gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
OSS & Linux na Administração Pública
Contribuído por jmce em 04-11-03 11:34
do departamento visitas-aos-pinguins
IBM No próximo dia 12 de Novembro (14:00-18:??) decorre no Oceanário de Lisboa o evento OSS & Linux na Administração Pública, organizado pela IBM Portuguesa. O programa e o formulário de inscrição estão disponíveis online.

Apache em mais de 2/3 da web | Novell compra SuSe Linux  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • OSS & Linux na Administração Pública
  • programa
  • formulário de inscrição
  • Mais acerca IBM
  • Também por jmce
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    como bom português.... (Pontos:3, Engraçado)
    por grumpy bulgarian em 04-11-03 13:13 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://10.10.11.2
    já que é free, as in "de borla", ja lá tou :)


    Grumpy B)

    Público Alvo (Pontos:1)
    por tourt em 04-11-03 15:25 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    Acho que todos nós, os "gildotianos", temos consciência (outros mais outros menos) do impacto que o Linux e OSS teriam na Adminstração Pública.

    Creio que este evento seria bastante pedagógico (com um bocado de FUD à mistura) para os alguns "suprasumos génios de informática" da função pública (leia-se "Mouse engineer and MS believer") tomarem também conscicência das suas vantagens/desvantagens.

    Mas acho que quem ganhava mais com este evento, seria a classe política. Será que o Capitão (entre vários, claro), desta vez, ficava esclarecido??

    Cumprimentos
    Artur Martins

    ----------
    cat /usr/src/linux/arch/i386/boot/bzImage > /dev/dsp, and the voice of god will be heard.

    Re:Público Alvo (Pontos:2)
    por leitao em 04-11-03 15:44 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/blog/
    Creio que este evento seria bastante pedagógico (com um bocado de FUD à mistura) para os alguns "suprasumos génios de informática" da função pública (leia-se "Mouse engineer and MS believer") tomarem também conscicência das suas vantagens/desvantagens.

    Comecaste bem, e com esta entornaste o caldo... nao habia nexexidade.


    "I triple guarantee you, there are no American soldiers in Baghdad.", Mohammed Saeed al-Sahaf, Iraqi Minister of Information

    Re:Público Alvo (Pontos:2, Engraçado)
    por 4Gr em 04-11-03 16:38 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    para os alguns "suprasumos génios de informática" da função pública (leia-se "Mouse engineer and MS believer") tomarem também conscicência das suas vantagens/desvantagens.

    Tens razão! Ele deveria ter escrito:

    "para os alguns "suprasumos génios de informática" da função pública (leia-se "Mouse engineer and MS believer") tomarem também conscicência das suas vantagens"

    :-)


    Dominus vobiscum
    Re:Público Alvo (Pontos:2)
    por leitao em 04-11-03 16:53 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/blog/
    Falas, falas -- mas e' por causa desta atitude de "somos os melhores", "Linux rula", "M$ sucka" que muita gente nao leva estas coisas a serio.

    Alias, repara que a unica razao porque alguns os levam a serio e' somente por causa da traccao que a IBM e outros dao a estas coisas.


    "I triple guarantee you, there are no American soldiers in Baghdad.", Mohammed Saeed al-Sahaf, Iraqi Minister of Information

    Re:Público Alvo (Pontos:2)
    por 4Gr em 04-11-03 18:01 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    Mas é absolutamente fundamental que empresas como a IBM estejam a apoiar iniciativas destas, porque a credibilidade que sustenta o Linux é bastante superior do que se fosse ele, sozinho, a combater contra a Microsoft!

    Quanto ao "Linux rula", "Microsoft sucka".. isso não invalida as iniciativas e credibilidade das mesmas. Isso é (peço desculpa pelo termo) bullshit. "Esta atitude" não vai impedir que as empresas adoptem o Linux.

    Pelo contrário, se pessoas (como tu?) recomendarem Linux em detrimento do Windows SEMPRE QUE POSSÍVEL (dado as comissões, quanta gente não faz isto...) então talvez AÍ SIM, a atitude ajude!

    :-)


    Dominus vobiscum
    Re:Público Alvo (Pontos:2)
    por raxx7 em 04-11-03 18:24 GMT (#14)
    (Utilizador Info)

    Quanto ao "Linux rula", "Microsoft sucka".. isso não invalida as iniciativas e credibilidade das mesmas. Isso é (peço desculpa pelo termo) bullshit. "Esta atitude" não vai impedir que as empresas adoptem o Linux.
    1 Obviamente que o comentário do Leitão era dirigido à atitude implicita no comentário do tourt e outras semelhantes, não ao evento do artigo.
    2 Este tipo de atitudes afecta negativamente a credibilidade de quem as têm. Mesmo eu -- que dificilmente seria classificado de "mouse engineer" -- "desligo" quando vejo alguém usar a expressão.
    E para piorar, isto afecta a credibilidade dos outros promotores de OSS/FS.


