gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Estado português "compra" memória
Contribuído por vd em 15-07-04 8:34
do departamento dos-chips
Portugal Trashbox escreve "The European Commission has allowed the Portuguese government to provide Infineon with a ¤71.96m ($88.71m) grant to fund the foundation of a memory chip fab.

Noticia Recente e Noticia Antiga

Afinal ... erros acontecem .... | Source Matters  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Noticia Recente
  • Noticia Antiga
  • Mais acerca Portugal
  • Também por vd
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Escolha acertada(?) (Pontos:5, Informativo)
    por SUp3rFM em 15-07-04 9:30 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://phalanx-ut.com
    "A Infineon Technologies transformou-se no segundo maior investidor estrangeiro directo em território nacional, após a AutoEuropa".

    Parece-me uma ajuda acertada. Só espero que se evitem as fugas deste tipo de empresas que vem para Portugal com "tudo pago" e quando a maré vira, desaparece sem dar cavaco... E quem se lixa são os trabalhadores.

    Diário Económico: 16/06/04 e 15/06/04
    Jornal de Negócios: 15/06/04
    Público: 17/06/04

    A minha anterior assinatura era ainda pior que esta.

    Re:Escolha acertada(?) (Pontos:1)
    por Mindstorm em 15-07-04 10:02 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://www.mndnet.org/
    Há assim tantas empresas a fazer isso? Supostamente o contrato terá alguma clausula de permanência, ou não?

    Mindstorm
    Re:Escolha acertada(?) (Pontos:1)
    por mpcosta em 15-07-04 10:15 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Ate parece que as clausulas servem de muito... pelo que se tem visto...
    Re:Escolha acertada(?) (Pontos:1)
    por Mindstorm em 15-07-04 10:36 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.mndnet.org/
    Mas alguem me dá exemplos concisos? Acredito que aconteca, mas não me lembro de nenhum caso, excepto a Siemens, com muita razão.

    Mindstorm
    Re:Escolha acertada(?) (Pontos:2)
    por SUp3rFM em 15-07-04 15:04 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://phalanx-ut.com
    Tens o caso recente da Bombardier Portugal, entre outros ocorridos (não me recordo do nome das empresas). Talvez ao passar pelas páginas das centrais sindicais se descubra algo mais.

    A minha anterior assinatura era ainda pior que esta.
    Re:Escolha acertada(?) (Pontos:2)
    por Esqueleto em 15-07-04 11:28 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://www.tusofona.com/esqueleto
    Sim .. tens razão .. existe clausulas .. mas elas servem precisamente para prevaver situações futuras que infelizmente não previram esta situação actual onde as empresa estão a mudar do territorio nacional para outros paises da UE cuja não de obra é mais barata logo diminuindo os curtos de produção.

    Por outra palavras, paga-se a multa e vai-se embora. É mais rentável para a multa e nos proximos 5 anos num ter grandes lucros que estar agarrado a um país onde as leis laborais ainda estão presas a abril de 1974 (ou quase).

    Infelizmente essas clausulas são fixadas segundo um crescimento médio e nunca um crescimento real ... Essas clausulas deverias ser revistas de 5 em 5 anos como se faz agora com as rendas de casa.
    Desta forma poderiamos ter alguma empresas a ficar realmente cá em portugal a laborar.

    (())
    Esqueleto
    ------------------------------ Visit me in: http://www.tusofona.com/esqueleto
    Re:Escolha acertada(?) (Pontos:2)
    por Gimp em 15-07-04 11:40 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    Essa de leis laborais, isto e aquilo de Abril de 74. Sim, houve demasiados desvarios, e que até afectou a minha família, mas se preferes a situação anterior sempre podes ir trabalhar para um país de leis laborais mais flexíveis. O que devia era haver legislação europeia que impedisse uma empresa europeia de receber mais do que uma vez fundos estruturais. Se quiserem ir para outro lado, sim senhor, à vontade, mas mamar outra vez nem pensar. Assim, investiam do seu bolsinho a construção de novas instalações e deixavam o $$$ no país para onde acabavam de mudar-se. Isso é que era.


    "No comments"

    Instalações da Infineon (Pontos:1, Despropositado)
    por 4Gr em 15-07-04 12:07 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    Bem, não sei se alguém alguma vez teve oportunidade de passar pelas instalações da Infineon (a caminho de Vila do Conde) que, embora não sejam nenhuma Silicon Valley, já impõe respeito ao lado de 300 armazéns agora todos adquiridos por chineses. E o número de postos de trabalho que a Infineon disponibiliza é capaz de render ao investimento do Estado.

