAMGI para este toolkit :)

    Bom trabalho!
    ..may the source be with you =)

    Re:Ainda bem.. (Pontos:3, Esclarecedor)
    por Carlos_Pereira em 26-09-04 23:44 GMT (#18)
    (Utilizador Info)
    Receio bem que tenhas razao... infelizmente, nao e nada que me agrade particularmente, por duas razoes:

    1) o Glib2.0/GTK2.0 depende das bibliotecas Pango, Atk, Png, Jpeg, Tiff, mais a pkglib, pelo menos (gostaria bastante de estar errado, mas infelizmente penso que nao). O Glib1.2/Gtk1.2 nao tem nenhuma destas dependencias. Na pratica isso significa que passar do Gtk1.2 para o Gtk2.0 implica mais 6 bibliotecas novas. Na pratica isso significa que o numero de pessoas que vao compilar o GAMGI (em vez de usar pacotes) vai ser muito menor do que eu gostaria. Codigo livre significa acima de tudo controlo da tecnologia, e isso significa haver um numero de pessoas que nao se limita a usar pacotes, mas que realmente tem a satisfacao de modificar o programa, de o compilar e de ver os resultados (quando e que compilaste o GNUCash e as suas 60 bibliotecas pela ultima vez?). E se num PC Linux e relativamente facil por a funcionar todas estas bibliotecas, experimenta explicar a um administrador de um computador central que o GAMGI nao compila porque precisa da biblioteca Tiff, por exemplo...

    2) O Gtk 2.0 e muito mais lento que o Gtk1.2, em particular o GtkTreeView, que eu utilizo para mostrar arvores de todos os objectos que existem no GAMGI num dado momento. Mesmo o GtkTree e o GtkCTree (Gtk 1.2) ja sao demasiados lentos e impraticaveis, para certas coisas. Ha uma estudante de doutoramento em Oak Ridge que utilizou o GAMGI para, entre outras, preparar uma unica imagem com 294,000 atomos, representados como esferas, em 8 camadas transparentes, com uma luz por camada, para publicar na Physical Review Letters. Experimenta criar uma arvore a 2D com todos ests objectos. Impossivel. Mas a imagem a 3D fizemo-la...

    O Gtk 2.0 utiliza double-buffering para toda a janelas, tal como o OpenGL. O resultado e, cada janela principal do GAMGI vai passar a utilizar... triple-buffering! como a parte grafica ocupa grande parte das janelas principais, o aumento em consumo de memoria vai ser substancial. Eu concordo que o resizing no Gtk 1.2 e de facto mau, porque as widgets nao sao construidas num buffer atras, e mostradas depois ao mesmo tempo... mas sera que nao era possivel evitar este triple buffering? na pratica, cada pixel e salvo 3 vezes...

    Resumindo, o meu premio depois de converter o GAMGI para o Gtk2.0 e ter um programa muito mais lento e que precisa de muito mais bibliotecas para fazer praticamente a mesma coisa...

    Mas enfim, acho que tens razao, um dia provavelmente vou ter de... :-(

    Carlos

    Parabéns! (Pontos:2)
    por PRE em 26-09-04 11:47 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://psantos.net
    Muito boa a iniciativa! Mas... (e há sempre um mas) não pensas em fazer um port para outros Sistemas Operativos (como o windows)? Eu não sei nada dessas coisas de moléculas, mas sei que terá mais utilizadores se estiver disponível para mais plataformas. ;-)

    Num pais onde é quase tudo Windows (estado, escolas, etc), é caso para perguntar: porquê Linux?
    ____________________
    Pedro Santos :: psantos.net

    Re:Parabéns! (Pontos:3, Esclarecedor)
    por Drune em 26-09-04 13:04 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Se passares os olhos pela página do projecto, ele corre já em várias arquitecturas e varios S.O, mas ao que parece que o Windows não é suportado, mas talvez seja um boa ideia se o autor assim quiser.

    Num pais onde é quase tudo Windows (estado, escolas, etc), é caso para perguntar: porquê Linux?

