gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
China celebra primeiro homem em órbita
Contribuído por dario em 15-10-03 12:47
do departamento noodles-in-space
espaco Trata-se de um dia histórico não só para a China mas também para o resto da humanidade. Yang Liwei é o nome do "taikonauta", e espera-se que aterre amanhã, depois de um voo de 22 horas e 14 órbitas. Será interessante ver também a reacção do resto do mundo: para já, tanto americanos como russos (os únicos que até agora tinham colocado pessoas no espaço) são todos sorrisos e abraços, mas especula-se que este lançamento possa dar início a uma nova corrida espacial. E ao que parece, a Índia não quer ficar atrás dos chineses. Aproximam-se tempos interessantes...

Debates sobre o software livre na AR | Nvidia & Transmeta  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • um voo de 22 horas e 14 órbitas
  • Mais acerca espaco
  • Também por dario
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    india (Pontos:3, Interessante)
    por nbk em 15-10-03 13:26 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.mrnbk.com/
    Boas.

    Humm, a india é mais bolos e traulitadas no paquistão.

    Faz-me impressão ver um país com tantas pessoas a viver para lá do limiar da pobreza, com problemas de ambiente graves, mas a exportar brains para o mit, a ser o call center da américa, e a orgulhar-se de investir na "corrida espacial".

    @602, Nbk

    Re:india (Pontos:3, Esclarecedor)
    por Dehumanizer em 15-10-03 18:49 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://www.dehumanizer.com
    É melhor do que um país com tantas pessoas a viver para lá do limiar da pobreza, com problemas de ambiente graves, e SEM exportar brains para o mit, SEM ser o call center da américa, e SEM SE orgulhar de investir na "corrida espacial"...


    "It is every citizen's final duty to go into the tanks and become one with all the people."
    - Chairman Sheng-ji Yang, "Ethics for Tomorrow"
    Re:india (Pontos:1)
    por drdread em 15-10-03 22:34 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    Ou, pior ainda, a investir na corrida ao armamento. Armas nucleares são o sinal seguro que um país é para respeitar!!
    No code = No errors
    Prospecção de mercado... (Pontos:4, Despropositado)
    por SUp3rFM em 15-10-03 13:41 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://phalanx-ut.com
    Depois da invasão terrestre dos restaurantes chineses, o céu deixou de ser o limite.

    chau-min gamba e uma tsun-tao?

    A minha anterior assinatura era ainda pior que esta.

    Re:Prospecção de mercado... (Pontos:2, Engraçado)
    por elcastigador em 15-10-03 22:06 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://pedroclaro.no.sapo.pt
    "The food was designed to be "nutritious enough for space missions while tasting good," the agency quoted space official Su Shuangning as saying."

    Pelos vistos a tua visão de mercado está correctissima. Tudo isto é para fazer experiências com o Chop-Sui.


    - Signature Fault - Core dumped

    Re:Prospecção de mercado... (Pontos:3, Esclarecedor)
    por Arrepiadd em 16-10-03 9:06 GMT (#15)
    (Utilizador Info)

    A parte mais estranha é que (pelo menos de acordo com o que li e ouvi, dito por astronautas na tv) no espaço eles, oraticamente, não sentem sabor. Só comida bastante picante é que tem algum sabor. Em parte deve ter a ver com a ausência de gravidade que não provoca a "queda" das partículas para a língua. Também deve ter a ver com as porcarias que eles comem, aquilo não é nada agradável segundo consta.


    China, próxima super-potência (Pontos:5, Informativo)
    por 4Gr em 15-10-03 13:41 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    A China será, indubitvalmente - e aqui friso o advérbio de modo como valor absoluto, sem relatividades de opinião - uma das maiores super potências mundiais nos próximos 10 anos!

    Quem nunca visitou a China manda boatos. Quem visitou a China há 1/2 anos impressiona-se com o desenvolvimento. Mas quem visitou a China à 10 anos e visitou agora fica pasmado com o desenvolvimento. A título de exemplo, Shangai, uma cidade pequena comparável a Braga (nem isso) cresceu em cinco anos mais do que Portugal em 50 e tem o maior arranha céus do mundo. Cidade equiparável a Hong Kong, Nova Iorque, entre outros cidades megalómanas.

    Embora o governo da China seja assumidamente comunista, o modelo económico e financeiro que vigora é justamente o oposto: o capitalismo. Tal facto é notável nas zonas mais desenvolvidas da China, onde se destaca toda a costa Sul. Cidades como Hong Kong - que embora fossem colónias inglesas, subsistiam per se e com a ajuda dos chineses à muito tempo - apenas exigem do melhor. Visitem parques automóveis de cidades como Shangai, Pequim, Hong Kong, etc..

