gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Empresas de TI aderem em massa ao Linux
Contribuído por ajc em 11-12-03 23:02
do departamento world-domination
Linux Esqueleto escreve "Foi com muito bom agrado que li no site da ZDNet Portugal esta notícia que pode ser lida aqui. Infelizmente é um artigo muito pequeno, mas, que contém na sua essência as ideias de muitos de nós temos tentado passar para o público em geral.
Infelizmente, como a leitura desta pequena notícia, muitos dos vulgares utilizadores irão pensar que o Linux só serve mesmo para servidor e que é algo que para eles não interesse, pois, dão um uso de desktop ao seu PC em casa. "

Sei que já é um passo importante para a divulgação deste SO, e que como servidor faz com que 58% das empresas relacionadas com as tecnologias de informação (TI) considerassem substituir os seus programas por outros baseados no Linux, mas, o facto destas notícias virem a público desta forma, leva a que o seu uso como desktop seja cada vez mais colocado para segundo plano.

Estas notícias aliadas à noticia que a RedHat "abandonou" o projecto desktop da sua distribuição, virando-se exclusivamente para as versões Enterprise (servidor) não fará com que a M$ e o seu Window$ ganhe definitivamente a guerra dos desktops????


(())
Esqueleto "

SCO sobre fogo da comunidade OpenSource! | Leilão de código-fonte com mensagens de Natal  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • ZDNet
  • Red Hat
  • Esqueleto
  • ZDNet
  • aqui
  • Mais acerca Linux
  • Também por ajc
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Trabalho (Pontos:2, Interessante)
    por Carnelian em 11-12-03 23:40 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.mconsolas.net
    Assim que se passar a usar Linux nos servidores não vão talvez as empresas apostar em Linux para os Desktops de alguns departamentos aonde o software utilizado possa facilmente ser substituido por uma solução livre?
    Quando o trabalhado chegar ao seu posto de trabalho e se deparar com um OpenOffice e um ambiente que lhe é algo familiar talves se pergunte se afinal Linux é aquele tal bixo de sete cabeças...
    E ainda se vão lembrar com nostalgia dos tempos em que recebiam todos os dias no email um aviso sobre um novo virus, e 'não abra o email assim assado'!!

    Claro que quando em Portugal isso mudar já andaremos todos com a ajuda da bengala...


    The Stone Dance of the Chameleon :)

    Re:Trabalho (Pontos:2)
    por elmig em 12-12-03 18:21 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://www.DebianPT.org
    Porquê ambiente familiar? Não pode ser melhor do que o tradicional?

    "Big brother is watching you, and little brother is too. When big brother goes to sleep, little brother goes through his stuff."

    Então ainda... (Pontos:2)
    por cao_negro em 11-12-03 23:45 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    ... não viram o linux espalhado pelos restaurantes?
    Se calhar a conta do vosso almoço/jantar foi processada por um sistema a correr Linux!
    re:entao ainda... (Pontos:0)
    por Thing em 12-12-03 0:02 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    ola nao e linux, e gnu/linux... ... ... ... adeus
    thing
    Re:Então ainda... (Pontos:2)
    por vaf em 12-12-03 16:09 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://students.fct.unl.pt/users/vaf12086/
    É o Winrest que agora também corre em Linux (apesar do nome), não é?

    Acho que já vi uma vez algo que me pareceu Linux, mas não estive para perguntar. Alguém sabe?
    Re:Então ainda... (Pontos:2)
    por cao_negro em 12-12-03 23:00 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Correm Gnu/Linux, não só o Winrest mas tambem dois outros programas, um de comunicações e outro de encomendas.
    O hardware é um Aquapad http://www.aquapad.org/ c/ um CPU transmeta 500, a distro é mais ou menos especifica e até tem um apache para servir paginas web e um samba para partilha de ficheiros.
    Tambem existe uma versão para os iPAQ em strongArm!

    Já podemos dizer que o gnu/Linux está nas empresas portuguesas, pelo menos nas de comes & bebes.

    Bem quanto ao nome... those where the days em que a palavra winqualquer coisa ajudava a vender.

