gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
GNOME 2.4 - better than ever
Contribuído por vd em 11-09-03 9:52
do departamento gnomástico
Gnome TheDrums escreve "Boas!
Ainda estou a compilá-lo, mas do que vi está absolutamente excepcional. Até a calculadorazeca já traz modo científico :)
A nova versão do GDM (Login Manager) está muito mais configurável, e o Epiphany mostra-se, mesmo a tempo, na sua versão oficial 1.0. Não se esqueçam do gnumeric, cujo port para GNOME2 já está quase completo, bem como quase toda a panóplia de aplicações GNOME.

Quanto ao resto não há muito a dizer, excepto que nunca tinha visto o PANGO a funcionar. Simplesmente colossal!!

Que estão à espera? 'Bora lá dar-lhe uma vista de olhos!!... Quanto a mim já só me faltam 100horas e 50 minutos e 10 segundos.. não, 9! 8!.. "

Meta o patch ! Esse nao ! O patch do patch ! :) | ainda a SCO...  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • TheDrums
  • compilá-lo
  • vi
  • calculadorazeca
  • mais configurável
  • Epiphany
  • mostra-se
  • gnumeric
  • panóplia
  • resto
  • PANGO
  • a funcionar
  • vista de olhos
  • Mais acerca Gnome
  • Também por vd
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Um pouco a parte... (Pontos:2, Interessante)
    por Shriek7 em 11-09-03 10:48 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Sou mais ou menos um leigo em linux (já k nunca o usei a sério e não pego nele há +/- um ano) mas há dias instalei o slackware 9 para tentar migrar d vez para linux. So k kd fui instalar o Opera (o meu browser d eleição, muito melhor k o Konqueror ou Mozilla) deparei-m com problemas d falta de pacotes (libraries glibc) mas k sei k lá estão.

    Isto tudo para dizer k acho muito dificil k a maior parte do pessoal vá migrar pra linux se as instalações simples como esta continuar a por problemas destes...

    Será k vamos todos de ter de esperar por 100 e tal horas para compilar um programa para k ele funcione sem problemas na nossa makina? (já sem falar nos conhecimentos k isso exige...)

    A instalação do linux é facil na maior parte dos casos. É kuase tudo automático. Mas a sua utilização é muito pouco intuitiva (principalmente a instalação d novos programas)...
    Sei k já estão a pensar: É pouco intuitiva pk estou habituado ao windows.... poix estou eu e mais 90% da população (computadorizada) mundial. E não me venham dizer k há mais intuitivo do k clicar num icon e nos butões next até ao fim da instalação...
    Re:Um pouco a parte... (Pontos:2)
    por [Cliff] em 11-09-03 11:05 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com
    Faz como eu, instala o Ximian RedCarpet. Hoje acordei também na disposição de compilar o Gnome, mas quando abri o Evolution e fui ver os RSSs, li que a Ximian tinha lançado um XimianDesktop Unstable com o Gnome 2.4 compiladinho e prontinho a instalar :) Foi só clickar em "Next" ;)
    Não sei é se o Slack9 é suportado pela Ximian (SuSE e RedHat são oficialmente, Debian oficiosamente ;) ) mas se não fôr, sempre podes instalar outra distribuição :)
    Relativamente ao "Next" olha, ontem estive a perder tempo a instalar o QMail no RedHat9 e ainda bem que tenho de fazer as coisas à mão porque acho que fica muito melhor configurado e quando há problemas sabe-se bem como,porquê e o que fazer para os resolver... se bem que fiz um shell script para instalar o qmail e deixei-o a correr... mas isso são detalhes :)

    ----------
    Este post foi publicado segundo a licensa IDC (I Don't Care).
    Re:Um pouco a parte... (Pontos:2)
    por Tuaregue em 11-09-03 17:10 GMT (#15)
    (Utilizador Info)
    Desculpa lá a pergunta, mas qual é a diferença entre o Ximian RedCarpet e o Gnome em si?? Já estive muitas para instalar o Ximian RedCarpet mas como ainda não encontrei ainda uma lista com as diferenças entre Gnome e RedCarped fico-me sempre pelo Gnome.

    ------------------------------------------------------------
    Todas as coisas mudam, e nós mudamos com elas.