    Remember to be the Killer, not the Victim! (Nuklear Girl)
    Re:Público Alvo (Pontos:1)
    por tourt em 04-11-03 18:00 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Acredita que ponderei antes de escrever a dita palavra.

    Acredito que o Linux é o melhor sistema, mas nada é perfeito...

    Eis a razão que me levou a escrever "desvantangens".

    Cumprimentos
    Artur Martins

    ----------
    cat /usr/src/linux/arch/i386/boot/bzImage > /dev/dsp, and the voice of god will be heard.

    Tenho uma ideia! (Pontos:2)
    por fhc em 04-11-03 16:01 GMT (#5)
    (Utilizador Info)

    Quotizamo-nos todos e pagamos um bilhete ao Gonçalo Capitão. Ele vale bem o investimento que faremos nele.

    Francisco Colaço


    Re:Tenho uma ideia! (Pontos:1)
    por grumpy bulgarian em 04-11-03 16:48 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://10.10.11.2
    pagar?!
    Grumpy B)
    Percebeste a ironia. (Pontos:2)
    por fhc em 05-11-03 7:27 GMT (#23)
    (Utilizador Info)

    Afinal, o investimento é zero, e ele vale o que investimos nele.

    Francisco Colaço


    Re:Percebeste a ironia. (Pontos:2)
    por taf-7arte em 05-11-03 10:38 GMT (#26)
    (Utilizador Info) http://taf.net
    "Afinal, o investimento é zero, e ele vale o que investimos nele."

    Ele é deputado e portanto o nosso investimento não é zero. Como qualquer boa empresa sabe, além de pagar o salário é preciso dar formação profissional. ;-)

    Re:Percebeste a ironia. (Pontos:2)
    por fhc em 05-11-03 13:47 GMT (#27)
    (Utilizador Info)

    Mas também não tínhamos de pagar nada para o fazer entrar na conferência. É que suponho que a IBM vai ter lá daquelas miniaturas de bolos de nata e ovos moles que os novos-ricos e patos-bravos, com que estes boys da política se parecem, deliram.

    Francisco Colaço


    Re:Público Alvo (Pontos:2)
    por Psiwar em 04-11-03 17:02 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://www.netcode.pt
    "Será que o Capitão (entre vários, claro), desta vez, ficava esclarecido??"

    Só se a IBM lhe pagar mais do que a M$ lhe paga actualmente.
    Re:Público Alvo (Pontos:2, Engraçado)
    por taf-7arte em 04-11-03 18:32 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://taf.net
    "Só se a IBM lhe pagar mais do que a M$ lhe paga actualmente."

    Coisas destas não se devem dizer com o que suspeito ser grande leviandade. Se tens alguns indícios apresenta-os à polícia, senão não uses o Gildot para disparatar impunemente.

    Re:Público Alvo (Pontos:1)
    por mad em 04-11-03 19:59 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    De facto tens razão, não deveria ter dito daquela forma. Deveria falar era como falam os politicos e jornalistas :

    "Só se a IBM lhe pagar mais do que a M$ alegadamente lhe paga actualmente."

    :-)


    Cumprimentos
    mad
    Re:Público Alvo (Pontos:2)
    por taf-7arte em 04-11-03 20:42 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://taf.net
    "De facto tens razão, não deveria ter dito daquela forma."

    O que eu acho é que afirmações deste tipo demonstram irresponsabilidade ou má fé, ou as duas coisas juntas. E além disso contribuem para esconder o verdadeiro problema: a ignorância que geralmente existe nos políticos sobre este assunto. Aqui o problema não será a corrupção (pelo menos eu não tenho quaisquer indicações disso), ao contrário de outros casos.

    Levar isto para o campo da corrupção e acusar pessoas de falta de honestidade sem ter razões para tal é atirar ao lado.

    Re:Público Alvo (Pontos:1)
    por mad em 04-11-03 22:41 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Entendi perfeitamente o que quis dizer!E tem toda a razão!
    Estava apenas a ironizar com a situação! :-)
    Cumprimentos
    mad
    Re:Público Alvo (Pontos:2)
    por jmce em 05-11-03 19:30 GMT (#29)
    (Utilizador Info) http://jmce.artenumerica.org/

    Quando falta informação mais pormenorizada, eu vou oscilando em opinião entre a explicação da ignorância e a suspeita da má-fé. Tudo a favor de ajudar a diminuir a ignorância, mas já fui mais dado a aceitá-la como explicação/desculpa. Há pontos a partir dos quais a manutenção da própria ignorância acaba por ser sinal de irresponsabilidade. Um político não tem que saber tudo de tudo, mas convém não irmos para o extremo oposto de achar que é sempre desculpável que um político não saiba nem queira saber um bocadinho sobre quais são os limites do que conhece. É bom, é "pedagógico", que um político sinta uma pressão do caraças para aprender alguma coisa sobre aquilo de que pretende falar e decidir.