    Os programas são todos feitos em C/C++.
    Cãoprimentos
    Re:Então ainda... (Pontos:1)
    por Init em 18-12-03 8:35 GMT (#26)
    (Utilizador Info)

    Ontem éra num window$ 2000 e à conta disso quase que não pagava a conta, porque aquilo táva a dar uma granda barraca, desde a maquina não abrir a gaveta, aos reboots e sem esquecer que o sistema de facturação não estáva a passar facturas...
    Não é a primeira vês que acontece naquele sitio e da primeira acabei mesmo por não pagar e como a comida não é má, têm em mim um cliente assiduo ;=P


    é assim que começa (Pontos:1)
    por gass em 12-12-03 0:53 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    num escritório isso foi alterado com sucesso!!!
    claro ... servidores ... e com bastante satisfação, pois viu-se a performance do linux!! aqui fica o link .
    Trata-se da migração de um sistema Novell para linux, em alternativa a um windows 2003 server.
    Só não foi mais porque as aplicações apenas correm em Windows e para ele são orientadas. Porém, já nem ms office é utilizado (apenas é utilizada uma licença do 2000 para compatibilidade com ficheiros exteriores), foi instalado em todos o openoffice 1.0.3 e num deles 1.1 RC - em PT (alerta aí po ppl do ooo ... onde se pode ver o progresso da tradução? e onde se podem fazer download das rc? só encontrei no tux.cprm.net e não no site oficial)

    Cumps-
    gass
    Cumps- Gass
    Re:é assim que começa (Pontos:1)
    por Esqueleto em 12-12-03 10:00 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://www.tusofona.com
    Gostaria de saber quais eram as situações que em Novell demoravam minutos a ser respondias que em linux passaram a ser poucos segundos.

    O teu documento está excelente, explica muito bem o que fizeram, só realmente faltam os exemplos claros e concretos de tempos de repostas em Novell e tempos de resposta em Linux nos diversos pedidos ao servidor.

    (())
    Esqueleto
    Re:é assim que começa (Pontos:2)
    por Gimp em 12-12-03 10:08 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    É a primeira vez que oiço queixas de performance num Novell. Quanto às aplicações, li algures que as mesmas em Fox Pro davam para funcionar em Wine, houve até alguma polémica porque a Microsoft queria impedir a sua distribuição para SOs não Microsoft.


    "No comments"

    Re:é assim que começa (Pontos:1)
    por Init em 18-12-03 8:44 GMT (#27)
    (Utilizador Info)

    Sim de facto o vi$ual fox pro funciona suficientemente bem no wine, sendo que até é a aplicação mais votada do to p de aplicações do wine.
    Não sei até que ponto éra possivél, mas também poderia correr a aplicação de fox pro num servidor com terminal server, permitindo assim a migração dos desktops.


    Re:é assim que começa (Pontos:2)
    por Tuaregue em 12-12-03 11:05 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    O teu artigo está excelente o que falta mesmo são exemplos concretos de aplicações que eram usadas no Novell / Windows e que tiveram de ser substituidas ou como foram migradas e como para o Linux, isto tudo numa tentativa de se poder mostrar aos outros escritórios que de certa forma usam Windows ou Novell de que existe uma esperança de melhoria no sistemas deles e que não precisam de gastar muito dinheiro em soluções caras como os fornecedores querem impingir(como foi o vosso caso).

    ------------------------------------------------------------
    Todas as coisas mudam, e nós mudamos com elas.

    Os exemplos (Pontos:2, Informativo)
    por gass em 12-12-03 12:52 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    1º o Novell apenas trabalhava como file server
    2º só são alojadas as bd's de VFP, que usa o odbc das estações para as ler.
    3º as entradas nas empresas (contabilidade em visualfoxpro) chegavam a demorar 2 minutos.
    4º as actualizações, como teste (com todas as estações a fazer), chegavam a demorar mais de 5 minutos apenas 1, o linux em celeron 900 demorou a fazer 10 apenas 3 minutos.

    Penso que o novell era mal administrado para conseguir tais resultados e que o objectivo (não era eu que administrava) era mesmo a venda do windows 2003. O novell fartava-se de dar erros de má resposta.

    Eu apenas transcrevi os resultados que obtive e fiz uma comparação "real".
    Sei que não é muito comum isso acontecer no novell, já me informaram disso, mas o que é certo é que acontecia (era o novell 4 que tb me disseram ter sido dos piorzinhos).

    Neste momento, o servidor é o mesmo que o novell utilizava, só que com linux. Com performance inferior ao celeron, mas muito superior ao Novell.

    Mais ainda, fazendo apenas cópia dos ficheiros alojados para outro computador, foi uma constante o barulho insurtecedor do processador e disco (utilizando novell) e passou a trabalhar bem mais silencioso (desafogado) com linux.

    Cumps-
    Gass

    ps: mais questões, digam ... terei todo o gosto em responder
    Cumps- Gass
    Açentos (Pontos:2)
    por cao_negro em 12-12-03 15:29 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Faço minhas as palavras dos outros intervenientes
    Mas gostava de saber com se comporta o Samba quando o user grava um ficheiro com o seguinte nome:Descrições das Aprovações Orçamentais
    É que isto é muito importante se quisermos utilizar o samba para fazer de file server.

