gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Sistemas de voto electrónico americano é inseguro
Contribuído por AsHeS em 26-01-04 10:01
do departamento voto electronico
Web Kmos escreve "Segundo a TEK SAPO, Uma análise efectuada por um grupo de especialistas norte-americanos garante que os sistemas de eVoting são inseguros e passíveis de serem corrompidos. Os autores do relatório, que analisaram o sistema desenvolvido para as próximas eleições americanas, justificam a conclusão com a arquitectura da Internet e colocam dúvidas quanto ao seu sucesso. Continuação aqui. "


[N.E]: Do site oficial pode ler-se o seguinte:

"... vote from any Windows-based computer with Internet access ".

E os requisitos minimos são :

  • Operating System: Microsoft Windows 95, 98, ME, 2000, NT or XP
  • Internet Browser: either Microsoft Internet Explorer version 5.5 and above or Netscape Navigator 6.x through 7.0. Not Supporting Netscape 7.1.

E a esperada (ou não) justificação:

Why does SERVE require a Windows-based PC? My non-Windows computer supports all of the well-known Internet protocols.

SERVE is a demonstration project and is not required to operate on all platforms. We selected Windows-based PCs with Netscape or Internet Explorer because this is the predominant platform used by the general public.

Notícias de Marte | William Gates III, Knight of British Empire  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Netscape
  • site oficial
  • Kmos
  • aqui
  • Mais acerca Web
  • Também por AsHeS
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    É (Pontos:0, Despropositado)
    por Cirruz em 26-01-04 11:47 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Esta plataforma (Windows+IE+etc) é utilizada pelas maiores instituições financeiras para, por exemplo, proceder a transações de grandes quantias de dinheiro. Pelos bancos para disponibilizar serviços domésticos online aos clientes. Pelas empresas (pequenas, médias e grandes) para implementarem lojas virtuais. E vêm agora uns iluminados, que não se sabe muito bem quem são, nem quais os interesses que têm, dizer que não é segura para e-voting! Se tudo isto tem funcionado relativamente bem nos últimos anos, isso deve-se a quê? Mera sorte?!? Essa cabecinhas fundamentalistas já pensaram que a coisa tem funcionado porque simplesmente... Funciona?!?

    Cirruz

    Re:É (Pontos:2)
    por Branc0 em 26-01-04 11:51 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://www.syners.org
    Confias os resultados eleitorais num sistema informático? Qualquer que ele seja?

    Acho que é uma coisa demasiado séria, e detectar fraudes, elas já existem em pequena escala, pode ficar mais difícil.


    "Se vi mais além do que outro, é porque estava nos ombros de gigantes."
    Sir Isaac Newton

    Re:É (Pontos:0, Redundante)
    por Cirruz em 26-01-04 11:58 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    E bem e o mal da Humanidade dependem muito mais da economia e das finanças do que de meras eleições.

    Cirruz

    Re:É (Pontos:2)
    por 4Gr em 26-01-04 11:58 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Meia verdade.

    Embora a liberdade económica seja fundamental, não desprezar a liberdade pessoal.


    Dominus vobiscum

    "I may have invented control-alt-delete, but Bill Gates made it really famous", David Bradley, IBM Engineer
    Re:É (Pontos:0, Lança-chamas)
    por Cirruz em 26-01-04 12:18 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    Não pode existir liberdade individual sem liberdade económica. Mas o contrário já é possível (vide, pode exemplo, o Nacional Socialismo ou o nosso Corporativismo do Estado-Novo).

    O conceito de liberdade individual, para funcionar, depende em grande parte do conceito de "propriedade". É este o segredo do sucesso das sociedades ditas "Ocidentais" (juntamente com alguns países asiáticos): todas, em alguma fase da sua história, passaram por formas de Feudalismo, em que os Senhores feudais cediam propriedades aos vassalos. As propriedades agricolas deram origem ao pequeno comerciante, com iniciativa, depois ao empresário, etc.

    É por isso que é (quase) impossível a implementação de estados como os nossos nos países Muçulmanos: eles nunca tiveram Feudalismo! O conceito de "propriedade" para eles é diferente.

