gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Microsoft multada por abuso de posição na EU
Contribuído por vd em 24-03-04 12:35
do departamento your-turn-now
Europa "A Comissão conclui a investigação relativa à Microsoft e impõe-lhe medidas de correcção destinadas a alterar o seu comportamento, bem como uma coima.
A Comissão Europeia concluiu, após uma investigação de cinco anos, que a Microsoft Corporation infringiu o direito da concorrência da União Europeia ao ter abusado da sua situação de quase monopólio no mercado de sistemas operativos para PC a fim de restringir a concorrência nos mercados de sistemas operativos de servidores para grupos de trabalho e de leitores de media.
Uma vez que o referido comportamento ilegal ainda não cessou, a Comissão ordenou que a Microsoft divulgasse aos concorrentes, no prazo de 120 dias, as interfaces necessárias para que os seus produtos possam "dialogar" com o sistema operativo Windows omnipresente.
A Microsoft deve igualmente, no prazo de 90 dias, propor uma versão do seu sistema operativo Windows sem o "Windows Media Player" aos fabricantes de PC (ou aquando da sua venda directa aos utilizadores finais).

Além disso, é imposta uma coima de 497 milhões de euros à Microsoft por esta empresa ter abusado do seu poder de mercado na UE. "

Assim começa o comunicado de imprensa do Comissário Europeu da Concorrência Mario Monti, sobre um processo que é uma grande machadada na Microsoft. O processo começou à 5 anos, quando a Sun apresentou uma queixa contra a Microsoft, por a mesma não ter fornecido informações sobre a forma de comunicação de dispositivos multimédia e o sistema operativo.

Detalhes no Comunicado.

IBM coloca Linux na BANCA | Uma no cravo, outra na ferradura  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Comunicado
  • Mais acerca Europa
  • Também por vd
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Adiamento! (Pontos:2)
    por 4Gr em 24-03-04 13:00 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    O único problema é que a Microsoft pode, e vai apelar no tribunal Europeu de Luxemburgo e adiar esta decisão por um período máximo de 5 anos :-(

    Dominus vobiscum
    Re:Adiamento! (Pontos:2)
    por Cyclops em 24-03-04 13:07 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Isso não é um problema. O problema é que esta decisão é extremamente favorável à Microsoft.
    Re:Adiamento! (Pontos:2)
    por smsp em 24-03-04 18:40 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Como assim?

    «You cannot steal a gift, which is what code released under the BSD license is.»

    Re:Adiamento! (Pontos:2)
    por Init em 24-03-04 18:57 GMT (#18)
    (Utilizador Info)

    Porque apenas é obrigada a licenciar a documentação, no entanto o licenciamento pode ser proprietário, não gratuito e com condições que podem simplesmente ser não aceitaveis para grande parte da concorrência, o facto de também poder cobrar royalties pelo licenciamento de patentes significa que os projectos de Software Livre continuaram a ser prejudicados.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:Adiamento! (Pontos:2)
    por Cyclops em 24-03-04 19:23 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    Porque a decisão não afecta grandemente a Microsoft.

    a) a multa é só se não cumprirem as condições
    b) o valor não é muito elevado (100 milhões de contos não é assim tanto quanto isso)
    c) as condições permitem-lhes cobrar licenças pelo acesso à informação e pela implementação na maioria dos casos

    Em que é que isto é mau? A única coisa a que são obrigados é a ter um programa de licenciamento das suas patentes... olha coitadinhos, foram tããão punidos...
    Re:Adiamento! (Pontos:1)
    por A Gaja em 24-03-04 21:13 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    De facto, a medida não lhes irá trazer grande mal....
    Re:Adiamento! (Pontos:2)
    por Cyclops em 24-03-04 23:43 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    a) a multa é só se não cumprirem as condições
    Chocado com o resto (que é muito grave), interpretei mal esta parte. A multa paga-se de qualquer das formas.
    Re:Adiamento! (Pontos:1)
    por Perky_Goth em 27-03-04 0:22 GMT (#48)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    c) as condições permitem-lhes cobrar licenças pelo acesso à informação e pela implementação na maioria dos casos

    mas alguém o disse directamente ou é verdade? tudo o que vi foram suposições...
    -----
    Como isto não notifica, se necessário notifiquem-me email.
    Que Bush vos abençoe.
    Re:Adiamento! (Pontos:1, Despropositado)
    por Cyclops em 27-03-04 1:08 GMT (#54)
    (Utilizador Info)
    Read The Fscking PR :)

