gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
XI Semana Informática do IST
Contribuído por jmce em 07-03-04 10:22
do departamento em-cima-do-acontecimento
press release XI Semana Informática escreve "A XI Semana Informática do Instituto Superior Técnico (I.S.T.) decorrerá na semana de 8 a 12 de Março de 2004 e irá focar o tema `Informática: Trabalho & Lazer'. Objectivos: Divulgação e debate do mercado das tecnologias de informação que marcam a actualidade nacional e internacional e a informática no geral, abordando temas relacionados com o quotidiano dos portugueses." [pormenores no desenvolvimento]

Local

Instituto Superior Técnico (Campus da Alameda, Av. Rovisco Pais, Lisboa).

Organização

Alunos finalistas da Licenciatura em Engenharia Informática e Computadores do I.S.T..

Descrição do evento

Ciclo de Conferências, que ocorrerão das 10 às 18 horas no Centro de Congressos do I.S.T. onde empresas e entidades de referência em Portugal na área da Tecnologia Informática marcarão presença. Algumas empresas presentes: Safira; Sony; Portugal Telecom; Deloitte; OutSystems; Novabase; Pararede e IBM.

Exposição de Tecnologia Informática, no átrio do Pavilhão Central do I.S.T. onde estarão presentes algumas empresas de relevo no panorama nacional das tecnologias informáticas.

Destaques

No ciclo de conferências:

2ª Feira, dia 8: Apresentação do evento internacional ROBOCUP 2004, que se realizará este ano em Portugal.

3ª Feira, dia 9: Apresentação de orador da LINK abordando o caso "Cartão Lisboa Viva".

4ª Feira, dia 10: Conferência abordando o tema da Segurança dos Estádios no UEFA Euro2004, ministrada por um orador da Novabase; Apresentação da Safira sobre Service Oriented Architectures.

5ª Feira, dia 11: Palestra sobre Nanotecnologia, pelo convidado internacional o Prof. Aristides Requicha, Gordon Marshall Professor of Computer Science and Electrical Engineering at University of South California.

6ª Feira, dia 12: OpenDEI e Licenciatura em Engenharia Informática no IST, abordando ramos opcionais do Curso e entrega do prémio de melhor Trabalho Final de Curso.

Na exposição de tecnologia informática:

Demonstrações do novo AIBO da Sony; Apresentações de trabalhos na área da Robótica a nível nacional.

Para mais informações contactar sinfo@mega.ist.utl.pt. Ou visite http://mega.ist.utl.pt/~sinfo/ "

And now.... | Dificuldades de gestao num projecto Open Source  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • sinfo@mega.ist.utl.pt
  • http://mega.ist.utl.pt/~sinfo/
  • XI Semana Informática
  • Mais acerca press release
  • Também por jmce
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    viva (Pontos:2)
    por nbk em 07-03-04 13:59 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.mrnbk.com/
    Boas.

    "3ª Feira, dia 9: Apresentação de orador da LINK abordando o caso "Cartão Lisboa Viva"."

    Excelente oportunidade para demonstrar ao orador que o "Cartão Lisboa Viva" é um fracasso.

    @626, Nbk

    Re:viva (Pontos:2)
    por 4Gr em 07-03-04 16:18 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://www.fe.up.pt/freefeup
    Em que consiste o cartão Lisboa Viva?


    Dominus vobiscum

    "I may have invented control-alt-delete, but Bill Gates made it really famous", David Bradley, IBM Engineer
    Re:viva (Pontos:3, Informativo)
    por CrLf em 07-03-04 16:45 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    O cartão Lisboa Viva é um passe electrónico, usado actualmente pelo Metro e pela Carris e com o objectivo de passar a ser usado em todas as empresas de transportes da área de lisboa. Link

    -- Carlos Rodrigues
    Re:viva (Pontos:2)
    por CrLf em 07-03-04 16:20 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    E porquê?

