gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Portes para Linux valem a pena!
Contribuído por vd em 02-07-04 17:14
do departamento show-me-the-money
Verdinhas blacksheep escreve "De acordo com este artigo da NewsForge, os utilizadores de Linux não são tão caloteiros como se pensa.
A eGenesis, produtora do jogo MMORPG A Tale In The Desert, relata que vale a pena portar jogos para Linux.
De facto, cada conta de um utilizador de Linux deu, em média, o dobro dos lucros das de Windows. O artigo também revela que os Linuxers são mais leais (38% dos que experimentaram o jogo, tornaram-se assinantes, ao contrário dos 20% de Windows). Estes também assinaram, em média, pelo dobro do tempo."

"O único senão é que apenas 1% dos jogadores usam Linux. No entanto, o saldo do porte foi positivo, nem que não seja, pela aumento da comunidade, publicidade gerada e melhoramento do software. "

Parlamento holandês muda posição do país sobre patentes de software | Ansioliticos Gildot  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • este artigo
  • NewsForge
  • A Tale In The Desert
  • Mais acerca Verdinhas
  • Também por vd
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Postal 2 (Pontos:2)
    por jadrian em 02-07-04 19:15 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Já agora, alguém sabe como estão a correr as vendas da versão para linux de Postal 2 - share the pain, lançada no início de Maio?
    Até que enfim ! (Pontos:2)
    por mpinho em 02-07-04 22:07 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    Até que enfim alguém reconhece que os usuários linux, embora sejam minoria, são em média muito mais esclarecidos (pelo menos em informática) e que, portanto, merecem um tratamento especial e versões nativas de programas comerciais também.

    Estou farto do preconceito das software-houses que acham que o usuário de linux usa essa plataforma só porque é "grátis", quando na realidade esse é apenas um dos fatores. Embora não seja um game maníaco, garanto que já comprei (não estou falando de versões piratas mas legais) muito mais jogos do que a média dos usuários Windows (pelo menos aqui no Brasil, onde a pirataria de jogos rola solta).

    Eu não peço nem versões exclusivas de softwares e games para linux, mas pelo menos que os fabricantes começassem a ter consciência de que não existe só M$ no mundo e partir para o uso de tecnologias multiplataforma em seus produtos.
    Loki (Pontos:2)
    por Karlus em 03-07-04 3:05 GMT (#3)
    (Utilizador Info) /dev/null
    Pena a Loki não ter sabido disso antes de ter declarado falência...
    Re:Loki (Pontos:2)
    por Kmos em 03-07-04 7:34 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://Kmos.TondelaOnline.com
    Então e ainda têm a página UP pq? se calhar pagaram um ano de alojamento e de domínio :P ou então estão à espera de voltar, ou que alguém compre aquilo.

    I'm a lost soul in this lost world...
    Re:Loki (Pontos:2)
    por blacksheep em 04-07-04 15:19 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://rpmcruz.planetaclix.pt/
    Num artigo publicado na altura da falência por alguns dos trabalhadores era referido q o dono da Loki (Derek?) fartou-se de meter dinheiro para o bolso de investidores que acreditavam na empresa.

    De facto, muitos programadores, adeptos de Linux, aceitaram trabalhar de graça por mais de um ano, sob a promessa de Derek q as coisas começavam a dar resultado. Entretanto, ele empregou a mulher - q, ao contrário dos programadores, recebi o seu salário na hora!.

    Depois, recebeu dinheiro do Estado para tentar evitar a falência, pôndo-o no bolso. Muitos investidores, particulares e até programadores da Loki fartaram-se de contribuir financeiramente!

    Foi também descoberta q este sujeito já tinha aplicado a mesma técnica anteriormente.

    Após uma pesquisa lá encontrei o artigo:
    Loki: A promiding plan gone terribly wrong
    Comentários na LinuxGames

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]