    Está lá tudo dito! Resta esperar pelo documento oficial para ver se não terá sido um exagero de PR (mas duvido muito).
    RAND! (Pontos:2)
    por Cyclops em 24-03-04 13:06 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    Eis mais uma vez um exemplo de como se faz parecer que se fez algo, quando nada se fez.

    A punição é:

    muito semelhante à dos EUA e só se não for cumprida, é que vem a multa de quase 500 milhões de EUR:

    Na medida em que algumas destas informações em matéria de interfaces podem ser protegidas por direitos de propriedade intelectual no Espaço Económico Europeu(6), a Microsoft poderá solicitar uma remuneração razoável. A obrigação de divulgar estas informações incide unicamente sobre a documentação em matéria de interfaces e não abrange o código-fonte Windows, uma vez que tal não é necessário para assegurar o desenvolvimento de produtos interoperáveis.
    Ou seja, projectos como o SAMBA, AbiWord, OpenOffice, entre outros continuam na mesma situação dadas as milhares de patentes de software da Microsoft.

    Parabéns Comissão Europeia, obrigado por nada mais uma vez!
    Re:RAND! (Pontos:0, Despropositado)
    por Mindstorm em 24-03-04 13:12 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.mndnet.org/
    Pior que a dos estados unidos é dificil :) E estavas à espera que tornassem o windows open-source?
    Mindstorm
    Re:RAND! (Pontos:2)
    por Init em 24-03-04 13:49 GMT (#5)
    (Utilizador Info)

    Eu não! Mas esta decisão tal como a dos EUA é atirar areia para os olhos, não tem qualquer influência sobre as actividades ilicitas da m$.

    A menina m$ portou-se mal!
    Má menina! Má menina!
    Não sabe que se não se pode deixar apanhar?
    Vá já pro seu quarto de castigo por 5 minutos com serviço de quartos gratuito.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:RAND! (Pontos:2)
    por PRE em 24-03-04 14:04 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://psantos.net
    Eu acho que este processo era só devido ao Media Player... naturalmente não poderia abranger as supostas actividades ilicitas da Microsof... Agora a Microsoft é o bastião do crime organizado, não sabia. Acho que é simplesmente uma empresa a fazer o seu papel. Se tem atitudes anti-concorrência então tem de pagar por isso, que foi o que aconteceu (ou acontecerá caso o recurso não lhe seja favorável).

    Uma pergunta ao Init e ao Cyclops: O que era para vocês um bom "castigo" para a Microsoft?
    _____________________
    Pedro Santos :: psantos.net :: blog

    Re:RAND! (Pontos:2)
    por Cyclops em 24-03-04 14:11 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    Se tem atitudes anti-concorrência então tem de pagar por isso, que foi o que aconteceu (ou acontecerá caso o recurso não lhe seja favorável).
    Acontece que não foi isto que aconteceu. A Microsoft apenas terá de pagar uns "miseráveis" 100 mil contos (reparem que o valor não é assim tão grande como isso quando colocado em perspectiva com jackpots do Totoloto) se não colocar a informação necessária à interoperabilidade.

    E é neste último ponto que está a cauda do gato!

