gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Sem fios são ainda + rapidinhas...
Contribuído por scorpio em 05-06-04 8:53
do departamento na-atmosfera
Rapidinhas mvalente escreve "Esta semana, inspirado pelas aulas de M-Commerce com este meco, seguem algumas coisas da área do wireless que são interessantes:
  • UWB (Ultra Wide Band; WiFi killer; 480 Mbps wireless)
  • Equipamento MMDS/LMDS (5Gbps, 200Km de alcance)
  • RFID (Radio Frequency IDs; codigos de barras wireless)
  • Mesh networks (topologia de rede descentralizada; uma chatice para os operadores tradicionais)
  • Rede telemovel P2P (quando existir, devem as operadoras ficar preocupadas?)
  • Pocket Rendezvous (a potential Napster in every pocket)
  • BroadSat OpenSky (acesso Internet via satelite, 2Mbps a partir de 24 Euro/mês)
  • Software Defined Radio (In the future of SDR technology, a cognitive radio will be able to sense its surroundings and the presence of other signals. Essentially, cognitive radios will be able to create their own adaptable, on-the-fly wireless networks, based on the needs of the user at that moment)

Cumprimentos

Mario Valente "

DNS server survey | Leadtek lança X-eye  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • mvalente
  • este meco
  • UWB
  • Equipamento MMDS/LMDS
  • RFID
  • Mesh networks
  • Rede telemovel P2P
  • Pocket Rendezvous
  • BroadSat OpenSky
  • Software Defined Radio
  • Mais acerca Rapidinhas
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Internet por satélite. (Pontos:4, Informativo)
    por Tuaregue em 05-06-04 10:25 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Aproveitando a deixa do Mário Valente, gostaria de colocar aqui uma questão.

    É preciso alguma licença especial para se poder ter internet via satélite em Portugal??
    Eu pergunto porque já ouvi as duas versões uma a dizer que sim, e a outra a dizer não, o que deixou muito confuso, alguém sabe de alguma coisa sobre este assunto.

    E neste campo da Internet por satélite, deixo aqui mais um link, desta vez internet bidireccional por satélite.
    http://www.aramiska.net/

    ------------------------------------------------------------
    Todas as coisas mudam, e nós mudamos com elas.

    Re:Internet por satélite. (Pontos:2)
    por taf-7arte em 05-06-04 19:34 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://taf.net
    "É preciso alguma licença especial para se poder ter internet via satélite em Portugal??"

    As licenças só são precisas se tiveres "uplink" (seja para a internet ou para outra coisa qq. excepto telefone por satélite). Se só usares o "downlink" e o retorno for por uma via "convencional", não precisas de licença.

    Re:Internet por satélite. (Pontos:3, Informativo)
    por mvalente em 06-06-04 0:32 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    Ui! isso faz-me lembrar filmes de há 10 anos atrás...

    Anyway, curto e grosso: não é preciso licença para usar 99% dos sistemas Internet via satélita (normalmente VSAT), se fores um utilizador normal; é diferente para operadores (ie se quiseres vender acesso Internet).

    Cumprimentos

    Mario Valente

    E os custos por KB? (Pontos:1, Interessante)
    por soska em 05-06-04 11:12 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    Deve ser lindo ver a factura dos KB consumidos ao fim do mês (pessoal das assinaturas) ou sacar uma MP3 e ficar sem saldo.
    Acho que sem se saber o preço ao KB (ou outra unidade) é de por o pé atrás nestas ideias...