    Cãoprimentos
    Re:Açentos (Pontos:2, Informativo)
    por joaobranco em 12-12-03 15:56 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    Mas gostava de saber com se comporta o Samba quando o user grava um ficheiro com o seguinte nome:Descrições das Aprovações Orçamentais
    É que isto é muito importante se quisermos utilizar o samba para fazer de file server.


    Não sei como era aqui à 3 anos, mas agora, "out of the box" (ou "out of the CVS") funciona perfeitamente o suporte para diversos Codepages... Ou seja, não te preocupas com acentos ou cedilhas (não experimentei nada que exigisse 2 bytes, Unicodes ou afins, mas penso que mesmo isso funciona).

    Cumps, JB

    Re:Açentos (Pontos:1)
    por gass em 12-12-03 19:32 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    epah ... se pudesse, até t mandava um screenshot... claro que, trabalhando com programas à la windows e simulando uma drive de ntfs, tinha que trabalhar a 100% ... com o unix charset = ISO8859-15
    Cumps- Gass
    Re:Açentos (Pontos:2)
    por fhc em 12-12-03 23:46 GMT (#21)
    (Utilizador Info)

    Usa o Samba 3, com suporte para Unicode. Faz no ficheiro corresponder o codepage a 850 e o character set a iso-8859-1 e está tudo a trabalhar sem falhas.

    Mais problemas tenho eu com gravação de CDRW à la direct CD. Alguma ajuda?

    Francisco Colaço


    Re:é assim que começa (Pontos:2)
    por elmig em 12-12-03 18:24 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://www.DebianPT.org
    hehehe, parabéns pela migração. São exemplos destes que devem ser documentados.

    "Big brother is watching you, and little brother is too. When big brother goes to sleep, little brother goes through his stuff."

    Re:é assim que começa (Pontos:1)
    por nbk em 13-12-03 18:17 GMT (#22)
    (Utilizador Info) http://www.mrnbk.com/
    Boas.

    "Em termos de segurança, o nível atingido pelo linux em relação ao Windows 2003 Server pode-se considerar superior, pois não existe a ameça de virus ou worms, estes apenas têm efeito em sistemas windows."

    Nada mais falso. Existem/existiram worms e virus para qq um dos sistemas. Além de que muito provavelmente ainda não experimentaste *a sério* um windows 2003 server.

    Neste ponto, e só neste ponto, estás equivocado. :-)

    @805, Nbk

    Re:é assim que começa (Pontos:1)
    por gass em 13-12-03 20:30 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    a existenica de virus/worms, é certo existirem para ambos ( a sua natureza é igual tanto para um como para outro ), no entanto desprezamos o seu efeito no linux.

    não, nem testei o windows 2003 server, mas sei que foi afectado pelo blaster worm, pelo que já ia por em causa os dados e o trabalho realizado, além de pagamento a deslocações extra do ppl que me vendeu aquilo e os dias sem trabalho antes que alguém aparecesse.

    abre-me os olhos, sff, o windows 2003 server está assim tão bom?

    Cumps- Gass
    Re:é assim que começa (Pontos:1)
    por nbk em 15-12-03 19:59 GMT (#24)
    (Utilizador Info) http://www.mrnbk.com/
    Boas.

    "...mas sei que foi afectado pelo blaster worm..."

    Só foi afectado quem não perdeu 1 minuto a gerir o seu win2k3.

    "abre-me os olhos, sff, o windows 2003 server está assim tão bom?"

    Em relação aos seus irmãos mais velhos ( vários sabores de Win2k e o velhinho NT ) sim.

    Não convém é teres placas de rede baseadas nos chips da Realtek, algumas nem sequer têm drivers. :->

    @875, Nbk

    Re:Ta male... (Pontos:1)
    por gass em 16-12-03 10:23 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    diz-me de tua justiça ... qual consideras mais fiável e seguro? É que, imagina ... se tiver, por acaso, um ataque de um worm qq, o mais comeum é que seja windows searcher, fico apenas com os servidores de pé. formata-se as estações de trabalho e tá td ok.

    além disso, as actualizações, optimizações e manutenção é feita remotamente, quais as soluções possíveis em windows, apenas o desktop remoto?
    qual o melhor nesse aspecto? Penso que o ssh tem a vantagem ... e ainda por cima com debian (apt-get update && apt-get upgrade).


    Cumps- Gass
    Não li nada disso... (Pontos:3, Esclarecedor)
    por Arrepiadd em 12-12-03 1:28 GMT (#5)
    (Utilizador Info)

    O que eu consigo ler do artigo diz:

    "a segurança dos produtos da Microsoft fizeram com que 58% das empresas TI considerassem substituir os seus programas por outros baseados no Linux.

    Não está lá nada que diga que o Linux substituiu o Windows. Apenas é dito que as ditas empresas já puseram a hipótese de correr Linux. Daí até terem o Linux a correr, ainda vai um grande passo/caminho.