    É que há uma excepção... onde tiverem patentes de software, podem cobrar pela licença (mas tem de passar a existir), o que é incomportável para o único concorrente viável: o Software Livre
    Re:RAND! (Pontos:1)
    por tiagoskid em 24-03-04 15:55 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Uma pequena correcção, 500 milhoes de euros sao 100 milhoes de contos e nao 100 mil contos.. nao parece no entanto uma multa MUITO pesada para uma empresa das dimensoes da Microsoft..
    Re:RAND! (Pontos:1)
    por tonidosimpostos em 24-03-04 16:05 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Eles tem 52 bilioes ou mais de dolares no banco, parado a render, portanto 500 milhoes de euros sao pura e simplesmente trocos :)

    Mister ToniDosImpostos
    "O software é como as mulheres, se não sabes, não MEXAS !"
    (c) ME, 2004!
    Re:RAND! (Pontos:2)
    por Cyclops em 24-03-04 23:46 GMT (#26)
    (Utilizador Info)
    Sim, foi uma gralha. Noutros lados tenho isso corrigido, penso eu.
    Re:RAND! (Pontos:2)
    por Cyclops em 24-03-04 14:14 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Uma pergunta ao Init e ao Cyclops: O que era para vocês um bom "castigo" para a Microsoft?
    Na minha opinião, forçar a publicação completa e detalhada, royalty free, de todos os protocolos/formatos de documento existentes agora e no futuro seria, talvez, uma boa punição.

    Em caso de incumprimento, deveria sofrer duras penas no espaço Europeu, que podem ser várias coisas, desde perder quaisquer regalias fiscais ou mesmo ver os impostos aumentados, até à proibição de mercado durante X anos.
    Re:RAND! (Pontos:2)
    por Init em 24-03-04 15:34 GMT (#10)
    (Utilizador Info)

    Um bom castigo:

  • Reembolso de todos os prejuizos causados directamente aos concorrentes durante todo o tempo de incumprimento da lei.
  • Reembolso de todos os prejuizos directos causados, aos clientes.
  • Pagar uma uma multa cujo dinheiro, seria para pagar todos custos da judiciais (incluindo investigação), e para serem atribuidos subsidios para investigação aos concorrentes, clientes e ao publico em geral de forma a haver alguma compensação pelos prejuizos indirectos.
  • Publicação de toda documentação sobre protocolos e API's de forma gratuita e sem qualquer restrição.
  • Obrigar a m$ aceitar devoluções e consequentes reembolsos.
  • Proibir a distribuição integrada de software de forma a que prejudique a inter-operatibilidade e o bom funcionamento do software da concorrência.
  • Impedir chantagem com o OEM's de forma a que estes não possam vender versões do window$ com software da concorrência.
  • Publicar ferramentas eficazes de forma a que acabe todo o lock-in, como por exemplo ferramentas para conversão de formatos proprietários para formatos standard, que devem ser de livre re-distribuição.
  • Pagar todos os custos de migração dos clientes que queiram migrar para soluções não m$ que cumpram standards (para a solução mais barata possivél se quisesse uma mais cara o cliente teria de pagar a diferença).
  • Para já penso que estes termos parecem-me justos, se me lembrar de mais alguma coisa acrescento.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:RAND! (Pontos:2)
    por mpinho em 24-03-04 15:46 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Gostei ! Mas é mais fácil o linux derrubar a M$ no desktop de vez do que isso acontecer.

    Para mim bastava:
    - Obrigar os OEMs a destacar o preço dos softwares na venda dos computadores e dar a opção de descontou ou reeembolso caso o cliente não queira adquirir nenhum dos softwares.

    - Obrigar a M$ a publicar em sua homepage o preço das licenças OEM para cada faixa de quantidades adquiridas. Assim o preço não ficaria "de acordo com a cara do freguês" e evitaria retaliações contra OEMs.

    - Obrigar a M$ a que todos esses softwares embutidos no Windows pudessem ser removidos durante e/ou após a instalação. Os softwares maiores como o IE e o Windows media player teriam reembolsos caso o OEM preferisse adquirir um software concorrente. Poderia até vir junto do Windows, mas os OEM deveriam ter o direito de reembolso caso não usasse esses programas.
     
    - Obrigar a publicação de toda documentação sobre protocolos e APIs de forma gratuita e sem qualquer restrição. Caso houvesse qualquer dúvida ou suspeita, uma empresa ou desenvolvedor deveria poder ver o código-fonte (assinando um termo de responsabilidade, para evitar cópias descaradas).
    Re:RAND! (Pontos:1)
    por tonidosimpostos em 24-03-04 16:06 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    LOL !

