gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Flash vs Html
Contribuído por AsHeS em 17-05-04 23:43
do departamento do artigo anterior
Web proibido escreve "Um assunto polémico entre os desenvolvedores e defensores web.
No momento actual os conteúdos de alto impacto e promocionais conseguem transmitir melhor a mensagem num site bem executado em flash, enquanto que sites com conteúdos extensos devem usar html, os restantes talvez uma mistura. Até que ponto podemos apontar o dedo e afirmar uma boa escolha pela tecnologia correcta?
Eu tenho uma pequena lista que em momentos de empate me ajuda na decisão:"


"
  1. No HTML não precisamos de nenhum software para o escrever, com um simples editor de texto poderemos fazer o nosso site, também é verdade que esta vantagem é automaticamente anulada quando usamos programas como o dreamweaver ou frontpage, programas que simplificam a tarefa de fazer um site.
  2. Se pretendemos efectuar uma actualização no flash precisamos do ficheiro fonte, enquanto no html o ficheiro fonte é o mesmo que o ficheiro final (se o cliente não tem o ficheiro fonte em flash é mais complicado não manter a fidelidade,hehe ).
  3. A natureza de animação do flash permite um maior grau de interactividade do que o html, com menos esforço.
  4. O flash requer um plugin adicional (grátis) com aproximadente 600k. (svg requer um plugin adicional de 2megas).
  5. Poucos motores de busca possuem robots a indexar textos de sites em flash.
  6. O flash é aberto mas proprietário


Um artigo a ler aqui:
[We’ve weighed up the responses from our team of experts and we still can’t decide. Half of the .net team still backs HTML whereas I, along with our venerable crayon (that’s Art Editor to you – Ed.) am backing Flash. Flash is prettier, it supports multimedia, it supports XML scripting, it can provide a three-dimensional experience, it works across platforms – but it has its bad points. Flash can be confusing, HTML is recognised; Flash can be inaccessible, HTML can be viewed in any browser; entire Flash sites can’t be indexed by search engines, HTML ones can. The diplomatic verdict would be that the perfect site would contain elements of both. But there’ll be no diplomacy here! Flash wins, HTML sucks!] "

Windows vs Linux | Why Windows is a Security Nightmare  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • aqui
  • Mais acerca Web
  • Também por AsHeS
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Porque não misturar? (Pontos:3, Esclarecedor)
    por MacLeod em 18-05-04 0:07 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Na minha opinião (e julgo que a de algumas pessoas também) um site 100% em Flash é insuportável. Quer seja pela lentidão do interface (relativamente ao HTML), pelo muito mau gosto da maioria dos Flash Designers, pela dificuldade adicional em retirar conteúdos (copiar texto ou imagens), etc.

    Mas não nego (ao contrário de alguns fundamentalistas do lynx) as vantagens do Flash em algumas áreas: spots promocionais (o Smart do millenniumbcp e os anuncios da netcabo são péssimas utilizações da tecnologia, muito intrusiva); menus por vezes mais sofisticados (quando se quer mesmo MUITO eye-candy); para introduzir por exemplo uma espécie de applet 3D (para visualizar um objecto, por exemplo); jogos online. Acho que nesses casos o Flash é uma boa alternativa -- mas nunca para substituir completamente o HTML.

    No meu caso, que não trabalho no ramo comercial, e portanto não preciso de vender nada pelos websites, acabo por nunca usar Flash (só utilizei como technology preview há uns anos). Normalmente quando faço um site procuro que sirva para aquilo que foi criado -- partilha de informação. Por isso o HTML aliado com o CSS (para por algum eye candy e conseguir ao mesmo tempo um documento estruturado) são excelentes ferramentas.

    Que estupidês!!! (Pontos:3, Interessante)
    por Init em 18-05-04 0:15 GMT (#2)
    (Utilizador Info)

    Em primeiro lugar Flash é o nome de um software e não de um formato. O formato é o SWF.

    Em segundo lugar, comparar batatas com cavalos é algo estupido. Um formato como o Flash não tem de forma alguma a mesma função com o HTML, ou que o XHTML, por isso compara-los é algo absurdo, a comparar o SWF com alguma coisa deveria ser comparado com algo com a mesma função, como o SVG.

    Em terceiro lugar, o SWF não é aberto. A sua especificação nem sequér é de acesso irrestrito. Existem condições para acesso, como por exemplo aceitar não discutir publicamente a especificação. De aberto não tem nada. É apenas gratuito, isto claro, se exlcuires o preço da liberdade. Para além disso existem patentes relativas ao formato, algo que pode e ao que ouvi já foi utilizado para impedir algumas implementações.

    Em quarto lugar o SWF tem uma integração de merda com os verdadeiros standards de web, a manipulação de conteudos em SWF através de programação é bem mais complicada do que o por exemplo o SVG.

    Em quinto lugar o SWF é fortemente inacessivél e discriminador.

    Em sexto lugar, bastam apenas os cinco pontos anteriores para que se perceba o cancro que é o swf.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Não acho (Pontos:1)
    por Overclocking em 18-05-04 0:37 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://ruimoura.web.pt
    Em primeiro lugar, tens razão quanto ao SWF em vez de Flash, toda a razão. Em segundo lugar, em vez de seres tão fundamentalista e de afirmares "o SWF tem uma integração de merda com os verdadeiros standards de web", check this out and learn, porque aprender nunca é demais : http://www.alistapart.com/articles/flashsatay/
    Re:Não acho (Pontos:2)
    por Init em 18-05-04 1:26 GMT (#9)
    (Utilizador Info)

    Queres comparar isso com o SVG que é ele proprio um standard da web baseado em XML, CSS, SMIL e outras tecnologias que também são standards da web???


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Não acho (Pontos:2)
    por Cyclops em 18-05-04 8:14 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    *cof*cof* esse link apenas diz como embeber flash com HTML standard, não a sua interacção!

    É preferível utilizar standards (SVG+EcmaScript+DOM+XHTML+CSS+...) do que algo tão mal integrado. Contudo, nem todos os browsers suportam SVG nativamente (embora fosse uma vantagem que o fizessem).

    Para além disso, utilizar flash é colocar imediatamente e à partida uma quota de marcado fora da equação.

    Quem é que toma essas decisões tão incompetentes?
    não gostas mesmo do flash?!? (Pontos:1)
    por Manuel em 18-05-04 0:42 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://sindominio.net/~manuel/
    ..com o divertido que é andar à porrada com o Tux!! e que dizem de aquelas músicas porreiras.. até o Bush tem o seu momento de glória :)

    mas sim, usá-lo para web em geral, são raros os casos nos que não sobra ;)

    --
    Tanta gente sem casa, tanta casa sem gente..

    Re:não gostas mesmo do flash?!? (Pontos:2)
    por Init em 18-05-04 1:24 GMT (#8)
    (Utilizador Info)

    Estás a confundir o SWF, com a sua função.

    Não gosto do facto de haver patentes a respeito do SWF.

    Não gosto do licenciamento do SWF.

    Não gosto da ideia de o SWF ser propriedade da Macromedia, porque pode por em causa pelo menos parte do futuro da WWW.

    Não gosto de computação desncessária do lado cliente e por isso não uso plug-ins no browser.

    Não gosto de discriminação.

    Resumindo! Fora com o SWF!!!


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:não gostas mesmo do flash?!? (Pontos:1)
    por Manuel em 18-05-04 16:02 GMT (#33)
    (Utilizador Info) http://sindominio.net/~manuel/
    Estás a confundir o SWF, com a sua função.

    é difícil não "confundir", uma vez que é o único formato amplamente utilizado que permite fazer isso. eu nunca fiz um flash (ou SWF, se preferes chamar-lhe assim) nem penso fazer, porque eu também não gosto de todas essas coisas das que não gostas tu. mas passa-se o mesmo por exemplo com o GIF para fazer animações, se tens de fazer um banner que possa ver o 9x% da gente é GIF mesmo que tens de utilizar (ou então o flash :P).

    de resto comparar HTML com flash não faz qualquer sentido, eu acho que as webs com parte importante da funcionalidade feita com flash nem se deveriam de chamar webs :)

    --
    Tanta gente sem casa, tanta casa sem gente..

    Re:não gostas mesmo do flash?!? (Pontos:2)
    por Init em 18-05-04 17:17 GMT (#37)
    (Utilizador Info)

    Se o SWF fosse só utilizado para banners estáva eu muito bem, excusava eu de ter a lista que tenho de servidores em relação aos quais eu bloqueio o download de imagens... Isso não afecta o acesso a conteudos, nem a acessibilidade, nem a usabilidade :).


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:não gostas mesmo do flash?!? (Pontos:2, Informativo)
    por Manuel em 18-05-04 23:41 GMT (#54)
    (Utilizador Info) http://sindominio.net/~manuel/
    já agora, eu às vezes tb tenho activado o adzapper no Squid para eliminar esses banners e imagens que piscam!

