gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Mitos e falsas assupções
Contribuído por BladeRunner em 05-12-03 16:57
do departamento para-o-fim-de-semana-prolongado
And now for... :-) PR escreve "Para esta sexta-feira natalícia (ou quase) proponho um momento de revivalismo. No slashdot está um artigo que fala das Mais incorrectas assumpções em computação (não sei se será a melhor tradução).
Das minhas preferidas destaco:
-"640K is enough for anyone", Bill Gates
-"There is no reason for any individual to have a computer in their home." -- Kenneth Olson, fundador da Digital

O desafio seria identificar assupções actuais que provavelmente estarão completamente erradas dentro de alguns anos.
Ideias?
Bom fim de semana!"

Servidor do projecto Gentoo Linux comprometido. | Como criar uma distribuição Linux?  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • gildot
  • Mais incorrectas assumpções em computação
  • Mais acerca And now for... :-)
  • Também por BladeRunner
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    unix is dead (Pontos:2)
    por cgd em 05-12-03 18:50 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://cgd.sdf-eu.org/
    Existe uma, que não tem tanto peso porque não é atríbuida a ninguém em particular: "unix is dead".

    De facto desde meados dos anos 80 (com o VMS, por exemplo) que se anda a tentar enterrar o unix. De vez em quando lá surge mais um ou outro artigo de opinião com a mesma lenga-lenga.

    O discurso actual esboça-se mais ou menos no seguinte: os lows ends servers estão cada vez mais rápidos, já não é preciso o big iron, a MS vai arrasar e o unix morrer bla bla ...

    Mas a verdade é que unix continues to kick asses since 69. Look at all those rich people, ahhh... (homer simpson).

    Contudo, a maior partes destas previsões erradas derivam porque alguém queria ter razão em alguma coisa. Se reparem, a maior parte delas nasceu dessa forma: as pessoas discutem coisas e querem impor as suas ideias. Quando faltam argumentos, ou entram na via da provocação ( chamar nomes, dizer asneiras, etc...), ou inventam alguma coisa. Como as coisas que inventam do passado ou presente podem ser verificadas (exemplo: as armas de grande poder de destruição do iraque), nada como inventar uma boa previsão: não pode ser verificada para já e quando for, azar, too late, agora é viver com isso até ser realmente insurportável (exemplo: 640k).

    C.O. ataca de novo (Pontos:1, Redundante)
    por pmsac em 05-12-03 19:21 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://2130706433/
    Nem "assupções" nem "assumpções", a palavra correcta é "assunções".

    -- pmsac.oO(Cogito sumere potum alterum)
    Marketing, puro Marketing (Pontos:2, Interessante)
    por dmaster em 05-12-03 19:40 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Acho que basta olhar para qualquer grande empresa hoje em dia e esse tipo de exagero especulativo é aparente. Acho que todas essas frases têm origem num fundamento publicitário ou depreciativo para alguém que acha o contrário.

    Algo como:

    Intel: "currently 32-bit for desktop is enough"

    AMD: "32-bits for desktop will be phased out over the next 3 years"

    Ou então para mascarar limitações próprias:

    -"640K is enough for anyone", Bill Gates ...

    ...Depois de ver que a sua equipa ainda não sabia como implementar flat-addressing mode no 386...

    -"There is no reason for any individual to have a computer in their home." -- Kenneth Olson, fundador da Digital ...

    ...depois de ver o sucesso iminente dos microcomputadores no inicio da década de 80...

    :-]
    Re:Marketing, puro Marketing (Pontos:2, Interessante)
    por foo em 05-12-03 20:30 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    http://www.wired.com/news/po litics/0,1283,1484,00.html

    QUESTION: "I read in a newspaper that in l981 you said '640K of memory should be enough for anybody.' What did you mean when you said this?"

    ANSWER: "I've said some stupid things and some wrong things, but not that. No one involved in computers would ever say that a certain amount of memory is enough for all time."


    Re:Marketing, puro Marketing (Pontos:2)
    por higuita em 07-12-03 2:27 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    a verdade e' que ninguem sabe ao certo de onde vem esta frase, ninguem tem o quote original, mas tambem acredito que o tio bill esteja a tentar libertar-se dela e da sua (ma') fama e que tente negar algo como isto

    tal como muita coisa na vida, acredito que a verdade esteja algures a meio

    ele provavelmente la' na entrevista que deu deve ter dito que existiam limitacoes (que eram deles, mas isso nao se pode dizer 8) para se usar apenas os 640KB, apesar do hardware teoricamente poder suportar mais...deve ter adicionado a isto que nao havia necessidade de usar mais dos que os 640Kb

    ele provavelmente estava a referir-se a altura, faltou-lhe o "ainda" algures na frase

    ora isto interpretado anos mais tarde e fora do contexto deve ter dado origem a famosa frase

    reparem que ele nao nega completamente a frase, apenas marca melhor o ponto que nao seria para sempre, logo por oposicao seria apenas valida para a altura

    afinal de contas, uma frase destas nao seria inventada assim de repente, sem nenhuma base

    Higuita
    dificil.... (Pontos:1)
    por wS em 07-12-03 14:44 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    There's an old saying in Texas...
    Ah, não, não é isto... Mas existe mesmo um old saying que é "não insultem o futuro, prevendo-o".

    Se formos a ver, seis anos são mais que suficientes para mudar toda o mundo informático... seria mais lógico perguntar o que se manteria na mesma.
    E este? (Pontos:2)
    por fhc em 07-12-03 20:57 GMT (#7)
    (Utilizador Info)

    Nunca quererei uma dessas monstruosidades, nem alguém de bom gosto os usará.

    Fernando de Medicis, referindo-se aos livros impressos.


     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]