    Mas obviamente que nem tudo é bom. O Norte da China, forte e vinculadamente reprimido pela forte acção comunista/socialista é LITETALMENTE a idade média. O episódio mais caricato que pude assistir eram chineses a carregarem até ao topo de uma montanha pedras de muitas toneladas, tudo com o seu corpo e cordas. As casas também é algo só visto.. e a alimentação.

    A população da China representa 1/10 da população mundial! Os chineses estão a "invadir" tudo. Quais são os restaurantes estrangeiros que mais existem por todo mundo? Os chineses!. Há ruas que de 50 em 50 metros se vê uma loja chinesa. Parques de armazéns totalmente controlados por chineses...

    Mas hey, por um lado e bom! Os chineses adoram o software livre :-)


    Dominus vobiscum
    Re:China, próxima super-potência (Pontos:2)
    por Psiwar em 15-10-03 14:05 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.netcode.pt
    "A título de exemplo, Shangai, uma cidade pequena comparável a Braga (nem isso)"

    Shanghai (shăng´hi´, shäng´hi´) , city (1994 est. pop. 12,980,000)

    Braga deve ser uma nação carago! :)

    Re:China, próxima super-potência (Pontos:3, Esclarecedor)
    por 4Gr em 15-10-03 14:29 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    O número de habitantes não é proporcional ao desenvolvimento da cidade!

    Por esse prisma África também está próximo de uma super-potência :-)

    Quando me referia a Braga referia-me ao grau de desenvolvimento mas acho que exagerei... talvez Vila Real ou Vila do Conde sejam mais apropriados :-)


    Dominus vobiscum
    Re:China, próxima super-potência (Pontos:2)
    por rsantos em 15-10-03 18:51 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Sem querer entrar na discussão da "super-potência", acho que há um reparo a fazer:

    "A população da China representa 1/10 da população mundial!"

    Mais do que isso. A população chinesa representa mais de 1/6 da população mundial

    A população chinesa é de cerca de 1 bilião e 287 milhões, e a da Índia também já passou o bilião.

    Dados de 2003

    Tendo em conta que, a nível mundial, a barreira dos 6 biliões foi ultrapassada em 1999, e que o crescimento é de 79 milhões por ano, é fácil deduzir que Índia e China representam mais de 2/6 da população mundial.

    Já agora, para quem se interessa por estas coisas da demografia:

    Is this the meaning of life?....Ah! It's Lear again!
    Re:China, próxima super-potência (Pontos:1)
    por Cosmos em 16-10-03 0:32 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://www.myapartment.net/cosmos
    Gostava apenas uma correcção, não é 1 Bilião mas sim Mil Milhões.

    Há uma diferença entre a notação usada nos Estados Unidos e a usada em Portugal. Nós, usamos a notação científica, que funciona da seguinte maneira:

    1 - Um
    10 - Dez
    100 - Cem
    1.000 - Mil
    10.000 - Dez Mil
    100.000 - Cem Mil
    1.000.000 - Um Milhão
    10.000.000 - Dez Milhões
    100.000.000 - Cem Milhões
    1.000.000.000 - MIL Milhões (e não Um Bilião como nos EUA )
    10.000.000.000 - DEZ MIL Milhões ( e não Um Trilião como nos EUA )
    100.000.000.000 - CEM MIL Milhões ( e não Um Quaquilião como nos EUA )
    1.000.000.000.000 - UM BILIÃO ( e não Um Quintilião como nos EUA )

    E assim sucessivamente...
    Re:China, próxima super-potência (Pontos:2)
    por Arrepiadd em 16-10-03 9:14 GMT (#16)
    (Utilizador Info)

    Já agora uma correcção. A nossa notação vai de n-lião para n-lião em cada expoente 6. A americana é em cada expoente 3 (a partir do 6). Assim, ao contrário do que dizes é:
    1.000.000.000 - MIL Milhões (e não Um Bilião como nos EUA )
    10.000.000.000 - DEZ MIL Milhões ( e não Dez Biliões como nos EUA )
    100.000.000.000 - CEM MIL Milhões ( e não Cem Biliões como nos EUA )
    1.000.000.000.000 - UM BILIÃO ( e não Um Trilião como nos EUA )

    Re:China, próxima super-potência (Pontos:1)
    por Cosmos em 16-10-03 10:44 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://www.myapartment.net/cosmos
    Tens toda a razão. Peço desculpas pelo erro na indicação da notação americana.
    Re:China, próxima super-potência (Pontos:2)
    por racme em 16-10-03 10:51 GMT (#19)
    (Utilizador Info) vendetta.guildsoftware.com
    e' correcto os americanos e' de 3 em 3 e nos de 6 de em 6

    1.000.000.000 = US biliao
    1.000.000.000.000 = EU biliao ou milhao de milhao

    US = 10e3n+1
    Europa = 10e6n

    por essa razao existem mais bilionarios nos US do que na europa :)



    Those who do not understand Unix are condemned to reinvent it, poorly.
    -- Henry Spencer
    Re:China, próxima super-potência (Pontos:2)
    por racme em 16-10-03 10:58 GMT (#20)
    (Utilizador Info) vendetta.guildsoftware.com
    US = 10e3n+1

    US = 10e3n+3



    Those who do not understand Unix are condemned to reinvent it, poorly.
    -- Henry Spencer
    Re:China, próxima super-potência (Pontos:1)
    por joaobranco em 16-10-03 12:14 GMT (#22)
    (Utilizador Info)

    ... comunista/socialista é LITETALMENTE a idade média.


