gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Encontro OpenBSD Portugal
Contribuído por AsHeS em 21-07-04 10:30
do departamento party
News gotcha escreve "O OpenBSD .PT está a organizar um encontro onde a ideia é mais uma vez reunir os interessados durante um dia, levar as máquinas e o material de sempre (routers, AP's, cabos, servidores, etc..) e... a imaginação é o limite.
Desta feita, dia 24 de Julho, o OpenBSD .PT estará na Universidade de Coimbra num espaço gentilmente cedido pelo Departamento de Física. O OpenBSD .PT detem dentro de si a capacidade de ajudar não só a comunidade BSD mas também todo o movimento de software livre/open-source em Portugal. Por isso todos estão convidados, apareçam! Para mais informações consultem o site. "

Agora é o ELF | Inveja, coisa feia!!!  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • gotcha
  • OpenBSD .PT
  • site
  • Mais acerca News
  • Também por AsHeS
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Enfim... (Pontos:1)
    por liberdade3 em 22-07-04 7:45 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    ...mais morto que isto impossível...
    Re:Enfim... (Pontos:1, Esclarecedor)
    por Ancestor em 22-07-04 9:24 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    A comunidade PT de OpenBSD é pequena, mas não quer dizer que esteja morta, bem pelo contrário. Este será o 3º encontro do grupo, e o 2º encontro realizado este ano. O site oficial foi reformulado, e foram criados os mui desejados mirrors nacionais (http,ftp e cvsup). Claro que essas alterações não foram alvo de notícia por aqui, mas também ninguém no seu perfeito juízo avaliaria a vitalidade de um projecto pelo número de comentários que gera no Gildot.
    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por liberdade3 em 22-07-04 14:05 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Tens razão, mas não percebo porque é que depois andam aí a fazer birra porque não há um tópico OpenBSD!

    Raramente há noticias e quando as há ninguem participa...
    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por dduarte em 22-07-04 15:36 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Para ter tópicos é preciso existir threads nos poucos tópicos que existem.
    Para isso acontecer é preciso existir algo para discutir.
    Como por exemplo dizer que o OpenBSD não vale um caracol :)

    ... Ou então não.
    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por Ancestor em 22-07-04 16:56 GMT (#5)
    (Utilizador Info)

    Como por exemplo dizer que o OpenBSD não vale um caracol :)

    Se experimentares a distro xx com o kernel yy.yy e o patch zz, vais ver que não é assim tão mau.

    Agora a sério, em que te baseias para afirmar isso?


    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por dduarte em 22-07-04 22:44 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Para afirmar o quê?
    Que o OpenBSD não vale um caracol, ou que basta algumas pessoas com opinião diferente para gerar threads?
    Quanto ao OpenBSD em sí, não sei, numca usei. (Foi só para demonstrar que opiniões diferentes geram threads)

    ... Ou então não.
    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por mullog em 22-07-04 20:49 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Uso OpenBSD como desktop...espectacular. Duvido que haja muita gente aqui do gildot que já tenha experimentado.
    Há pelo menos um ponto em que acho que nem há discussão: a documentação de qualquer um dos BSD flavours é melhor, mais organizada e mais eficiente do que de linux.
    ----- Some places are like people: some shine and some don't.
    Re:Enfim... (Pontos:2)
    por Cyclops em 22-07-04 20:50 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Ter um packet filter composto por 4 máquinas de 4 arquitecturas diferentes todos a funcionar como um único todo ao mesmo tempo faz-me discordar completamente da tua opinião...
    Re:Enfim... (Pontos:2)
    por henrique em 22-07-04 21:22 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Isso é perfeitamente possível em Linux. Aliás não S.O. disponível em maior número de arquitecturas do que o Linux.
    OpenBSD é uma perda de tempo e uma dispersão de esforços. Mais valia dedicarem-se ao OpenVMS...
    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por Ancestor em 22-07-04 22:47 GMT (#13)
    (Utilizador Info)

    Isso é perfeitamente possível em Linux.

    Deduzo então que se transferir de um mirror oficial o kernel e o compilar, passo a ter essa funcionalidade, correcto? É que no OpenBSD faz parte do base system, mesmo uma instalação mínima possui a funcionalidade. Deduzo também que facilmente meto o linux ou algo linux-based numa configuração de firewall redundante, em meia dúzia de minutos, correcto? Assumo também que essa funcionalidade assente em protocolos 100% livres de patente e "dedo" de enterprise.

