gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Distribution Flame War
Contribuído por scorpio em 07-06-04 12:34
do departamento ready...GO!
Linux mvalente escreve "Como não há nenhum artigo de jeito para aprovar este Domingo, resolvi contribuir com um candidato (uma "leve" critica ao Gentoo...) ao record de artigos mais comentados.

Let the flames begin! :-) (com sorte ainda se arranja uma subthread sobre politiqu"ismos" e outra sobre o Bill...;-)

Cumprimentos

Mario Valente "

Ali Alatas recebido em Portugal com honras de estado | Patentes de Software na República Digital  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • mvalente
  • contribuir com um candidato
  • record de artigos mais comentados
  • Mais acerca Linux
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Gentoo (Pontos:2)
    por 4Gr em 07-06-04 12:59 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    Bem, Gentoo má, não o é de certeza. É mais uma versátil distribuição para agradar ao nicho de mercado que gosta de ter tudo "tunado": o carro, o computador, a mulher, a chavena de café..

    Pessoalmente, eu não tenho tempo nem disposição para compilar tudo. Está fora de questão e, como tal, cingo-me ao SuSE. De facto, desde que começei a usar o SuSE nunca mais quis outra, e eu já experimentei muitas distribuições :-)

    Quanto à sub-thread to Billy, fica aqui um site com bastante conteúdo e o porquê de se odiar a microsoft: Porquê que odiamos a Microsoft!

    Discussões partidárias? Nada disso. O Sousa Franco tem-se ocupado de nos dar divertimento o suficiente para qualquer tom de rosa que nos aparece pelo caminho causar ainda mais insónias do que a foice e o martelo! :-)

    Dominus vobiscum
    Re:Gentoo (Pontos:2)
    por fhc em 07-06-04 13:20 GMT (#2)
    (Utilizador Info)

    A Microsoft não é objecto de ódio nem de especial amor por mim (já o Toni Lança Chamas dorme com a fotografia do Bill na mesinha de cabeceira ;-)). Simplesmente não lhe dou atenção, excepto quando tenta cercear a minha liberdade de não lhe dar atenção tornando impossível a interoperabilidade.

    Quanto ao Sousa Franco, francamente, sabendo que vem do CDS, o que lhe deu, a andropausa?

    Francisco Colaço


    Em Portugal nada se conclui acerca da existência de vida inteligente no Planeta Terra.

    Re:Gentoo (Pontos:1)
    por soska em 07-06-04 13:26 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Mais uma vez, picas-te.
    O Sousa Franco, foi isso sim, presidente do PPD, na era pré-Sá-Carneiro.


    "Everyone has the right to be stupid. Some just abuse the privilege"
    Re:Gentoo (Pontos:2)
    por 4Gr em 07-06-04 13:34 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    E como o Francisco sugeriu, e bem, antes da andropausa...

    Dominus vobiscum
    Re:Gentoo (Pontos:2)
    por fhc em 07-06-04 14:08 GMT (#6)
    (Utilizador Info)

    Sinceramente, eu não sei se ele fala a sério quando fala no prestígio de Portugal na era Guterres, ou se é uma autocrítica. A verdade é que prestígio não tínhamos nenhum. E bem compreendo o Guterres, que depois de perder a mulher, vítima de cancro, estava-se pouco mais ou menos a lixar para estas guerras de pacotilha. Não obstante, deu à sola e não se fez substituir.

    O Partido Xuxalista deu ao país o exemplo de democracia perfeita: governamos nós quando o Mundo anda bem e o PSD quando é necessário músculo para aguentar o barco de pé. Agora, o Sou-de Frosques a dar uma lição de como se deve proceder quando ele fez o contrário lembra-me um corolário da lei das contratações governamentais:

    Nunca se deve contratar um professor universitário para cargos executivos.

    Ora aí está porque não tenho ambições políticas. JÁ FUI PROFESSOR UNIVERSITÁRIO e estou EM CURA DE DESINTOXICAÇÃO. Mas nunca disse que fiz o que não fiz e nunca mandei ninguém fazer o que eu nunca estivesse disposto a fazer primeiro.

    Francisco Colaço


    Em Portugal nada se conclui acerca da existência de vida inteligente no Planeta Terra.

    Re:Gentoo (Pontos:2)
    por mvalente em 07-06-04 21:12 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    Em Portugal nada se conclui acerca da existência de vida inteligente no Planeta Terra

    Eh eh :) esta é gira...

    Outra: Portugal é um país geométrico; sao discutidos problemas bicudos, à volta de mesas redondas por uma série bestas quadradas.

    Cumprimentos

    Mario Valente

    Re:Gentoo (Pontos:2)
    por vaf em 08-06-04 17:20 GMT (#34)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/users/vaf12086/
    Não querendo inflamar a coisa...
    Não obstante, deu à sola e não se fez substituir
    Se ele tivesse ficado não teria sido ainda mais criticado? Se fica é porque é agarrado ao poder, se sai é porque foge cobardemente...

    Eu acho que ele tomou a atitude correcta ao demitir-se e em remeter-se ao silêncio. Dadas as circunstâncias acho que era mesmo a única coisa acertada a fazer.

    A título de curiosidade: a famosíssima gaffe dos 3%, foi justamente a seguir à consulta em que ele e a mulher ficaram a saber do seu cancro; não admira que ele tivesse a cabeça em água. E apesar de tanta gente o ter gozado com isso, nunca o mencionou. Não foi bom primeiro-ministro, mas que é uma pessoa moralmente irrepreensível, isso acho que é.
    Re:Gentoo (Pontos:2)
    por fhc em 08-06-04 18:24 GMT (#35)
    (Utilizador Info)

    Eu sei o que aconteceu, e o mal não foi ter dado à sola, mas não se ter feito substituir. Se me dissessem que a minha esposa iria morrer, que se lixasse o deficit, as guerras intra e extrapartidárias, os interesses, etc. Bem me compreendes, e eu bem compreendo o Guterres. E também compreendo que a partir desse momento, ser primeiro-ministro era um fardo. Só tenho pena que não se tivesse feito substituir, pois o país compreenderia.

    Francisco Colaço


    Em Portugal nada se conclui acerca da existência de vida inteligente no Planeta Terra.

    Re:Gentoo (Pontos:2, Interessante)
    por jolas em 09-06-04 9:29 GMT (#48)
    (Utilizador Info)
    Quanto ao Sousa Franco, o que lhe deu, foi mesmo um ataque cardíaco neste dia fatídico que até coincide com o meu aniversário.

    Que descanse em paz.
    Re:Gentoo (Pontos:2)
    por jazzy em 08-06-04 9:11 GMT (#27)
    (Utilizador Info) http://jazzy.weblog.com.pt/
    Deixa lá que os parceiros de coligação do teu partido também não descansam.