    Se pensarmos dessa forma, nunca iremos evoluir e vai-se sempre escrever coisas para Windows e nomeadamente nao portáveis. Acho que é definitivamente uma boa aposta o GNU/Linux, mas que não seja pela inovação deste tipo de projectos em Portugal


    ..may the source be with you =)

    Re:Parabéns! (Pontos:2)
    por Drune em 26-09-04 13:06 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    mas que não seja pela inovação deste tipo de projectos em Portugal Corrijo-me s/mas/mais :)

    A pressa é enimiga da perfeição..
    ..may the source be with you =)

    Re:Parabéns! (Pontos:1)
    por tool em 26-09-04 15:05 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    Inimiga!
    Re:Parabéns! (Pontos:3, Engraçado)
    por rncp em 26-09-04 15:34 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Inimiga!
    É a pressa... :)
    Re:Parabéns! (Pontos:2)
    por PRE em 26-09-04 20:44 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://psantos.net
    Inovação é fazer aplicações para Linux? Pois... Não sei porque é que o pessoal do Mozilla e do OO.org se deu ao trabalho de fazer aplicações portáveis. Afinal de contas, inovação é Linux, toda a gente vai começar a usar o Linux só por causa da aplicação X ou Y.

    A portabilidade é uma coisa importante hoje em dia. Mas pronto, é natural que quem só vê o SO Xpto à frente não se aperceba disso, e ignore que o Windows tem a maior fatia de utilizadores.
    ____________________
    Pedro Santos :: psantos.net

    Re:Parabéns! (Pontos:2)
    por [Cliff] em 26-09-04 21:55 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com
    hmmm permite-me discordar pois eu tenho a ideia que o pessoal destas ciências (o target desta aplicação) é mais dado a SO's UNIX, derivados e MacOS.
    Estarei errado?!

    ---
    MS Windows, há 10 anos que a taskbar no topo do ecrã gera um bug.
    Re:Parabéns! (Pontos:2)
    por PRE em 27-09-04 16:11 GMT (#29)
    (Utilizador Info) http://psantos.net
    Pois, era só isso que eu queria saber.. mas tinha o pessoal todo de vir com clubismos.
    ____________________
    Pedro Santos :: psantos.net
    Re:Parabéns! (Pontos:2)
    por Kmos em 27-09-04 9:33 GMT (#20)
    (Utilizador Info) http://Kmos.TondelaOnline.com
    Apenas foram feitos para Windows para os utilizadores começarem a habituar-se, para a mudança não ser tão drástica para Linux.. vê se começas a lêr mais umas coisitas e a falar do que sabes, senão cais em saco roto e o pessoal deixa de te responder.

    I'm a Lost Soul in this Lost World...
    Re:Parabéns! (Pontos:2)
    por PRE em 27-09-04 16:02 GMT (#26)
    (Utilizador Info) http://psantos.net
    Claro, já tou a ver toda a gente a mudar. E fico mesmo à espera que sejas tu que me venhas ensinar umas coisas. E já agora aproveito a dica: deixa de me responder! ;-)
    ____________________
    Pedro Santos :: psantos.net
    Re:Parabéns! (Pontos:2)
    por Kmos em 27-09-04 17:22 GMT (#33)
    (Utilizador Info) http://Kmos.TondelaOnline.com
    Eu é que defino se quero ou não responder, que eu saiba não mandas em mim, agora tu escolhes se comes ou não, não precisas de responder.. Ninguém sabe tudo e por isso mesmo, tentei partilhar contigo mais umas coisitas, mas ok eu não partilho mais, fico apenas por um grande sorriso quando lêr os teus posts ;-)

    I'm a Lost Soul in this Lost World...
    Re:Parabéns! (Pontos:2)
    por PRE em 27-09-04 17:27 GMT (#34)
    (Utilizador Info) http://psantos.net
    Vou-te dar uma notícia: nada do que disseste é novo para mim. Outra: tenta reler o meu post inicial e atingir o que eu queria dizer. Ri-te que rir faz muito bem. :-) Não te rias é da tua ignorância, que isso é que é pior.
    ____________________
    Pedro Santos :: psantos.net
    Re:Parabéns! (Pontos:1)
    por nifan em 27-09-04 17:45 GMT (#38)
    (Utilizador Info)
    Eu sinceramente não percebo o porquê do teu tom agressivo, mas ok.
    Inovação não é fazer aplicações para GNU/Linux, aliás nem vejo onde é que leste isso nesta thread (posso ter visto mal :| ).
    Quanto á portabilidade estás a responder a um post que até refila por não se fazerem aplicações Windows que sejam portáveis...
    É claro que Windows tem a maior fatia de utilizadores (no sector em q se insere este tipo de software não sei se será assim) mas isso é uma coisa boa? Por todos conduzirem mal na estrada vou eu também fazer o mesmo? Ter opções é bom, aliás ... é óptimo...
    Se o autor deste software decidiu não fazer port para Windows temos de o crucifixar? É uma opção dele e apenas dele.