    Re:Um pouco a parte... (Pontos:2)
    por blacksheep em 12-09-03 0:17 GMT (#21)
    (Utilizador Info)
    Pelo que sei, o RedCarpet é um programa do género do apt-get da Ximian.
    O Ximian Desktop é uma série de melhoramentos ao Gnome tradicional.
    Re:Um pouco a parte... (Pontos:2)
    por TarHai em 11-09-03 11:13 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.dilbert.com

    Será k vamos todos de ter de esperar por 100 e tal horas para compilar um programa para k ele funcione sem problemas na nossa makina? (já sem falar nos conhecimentos k isso exige...)

    E por isso que opto por usar mandrake (ou outra qualquer distro burn and play). Nao e que nao me sinta a vontade com outras distribiuicoes mais 1337istas, mas tenho maneiras melhores de dispender o meu tempo.

    Quanto a comparacao com o windows, acho q e puramente subjectiva. Gosto muito dos gestores de pacotes centralizados (rpm e apt) e gosto muito do plug and play do macosx... No windows e tudo ao calhas, ou pelo menos assim me parece, pelo que nao ha nada que gostar.


    ## I live the way I type; fast, with a lot of mistakes.
    Re:Um pouco a parte... (Pontos:2)
    por bracaman em 11-09-03 11:52 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://bracaman.netcanvas.net

    O slackware não é 1337ista como lhe chamas. É simples, muito simples, e para fazer certas coisas despende-se mais tempo/energia até as ter feitas.

    O problema é que, tal como na história dos crackers/hackers, há montes de pessoas que usam slackware como se aquilo fosse só para gente iluminada; pior que isso, elitizam-se e usam frequentemente a palavra sucks em relação a outras distribuições (e aos produtos que eles não usam).



    --
    "Muda, que quando a gente muda, o Mundo muda com a gente" -- Gabriel, o Pensador
    Re:Um pouco a parte... (Pontos:2)
    por MacLeod em 11-09-03 16:02 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    O slack lá simples é, o problema é que os pacotes tgz para slack têm pouco software e não é actualizado muito frequentemente. Posta esta limitação, há que compilar o software que se quer instalar.

    E isso NÃO é simples, pois existem sempre dependencias e outras dificuldades. Por isso o sistema de pacotes ultra simples do Slack não chega aos calcanhares de um apt-get ou rpm. Logo, no que toca à instalação de programas, o slack é uma seca (sim, e eu já compilei de tudo no slack, X, gnome, etc.). Mas para começar a aprender linux, é do melhor.

    Curiosamente a maior parte dos machos do Linux já não andam muito no Slack, insistem mais no Gentoo ou viram-se para *BSD, para mostrar que conseguem instalar um SO mais difícil de instalar.

    Re:Um pouco a parte... (Pontos:3, Interessante)
    por Arrepiadd em 11-09-03 11:50 GMT (#5)
    (Utilizador Info)

    (...)acho muito dificil k a maior parte do pessoal vá migrar pra linux se as instalações simples como esta continuar a por problemas destes.

    Acho que isso é um problema comum. Acho que no início todos temos esses problemas. No entanto, com a prática as coisas acabam por ser percebidas e os problemas conseguem ser contornados (e resolvidos). Mas neste caso, acho que a simplicidade do Windows não ajuda muito ao mundo. A tal simplicidade do Windows faz com que qualquer acéfalo consiga mexer nele. Chegas ao ponto de teres alguém a telefonar-te porque diz no ecrã inicial "Not a bootable disk. Replace and strike any key." porque nunca tinham deixado uma disquete dentro da drive e não percebem que isso pode ter algo a ver... A instalação do linux, uma vez conhecido o sistema não é mais difícil que uma instalação de Windows. A existência de pacotes pré-compilados como os rpms (por exemplo) permite poupar algum tempo, perdendo, por comparação com as sources, alguma da performance por o programa não ser especificamente compilado para o teu sistema. É tudo uma questão de pesar os prós e os contras. Alguns programas talvez prefiras compilar, outros preferes o rpm porque não queres chatices, vai ser uma questão de escolha.

    Será k vamos todos de ter de esperar por 100 e tal horas para compilar um programa para k ele funcione sem problemas na nossa makina? (já sem falar nos conhecimentos k isso exige...)

    A maioria dos programas não demorará 100 horas a compilar. A maioria dos programas que se utilizam diariamente e que numa primeira fase de utilização de linux se vão descobrindo não demoram este tempo todo. Clientes de IRC, de instant messaging, leitores de video ou de audio and so on não costumam demorar nem uma hora. E para estes costuma haver rpms. Acontece é que chega a uma altura em que começas a dispensar os rpms para passar a fazer as compilações. Aconteceu comigo e deve acontecer com muito mais gente, senão distribuições como o Gentoo que tem, ente outros alvos, aqueles utilizadores que querem compilar tudo desde o primeiro ao último pacote nºao fariam sentido. Os conhecimentos exigidos por uma instalação de linux, não são, repito, uma vez conhecida a mecânica do sistema nada de extraordinário. Para compilar um programa não é preciso dissecar-lhe o código fonte.