    OpenBSD é uma perda de tempo

    Quem gasta o seu tempo com linux não o valoriza assim tanto. E não seria melhor para a evolução da arquitectura de sistemas operativos que o esforço dispendido com o linux fosse gasto de uma forma mais... produtiva? Por exemplo a criar e/ou refinar abordagens menos convencionais de kernels, como por exemplo o Hurd. O que é que o linux tem de inovador no campo dos sistemas operativos além da popularidade? Só se for o preço. Custa exactamente o mesmo que os outros SO's opensource.

    e uma dispersão de esforços

    Ora aí está algo a ter em mente da próxima vez que usar o OpenSSH. Ou quando quiser usar o apache com separação de previlégios sem ter problemas com o PHP. Ou necessitar de um bom firewall e fácil de configurar.

    Mais valia dedicarem-se ao OpenVMS

    Há pessoas que parece que só lêm o Gildot... Usar sarcasmo com um SO que tem crescido 18%/ano, e que está (omni)presente em muitos sistemas críticos, em que o uptime se mede em anos, e em que a tecnologia de clustering ainda hoje "fumega" a concorrência, não é estupidez, é ignorância.

    Alguns artigos recentes sobre o OpenVMS podem ser lidos aqui,aqui,aqui,e aqui.

    Para finalizar, ficam 2 perguntas pertinentes:
    - Já usou?
    - Quantos ex-utilizadores de OpenBSD conhece?


    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por dduarte em 22-07-04 23:13 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Não conheço um unico ex-utilizador de OpenBSD mas conheço mesmo muitos ex-utilizadores de Windows.
    Mas isso pode querer dizer que não conheço nimguem que usa OpenBSD e que conheço muita gente que usa Windows.
    Temos que ter cuidado com essas contas pq se conhecer 3 utilizadores de OpenBSD e 1 ex-utilizador são 25% de ex-utilizadores. :)
    Ao passo que conheçendo 80 utilizadores de windows e 20 ex-utilizadores faz 20% de ex-utilizadores.
    Bem isto tudo para dizer que a precentegem de desistencias pode ser desfavoravel para o OpenBSD.
    (Não estou a tentar defender num lado em particular)

    ... Ou então não.
    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por Ancestor em 23-07-04 6:06 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    Numa comunidade pequena a perda de um elemento é sempre mais notada que numa comunidade de maiores dimensões. Apesar disso, a base de utilizadores de OpenBSD tende a crescer e não a diminuir, e normalmente quem o usa tem um grau de satisfação muito elevado. O grande trunfo do OpenBSD é que, apesar de não tentar fazer tudo e mais alguma coisa, e em alguns casos não ser a melhor escolha ou a escolha mais simples, o que faz, faz extremamente bem. Conheço vários ex-utilizadores de linux, que passaram para BSD, mas normalmente o contrário é muito mais difícil de encontrar.
    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por Perky_Goth em 23-07-04 19:48 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    diz-me uma distribuição de linux que tenha tido uma só falha nos últimos 8 anos após a instalação.
    diz-me uma que ponha a segurança acima de qualquer coisa.
    -----
    Quem quiser ajudar à conversão a Slackware e FreeBSD, que esteja à vontade.
    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por being em 24-07-04 13:58 GMT (#22)
    (Utilizador Info)

    Desculpa lá, eu até estava do lado dos *BSD, mas:
    1. O openbsd nao teve nenhuma falha ? Teve pois, nao teve foi nenhuma falha que tu pudesses explorar remotamente e ficar como root. Mas teve alguns "locals"(pelo menos). A instalaçao daquilo vem com tudo, tudo desligado ( nao vi, contaram-me). Já agora liberdade, o site wideopenbsd.org teve up 1 mes max... :) shame on you. (jk)
    2. ERM... Existem 300 distribuiçoes de LINUX achas mesmo que nao ha nenhuma que tenha a segurança acima de tudo ?? lol http://www.guardiandigital.com/products/software/community/ -- por exemplo, mas há mais. :)

    "The world is now too dangerous for anything less than Utopia." --R.Buckminster Fuller.