    Cirruz

    Re:É (Pontos:2)
    por smsp em 26-01-04 12:35 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Não pode existir liberdade individual sem liberdade económica.

    Se em 'liberdade', englobas 'independência' e/ou 'não-necessidade', concordo contigo 100%.

    Não sei se me expliquei bem, mas estou a pensar, por exemplo, num eremita, e no que eu quero ser quando for grande.

    «You cannot steal a gift, which is what code released under the BSD license is.»

    Re:É (Pontos:2)
    por 4Gr em 26-01-04 13:39 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Concordo! Deixa-me adicionar:

    Pelos anais da história, com a introdução do liberalismo por Adam Smith (com raízes de Locke) e do socialismo, a liberdade económica foi desprezada. Mais, a liberdade do próprio indivíduo era desprezada em detrimento do que eles, na mera teoria, classificavam como Bem Comum.

    A teoria de Marx, onde efectivamente é uma teoria (latus sensus, nada mais) - aplicação prática é nula - despreza completamente a liberdade individual e económica, lutando desenfriadamente por uma revolução do proletariado, destruição das classes hierárquicas. Ora, desprezando estas duas liberdades, a condução idealista de Marx apenas trouxe um mundo de miséria e de atraso.

    O que se sucede é que os operários, não o proletariado, não querem destruir as classes sociais mais elevadas, que advêm da liberdade individual e económica, mas sim aceder a elas. Querem maiores empresas para ganharem mais e, por conseguinte, terem melhor qualidade de vida.

    Por vezes surge também erros interpretativos em relação ao conceito 'liberdade individual' que é usada, erradamente, pelos esquerdistas. Não existe liberdade individual na esquerda, pois o fim é o colectivismo.


    Dominus vobiscum

    "I may have invented control-alt-delete, but Bill Gates made it really famous", David Bradley, IBM Engineer
    Re:É (Pontos:1)
    por dduarte em 26-01-04 12:05 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Eu acho que deve existir muito mais vontade de hackar o sistema de voto americano.
    Pelo menos quem conseguir vai ter os seus minutos de fama pelo mundo todo.
    Por isso tem definitivamente que ser um sistema mais seguro do que os outros.


    ... Ou então não.
    Fama, Fama ... (Pontos:2)
    por [ Ent ] em 26-01-04 12:22 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Fama dá hackar, por exemplo, o site da MTV !!
    Agora ... hackar o sistema de voto americano dá provavelmente uma estadia dolorosa e garantida em Guantanamo ao abrigo da lei de terrorismo ... a não ser que trabalhes para a actual presidencia (votos da Florida anyone ??)!!
    Re:Fama, Fama ... (Pontos:2)
    por Branc0 em 26-01-04 13:43 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://www.syners.org
    Essa dos votos da Florida... já foi há tanto tempo e os gajos que pegam nisso ainda não conseguiram compreender o sistema eleitoral americano. Se não o compreendem ou não querem compreender se calhar é melhor deixarem de falar dele.

    Quanto à fama, e respondendo ao post um nível acima, estou muito mais preocupado com ataques que possam ser feitos sem ser pela fama. Porque para ser famoso é preciso que se saiba que o ataque ocorreu o que invalidaria as eleições. Se for alguma coisa bem feita ninguém dá por ela e tem-se um presidente eleito que não o deveria ser.

    Preocupa-me também a mania de imitação que a UE costuma ter nestas coisas e que queira fazer cá no burgo a mesma coisa. Esperemos que este report não caia no vazio.


    "Se vi mais além do que outro, é porque estava nos ombros de gigantes."
    Sir Isaac Newton

    Re:Fama, Fama ... (Pontos:2)
    por asoares em 27-01-04 17:07 GMT (#21)
    (Utilizador Info)
    [...] e tem-se um presidente eleito que não o deveria ser.
    E qual é a novidade? ;-)
    --
    antonio soares
    Windows has stopped. Press CTRL+ALT+DELETE to restart your computer.
    Re:Fama, Fama ... (Pontos:2)
    por McB em 01-02-04 1:26 GMT (#24)
    (Utilizador Info)
    Essa dos votos da Florida... já foi há tanto tempo e os gajos que pegam nisso ainda não conseguiram compreender o sistema eleitoral americano. Se não o compreendem ou não querem compreender se calhar é melhor deixarem de falar dele.