    Há pelos vistos um caso português em que se fez uma transição, mas isso não faz a maioria das empresas. Vamos esperar e ver.


    assoft (Pontos:1)
    por nbk em 12-12-03 3:54 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://www.mrnbk.com/
    Boas.

    "Empresas de TI aderem em massa ao Linux"

    traduzir por:

    "A Assoft andou a promover uma campanha de sensibilização patrocinada pela microsoft alusiva ao tema «ou pagas a licença desse windows que tendes aí ou então aplicamos multa»"

    E acho muito bem...

    @206, Nbk

    Re:assoft (Pontos:1)
    por Esqueleto em 12-12-03 10:06 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://www.tusofona.com
    E eu acho muito bem que essa campanha tenha sito feita. Não estou nada de acordo que se use software não licencidado.

    Eu em casa quando resolvi ter um serviço de email e http pessoal e tinha windows como servidor achei mal, pois, estava a usar de uma forma exaustiva o SO que ainda por cima tinha piratiado.
    Aos poucos fui passando para sistemas GNU/Linux e agora todos os computadores em casa tem esse SO e estou legal ao contrário de antes que tinha tudo piratiado.

    Não é por usar linux que sou a favor da pirataria, muito pelo contrário, uso linux porque sou a favor de usar software legalizado.

    (())
    Esqueleto
    Re:assoft (Pontos:1)
    por cyborgas em 12-12-03 14:10 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://www.justoweb.com
    E se tivesses de pagar por esses linux'es que tens em casa? Terias piratiado os teus sistemas também?

    --------------
    Só há 10 tipos de pessoas. As que conseguem perceber piadas em código binário e as que não conseguem.
    Re:assoft (Pontos:2, Esclarecedor)
    por Esqueleto em 12-12-03 17:06 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://www.tusofona.com
    Bem ... eu queria legalizar os diversos software ke tinha em casa... e como não ganho dinheiro com ele, resolvi ir para a solução onde a relação Preço/Qualidade fosse melhor.

    Fazendo um apanhado de todos os custos relativos à aquisição do Software, tempo de aprendização, custo nas actualizações e ainda tento em conta que sou Informático e pretento saber de tudo um pouco para melhor propor aos meus clientes, escolhi pelo Linux em detrimento das soluções da M$.

    Claro que o custo inicial foi um factor de peso na minha decisão, mas, neste momento estou a considerar adquirir o cartão do Mandrake Club para aceder a uma base de dados de centenas (se não milheres) de RPM, a foruns internos, etc.
    Infelizmente pelo preço que me ofereçem por ano (€120,00) a Micro$oft não me vende sequer uma licença de software, e a Mandrake me oferece pelo menos as 4 licenças que pretendia (e mais se necessitasse).

    Estas razões, aliadas à melhoria de segurança na minha rede, isenção de Virus nos meus computadores, e preocupações com BUGs criticos de segurança, limitou a minha escolha a um Sistema Operativo - o LINUX.
    Não quero dizer com isto que no Linux não sejam detectados erros de segurança, que o são e ainda à pouco tempo foi detectados erros graves o openSSH e ainda no SendMail, mas, esses erros para além de normalmente surgir a resolução quando detecta-se o erro, o código da correcção é visto por todos os Utilizadores que entenderem ver, para terem a certeza que a correcção não introduz novos erros.

    Tomei em consideração também a perfomace das máquinas. Antes com Window$ as mesmas máquinas estavam sempre com acessos ao disco, mesmo quando nada se estava a fazer nela, enquanto com Linux só se ouve as ventoinhas que como sabes bem praticamente nem se ouve.

    Perdi um pouco em relação ao meu trabalho propriamente dito, pois, não consigo levar trabalho para casa como antes fazia, pois, se sou programador de .NET + SQL Server e o uso de ferramentas como o Visio que ainda não frágeis ou inexistentes no Linux, e em casa tenho um Linux.... mas... ainda espero arranjar um emprego na área do linux a continuar a programar, que é o que gosto de fazer, mas ganhei em relação a robustez do sistema que pretendi implementar e mais ainda, aprendi como os sistemas interagem uns com os outros.

    Como podes ver a minha mudança para o Linux apesar de ter algo haver com o preço inicial do SO, tem outras componentes tão ou mais importantes que foram consideradas, e respondendo à tua questão propriamente dita de se tivesse que pagar por todos os Linux's que tenho em casa eu digo SIM, para obter todas as vantagens que mencionei.

    Penso que ter um Software openSOURCE não é equivalenbte a ter um Software gratuito, mas sim, ter credibilida e estabilidade.

    (())
    Esqueleto

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]