gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
É altura de perguntar aos políticos
Contribuído por AsHeS em 02-06-04 11:30
do departamento do artigo abaixo
Europa jneves escreve "Faltam menos de duas semanas para as eleições europeias, estamos em altura de campanha e, tendo como exemplo o debate de ontem, a sociedade de informação não é tida nem achada nestas eleições. A ANSOL, no âmbito da Aliança Eurolinux, está a lançar uma campanha de Pergunte ao seu candidato sobre patentes de software.
A ideia é simples: ir à lista de candidatos, encontrar os contactos de cada um dos candidatos e fazer-lhe algumas perguntas e pôr os resultados na página.
Informação recomendada sobre patentes: Se alguém souber finlandês, pode tentar traduzir o questionário mais completo da EFFI que inclui direito de autor, spam e outros. "

PCP apresenta projecto de Resolução sobre Software | Gestores, outsourcing TI prejudica o vosso emprego  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • jneves
  • ANSOL
  • Aliança Eurolinux
  • Pergunte ao seu candidato sobre patentes de software
  • lista de candidatos
  • perguntas
  • página
  • Introdução à situação actual (em inglês)
  • Página da ANSOL sobre patentes de software
  • Voto dos eurodeputados portugueses na votação de 24 de Setembro.
  • o questionário mais completo da EFFI
  • Mais acerca Europa
  • Também por AsHeS
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Já agora (Pontos:2)
    por jadrian em 02-06-04 11:54 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Acabei de fazer este post no tópico anterior e entretanto apareceu este que me parece mais adequado... aqui vai outra vez, mal não faz. A quem interessar: Votação dos deputados portugueses em matérias de patentes de software.
    Céptico (Pontos:2)
    por Gimp em 02-06-04 12:10 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    Longe de menosprezar todo o esforço, sou muito céptico sobre o que podem fazer os eurodeputados, quando temos uma comissão e o conselho de ministros(?) a cagar-se para o parlamento e a legislar por decreto. Digo isto depois dos últimos acontecimentos na legislação sobre patentes e o acordo entre a União Europeia e os USA sobre transferência de informação de cidadão da União em trânsito entre os dois continentes. Fazem tábua rasa da legislação actual e ficam descansados porque os USA juraram a pés juntos que não vão abusar da informação nem utilizá-la para discriminar ciadadãos da União...link

    Esta União não é democrática, os políticos não são aqueles em que eu votaria, aliás, votava em quem? (ao fim de 13 anos posso votar mas provávelmente não o farei), defendem tudo menos os interesses de quem vota neles, enfim, dá vontade de lhes dar um pontapé na cabeça...(a raiva é tanta que o mais pacífico dos indivíduos fica agressivo).


    "No comments"

    Re:Céptico (Pontos:2)
    por Gimp em 02-06-04 12:15 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Para rematar, basta uma presidência como a Irlandesa, para que todo um parlamento fique vazio de poder, e mais grave ainda, mistura interesses nacionais com os do resto da União, "a legislação até é boa para voçês...". Que legislem como quiserem na Irlanda, não venham é impingir tretas aos outros!


    "No comments"

    Re:Céptico (Pontos:2)
    por Cyclops em 02-06-04 12:18 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Não achas que trabalhar como nós temos trabalhado ajudaria a resolver esses problemas?

    Presumo que se não fizessemos nada já teríamos patentes de software por cá, e a resmungar contra a Europa. Imagina como será noutros temas?

    Os interessados que se mexam em vez de resmungarem.
    Quer gostem quer não, a Europa é um facto, e ou fazem algo para limitar os danos e ajudam a democracia a funcionar, ou nem vale a pena resmungar, pois só é inútil.

    Lembrem-se, democracia é o governo composto pelo povo, na realidade pelos representantes eleitos. Se não explicarem muito bem a estes o que querem, não admira que eles votem de acordo com o que outros lhes convencerem...
    Re:Céptico (Pontos:2)
    por Gimp em 02-06-04 12:21 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Leste o que escrevi? Relê por favor e entendes onde quero chegar.