    Aconselho-te a leitura deste livro: Stupid White Men.

    Pode ser que aprendas alguma coisa....

    Yours,
    McB!
    They told me it need Windows 95 or better, so I chose Linux
    Re:É (Pontos:2)
    por Branc0 em 26-01-04 12:09 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://www.syners.org
    Esqueces-te que as finanças e a economia dependem muito de certos factores politicos...


    "Se vi mais além do que outro, é porque estava nos ombros de gigantes."
    Sir Isaac Newton

    Re:É (Pontos:0, Gozão)
    por Cirruz em 26-01-04 12:10 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Exactamente o contrário: infelizmente, "certos factores políticos dependem muito das finanças e da economia".

    Cirruz

    Re:É (Pontos:2)
    por Branc0 em 26-01-04 12:20 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://www.syners.org
    Isso íamos entrar numa de ovo e galinha. Parece-me que estão os dois dependentes.

    Não me parece no entanto comparável fazer uma transferência bancária com eleger o presidente/primeiro-ministro de qualquer nação democrática.


    "Se vi mais além do que outro, é porque estava nos ombros de gigantes."
    Sir Isaac Newton

    Re:É (Pontos:1)
    por RAlv em 26-01-04 15:12 GMT (#15)
    (Utilizador Info)

    "First they come for the jews... and I did not speak out because I was not a jew.

    The they come for the comunists... and I did not speak out because I was not a comunist.

    The they come for the trade unionists... and I did not speak out because I was not a trade unionist.

    The they come for me... and there was no one left to speak for me!"

    "Smash Clause 19!" - Chumbawamba

    Re:É (Pontos:2)
    por moonrider em 26-01-04 14:02 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://127.0.0.1
    E vêm agora uns iluminados, que não se sabe muito bem quem são, nem quais os interesses que têm, dizer que não é segura para e-voting!

    É bem pior quando aparecem uns "iluminados" a dizer que funcionar e para todos acreditarem que funciona bem, apenas porque eles o dizem... colocar em causa nunca fez mal a ninguém, só vai servir para aperfeiçoar o sistema...

    Essa cabecinhas fundamentalistas já pensaram que a coisa tem funcionado porque simplesmente... Funciona?!?

    E essa cabecinha dogmática não pensa que, grande parte das vezes, ninguém sabe ao certo se o sistema funciona bem e se é seguro, até acontecer algum problema ?
    Afinal, qual o teu problema em se questionar um sistema de voto ? Porque devemos acreditar que é seguro apenas porque alguém o diz ? Em que prejudica questionar ? Há projectos perfeitos ?
    Como vês, eu também sou um "iluminado" resistente e cheio de perguntas... :-)
    Stop and think (Pontos:2)
    por CrLf em 26-01-04 15:15 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Podias parar um bocado para pensar antes de atirares bojardas ao ar...
    Um sistema de voto tem as suas especificidades. O que pode funcionar para transacções financeiras pode não funcionar para votar. Já pensaste porque é que já se pode fazer quase tudo pela net excepto votar?

    Assim sem conhecer o sistema eu diria que usar assinaturas digitais só é seguro se essas assinaturas não estiverem guardadas na máquina, caso contrário um software malicioso pode conseguir votar pela pessoa (e todos nós sabemos a consciência que as pessoas têm acerca da segurança dos seus computadores). As assinaturas teriam forçosamente de estar algures onde apenas a própria pessoa lhes consiga chegar, num smartcart por exemplo.
    A banca electrónica usa os virtual keypads que resolvem este problema pois randomizando a posição dos digitos/letras consegue-se evitar os mouseloggers. Mas isto não serve para um sistema de voto pois é possível que alguém olhando por cima do ombro do votante consiga obter a sua chave. Não nos esqueçamos que um voto falsificado afecta todos enquanto que uma password do banco roubada afecta apenas o próprio (tivesse mais cuidado!). Não podemos também aceitar queixas do estilo "roubaram a minha password" pois isso poderia levar à repudiação de votos já efectuados (será que a pessoa diz a verdade?) e, uma vez que não se pode saber quem votou em quem, isto é na realidade impossível de consertar.
    Outra coisa a considerar é que a operação de voto é relativamente simples e universal, logo qualquer tentativa de a subverter teria uma concentração de esforços e não seria dividida por sistemas diferentes/incompatíveis como os da banca.