    Jazzy
    Gentoo (Pontos:4, Interessante)
    por Noviço em 07-06-04 13:52 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Nestes últimos 10 ou 15 anos, mais do que porventura uma ditadura da Microsoft, vivemos numa ditadura Intel+AMD. Muito sinceramente, provavelmente não valerá a pena ao utilizador comum meter Gentoo na sua maquininha perfeitamente normal equipada com processador x86 ou quejando (mesmo AMD64 se calhar também não). O que me levou a aderir ao Gentoo foi o facto de ter que usar umas Alphas com mais de 8 anos e que estavam a um canto a apanhar pó, para gerir serviços de mail e de web. As distribuições comuns (RedHat, SuSE, Mandrake) suspenderam as suas versões para Alpha há um bom par de anos, e quanto à Debian sofria do mesmo problema (kernel 2.2, por exemplo). A alternativa seria instalar por exemplo o SuSE 7.1 e depois instalar os programas em versões actualizadas a partir dos sources, mas isso não andaria muito longe do que o Gentoo faz :)

    De modo que dei por mim a meter Gentoo nas minhas alphas, e os PCs que andavam pela vizinhança (alguns portáteis incluidos) acabaram por apanhar por tabela, para ter alguma consistência no meu trabalho. No meu caso, Gentoo significou poder ter instalações de Linux bastante actualizadas, independementemente do hardware. Agora, para quem tenha a seu cargo redes compostas apenas por x86 o u compatíveis, concebo perfeitamente que Gentoo não valha a pena o esforço. No entanto, se eu, por alguma razão, ficasse sem as Alphas, e ficasse com uma rede mais homogénea, provavelmente ficaria na mesma com o Gentoo, é viciante:)

    As próximas candidatas são umas HPs 7200 PA-RISC igualmente a apanhar pó num canto... :)

    All the best, Noviço

    Re:Gentoo (Pontos:1)
    por mpcosta em 07-06-04 14:59 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    "As próximas candidatas são umas HPs 7200 PA-RISC igualmente a apanhar pó num canto... :)"

    Se ja estas "vacinado", entao nao vais ter trabalho nenhum. Nem o "palo" da chatisses...

    Eu tenho um gentoo a correr num HP715/100 , lindamente... tao estavel quanto as maquinas x86 e sparc.
    Re:Gentoo (Pontos:1)
    por Noviço em 07-06-04 15:07 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Se ja estas "vacinado", entao nao vais ter trabalho nenhum. Nem o "palo" da chatisses...

    Eu tenho um gentoo a correr num HP715/100 , lindamente... tao estavel quanto as maquinas x86 e sparc.

    Isso são excelentes notícias:) Estas-me a dar vontade de ir buscá-las às catacumbas:)

    All the best, Noviço

    Re:Gentoo (Pontos:2, Informativo)
    por mpcosta em 08-06-04 9:45 GMT (#30)
    (Utilizador Info)
    so uma nota.

    o kernel linux para pa-risc ainda nao suporta os 4 leds da frente da caixa, que mostram o load da maquina.
    ao contrario de em hp-ux, eles nao vao funcionar.

    mas tambem nao interessa... so serviam para comer cpu :)
    Re:Gentoo (Pontos:3, Informativo)
    por joaorf em 08-06-04 2:07 GMT (#24)
    (Utilizador Info)
    Foi lançada no ano passado uma versão não-suportada oficialmente do SuSE 8.1 para Alpha. Pode ser encontrada aqui. Tem recebido actualizações: bugfixes e novas versões do KDE. Temos esta versão a correr em duas máquinas Alpha, uma XP1000 e outra ES40 (com 4 processadores!) e funciona muito bem. Quanto ao Gentoo, também tentámos instalá-lo mas o processo de instalação deu um erro ao fim de umas horas e desistimos.

    A título de curiosidade, a ATI Radeon 7500 permite 3D em Linux Alpha... :-)

    Re:Gentoo (Pontos:2, Informativo)
    por Noviço em 08-06-04 8:54 GMT (#26)
    (Utilizador Info)
    Foi lançada no ano passado uma versão não-suportada oficialmente do SuSE 8.1 para Alpha. Pode ser encontrada aqui. Tem recebido actualizações: bugfixes e novas versões do KDE(...)

    Certo, foi uma das minhas primeiras hipóteses, mas a SuSE 8.1 também já não é recente, os updates são ocasionais, e sem garantias de continuidade... já agora, qual o erro que te deu a instalação do gentoo?

    All the best, Noviço

    Re:Gentoo (Pontos:2)
    por CrLf em 09-06-04 0:41 GMT (#42)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Já não me lembro qual foi o erro, sei que ficou bloqueado. Não crashou, simplesmente não avançava. Como aquilo já estava a correr há mais de 24 horas... não ficou muita vontade de repetir o processo.

    Quanto ao SuSE 8.1, a versão é enganadora, pois muitos dos pacotes já na altura eram bastante mais recentes do que a versão 8.1 para x86. E como disse o joaorf, tem recebido actualizações.
    br Há uns tempos um tipo proeminente no kernel e na Red Hat expressou o interesse em portar o Fedora para Alpha. Ainda estamos à espera... :)

    -- Carlos Rodrigues
    Re:Gentoo (Pontos:1)
    por Noviço em 09-06-04 7:40 GMT (#47)
    (Utilizador Info)
    Há uns tempos um tipo proeminente no kernel e na Red Hat expressou o interesse em portar o Fedora para Alpha. Ainda estamos à espera... :)

    Se não me engano essa informação foi veiculada no AlphaLinux em Outubro de 2003, e mais na onda de que se calhar se iria fazer um port do Fedora para Alpha, mas sem compromisso de prazos...

    Uma outra alternativa de que não se tem falado no que toca a sistemas operativos para Alphas é o FreeBSD y sus amigos (NetBSD, OpenBSD, etc), todos eles com declinação para Alpha... Já agora, será que alguém já experimentou? Na altura da decisão, só não fui para o FreeBSD porque estava interessado em usar os compiladores nativos da Compaq para Alpha (C, C++, Fortran), que só existiam para Linux.

    All the best, Noviço

    Re:Gentoo (Pontos:2)
    por Strange em 09-06-04 11:30 GMT (#53)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.no-ip.org/
    Debiam também tem versões mais recentes para alpha. Inclusive kernel 2.6.x.

    E dentro de umas semanas, também Fedora Core haverá. ;)

    hugs
    Strange

    Re:Gentoo (Pontos:1)
    por Noviço em 09-06-04 17:46 GMT (#60)
    (Utilizador Info)
    E dentro de umas semanas, também Fedora Core haverá. ;)

    Podes-me dar informação mais detalhada a esse respeito?

    All the best, Noviço

    Re:Gentoo (Pontos:2)
    por Strange em 10-06-04 22:26 GMT (#65)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.no-ip.org/
    distcc + cross compilers num p2.8 + compilacao dos srpms.

    hugs
    Strange

    Re: (Pontos:2)
    por gotcha em 07-06-04 14:31 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://alunos.uevora.pt/~l13591
    "if you spent 6 hours compiling X, you'd like to think it was for something useful right?"

