gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Utilizadores caseiros começam a mudar para Linux
Contribuído por scorpio em 24-11-03 22:43
do departamento leituras
News jig escreve "Neste artigo do NewsObserver está um artigo sobre utilizadores que resolveram dar uma oportunidade ao Linux quando os seus produtos Microsoft falharam em alturas críticas.
Uma leitura interessante e que mostra que a pouco e pouco o Linux ganha o terreno que muitos, há muito, reclamam para o desktop."

Open Source Guidelines publicado nas Instituições | SuSE 9.0 @ FTP  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • artigo
  • Mais acerca News
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Aqui em casa são 3 desktops linux (Pontos:2)
    por mpinho em 25-11-03 21:56 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Eu acabei com Windows aqui em casa não tanto por deficiências do Windows mas por consciência própria de que não é legal (nos dois sentidos) usar um monte de programas piratas, sendo que a grande maioria destes é desnecessária.

    Quanto aos jogos, fico com os poucos que funcionam no linux. Caso fosse maníaco por jogos, compraria um videogame, pois mesmo no Windows as exigências de hardware e espaço em disco são absurdas.
    Aki tambem é so linux (Pontos:1)
    por badkernel em 25-11-03 23:06 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    No meu portatil ha muito tempo que é Linux inside, acho que com um bocadinho de tempo e alguma vontade se conseguem grandes progressos na area da utilização de Linux. Pena que ainda na tenha o lugar que merece no desktop, mas estou certo que vira
    Slack that Windows!!!!
    Linux em casa (Pontos:2)
    por 4Gr em 27-11-03 10:21 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Eu cá tenho Linux em toda a casa, ou seja, 2 computadores, um servidor e um portátil, embora o pc da minha irmã ainda esteja, maioritariamente, em windows.

    Infelizmente, pela falta de liberdade que a Microsoft me causa, fui obrigado a comprar o meu portátil Compaq (HP) sem poder prescindir do %$# Windows XP Home, ou seja, fui forçado a dar 100€ à Microsoft por um produto que não uso.

    Quanto ao PC da minha irmã, é só colocar a placa wireless a funcionar e ela fica liberta também, definitivamente :-)


    Dominus vobiscum
    Re:Linux em casa (Pontos:1)
    por mrmv em 27-11-03 16:28 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Foste forçado pela Compaq (HP) não pela Microsoft... mas podias sempre comprar o portátil de outra marca que não te obrigasse a ter de comer com um produto que não queres.
    "The difference between 'involvement' and 'commitment' is like an eggs-and-ham breakfast: the chicken was 'involved' - the pig was 'committed'." - unknown
    Re:Linux em casa (Pontos:2)
    por 4Gr em 28-11-03 3:27 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Mal visto.

    Eu queria aquele hardware! Especificamente, aquele computador portátil, daquela marca e aquele modelo. No entanto, não queria o sistema operativo que lá vinha.. parece que me retiraram a liberdade de optar por aquilo que devo fazer ao meu dinheiro. Se quero comprar uma televisão, ninguém me obriga a ter tvcabo (se a Microsoft também fosse operadora de televisão, não me admirava mesmo nada que isto acontecesse).

    Quanto a ser forçado pela HP, errado novamente. Contactei-os e eles apenas me disseram que comercializam o seu produto com uma licença OEM. O que estipula que eu não posso trocar a licença pelo meu dinheiro é, ora nem mais, a licença EULA da Microsoft e não nenhum contracto que eu assinei ou aceitei com a HP! Se a Microsoft alterasse a sua licença então eu podia pedir o meu dinheiro de volta...

    Ah, liberdade... para quando?


    Dominus vobiscum
    Re:Linux em casa (Pontos:3, Engraçado)
    por fhc em 29-11-03 8:19 GMT (#6)
    (Utilizador Info)

    A comparação é má. Se tu comprares uma televisão, o firmware que vem com ela é coisa que não podes dispensar, visto que é uma parte global do produto.

    Isso preocupa-me de sobremaneira. Ao que parece, a BMW (sim, o carro dos patos bravos) virá de futuro com Windows CE, segundo o nosso Grande Irmão, o que fará com que um crash num carro tenha agora duplo sentido. Será que as companhias de seguros irão aumentar os prémios para esses carros?

    Imaginem a cena:

    — Ó Maria, acho que o computador de bordo não está a funcionar. Vê lá se consegues mexer-lhe.

    — Ó Manel, está todo azul. Nenhum botão funciona.

    — Liga o rádio a ver se nos distraímos.

    Carrega no botão de ligar o rádio e abre o tecto de abrir bem no meio de uma tempestade.

    Ó MARIA, FECHA O TECTO!

    NÂO POSSO, HOMEM, NÂO FAZ NADA.

    A certa altura o Manel está a fazer uma curva. Os para-brisas desligam-se no meio do nada. A visibilidade é nula e o rádio começa a debitar um CD na potência máxima.

    Manel, pára o carro!

    O Manel encosta.

    Tenta de novo, Manel.

    Morto.

    Mais uma vez, Manel.

    Desta tudo parece funcionar.

    O conta-quilómetros marca 000015.

    O computador de bordo diz. Benvindo ao seu carro, comandado pela Microsoft. Para assegurar a qualidade de serviço, por favor remova o pinguim de peluche que tem no banco de trás para oferecer ao seu filho.

    Francisco Colaço

    CRASH!

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]