    --
    Tanta gente sem casa, tanta casa sem gente..
    Re:Que estupidês!!! (Pontos:1)
    por proibido em 18-05-04 9:57 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://www.semmais.com
    1.. toda a razão, desculpa. 2. a estupidez que falas é da parte de quem? "Um formato como o Flash não tem de forma alguma a mesma função com o HTML", corriges e cais logo na linha a seguir no mesmo erro. comparar flash com html é mais que válido fazendo uma pequena ás opções que os webdesigners vão fazendo hoje em dia.. abre os olhos 3. exacto, era da especificação que queria falar.. http://download.macromedia.com/pub/flash/flash_file_format_specification.pdf 4. os standards são muito bons mas não passam de recomendações, deves te lembrar que recomendações não são regras. 5. lol 6. obrigado pelas correcções


    ----------------------------
    Paulo Afonso,
    semmais.com
    Re:Que estupidês!!! (Pontos:2)
    por Init em 18-05-04 11:00 GMT (#20)
    (Utilizador Info)

    Em caso algum durante o meu post eu comparei o SWF ao HTML, estás equivocado, no maximo comparei com o standard da web que se destina à mesma função, o SVG. Manetenho o que disse comparar SWF com HTML é estupido.

    Standards são convenções. E se tiveres dois dedos de testa e quiséres inter-operar os standards, segues os standards o mais à risca possivél. Os standards, não são recomendações, são as especificações tecnicas de uma tecnologia, descrevem a sua função, a funcionalidade e a forma como se comparta no que diz respeito à inter-operatibilidade.

    Deves achar piada ao facto de os invisuais que não usam window$, não poderem utilizar os seus screen-readers para acederem a sites em SWF. Deves ser daqueles que pensa que todo o país está coberto com banda larga, quando apenas 4% dos acessos à Internet são de banda larga. Desse tipo de pessoa sem respeito pelos outros e sentido de realidade é de esperar essa gargalhada...


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Que estupidês!!! (Pontos:3, Esclarecedor)
    por [Cliff] em 18-05-04 12:22 GMT (#26)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com
    E se tiveres dois dedos de testa(...)
    Como é que alguém que nem sabe escrever na língua mãe correctamente se acha no direito de proferir este tipo de afirmações.
    Mais ainda, como é que alguém pode achar as tuas ideologias úteis ou acreditar neslas quando não exibes, nem te esforças por isso, um mínimo de correcção na escrita.
    Já começo a ficar farto dos teus erros ortográficos por isso vê se aprendes a escrever como deve ser, por favor.

    ---
    Este espaço pode ser seu!
    Re:Que estupidês!!! (Pontos:1)
    por proibido em 24-05-04 9:23 GMT (#90)
    (Utilizador Info) http://www.semmais.com
    "se tivesses dois dedos de testa" .. poupa-me.

    "apenas 4% dos acessos à Internet são de banda larga", obrigado pela informação mas isso tê, a ver com o que mesmo? é que podes fazer sites em flash de tamanho praticamente identico a um site html/css... se os webdesigners nao o fazem a culpa é do flash?


    ----------------------------
    Paulo Afonso,
    semmais.com
    Nada contra o flash (Pontos:1)
    por Overclocking em 18-05-04 0:30 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://ruimoura.web.pt
    Sinceramente não tenho nada a apontar ao flash, e até tirei um curso de iniciação o semestre passado. Agora o problema está no facto de que o melhor programa que pode existir á face da terra para flash é, precisamente, o Macromedia Flash Mx 2004, que não é barato, nada barato. A parte de programação é muito boa (action script), e temos todos que concordar que o Flash está a empurrar o mundo das Webpages para algo nunca visto. Mas por outro lado, o Html é o Html, e basta um text editor reles para trabalhar. Escolhas ? Não tem escolha, a meu ver, e não vale a pena deixar um para trás e investir no outro. Diferentes, mas iguais. :)
    Re:Nada contra o flash (Pontos:1)
    por taf em 18-05-04 6:37 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    "A parte de programação é muito boa (action script)"

    Nunca fizeste nada em actionscript, pois não....?
    Aquilo é o completo caos. Quando se metem mais que 2 ou 3 ficheiros ao barulho é preciso rezar para que o objecto em questão exista e esteja no nível correcto.
    Re:Nada contra o flash (Pontos:1)
    por Ancestor em 18-05-04 7:39 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    A parte de programação é muito boa (action script), e temos todos que concordar que o Flash está a empurrar o mundo das Webpages para algo nunca visto.

    Bem, pode ser muito bom para quem nunca tenha visto mais nada. O editor de código é uma perfeita aberração e os programadores que o fizeram deviam ser fuzilados. A juntar a isso, pelo menos pela experiência que tive, ActionScript é tudo menos estável. A integração com tecnologias server-side é outra dor de cabeça. Há uns tempos tive que desistir de um projecto de integração de flash e php precisamente pelo tempo que demorava a programar cada componente.
    Poderá ser uma opinião um bocado radical, mas acho que o flash, além de não trazer nada de novo (gd parte do que se faz em flash para plataforma web poderia ser feito de outras formas) muitas vezes transforma a experiência de navegação num verdadeiro martírio, na tentativa de compensar a falta de bom-gosto do designer.


    Re:Nada contra o flash (Pontos:2)
    por Init em 18-05-04 11:05 GMT (#21)
    (Utilizador Info)

    O SWF, não é o SWF que traz algo de novo são os formatos de desenho vectorial, com suporte para animações, programação simples e integração com elementos multi-media. Mas o SWF não está sozinho aí, existe pelo menos mais um, o SVG. São muito poucos os sites que realmente aproveitam a tecnologia para fazer algo para a qual foi realmente creada, pior ainda é o SWF não ser um standard.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Nada contra o flash (Pontos:2)
    por Init em 18-05-04 11:07 GMT (#22)
    (Utilizador Info)

    O SWF, não é o SWF que traz algo de novo são os formatos de desenho vectorial, com suporte para animações, programação simples e integração com elementos multi-media. Mas o SWF não está sozinho aí, existe pelo menos mais um, o SVG. São muito poucos os sites que realmente aproveitam a tecnologia para fazer algo para a qual foi realmente creada, pior ainda é o SWF não ser um standard.

    Investir em tecnologias standard com a função do SWF sim! Investir no cancro que é o SWF, não!
    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)

    não obrigado (Pontos:2)
    por André Simões em 18-05-04 0:41 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://andre.catus.net
    Depende da animação (ou não) flash que se desenvolver. Se for um elemento aóbrio, discreto e funcional, o que é raro de encontrar (porque se assim for não tem impacto), ok, tudo bem. Mas como já tenho dito se me aparece pela frente uma romaria popular com coisas a piscar, banners, "intros" intermináveis, eu imediatamente fecho a tab do Mozilla. Chamem-me conservador, que eu não me ralo. Prefiro uma boa página em html (ou com pequenos elementos flash ou java funcionais e sóbrios), que se eu quiser a Feira Popular espero que o outro cavalheiro abra a nova.

    ---
    Omnia aliena sunt: tempus tantum nostrum est. (Séneca)
    "Tudo nos é alheio: apenas o Tempo é nosso."

    errata (Pontos:2)
    por André Simões em 18-05-04 0:48 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://andre.catus.net
    Onde se lê "aóbrio" leia-se "sóbrio"

    ---
    Omnia aliena sunt: tempus tantum nostrum est. (Séneca)
    "Tudo nos é alheio: apenas o Tempo é nosso."

    Re:não obrigado (Pontos:2)
    por mlopes em 18-05-04 10:29 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    Eu uso esta extensão para o firefox/mozilla, que serve para bloquear elementos de uma página, suporta wildcards e consegue bloquear flash.

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Não há necessidade... (Pontos:2)
    por PRE em 18-05-04 7:17 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://psantos.net
    Normalmente, as páginas todas em flash que vejo, olho para aquilo, digo: "giro", e nunca mais lá ponho os pés. Já houve uma larga discussão sobre isto na defunta Cidadela tendo vários intervenientes que também tão cá n Gildot, déjà vu. A verdade, é que é tudo gostos...