    -- Carlos Rodrigues
    Re:viva (Pontos:3, Interessante)
    por racme em 07-03-04 19:34 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://www.guildsoftware.com/download.html/
    compras o teu passe combinado num posto de venda(CP) e tens de o activar em outro (metro)
    *data redundancy* *efforts duplication* *system integration*

    obrigaram todos os clientes que usam transportes publicos a mudar para o passe lisboa viva provocando um corrida ao referido cartao
    *limited resources* *interest conflits* *user formation*

    isso tudo num periodo de espaco temporal reduzido
    *system overload* *race conditions*

    e com custos todos a serem suportados pelo utente
    *migration costs* *backward incompatibility*

    sistema de bilhetica e portas nao devidamente testado ou com fortes problemas de funcionamento
    *hardware integration* *usability* *performance*

    e' normal ver pessoas penduradas, entaladas nas portas de entrada nas estacoes do metro porque ou transportam malas/sacos de viagem, porque transportam criancas consigo, ou porque sao um pouco mais oversize, ou tem simplesmente dificuldades de locomocao.

    As portas duplas (para gravidas, carrinhos de bebe, ou simplesmente pessoas q transportam criancas) estao geralmente fechadas ou desactivadas ou o mais caricato, e' estarem completamente ABERTAS por onde passam todas as pessoas colocando em causa este projecto num ponto tao simples, e para resumir este post, que e' a *SYSTEM EFFICIENCY*



    We're coming - you're leaving - and don't let the door hit you on your way out! -- jfk
    Re:viva (Pontos:2, Interessante)
    por Th0rin em 07-03-04 20:08 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    compras o teu passe combinado num posto de venda(CP) e tens de o activar em outro (metro)

    A TST (Transportes Sul do Tejo) já tem os "activadores" a funcionarem em qualquer posto de venda.

    obrigaram todos os clientes que usam transportes publicos a mudar para o passe lisboa viva provocando um corrida ao referido cartao

    Corrida? Parece que estás a falar de leilão...

    isso tudo num periodo de espaco temporal reduzido

    6 meses ou qualquer coisa do genero não é bem o que eu penso como "reduzido"

    e com custos todos a serem suportados pelo utente

    Nos primeiros meses, ainda o sistema não estava a funcionar, obter o referido cartão era à borlix

    sistema de bilhetica e portas nao devidamente testado ou com fortes problemas de funcionamento

    Ve-se uma situação ou outra, nada que não tivesse visto quando estive em frança

    e' normal ver pessoas penduradas, entaladas nas portas de entrada nas estacoes do metro porque ou transportam malas/sacos de viagem, porque transportam criancas consigo, ou porque sao um pouco mais oversize, ou tem simplesmente dificuldades de locomocao.

    Ok, admito que já vi um miudo com a cabeça entalada nas portas. Não me lembro de ter visto nada tão hilariante em Lisboa: será que a mãe pensava que a criança não tinha que pagar?


    Is this desire?
    Re:viva (Pontos:2)
    por racme em 07-03-04 22:21 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://www.guildsoftware.com/download.html/
    A TST (Transportes Sul do Tejo) já tem os "activadores" a funcionarem em qualquer posto de venda.

    eu q moro em sintra, vou a' caparica activar o meu cartao, essa e' boa queres ver.

    Corrida? Parece que estás a falar de leilão...

    estas convocado para comparecer entre os proximos dias 29,30,31,1,2 junto da estacao de metro do Campo Grande.

    PS: traz a geleira com umas jecas, cadeirinha de praia e jornal para umas horas valentes na fila

    6 meses ou qualquer coisa do genero não é bem o que eu penso como "reduzido"

    supondo q sabes o que significa ano lectivo, ferias e estações sassonais, compreenderas porque e' q estao actualmente a passar spots publicitarios sobre os transportes publicos em lisboa, os inumeros relatorios, dados estaticos do INE sobre gastos em combustiveis e preferencias no meio de transporte rodoviario de acesso a' capital, a motivacao de o santana ter abolido o dia sem carros ou simplesmente porque e' que se tem registado um maior numero de acidentes nos acessos principais, alternativos e circulares da cidade de Lisboa.

    Tudo tem uma explicacao meu caro.

    Nos primeiros meses, ainda o sistema não estava a funcionar, obter o referido cartão era à borlix

    o que levou a' forte procura, tendo como consequencia o elevado tempo de espera pelo mesmo.

    Ve-se uma situação ou outra, nada que não tivesse visto quando estive em frança

    porque tu ja o viste em França, entao e' suportavel? So faltava teres comparado a rede portuguesa com o equivalente londrino. Se todas as nossas estacoes conseguissem sequer perfazer uma linha, ja dava os parabens, idem aspas aspas para paris. A' entrada da Amadora esta' um cartaz 'a mais de 5 anos a dizer que "O metro esta a chegar!".