    "Microsoft gives you Windows, Linux gives you the whole house"
    Re:Parabéns! (Pontos:2)
    por PRE em 27-09-04 20:18 GMT (#49)
    (Utilizador Info) http://psantos.net
    Tom agressivo? Não sei donde essa veio. Aliás, não percebi metade do teu post, mas pronto, não deves ter visto bem o resto da conversa. ;-)

    Ninguém tem de crucificar ninguém, apenas quis saber opiniões. Acho engraçado o pessoal ficar todo contente por haver uma aplicação que não corre em windows e ainda incentivar isso... parabéns, anda pelas estradas que quiseres. Eu prefiro ter aplicações multiplataforma, e acho que deve ser sempre assim. É isso que defendo.
    ____________________
    Pedro Santos :: psantos.net

    Re:Parabéns! (Pontos:1)
    por nifan em 27-09-04 20:53 GMT (#50)
    (Utilizador Info)
    Não percebeste metade do post? :P Sempre ouvi dizer que o pior cego é aquele que não quer ver...
    Quem não deve ter visto o post ao qual respondeste foste tu... vai lá rever ;)
    Eu sou perfeitamente a favor de aplicações multiplataforma, e até agora não estou a ver onde viste tu o incentivo a que isso não ocorresse ... é isto que defendo.

    "Microsoft gives you Windows, Linux gives you the whole house"
    Re:Parabéns! (Pontos:2)
    por PRE em 27-09-04 21:58 GMT (#54)
    (Utilizador Info) http://psantos.net
    Da maneira como escreves, acredita que é complicado perceber. Seja como for ainda bem que temos a mesma opinião, tanta conversa não sei para quê!
    ____________________
    Pedro Santos :: psantos.net
    Re:Parabéns! (Pontos:2)
    por 4Gr em 27-09-04 21:48 GMT (#53)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    A portabilidade é uma coisa importante hoje em dia. Mas pronto, é natural que quem só vê o SO Xpto à frente não se aperceba disso, e ignore que o Windows tem a maior fatia de utilizadores.

    É simples: eu também sou forçado a ir para Windows para correr determinada aplicação. Pronto, quem quiser correr a aplicação é forçado a ir para Linux :-)

    Estou a brincar, defendo uma solução portável, e o uso do OpenGL e GTK já é um começo. Java talvez ainda seja demasiado lento para este tipo de operações aritméticas, mas python...

    Paradoxo do ano: Microsoft Works!
    Dominus vobiscum
    Re:Parabéns! (Pontos:2)
    por CrLf em 26-09-04 17:04 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://tudo-sobre-nada.blogspot.com
    Num pais onde é quase tudo Windows (estado, escolas, etc), é caso para perguntar: porquê Linux?

    Talvez tenhas respondido à tua própria pergunta.

    Quanto ao resto, pelo que me parece, na área da visualização molecular ainda há muita gente a trabalhar fora de Windows (a maioria?). Há até muitos programas que não estão disponíveis para nenhuma plataforma além do IRIX.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:Parabéns! (Pontos:2)
    por TarHai em 26-09-04 19:14 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://www.dilbert.com
    Bom, pessoalmente, acho o windows um bocado limitado. Um *nix e de longe mais flexivel que o windows.
    ## I should be working...
    Re:Parabéns! (Pontos:0, Lança-chamas)
    por PRE em 26-09-04 20:47 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://psantos.net
    Mais alguém pediu a tua opinião infundada? Geez!
    ____________________
    Pedro Santos :: psantos.net
    Re:Parabéns! (Pontos:2)
    por TarHai em 26-09-04 22:56 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://www.dilbert.com
    eu dou a minha opiniao de graca e de bom grado. E uma questao de tapares os ouvidos ou colares um post-it no ecrã.