    Desculpa lá, mas não devia ser LITELALMENTE?

    ;-)

    Cumps, JB

    Muito contlente eu tar... (Pontos:4, Esclarecedor)
    por Psiwar em 15-10-03 14:12 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://www.netcode.pt
    "mas especula-se que este lançamento possa dar início a uma nova corrida espacial"

    Espero bem que sim. Podemos não ter muito amor ao regime chinês mas espero que eles tenham muito sucesso. Assim, pode ser que despertem interesse no resto do mundo porque o futuro da humanidade está para além do nosso planeta.

    E a ver se com esta os americanos saem da cepa torta e voltam a investir no programa espacial, em vez de no programa especial dos neocons.
    Not "Taikonaut", the term is "Yuhangyuan" (Pontos:5, Interessante)
    por racme em 15-10-03 16:21 GMT (#7)
    (Utilizador Info) vendetta.guildsoftware.com
    Yang Liwei é o nome do "taikonauta", e espera-se que aterre amanhã, depois de um voo de 22 horas e 14 órbitas

    Not "Taikonaut", the term is "Yuhangyuan"

    "yuhuangyuan" = astronaut
    "taikongren" = spaceman
    "taikonaut" = invencao americana

    Ja agora, a visibilidada dada a esta noticia. Do primeiro voo espacial tripulado chines, nos media americanos, para quem teve a opurtunidade de ver a cnn, cnbc etc esta madrugada, e+ marcado pela indiferenca e pelo desmerito da proeza.

    - "E' caricato como so quarenta anos depois, a china envia o primeiro homem para o espaco. "
    - "vejam a imagem satelite dp Jiuquan Space Center, os chineses copiaram a estacao espacial do Cape Caneveral, ambas tem o mesmo formato em T"
    - "os chineses copiaram tecnologia do ocidente e a o modulo shenzhou deriva do modelo Sovietico Soyuz, so assim explica o seu rapido desenvolvimento"
    - "a presenca do presidente Hu Jintao no lancamento do foguetao, so mostra que tudo nao passa de uma campanha de propaganda do comunismo e orgulho nacional para os chineses"

    Esta foi a que mais me fez rir, como se os presidentes americanos nunca se deslocaram e participaram nas missoes espaciais mais importantes da NASA in loco.

    Alias basta ver pela referencia no site da NASA ao feito. Apenas consta uma pequena nota.


    Glenn Mahone/Bob Jacobs
    Headquarters, Washington
    (Phone: 202/358-1898/1600)) October 14, 2003 RELEASE : 03-333

    NASA Administrator Marks China's Space Milestone

    The following is a statement from NASA Administrator Sean O'Keefe about China's first successful human space flight.
    "This launch is an important achievement in the history of human exploration. China, after Russia and the United States, is only the third nation to successfully launch humans into space.
    "The Chinese people have a long and distinguished history of exploration. NASA wishes China a continued safe human space flight program."
    For additional information about NASA's 45 years of exploration and discovery, visit:
    http://www.nasa.gov


    desejar um continued e safe human space flight program e' ser enigmatico no minimo, na minha opinao.

    Eu pessoalmente desejo o maior sucesso, e acredito que bem antes do 2020 que se anuncia, a China ja em 2010 vai ter um homem na lua. O programa espacial chines e o seu sucesso e' bastante importante para os europeus, os chineses tem acordos com a ESA, no lancamento de satelites, em projectos cientificos de analise de dados e monitorizacao terrestre, e vao participar no projecto Galileo.
    E acredito mais que o proximo a pisar o risco seja o JApao e nao a India. Alias o japao ja enviou "homens" para o espaco, atraves da NASA/ISS. A india com ISRO continua o seu programa espacial, mas parece nao querer passar do lancamento de satelites para prever condicoes atmosfericos e de canais televisivos.
    As 2 grandes potencias da regiao sao mesmo a China e o japao.