    Mister ToniDosImpostos
    "O software é como as mulheres, se não sabes, não MEXAS !"
    (c) ME, 2004!
    Re:RAND! (Pontos:2)
    por Gimp em 24-03-04 17:40 GMT (#15)
    (Utilizador Info)
    Pagar uma multa de 1 milhão de euros por cada utilizador chato de windows.


    "No comments"

    Re:RAND! (Pontos:1)
    por tonidosimpostos em 24-03-04 18:39 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    O facto de também utilizar Linux dá direito a um desconto ?

    Mister ToniDosImpostos
    "O software é como as mulheres, se não sabes, não MEXAS !"
    (c) ME, 2004!
    Re:RAND! (Pontos:2)
    por Gimp em 25-03-04 14:01 GMT (#36)
    (Utilizador Info)
    Nestes casos s Micro distribuía o mal pelas aldeias :-). O teu caso é deveras estranho. Nao sei se os tais 140 servidores com linux que geres foram adquiridos a expensas do teu bolso, mas mesmo que fosse assim, se gostas tanto de windows, porque é que são uma minoria no teu trabalho? Não espero que digas o porquê, porque isso não me diz respeito e concerteza é matéria confidencial, mas que é estranho lá isso é...


    "No comments"

    Re:RAND! (Pontos:2)
    por fhc em 25-03-04 14:33 GMT (#37)
    (Utilizador Info)

    Não estás tu a ver que o Toni usa Linux, e está feliz com ele, mas tomou a peito a tarefa de contrabalançar as opiniões pró-Linux do Gildot. Assim mesmo, contrapõe-se à nossa inteligência e de alguma forma compensa a justiça dos nossos argumentos.

    Agora sei o que é ser o «advogado do diabo». Vossa Reverência Cardeal Dom António encontra-se numa situação que todos nós, no Gilgot, detestaríamos: a de remar contra a razão, compensando a verdade do que dizemos com outra coisa qualquer.

    Francisco Colaço


    Re:RAND! (Pontos:2)
    por Gimp em 25-03-04 15:50 GMT (#39)
    (Utilizador Info)
    Caro Francisco, levar tão a peito as opiniões dele e do género, só faz mal à saúde ;-).


    "No comments"

    Re:RAND! (Pontos:1, Despropositado)
    por leitao em 25-03-04 16:06 GMT (#41)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/blog/
    Vossa Reverência Cardeal Dom António encontra-se numa situação que todos nós, no Gilgot, detestaríamos: a de remar contra a razão, compensando a verdade do que dizemos com outra coisa qualquer.

    Nao sabia que o Gildot era a fonte da verdade, razao e justica... "I'll bear that in mind".


    "I triple guarantee you, there are no American soldiers in Baghdad.", Mohammed Saeed al-Sahaf, Iraqi Minister of Information

    Re:RAND! (Pontos:2)
    por Gimp em 26-03-04 10:57 GMT (#46)
    (Utilizador Info)
    Eu tradutor automático aqui para o Nuno s.f.f, que o rapaz últimamente anda com tiradas pró anglo-saxónico...


    "No comments"

    Re:RAND! (Pontos:1)
    por Perky_Goth em 27-03-04 0:25 GMT (#49)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    "I triple guarantee you, there are no Windows Dektops in my house.", Mohammed Saeed al-Sahaf, Iraqi Minister of Information
    -----
    Como isto não notifica, se necessário notifiquem-me email.
    Que Bush vos abençoe.
    Re:RAND! (Pontos:1)
    por tonidosimpostos em 26-03-04 2:33 GMT (#44)
    (Utilizador Info)
    Se fosses um bocadinho mais inteligente daquilo que tentas transparecer com a tua retórica afinadinha, não farias um comentário tão palerma como este.