    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por Perky_Goth em 25-07-04 3:11 GMT (#23)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    bem, sim, mas não têm a mesma história de segurança.
    sim, falar como falei é o que dá falar pelo que leio e não pelo que faço.
    what i mean is, it's pretty fucking assured to be fucking secure.
    -----
    Quem quiser ajudar à conversão a Slackware e FreeBSD, que esteja à vontade.
    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por liberdade3 em 25-07-04 4:23 GMT (#24)
    (Utilizador Info)
    Não sou eu o responsável pelo magnífico site http://wideopenbsd.org mas ele tem estado up sempre que lá tenho ido :)
    Um site não muito recomendado a todo o culto do wOpenBSD por conter algumas verdades que por vezes poderão ferir susceptibilidades dentro da Theocracy.

    Cumprimentos
    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por Ancestor em 25-07-04 10:49 GMT (#25)
    (Utilizador Info)

    Um site não muito recomendado a todo o culto do wOpenBSD

    Não é recomendado porquê? Assumindo que com o termo "culto" te referes de forma insultuosa à comunidade, desde quando a comunidade é contra o que qualquer cretino possa dizer numa página de internet?

    por conter algumas verdades

    A capacidade de argumentação do fulano é hilariante. E, obviamente, não sabe separar o que é um argumento técnico do seu ódio de estimação para com as pessoas do OpenBSD. No outro dia (e em sequência da release de mais fotos do projecto apolo) também fiquei um bom bocado a ler os sites dos gajos que não acreditam na ida à lua.

    Theocracy

    Bem, o sr Theo não é propriamente o fulano mais simpático que se encontra numa mailing list; Mas o facto de usar OpenBSD não quer dizer que concorde com o que ele pensa ou diz. O sistema vem com o código fonte, e quem quiser seguir outras direcções é livre de o fazer. Afinal, o OpenBSD também nasceu assim :)

    Não deixa de ser interessante que todos os "Major Holes" que um fanático (dos do contra) encontra cabem numa pequena página. Ou seja, na prática, tudo o que ele apresenta (que raio, então não são 8 anos de pretensos buracos?) é inferior (em tamanho e em qualidade) à lista de patches que pode ser consultada aqui.

    Todo o software tem bugs, e isso é algo que não se consegue contornar. No entanto, em OpenBSD é normal a correcção de potenciais problemas antes que se tornem problemas. Já têm surgido situações em que essa abordagem proactiva deu frutos e mostrou que compensava (google for it). No geral, e falo apenas da minha experiência, a manutenção em termos de segurança e updates que um sistema OpenBSD requer é muito inferior à generalidade dos sistemas operativos. Não obstante, eu acho um bocado ridículo (e até infantil) a famosa tag line que se lê no site oficial.

    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por liberdade3 em 25-07-04 14:40 GMT (#28)
    (Utilizador Info)
    Eu com culto refiro-me aqueles que não vêm mais nada a frente e "comem e calam" tudo o que o mr Theo diz, desde as maiores alarvices até alguma coisa mais acertada (se houver), não a toda a comunidade mas se servir a carapuça... :)

    E o autor da página sabe bem distinguir argumentos técnicos de algum "ódio de estimação" que tenha, senão não indicaria os links para threads em mailing lists com discussões técnicas, por exemplo entre o spender do grsecurity e o theo, onde o theo prova mais uma vez o "asshole" que é. E mai nada!

    Cumps

    P.S. A referência aos gajos que não acreditam na ida a lua teve graça, mas assentava melhor a quem não acreditava nos root holes do systrace um dos quais o Niels tentou patchar sem levantar muitas ondas (para não ferir egos), mas que o Spender acabou por salvar o dia ao publicar o exploit que ele já tinha feito muito tempo antes :D
    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por Ancestor em 25-07-04 20:26 GMT (#29)
    (Utilizador Info)

    o autor da página sabe bem distinguir argumentos técnicos de algum "ódio de estimação" (..)senão não indicaria os links

    A base de argumentação são links? Dizer "isto é mau porque:<inserir_link_aqui>" é argumento válido? Quando muito um link pode ser uma referência adicional de confirmação da ideia apresentada. Do que li na página, o autor não fala de nada que seja técnico.

    com discussões técnicas, por exemplo entre o spender do grsecurity e o theo, onde o theo prova mais uma vez o "asshole" que é

    O Spender é uma pessoa calma e ponderada, basta ler qualquer post dele sobre OpenBSD :P. Se o Spender diz, é porque deve ser. Ele é o pastor, o resto é carneirada. É precisamente a carneirada que argumenta com links.

    (..) ao publicar o exploit (..)