    Houve alguém acima que disse que achava que o SWF era bom era para publicidade e coisas assim... essa pessoa nunca deve ter ido ao site do Record. Eu quando entro lá com o IE até me assusto com tantos flashes e applets e publicidade. Pelo menos cá no FF aparecem uns quadrados com umas cruzinhas... menos mal. ;-)

    Resumindo, sou da opinião que se conseguem fazer sites lindos com HTML+EcmaScript, é só ter arte e engenho. Eu não vejo necessidade do SWF ou mesmo do SVG nos sites, mas compreendo que haja pessoas que gostam e que até façam coisas muito engraçadas com isso, e que até possa ser uma vantagem a nível de apresentação. Mas...
    _____________________
    Pedro Santos :: psantos.net :: blog

    Re:Não há necessidade... (Pontos:2)
    por Init em 18-05-04 11:18 GMT (#24)
    (Utilizador Info)

    Eu não vejo necessidade do SWF ou mesmo do SVG nos sites, mas compreendo que haja pessoas que gostam e que até façam coisas muito engraçadas com isso, e que até possa ser uma vantagem a nível de apresentação. Mas...

    Não é bem assim... O problema é que são muito raras as boas aplicações que se dão a este tipo de tecnologias (1 num milhão), por vezes é necessário ter aplicações web que manipulam facilmente gráficos vectoriais e que tenham alguma integração com multimedia, como por exemplo num site que seja um guia turistico, que tenham um mapa e elementos multi-media a respeito de algumas localizações do mapa. Isto permite-te fazer coisas que não seriam possiveis de outra forma, o problema é que a mentalidade dos actuais pseu-do web-designers, que de design não têm formação/conhecimento nenhum e ainda por cima têm a mania que são programadores, nunca irá permitir a utilização deste tipo de tecnologias de forma adequada. Outro problema é o licenciamento do SWF, porque é que raio "queremos" que uma unica empresa controle uma tecnologia tão amplamente utilizada na web? A isso eu chamo falta de sanidade mental.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Não há necessidade... (Pontos:2)
    por MacLeod em 18-05-04 18:33 GMT (#43)
    (Utilizador Info)
    como por exemplo num site que seja um guia turistico, que tenham um mapa e elementos multi-media a respeito de algumas localizações do mapa.

    Por acaso acho que o exemplo que deste é possível de fazer sem flash. Há uns anos fiz uma coisa do género com imagens, image maps e javascript (rollovers, etc.) -- mas também deve ser bem possível de fazer com CSS. A vantagem do Flash nestas alturas é que acabaria por ser mais rápido, pois ficaria mais lento fazer o render de um conjunto de imagens e respectivos javascripts ou CSS.

    Re:Não há necessidade... (Pontos:2)
    por Init em 18-05-04 19:09 GMT (#44)
    (Utilizador Info)

    Não estava a falar do Flash em particular, mas sim de tecnologias de desenho vectorial, com suporte para animações, programação e integração com elementos multi-media.

    Ser possivél é, mas agora tenta fazer isso com o que fizeste e com SVG (que é um formato como o que descrevi anteriormente baseado em xml, css, ecmascript, smil, etc...) e vais que a facilidade, qualidade não é a mesma, bem como o quão longe consegues ir na experiência de utilização que forneces.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Missing the point (Pontos:1)
    por alguem em 18-05-04 8:42 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://www.ladonegro.net/
    Na minha actividade profissional, por vezes tenho que consultar diversos sites de fabricas em busca d e informações sobre determinados produtos.
    Acaba por ser totalmente ineficaz, e só apenas bonitinho a utilização de flash por três motivos:
    1. total perda de tempo a ver animações quando apenas procura informação
    2. dificuldade de navegação
    3. dificuldade em encontrar os dados em causa
    Para já (2004) o flash apenas convem-se para fazer apresentações online e não para ser utilizado para suportar dados. Acho que o único ponto a favor é que os designers ganham mais dinheiro...

    "The interest in encouraging freedom of expression in a democratic society outweighs any theoretical but unproven benefit of censorship."
    desenvolvedores !?!? (Pontos:1, Engraçado)
    por tonidosimpostos em 18-05-04 9:08 GMT (#15)
    (Utilizador Info)
    What the fuck is this "desenvolvedores" ?!?!??!!??!?!?!?!?!??!!

    .!.
    Re:desenvolvedores !?!? (Pontos:2)
    por Gimp em 18-05-04 15:05 GMT (#31)
    (Utilizador Info)
    Pessoal que não se envolve.


    "No comments"

    Re:desenvolvedores !?!? (Pontos:1)
    por tonidosimpostos em 18-05-04 16:17 GMT (#34)
    (Utilizador Info)
    Queres tu dizer que nao desenvolve ?

    .!.
    Re:desenvolvedores !?!? (Pontos:1)
    por proibido em 24-05-04 9:18 GMT (#89)
    (Utilizador Info) http://www.semmais.com
    deve ser brasileiro, como muita da documentação disponivle está em brasileiro eu leio nessa lingua e sem querer posso fazer estas adptações ao português.. mas e que? fica mais fashion colocar inglês "What the fuck is this" .. ou será que mais labrego?


    ----------------------------
    Paulo Afonso,
    semmais.com
    Flash não corre bem em Linux (Pontos:1)
    por gc em 18-05-04 9:14 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    Se correm um browser baseado em Mozilla com o plugin Flash da Macromedia, já devem ter reparado que as animações parece que estão em câmara lenta. Não preciso dizer quão irritante isso é, estar à espera que uma animação passe, ainda por cima 3 vezes mais lenta, para podermos aceder a uma porcaria de um menu. Por isso não venham dizer que flash é cross-platform!
        E antes de mudar para ALSA, havia um problema mais grave, que era de que os conteúdos Flash com som tentarem abrir o device de som, mas em vez de usarem O_NONBLOCK, não, bloqueavam indefinidamente se por acaso estivessemos a ouvir música em background.
        E, claro, não existe nenhuma alternative real ao plugin da Macromedia.
        Odeio Flash! ;(
    Re:Flash não corre bem em Linux (Pontos:2)
    por joaorf em 18-05-04 16:22 GMT (#35)
    (Utilizador Info)
    Tenho usado o plugin da Macromedia em Mozilla-Linux e as animações correm à mesma velocidade que em Windows. Se a animação flash for muito dinâmica e de grande formata como esta o consumo de CPU é elevado.
    Que processador tens?
    Re:Flash não corre bem em Linux (Pontos:1)
    por gc em 18-05-04 17:31 GMT (#39)
    (Utilizador Info)
    Athlon XP 1700+

    Não é problema de CPU, tenho a certeza. Tenho o gráfico de consumo de CPU sempre a correr, e aquilo está muito longe dos 100%. Acho que nem a 20% chega.

    Re:Flash não corre bem em Linux (Pontos:2)
    por MacLeod em 18-05-04 18:21 GMT (#41)
    (Utilizador Info)
    Pelo que percebi não é em todos os Flashes. Tenho a impressão que deve ter que ver com a versão. Normalmente tenho o flash à velocidade normal, mas por vezes lá se encontram flashes mesmo muito lentos.

    Em relação a esse problema do som, há anos que não me acontece.

    Re:Flash não corre bem em Linux (Pontos:2)
    por joaorf em 18-05-04 18:28 GMT (#42)
    (Utilizador Info)
    Que versão do plugin da Macromedia tens?
    A minha é a 6.0 r81.

    Re:Flash não corre bem em Linux (Pontos:1)
    por gc em 18-05-04 19:27 GMT (#46)
    (Utilizador Info)
    Same.
    Re:Flash não corre bem em Linux (Pontos:2)
    por joaorf em 18-05-04 20:52 GMT (#48)
    (Utilizador Info)
    Muito estranho... Podias dar-me um exemplo de animações Flash que te pareçam executar mais lentamente?
    Um dos filmes flash mais pesados que conheço é este. Experimenta para ver se o consegues ver bem.
    para os extremistas (Pontos:0, Despropositado)
    por proibido em 18-05-04 10:03 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://www.semmais.com
    quando existem votações online sobre sites reparem que normalmente são sempre sites que usam flash que vencem sempre a maior parte das categorias.. e é o publico que escolhe.

    O HTML deve ser amplamente usado, claro que deve! O que acho é que é pouco profissional descriminar uma solução em flash.



    ----------------------------
    Paulo Afonso,
    semmais.com
    Re:para os extremistas (Pontos:3, Esclarecedor)
    por Init em 18-05-04 11:32 GMT (#25)
    (Utilizador Info)

    quando existem votações online sobre sites reparem que normalmente são sempre sites que usam flash que vencem sempre a maior parte das categorias.. e é o publico que escolhe.

  • A maioria do publico também usa window$ + ie + plug-in da macromedia.
  • A maioria do publico não utiliza a WWW para trabalhar
  • A maioria do publico fica tão extasiado com as animações em SWF e aprecia apenas esse aspecto no site.
  • O que acho é que é pouco profissional descriminar uma solução em flash.

    Pelos vistos de profissionalismo não percebes nada.
    Queria ver-te dizer isso em frente a um invisual que não use window$, queria ver-te dizer isso às pessoas que ainda não têm banda larga... Discriminar pessoas é que é um problema, as tecnologias servem para servir as pessoas e não as pessoas para servir as tecnologias. Tu estás a por as tecnologias à frente das pessoas, isso é uma falta de respeito enorme.