    Em resumo, as operações financeiras assentam na vontade da pessoa se proteger a si própria, no voto isto é falso, as pessoas já se estão a cagar para votar quanto mais por as suas máquinas seguras e proteger o seu ticket de votante com a vida...

    Sistemas destes têm de simular o que acontece num sistema de voto presencial; alguém verifica a identidade da pessoa (confirma o B.I., observa a fotografia e compara-a com a pessoa) e observa-a enquanto ela se dirige para a cabine de voto, não sabendo no entanto em quem ela votou. É por isso que um sistema de voto electrónico presencial é seguro (apenas substitui o papel) e um sistema remoto não.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:Stop and think (Pontos:2)
    por pmsac em 26-01-04 18:49 GMT (#20)
    (Utilizador Info) http://2130706433/
    Ou seja, aparentemente é ilegal comercializar os bilhetes do Euro, e agora querias tornar ilegal a venda de votos também ? ;^)
    -- pmsac.oO(Cogito sumere potum alterum)
    Re:Stop and think (Pontos:0)
    por tonidosimpostos em 28-01-04 18:42 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    Olha que evitar os mouseloggers eh uma grande coisa. Adianta de muito isso...
    Prof Dr ToniDosImpostos
    Economista
    Doutoramento em Fisica Teorica
    Pos Graduacao em Psicologia Comportamental
    Gildot Troll World Champion
    Re:É (Pontos:2)
    por CrLf em 26-01-04 15:17 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Já agora e como continuação do meu post acima, acho que Portugal deveria implementar um sistema de voto electrónico presencial tipo máquinas do totoloto. Evitavam-se muitas árvores mortas...

    -- Carlos Rodrigues
    Re:É (Pontos:2)
    por Branc0 em 26-01-04 15:44 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://www.syners.org
    O sistema actual já é dificil que chegue para os velhotes... talvez esteja a ser demasiado pessimista, mas penso que a opção de papel deve existir sempre.

    Haveria muitas vantagens em por exemplo "votar por Multibanco" sendo a principal não estar agarrado a ter que ficar em casa no fim de semana das eleições, mas os inconvenientes também seriam alguns...


    "Se vi mais além do que outro, é porque estava nos ombros de gigantes."
    Sir Isaac Newton

    Re:É (Pontos:2)
    por CrLf em 26-01-04 17:49 GMT (#19)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    O sistema actual já é dificil que chegue para os velhotes... talvez esteja a ser demasiado pessimista, mas penso que a opção de papel deve existir sempre.

    Por acaso um sistema de voto electrónico presencial seria até melhor para eles, o processo poderia ser o seguinte:
    1. A pessoa apresenta o cartão de eleitor e o BI, o tipo da mesa confirma (tal como acontece agora)
    2. A pessoa recebe um smartcard/leva o seu cartão de eleitor com smartcard até à cabine de voto, insere o cartão na ranhura e aparecem as opções de voto (pode até haver a possibilidade de ver as caras dos tipos das listas carregando no logo do partido)

    Haveria muitas vantagens em por exemplo "votar por Multibanco" sendo a principal não estar agarrado a ter que ficar em casa no fim de semana das eleições, mas os inconvenientes também seriam alguns...

    Os inconvenientes seriam os mesmos que para o voto via web.


    -- Carlos Rodrigues
    Re:É (Pontos:1)
    por tOkIo em 27-01-04 23:40 GMT (#22)
    (Utilizador Info)
    acho muito mais seguro o voto pelo multibanco que pelo voto em casa ... as possibilidades de falha sao menores ...
    __tOkIo
    Mas as de privacidade... (Pontos:2)
    por McB em 01-02-04 17:12 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    as possibilidades de falha sao menores
    Mas as de privacidade talvez não....

    Yours,
    McB!
    They told me it need Windows 95 or better, so I chose Linux

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]