    Na realidade, era um local root exploit. Duvido que tenha sido o primeiro, e provavelmente não será o último. E depois? É software. O software não é perfeito. Se for a analisar pelo número e gravidade de holes dos sistemas disponíveis, o OpenBSD fica bastante à frente da média. E não esquecer que código é extremamente legível, por isso há sempre a possibilidade de, em caso de dúvidas, o auditar ou modificar eu.

    Ninguém é obrigado a usar OpenBSD, só o usa quem quer.

    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por liberdade3 em 25-07-04 23:57 GMT (#30)
    (Utilizador Info)
    Eh pa, não vale a pena continuar esta discussão pointless ad-infinitum...por isso queria só apontar o pormenor de dizeres que não pertences a nenhum culto nem te revês muito na personalidade do Theo DeRat, no entanto és o primeiro a combater e a rebater qualquer crítica e observação ao wOpenBSD ou a sua familia ou comunidade.

    Think about it

    Cumps
    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por Ancestor em 26-07-04 10:16 GMT (#31)
    (Utilizador Info)
    Na realidade eu costumo ser o primeiro a combater qualquer crítica em que:

    1 - A falta de argumentação válida ou verificação empírica seja evidente;

    2 - Seja baseado no que terceiros acham, e agravado com links para mailing lists;

    3 - Quem apresenta as críticas não perceba que as opiniões do líder do projecto são apenas opiniões, e que ele pode fazer o que quiser com elas. Quando me sentir insatisfeito, tenho boa opção.

    Eu sou livre de usar o que quiser, tal como qualquer outra pessoa. O que eu tenho dificuldade em compreender são comentários cretinos de pessoas que não usam o sistema, muitas vezes nem sabem do que falam, e mesmo assim dão a sua opinião na forma standard de "isso é mau porque fulano de tal disse". Sou alérgico a estados avançados de mediocridade. Se isso para ti é fanatismo, tens boa solução: não leias os meus posts.

    E sim, este debate é um quanto pointless :P

    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por being em 25-07-04 12:07 GMT (#27)
    (Utilizador Info)

    Ah, pensava que eras tu. : )

    "No outro dia (e em sequência da release de mais fotos do projecto apolo) também fiquei um bom bocado a ler os sites dos gajos que não acreditam na ida à lua." -- e então ? :) Continua a ser discutivel.
    Também li um pedaço de uma mailing list (até era sobre o SMP para openbsd) em que o Theo dizia " nao me xateiem-me por causa do SMP, está em testes". Ora estando ele à frente do projecto e sendo um bocado antipático, é dificil dissociar o resto do projecto ( pessoas ) de uma atitude semelhante. É a minha opiniao de qualquer maneira, ou seja, nao é importante.

    "The world is now too dangerous for anything less than Utopia." --R.Buckminster Fuller.

    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por Ancestor em 25-07-04 10:59 GMT (#26)
    (Utilizador Info)

    falha que tu pudesses explorar remotamente e ficar como root

    Mesmo com root login há coisas que em BSD não se fazem facilmente. Por exemplo, se o login como root for feito numa jail FreeBSD, o dano que podes causar ao sistema é bastante limitado, apesar de poderes danificar o conteúdo da jail. Ou, por exemplo, se a máquina estiver em securelevel 1 ou 2.

    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por dduarte em 22-07-04 22:51 GMT (#15)
    (Utilizador Info)
    A minha opinião é que quando alguem discorda, escreve a dizer que discorda.
    Quando estamos todos de acordo escreve-se menos
    Eu numca experimentei o OpenBSD ou qualquer outro BSD. (Mas tenho curiosidade em experimentar)
    Apenas dei um exemplo do que pode ser uma frase geradora de threads.

    ... Ou então não.
    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por Ancestor em 22-07-04 17:09 GMT (#6)
    (Utilizador Info)

    Raramente há noticias e quando as há ninguem participa...

    Isso é verdade, mas se quando há notícias ninguém participa, também se deve ao facto do "average user" do site não se interessar minimamente por OpenBSD, provavelmente por achar que a) está ultrapassado; b) ninguém usa isso; c) é muito lento e/porque/também não funciona com smp; c) quem usa normalmente tem um elevado grau de satisfação. Claro que a), b) e c) são suposições completamente erradas, mas eu também sou suspeito para afirmar isso.