    Como alguem tem por aí, os meus 2 EUROS (inflação)


    "Everyone has the right to be stupid. Some just abuse the privilege"
    Pois (Pontos:3, Esclarecedor)
    por CrLf em 05-06-04 11:27 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Ter Internet por satélite a 2Mbps parece interessante de início, mas depois quando se vai a ver ou se tem um retorno ridículo por outro meio como ADSL, cabo ou dialup, ou então têm-se pings descomunais.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:Pois (Pontos:2)
    por CrLf em 05-06-04 11:29 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Hmmm, correcção, mesmo com retorno os pings são grandes, menores que por uma solução 100% satélite mas grandes.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:Pois (Pontos:1)
    por soska em 05-06-04 11:38 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    É verdade.
    Mas não te esqueças que a malta do satélite já arranjou esquemas porreiros de sacar tudo e mais alguma coisa a velocidades estonteantes.
    Conheço um tipo que de 3 em 3 dias tem k andar a mudar de HDD (vai revezando) tal é a quantidade de merda que saca(defeito: tens mesmo que sacar, é feito o push pro teu MAC)
    Por isso, compensa, a meu ver, se fores um über-leecher


    "Everyone has the right to be stupid. Some just abuse the privilege"
    Re:Pois (Pontos:3, Informativo)
    por mvalente em 06-06-04 0:37 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    Sim, se tiveres uma ligacao via satelite 2-way (upload e download) os tempos de ping rondam os 500ms na melhor das hipoteses. É uma merda para telnets e jogos; mas a banda para "sacar" é um regalo :-)

    De qq forma: se nao for 2-wat (retorno via ADSL/cabo) entao perfeito. Os requests sao todos via ADSL/netcabo e os gigabytes de gajas vêm via satelite e assim nao dá direito a consumo/pagamento de trafego internacional ao ISP.pt. Qto às latencias descomunais nada q um bom router ou um bom gateway linux nao resolva: roteias todo o trafego interactivo via ADSL/netcabo e o resto vem via satelite...

    Cumprimentos

    Mario Valente

    sem fios sao ainda + rapidinhas... (Pontos:0)
    por Thing em 05-06-04 22:22 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    http://www.ultrawidebandplanet.com/technology/article/0,,10850_3334191,00.html
      nunca gostei de artigos do dia um de abril...
    thing
    Re:sem fios sao ainda + rapidinhas... (Pontos:3, Esclarecedor)
    por mvalente em 06-06-04 1:02 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    Nao sei se o comentario é serio ou no gozo. Mas quem não gosta nao come; e pode sempre "provar" o contrario, basta dar-se ao trabalho.

    É q até já há produtos, empresas e tudo... Para te poupar o "googlanco" aqui tens um artigo semelhante de 11 de Junho com o bonus adicional de te apontar para uma coisa gira chamada "terahertz imaging" (e depois T-rays e depois Free Space Optics...). Estamos a falar de coisas na zona dos Gbps, mas desta vez faz tu o trabalhinho de casa :-)

    Cumprimentos

    Mario Valente

    wimax (Pontos:2)
    por nbk em 06-06-04 4:37 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://www.mrnbk.com/
    Boas.

    Não te esqueceste do WiMAX?

    @237, Nbk

    Re:wimax (Pontos:2)
    por mvalente em 06-06-04 13:31 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    Como sabes para mim as normas wifi já pertencem ao passado ;-). Já são tecnologia estabelecida e não emergente e portanto interessam-me pouco.

    Cumprimentos

    Mario Valente

    sem fios sao ainda + rapidinhas... (Pontos:0)
    por Thing em 06-06-04 14:12 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    entao so uma pergunta... para quem quer ter uma rede sem fios em casa, o que deve fazer? isso que voces comentaram aqui nao e tudo para o futuro e para pessoas com dinheiro ou empresas? devem as pessoas comprar para casa um destes normais 50mbs 100mbs (ou seja la qual for a quantidade bem dita) routers e depois ter adsl? ou deveremos estar atentos a algo que esta para vir ainda este este ano e que vale a pena?
    thing
    Re:sem fios sao ainda + rapidinhas... (Pontos:3, Informativo)
    por mvalente em 06-06-04 14:50 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://www.ruido-visual.pt/
    entao so uma pergunta... para quem quer ter uma rede sem fios em casa, o que deve fazer?