    Mister ToniDosImpostos
    "O software é como as mulheres, se não sabes, não MEXAS !"
    (c) ME, 2004!
    Re:RAND! (Pontos:1)
    por tonidosimpostos em 26-03-04 2:32 GMT (#43)
    (Utilizador Info)
    Alguma vez disse que nao usava Linux ? Deves andar a ler muitoooo mal mesmo. Os 140 servidores de Linux, sou o administrador deles e recomendo que se use ou Linux ou FreeBSD, dado que é essa a função para a qual reconheço o potencial do Linux. Para desktop prefiro de longe o Windows. Por acaso, o Windows é uma minoria no meu trabalho, dado que posso comprovar que são uma verdadeira mina de problemas, no entanto, essa mina de problemas tem tido raíz na incompetência dos administradores da secção de NT (não, não faço a administração dos Windows).
    Para te responder, os Linux sao maioria, porque a sua eficiência no nosso caso específico é superior . Eu nunca disse o contrário disto. Apenas sou contra essa ideia de que o Linux seja o salvador do mundo, porque não é !

    Mister ToniDosImpostos
    "O software é como as mulheres, se não sabes, não MEXAS !"
    (c) ME, 2004!
    Re:RAND! (Pontos:2)
    por Gimp em 26-03-04 10:51 GMT (#45)
    (Utilizador Info)
    Se lesse mal não indicava o número (140) que tu anteriormente forneceste, e fui muito específico quando perguntei porque não usavas windows (implicíto) nos servidores. O que foi que li mal? Mas já agora, se eu achar que o linux é o salvador do mundo, alguém tem alguma coisa a ver com isso? Se eu frequento um fórum em que a frase de entrada é "Linux e não só", e disto eu subentendo 90% linux e 10% resto", porque não vou dizer que o linux é a melhor coisinha que se inventou depois das Oreo? Que tu sejas contra o que quer que seja, alguém tem que gramar essas lamúrias neste fórum? Porque não o fazes num dos milhentos dedicados ao windows? Eu não sou besugo ao ponto de chatear seja quem fôr por usar windows (e uma grande percentagem é perna-de-pau) e que diz que é muita bão!


    "No comments"

    Re:RAND! (Pontos:1)
    por tonidosimpostos em 26-03-04 17:26 GMT (#47)
    (Utilizador Info)
    Podes dizer o que te apetecer daí a teres razão é que a distância pode ser muito grande. Por mim podes ler o que te apetecer, e eu posso escrever o que me apetecer enquanto estiver consagrada essa liberdade e enquanto for legal tal acto. Se nao gostas, não lês. É uma solução muito simples !

    Mister ToniDosImpostos
    "O software é como as mulheres, se não sabes, não MEXAS !"
    (c) ME, 2004!
    Re:RAND! (Pontos:2)
    por leitao em 24-03-04 22:16 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/blog/
    Reembolso de todos os prejuizos causados directamente aos concorrentes durante todo o tempo de incumprimento da lei.

    E medias isso como ?

    Reembolso de todos os prejuizos directos causados, aos clientes.

    E medias isso como ?

    Pagar uma uma multa cujo dinheiro, seria para pagar todos custos da judiciais (incluindo investigação), e para serem atribuidos subsidios para investigação aos concorrentes, clientes e ao publico em geral de forma a haver alguma compensação pelos prejuizos indirectos.

    E medias isso como ?

    Pagar todos os custos de migração dos clientes que queiram migrar para soluções não m$ que cumpram standards (para a solução mais barata possivél se quisesse uma mais cara o cliente teria de pagar a diferença).

    E medias isso como ?

    Em resumo -- fica-te pelo software livre que de justica nao percebes nada...


    "I triple guarantee you, there are no American soldiers in Baghdad.", Mohammed Saeed al-Sahaf, Iraqi Minister of Information

    Re:RAND! (Pontos:2)
    por 4Gr em 24-03-04 22:25 GMT (#22)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    Sim, claro, até porque quando se pedem indeminizações, há um instrumento exacto de medição.

    "Ora, caiu-me café quente em cima das pernas enquanto conduzia, queimou-me as pernas.. o café vinha quente de mais. Quero $300k dólares da McDonalds"

    Isto é verídico e aconteceu. Mas não é preciso ir tão longe. Basta ver diariamente os telejornais e ver as indeminizações totalmente desaquadas que são dadas.

    Logo, não era preciso medir, bastava estipular.

    Em resumo, fica-te pela Microsoft que de justiça não percebes nada...