    Ok, admito que já vi um miudo com a cabeça entalada nas portas. Não me lembro de ter visto nada tão hilariante em Lisboa: será que a mãe pensava que a criança não tinha que pagar?


    E um cego? ou uma pessoa com deficiencia fisica ja? Pergunto se sera que e' assim tao hilariante tambem?

    Nao ha razao para suavizar a questao. Porque ha duas maneiras de fazer as coisas, ou bem ou mal. E claro que neste caso, as coisas foram mal feitas e tendo em conta o utente, nao existe qualquer vantagem deste sistema, ponto final e nao ha mais nada a argumentar sobre isso.



    We're coming - you're leaving - and don't let the door hit you on your way out! -- jfk
    Re:viva (Pontos:1)
    por Th0rin em 07-03-04 22:45 GMT (#11)
    (Utilizador Info)

    Eu como utente estou bastante satisfeito. Não sei como é nas outras estações, mas no Oriente e Alameda as coisas funcionam bem.


    Is this desire?
    Re:viva (Pontos:1)
    por Init em 08-03-04 9:12 GMT (#18)
    (Utilizador Info)

    Eu utilizo frequentemente a linha verde e para além dos problemas já indicados, ainda há o entupir dos canais de acesso nas horas de ponta, que faz com que o acesso às plataformas de embarque ou mesmo o sair da estação de metro demore pelo menos mais 5 minutos, sem equeçer as constantes falhas no sistema devido a falhas no cartão e a dificuldade de utilização por parte de idosos.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:viva (Pontos:2)
    por smsp em 08-03-04 9:29 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    O mesmo se passa na linha azul.

    Há dias estava no carro, parado no trânsito, e na rádio passou um anúncio que dizia algo do género: "está parado no trânsito? Já pensou que podia estar sentado confortavelmente, pensando apenas em chegar ao emprego?" Hoje vim de comboio e metro, em plena hora de ponta, e pensei em muito mais do que chegar ao emprego, nomeadamente em manter-me equilibrado pois não conseguia agarrar qualquer suporte, tão vasta era a multidão que ali se amontoava (e o acumular de cheiros pútridos também não ajuda ao equilíbrio...)

    «You cannot steal a gift, which is what code released under the BSD license is.»

    Re:viva (Pontos:3, Interessante)
    por CrLf em 07-03-04 20:37 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    compras o teu passe combinado num posto de venda(CP) e tens de o activar em outro (metro)

    Tanto o Metro como a Carris, os TST, a TransTejo, a Rodoviária de Lisboa, ... activam os cartões. E já agora, a CP também activa...

    obrigaram todos os clientes que usam transportes publicos a mudar para o passe lisboa viva provocando um corrida ao referido cartao
    isso tudo num periodo de espaco temporal reduzido
    e com custos todos a serem suportados pelo utente


    A distribuição do cartão Lisboa Viva já começou há mais de um ano, e o Metro fê-la gratuitamente para todos os portadores de passes multimodais (Lxxx e combinados Metro/foobar) (quer fossem ou não clientes do Metro) durante vários meses. Só não o pediu quem não quis pois já era anunciado que o objectivo era estendê-lo a outras empresas.

    Realmente quanto ao resto dou-te razão. O sistema de portas do Metro tem problemas e pelo dinheiro que custou (uma pipa de massa) já devia estar a funcionar. Mas aí tens de culpar a INDRA (cujo site nem funciona como deve ser em Mozilla, o que é curioso dado que alguns dos componentes do novo sistema -- portas, máquinas de venda, fiscalização -- do Metro baseiam-se em Linux) e não o Metro.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:viva (Pontos:2)
    por racme em 07-03-04 23:05 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://www.guildsoftware.com/download.html/
    Tanto o Metro como a Carris, os TST, a TransTejo, a Rodoviária de Lisboa, ... activam os cartões. E já agora, a CP também activa...


    Isso e' mentira, e voute explicar porque, as estacoes da Carris como da CP nao estao habilitadas, nem possuem o equipamento para fazer activacoes de cartoes. Basta ver quantas deles tem computadores. Alem disso o sistema de bilhetica é diferente. Dai nao estou a ver num futuro proximo essa situacao ser alterada, porque alem da formacao dos funcionarios implica apetrechamente e ligacao de equipamento informatico das respectivas estacoes, sendo que ainda muitas delas funcionam em barracoes ou semi-anexos.