    Já que toquei na questão dos chineses.. na Avenida do Brasil, a costa da Foz, há pelo menos 3 lojas de chineses (que eu conheça).. começo a ficar preocupado com esta virose. Não é que seja xenófobo, mas estão a roubar postos de trabalho com produtos que por vezes são de origem duvidosa!

    Dominus vobiscum
    Re:Instalações da Infineon (Pontos:2, Esclarecedor)
    por ^magico^ em 15-07-04 13:07 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://fsilva.online.pt/
    Os portugueses que criem as suas lojas e apostem em produtos nacionais!

    Este comentário foi publicado ao abrigo de leis internacionais "How to handle a Troll".
    Re:Instalações da Infineon (Pontos:3, Esclarecedor)
    por jpgm em 15-07-04 18:51 GMT (#18)
    (Utilizador Info)
    Não percebo o porquê da moderação a despropositado, esta é uma das questões fundamentais! Às vezes penso que os portugueses deviam ser um pouco mais "chauvinistas" em algumas situações!!!! Quem trabalhar numa empresa portuguesa que tente investir e penetrar no mercado espanhol percebe rapidamente que em qualquer concurso público por terras dos "nostros hermanos" as suas empresas são sempre preferidas! O que até me parece uma boa politica se não for exagerado, obviamente! Falta um pouco disso por cá! :-)
    Cumprimentos! zp
    Re:Instalações da Infineon (Pontos:3, Esclarecedor)
    por ^magico^ em 15-07-04 19:35 GMT (#19)
    (Utilizador Info) http://fsilva.online.pt/
    O despropositado foi por duas razões:
    * primeiro porque a frase é demasiado pequena e consisa
    * a segunda é porque existe aí muito boa gente que ainda quer viver à custa do patronato; quer viver á custa do "pai" (que em muitas situações toma a imagem do estado); uma cambada de malandros que não tem espirito empreendor e de sacrificio...

    ... e se alguém tem dúvidas que a mentalidade da juventude não tem nada a ver com o que eu acabei de enunciar está muito enganado, porque como se viu da moderação existem por aqui muitos filhos da puta (com todas as letras) que não sabem fazer mais nada do que chupar a sociedade e lançar farpas culpando todos aqueles que bem ou mal ainda se esforçam por contribuir um pouco!

    Este comentário foi publicado ao abrigo de leis internacionais "How to handle a Troll".
    Re:Instalações da Infineon (Pontos:2)
    por jpgm em 15-07-04 21:42 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Continuo a não perceber, a primeira razão que me apresentas:

    *primeiro porque a frase é demasiado pequena e consisa
    Não percebo, isso não é bom? uma coisa consisa, ou seja bem focada, que não deixa duvidas pode, e deve, ser pequena! porque é que isso é mau? se me dissesses que a frase era demasiado agressiva, ou demasiado acutilante, ou qq coisa assim até podia dar-te razão, agora uma frase pequena e consisa é uma boa frase!

    * a segunda é porque existe aí muito boa gente que ainda quer viver à custa do patronato; quer viver á custa do "pai" (que em muitas situações toma a imagem do estado); uma cambada de malandros que não tem espirito empreendor e de sacrificio...
    Não percebo agora o que é que isso tem a haver com o post inicial, que incitava, precisamente a que os portugueses trabalhassem...

    De qq modo e sobre essa "boa gente", pessoas a querer roubar há e sempre houve, desde pessoas que roubam carteiras, autorádios ou subsidios de desemprego, são tudo ladrões... Não significa no entanto que as carteiras devam ser banidas, os autorádios proibidos e o subsidio de desemprego deva acabar....
    Quanto à mentalidade da juventude de que falas, não sei donde vem toda a tua amargura, mas eu ainda sou jovem, trabalho, pago segurança social, desde novo, nunca fugi a um centimo de imposto devido, participo em várias actividades de voluntariado e vejo várias, muitas, pessoas (jovens e não jovens) à minha volta nas mesmas condições.... pelo que só posso dizer que a tua opinião sobre a juventude está errada, talvez estejas cercado pelas pessoas erradas.....
    Cumprimentos! zp
    Re:Instalações da Infineon (Pontos:2)
    por jpgm em 15-07-04 21:44 GMT (#21)
    (Utilizador Info)
    ops! só agora percebi que o post original era TEU! e que portanto estavas a ser irónico na tua resposta! Sendo assim já percebi metade das coisas que não tinha percebido! :-)
    Mas a minha opinião sobre a mentalidade da juventude e as pessoas que roubam continua a mesma!
    Cumprimentos! zp
    Re:Instalações da Infineon (Pontos:2)
    por ^magico^ em 16-07-04 9:40 GMT (#22)
    (Utilizador Info) http://fsilva.online.pt/
    Sim, estava a ser irónico na minha 2ª resposta, porque por vezes há situações em que a única solução é usar ironia para não ter de chorar...