    [A instalação de novos programas no linux] É pouco intuitiva pk estou habituado ao windows.... (...) E não me venham dizer k há mais intuitivo do k clicar num icon e nos butões next até ao fim da instalação...

    Mais intuitivo talvez não exista, mas mais eficiente há... A disponibilização do código fonte permite que tu faças um programa à tua medida. Podes pegar num programa e fazer uma versão com menos funções porque tu não precisas de todas as funções. Ou podes adicionar mais funções caso não exista algo que precisas. Permite que o programa instalado saiba o que está no teu computador e correr consoante o que lá está. E se não quiseres ter esta liberdade... os rpms resolvem o assunto. Nem é preciso carregar em botão nenhum (muito mais intuitivo que no windows :)


    Re:Um pouco a parte... (Pontos:2)
    por nmarques em 11-09-03 14:21 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://morgul.xpto.org
    Usas Slackware, queres o que ? Milagres ?
    -------------------------------------------------------
    Seja sangue e suor o caminho para a vitoria,
    lutaremos lado a lado pela pátri
    Re:Um pouco a parte... (Pontos:2, Esclarecedor)
    por rsantos em 11-09-03 14:43 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    No fundo, o problema é esse mesmo estares habituado ao Windows. Diria mesmo que deves estar naquela fase da dúvida existencial de não compreender porque é que dizem que o Linux é tão bom, já que é tudo tão difícil de instalar.

    Eu habituei-me ao Linux e agora acho certos aspectos do Windows muito pouco práticos. Mas isso é apenas uma questão de utilização. Tal como gostares mais de um telemóvel Nokia do que dum Samsung, ou de quaisquer outros produtos.

    O problema, no caso dos sistemas operativos, é que as pessoas estão à espera que tudo seja igual, mas não são... no máximo podem ser compatíveis, e é para aí que os S.O. caminham...

    Is this the meaning of life?....Ah! It's Lear again!
    Re:Um pouco a parte... (Pontos:1)
    por Shriek7 em 11-09-03 19:52 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    Hoje sakei o mandrake e instalei-o. Foi igualmente fácil. A instalação de software muito mais simples e n precisei de mais libs nenhuns...

    Mas no fundo o que eu queria dizer:
    Eu estou disposto a 'perder' tempo com o linux mas sei k muitas outras pessoas não estão dispostas a isso. Isso não seria importante (já k cada um usa o k ker) se não ouvesse uma comunidade relativamente grande k axa k o estado deveria passar a usar open-source (Linux, essencialmente). Como educar toda essa gente? Mesmo k comecemos por baixo (a educar criancinhas) seria necessário k os seus professores soubessem alguma coisa de linux ou k nas escolas ouvesse linux.
    Está muito melhor (Pontos:2)
    por tourt em 11-09-03 11:09 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    O interface está bastante melhorado.

    Ainda há problemas em mudar de window manager como no gnome2.2? É que mudar do metacity para sawfish, era preciso fazer:

    killall metacity; sleep 5 ; sawfish &

    e mesmo assim, às vezes, o sawfish não consegue subtituir o metacity. Nem com o ~/.xinitrc com 'export WINDOW_MANAGER="/usr/bin/sawfish"' aquilo vai lá!

    Algumas threads sobre o problema nos forums do gentoo: aqui, aqui e aqui. Vou esperar que saiam os ebuilds para gentoo.



    Cumprimentos
    Artur Martins

    ----------
    cat /usr/src/linux/arch/i386/boot/bzImage > /dev/dsp, and the voice of god will be heard.

    noite oscares (Pontos:4, Informativo)
    por racme em 11-09-03 14:16 GMT (#7)
    (Utilizador Info) vendetta.guildsoftware.com/
    Primeiro quero dar os meus parabens a team do GNOME pela release 1.4 segundo quero dar os meus parabens a equipa responsavel pela traducao para portugues que esta a fazer um execelente trabalho. Terceiro quero agradecer a toda a comunidade que apoia, suporta e usa gnome tanto portuguesa como internacional. E por ultimo quero agradecer a mim proprio por nao cair em tentacao e continuar a usar um WM colestrol free :P

    ja agora,

    ai pros 1337s das threads anterirores, que slack e' dificil e isto e aquilo,

    gnome2.4 in slack, basta tar com atento ao changelog
    gnome2.4 in freebsd, atencao a cvs tree do marcus e ao marcusmerge script, a 2.4rc ja tai a' alguns dias so resta esperar pelo final q deve deve tar quase quase a bater nas freshports

    by da way pra qd um mirror do dropline ca no burgo?