    No caso Metro/CP porque penso ser a combinacao a que correspondem, ou estao elegiveis efectivamente quase 350 mil utentes por dia nas linhas de cascais/sintra/azambuja, segundo os dados da USGL, unidades de suburbanos da grande lisboa, a situacao que ocorre e' a que descrevi anteriormente
    compras o passe numa estacao da CP, activas numa estacao de metro. O que e' ridiculo, e' como preencher um formulario duas vezes para inserir um registo numa base de dados.

    Só não o pediu quem não quis pois já era anunciado que o objectivo era estendê-lo a outras empresas.

    Sim, nos vamos ver, quando e' q a CP vai ter todas as suas estacoes de comboios da area da grande lisboa, que sao mais de 70, completamente fechadas. Porque so apartir dai fara sentido ter um cartao que da acesso a uma estacao, a um recurso, a um meio de transporte.

    Se for, com o mesmo tipo de promesssas das cameras de video no interior das composicoes, bem podemos todos esperar alegremente sentados e contentarmo-nos com os papeis afixados:

    "Srº Passageiro se tiver a ser assaltado
    favor ligar para os seguintes numeros de telefone..."





    We're coming - you're leaving - and don't let the door hit you on your way out! -- jfk
    Re:viva (Pontos:2)
    por CrLf em 07-03-04 23:32 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Isso e' mentira, e voute explicar porque, as estacoes da Carris como da CP nao estao habilitadas, nem possuem o equipamento para fazer activacoes de cartoes.

    Todos os postos de venda de passes da Carris activam o cartão Lisboa Viva no acto da compra do selo do passe. No caso da CP não sei se são todos os postos mas muitos deles fazem-no também. O facto dos bilhetes da CP serem diferentes é irrelevante, os da RL também são diferentes e há 1 ano que eles activam também.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:viva (Pontos:2)
    por CrLf em 07-03-04 23:37 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Sim, nos vamos ver, quando e' q a CP vai ter todas as suas estacoes de comboios da area da grande lisboa, que sao mais de 70, completamente fechadas.

    É muito provável que a CP adopte o Lisboa Viva muito antes das suas estações se encontrarem fechadas. Mesmo não fazendo uso das suas funcionalidades o Lisboa Viva substituirá os cartões de passe antigos na maioria das empresas de transportes da Grande Lisboa nos próximos meses.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:viva (Pontos:2)
    por SlickFox em 08-03-04 10:06 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://mozilla.shopizzy.com
    "Isso e' mentira"

    Não é. Ninguém disse que TODOS os postos de venda, sem excepção, activavam.

    Mas posso-te garantir que compro o meu passe Lxxx e activo num posto de venda da Carris, sem sequer ir ao Metro ...

    Cumps
    Re:viva (Pontos:2)
    por SlickFox em 07-03-04 23:52 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://mozilla.shopizzy.com
    «Mas aí tens de culpar a INDRA (...) e não o Metro.»

    Mas eu compro o passe à INDRA ou ao Metro? E se uma carruagem se avariar reclamo com o Metro ou com o construtor da carruagem?

    A maior parte das críticas ao sistema são injustas, especialmente do ponto de vista puramente tecnológico. Mas existem queixas válidas ...

    Deves é ter acções do Metro ;)

    Cumps
    Re:viva (Pontos:2)
    por CrLf em 08-03-04 1:15 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    A questão é que o sistema tem muitos problemas que já vêm de origem (problemas de concepção) e que a INDRA nunca mais consegue resolver, logo a culpa é deles (e sim, também indirectamente do Metro por os ter contratado...).