    É que ainda por cima está há anos na moda uma subalternização de tudo o que é conhecimento científico ou pelo menos técnico: coisas para as "castas inferiores" conhecerem, não para as "pessoas de prestígio". E isto acontece mesmo onde menos se espera, mesmo nas coisas mais triviais. Como no caso do recém-doutorado em física que dizia que isso de ligar as fichas ao computador era (num contexto onde isso pouco sentido fazia) com o pessoal técnico, que ele era físico, embora esse desprezo fosse muito além das fichas até "àquelas pessoas que não conseguirem fazer física podem sempre ir práli fazer umas coisas nos computadores" (numa entrevista a um candidato para um lugar num departamento, numa indirecta a la "true physicists are us, particle physicists" (sim, espero que ele leia, mas o mais provável é não ler sítios reles destes e preferir resvalar directamente dos papers para o futebol)).

    Acusar concretamente sem dados é mau, a ignorância é natural e não é sempre sinal de má-fé, etc., etc., mas dar costas demasiado largas à ignorância é frequentemente dar tiros para o ar. Especialmente quando a ignorância é inchada de orgulho.

    E mesmo assim. (Pontos:2)
    por fhc em 05-11-03 7:36 GMT (#24)
    (Utilizador Info)

    Quem alega. Tens fonte segura? Ou simplesmente não lhe podes dar o benefício da dúvida e admitir que ele é um leigo na matéria («desinformado» é a palavra eufemística a ser usada, calhau completo o insulto somente para consumo interno, sem reverberação escrita).

    Cuidado com as acusações de corrupção. Podem, quando são falsas (e neste caso acredito piamente que é) reverter contra o Gildot como um todo.

    Pronto, o tipo não sabe, a malta não o informa, a Microsoft faz isso melhor do que nós, e os argumentos da Microsoft são apenas: «nós temos dinheiro, nós somos um negócio, nós contribuímos para a economia, para a inovação, para o conhecimento. Olha que nós até lançamos a TV interactiva em Portugal e a Internet, que nós afinal inventámos, é que vai salvar esta nação toda.»

    E que argumentos tem a malta do Gildot? Ele é um corrupto, ele é pago pela Microsoft, etc, etc. Apenas o hostilizamos. Criamos anticorpos. Damos um tiro no pé.

    Depois, não lamentemos a ignorância pelo poder político das nossas opiniões. Afinal, trouxémos essa condenação sobre nós.

    Pensemos com tento. Podemos ter aqui amigos do Mr. Capitão, e hostilizá-lo seria contraproducente. Se queremos ser um lobby, ser escutados temos que ter muito mel na língua, mais do que os outros.

    Francisco Colaço


    Re:Público Alvo (Pontos:3, Engraçado)
    por Psiwar em 04-11-03 22:07 GMT (#19)
    (Utilizador Info) http://www.netcode.pt
    E mesmo assim, ainda consegui dizer com menos leviandade do que as declarações que ele proferiu na assembleia por altura da discussão sobre o software livre.

    Capitão: Então o que é mesmo para ler?
    Delegado M$: Tá aqui o textinho todo. Metemos aqui algumas bacoradas sobre propriedade intelectual e tal que é para assustar o pessoal que não percebe nada.
    Capitão: Ehehe mas isso são todos...
    Delegado M$: (risinhos)
    Capitão: E se eles pegarem comigo em alguma coisa?... É que eu não percebo nada...
    Delegado M$: Fale do site do BE que era em ASP num IIS.
    Capitão: IIquem? Não faz mal... como o projecto é daqueles gajos não faz mal que ninguém lhes liga...

    (dia seguinte)

    Capitão: Então o nosso site está a correr em Software Livre?!
    Secretário-Adjunto-de-Estado-Menor: Pois... na altura queriamos qualidade... e foi-nos sugerido aquilo... (PHP e Apache)
    Capitão: Ai que porra! Deixaram-me ficar mal! Chame-me ai o gajo da Micr... er... o consultor tecnológico.
    Delegado M$: Diga lá.
    Capitão: Temos o site em Software Livre! Quero mudar já!
    Delegado M$: Não se preocupe! Nós vamos livrá-lo desses fundamentalistas fanáticos islamo-comunistas com ligações à Al-Qaeda e é já. Mas vai custar 13E43 de dólares.
    Capitão: Não faz mal! Eu arranjo-me...