    Dominus vobiscum
    não exageres (Pontos:1)
    por edsonmedina em 24-03-04 23:51 GMT (#27)
    (Utilizador Info)
    "Ora, caiu-me café quente em cima das pernas enquanto conduzia, queimou-me as pernas.. o café vinha quente de mais. Quero $300k dólares da McDonalds"

    Por acaso até foram $480k, mas não foi tão simples assim. Foram queimaduras de terceiro grau.

    aqui tens o história completa:
    http://en.wik ipedia.org/wiki/Stella_Liebeck_v._McDonald's_Corporation
    Re:não exageres (Pontos:1)
    por Perky_Goth em 27-03-04 0:27 GMT (#50)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    e para quem não quer ler, a mcdinheiro vendia o café muito acima da temperatura permitida, MESMO DEPOIS DE TER SIDO AVISADA.

    -----
    Como isto não notifica, se necessário notifiquem-me email.
    Que Bush vos abençoe.
    Re:RAND! (Pontos:2)
    por leitao em 25-03-04 0:19 GMT (#28)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/blog/
    Logo, não era preciso medir, bastava estipular.

    Estipular funciona no caso de se tratar de um caso individual, e mesmo ai, esse estipulo tem que se basear em perdas financeiras directas ou perdas futuras onde o dano nao seja subjectivo -- no exemplo da Microsoft, como e' que farias o mesmo ? Cada visado "estipulava" a compensacao adequada ?

    Em resumo, fica-te pela Microsoft que de justiça não percebes nada...

    Nao percebo muito de Microsoft, mas ao menos sempre percebo de alguma coisa.


    "I triple guarantee you, there are no American soldiers in Baghdad.", Mohammed Saeed al-Sahaf, Iraqi Minister of Information

    Re:RAND! (Pontos:2)
    por 4Gr em 25-03-04 9:32 GMT (#33)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    Quanto ao post inicial, não estipulava aquelas indemenizações, embora a vontade fosse muita :-)

    Obviamente que teriam de ser valores estipulados por uma entidade única, neste caso, a comissão europeia, como quando tu pedes uma indeminização por danos morais é com base em quê? Na morte da bezerra?

    Nao percebo muito de Microsoft, mas ao menos sempre percebo de alguma coisa.

    Ao menos admites que percebes alguma coisa. Sabes, este fanatismo anti-Microsoft levou-me a percorrer sites e sites e a procurar/discutir informação sobre a empresa em causa.. aprendi muita coisa entretanto, sugiro-te o mesmo, talvez não fiques tão parcial como és agora.

    Dominus vobiscum
    Re:RAND! (Pontos:1)
    por Perky_Goth em 27-03-04 0:29 GMT (#51)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    dear god, e pagavas como aos utilizadores? como sabias os que tinham windows? ou davas descontos nos PCs?
    isso é irreal e desncessário. o dinheiro é o menos, a liberdade é que conta.
    -----
    Como isto não notifica, se necessário notifiquem-me email.
    Que Bush vos abençoe.
    Re:RAND! (Pontos:1)
    por tonidosimpostos em 25-03-04 2:10 GMT (#30)
    (Utilizador Info)
    Tu és o Enginheiro maravilha ! Até de Direito percebes a potes. Agora já percebes de critérios de fixação de indemnizacao, mas no entanto confundes o Direito Cível que se pratica pelos lados dos EUA com o que se pratica pelos lados da Europa. Realmente ÉS O MAIOR ! Mas no final de contas, quem nao percebe mesmo nada és tu...

    Mister ToniDosImpostos
    "O software é como as mulheres, se não sabes, não MEXAS !"
    (c) ME, 2004!
    Re:RAND! (Pontos:2)
    por Init em 25-03-04 11:14 GMT (#34)
    (Utilizador Info)

    Eu não disse que percebia de direito, apenas conheço algumas leis. Direito e justiça nem sempre são a mesma coisa e eu falei em justiça.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:RAND! (Pontos:2)
    por Init em 25-03-04 0:31 GMT (#29)
    (Utilizador Info)

    Como é que eu media? Eu não media, nem me cabe a mim medir. Caberia a quem está afectado apresentar um valor e provas e ao tribunal confirmar a veracidade e o valor, ou mudar o valor.