    Relativamente ao facto da juventude e dos que roubam... eu trabalho desde dos 18 anos (tenho 25), nunca fugi um centimo aos meus impostos e faço tudo estritamente como a lei manda, sem realizar manobras no limiar dessa mesma lei. Não é ser burro, é ser honesto!

    Quando vejo, e ouço caso de jovens (com menos de 25 anos) que trabalham e depois preferem ficar com o subsidio de desemprego do que continuar a trabalhar, jovens que tiram cursos atrás de cursos quando já poderiam estar a trabalhar para contribuir na sociedade, entre muitas outras situações que neste post são OFF-TOPIC.... sim, fico amargurado e triste.

    Alivia-me saber que a tua situação é diferente e que conheces casos diferentes.

    Abraço!

    Este comentário foi publicado ao abrigo de leis internacionais "How to handle a Troll".
    Re:Instalações da Infineon (Pontos:2)
    por mlopes em 22-07-04 14:42 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    Desde quando o facto de uma frase ser concisa (conciso - do Lat. concisu - adj., que expõe as ideias em poucas palavras; sucinto; breve; lacónico; preciso, exacto.) é motivo para ser considerada despropositada?

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Re:Instalações da Infineon (Pontos:3, Esclarecedor)
    por Cyclops em 15-07-04 13:58 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Não é que seja xenófobo, mas estão a roubar postos de trabalho com produtos que por vezes são de origem duvidosa!
    Essa do roubar postos de trabalho... é xenófoba. Podes não ter essa intenção mas é-o. As únicas lojas do género montadas por portugueses sãos as conhecidas por lojas dos 300, que a) não são muitas nem nunca foram e b) onde a qualidade é igualmente má e porventura mais cara.

    Há vários anos que o aviso tem caído... apostem na qualidade, porque tem de se abrir o mercado e há outros que fazem muito e barato. Se não apostarem na qualidade, os que querem barato vão à concorrência barata e os que querem bom vão à outra concorrência. Agora ser igualmente mau e ainda por cima mais caro do que a concorrência... bem, não é preciso ser futurólogo para adivinhar o que vai acontecer.

    O problema é que as pessoas entram em desespero e caiem com facilidade na xenofobia, ainda que não se o considerem, acabam por entrar num percurso de ideologia xenófobo, que é aproveitado e exacerbado por extremistas (tipicamente) de direita como os fachistas do PNR e os menos fachistas mas com o bichinho atrás da orelha...
    [offtopic] chineses (Pontos:3, Interessante)
    por higuita em 15-07-04 14:34 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    na china o salario medio anda por volta dos 5¤ (e isto nas cidades, no campo ainda e' menos)...
    transporte e armazenamento fazem o precos das coisas subir um pouco, mas a verdade e' que quase tudo que vem da china e' baratissimo (e quem diz china, diz india e outros paises asiaticos e africanos)

    os chineses ate' sao dos melhores emigrantes, nao "roubam" empregos, criam os seus proprios empregos em lojas chineses e restaurantes chineses e logo geram riqueza
    o lado negativo e' que sao uma comunidade fechada (e logo dificil de ver e investigar os negocios ilicitos, nomeadamente as triades), que a qualidade de certas coisas deixa a desejar, ou pior, os crimes ambientais cometidos durante o processo de fabrico (por alguma razao as baterias e pilhas la' sao baratas de produzir, na europa o que custa mais e' evitar a contaminacao das aguas pelos materias pesados)

    fica na consciencia e carteira de cada um comprar nos "chineses" ou nao

    ja' ouvi dizer tambem que o governo chines apoia estas comunidades de emigrantes, emprestando dinheiro para compra de locais e armazens
    claro esta', os armazens servem todas as lojas numa grande area geografica (um nucleo no norte em vila do conde, outro na zona de lisboa, algures na margem sul acho)

    Higuita
    Re:[offtopic] chineses (Pontos:3, Engraçado)
    por xeon em 15-07-04 17:59 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://pthelp.org
    Lisboa = Carregado e Porto Alto.
    Re:Instalações da Infineon (Pontos:2)
    por jpgm em 15-07-04 18:47 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Já que toquei na questão dos chineses.. na Avenida do Brasil, a costa da Foz, há pelo menos 3 lojas de chineses (que eu conheça).. começo a ficar preocupado com esta virose. Não é que seja xenófobo, mas estão a roubar postos de trabalho com produtos que por vezes são de origem duvidosa!