    É mais ou menos o mesmo para quem fez este site :-]


    Re: (Pontos:2)
    por mlopes em 09-06-04 11:22 GMT (#51)
    (Utilizador Info) http://cosmos.oninetspeed.pt/mlopes/
    No meu Athlon 800 demorou cerca de 2 horas.

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Cartoon (Pontos:2)
    por Tuaregue em 07-06-04 15:52 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Já que se está numa de "bater" no Gentoo, deixo aqui um link para um catoon que também está dentro do espirito.

    Cartoon em espanhol

    Cartoon em inglês

    P.S: Já tentei entrar no espirito do Gentoo mas não consegui, nãaa tenho paciência para esperar por uma compilação, eu bem sei porque é que os users de Gentoo não desistem do Gentoo, é que depois de passar horas a compilar tudo(eu sei que existem packages) para ter um sistema funcional só um louco é que iria instalar outra distro por cima do Gentoo e dar cabo de horas de compilação.

    ------------------------------------------------------------
    Todas as coisas mudam, e nós mudamos com elas.

    Re:Cartoon (Pontos:1)
    por Noviço em 07-06-04 16:39 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    (...) é que depois de passar horas a compilar tudo (...)

    Ora aí é que bate o ponto: é que não precisas de estar a olhar para o computador enquanto ele trata da compilação, como não há botões para clicar é só lançar o emerge e deixá-lo sozinho enquanto se faz outras coisas mais interessantes:)

    All the best, Noviço

    Re:Cartoon (Pontos:2)
    por Tuaregue em 07-06-04 16:57 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Eu sei, isso. Porque da ultima vez que dei mais uma chance ao Gentoo pus o emerge a compilar e deixei o pc sozinho a compilar, e fui á minha vida. E tirar frases do contexto também não está com nada.
    Para não haver mais dúvidas quem quiser instalar o Gentoo vai levar com horas de compilação(stage 1 e 2) estando ou não presentes, mesmo pondo o computador á noite a compilar enqanto descansamos ou fazemos algum exercicio fisico :), mesmo assim seram sempre horas de compilação até se ter um sistema funcional. Para uma empresa é interessante uma vez que podem pôr os pc's a compilar e a actualizar o sistema á noite, ou nas horas em que não existe expediente.

    ------------------------------------------------------------
    Todas as coisas mudam, e nós mudamos com elas.

    Re:Cartoon (Pontos:2)
    por MacLeod em 09-06-04 16:12 GMT (#56)
    (Utilizador Info)
    Não preciso de estar a olhar para o computador enquanto ele compila... Realmente isto do gentoo é só inovação.

    Por acaso neste momento até estou a usar gentoo. Há uns 20 minutos atrás quis instalar o bittorrent para sacar o iso do DVD do Fedora 2. Neste momento ele ainda está a compilar o 3º de 5 pacotes necessários para instalar o bittorrent. Mais um bocado e perco a vontade de fazer qualquer download, e mais estou a usar um PC relativamente aceitável (1 GHz, 512 Mb de RAM). Esqueci-me de dizer que todo o sistema está lento e que, aparte do mozilla (que já estava aberto) e de uns terminais, qualquer programa demora imenso tempo a correr.

    É por isso que acho que o gentoo para desktop é perfeitamente insustentável. Porquê esperar horas para usar um programa quando se pode, numa distribuição de jeito, instalar um RPM em segundos? Se vier algum esperto dizer que também há pacotes binários para o gentoo, então que me compile o bittorrent mais as dependências, pois não existem binários nenhuns.

    Re:Cartoon (Pontos:1)
    por Noviço em 09-06-04 18:24 GMT (#62)
    (Utilizador Info)
    Num post anterior exprimi a minha opinião de que o Gentoo não é necessário em ambientes normais com máquinas normais. No teu caso, uma qualquer distribuição perfeitamente mainstream serve, como a Fedora. Como disseste, estás a usar um PC normalíssimo. Eu enveredei pelo Gentoo por causa das arquitecturas exóticas com que tenho que trabalhar. Não nadamos em dinheiro, e temos máquinas velhas que podemos e devemos aproveitar, e que no seu tempo foram bem caras (uma das Alphas custou em 1996 mais de 5 mil contos), não me agradando muito a ideia de pura e simplesmente a deitar pró lixo. Estava esquecida dentro de um armário, e agora é o nosso servidor de http, mail, etc..

    All the best, Noviço

    Re:Cartoon (Pontos:2)
    por MacLeod em 10-06-04 16:08 GMT (#64)
    (Utilizador Info)
    Concordo perfeitamente, e a minha resposta ia mais para os incondicionais gentoo em qualquer circunstância. Note-se, eu acho uma óptima ideia Gentoo em servidores (aqueles para os quais não é preciso Oracles ou coisas suportadas).
    a vida como ela é (Pontos:1)
    por Manuel em 07-06-04 17:08 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://sindominio.net/~manuel/
    infelizmente o sítio do artigo está em baixo, mas já sabem que o google é nosso amigo, embora um pouco mais feio.

    não sei se o gajo mentiu ou fez muito mal os testes, mas no caso contrário parece que com o Gentoo não é só a compilar que se perde tempo ;)

    já agora, não me parece mal que a gente utilize Gentoo ou seja lá qual for, ora o caso é que sim acho que há muita redundância com os projectos de software livre (sejam editores de texto, navegadores ou distribuições). já tenho dito mais vezes no gildot que acho que seria mais produtivo utilizarem pex. Debian com apt-build ou ferramentas similares. nem sei se há ferramentas do estilo em outras distros, mas em qualquer caso acho que seria muito mais fácil fazer possível a compilação automágica (ou melhorar os aspectos necessários, porque me parece que naquela altura o apt-build não funcionava lá muito vem) que criar uma distro inteira "from scratch" ;)

    mas claro, isso da redundância tb tem a sua utilidade e o software livre é que possibilita isso, e melhor é sempre que sobre do que que falte.

    --
    Tanta gente sem casa, tanta casa sem gente..

    Re:a vida como ela é (Pontos:1)
    por RJLouro em 09-06-04 3:27 GMT (#45)
    (Utilizador Info)
    Benchmarks.. Há mentiras, há grandes mentiras e depois há as Benchmarks. Já não sei quem disse isto mas tem toda a razão. Só para veres porque eu digo isto em relação a qualquer benchmark, segue o link [gentoo.org].