    "No comments"

    Céptico sim, mas não derrotista (Pontos:3, Interessante)
    por jneves em 02-06-04 13:17 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://silvaneves.org/
    Políticos, em particular os que vão a eleições, não podem ignorar o que as pessoas pensam. O Parlamento Europeu tem o poder para travar a Comissão e o Conselho da União Europeia nas decisões mais importantes. Por isso é que muita gente na Comissão e no Conselho gosta de referir as altas taxas de abstenção nas eleições europeias.

    Sim, o Bolkenstein (porque é que é sempre o mesmo nome?) fez tábua rasa da legislação de privacidade europeia. Às custas disso levou um inquérito, uma humilhação pública (quando foi publicada documentação que mostrou que ele estava a fazer de agente duplo entre a União Europeia e o Department of Homeland Security) e existem, pelo menos, 8 processos em tribunal contra a KLM.

    Céptico sim, derrotista não. Estás a fazer o jogo de tipos como o Bolkenstein ao não fazeres nada. A minha recomendação é vai votar e reclama quando tiveres razões para isso. Se não, eles continuam a fazer o mesmo...

    Re:Céptico sim, mas não derrotista (Pontos:2)
    por Gimp em 02-06-04 13:44 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Não vou votar até porque não posso. A cidadania não saiu a tempo do recenseamento. Dizes que o parlamento tem o poder de travar a Comissão e o Conselho. Até agora não foi o caso, e como disse, basta uma presidência como a Irlandesa para estragar o trabalho feito. E estás enganado quanto ao Bolkenstein não fazer nada, ele anda a fazer e muito...E se leres o artigo, vês que apesar das humilhações, dos processos, etc,etc,etc, a coisa vai para a frente.


    "No comments"

    Re:Céptico sim, mas não derrotista (Pontos:2)
    por Cyclops em 02-06-04 13:55 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    Acho que tens de rever as lições de Português... não percebeste o que escreveste nem o que te respondi, e agora entendeste exactamente o contrário a respeito do Bolkestein... :)
    Re:Céptico sim, mas não derrotista (Pontos:2)
    por Gimp em 02-06-04 13:59 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Bem, se tenho que colocar o sinalzinho de IRONIA todas as vezes que colocar um comentário...Tenho é de rever se tenho paciência para este tipo de discussões...


    "No comments"

    Bolkenstein é temporário (Pontos:2)
    por jneves em 02-06-04 19:49 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://silvaneves.org/
    Já agora, o Bolkenstein desaparece do cenário dentro de alguns meses (se bem me lembro, Outubro).
    Re:Bolkenstein é temporário (Pontos:2)
    por Gimp em 03-06-04 9:08 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Com uma "retrait" dourada presumo...


    "No comments"

    Re:Bolkenstein é temporário (Pontos:2)
    por Cyclops em 03-06-04 12:10 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Se não for tentar contornar a lei através de novos acordos internacionais...
    Re:Céptico (Pontos:2)
    por Raman em 02-06-04 17:16 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://jpinto.homeip.net
    Só para acrescentar à discussão...

    Dois artigos recentemente escritos por mim, relativos à decisão da Comissão sobre as patentes de software e ao fornecimento de dados às entidades aduaneiras americanas:

    A Comissão Europeia assegurou na passada quarta-feira uma maioria qualificada que lhe permite afrontar uma decisão anterior do Parlamento Europeu, nomeadamente a directiva relativa às patentes de software. Somente a Alemanha, a Dinamarca, a Bélgica e a Eslováquia resistiram. E nós?

    Em mais uma decisão grave, repetindo a atitude demonstrada no processo das Patentes de Software, a Comissão veio novamente contrariar a decisão do Parlamento Europeu e autoridades nacionais. E para já ainda sem Constituição Europeia...

    O segundo também se encontra disponivel em língua inglesa aqui.
    e altura de perguntar aos políticos (Pontos:0)
    por Thing em 04-06-04 14:04 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    Vers la fin d'un discours extrêmement important le grand homme d'Etat trébuchant sur une belle phrase creuse tombe dedans et désemparé la bouche grande ouverte haletant montre les dents et la carie dentaire de ses pacifiques raisonnements met à vif le nerf de la guerre: la délicate question d'argent.
    thing

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]