    Eu (re)comecei a usar o windows a menos de 1 ano quando comprei um portatil. Dei um salto do 98 (~2000) para o XP. O aumento de funcionalidade do sistem foi negligenciavel para o tempo decorrido e a instalacao por omissao deixa muito a desejar, sendo necessario dispender uma eternidade em updates e instalacoes para ter um sistema minimamente funcional.

    Windows funciona bem, mas desde que meti linux no portatil, quase so uso o XP para fazer bios/firmware updades (atencao: isto foi uma hiperbole).


    ## I should be working...
    Re:Parabéns! (Pontos:2)
    por PRE em 27-09-04 16:08 GMT (#28)
    (Utilizador Info) http://psantos.net
    Desculpa lá mas para mim, argumentos do tipo: "O A é melhor do que o B porque é" são clubismos e não valem nada. Mas hey, peço desculpa pelo reparo. :-)
    ____________________
    Pedro Santos :: psantos.net
    Re:Parabéns! (Pontos:2)
    por TarHai em 27-09-04 17:37 GMT (#37)
    (Utilizador Info) http://www.dilbert.com
    gostos nao se discutem e nao tens de pedir desculpas pelo meu post original ter sido vago e superficial.
    ## I should be working...
    Re:Parabéns! (Pontos:2)
    por Kmos em 27-09-04 9:30 GMT (#19)
    (Utilizador Info) http://Kmos.TondelaOnline.com
    Isso já nem era preciso ele se justificar, tá mais que provado e fundamentado.. acho que além do mais, tu é que mostras aqui falta de respeito... é assim, não gostas, não comes.. é simples!

    I'm a Lost Soul in this Lost World...
    Re:Parabéns! (Pontos:2)
    por PRE em 27-09-04 16:05 GMT (#27)
    (Utilizador Info) http://psantos.net
    Está mais que provado? Realmente isto aqui é só fanáticos do Linux. Para mim a única coisa que está provada é que cada um tens os seus fortes e fracos. Falta de respeito por não ser todo pró-linux como tu? Poupa-me.
    ____________________
    Pedro Santos :: psantos.net
    Re:Parabéns! (Pontos:3, Interessante)
    por [Cliff] em 27-09-04 16:49 GMT (#30)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com
    Não leves isto a peito, porque julgo que temos uma relação bastante cordial :) mas: aqui há uns tempos, tive uma conversa que, infelizmente demasiado cedo, se tornou em pequena discussão, com um amigo meu que trabalha na MSFT Portugal. Básicamente, ele disse-me que para clientes grandes (que não vou mencionar) a Microsoft, quando há barraca, manda vir um "cámone" dos EUA para arranjar o problema em causa, no máximo de 24 horas. It's all fine and dandy, mas não acredito que algumas empresas de Linux, como a SuSE, a RedHat, quiçá até a Mandrake e a Caixa Mágica, não façam exactamente a mesma coisa.
    Depois a coisa descambou para os preços e funcionalidades e a minha opinião é a de que tanto o MS Office como o MS Windows são uma m*rda vendida a peso de ouro. O Windows especialmente porque na caixinha não vem absolutamente mais nada que não o S.O., e no SuSE, que custa mais ou menos 70 ou 90 euros (não me lembro e não estou para ir ver à chip7), vem um montão de aplicações.
    Não tardou nada a ele começar a chamar-me de fanático, etc etc etc. Por isso fica a pergunta: porque é que sempre que um gajo gosta de Linux é apelidado de fanático?!
    Eu não ando a chamar de fanática a mitra que vende Windows aos incultos...

    ---
    MS Windows, há 10 anos que a taskbar no topo do ecrã gera um bug.
    Re:Parabéns! (Pontos:2)
    por PRE em 27-09-04 17:09 GMT (#31)
    (Utilizador Info) http://psantos.net
    Mas eu concordo contigo, acho que o Windows e principalmente o Office não valem o preço deles. Eu gosto mais de Linux e uso Linux diariamente. Agora não acho bem o pessoal estar sempre com os argumentos clubistas do: "É melhor o Linux só porque sim" em vez de discutir coisas a sério. Não sei como a minha questão que falava em portabilidade e ter um programa disponivel para uma maior audiência (pensava eu) degenerou em respostas "O Linux é melhor porque sim". Desculpa mas isto é fanatismo.