    Quando se analisam distribuições tendo em conta a sua performance há tanta coisa a ter em conta.. Por exemplo, Mandrake usa prelink, Gentoo só se quiseres. Mas a velocidade é o que menos me interessa em Gentoo. A flexibilidade de ter um sistema como eu quero, com o que eu quero e nada mais é algo que me satisfaz, e não os "neons", as "bufadeiras" e as "Jantes de 23 polegadas" como a analogia de Gentoo ao Tunning sugere.
    Re:a vida como ela é (Pontos:2)
    por mlopes em 09-06-04 11:27 GMT (#52)
    (Utilizador Info) http://cosmos.oninetspeed.pt/mlopes/
    Exactamente, o que eu gosto mais do gentoo é:
    • saber que quando faço uma alteração a qualquer configuração, não vai aparecer um script qualquer idiota do sistema que me vai dar cabo de tudo (como por exemplo o Mandrake insistia em fazer com o script startwindowmaker e mais alguns outros)
    • saber exactamente o que está instalado e a correr no sistema
    • portage

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Humz... Gentoo (Pontos:2)
    por PRE em 07-06-04 17:26 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://psantos.net
    Eu ultimamente tenho pensado muito em experimentar o Gentoo. O problema é que não posso estar a perder uns dias para por tudo a funcionar, tenho de ter o PC activo. Sempre me disseram que uma pessoa começa a usar Mandrake, SuSE, Fedora, etc, e chega a uma fase em que sente necessidade de mais... e tenta algo mais baixo nível.

    Pois eu já tou super saturado do Mandrake, com o SuSE tive uma muito má experiência, e não tenho paciência para estar a experimentar outras distribuições. Contudo, mesmo que queira mudar, não quero perder as horas que demorei a configurar o Linux. Sim, porque distro nova, problemas novos, cabeçadas novas, etc.

    Por isso lá vou eu continuando com o Mandrake... É que para ver mails e navegar na net, qualquer Mandrake/SuSE dá. O problema é para quem desenvolve/programa que às vezes se passa com algumas coisas.
    _____________________
    Pedro Santos :: psantos.net :: blog

    Re:Humz... Gentoo (Pontos:2)
    por 4Gr em 07-06-04 17:30 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    É que para ver mails e navegar na net, qualquer Mandrake/SuSE dá

    Por favor não juntes SuSE com Mandrake que é pecado. É água do vinho...

    Aconselho-te a experimentares uma vez mais SuSE, principalmente a última versão, 9.1, que está fantástica. Estou para encontrar melhor...

    Dominus vobiscum
    Re:Humz... Gentoo (Pontos:2)
    por PRE em 07-06-04 21:59 GMT (#19)
    (Utilizador Info) http://psantos.net
    Foi a que eu experimentei. Não durou uma semana cá em casa. E demorou muitooo mais tempo a instalar que o Mandrake... irra, aquilo nunca mais acabava.

    O que me chateia mais no SuSE é eles não terem as coisas nos dirs standard (já sei que tu achas isso uma mais valia). Eu não tenho pachorra para estar a advinhar onde estão as coisas.

    Mesmo assim depois até fiquei um pouco arrependido de não ter insistido mais com o SuSE. Mas agora ter de instalar uma distro nova... não vai ser tão cedo.
    _____________________
    Pedro Santos :: psantos.net :: blog

    Re:Humz... Gentoo (Pontos:1)
    por MeeTra em 07-06-04 18:07 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    a instalação é um bocado "feia" mas para não perderes mto tempo a compilar podes sempre optar por usar o stage3 e as packages (Xfree, KDE, GNOME... etcs) que vêm no cd "packages".

    obviamente que se sincronizares o portage vais ter de compilar maior parte das coisas porque esses cds já são "antigos". (29-04-04)
    Re:Humz... Gentoo (Pontos:2)
    por biduxe em 08-06-04 10:30 GMT (#31)
    (Utilizador Info)
    podes instalar o gentoo num sistema funcional e a funcinar. basta pó-lo num chroot
    ------ EOFim.
    Re:Humz... Gentoo (Pontos:2)
    por gass em 09-06-04 11:17 GMT (#50)
    (Utilizador Info) http://otiliamatos.ath.cx
    vindo do demo ... e Debian... já experimentaste?
    Cumps-
    Gass
    top 10 (Pontos:2)
    por nbk em 07-06-04 21:42 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://www.mrnbk.com/
    Boas.

    Eu confesso. Já tentei instalar gentoo no meu:

    $cat /proc/cpuinfo
    processor : 0
    vendor_id : CyrixInstead
    cpu family : 6
    model : 2
    model name : M II 3.5x Core/Bus Clock
    stepping : 8
    cpu MHz : 233.869
    fdiv_bug : no
    hlt_bug : no
    f00f_bug : no
    coma_bug : no
    fpu : yes
    fpu_exception : yes
    cpuid level : 1
    wp : yes
    flags : fpu de tsc msr cx8 pge cmov mmx cyrix_arr
    bogomips : 466.94

    ... mas desisti ao segundo dia. A ideia era demorar um dia a instalar, e não gastar uma semana a compilar *coisas*.

    O emerge é muito bonito, mas prefiro a táctica dos BSD's ou dos redhat like: já vem tudo compilado, é só untar ou rpm'zar e pouco mais.

    Mas nada está perdido. O Gentoo ainda é novito. É deixá-lo amadurecer...

    @947, Nbk

    Re:top 10 (Pontos:2, Interessante)
    por Nunones em 08-06-04 1:10 GMT (#23)
    (Utilizador Info) http://nunonunes.com
    Numa máquina parecida com essa optei por instalar o distcc (configura-se rapidinho) e utilizar as outras máquinas para fazerem a compilação do pouco que precisava.

    http://www.gentoo.org/doc/en/distcc.xml

    What is distcc?

    Distcc is a program designed to distribute compiling tasks across a network to participating hosts.


    "Unix IS user-friendly. It's just picky about who its friends are."
    Re:top 10 (Pontos:2)
    por mlopes em 09-06-04 11:37 GMT (#54)
    (Utilizador Info) http://cosmos.oninetspeed.pt/mlopes/
    Numa máquina dessas aconselho-te a fazer um stage 3 install e instalar o máximo de binários possível, assim, de certeza que consegues ter um gentoo aí em algumas horas :D

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    As coisas que eles dizem (Pontos:2, Informativo)
    por humpback em 07-06-04 22:04 GMT (#20)
    (Utilizador Info) http://www.felisberto.net
    Eu sou extremamente suspeito nesta thread por ser developer de Gentoo. Mas vou tentar falar de outras coisas que normalmente não são faladas deixando as questões técnicas para outra altura.
    1-http://forums.gentoo.org - Os forums de gentoo são extremamente concorridos e regra geral as pessoas conseguem receber ajuda E num intervalo de tempo decente. É um phpBB simples sem grandes confusões de registos estranhos e super esquemas de suporte por parte da comunidade.
    2-http://bugs.gentoo.org - Qualquer médio/grande projecto hoje em dia tem de ter o seu bugzilla, aqui facilmente se podem colocar bugs e melhoramentos (ebuilds), apesar de dequando em vez ser demorado eu prometo que se me colocarem na CC list eu dou uma olhadela 3-http://www.gentoo.org/doc/en/handbook/index.xml - O handbook the instalação/manutenção, bem como toda a outra documentação: http://www.gentoo.org/doc/en/index.xml De novo aqui a abertura em relação ao mundo é completa, uma das minhas primeiras contribuições (ainda como não developer foi aqui).