    De justica, talvês não perceba, já de justiça talvês saiba alguma coisa.

    Todos os dias os tribunais condenam ao pagamento de indmenizações e coimas de certo que eles têm os mecanismos para fazer isso.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:RAND! (Pontos:1)
    por tonidosimpostos em 25-03-04 2:11 GMT (#31)
    (Utilizador Info)
    Olha que esses mecanismos nao sao assim tao claros como água e nao sao assim tao fáceis de medir/quantificar. Ha casos em que é impossível quantificar.

    Tipo, queres quantificar qual é o suposto prejuízo que a MICROSOFT impôs à Humanidade ao longo destes anos todos ? Ora chuta lá um valor, e depois faz uma justificação detalhada de cada cêntimo. Pois... bem me parecia que nao vais longe ;)

    Mister ToniDosImpostos
    "O software é como as mulheres, se não sabes, não MEXAS !"
    (c) ME, 2004!

    Re:RAND! (Pontos:2)
    por Init em 25-03-04 11:23 GMT (#35)
    (Utilizador Info)

    Olha que esses mecanismos nao sao assim tao claros como água e nao sao assim tao fáceis de medir/quantificar. Ha casos em que é impossível quantificar.

    Não disse que éram, até porque não os conheço.
    Nos casos em que fosse impossivél medir quantificar tudo, far-se-ia o que fosse possível. Eu não exijo o impossível, apenas o possível.

    Não, não quero quantificar todo o prejuizo, porque não me cabe a mim, porque não o sei fazer e porque nem sequér foi isso que propus, o que propus é que haja alguma compensação, razoável.
    Caramba se a comissão quer cobrar uma multa algum mecanismo teve para estipular o valor, não deve ter simmplesmente ter atirado um valor à sorte.

    Já agora como já foi dito antes, como é que se existem casos de compensação por danos morais, que é algo extremamente subjectivo, porque é que não se pode fazer compensação pelos danos materiais que se provarem ser causados pela m$?


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:RAND! (Pontos:2)
    por fhc em 25-03-04 14:37 GMT (#38)
    (Utilizador Info)

    É simples, Toni. Se a cada idiota que defende o Tio Bill sem razão adicionarmos as horas perdidas pelas secretárias no Solitaire e o número de pessoas que estão envolvidas em corrigir erros básicos de software do Windows, podemos inferir que é devida à humanidade a mesma soma em que valoras a tua inteligência, subtraída pelo que ela realmente vale. Isto é: a Microsoft teria que se dissolver e ainda o Bil teria de pedir esmola para pagar o resto da multa.

    Francisco Colaço


    Re:RAND! (Pontos:0, Despropositado)
    por tonidosimpostos em 26-03-04 2:26 GMT (#42)
    (Utilizador Info)
    Realmente o Linux nao tem erros básicos. Hihihihihihihihihihihihih

    Mister ToniDosImpostos
    "O software é como as mulheres, se não sabes, não MEXAS !"
    (c) ME, 2004!
    Re:RAND! (Pontos:1)
    por Perky_Goth em 27-03-04 0:33 GMT (#52)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    pegas no dinheiro perdido em vírus, trojans e porcarias que atrasam a rede e negócios, no dinheiro que se perdeu com patches que foderam o sistema e tiveram que ser retirados.
    pois, não são culpa da ms... tirando o facto de que instituiu uma cultura de segurança completamente laxiva.

    já agora, o dinheiro perdido quando as pessoas queriam trabalhar mas o office insistia em ser registado... outra e outra e outra e outra e outra vez...
    -----
    Como isto não notifica, se necessário notifiquem-me email.
    Que Bush vos abençoe.
    Re:RAND! (Pontos:3, Informativo)
    por Cyclops em 24-03-04 14:05 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Se faz favor lê o link para o site da Comissão Europeia.

    A punição nos EUA equivale a uma palmada nas costas e não voltem a repetir.
    A punição na UE é igual, mas se ainda assim não a cumprirem pagam quase 500 milhões de EUR.