    Mais uma vês voltaste a confundir a ferramenta Flash com o formato SWF...

    Não percebes que adoptar formatos proprietários para a Web e tornar a WWW, dependente dessa tecnologia é dar o controlo tecnológico de pelo menos um aspecto da WWW a uma empresa. Achas que devem ser as empresas a controlar a WWW? Que elas a usem tudo bem, concordo absolutamente, mas que a controlem, nunca! Mais uma verisgin, não obrigado!
    Se gostas de formatos que fazem o que o SWF faz, ao menos utiliza um que seja um standard da web, ou seja, o SVG.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:para os extremistas (Pontos:1)
    por proibido em 18-05-04 14:03 GMT (#27)
    (Utilizador Info) http://www.semmais.com
    acontece que o SVG é demasiado complicado.. já experimentei.
    E fica a saber que eu uso o que fizer falta e o lciente mandar depois de chegar a um consenso com o cliente..
    está bem, swf é o formato flash é o programa.. lámina de babear é o utensilio e gillete uma marca e todos chamam o utensilio pela marca, se me percebes.
    Acredito que não é bom adoptar formatos proprietários mas também acredito que é pior deixar tecnologias de grande qualidade demonstradas por causa de ser casmurro.. ou será que não andas de carro de combustão porqe poluem? Respeito a tua opinião, respeita a nossa e tenta perceber tal como eu percebo oteu ponto de vista.


    ----------------------------
    Paulo Afonso,
    semmais.com
    Re:para os extremistas (Pontos:2)
    por Init em 18-05-04 14:24 GMT (#29)
    (Utilizador Info)

    acontece que o SVG é demasiado complicado..

    Isso é falso. Existem ferramentas para criar SVG ao estilo Flash, alias o proprio Flash pode ser utilizado para criar SVG.

    E fica a saber que eu uso o que fizer falta e o lciente mandar depois de chegar a um consenso com o cliente..

    Estás a contradizer-te... Mas isso só mostra a tua pre-potência. O brio profissional e a responsabilidade social da profissão não te dizem nada.

    e todos chamam o utensilio pela marca, se me percebes.

    Mas fazem mal em fazer, porque cria barreiras psicologicas, porque pode levar a confusão. Tu como tecnico não o deverias fazer, deverias contribuir para a educação e não para o oposto.

    Acredito que não é bom adoptar formatos proprietários mas também acredito que é pior deixar tecnologias de grande qualidade demonstradas por causa de ser casmurro..

    Não se trata de ser casmurro. Já apresentei razões técnicas e razões sociais, para não o fazer.

    Não consigo respeitar uma pessoa que põe a técnologia à frente de pessoas. A tecnologia informática tem o potêncial de ser uma tecnologia inclusiva, utilizar formatos proprietários é perpetuar a exclusão de uma forma desnecessária, é por isso um acto de irresponsabilidade inaceitavel.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:para os extremistas (Pontos:2)
    por ^magico^ em 18-05-04 15:17 GMT (#32)
    (Utilizador Info) http://fsilva.online.pt/
    pre-potência

    Quer dizer antes da potência. Quando alguem disser que está a aquecer para alguma competição passa a dizer que está na fase da pré-potência!

    O que querias dizer era:
    prepotência

    do Lat. praepotentia

    s. f., qualidade de prepotente;
            arbitrariedade;
            abuso do poder ou da autoridade;
            acto despótico;
            despotismo.


    Este comentário foi publicado ao abrigo de leis internacionais "How to handle a Troll".
    Re:para os extremistas (Pontos:2)
    por mlopes em 19-05-04 11:24 GMT (#61)
    (Utilizador Info)

    E fica a saber que eu uso o que fizer falta e o lciente mandar depois de chegar a um consenso com o cliente..

    Quando os outros profissionais começarem a trabalhar assim, estamos bem fodidos, já estou mesmo a ver:

    Canalizador - Bom, agora tenho tenho que desapertar isto com esta chave de boca!
    Cliente - Bem..., eu gosto muito mais da chave de fendas...
    Canalizador - Pois..., mas... com uma chave de fendas isto não vai dar para desapertar!
    Cliente - Vermelha! Chave de fendas vermelha... é isso que eu quero que utilize!

    Qual é a parte de "quando se contrata alguém para fazer um serviço, identifica-se os objectivos, e o profissional contratado escolhe as melhores ferramentas e meios para atingir esses objectivos" é que falta ao pseudo-informáticos perceber?

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Re:para os extremistas (Pontos:1)
    por proibido em 24-05-04 9:26 GMT (#91)
    (Utilizador Info) http://www.semmais.com
    "depois de chegar a um consenso com o cliente" faltou-te ler esta parte


    ----------------------------
    Paulo Afonso,
    semmais.com
    Re:para os extremistas (Pontos:1)
    por edsonmedina em 20-05-04 2:46 GMT (#76)
    (Utilizador Info)
    quando existem votações online sobre sites reparem que normalmente são sempre sites que usam flash que vencem sempre a maior parte das categorias.. e é o publico que escolhe.

    Repara que os programas de televisão mais vistos pelo público são precisamente os mais desprovidos de conteúdo e idiotas.

    O público é como as ovelhas. Não tem inteligência própria.

    Basta criares uma animação flash onde um boneco mande um peido sonoro que já ganhaste um milhão de votos do público. Não ganhas é muitos prémios científicos. Suponho eu.
    Alhos e Bugalhos (Pontos:2, Interessante)
    por liberdade em 18-05-04 11:18 GMT (#23)
    (Utilizador Info) http://www.gildot.org/
    Não faz sentido nenhum a comparação. HTML é hipermédia. O Flash não.
    Penso sempre no Flash como buracos negros. Imaginem que cada site era feito em flash. Toda a arquitectura da WWW cairia. Imaginem os motores de busca. Como é que se integrariam. Basta ver como indexam flash.. Pensem no sentido que faria um site feito em PDF (ignorando a lentidão).. ?!
    O HTML faz parte de um conjunto de tecnologias que constituem a WWW - abertas e cooperantes. O flash é (simplesmente) um tipo de objecto. Que pode e deve ser usado em função do contexto.
    Re:Alhos e Bugalhos (Pontos:1)
    por proibido em 18-05-04 14:08 GMT (#28)
    (Utilizador Info) http://www.semmais.com
    E será que a arquitectura que referes não está demasiado velha para cumprir as necessidades actuais? não será que essa arquitectura não precisa de um novo estudo? é muito trabalhoso só que a verdade a arquitectura foi feita com uma intenção diferente da que todos lhe damos hoje.. destaco o principal problema da arquitectura que defendes, a segurança.
    Quantos os motores de busca já existe inclusivé motores em flash, e robot's que funcionam com documentos em flash.
    Sim, flash é "simplesmente" um tipo de objecto mas não um objecto "simples".


    ----------------------------
    Paulo Afonso,
    semmais.com
    Re:Alhos e Bugalhos (Pontos:2)
    por Init em 18-05-04 14:42 GMT (#30)
    (Utilizador Info)

    E será que a arquitectura que referes não está demasiado velha para cumprir as necessidades actuais?

    Não! Instituições como o W3C e o Web3D têm feito as tecnologias da web evoluir. O HTML evolui para uma aplicação de XML (XHTML), novas linguagens de markup e outras foram criadas para suportar novos modelos SMIL, SVG, RDF, SOAP, Web Services, XForms, XLink, Voice Browser, VRML, X3D, etc...

    não será que essa arquitectura não precisa de um novo estudo? é muito trabalhoso só que a verdade a arquitectura foi feita com uma intenção diferente da que todos lhe damos hoje.. destaco o principal problema da arquitectura que defendes, a segurança.

    A não ser que não acompanhes o trabalho das instituições que mencionei, saberias que as técnologias da Web estão em constante revisão, para se adequarem às constantes mudanças de necessidade.
    E sim até na segurança se tem trabalhado, com o trabalho feito em Platform for Privacy Preferences e XML Encryption.

    Mesmo fora dos standards da Web, o IETF trabalhou na segurança, se olhares para o IPV6 vês as mudanças que foram feitas em pról da segurança.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Exageros (Pontos:2)
    por joaorf em 18-05-04 16:40 GMT (#36)
    (Utilizador Info)
    Nas intervenções feitas, há um patente exagero nos deméritos do Flash. Penso que isso tem a ver com a percepção que a maioria tem de que o Flash serve apenas para "bonecada", publicidade e outras coisas sem importância.