    E eu não te chamei fanático. Há os fanáticos e há aqueles que defendem os seus ideais/gostos.
    ____________________
    Pedro Santos :: psantos.net

    Re:Parabéns! (Pontos:2)
    por Kmos em 27-09-04 17:28 GMT (#35)
    (Utilizador Info) http://Kmos.TondelaOnline.com
    Que eu saiba, o Linux não é melhor porque sim.. mas por muitas e grandes razões. Usei Windows durante muitos anos, e se mudei.. acredita que não foi pq alguém me disse, isto é bom e tal.. mudei na altura certa e completamente pelas minhas próprias pernas (gosto do modelo open-source que o Linus iniciou e de como está feito o Linux em si, e pq adoro teclar em vez de clicar), vendo os prós e contras, e não me considero fanático.. mas realista! Agora podes vir dizer que é melhor em Desktop, mais user-friendly, etc.. claro, digo-te que sim, mas isto já é outra história e ao invés da microsoft andar a preocupar-se com o que devia (interfaces e paneleirices), devia ter-se preocupado com coisas mais importantes, e acho que não preciso de dizer quais..

    I'm a Lost Soul in this Lost World...
    Re:Parabéns! (Pontos:2)
    por 4Gr em 27-09-04 21:44 GMT (#52)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    (gosto do modelo open-source que o Linus iniciou e de como está feito o Linux em si, e pq adoro teclar em vez de clicar)

    Quem iniciou o "modelo open source", que tu na realidade te estás a referir a Software Livre e não Open Source, pois o Linux é primeiro Software Livre e só depois Open Source, foi o Richard M. Stallman, fundador da FSF, Free Software Foundation e da GNU, GNU's Not Unix.

    O Linus simplesmente libertou o código do kernel por dois motivos: sabia que sozinho nunca ía a lado nenhum e tinha já bastantes aplicações GNU que podia incorporar no seu Sistema Operativo, como foi o caso do GCC, o compilador de C.

    Daí que muitas vezes vejas GNU/Linux, como eu alias gosto de usar para reconhecer o esforço da GNU e não apenas Linux.

    Quanto às vantagens do GNU/Linux face ao Windows, para mim são muitas, mas ainda há quem não possa dispender do Windows pois usa aplicações (3ds Studio Max, por exemplo) que ainda não existem para GNU/Linux.

    Paradoxo do ano: Microsoft Works!
    Dominus vobiscum
    Re:Parabéns! (Pontos:1)
    por Mbo Mbongo em 26-09-04 23:08 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Se ha coisa que o Linux tem, essa coisa nao é flexibilidade... Se estiveres a falar de um netbsd, as coisas mudam de figura.
    Re:Parabéns! (Pontos:1)
    por 4Gr em 27-09-04 10:00 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    Podias fundamentar isso?

    Estou muito, mas mesmo muito em desacordo com tal vil afirmação (infundamentada).

    Considero que a flexibilidade de um BSD e do Linux se aproximam muito, em vez de se afastarem como dizes. Mas, estou aqui para ouvir o que tens a dizer...

    Paradoxo do ano: Microsoft Works!
    Dominus vobiscum
    Link... (Pontos:2)
    por jorgelaranjo em 26-09-04 14:18 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://lesi.host.sk/fueg0/
    "está disponível em página"
    Link correcto

    Cumprimentos,
    Jorge Laranjo
    01100110 01110101 01100101 01100111 00110000
    http://mynews.yournews
    Sugestões para o futuro (Pontos:2)
    por CrLf em 26-09-04 17:02 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://tudo-sobre-nada.blogspot.com
    Portar para o GTK+ 2.0 e para o GtkGLext.

    -- Carlos Rodrigues
    MCNP5 (Pontos:2)
    por slug em 26-09-04 18:30 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Afinal em Portugal até se faz software de qualidade ;) Parabéns!

    É curioso que estava a pensar em fazer algo semelhante, mas mais simples, para construir geometrias para o software MCNP5. Não li na FAQ, mas este visualizador suporta o formato usado por este?

    Re:MCNP5 (Pontos:2, Esclarecedor)
    por Carlos_Pereira em 26-09-04 22:47 GMT (#15)
    (Utilizador Info)
    Nao, infelizmente o GAMGI ainda so reconhece o seu proprio formato XML e o formato xyz (tambem exporta em eps). Certamente que exportar e importar outros formatos e critico para os utilizadores, gostaria de fazer isso escrevendo filtros exteriores ao proprio GAMGI, tipicamente escritos em Python ou Perl, que depois o GAMGI utilizava (essencialmente nao penso que seja uma boa ideia escrever uma monte de filtros em C, linkados no proprio programa). Mas por enquanto sao apenas planos. Sou eu apenas a trabalhar no GAMGI, sem esquecer o Andre, que prepara rpms e debs... E suportar bem formatos como o PDB, so por si nao e nada trivial...