    Ninguém sequer está a falar do código fonte... eles estão a referir-se a patentes de software (chamam-lhe propriedade intelectual, e no link diferenciam -- e bem -- do acesso ao código fonte), uma vez que com direito de autor (o que afecta o código fonte) já tens possibilidade de interoperabilidade sem perguntar nada a ninguém desde que haja documentação ou seja simples.

    O único "elemento" no mercado com viabilidade de concorrer à Microsoft é o Software Livre, e contudo é colocado de fora na perspectiva da punição da Comissão Europeia através de licenças RAND (reasonable and non discriminatory), que se traduz por: forçar a disponibilizar licenças (mas não royalty free, ou seja com custo por instância) para implementar coisas como o CIFS (essencial para o SAMBA).
    Re:RAND! (Pontos:2)
    por Cyclops em 24-03-04 23:45 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    A punição na UE é igual, mas se ainda assim não a cumprirem pagam quase 500 milhões de EUR.
    E a minha pena por ter lido mal esta parte é repetir que li mal esta parte, e que a multa é para ser paga em qualquer dos casos.
    Re:RAND! (Pontos:2)
    por Gimp em 25-03-04 16:04 GMT (#40)
    (Utilizador Info)
    Um artigo no The Register com comentários do Jeremy Allison, do SAMBA project, e de Eben Moglen, advogado da FSF, vai de encontro às palavras do Cyclops. Escusado será dizer que a vontade que tenho é dar um valente chuto no fundo das costas de quem faz parte da Comissão...


    "No comments"

    Re:RAND! (Pontos:2)
    por Cyclops em 24-03-04 23:44 GMT (#24)
    (Utilizador Info)
    muito semelhante à dos EUA e só se não for cumprida, é que vem a multa de quase 500 milhões de EUR:
    My mistake. A multa deve ser paga de qualquer das formas.
    Aproveitar a decisão (Pontos:2)
    por vaf em 25-03-04 4:06 GMT (#32)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/users/vaf12086/
    Esta decisão não peca propriamente por defeito, peca mais por ingenuidade. O seu objectivo inicial é forçar a interoperabilidade, só que tenta atingi-lo de uma forma tosca que pode vir a ter efeitos contraproducentes.

    Concordo com bastantes medidas que foram propostas como sendo "castigos justos" para a MS, embora isso seja uma discussão que em termos práticos não nos vai levar a lado nenhum, infelizmente. Mas o que eu acho que era verdadeiramente importante é fazer a comissão perceber que, se esta empresa em particular chegou até este ponto, em que abusou do mercado da forma que quis por ter uma posição dominante, isso devia ajudar-nos a perceber (mais que a multar) como poderemos ajustar a legislação do sector.

    É que a MS foi apenas a empresa que melhor soube aproveitar o sistema (jurídico e económico) actual. Por muito asco que lhe tenhamos, temos de reconhecer isso. O problema não está na empresa que foi mais longe, está no sistema que o permitiu e é isso que tem de ser entendido. Depois de se ter percebido que há coisas que não estão bem, importa mais que multar, modificar as condições que nos trouxeram a este ponto.

    A questão da interoperabilidade é apenas uma de entre muitas outras que na minha opinião constituem entraves à verdadeira competição e desenvolvimento, que devem ser defendidos pelo poder legislativo.

    Ou seja, aprenda-se com a situação e com a multa (causas passadas e efeitos futuros) e reformule-se a legislação, mas de uma forma que valha para todos porque se hoje é a Microsoft, amanhã pode ser outra.
    Re:Aproveitar a decisão (Pontos:1)
    por Perky_Goth em 27-03-04 0:34 GMT (#53)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    acima de tudo, amanhã pode ser a microsoft outra vez...
    -----
    Como isto não notifica, se necessário notifiquem-me email.
    Que Bush vos abençoe.
    ?????? (Pontos:1)
    por sergiol em 29-03-04 20:33 GMT (#55)
    (Utilizador Info)
    Multa desnecessária. Quem é que utiliza um leitor de media tão estúpido como o WMP, quando há programas muito mais inteligentes (Winamp, Jet audio, Itunes, Freeamp,...)?
    Sérgio

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]