    Porém, o formato Flash tem algumas aplicações sérias onde revela um notável potencial. Ocorrem-me dois exemplos:

    • Mapas geográficos online. Vejam estes mapas e reparem na sua leveza, no seu elevado grau de interactividade, e na sua sofisticação gráfica.
    • Screen recording. Flash é um formato óptimo para apresentar gravações de ecrã e embebê-las numa página web. Vejam os samples neste site.
    É certo que não consigo usar Flash em Linux-Alpha, Linux-PPC ou em qualquer outro S.O. não suportado pela Macromedia. E isso é mau. Por isso, se me mostrarem uma forma alternativa, mais portável e com um nível idêntico de funcionalidades de fazer as duas coisas que mostrei atrás sem usar flash, sou todo ouvidos...
    Re:Exageros (Pontos:2)
    por Init em 18-05-04 17:24 GMT (#38)
    (Utilizador Info)

    Nada disso que disseste é exclusividade do SWF o SVG fáz o mesmo sendo que até me lembro de um post aqui no gildot com um link para uma comparação enter SWF e SVG onde se dizia claramente que em aatéria de mapas o SVG até batia com alguma facilidade o SWF.

    Porque raio é essa mania que o SWF é o unico formato que pode fazer essas coisas???

    E isso é mau. Por isso, se me mostrarem uma forma alternativa, mais portável e com um nível idêntico de funcionalidades de fazer as duas coisas que mostrei atrás sem usar flash, sou todo ouvidos...

    SVG! Se tivesses lidos posts todos já o saberias, se tivesses visto outras discussões anteriores aqui no gildot.org ou em outros sites, já sabias, se visitasses o site do W3C para aprender alguma coisa de vês em quando, já sabias.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Exageros (Pontos:2)
    por joaorf em 18-05-04 18:08 GMT (#40)
    (Utilizador Info)
    Sei bem da existência de SVG. Mas eu (e, sobretudo, quem tem sites) quer algo que:
    • Funcione e não num futuro hipotético.
    • Esteja disponível ou facilmente instalável em 99% dos computadores que navegam na web. Por exemplo, em Linux, o suporte para SVG nos browsers é virtualmente inexistente (se duvidas, pergunta quantos utilizadores do Gildot têm instalado um browser com suporte para SVG).
    • Haja software capaz de produzir coisas como as que exemplifiquei (e que tu provavelmente nem viste)
    O mundo real não se compadece com lirismos. É preciso que haja coisas que funcionem como se pretende e .
    Re:Exageros (Pontos:2)
    por Init em 18-05-04 19:13 GMT (#45)
    (Utilizador Info)

    O SVG já funciona.

    O suporte para SVG existe pelo menos em 3 browsers, o Mozilla, o firefox e o Amaya.

    Existe software para produzir SVG ao estilo do macromedia flash, já foi falado aqui no Gildot, procura-o.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re: Exageros (Pontos:2)
    por joaorf em 18-05-04 20:43 GMT (#47)
    (Utilizador Info)
    Tenho um Mozilla recente que veio com um distribuição recente (SuSE 9.0) e não tem suporte para SVG. Quero que me menciones distribuições cujo Mozilla default tenha suporte para SVG. Além disso, queres propor uma sondagem aqui no Gildot para averiguar quantos têm suporte para SVG nos seus Linux?

    As empresas querem soluções para os seus problemas. Soluções que: funcionam na esmagadora maioria dos casos e agora. A tua atitude de nem ter plugin de Flash ou Java instalados é uma atitude perfeitamente inconsequente de rejeição da realidade. Uma coisa é promover alternativas, outra coisa completamente diferente é privar-se de aceder a conteúdos. Por exemplo, eu luto activamente contra o Windows Media, mas tenho o codec instalado e consigo ver conteúdo nesse formato em Linux. Seria absurdo eu privar-me de conseguir escutar ou visionar conteúdos que encontro na Web em nome das "4 liberdades" ou outro princípio religioso qualquer.

    Re: Exageros (Pontos:1)
    por coder em 18-05-04 20:55 GMT (#49)
    (Utilizador Info)
    totalmente de acordo.
    aliás quem se recusa a instalar o plugin da macromedia também se recusaria a instalar um player de swf livre porque, afinal, o formato continuaria a ser proprietário.
    será que quando recebem um .doc também se recusam a abri-lo no OpenOffice?
    Re: Exageros (Pontos:2)
    por Init em 18-05-04 22:14 GMT (#51)
    (Utilizador Info)

    aliás quem se recusa a instalar o plugin da macromedia também se recusaria a instalar um player de swf livre porque, afinal, o formato continuaria a ser proprietário.

    Sim também não o faço.

    será que quando recebem um .doc também se recusam a abri-lo no OpenOffice?

    Sim, recuso, peço para me enviarem num outro formato como HTML, RTF, ou mesmo TXT.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re: Exageros (Pontos:1)
    por coder em 18-05-04 23:16 GMT (#53)
    (Utilizador Info)
    vejo que excluiste o PDF da lista. provavelmente por ser demasiado "impuro" para ti... :-)

    tu não existes. pareces um personagem de ficção.

    Re: Exageros (Pontos:2)
    por Init em 18-05-04 23:53 GMT (#55)
    (Utilizador Info)

    Aceito PDF, porque a sua especificação está publicada sem qualquer restrição de acesso e porque as patentes que o afectam, não são validas na Europa. Mas prefiro os outros formatos, principalmente quando não se tratar de um documento em formato final.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re: Exageros (Pontos:2)
    por Init em 18-05-04 22:09 GMT (#50)
    (Utilizador Info)

    Tenho um Mozilla recente que veio com um distribuição recente (SuSE 9.0) e não tem suporte para SVG. Quero que me menciones distribuições cujo Mozilla default tenha suporte para SVG. Além disso, queres propor uma sondagem aqui no Gildot para averiguar quantos têm suporte para SVG nos seus Linux?

    Lá por não teres suporte na versão default, não quer dizer que não haja. E espero bem que ninguém tenha suporte para SVG no kernel, esse não é tipo de coisas que deve ser suportado ao nivel do kernel.

    A tua atitude de nem ter plugin de Flash ou Java instalados é uma atitude perfeitamente inconsequente de rejeição da realidade.

    A minha atitude é de rejeição de uma situação com algo com que não concordo. Não é isso que tu fazes também quanto ao que não concordas? Ou és mais uma ovelha que vai pacificamente para o matadouro?

    Uma coisa é promover alternativas, outra coisa completamente diferente é privar-se de aceder a conteúdos

    Mesmo não tendo nas minhas maquinas de momento esse software já o tive em tempos e de vês em quando vejo em maquinas de outros alguns sites e francamente, para além da posição devida ao licenciamento e aos aspectos tecnicos do SWF, não acho que esteja a perder grande coisa. Os sites em SWF, costumam, nenhum conteudo, ou então têm conteudos que não me interessam (é uma coincidência devido à má utilização de um recurso tecnológico).

    Por exemplo, eu luto activamente contra o Windows Media, mas tenho o codec instalado e consigo ver conteúdo nesse formato em Linux.

    Então deixa-me dizer que ao utilizares esse codec estás a fortalecer a posição de standard de "facto" desse formato, e a prejudicar a adopção de outros formatos.

    Seria absurdo eu privar-me de conseguir escutar ou visionar conteúdos que encontro na Web em nome das "4 liberdades" ou outro princípio religioso qualquer.

    Não é em nome das 4 liberdades, é em nome da tua liberdade de escolher software e da igualdade de direitos entre todos (os deficientes e quem tem menos larguara de banda também são gente).

    A liberdade não é um principio religioso. É que se fosse deixavamos de ter um estado laico. E os militares que juram defender a patria, a constituição e a liberdade, mesmo com o sacrificio da propria vida, seriam um exercicito de fanáticos religiosos.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re: Exageros (Pontos:2)
    por joaorf em 18-05-04 23:08 GMT (#52)
    (Utilizador Info)
    Lá por não teres suporte na versão default, não quer dizer que não haja.

    Continuas sem perceber, ou fingir que não percebes... Vou fazer um derradeiro esforço: não faz sentido usar formatos que quase ninguém consegue ler. Se o Gildot é frequentado por utilizadores com conhecimentos acima da média e nem esses têm um browser que suporte SVG instalado, o que pode esperar-se de um "joe user"??

    Flash funciona "out-of-the-box" para 95% dos utilizadores do mundo pois usam Windows e, mesmo quando não têm o plugin instalado, três cliques de rato ao alcance de qualquer joe user são suficientes para o instalar em qualquer browser. Para os que utilizam MacOS, é igualmente "out-of-the-box". Para os que utilizam Linux x86, o suporte para Flash existe e não é preciso instalar nenhum Mozilla especial. O flash player funciona em todos os browsers que suportem plugins estilo Netscape (i.e. Opera, Konqueror, Mozilla, Netscape) e a instalação é muito simples.