    Carlos

    Uma versão em windows (Pontos:1)
    por chambas em 27-09-04 12:49 GMT (#22)
    (Utilizador Info)
    Talvez o autor possa explicar porque não fez uma versão em windows. Isto pois duvido que alguem do curso de materias vá utilizar este programa em linux ou outro SO diferente do windows e acho que o target principal será os alunos da licenciatura.
    Re:Uma versão em windows (Pontos:2)
    por MacLeod em 27-09-04 13:49 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    Porquê? Serão os alunos de materiais tão burros que não consigam instalar linux? Não me parece...

    No "meu" universo científico (Física e afins), muito pouca gente usa Windows para trabalhar...

    Re:Uma versão em windows (Pontos:1)
    por chambas em 27-09-04 14:06 GMT (#24)
    (Utilizador Info)
    Pois olha que se calhar o teu universo não é válido no universo científico(materiais e afins).
    Re:Uma versão em windows (Pontos:3, Esclarecedor)
    por slug em 27-09-04 14:57 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    olha que nao... aqui no meu lab (USA), usa-se True64 e Linux... e TeX... e Fortran...e a area e' fisica de semiconductores (solidos), dispositivos quanticos, etc.
    Re:Uma versão em windows (Pontos:1)
    por chambas em 27-09-04 17:54 GMT (#39)
    (Utilizador Info)
    Eu estava a falar da realidade cá em portugal pois não duvido que a realidade lá fora seja completamente diferente(ainda bem :) ).
    Re:Uma versão em windows (Pontos:1)
    por rncp em 27-09-04 21:00 GMT (#51)
    (Utilizador Info)
    Já agora, conheces alguma realidade cientifica ou isso é apenas "guessing"?
    Re:Uma versão em windows (Pontos:1)
    por chambas em 28-09-04 8:41 GMT (#55)
    (Utilizador Info)
    Posso dizer-te que conheço as realidades de algumas areas dentro do ist(físisca, materias, civil, informatica, etc...).
    Re:Uma versão em windows (Pontos:2)
    por MacLeod em 28-09-04 13:15 GMT (#56)
    (Utilizador Info)
    Por acaso eu até estou no IST. Em semicondutores, por exemplo, experimenta ir até aos Físicos que trabalham em Estado Sólido/Semicondutores (ou até podes ir dar um salto ao INESC MN) e diz-me quantos usam Windows.

    Em relação a Físicos que usam Windows em máquinas de trabalho, há apenas raras excepções -- algumas na área de Engenharia e o Centro de Fusão Nuclear (nem todos, mas na maior parte dos casos é por reconhecida azelhice técnica).

    Mas eu estou a falar de gente que trabalha. É obvio que se fores dar uma volta aos LTIs do técnico encontras poucos com Linux, se calhar é esse o teu "universo".

    Re:Uma versão em windows (Pontos:1)
    por chambas em 28-09-04 15:15 GMT (#58)
    (Utilizador Info)
    Se queres que te diga acho o pessoal de física (tirando informatica) uma excepção, pois existe muita gente a trabalhar com linux. Veja-se o CERN com a distribuição RedHat-CERN. Mas disseste bem quando te referias a pessoas que trabalham pois os estudantes de física não são muitos os que trabalham com linux... A velha P10 tinha um pc com linux e o resto com windows, recordo-me que a sala estava sempre cheia e o pc com linux não costumava ter ninguem... Em relação ao pessoal de materiais ainda deve existir muitos professores que não trabalham com um pc quanto mais os seus alunos.
    Re:Uma versão em windows (Pontos:3, Esclarecedor)
    por MacLeod em 28-09-04 22:31 GMT (#62)
    (Utilizador Info)
    A velha P10 tinha um pc com linux e o resto com windows, recordo-me que a sala estava sempre cheia e o pc com linux não costumava ter ninguem...