    Gustavo Felisberto
    (HumpBack)
    Web: http://dev.gentoo.org/~humpback

    Re:As coisas que eles dizem (Pontos:3, Esclarecedor)
    por Noviço em 08-06-04 8:49 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    3-http://www.gentoo.org/doc/en/handbook/index.xml - O handbook the instalação/manutenção, bem como toda a outra documentação: http://www.gentoo.org/doc/en/index.xml De novo aqui a abertura em relação ao mundo é completa, uma das minhas primeiras contribuições (ainda como não developer foi aqui).

    Este é um ponto muito forte a favor do Gentoo. O handbook de instalação é simplesmente soberbo. Aconselho uma leitura, mesmo a quem não tencione instalar Gentoo, e sobretudo a quem quiser saber o que realmente se passa por baixo dos instaladores gráficos:)

    All the best, Noviço

    Fixe! (Pontos:3, Esclarecedor)
    por André Simões em 08-06-04 0:18 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://andre.catus.net
    Eu adoro estas discussões, em que todos dizem que "o meu é melhor do que o teu", e nunca ninguém sai (nem podia) convencido :)

    ---
    Omnia aliena sunt: tempus tantum nostrum est. (Séneca)
    "Tudo nos é alheio: apenas o Tempo é nosso."

    Re:Fixe! (Pontos:2, Engraçado)
    por RJLouro em 09-06-04 3:29 GMT (#46)
    (Utilizador Info)
    Então se gostas podias bem ir para a assembleia da republica. Sempre tinhas um microfone =)
    Sempre a compilar? (Pontos:3, Informativo)
    por The CodeMaker em 08-06-04 0:24 GMT (#22)
    (Utilizador Info)
    Eu não entendo esta malta que tem medo de Gentoo porque se tem que estar sempre a compilar...

    Eu escolhi Gentoo porque queria aprender Linux e porque achei interessante a forma de instalar ou actualizar partes do sistema através do emerge. Não teve nada a ver com "tuning". Aliás, soube que existem cada vez mais pacotes binários disponíveis e que a Gentoo está empenhada em aumentar o número de binários disponíveis.

    Gentoo foi a primeira distribuição que experimentei instalar com vontade de largar o windows de vez.
    Na verdade tinha pensado instalar Gentoo só na minha gateway e Debian no meu desktop. A minha gateway é um Cyrix 199 MHz que me foi dado (restos de um LTI que recebeu máquinas novas). Instalei num instante (começando do stage3) seguindo as instruções do Gentoo Handbook para instalação através da rede. Foi mesmo num instante!! Nada de horas e horas de compilação. O que demorou mais foi mesmo o download pela Internet. Mas se tivesse escolhido uma instalação offline não tinha gasto este tempo.

    Depois passei ao desktop. Tentei o Debian e detestei a instalação. Resolvi então aplicar a mesma receita que apliquei na gateway. Aproveitei alguns downloads que tinha feito para a gateway e portanto não gastei tanto tempo em downloads. No entanto, o desktop demorou um pouco mais. O X e o KDE demoraram várias horas a compilar mas, se não me engano, ao fim do dia tinha um desktop usável. Depois foram as configurações de placas de som, gráficas, serviços, etc. que demoraram um pouco mais. Demoraram mais porque fui fazendo um pouco por dia e porque foi a minha primeira instalação completa de um desktop.

    No fim disto tudo, tenha um gateway de fácil actualização (crucial quando a gateway é a firewall para toda a rede interna) e um desktop que não me dá vontade nenhuma de bootar o windows.

    Sempre a compilar??? Os programas que demoraram mais tempo a compilar foram o X, o KDE, o Wine e o OO. Mas compilei uma vez e pronto. Quando sair actualização, vou ter que compilar outra vez, talvez só algumas partes... Mas com que frequência há actualizações destes programas? E se houver, já tenho o desktop operacional para estar a compilar e a usar ao mesmo tempo para outra coisa qualquer .

    Para além disto tudo, agora sei muito mais sobre Linux e sobre computadores.

    --
    CodeMaker
    Re:Sempre a compilar? (Pontos:1)
    por humpback em 08-06-04 11:04 GMT (#32)
    (Utilizador Info) http://www.felisberto.net
    E se houver, já tenho o desktop operacional para estar a compilar e a usar ao mesmo tempo para outra coisa qualquer .

    Aqui está outra coisa, nas maquinas que temos hoje em dia (eu tenho um celeron 1ghz) eu nem noto que estou a compilar coisas excepto se quiser jogar ou ver um divx (dvd dá para ver na boa).

    Quando pela primeira vez instalei Linux em 95 a slackware não era muito mais facil de instalar (até era mais complicado pois a documentação era bem mais fraca) do que é hoje instalar Gentoo, e talvez por isso eu hoje eu saiba configurar aos meus amigos dns/sendmail/apache/X quando os wizards de mandrake e suse e debian não o fazem.


    Gustavo Felisberto
    (HumpBack)
    Web: http://dev.gentoo.org/~humpback

    Gentoo + Sparc (Pontos:2)
    por deathontwolegs em 08-06-04 9:43 GMT (#28)
    (Utilizador Info) http://www.ilumination.web.pt/
    Tenho Gentoo a correr numa SparcStation 10, tem X a correr com OpenBox, e excepto quando faço algo emerge, a maquina respondo bastante bem..

    Para os incredulos:
    mndo@spark mndo $ cat /proc/cpuinfo
    cpu : Texas Instruments, Inc. - MicroSparc
    fpu : SuperSparc on-chip FPU
    promlib : Version 3 Revision 2
    prom : 2.9
    type : sun4m
    ncpus probed : 1
    ncpus active : 1
    BogoMips : 35.94
    MMU type : TI Viking
    contexts : 65536
    nocache total : 1048576
    nocache used : 394496

    "The only way of discovering the limits of the possible is to venture a little way past them into the impossible."
    Sir Arthur C. Clarke

    Re:Gentoo + Sparc (Pontos:1)
    por deathontwolegs em 08-06-04 9:45 GMT (#29)
    (Utilizador Info) http://www.ilumination.web.pt/
    onde se lê respondo era suposto ler-se responde..

    "The only way of discovering the limits of the possible is to venture a little way past them into the impossible."
    Sir Arthur C. Clarke

    Re:Gentoo + Sparc (Pontos:1)
    por Noviço em 08-06-04 11:38 GMT (#33)
    (Utilizador Info)
    Tenho Gentoo a correr numa SparcStation 10 (...)