    SVG pode vir a tornar-se uma boa alternativa ao SWF. Mas, neste momento, não é. E as empresas querem coisas que funcionem agora.

    Os sites em SWF, costumam, nenhum conteudo, ou então têm conteudos que não me interessam (é uma coincidência devido à má utilização de um recurso tecnológico).

    Que estreiteza de horizontes! Vai ver os links que enviei no meu post inicial. Nem que seja apenas para veres duas aplicações úteis do SWF e veres como não encontras alternativas livres para fazer aquilo!

    Então deixa-me dizer que ao utilizares esse codec estás a fortalecer a posição de standard de "facto" desse formato, e a prejudicar a adopção de outros formatos.

    Eu envio mails de protesto para esses sites regularmente. Mas uma coisa é reclamar, outra é privar-me de escutar um programa do site da TSF que quero realmente ouvir só porque não concordo como o formato. Isso seria talibanismo!

    Re: Exageros (Pontos:2)
    por Init em 19-05-04 0:03 GMT (#56)
    (Utilizador Info)

    Se o SVG fosse utilizado por que cria sitios web, certamente que também haveria mais suporte. Mas de qualquer forma isso não é a verdadeira barreira à adopção do SVG, isso seria facilmente resoluvél (com o mozilla seria de um momento para o outro incluindo o suporte para SWF nos pacotes). O verdadeiro obstaculo são aqueles que só veem o SWF à frente

    Nem que seja apenas para veres duas aplicações úteis do SWF e veres como não encontras alternativas livres para fazer aquilo!

    O SVG fáz praticamente tudo o que o SWF fáz sendo que faz coisas que o SWF não fáz.

    Eu envio mails de protesto para esses sites regularmente. Mas uma coisa é reclamar, outra é privar-me de escutar um programa do site da TSF que quero realmente ouvir só porque não concordo como o formato. Isso seria talibanismo!

    Obrigar os outros a utilizar formatos e software proprietário é oque então? É que eu não utilizar software proprietário no maximo dos maximos só me prejudicaria a mim, já obrigar os outros a fazer algo que lhes a eles e aos outros uma dependência, prejudica é os outros.
    Quem é que é então o Taliban?
    Quem é que é o traficante de droga?


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re: Exageros (Pontos:2)
    por joaorf em 19-05-04 1:46 GMT (#57)
    (Utilizador Info)
    O SVG fáz praticamente tudo o que o SWF fáz sendo que faz coisas que o SWF não fáz.

    Se escrevesses "o SVG tem potencial para fazer..." era mais correcto. A verdade é que para fazer em SVG aquilo que os 2 links que mostrei não há software nenhum. E isto é o que interessa para uma empresa que, muito antes de qualquer ideal, quer simplesmente as coisas a funcionar!

    Obrigar os outros a utilizar formatos e software proprietário é oque então? É que eu não utilizar software proprietário no maximo dos maximos só me prejudicaria a mim, já obrigar os outros a fazer algo que lhes a eles e aos outros uma dependência, prejudica é os outros. Quem é que é então o Taliban?

    Ninguém está a negar que esses sites procedem mal. Ninguém está a negar que se deve reclamar para esses sites. O que está em causa é se é razoável ser casmurro ao ponto de, estando os conteúdos disponíveis e eu querendo escutá-los/visioná-los, se devo privar-me de aceder a eles só porque estão num formato proprietário, apesar de haver software para Linux que o lê.
    Para mim, isso é uma atitude religiosa. Uma espécie de voto de castidade.

    Re: Exageros (Pontos:2)
    por Init em 19-05-04 15:52 GMT (#64)
    (Utilizador Info)

    Se escrevesses "o SVG tem potencial para fazer..." era mais correcto.

    Errado! Devido à sua natureza o SVG tem features que o SWF não tem.

    que está em causa é se é razoável ser casmurro ao ponto de, estando os conteúdos disponíveis e eu querendo escutá-los/visioná-los, se devo privar-me de aceder a eles só porque estão num formato proprietário, apesar de haver software para Linux que o lê.

    O plug-in da macromedia é proprietário e eu não concordo com os termos da licença. Se o utilizasse estaria a violar o direito de autor, para além de estár a aumentar os numeros que suportam a posição de standard "de facto" do SWF, sendo o SWF, um perigo para web, estaria a prejudicar-me mais ao apoiar a expansão do SWF do que beneficios que poderia tirar de aceder aos conteudos. É portanto uma atitude, lógica baseada numa visão estratégica a medio/longo prazo, até porque sou ateu.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re: Exageros (Pontos:2)
    por Init em 19-05-04 15:58 GMT (#65)
    (Utilizador Info)

    Para além de com esta atitude estar a mostrar respeito e solidariedade para com os que têm problemas de acessibilidade.

    Será que os militares do 25 de Abril também tiveram uma atitude religiosa? Qual seria então a sua religião? Seria o cravismo?

    A mentalidade de dár o cu perante as adversidades está a corromper o mundo. Desprezo a cobardia.
    Neste país quem marca a posição com uma demonstração de convicção é um fanático religioso, um comunista, um fascista, um terrorista, ou um pedofilo.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re: Exageros (Pontos:1)
    por proibido em 24-05-04 9:05 GMT (#86)
    (Utilizador Info) http://www.semmais.com
    pois, mais uma vez apontas um defeito do web-designer como defeito do flash..
    posso te dizer que estou a fazer um projecto que consiste um web-site em flash com um grau de acessibilidade superiror ao que encontras com o html/css.. esqueceste-te que com a multimédia poderás enriquecer em muito o grau de acessibilidade á internet.



    ----------------------------
    Paulo Afonso,
    semmais.com
    Re: Exageros (Pontos:2)
    por joaorf em 19-05-04 18:25 GMT (#67)
    (Utilizador Info)
    Errado! Devido à sua natureza o SVG tem features que o SWF não tem.

    Continuas a não querer entender... Não é uma limitação do formato, é a ausência de software capaz de produzir aquilo que mostrei em formato SVG! É um problema prático. P-r-á-t-i-c-o. Não significa que não seja possível fazer software análogo que use SVG, é uma questão do software minimamente usável para produzir aquilo que mostrei existir agora para resolver uma necessidade que existe agora. E esse software existe para SWF, e não para SVG.

    Se o utilizasse estaria a violar o direito de autor

    Explica lá essa... Quem utiliza o plugin da Macromedia está a violar direitos de autor?!

    Re: Exageros (Pontos:2)
    por Init em 19-05-04 18:41 GMT (#70)
    (Utilizador Info)

    Continuas a não querer entender... Não é uma limitação do formato, é a ausência de software capaz de produzir aquilo que mostrei em formato SVG!

    Para criar SVG basta um editor de texto, para além disso o proprio macromedia flash, tem suporte para SVG.

    Explica lá essa... Quem utiliza o plugin da Macromedia está a violar direitos de autor?!

    Se eu não aceitar os termos da licença (e eu não aceito) e utilizar o software, estou a violar o direito de autor.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re: Exageros (Pontos:2)
    por joaorf em 19-05-04 19:57 GMT (#72)
    (Utilizador Info)
    Para criar SVG basta um editor de texto

    Sim, tal como para fazer um programa só é preciso um editor de texto e saber Assembly... Não deves viver no mesmo planeta que eu vivo, certamente.

    para além disso o proprio macromedia flash, tem suporte para SVG.

    Quando os argumentos escasseiam, até te socorres da existência de software proprietário que é capaz de produzir SVG!
    O que até agora não compreendeste, e não irás compreender enquanto teimares em não visitar os dois URLs que mostrei, é que há muito conteúdo em SWF que não é gerado pelo Macromedia Flash, nem por qualquer outro editor. E tu não apresentas soluções alternativas que possam ser usadas hoje para fazer o que é mostrado nesses URLs. A tua solução é simplesmente rejeitar a modernidade e refugiares-te nas montanhas "informáticas" do Afeganistão.

    Re: Exageros (Pontos:2)
    por Init em 19-05-04 22:35 GMT (#74)
    (Utilizador Info)

    Sim, tal como para fazer um programa só é preciso um editor de texto e saber Assembly... Não deves viver no mesmo planeta que eu vivo, certamente.

    As tecnologias que compõem o SVG fazem que que o codigo seja facilmente lido e compreendido por um humano (é baseado em xml).

    Quando os argumentos escasseiam, até te socorres da existência de software proprietário que é capaz de produzir SVG!

    Não disse mentira nenhuma, não aconselho a sua utilização mas que o faz, faz! É um facto. Assim como é um facto que também há Software Livre que o faz.

    é que há muito conteúdo em SWF que não é gerado pelo Macromedia Flash, nem por qualquer outro editor

    Pois claro que não, ele não é gerado, ele nem sequér existe, é uma alucinação.