    Secretário-Adjunto-de-Estado-Menor: Diga chefe?
    Capitão: Diga ao Primeiro-Ministro que é preciso aumentar o orçamento da Micro... er... para o desenvolvimento da sociedade de informação

    (o diálogo acima descrito é uma rábula (ou impune disparate) e não deve admitido como prova em nenhum caso judicial)
    Re:Público Alvo (Pontos:2)
    por taf-7arte em 04-11-03 23:21 GMT (#21)
    (Utilizador Info) http://taf.net
    "o diálogo acima descrito é uma rábula (ou impune disparate)"

    Os "impunes disparates" do estilo anterior ("MS paga a fulano") não têm mal nenhum quando estão inequivocamente identificados como "impunes disparates". Estes últimos já são inequivocamente evidentes, nem vale a pena dizer. ;-)

    Re:Público Alvo (Pontos:2)
    por fhc em 05-11-03 13:58 GMT (#28)
    (Utilizador Info)

    Será que a antena 2 ainda dá aquelas peças de teatro rediofónico?

    A peça poderia ser intitulada O Capitão Computas.

    Francisco Colaço


    IBM ja caiu nas graças (Pontos:2)
    por racme em 04-11-03 15:54 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://vendetta.guildsoftware.com
    OSS & Linux na Administração Pública
    12 de Novembro de 2003
    Oceanário de Lisboa, Parque das Nações - Lisboa


    agora estao todos na dubia de onde sera.
    Mas deixem-me tentar advinhar qual sera' a sala em que se vai realizar o evento. Será esta? =)



    Those who do not understand Unix are condemned to reinvent it, poorly.
    -- Henry Spencer
    Re:IBM ja caiu nas graças (Pontos:2)
    por racme em 04-11-03 16:08 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://vendetta.guildsoftware.com
    IBM ja caiu nas graças

    e o servidor de mail, pelos vistos tambem :)

    URL error
    No mail config file was specified
    Please report this error to emeagwa@uk.ibm.com






    Those who do not understand Unix are condemned to reinvent it, poorly.
    -- Henry Spencer
    Re:IBM ja caiu nas graças (Pontos:2)
    por racme em 04-11-03 16:11 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://vendetta.guildsoftware.com
    la diz o ditado, nao ha nada melhor q tentar outra vez que ha 3º e' de vez...

    A sua mensagem foi enviada com sucesso
    Obrigado.
    O seu e-mail foi recebido e vai ser processado.




    Those who do not understand Unix are condemned to reinvent it, poorly.
    -- Henry Spencer
    eu nao sou omnipresente !!! (Pontos:2)
    por ruben dig em 04-11-03 19:50 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://www.floppy.com.pt
    http://www.gildot. org/article.pl?sid=03/10/22/0931254&mode=nested

    "Mais uma vez venho por este meio anunciar perante os frequentadores do Gildot mais uma iniciativa do Departamento de Engenharia Informática da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Leiria, que desta vez versa a temática do software livre. A data de realização é no próximo dia 12 de Novembro e serão abordados os seguintes tópicos.

    Se repararem no programa http://www.dei.estg.ipleiria.pt/eventos/csi2003/programa.asp observam que vai lá estar a IBM !! - Introdução ao Software de Código Aberto;
    - Plataforma de Desenvolvimento em Código Aberto;
    - Casos Notáveis de Migração;
    - Políticas empresariais de código aberto na indústria das TI.
    "

    E para além dos debates? (Pontos:1)
    por RJLouro em 05-11-03 3:52 GMT (#22)
    (Utilizador Info)
    Já não é a primeira vez que se fazem debates sobre Software Livre na Administração Pública, eu próprio participei na organização de um evento (EGTI) onde no ano passado houve uma mesa redonda sobre esse tema com o Sr. Luis Vidigal que vai participar nesse evento e ainda com a UMIC, Microsoft e Caixa Mágica. O resultado, para além de muita discussão MS vs. Linux foi que o Sr. Luis Vidigal nos informou posteriormente que graças ao debate tinha sido criado um grupo de investigação sobre o tema.

    E resultados práticos? Que eu saiba, desse grupo de investigação não saiu nada visível, e após meio ano vêm-se vários debates sobre o mesmo tema. Que a discussão é boa, concordo, mas até quando?
    Quando queres matar algum debate... (Pontos:2)
    por fhc em 05-11-03 7:40 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    crias um grupo de investigação e metes esse grupo em lume brando. Calas os críticos, que ficam à espera de conclusões, e estas nunca aparecem.

    Chama-se a isto um nó górdio.

    Será que Aquiles tem uma espada?

    Francisco Colaço
    Re:Quando queres matar algum debate... (Pontos:2)
    por Xmal em 06-11-03 11:54 GMT (#30)
    (Utilizador Info) http://gsd.di.uminho.pt/cbm
    Chama-se a isto um nó górdio. Será que Aquiles tem uma espada?

    :g/Aquiles/s//Alexandre o Grande/g

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]