    SIDE NOTE GILDOT EDITORS: que tal criar uma topico "MIRRORS PT" que de pra colocar como side box, para ter uma lista actualizada de todos os mirrors pt FLOSS related, e para tambem incentivar e picar o ppl a fazer fetchs e wgets -m nao uma vez in a life time, mas sim a ter os mirrors permentemente actualizados!


    Make World; Not War;
    Re:noite oscares (Pontos:2)
    por ruben dig em 11-09-03 16:02 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://www.floppy.com.pt
    A release 1.4 já saiu há algum tempo :)
    Sem querer ofender não cheguei a perceber se usas gnome ou outro WM. A tentação é o Gnome e usas o icewm(fluxbox,xfce) ou a tentação é o kde e usas o gnome ???
    Quanto aos mirrors, era uma excelente ideia ter uma noção do que se pode sacar em PT já que as happy hours ainda não são muitas e se se pode sacar nacional há que aproveitar...
    Mirrors das univ, darkstar.ist.utl.pt, linux.pt , cprm.net, os dos gentoo ...
    Re:noite oscares (Pontos:3, Interessante)
    por racme em 11-09-03 16:49 GMT (#13)
    (Utilizador Info) vendetta.guildsoftware.com/
    A release 1.4 já saiu há algum tempo :)

    2.4 i mean

    Sem querer ofender não cheguei a perceber se usas gnome ou outro WM. A tentação é o Gnome e usas o icewm(fluxbox,xfce) ou a tentação é o kde e usas o gnome ???

    percebeste bem, ie !(KDE || GNOME)
    im WM colestrol free, assim fico com os recursos disponiveis para outras coisas mais interessantes :P

    Quanto aos mirrors, era uma excelente ideia ter uma noção do que se pode sacar em PT já que as happy hours ainda não são muitas e se se pode sacar nacional há que aproveitar...

    pois... ja para nao falar dos ISPs, telepac e' a pouca miseria q se ve, netcabo nem FTP tem, netvisao so pra clientes mas tb tem pouca coisa, ONi nao tem, novis tem o ftp da antiga IP desactualizado e ficamos por aqui. O engracado e' q muitas destas empresas usam software OS, tem os recursos e os meios, so custa compreender porque razao nao os colocam ao servico da "Comunidade". Nem que seja ao servico da "comunidade portuguesa", se o termo "comunidade" pode alguma vez causar calafrios a alguem.
    E as unis nem quero entrar por ai.. muitas com os seus DIs com ligacoes dedicadas de 10 Mbit/s, para depois acabarem por ser de uso exclusivo nao dos proprios alunos mas sim dos "pseudo-admins", para sacarem os seus divxes em tres tempos.

    Para mais um mirror de software Floss e' como uma biblioteca publica cheia de livros, mesmo que nao tenha muitos frequentadores, ninguem questiona a sua utilidade como meio de cultura e enrequecimento da sabedoria de um povo.

    ps: aquela pic do bb tava a brincar, nao sou assim tao fanatico, foi apenas um mero exercicio


    Make World; Not War;
    Re:noite oscares (Pontos:1, Redundante)
    por jazzy em 11-09-03 16:24 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://www.gildot.org
    continuar a usar um WM colestrol free
    Bem, se queres um WM colestrol free, dá uma vista de olhos pelo blackbox e também pelo fluxbox. Esses sim, são colestrol free, linha 0, light, etc.


    Jazzy
    Re:noite oscares (Pontos:3, Interessante)
    por racme em 11-09-03 17:06 GMT (#14)
    (Utilizador Info) vendetta.guildsoftware.com/
    continuar a usar um WM colestrol free

    Bem, se queres um WM colestrol free, dá uma vista de olhos pelo blackbox e também pelo fluxbox. Esses sim, são colestrol free, linha 0, light, etc.


    flux? bb?

    waimea user here :) e tens a fork kahakai

    outro muito bom a la BB styla, openbox suporte total para gnome e kde, qer a nivel de apps quer a nivel de wM, xft2, themes, super rapido, transparencias, etc



    Make World; Not War;
    Re:noite oscares (Pontos:1, Redundante)
    por vd em 11-09-03 17:14 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://paradigma.co.pt
    SIDE NOTE GILDOT EDITORS: que tal criar uma topico "MIRRORS PT"

    "Referências
    kernel, redhat, slackware, mandrake, debian, gtk, gnome, ximian no tux.cprm.net "


    //vd
    Re:noite oscares (Pontos:2)
    por racme em 11-09-03 22:37 GMT (#19)
    (Utilizador Info) vendetta.guildsoftware.com/
    Looking for 4.x users to test GNOME packages for 4.9-RELEASE. Send email to marcus@FreeBSD.org if you're interested. GNOME 2.4 Final won't be in ports until at least October 1st !