    Those who do not understand Unix are condemned to reinvent it, poorly.
    -- Henry Spencer
    Re:Not "Taikonaut", the term is "Yuhangyuan" (Pontos:1)
    por Lucifugo em 16-10-03 0:02 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    A primeira referência que eu vi á expressão "Taikonaut" é num livro do Arthur C. Clarck. 2010, creio eu... E como a maior parte dos termos da astronáutica foram inventados pelos britânicos...

    Por acaso vi a notícia em directo na CNN e realmente meteu nojo, as pequeninas bocas...

    Além disso se virmos as notícias na ABC e nos jornais disponíveis no news.google.com, parece que toda os media americano, copiaram as bocas...

    Referências á elite que tentava manter o prestígio e etc... bah...

    Do outro lado, a propaganda também não falta... Exemplo é a comunicação do cosmonauta (para mim são todos iguais..) com o ministro da defesa chinês (?!)... única comunicação oficial, além da com a família... E as palavras são enigmáticas... "Cumprirei a missão técnica que me foi confiada por si com todo o meu esforço.." Missão militar?
    Assim dizia o gossip que circulava na net. Ou boca planeada para desorientar os serviços de informação estratégica ocidentais?

    É que os chineses são muito subtis...

    Quanto há India.. Devem ter o program espacial mais ao gosto do Saramago... A filosofia do programa deles é ajudar as populações, pelo que o enfase na visão remota, telecomunicações, etc...
    (Não esquecendo os mísseis...)
    Re:Not "Taikonaut", the term is "Yuhangyuan" (Pontos:2)
    por Gimp em 16-10-03 11:09 GMT (#21)
    (Utilizador Info)
    Essa de ser só a 3a...quem me dera que Portugal pudesse estar nessa situação em vez do desperdício que foi o PoSat. Os americanos podem rir-se e falar das cópias, mas a China tem a força de nos próximos anos ultrapassar os EUA e a Rússia em investimentos aeroespaciais. Porque são uma ditadura (esqueçam o comunismo, as ditaduras são iguais, qualquer que seja a orientação), têm cérebros e uma população enorme.


    "No comments"

    Re:Not "Taikonaut", the term is "Yuhangyuan" (Pontos:1)
    por Shriek7 em 16-10-03 14:01 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    "...quem me dera que Portugal pudesse estar nessa situação em vez do desperdício que foi o PoSat..."

    Desperdício que foi o PoSat? é uma opinião... sua, não a partilho.
    Quanto a querer que Portugal estivesse na situação da China... só se for nos avanços na área espacial porque não queria estar na china por mais nenhuma razão, e olhe que vivi 14 ano lá ao lado e sei do q estou a falar.

    Portugal tem aquilo que é proporcional ao seu tamanho territorial, populacional e também proporcional à vontade que a sua população quer investir nessa área. Claro que podias ter mais do que um PoSat. Mas sempre tiveram outras prioridades... euro, expo, pontes... (Não estou a criticar o caminho que nós tomámos, estou apenas a mostrar que não se pode ter tudo)
    Re:Not "Taikonaut", the term is "Yuhangyuan" (Pontos:2)
    por sab em 16-10-03 14:55 GMT (#24)
    (Utilizador Info) http://virtual.inesc.pt/~sab/
    Enviar um homem para o espaço é útil por uma série de razões (cientificas, técnicas, propaganda, etc.).

    Enviar um homem à Lua não é útil, foi útil para o EUA na decada de 60 por uma questão de propaganda e com as questões da guerra fria. Os Russos sempre foram mais pragmáticos e práticos sobre estes assuntos e enviaram sempre robots. Na verdade os Russos em muitas coisas estiveram (e estão) à frente dos EUA. Onde eles perdem é nos sistemas de informação e em alguns componentes mecâncicos importantes (por exemplo rolamentos).

    Acredito que neste momento para além do interesse económico a China também esteja a seguir um caminho para a Lua (literalmente) por questões políticas e de propaganda.
    -Sab
    "Um mundo melhor é deixado como um exercício para o leitor, Paul Graham"

    Re:Not "Taikonaut", the term is "Yuhangyuan" (Pontos:1)
    por secameca em 17-10-03 0:03 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    Pragmáticos o tanas. Eles tinham projectos para missões à Lua e a Marte. Eles até fizeram o sistema de lançamento e as naves para as missões à Lua: O N1 e a Soyuz basicamente.

    O problema é que o N1 era tão complicado que eles não conseguiram por aquilo a não rebentar a tempo.

    Links: N1 moon rocket, Soviet Moon rocket secrets revealed.

    Abre brevemente (Pontos:2, Engraçado)
    por drdread em 15-10-03 22:15 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    ...a primeira loja chinesa na Lua...


    No code = No errors

    Nova politica populacional (Pontos:1)
    por buarp em 16-10-03 10:36 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Como já não cabem cá em baixo, vão começar a exportar para o espaço. Hoje o Mundo, amanhã a Galáxia.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]