gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Jon Bosak em Lisboa a falar de UBL
Contribuído por vd em 30-01-04 11:03
do departamento to-go-to
press release pv escreve "Jon Bosak vai estar dia 30 de Janeiro no IST a falar de UBL ( Universal Business Language ) o ultimo standard a sair do OASIS e que promete ser para o comércio electrónico o que o HTML foi para a publicação na Web.
Jon Bosak for o iniciador de XML, presidindo ao seu comité organizativo na W3C. A conferência irá referir esse historial,e os esforços que Jon Bosak tem desenvolvido desde então para fazer a sua aplicação prática para o mundo do comércio electrónico. As especificações serão livres, para que a adopção do comércio electrónico possa ser universal e não ter o controlo de nenhuma empresa comercial.
Press Release "

Debian, a distribuição em maior crescimento | Lindows vs Microsoft: derrota no país das tulipas  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • pv
  • Press Release
  • Mais acerca press release
  • Também por vd
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Open (Pontos:2)
    por Gimp em 30-01-04 11:44 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    O problemas das especificações é que só funcionam se 99% dos envolvidos as aceitam e as seguem à risca. Só assim o 1% restante é forçado a seguir as regras, mesmo que possam ter uma força no mercado muito forte. Dois casos: Cisco e Micosoft. A primeira, ao implementar extensões proprietárias nos productos que comercializa, está a um passo de tentar o monopólio no seu sector, e embora hajam productos no mercado alternativos, a moda está em usar Cisco, o que faz com que quem compra alimente o problema. A segunda, com as manobras que fez com o Kerberos, quase ia fazendo desvirtuar o que se começou como implementação aberta. É por isso, e por muito que a alguns lhe faça comichões, a licença GPL acaba por ser um travão muito bom em certas situações.


    "No comments"

    Re:Open (Pontos:2)
    por [ Ent ] em 30-01-04 11:57 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    "Cisco ... ao implementar extensões proprietárias nos productos que comercializa"
    Podes ser mais preciso por favor?
    Re:Open (Pontos:2)
    por Gimp em 30-01-04 12:22 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Claro que posso, até posso poupar-te o trabalho de procurares por ti mesmo o que eu procurei.

    http://www.theregister.co.uk/content/69/34021.html

    mais concretamente a arquitectura AP.


    "No comments"

    Re:Open (Pontos:2)
    por CrLf em 30-01-04 15:33 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    A Cisco domina o mercado mas tem mesmo assim uma atitude diferente da Microsoft em relação aos concorrentes (não anda por aí a usar tácticas mafiosas). É verdade que também gostam de implementar extensões proprietárias mas no mundo das redes a interoperabilidade é vista de uma forma mais séria e é um conceito mais ou menos respeitado por todos. Coisas como o EIGRP (se não estou em erro) nunca pegaram muito porque mesmo numa rede 100% Cisco nada garante que não se vá mais tarde ou mais cedo meter um equipamento de outro fabricante.

    Na realidade a interoperabilidade é importante para os fabricantes de menor dimensão mas também é importante para a Cisco, que é assim obrigada a implementar correctamente os protocolos standard se quer que lhes comprem equipamentos para colocar em redes onde há maioria de equipamentos de outros fabricantes. Essa implementação correcta dos standards por parte de todos leva à preferência do "menor" denominador comum e assim à pouca relevância dos protocolos proprietários.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:Open (Pontos:2)
    por BlueNote em 30-01-04 23:36 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    A primeira, ao implementar extensões proprietárias nos productos que comercializa, está a um passo de tentar o monopólio no seu sector, e embora hajam productos no mercado alternativos,

    A primeira, ao implementar extensões proprietárias nos productos que comercializa, está a um passo de tentar o monopólio no seu sector, e embora haja productos no mercado alternativos,

    Re:Open (Pontos:2)
    por Gimp em 31-01-04 20:12 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Nem mais, utilização incorrecta do plural.


    "No comments"

    É pena, mas já não vai a tempo :-( (Pontos:1)
    por m16e em 30-01-04 11:53 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://www.m16e.com

    Pois... pena é a notícia sair no dia do evento :-(


     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]