    Vocês só me provocam... é que além de ter HPs 7200 a apanhar pó também tenho duas Sparc 10 no mesmo estado... pronto, mais duas prá lista:)

    All the best, Noviço

    Re:Gentoo + Sparc (Pontos:2)
    por fjca em 08-06-04 18:42 GMT (#36)
    (Utilizador Info)
    Ha' uns anos atras, eu tinha olhado para isso e pensado "cool".
    Hoje, mais velho ( mas nao mais sabio :) ), nao percebo muito bem essa ideia de correr linux em maquinas tao lentas como essas. Se fosse para correr o SO original, ainda dava um desconto, mas Linux ?
    Estamos a falar de maquinas com performances semelhantes a Pentium 66 ... com SCSI, e' verdade, mas com discos na casa das centenas de megas, com pouca memoria, etc... arranjam-se PC's baratos ( dados? ) bem mais rapidos do que isso...

    Se e' para aproveitar o monitor, existem mais solucoes por ai. Se e' para aproveitar algum periferico, tb se arranja qq coisa. Resta o "geek factor", que sim, tem o seu peso, mas enfim...

    Ah, e se tu nao ligas essas Sparc 10 ha' algum tempo, prepara-te para teres chatices com a NVRAM... esses chips tinham um tempo util de 10 anos, que ja' passou...

    Re:Gentoo + Sparc (Pontos:2)
    por deathontwolegs em 08-06-04 21:26 GMT (#38)
    (Utilizador Info) http://www.ilumination.web.pt/
    Resta o "geek factor", que sim, tem o seu peso, mas enfim...

    Sim o geek factor teve um certo peso quando se decidiu instalar linux, no entanto a Sparc surpreendeu quando após o emerge ao XFree (com PKGs, foi o tempo de bzip2 -d do X e das dependencias e depois o merge na /), ele corria de um modo suave (com varios xterms, ainda não tem browser, o pkg do firefox tem um bug que está a ser resolvido)..

    "The only way of discovering the limits of the possible is to venture a little way past them into the impossible."
    Sir Arthur C. Clarke

    Re:Gentoo + Sparc (Pontos:2)
    por fjca em 08-06-04 23:48 GMT (#41)
    (Utilizador Info)
    X local ? Se sim, entao parece que o factor "aproveitar o monitor" tb ajudou... ja' vi que tem apenas um CPU, que memoria tem ?
    Re:Gentoo + Sparc (Pontos:2)
    por deathontwolegs em 09-06-04 21:20 GMT (#63)
    (Utilizador Info) http://www.ilumination.web.pt/
    Aqui estamos um bocadinho mal:

    mndo@spark mndo $ free
                              total used free shared buffers cached
    Mem: 25468 19940 5528 0 1336 12156
    -/+ buffers/cache: 6448 19020
    Swap: 65872 1592 64280

    "The only way of discovering the limits of the possible is to venture a little way past them into the impossible."
    Sir Arthur C. Clarke

    Re:Gentoo + Sparc (Pontos:2)
    por Tuaregue em 08-06-04 20:57 GMT (#37)
    (Utilizador Info)
    Não arranjas uns links que falem sobre essas máquinas, já procurei no Google mas não consigo encontrar.

    ------------------------------------------------------------
    Todas as coisas mudam, e nós mudamos com elas.

    Re:Gentoo + Sparc (Pontos:2)
    por deathontwolegs em 08-06-04 21:38 GMT (#39)
    (Utilizador Info) http://www.ilumination.web.pt/
    Não sei se te referias às Sparc 10 ou às HP, no entanto ficam aqui dois sobre as Sparc:
    Sparc Station10
    Sun Stuff

    e 3 sobre as HP 7200:
    HP 7200 processor
    PA CPUs
    PA Risc Linux

    "The only way of discovering the limits of the possible is to venture a little way past them into the impossible."
    Sir Arthur C. Clarke

    Re:Gentoo + Sparc (Pontos:2)
    por Tuaregue em 08-06-04 21:52 GMT (#40)
    (Utilizador Info)
    Estava-me a referir às HP's, porque para as Spart já tinha encontrado. Obrigado

    ------------------------------------------------------------
    Todas as coisas mudam, e nós mudamos com elas.

    oh oh... vou fazer birra (Pontos:2, Interessante)
    por HiTek DeVil em 09-06-04 1:05 GMT (#43)
    (Utilizador Info)
    O site salta-me aos olhos como uma imagem mental de criança a fazer birra, genero: "a bola é minha, e vocês jogam como eu quero, ou não jogam"... depois aparece alguma outra criança com outra bola, e o primeiro "ahhh... não brinquem com ele, ele é feio, cheira mal, e a bola dele tem cores foleiras"... e se isso não servir, manda-se as bocas mais foleiras e pronto.... Birrinhas de putos mimados... Não conseguem o que querem, então toca a difamar...

    Pelo que vi, algumas das quotes são mesmo do forum do gentoo.org... Mas como podem ver, as quotes que eles escolheram não foram as mais felizes... e algumas até fariam algum sentido se o autor da página se tivesse dignado de incluir as restantes mensagens da thread para dar algum contexto a essas quotes... mas pronto... seguindo em frente.

    Vou falar da minha experiencia com gentoo: instalei no portátil... a primeira vez instalei atraves da stage3 com GRP's (pacotes já precompilados... o "fast food" do gentoo), para quem está com pressa de instalar as coisas... perde-se parte em termos de optimização, e em termos de suporte a muitas outras coisas... Correu tudo bem... Decidi instalar tudo de novo, já com alguma experiencia com o gentoo, e adicionar suporte logo de raiz a algumas features: ipv6, threading, and so on (a lista é extensa), e inves de recompilar tudo já com essas flags (USE flags, mas também em termos de optimização do sistema, já que estamos a falar de um celeron, e querer tirar partido ao max de um sistema já de si lento, mas sem perder estabilidade), decidi reinstalar o gentoo, a partir da stage1... tudo compilado de raiz... deve ter demorado uns 4 dias até ter tido o sistema compilado por completo, com tudo o que queria (não andei em cima daquilo o tempo todo.... simplesmente pus uma catrafada de emerges a correr (não em simultaneo... simplesmente pus aquilo em batch e siga para bingo até chegar ao fim), uns a seguir aos outros, com algumas interrupções pelo meio (giro quando os emerges acabam 10 minutos depois de eu me ter ido deitar, e depois só voltar a pegar naquilo na noite seguinte e pensar que podia ter deixado a compilar o resto e teria perdido aquele tempo em que ele não esteve a fazer mais nada do que gastar electricidade).... no 4o dia, demorei 30 minutos a configurar confs, e pronto... sempre que quero instalar algo, ou actualizar algo, faço o emerge necessario, e lá fica ele a moer num terminal qualquer, sem eu dar por ele.... sem dificuldade e sem suar as estoupinhas...