    Comprar WiFi.

    Cumprimentos

    Mario Valente

    Motorola GSM + Walkie Talkie (Pontos:2)
    por sincronia em 10-06-04 10:33 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://www.cia.gov/
    . Rede telemovel P2P (quando existir, devem as operadoras ficar preocupadas?)

    Ainda é um esboço, mas os motorola GSM + walkie talkie são um passo nessa direcção.

    Se bem que existe uma potencial canibalização de mercado: se os fabricantes, que não são estúpidos e já pensaram nisso certamente, oferecerem um aparelho que faça Point-to-Point as operadoras vão ter menos interesse em fomentar o comércio de equipamentes do dito fabricante, porque de outra forma iam reduzir os seus proveitos. Ora se os operadores não compram telefones, os fabricantes vendem menos, se é para vender menos não interessa desenvolver o produto.

    Pode-se argumentar que o pessoal tb compra telefones sem estarem "bloqueados" às operadoras. Pois, tb compra, e nesse mercado eu não estou a ver grandes problemas em avançar-se para telefones P2P, ceteris paribus. Mas que as operadoras iam abafar a venda para equipamentos com fidelização à rede iam, até porque por definição os equipamentos poderiam estar "fora da rede".

    Tenho dito.

    Been there, done that, didn't wake up with the t-shirt...
    Paranoia (Pontos:2)
    por sincronia em 10-06-04 10:55 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://www.cia.gov/
    . RFID (Radio Frequency IDs; codigos de barras wireless)

    O potencial é porreiro para armazenistas, operadores de logística ;) e toda a gente que faz passar pelas suas portas *grandes* volumes de mercadorias. Para a mãe de 2,5 filhos que vai ao supermercado, é giro, mas não mais que isso... talvez menos 5 minutos de fila. A menos que se RFID'em pessoas. Nesse caso o super-mercado pode estar "unattended" que o povo entra, agarra no que quer, sai, e o débito do que levou é automático. 1984 anyone? Já me bastam as notas com tracking (http://www.eetimes.com/story/OEG20011219S0016) gosto muito da evolução, não gosto é que andem a cuscar a côr dos meus boxers.

    Inventariação imediata, baixa taxa de erro, desemprego para o pessoal de armazem, desvalorização do conhecimento da força de trabalho (nem é preciso saber arrumar, pode ficar tudo ao molho que descobrir o pacote XPTO1234 é uma questão de seguir o scanner).

    Não é preocupação social, que se lixe essa coisa do politicamente correcto, a minha preocupação tem mais a ver com o crescimento *sustentado* da economia. Se não pagarem ao Zé do armazém, ele não dá o $$$ à esposa que não o gasta no amaciador para a roupa, que faz com que a Lever, a título de exemplo, faça um downsizing-restruturação-whatever, que faz com que não precisem dos 4 departamentos de IT que faz com que despeçam "people like us"! O que faz com que a amazon nao venda tanto... e pronto ciclo negativo. Sim, que isto de depressão não tem a ver com o dinheiro que temos (ou não) na carteira, tem a ver com a possibilidade de generalização de *falta de capital para reinvestimento* e sem reinvestimento, mesmo as nossas empresas (se não formos empregados, mas empresários) eventualmente fecham as portas.

    Get the picture? Connect the dots?

    Dúvidas? Sigam o link abaixo (proof-of-concept, anyone?)

    U.S. to implant homeless with RFID tags
    (http://thunderbay.indymedia.org/news/2004/04/13189.php)

    Nas palavras do Andrew Grove: "Only the paranoid survide".

    Ahhh, e se tentarem seguir a linha de raciocínio de: "alguma comissão de ética algures vai impedir" - Dou 2 exemplos: Clones, Patentes de Software.

    Tenho dito.

    Been there, done that, didn't wake up with the t-shirt...

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]