    Sim, é verdade. Eu até fui um dos que instalaram linux nesse PC (também havia outro, mas com dual boot que estava sempre em Windows). O principal problema é que em PCs daqueles trabalhar (ie, ver páginas e etc.) em Linux (com ambientes pesados tipo GNOME) era insuportável.

    Mas tens razão em relação aos estudantes de Física, não são muitos os que trabalham em Linux (especialmente nos primeiros anos). Mas até faz sentido, pois a maioria deles antes de entrarem na universidade só conhecem Windows, e só vão aprendendo aos poucos. Eu também só instalei o Linux quando andava no primeiro ano, mais por brincadeira. Só comecei a trabalhar nele uns dois anos depois, quando me apercebi verdadeiramente das vantagens dele e da importância de aprender a trabalhar com Linux.

    Talvez a Física (e Astronomia) seja uma "ilha" em termos de utilização científica do Linux, mas tal parece-me muito pouco provável. Já estive em vários ambientes científicos internacionais, desde o CERN até modernos telescópios passando por tracking stations da ESA, e em todos esses sítios muito raramente se vê um computador que não esteja a correr Linux ou outro UNIX qualquer (há PCs com Windows, mas para funções bastante específicas geralmente relacionadas com desktop).

    Re:Uma versão em windows (Pontos:1)
    por nifan em 27-09-04 17:15 GMT (#32)
    (Utilizador Info)
    Mas o autor tem de explicar seja o que for? Se não fez uma versão windows lá terá as suas razões, parece que é obrigado de alguma coisa...
    A não ser que queiras ir ter com qualquer produtor de software que não porte para linux o porquê de só ter feito software para windows... dont think so :)

    "Microsoft gives you Windows, Linux gives you the whole house"
    Re:Uma versão em windows (Pontos:2)
    por Kmos em 27-09-04 17:30 GMT (#36)
    (Utilizador Info) http://Kmos.TondelaOnline.com
    Ainda estou à espera do Doom 3 para Linux =) vou já mandar vir com eles.. hehehe

    I'm a Lost Soul in this Lost World...
    Re:Uma versão em windows (Pontos:1)
    por chambas em 27-09-04 18:01 GMT (#40)
    (Utilizador Info)
    Talvez não me tenha explicado como deve ser ou então foste tu que não quisseste comprender. Enfim, o que queria dizer era se possível explicar o porque não existir uma versão em windows visto o universo de potenciais utilizadores (nacionais), terem como SO o windows. Quando fazes um pedaço de software queres que este seja util ou seja os potenciais utilizadores tem de o conseguir correr. Caso não utilizem o SO no qual o programa corra para que serve o mesmo?
    Re:Uma versão em windows (Pontos:1)
    por nifan em 27-09-04 18:21 GMT (#42)
    (Utilizador Info)
    Eu não tenho nada a dizer contra isso apenas pelo facto de teres incluido o "explicar" no teu post, e eu só frizei que essa não é a forma de exprimir o que disseste agora :)
    E se não fizeram o port para windows é porque muito provavelmente onde está a ser usado no Instituto Superior Técnico não usam Windows nos trabalhos (suponho eu). Mas isto julgo que apenas o Carlos Pereira possa responder :)

    "Microsoft gives you Windows, Linux gives you the whole house"
    Re:Uma versão em windows (Pontos:1)
    por chambas em 27-09-04 18:23 GMT (#43)
    (Utilizador Info)
    Pois é que pela realidade que eu conheço acho que não utilizam outro software senão o windows(não o linux).
    Re:Uma versão em windows (Pontos:1)
    por nifan em 27-09-04 18:28 GMT (#44)
    (Utilizador Info)
    Pelos vistos a realidade que conheces não é a mesma que o autor do software conhece :)
    e seja como for, pelo que li no site, além de ser GPL, o código não se encontra 'preso' nem ás lib's Mesa nem ao GTK, que é apenas para GUI, por isso se houver necessidade presumo que seja relativamente simples usar outra toolkit.