    Deves é ter acções do Metro ;)

    :) O Metro não tem acções. Mas mesmo assim eu não estou a defender o Metro, até porque nunca achei o fecho da rede uma boa ideia.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:viva (Pontos:1)
    por Init em 08-03-04 9:23 GMT (#19)
    (Utilizador Info)

    Mas há mais transportadoras na àrea metropolitana só no Concelho de Loures há mais 3 grandes transportadoras rodoviarias que não activam o cartão e que nunca o faram, porque nem sequer têm pontos de venda para além de um no Campo Grande e outro na sede das empresas, a venda é feita por funcionarios que se deslocam nos autocarros e vão de paragem em paragem vender os passes. E já agora a criação de pontos de venda com as condições necessárias para estas empresas parace-me extremamente dificil devido à forma como o concelho de Loures e o concelho de Odivelas estam urbanizados.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:viva (Pontos:2)
    por CrLf em 08-03-04 12:39 GMT (#22)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Acredito que sim, no entanto a barraqueiro activa e podes comprar a eles, ou à Rodoviária de Lisboa. Não és obrigado a comprar o passe a uma empresa em especial a não ser que o passe seja um combinado e não um multimodal (e mesmo neste caso penso que todas as empresas que têm combinados com o Metro activam o Lisboa Viva, ou vão activar em breve).

    -- Carlos Rodrigues
    Re:viva (Pontos:1)
    por Init em 09-03-04 8:06 GMT (#24)
    (Utilizador Info)

    A Barraqueiro não activa! Nem a Barraqueiro nem a Isidoro. E mesmo que activem é nos unicos 2 pontos de venda que têm e que eu não uso, nem a esmagadora maioria dos seus clientes, exceptuando o do Campo Grande que tem horarios que não permite ser utilizado pela maioria das pessoas, o unico outro ponto de venda é na sede dessas empresas que fica situado em loacalidades no outro extremo das carreiras e portanto inutilizaveis para a esmagadora maioria dos clientes das empresas. Mais de 90% da venda de passes é feita por vendedores que andam nos autocarros e vão assim de paragem em paragem, sem qualquer meios tecnologicos. Presumo que a situação da Rodoviaria de Lisboa seja não muito diferente, com a diferença de ter mais pontos de venda.


    «They that give up liberty to obtain a little temporary safety, deserve neither liberty nor safety» Benjamim Franklin (1706-1790)
    Re:viva (Pontos:3, Interessante)
    por MacLeod em 07-03-04 20:48 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    compras o teu passe combinado num posto de venda(CP) e tens de o activar em outro (metro)

    Mas isto por acaso já existia com algumas transportadoras (Transtejo: compravas o passe combinado e depois ias activar mais um cartão para a Transtejo, todos os meses).

    isso tudo num periodo de espaco temporal reduzido

    Não acho que fosse assim tão reduzido. Repara, isto do cartão Lisboa viva já andava por aí há uns largos meses (antes do Verão), e só agora (Março) é que o cartão passou a ser obrigatório. Mas claro que numa atitude tipicamente portuguesa toda a gente aderiu à última da hora (ou, vendo por outro prisma, quando foi obrigada a usar o tal cartão).

    Acho que o problema está mesmo no Metro e no seu sistema de portas, com vários problemas. O principal problema que acho é a descriminação dos utentes com bilhetes (todas as portas dão para o Lisboa Viva, mas nem todas dão para bilhetes), já para não falar do mecanismo de introdução do bilhete, que devido à sua geometria não facilita a introdução do mesmo (podiam ter optado por algo como no metro de Londres, onde a ranhura com uma forma alongada em V permite introduzir o bilhete numa variedade de ângulos). Depois há problemas de comunicação (algumas portas funcionam, outras não). Um problema paralelo (mas não da responsabilidade do Metro) são os users estúpidos. Quem não viu já várias vezes pessoas a tentarem passar em portas que têm um grande X vermelho por cima? Ou passarem o cartão/bilhete numa porta e decidirem ir para outra (isto faz com que a porta fique aberta, mas se alguém do outro lado decidir passar por lá, fica mesmo entalado com alguma violência).

    Por isso é que as portas mais largas estão quase sempre abertas: para deixar passar as pessoas que têm dificuldade em usar os títulos de transporte para abrir as portas (e também para escoar o fluxo de pessoas mais rapidamente). Eu por acaso, sempre que posso passo por estas portas abertas. Mas por outra razão: pelo facto de ser discriminado por ter uma espécie de bilhete (passe da Fertagus) e logo demorar mais tempo a passar e porque o mecanismo dos bilhetes é tão bom que quando sai, o meu passe é ejectado para fora da máquina e tenho de andar à procura dele pelo chão da estação.