    Portugal tem mais emigrantes que imigrantes, pelo que deveria existir a cultura de que um imigrante não rouba postos de trabalho de ninguem, infelizmente essa cultura não existe de nós para os outros, apesar de ficarmos chocados quando trabalhadores portugueses são maltratados na alemanha. Para alem disto, os postos de trabalho onde podemos encontrar o grosso da imigração não são os postos de trabalho procurados por portugueses. Se não fossem ocupados por esta franja de população iria haver uma procura muito maior que a oferta, com um desequilibrio economico desagradavel.
    Finalmente, imigrantes, legais, competentes e que paguem impostos e segurança social parece-me que deviam ser sempre bem vindos, a população portuguesa, assim como a da europa ocidental, está a ficar cada vez mais velha e cada vez há menos pessoas a trabalhar para mais pessoas na reforma....
    Quanto aos produtos serem de origem duvidosa, todos os produtos são de origem duvidosa, as bolas usadas no euro 2000 eram fabricadas por crianças no paquistão.... o grosso de tenis da nike e rebook são produzidos na indonesia, com salarios que rondam os 2 dolares por dia, que ronda o limiar do necessario para uma pessoa sobreviver..... No entanto ninguem considera esses produtos "duvidosos".... Tudo é duvidoso, e esse assunto "são contas de outro rosário!" :-)
    Cumprimentos! zp
    Notícia de última hora. (Pontos:3, Engraçado)
    por fhc em 15-07-04 12:33 GMT (#8)
    (Utilizador Info)

    O Estado Português compra memória no valor de quase setenta e dois milhões de Euros à Infineon para apurar as capacidades cientifico-tecnológicas dos adolescentes portugueses. Num acerto entre os ministérios da educação, da saúde, das finanças e da ciência e ensino superior, a medida visa confrontar os elevados graus de abandono escolar e a pobre escolha dos alunos em ciências fisicas.

    «O grande problema de falta de aprendizagem dos nossos alunos deriva da falta de memória», afirmou um acessor do ministro da educação. Confrontado com a idéia de os programas escolares de hoje em dia não darem a devida atenção ao exercício da memória, disse «não me lembro».

    Falta ainda saber como será administrada a memória da Infineon aos alunos portugueses. A administração por via oral em sandwiches e pastilhas elásticas foi desaconselhada pela associação dos dentistas portugueses, pela abrasividade do substrato, muito embora depois tenham ido a terreiro defender energicamente esta medida. A administração por via oral através do leite escolar é um dos grandes contendores, muito embora se cinja apenas aos primeiros anos do ensino básico.

    A medida será testada em políticos de diversas cores, muito atreitos a faltas súbitas de memória passado o período eleitoral. A administração compulsiva a certos membros do Gildot não está fora de causa. Quanto à administração à generalidade do povo português, esta foi posta de lado por consenso entre os políticos de diversas cores.

    Francisco Colaço


    Portugal é constituído por duas nações: o país (de Setúbal ao Carregado, de Cascais ao Montijo), e o Portugal Profundo, que já se afundou.

    Re:Notícia de última hora (FLASH). (Pontos:2)
    por ^magico^ em 15-07-04 13:22 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://fsilva.online.pt/
    Acabou neste momento a reunião entre os vários ministros promotores do projecto "Memória para Todos Nós", em que se definiu (entre outros assuntos) qual o método de administração do substracto "memoradium" aos alunos do ensino superior.

    Devido aos meses quentes de Verão aquando as várias queimas ao longo do país, decidiu-se que a inclusão de "memoradium" na cerveja é a melhor forma de promover as capacidades intelectuais dos estudandes.