    "Microsoft gives you Windows, Linux gives you the whole house"
    Re:Uma versão em windows (Pontos:1)
    por chambas em 27-09-04 18:41 GMT (#45)
    (Utilizador Info)
    Olha, a realidade que eu conheço é de há 4 anos atrás, quando estive na licenciatura de materias, onde conheci o professor em questão. E posso dizer-te que na altura era a única pessoa (alunos)do curso que conhecia e trabalhava com o linux. Depois de ter saído de lá continuei a contactar com pessoas que ainda se encontram a fazer o curso e portanto ainda conheço um pouco de como as coisas se encontram. E posso dizer-te que muita gente nem sabe mexer num pc.
    Re:Uma versão em windows (Pontos:1)
    por nifan em 27-09-04 19:00 GMT (#47)
    (Utilizador Info)
    Se assim é, nesse caso é ainda mais fácil fazer essas pessoas usar linux (e consequentemente este programa) uma vez que não têm hábitos que vêm do windows ou outros :)

    "Microsoft gives you Windows, Linux gives you the whole house"
    Re:Uma versão em windows (Pontos:1)
    por chambas em 27-09-04 19:17 GMT (#48)
    (Utilizador Info)
    Dou-te um exemplo: um amigo meu de materiais uma vez disse-me que andava muito ocupado e que precisava de ajuda num trabalho complicadíssimo. Ofereci-me para o ajudar e qual não é o meu espanto quando o que não era capaz de fazer era simplesmente digitalizar umas imagens e escrever o relatório num pc. Achas que este é o tipo de pessoas que vai instalar e configurar um linux(partições, scanner, impressora, net e etc), para depois mexer um pouco num programa???
    Re:Uma versão em windows (Pontos:2)
    por MacLeod em 28-09-04 13:19 GMT (#57)
    (Utilizador Info)
    Mas também se calhar esse também não é o público alvo do GAMGI...
    Re:Uma versão em windows (Pontos:1)
    por chambas em 28-09-04 15:17 GMT (#59)
    (Utilizador Info)
    Eu posso estar enganado mas achei que o público alvo era os estudantes agora se calhar deviam era ser estudantes de física(o número de estudantes de física que utiliza o linux é muito maior que os de materiais)...
    Re:Uma versão em windows (Pontos:2)
    por gass em 28-09-04 16:40 GMT (#60)
    (Utilizador Info) http://otiliamatos.ath.cx
    pelo que vi, o publico alvo é alguém que esteja a fazer pos graduação, ou em final de curso, e não simples alunos.

    Todas as pessoas aprendem quando têm falta. Meter um cd com debian, ou suse e instalar o compilado do programa não deve ser assim tão dificil. Odebian, que melhor conheço, faz instalação automatica e tu nem tocas em partições, faz detecção automatica (discover) para carregar modulos do kernel.

    E para t demonstrar, peguei num disco com debian em PIII 600 e meti o dito disco num AMD64 ... só não tive X, porque a placa é uma nvidia e não tem modulo no kernel, de resto, tudo funcionou às mil maravilhas. --- laro ... a 32 bit ---


    Cumps-
    Gass
    Re:Uma versão em windows (Pontos:1)
    por chambas em 28-09-04 16:56 GMT (#61)
    (Utilizador Info)
    Bom não sei qual o teu grau de experiência de linux mas fico contente por ser assim tão fácil correr um linux...agora talvez me queiras explicar o que uma pessoa sem perceber nada de linux faz sem o X????
    Re:Uma versão em windows (Pontos:2, Esclarecedor)
    por flock em 27-09-04 18:18 GMT (#41)
    (Utilizador Info) http://www.corah.org/
    Talvez possas pegar tu na source e portá-la em vez de pedir explicações? Não achas boa ideia? Ao tornar o software livre, o autor dá-te pleno direito de fazer esse tipo de modificação e de redistribuires tu próprio as tuas modificações, no entanto na mesma licença ele não te dá qualquer garantia, nem sequer a garantia implicita de utilidade para algum fim específico, portanto não tem explicações a dar.
    Re:Uma versão em windows (Pontos:1)
    por chambas em 27-09-04 18:51 GMT (#46)
    (Utilizador Info)
    Parece-me que não és o autor, portanto não precisas de ficar tão ofendido pelas "explicações". Achei e continuo a achar que é uma pergunta pertinente, por isso gostava de saber a resposta, caso seja possível. Carlos Pereira escreve "(...)programa GPL " sei bem o que é uma licensa GPL logo não é preciso recordares-me que posso portar o programa para windows.
    exp2 (Pontos:1)
    por expajc1 em 09-10-04 17:58 GMT (#63)
    (Utilizador Info)
    ajc

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]