    Re:viva (Pontos:2)
    por racme em 07-03-04 23:39 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://www.guildsoftware.com/download.html/
    Acho que o problema está mesmo no Metro e no seu sistema de portas, com vários problemas. O principal problema que acho é a descriminação dos utentes com bilhetes (todas as portas dão para o Lisboa Viva, mas nem todas dão para bilhetes),

    E a discriminacao entre pessoas com e sem deficiencia? E' discrinatorio e nao reintegracionista obrigar deficientes fisicos a ter de usar uma porta especifica, ou mesmo ter de importunar um funcionario quando esta se encontra desligada.

    já para não falar do mecanismo de introdução do bilhete, que devido à sua geometria não facilita a introdução do mesmo (podiam ter optado por algo como no metro de Londres,

    Agora experimenta fazer o mesmo gesto de olhos fechdos e teras a dificuldade de uma pessoa invisual.

    Um problema paralelo (mas não da responsabilidade do Metro) são os users estúpidos. Quem não viu já várias vezes pessoas a tentarem passar em portas que têm um grande X vermelho por cima?

    A mesma situacao para um invisual, como e' q este sabe que determinada porta tem um X vermelho ou verde em cima? Quais sao os canais para cegos? sera que estes esta dividamente sinalizados? pareceme que nao. Ou porque razao removeram as guias de proximidade de escadas e orientadoras de direcao ? Para nao falar das maquinas automaticas de venda de bilhetes por ecra tactil.
    Ate para uma pessoa em plena capacidade visual representa problemas de usabilidade imagina para um cego o que e' navegar num touchscreen.

    E existe aqui outra questao, quem esteja atento a estes fenonemos observe o que e' chegarem 2 metros em simultaneo a' gare do Campo Grande. Tendo em conta que cada carruagem leva 60 pessoas, numeros a grosso, e cada comboio corresponde a 3 articulados, da 200 pessoas, multipliquem esse valor por 2, 400 pessoas chegaram a' gare.
    E vejam a confusao que e' usar os canais de saida apenas quando se encontram 8 em funcionamento. Agora desses 8 canais, 2 pessoas conseguiram engasgar o sistema, o bilhete esta dobrado na ponta e e' rejeitado pela maquina, a fila atras destes sujeitos densase, alguns saltam para a fila do lado, outros desesperam, o homem a suar ainda mais dificuldade tem em tornar o seu bilhete valido e a maquina nao para de berrar o BZZZZ estridente...

    Agora imaginem o mesmo cenario numa situacao de panico!

    Ao fecharem a rede de metro e com a introducao deste novo cartao Lisboa Viva os utentes perderam qualidade de servico, porque nao existem vantagens. O unico que podera algum dia vir a tirar vantagens deste enorme investimento e' o metropolitano de lisboa. Isso e' ponto assente.

    No resto concordo contigo em tudo o que dizes.



    We're coming - you're leaving - and don't let the door hit you on your way out! -- jfk
    Re:viva (Pontos:2)
    por McB em 20-03-04 9:05 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    e' normal ver pessoas penduradas, entaladas nas portas de entrada nas estacoes do metro porque ou transportam malas/sacos de viagem, porque transportam criancas consigo, ou porque sao um pouco mais oversize, ou tem simplesmente dificuldades de locomocao.

    Em relação a isto,só te posso dizer que devias andar mais de metro noutras cidades para ver como funcionam as coisas...

    O grande problema é mesmo o que vem a seguir...
    As portas duplas (para gravidas, carrinhos de bebe, ou simplesmente pessoas q transportam criancas) estao geralmente fechadas ou desactivadas ou o mais caricato, e' estarem completamente ABERTAS por onde passam todas as pessoas colocando em causa este projecto num ponto tao simples.

    Aí há que te dar razão, seguindo por exemplo o metro de Londres onde TODAS as estações têm sempre agluém a abrir a porta quando há alguém com mais bagagem, etc.

    Yours,
    McB!
    They told me it need Windows 95 or better, so I chose Linux
    Re:viva (Pontos:2)
    por vfp em 07-03-04 17:46 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Não é grande oportunidade porque a culpa nem é da Link. A culpa é mesmo da má gestão do Metro. Se tens queixas é ao Metro que as tens que fazer.

    "There are 10 types of people in the world: the ones who understand binary and the ones who don't."

    Agenda ITJobs (Pontos:2)
    por Karlus em 08-03-04 15:18 GMT (#23)
    (Utilizador Info) /dev/null
    Pub à parte... para a próxima podem submeter este ou outros eventos aqui.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]