    A tua solução é simplesmente rejeitar a modernidade e refugiares-te nas montanhas "informáticas" do Afeganistão.

    Estás a dizer que o SVG não é modernidade?
    Antes as montanhas informáticas, do que discriminar invisuais e quem tem menos largura de banda, impor a utilização de software proprietário e formatos proprietários aos outros, porque quem faz isto é que são os verdadeiros fanáticos, extremistas da tecnologia. A tecnologia não deve ser posta à frente das pessoas. Ou achas que deve?

    Eu defendo a modernidade, mas com responsabilidade, a tecnologia serve para melhorar a qualidade de vida das pessoas e não deve ser utilizada para perpetuar os problemas (alias neste caso o SWF está mesmo a aumentar a inacessibilidade).

    Todas as profissões têm uma certa responsabilidade social, as profissões na àrea de informática não são excepção. Os informáticos não devem demitir-se das suas responsabilidades, devem contribuir de forma a resolver problemas, não a perpetuar ou aumentar, porque uma porra de um gajo que não percebe nada informática acha que é melhor.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re: Exageros (Pontos:1)
    por proibido em 24-05-04 9:06 GMT (#87)
    (Utilizador Info) http://www.semmais.com
    para criares um swf tb podes usar o ming e o php e o notepad


    ----------------------------
    Paulo Afonso,
    semmais.com
    Re: Exageros (Pontos:1)
    por proibido em 24-05-04 8:59 GMT (#85)
    (Utilizador Info) http://www.semmais.com
    "O SVG fáz praticamente tudo o que o SWF"
    e tu não sabes o que dizes. Como é que alguém que nem sequer usa flash pode afirmar semelhante barbaridade?
    até na altura do player 4 o swf dava uma "RECTADA" ao SVG actual. E para teres uma noção desde essa altura o swf mudou como da água para o vinho


    ----------------------------
    Paulo Afonso,
    semmais.com
    Re: Exageros (Pontos:2)
    por mlopes em 19-05-04 11:01 GMT (#59)
    (Utilizador Info)
    E tu a dar-lhe, qual é a dificuldade do joe user fazer um clique num "Ok" para instalar um plugin, tal como faziam quando o flash não vinha por defeito no Windows (eu não sei porque não uso Windows, mas pela tua conversa presumo que sim). Os utilizadores ficaram burros de repente? Ou os utilizadores têem dificuldades especiais em instalar plugins que tenham a sequencia de letras "SVG" no nome?

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Re: Exageros (Pontos:2)
    por mlopes em 19-05-04 11:02 GMT (#60)
    (Utilizador Info)
    PS: o que está entre parentesis no meu comentário anterior refere-se ao facto de aparentemente e pelo que dizer o flash agora vir com os Windows por defeito.

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Re: Exageros (Pontos:2)
    por joaorf em 19-05-04 18:33 GMT (#68)
    (Utilizador Info)
    O problema não está no Windows. Neste caso, ironicamente, a grande dificuldade de usar SVG está em Linux e outros Unix. Aposto que quase ninguém neste newsgroup (incluindo, talvez, o próprio init) tem instalado um browser com suporte para SVG.

    Eu tenho um: o Netscape 4.8, que é o único em que o plugin da Adobe funciona (mesmo assim, mal). Quanto ao Mozilla, o meu browser de eleição, as distribuições não o trazem compilado com suporte para SVG!

    Mas o problema não está somente do lado do utilizador final. Do lado de quem produz, há muitíssimo mais ferramentas e programas que exportam SWF do que SVG. Eu sublinhei duas aplicações práticas de úteis do SWF e, até agora, ninguém foi capaz de me dizer como fazer o mesmo, com o mesmo nível de qualidade, noutra tecnologia.

    Re: Exageros (Pontos:2)
    por Init em 19-05-04 18:51 GMT (#71)
    (Utilizador Info)

    O plug-in da Adobe que eu não aconselho a utilização por questões de licenciamento, também pode ser instalado no mozilla e certamente não existe impedimento pratico à criação de pacotes rpm, deb, etc... com o mozilla compilado com suporte para SVG, caso houvesse necessidade.

    Mas o problema não está somente do lado do utilizador final. Do lado de quem produz, há muitíssimo mais ferramentas e programas que exportam SWF do que SVG.

    Pois, mas a ferramenta mais utilizada para criação de SWF, também cria SVG, para além de existirem outras aplicações que criam SVG. Haver mais a criar SWF, não faz com que não hajam aplicações a criar SVG.

    Eu sublinhei duas aplicações práticas de úteis do SWF e, até agora, ninguém foi capaz de me dizer como fazer o mesmo, com o mesmo nível de qualidade, noutra tecnologia.

    São poucas as features que o SWF tem que o SVG não tem, e o SVG tem features que o SWF não tem, e por acaso essas features são geralmente features que permitem a intergração com outras tecnologias da web, e linguagens de programação, o que fáz com que seja possivél fazer muito mais coisas com o SVG do que com o SWF e a sua limitada interoperatibildidade.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re: Exageros (Pontos:2)
    por joaorf em 19-05-04 20:08 GMT (#73)
    (Utilizador Info)
    O plug-in da Adobe que eu não aconselho a utilização por questões de licenciamento, também pode ser instalado no mozilla

    O teu alheamento da realidade até te impede de saberes que o plugin da Adobe não funciona no Mozilla compilado com GCC 3.x (ou seja, nos Mozilla utilizados por 9x% dos utilizadores de Linux actuais)...

    e certamente não existe impedimento pratico à criação de pacotes rpm, deb, etc... com o mozilla compilado com suporte para SVG, caso houvesse necessidade.

    Impedimento não existe, mas eles não estão disponíveis! Vai convencer primeiro as distribuições a incluirem Mozilla com suporte para SVG e depois vem advogar o uso do formato. Ou então faz uma página com pacotes RPM/DEB/etc do Mozilla c/SVG para download. Só não te ponhas a acenar com alternativas que, na prática, não são alternativas nenhumas!

    São poucas as features que o SWF tem que o SVG não tem, e o SVG tem features que o SWF não tem, e por acaso essas features são geralmente features que permitem a intergração com outras tecnologias da web, e linguagens de programação, o que fáz com que seja possivél fazer muito mais coisas com o SVG do que com o SWF e a sua limitada interoperatibildidade.

    Pois é, camarada cassete init, decididamente não vamos lá... vives no mundo fantasia, no mundo das possibilidades teóricas. Infelizmente, a maioria de nós vive no mundo real, trabalha em empresas reais, e quer ferramentas que façam tarefas como aquelas duas que mencionei AGORA.

    Re: Exageros (Pontos:2)
    por Init em 19-05-04 22:52 GMT (#75)
    (Utilizador Info)

    O teu alheamento da realidade até te impede de saberes que o plugin da Adobe não funciona no Mozilla compilado com GCC 3.x (ou seja, nos Mozilla utilizados por 9x% dos utilizadores de Linux actuais)...

    Não costumo ligar muito a software proprietário. No entanto a opção Mozilla continua a existir.

    Impedimento não existe, mas eles não estão disponíveis!

    Porque não há conteudos suficientes que o justifique. E também não há conteudos que os justifique, porque eles não existem, e por aí a diante.
    Não tem que se começar por um sitio especifico, tem que se começar por todo o lado.
    É a função de todos os informáticos perante a sua responsabilidade social fazerem-no e promoverem-no, e não andar a dizer que não é possivél.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re: Exageros (Pontos:2)
    por mlopes em 20-05-04 15:32 GMT (#80)
    (Utilizador Info)

    Do lado de quem produz, há muitíssimo mais ferramentas e programas que exportam SWF do que SVG.

    Dá-me o nome de uma ferramenta para criar, editar e programar flash em Linux? Tenho dito!

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Re: Exageros (Pontos:2)
    por mlopes em 19-05-04 10:56 GMT (#58)
    (Utilizador Info)
    Não sei porquê dessa mania que tem que se utilizar coisas que o utilizador já tem, aqui há uns anos, quando o flash não estava assim tão espalhado, ninguém pensava duas vezes antes de mandar os utilizadores instalarem o plugin de flash por modem 54K, agora quando a banda larga já está mais divulgada toda a gente faz um drama para os utilizadores sacarem um plugin SVG.

    O problema é que os WebDesigners são uma cambada de ignorantes perguiçosos, se os programadores fossem assim, ainda hoje andávamos todos a programar em COBOL. Já à uma porrada de anos que a W3C diz que o standart web para a construção de páginas é XML/CSS mas a cambada ainda anda toda agarrada ao HTML, com o flash vs SVG é a mesma coisa, arre isto já chateia.