    Bagão Félix (que participou na reunião como próximo ministro das finanças) disse efusivamente, "pretendemos com isto aumentar a venda de cerveja e torna-la como o produto mais vendido em Portugal, conseguindo assim enormes encaixes monetários", acrescentando, "vamos ainda fazer um programa para incentivar mais alunos a frequentarem o ensino superior, para os quais oferecemos cupons de desconto nas barraquinhas de cerveja. Contamos com todos eles para retirarem Portugal da crise".

    Num outro aspecto o Ministro da Saúde, decidiu abrir jogo e anunciar que será criada uma versão oral para universitárias. Este modo visa em usar os preservativos "untados" com memoradium de modo a incentivar tanto o uso do preservativo, bem como a aumentar as capacidades cerebrais do sexo feminino. O único problema será a possibilidade de a cabeça do pénis começar a adquirir capacidades intelectuais com o uso excessivo de "memoradium", ao qual o ministro efusivamente declarou, "bem é um factor que achamos de extrema relevância pois se actualmente os estudantes portugueses só pensam com a cabeça de baixo, pelo menos que esta pense bem".

    O minstro da educação apenas comentou, "é bom este projecto.... vamos todos ser inteligentes".

    Este comentário foi publicado ao abrigo de leis internacionais "How to handle a Troll".
    Subsidiar Investimentos e' Mau. (Pontos:4, Interessante)
    por leitao em 15-07-04 13:43 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/blog/
    O subsidio de investimentos e', invariavelmente, mau. Se uma empresa apenas investe porque recebe uma contrapartida financeira, e' obvio que algures existe um pais que onde e' economicamente mais viavel fazer o investimento. Mais cedo ou mais tarde a empresa muda-se para la' (e' uma questao de rentabilizar o subsidio e toca a andar).

    Subsidios ao investimento estrangeiro e' uma perversao do mercado -- acabam sempre por dar bronca.


    I can live with doubt and uncertainty and not knowing. I think it is much more interesting to live not knowing than to have answers that might be wrong.

    Re:Subsidiar Investimentos e' Mau. (Pontos:2)
    por ^magico^ em 15-07-04 13:54 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://fsilva.online.pt/
    Concordo! Nesta situação é preferivel investir mais em baixo (tipo projectos piloto internos) e rentabilizar internamente esses investimentos.

    Este comentário foi publicado ao abrigo de leis internacionais "How to handle a Troll".
    Uma boa aposta (Pontos:1)
    por edsousa em 17-07-04 13:57 GMT (#23)
    (Utilizador Info) http://www.cafeina.org/
    Sou a favor de ajudas localizadas do Estado a projectos nacionais e suspeito sempre dos 'free lunches' oferecidos a multinacionais que, como já disseram aqui, podem sempre decidir 'deslocalizar-se' para onde esteja a ser oferecido outro almoço gratuito, deixando centenas de trabalhadores com um nó no estômago, como no caso da Bombardier. Além de, como no caso da Siemens e da AutoEuropa, esta precariedade servir para chantagear governos sucessivos.

    Mas no caso muito específico (porque cada caso é um caso) da fábrica de memória da Infineon, até tenho que concordar com o subsídio. Podem estar cá a prazo, mas poderão trazer um grande retorno durante este período. Isto porque os semicondutores são dos produtos mais voláteis no mercado mundial. Quem se lembra do que significou em termos de escalada de preços da RAM a perda de uma fábrica por causa de um tremor de terra em Taiwan há uns anos atrás sabe o que quero dizer.

    Ou seja, mesmo que seja temporário e que a Infineon se mude para a Polónia daqui a meia-dúzia de anos, Portugal vai gozar um período em que pode ser encarado como se fosse um produtor de petróleo, mas no mercado das tecnologias. O que _pode_ (havendo capacidade de aproveitar o retorno) ser muito bom.

    Claro que o ideal seria ter empresas nacionais a produzirem este tipo de coisas e a tornarem-se jogadoras no mercado mundial, mas para isso também havia que se financiar (e muito) a Educação e a Ciência. Seria mesmo o ideal, mas alas, estamos em Portugal. Resta esperar que sejam os estrangeiros da Infineon a deixarem o conhecimento, mesmo quando forem para a Moldávia...
    Re:Uma boa aposta (Pontos:2)
    por Cyclops em 17-07-04 17:30 GMT (#24)
    (Utilizador Info)
    Eu não deixo de sentir uns arrepios na espinha quando vejo o pessal ficar todo contente pela instalação de fábricas em Portugal. Não deveriam ficar contentes por emprego um pouco mais qualificado?

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]