    No meu AMD64, bem... super rapido a compilar tudo e mais alguma coisa.... demorei duas horas a compilar x.org e kde (ok... com alguns pacotes GRP's pelo meio, mas em termos de optimizações, não há muita volta por onde dar num AMD64, por enquanto, e fiquei-me pelas cflags que veem por defeito)... e descobri as maravilhas do ccache, em que se alguma vez tiver de recompilar algo (por exemplo, para dar suporte a alguma feature que entretanto inseri na USE flag), tenho um cache de 2gb de codigo compilado, que escuso de compilar de novo, ele usa partes do que já havia compilado, e pronto.... mas a experiencia é a mesma, dá (um pouco de) trabalho a instalar, mas depois nem se nota quando se instala ou se actualiza alguma coisa.

    Eu não instalei Gentoo pelas optimizações, embora agradeça a possibilidade de as implementar.... instalei sim porque sei o que está para ali instalado, não ando feito doido com rpm's que dizem necessitar de o rpm xpto, e que por sua vez necessita da dependencia xpto2.... e no final fico a ver o meu SO todo bloated e eu sem saber por onde começar a procurar pelo que está a causar isso... Depois também temos o debian, mesma filosofia, apt-*, mas que nunca me fascinou...
    E depois claro, temos a facilidade de manutenção e configuração... ao contrário do que possa parecer, é muito simples manter um sistema Gentoo, e a comunidade ajuda imenso, tanto os forums, como o bugzilla, as diversas ml's e claro, os magnificos manuais, que servem de apoio ao Gentoo (mas não só). Só quem nunca experimentou Gentoo, ou está demasiado biased a favor de alguma outra distro, pode afirmar tais coisas como aparecem nessa página... Só pegou algumas quotes fora de contexto, ou menos felizes, e tentou ridicularizar uma distro como outra qualquer... Isso é doença... E o nome da doença é dor de coto... Defendo que cada qual está no direito de usar o que bem pretender... posso não gostar das escolhas que essas pessoas fazem, mas respeito... Aparentemente dentro da comunidade de utilizadores de Linux, não só já é habito dizer mal da Microsoft, como se anda a tornar hábito dizer mal das distros que não a que utilizamos.... Dá que pensar... É eu ouvir de colegas meus algo como ouvi há uns tempos "eu uso slackware... slackware é que é bom.... o resto são distros para putos... autenticas anedotas" (P.S.- dei este exemplo, mas não é para atacar o slacware... é mesmo para demonstrar as mentes tacanhas das pessoas, e não esteriotipar os utilizadores desta distro, que por acaso já usei há uns anos atrás, mas acabei por largar), e depois queixam-se quando apoiantes da MS dizem que a comunidade de utilizadores de Linux é um jardim infantil... que é um bando de miudos mimados que aderiram à hype do Linux... ok, eu sei que não é mas os maus exemplos de algo sobressaem sempre frente aos bons exemplos, e são esses que saltam sempre para a ribalta... Dando um exemplo, nunca ouvi/li um fanatico do open source dar os parabens por alguma atitude acertada da MS (e se esse parabens alguma vez foram dados, devem-se contar pelos dedos das enguias as vezes que isso aconteceu), mas são sempre os primeiros a espalhar as noticias más, tal comadres rancorosas (também não sei se há assim tantos exemplos de atitudes acertadas segundo os parametros morais dos fanaticos do open source... geralmente a dualidade de critérios a que um fanatico em geral está imposto tolda um pouco o seu raciocinio, e esse comportamento tem um nome: tendencioso.... MS-lovers, não se fiquem a rir, o mesmo se aplica a vocês).


    HiTek DeVil
    Re:oh oh... vou fazer birra (Pontos:3, Esclarecedor)
    por raxx7 em 09-06-04 2:56 GMT (#44)
    (Utilizador Info)

    Eu ia ficar calado mas...

    Primeiro, obviamente que o site não pretende dar uma imagem imparcial do Gentoo. É má e é para o pessoal se rir. Acho que até algum dos utilizadores de gentoo se devem rir com as palermices que ali reuniram.

    Segundo, optimizações. Acho que as pessoas sobrevalorizam o beneficio das optimizações. E subestimam os potenciais problemas.
    Compilar software com optimização não é algo para fazer cegamente. Muitas aplicações são tão pouco CPU bound que não se nota.
    E as optimizações são para fazer com conta, peso e medida. Não é apenas atirar -O3 na linha de comandos e esperar que o código fique mais rápido. Os compiladores enganam-se a fazer optimizações. A expansão de código do gcc -O3 pode facilmente trazer mais estragos que benificios.
    Além disso, a optimização leva o comportamento do software aos limites do comportamento. Coisas que não deviam ter sido escritas mas funcionam em código não optimizado deixam de funcionar quando o código é optimizado. E como os programadores são apenas humanos, essas coisas acontecem.

    Terceiro, bloat da distribuição. As dependências existem porque são precisas. Há pacotes mais bem feitos que outros, mas isso depende das práticas da distribuição. E claro, o portage do gentoo também tem dependências. Só que enquanto num sistema baseado em binários as dependências são tudo o necessário para utilizar o pacote, num sistema baseado em source são tudo o necessário para compilar e utilizar o pacote. Em vez de uma série de bibliotecas, tens essa série de bibliotecas, os header files e as versões estáticas delas. Para não falar nos recursos que se gastam com as builds: CPU, RAM, disco.
    Gentoo menos bloated que uma distro baseada em binários? Allright...


    Remember to be the Killer, not the Victim! (Nuklear Girl)
    Re:oh oh... vou fazer birra (Pontos:2)
    por HiTek DeVil em 09-06-04 9:50 GMT (#49)
    (Utilizador Info)
    Raxx7, tirando-te algumas duvidas que parece que deixei no meu post:

    O site pode ser para o gozo, mas não deixa de ter um cariz difamatório... É uma atitude muito gira vinda de outro utilizador de Linux...

    Em relação às optimizações, eu também disse que o motivo que instalei Gentoo não foram as optimizações (mas agradeço que lá estejam)... Mas tendo essa oportunidade, posso optimizar um pouco mais sem perder estabilidade (tambem disse isso).

    Em relação ao SO bloated, falo pela experiencia que tive com RedHat e Mandrake: Não havendo alguns programas em RPM, muitas das vezes tinha de sacar os tarball e compilar tudo... muitas das vezes tinha de instalar algumas bibliotecas para esses programas também compilando-as.... e algumas vezes (aconteceu umas três ou quatro vezes), quando ia instalar algo por RPM), subrepunha-me libs de programas que eu tinha compilado antes, e eu ficava de novo a arder com o programa que tinha compilado, porque alguem tinha feito um RPM lindo como o Sol... Como dizes, há pacotes mais bem feitos que outros.... Eu se tivesse tido o azar de já ter instalado o programa há muito tempo, e só desse pelo erro algum tempo depois de instalar esse RPM, bem que iria andar às aranhas a tentar descobrir RPM a RPM qual é que teria feito aquilo, para nao me acontecer de novo.