    "Para mim a tecnologia é como as tangerinas, na medida em que não consigo fazer uma analogia decente sobre nenhuma das duas neste momento" Scott Adams

    Re: Exageros (Pontos:2)
    por joaorf em 19-05-04 18:34 GMT (#69)
    (Utilizador Info)
    Lê a minha outra resposta...
    Re: Exageros (Pontos:1)
    por edsonmedina em 20-05-04 2:54 GMT (#77)
    (Utilizador Info)
    Por exemplo, eu luto activamente contra o Windows Media, mas tenho o codec instalado e consigo ver conteúdo nesse formato em Linux.

    Então não lutas, certo?

    Isso é o mesmo que lutar contra as extensões proprietárias da micosoft ao javascript, mas utilizá-las.

    Re: Exageros (Pontos:2)
    por joaorf em 20-05-04 12:49 GMT (#78)
    (Utilizador Info)
    Luto enviando Email de reclamação aos sites. Luto optando por um formato Linux-friendly sempre que o site oferece o conteúdo em mais do que um formato.
    Mas se realmente tenho interesse em aceder a um conteúdo que apenas está disponibilizado em Windows Media, não me privo de o fazer. Se me privasse era porque punha as minhas preferências tecnologicas e de licença à frente do meu interesse pelo conteúdo. Ter Windows Media em Linux é uma solução para este tipo de emergências.
    Re: Exageros (Pontos:2)
    por Init em 20-05-04 14:20 GMT (#79)
    (Utilizador Info)

    Se me privasse era porque punha as minhas preferências tecnologicas e de licença à frente do meu interesse pelo conteúdo.

    Se o fizesses éra porque punhas a tua liberdade e a liberdade dos outros à frente de interesses pessoais inferiores (não vejo o que possa ser mais importante que a liberdade). Mas não o fazendo, deixo-te com a minha assinatura, pode ser que assim consigas entender...


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Exageros (Pontos:2)
    por [Cliff] em 19-05-04 13:05 GMT (#62)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com
    O suporte para SVG existe pelo menos em 3 browsers, o Mozilla, o firefox e o Amaya.
    Mentirooosooo :P Nem no mozilla 1.6 nem no Firefox 0.8. Será que me falta aqui algum "prugim"?

    ---
    Este espaço pode ser seu!
    Re:Exageros (Pontos:2)
    por Init em 19-05-04 15:46 GMT (#63)
    (Utilizador Info)
    http://www.mozilla.org/projects/svg/
    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Exageros (Pontos:2)
    por [Cliff] em 19-05-04 17:38 GMT (#66)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com
    pois, ok... tem "prugim" compilado para o RH7.1... ainda bem que tenho uma distribuição mais actual.
    Oh well, resta-me compilar o Mozilla a partir do CVS (not).

    ---
    Este espaço pode ser seu!
    Re:Exageros (Pontos:2, Informativo)
    por proibido em 23-05-04 14:31 GMT (#83)
    (Utilizador Info) http://www.semmais.com
    mais um link a ler http://www.sitepoint.com/article/csshtml-which-will-choose


    ----------------------------
    Paulo Afonso,
    semmais.com
    Perguntar a quem sabe! (Pontos:1)
    por alguem em 21-05-04 9:03 GMT (#81)
    (Utilizador Info) http://www.ladonegro.net/
    Antes de me deixar mergulhar nas opiniões pessoais, nada melhor que investigar sobre estudos da utilidade dos flashs.
    Consultei o Guru Jakob
    Flash: 99% Bad
    As conclusões que datam de 2000 foram revistas, mas não se alteraram muito.
    • o flash encoraja abusos de design
    • não respeira os alicerces da web
    • afasta-se do conceito do site
    Além disso o senhor propõe 117 design guidelines for Flash usability.
    Só 117...
    Mai nada
    Quem sou eu para duvidar de quem faz estudos de usabilidade desde que a IBM começou a usar metalinks...

    "The interest in encouraging freedom of expression in a democratic society outweighs any theoretical but unproven benefit of censorship."
    Re:Perguntar a quem sabe! (Pontos:1)
    por proibido em 24-05-04 9:13 GMT (#88)
    (Utilizador Info) http://www.semmais.com
    a quem sabe ou quem te convém..
    "o flash encoraja abusos de design" - se o webdesigner quiser e souber comete esses abusos com o flash, com o svg ou até com o html..
    "não respeira os alicerces da web" - para mim os alicerces estão ultrapassados, já não chegam para suportar a internet de hoje! E basta vre qual foi o proposito que se densenvolveram e qual o proposito que é usada hoje em dia.
    "afasta-se do conceito do site" - mais uma vez depende do webdesigner

    "Além disso o senhor propõe 117 design guidelines for Flash usability" - e quem quer fazer como deve de ser, estuda!


    ----------------------------
    Paulo Afonso,
    semmais.com
    Ehehehe... (Pontos:1)
    por grilo em 22-05-04 14:09 GMT (#82)
    (Utilizador Info)

    Este tópico é mesmo para uma festa de brasas. :)

    Denuncio já a minha posição, e concordo quase na íntegra com o que o nosso companheiro 'Init'.tem dito.

    Antes de mais, dizer que o Flash (ou SWF, que é o formato do ficheiro), é um formato fechado não é totalmente correcto. Há uma breve imprecisão, pois a Macromedia, aparentemente, lança sempre a especificação da versão anterior à mais recente (vejam por vós próprios). Pensem um pouco... de que outra forma seria possível criar conteúdo dinamicamente com, por exemplo, PHP?

    Há situações bem específicas em que Flash pode, e deve, ser utilizado. Por exemplo, uma empresa que tem um produto que o deseja demonstrar on-line. Acho perfeitamente aceitável esse tipo de situações. Agora, um site inteiramente em Flash? Um menu em Flash? Muito francamente, as pessoas odeiam coisas que se metem no caminho. Reparem nos websites de empresas grandes. A Amazon tem Flash? E a Microsoft? IBM? Slashdot? The Register? Não. Aliás, nem o próprio website da Macromedia comete esse tipo de atrocidades, e a sua utilização é, dentro de certos parâmetros, aceitável (eles também têm de vender o seu peixe, não é?). Então, que fundamento há para utilizar Flash no website? Aquele que já referi, de outra forma é uma pura ilusão.

    Os maiores (e mais visitados) sites na internet não utilizam Flash, por causa dos inúmeros defeitos. É mais pesado que HTML+CSS, é uma atrocidade para a usabilidade, é um formato binário, a especificação nem sempre está disponível para todos e não é livre. O que faz com que um website tenha visitantes, não são os bonecos: é o conteúdo, e creio que é este ponto que os webdesigners (ou os que se consideram como tal) estão constantemente a esquecer-se. Um design bonito, vale uma visita. Um conteúdo de jeito vale mil.

    Em conclusão, se acham mesmo que é necessário utilizar Flash, experimentem pelo menos dar uma olhadela no SVG. Mal por mal, sempre é um formato aberto, e terá uma adopção massificada dentro de muito pouco tempo. Aproveitem agora e não esperem que o Futuro seja Passado.


    Re:Ehehehe... (Pontos:1)
    por proibido em 24-05-04 8:55 GMT (#84)
    (Utilizador Info) http://www.semmais.com
    penso que falam de cor, e estão semrpe a pegar no mesmo defeito..
    a usabilidade ou o design ou conteudo ou etc não tem nada a ver com o flash mas sim com o webdesigner, portanto apontar estes pontos nesta conversa penso que é meramente desperdicio.. inventar desculpas.
    o que é um facto é, html e css nunca consigueram fazer o que o flash consegue. O que é que o flash faz e não o html/css?
    1. liberdade
    2. enorme interactividade
    3. grande controlo
    4. integração com outros formatos
    5. uso de qq tipo de fonte
    6. metodologia de frames
    7. stand-alone movies, ou seja a realização de pequenos filmes para apresentações .. etc
    8. não precisamos de reload, ou seja enviar e receber pedidos GET/POST etc sem ter que recarregar a página


    além disto á bastantes capacidades do flash que muitos de voçês desconhecem como por exemplo a possiblidade do uso de css, desenvolvimento de robots para os moteres de procura a percorrer conteudos de sites flash, xml, librarias partilhadas..

    depois qualquer coisa falam logo do SVG, lol, o SVG é demasiado primário e mesmo assim demasiado complicado além de os plugins que andam por ai serem uma autentica porcaria em questoes de tamanho..senão experimentem como ue fiz antes de falar.

    por mais estran ho que vos possa parecer, a internet já não é o que era no "vosso tempo". Por vezes parece-me que isto é mais um conflito de gerações que mais nada, que o que custa é perceberem que o tempo muda e se devem adptar ao mesmo.. tal como pais e filhos.

    parte do conteudo foi baseada neste artigo


    ----------------------------
    Paulo Afonso,
    semmais.com

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]