    Aproveito para anunciar que o suporte SMP já está no -current há mais de 1 mês :)


    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por Ancestor em 22-07-04 17:14 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    ...a ultima opção é d) e não c) (o botão submeter é muito rápido por aqui) :P
    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por liberdade3 em 22-07-04 19:36 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    > Aproveito para anunciar que o suporte SMP já está no -current
    > há mais de 1 mês :)

    Eh lá! Sinceramente, nunca esperei viver o suficiente para ver este dia!

    Uns 8 anos depois do resto da malta, mas chegaram lá.

    </ironic>
    Re:Enfim... (Pontos:2)
    por smsp em 22-07-04 22:51 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    Da malta? Porquê, não me digas que TU tiveste algo a ver com o suporte SMP de qualquer outro sistema operativo?
    Pois claro que não.

    «You cannot steal a gift, which is what code released under the BSD license is.»

    Re:Enfim... (Pontos:1)
    por Ancestor em 22-07-04 23:04 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    O SMP faz lembrar muitas tecnologias usadas no automóvel... As pessoas não sabem muito bem para que servem, mas mais vale ter do que não ter. Para o user comum de desktop, em máquinas com 1 CPU, o SMP não tem grande utilidade. Mais recentemente, só os CPU's com HTT é que fizeram despertar a necessidade do SMP ao joe desktop. No campo dos servidores, a coisa muda de figura, mas mesmo assim nem tudo o que é instalação de servidor precisa de SMP. A nível de x86 (que é o que conheço melhor, sem dúvida), praticamente todos os servidores de entrada de gama são uniprocessador. E, o facto de determinado sistema operativo ter suportar vários CPU's não o torna necessariamente num campeão de velocidade, nem garante que determinados programas em condições específicas vão usufruir de mais poder de processamento. Ocorre-me como exemplo o Postgres (que não usa threads, mas processos). Em ambiente SMP, o Postgres consegue aguentar mais ligações,mas a capacidade de processamento de cada processo está limitado ao cpu em que está a executar. Apesar do SMP ser a solução mais óbvia para muitos problemas, nem sempre é a mais indicada.

    Mas claro que é melhor ter do que não ter, e o OpenBSD já tem ;)


    Re:Enfim... (Pontos:2)
    por raxx7 em 23-07-04 0:25 GMT (#18)
    (Utilizador Info)

    Tens dois caminhos para aumentar a capacidade de processamento de um sistema unix: ou aumentas a performace single-thread (CPUs mais rápidos) ou aumentas o número de threads que o sistema pode correr ao mesmo tempo (SMP, ccNUMA, CMP, SMT, CMT/VMT, misturas destes).
    As modificações necessárias para suporte a SMP acabam por ser o minimo denominador comum para suportar qualquer uma destas técnicas, sendo que as outras adicionam alguma complexidade relativa à performace.

    Quanto ao caso do PostgreSQL, o uso de múltiplos processos com uma única thread cada não é diferente do caso de utilizar um processo com múltiplas threads na forma como explora sistemas multi-processador. Em ambos os casos, a performace de cada thread está limitada à performace de cada processador.

    Finalmente, sobre sistemas operativos com suporte a SMP.
    O suporte a SMP não faz do SO mais rápido. Na verdade, tende a fazê-lo mais lento em sistemas UP do que SOs que não suportam SMP.
    Mas obviamente, as pessoas não querem usar um SO diferente conforme o caso. Querem o menor número de ambientes possivel, para os poderem conhecer o melhor possivel. Um SO que só suporta sistemas UP é de pouco interesse para muita gente, mesmo que apenas algumas das suas máquinas não sejam UP.


    Remember to be the Killer, not the Victim! (Nuklear Girl)
    Artigo sobre OpenBSD 3.5 no NewsForge (Pontos:1)
    por Ancestor em 23-07-04 6:23 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Ontem foi publicado aqui um artigo sobre o OpenBSD 3.5. Uma leitura leve, mas interessante para quem não conhece o SO e tem curiosidade em saber mais.
    Fotos (Pontos:2)
    por gotcha em 26-07-04 14:53 GMT (#32)
    (Utilizador Info) http://alunos.uevora.pt/~l13591
    O encontro decorreu como previsto no Laboratório de Computação Avançada do Departamento de Física da Univ. de Coimbra, ao lado da sala do Centopeia.

    Obrigado a quem correspondeu ao apelo de presença e.. aqui ficam as fotos.

    Cheers

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]