    Em relação a ficar com uma série de bilbiotecas, header files e afins, não há grande prob, teria-as na mesma por necessidade.... Em termos de gastar CPU e RAM, bem, not really... no meu caso deixo a compilar quando supostamente iria ficar algumas horas a idlar (no caso de algo grande), ou se for algo pequeno, compila na hora, maximo 5 minutos e pronto, e no caso do servidor, deixo a compilar os binarios noutro pc, e quando acabar, faço o emerge do binario no servidor (isto claro, se pensar que vai demorar muito tempo a compilar, ou necessitar de muitos recursos para o compilar, porque senão faço o mesmo que faço para o desktop e para o portatil: emerge directamente na maquina onde vai ser instalado).

    Eu não disse que Gentoo era menos bloated que uma distro baseada em binários.... Porque muito do que possibilita tornar uma distro bloated é tanto o que se pode instalar nela, como a capacidade e/ou necessdade imediata do utilizador... a verdade é que consigo ao fim de um ano de instalação de Gentoo no laptop, ter a distro menos bloated do que qualquer outra distro que alguma vez tenha instalado... das poucas vezes que tive problemas, foi devido a bugs nos ebuilds, a compilar alguma lib de python, que me lixava o portage... mas mesmo esses casos bastou pegar, criar um ambiente chrooted no desktop simulando a distro de Gentoo no portatil, fazer emerge da lib bloated, e passar para o portátil a lib... como tenho sempre esse pc pronto para compilar as coisas como se fosse para o portatil (para criar os binarios quando é necessario).. demorou-me 10 minutos.
    Como ves, eu não disse que Gentoo era menos bloated por si.... disse que para MIM é menos bloated... a experiencia de cada um falará por si... Principalmente porque ao contrário da maioria das distros, em que já vem tudo compilado, e (supostamente) testado e comprovado funcionar, no Gentoo, à semelhança com o LFS, és tu que instalas (no caso do gentoo é mais, configuras, e escolhes os pacotes dos quais vais fazer emerge), e podes instalar o Gentoo, tal como disseste, com optimizações desnecessárias, que podem ter efeitos contrários aos que estava-se à espera... pode-se também instalar logo programas marcados como unstable, e tornar o SO num saco de lixo... Logo, Gentoo nesse aspecto seria mais bloated...ou tendenciosamente mais bloated... como eu disse irá depender da pessoa para o tornar bloated ou não... no meu caso, tive azar com as outras distros de RPM's que usei... com Gentoo nem por isso... e quando os tenho, sei porque motivo o tive, quando antes ficava frustrado por não perceber porque raio estava o meu SO bloated... Resumindo e concluindo: Opções... se todos gostassemos do mesmo seria um mundo deveras aborrecido...

    P.S.- Para veres que nem tudo se resume a optimizações, eu andei às voltas do LFS, achei aquilo giro, e até cheguei a pensar instalar, para experimentar... Não instalei porque pensei para mim "vou perder muito tempo"... Acabei por encontrar o Gentoo... em ambos os SO's tinha de compilar tudo de raiz.... Mas a vantagem do Gentoo (no meu caso) não é, nem nunca foi compilar tudo... é a facilidade que se tem a instalar e a configurar o sistema, a mante-lo e a actualiza-lo, e o ter a noção de que sei o que tenho ali instalado caso alguma coisa corra mal. A possibilidade de moldar o SO, a qualquer altura, às necessidades que eu tenha, é claro, um factor proponderante (se calhar daí ter ficado com muitas instalações de outras distros bloated... enquando só necessitei do SO instalado para andar a navegar, ver mails, jogar um pouco, e compilar alguns projectos pequenos, não tive probs... a partir do momento que as necessidades diferiram das necessidades iniciais, foi um "deus te acuda").

    HiTek DeVil
    Re:oh oh... vou fazer birra (Pontos:2)
    por raxx7 em 09-06-04 15:48 GMT (#55)
    (Utilizador Info)
    Não deixaste dúvidas nenhumas. Eram apenas três assuntos que abordaste no teu post sobre os quais me apeteceu tecer alguns comentários.

    Remember to be the Killer, not the Victim! (Nuklear Girl)
    Re:oh oh... vou fazer birra (Pontos:2)
    por HiTek DeVil em 09-06-04 16:30 GMT (#57)
    (Utilizador Info)
    heheh... Minha culpa... Pareceu que estavas a comentar o que eu tinha escrito, mas um pouco desfasado entre o sentido com que eu tinha escrito a minha experiencia, e o que tinhas percebido :P

    HiTek DeVil
    Re:oh oh... vou fazer birra (Pontos:1)
    por The CodeMaker em 09-06-04 17:36 GMT (#58)
    (Utilizador Info)
    Dependências, rpms e gentoo portage... ninguém fala na grande vantagem do Gentoo portage (e outros sistemas similares com o da Debian) calcular as dependências e automaticamente fazer download e instalar tudo o que é necessário?

    É muito mais cómodo do que tentar instalar um rpm e o tipo dizer que falta o as_dj139s.lib que depois temos que procurar na net e encontramos coisas como as_dj139sredhat.rpm, as_dj139smadrake.rpm, as_dj139sv23839.rpm e não sabemos qual das versões havemos de utilizar principalmente porque não usamos nenhuma das distribuições listadas :P.

    --
    CodeMaker
    Re:oh oh... vou fazer birra (Pontos:2)
    por raxx7 em 09-06-04 17:45 GMT (#59)
    (Utilizador Info)
    Sim, mas existem sistemas semelhantes para RPM, incluindo o prórpio APT.
    Podemos é discutir a extensão e qualidade dos repositórios de RPMs existentes, para uma dada distribuição. Ou até se o formato RPM contém informação suficiente para sustentar tão bem um sistema destes como os .deb ou ebuilds.

    Remember to be the Killer, not the Victim! (Nuklear Girl)
    Re:oh oh... vou fazer birra (Pontos:2)
    por Castanheiro em 09-06-04 17:57 GMT (#61)
    (Utilizador Info) http://mozilla.shopizzy.com
    www.urpmi.org e www.urpmi.org/easyurpmi/index.php Porque nem tudo tem q ser complicado...
    Uso e concordo (Pontos:2)
    por sincronia em 14-06-04 9:42 GMT (#66)
    (Utilizador Info) http://www.cia.gov/
    Nada a acrescentar. Uso o Gentoo e acho que o artigo é pertinente.

    Não há distribuições perfeitas... se quiserem roll your own.

    Tenho dito.

    Been there, done that, didn't wake up with the t-shirt...

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]