    E o gnome2.4 nao vai ser incluido na release 4.9 agendada para o final deste mes.


    Make World; Not War;
    Pedrada no charco (Pontos:2)
    por henrique em 11-09-03 21:51 GMT (#18)
    (Utilizador Info)
    Até a calculadorazeca já traz modo científico :)

    A calculadora do KDE tem modo científico há uns anitos...
    O Gnome, aliás, tem estado sistematicamente atrás do KDE em quase tudo. Bastam usá-lo 30 minutos para perceber isso. A única coisa que o tem salvo do esquecimento é ser o ambiente por omissão do RH.

    Re:Pedrada no charco (Pontos:2)
    por Arrepiadd em 11-09-03 23:46 GMT (#20)
    (Utilizador Info)

    Embora eu nunca tenha usado o KDE por mais de 2 minutos, o que me deu a entender é que geralmente o Gnome era mais rápido que o KDE. Repito, eu nunca usei muito o KDE e o pouco que experimentei pareceu-me confirmar isso. Pode ser por realmente nunca ter mexido nele.

    De qualquer das formas, como disse, gosto mais do Gnome independentemente de, como dizes, o KDE ser melhor em quase tudo. Na realidade o KDE, mesmo no ambiente red hat em que eles (Gnome e KDE) vêm praticamente iguais não me atrai tanto como o Gnome. E umas das coisas que eu não gosto (talvez dê para alterar, mas por defeito vem assim) é o facto de a barra dos programas ser a mesma para os quatro workspaces, enquanto no Gnome é uma para cada workspace. Se eu tenho 4 workspaces totalmente independentes entre si, para que raio quero saber o que tenho aberto na 3, se estou na 1!!


    Re:Pedrada no charco (Pontos:2)
    por blacksheep em 12-09-03 0:26 GMT (#22)
    (Utilizador Info)
    O Gnome foi iniciado um ano antes do KDE e, mesmo assim, a versão 1 do KDE era bastante mais funcional do que o Gnome.
    O KDE perdeu quase dois anos, entre a transição do KDE1 para o KDE2. Entretanto, o Gnome evolui bastante.
    No entanto, mal saiu o KDE2, o Gnome ficou anos luz atrás do KDE. Após quase 2 anos, o Gnome retaliou com o Gnome 2.

    No entanto, o KDE é tecnicamente assente em bibliotecas e tecnologias melhores do que o Gnome.
    Embora o Gnome seja bastante bom actualmente, a maioria das suas aplicações não o são.
    Re:Pedrada no charco (Pontos:1)
    por liberdade em 12-09-03 1:34 GMT (#23)
    (Utilizador Info) http://wideopenbsd.org
    ... e já se está a pensar na versão 4.0 do KDE. De facto o Gnome até pode ser mais rápido, mas tem tido uma evolução mais lenta. A linguagem C não consegue ser tão produtiva como o C++ na área de desenvolvimento de aplicações (GUI).
    Re:Pedrada no charco (Pontos:1)
    por Manuel em 12-09-03 2:39 GMT (#24)
    (Utilizador Info) http://sindominio.net/~manuel/
    ó pá, anda vc um pouco ou melhor ainda bem errado. o GNOME foi iniciado um ano *após* o lançamento de KDE ;)
     
    de facto é que o GNOME saiu à palestra por uma falha digamos importante do KDE, a sua licença: "The KDE Project came first, and used a set of libraries called Qt. These had a non-free licence. Some people didn't like this licence and wanted to work on something with a different licence, so looked about, found none, and wrote their own, which are under the GPL and the LGPL." (ver completo).
     
    eu comecei por não usar KDE por causa de um crash que ele provocou na computadora aos 2 minutos de começar a mexer nele, coisa extremadamente infrequente em GNU/Linux como sabeis, ainda na altura (devia ser 1999 acho). apaguei toda pegada do KDE daquele computador e o KDE não voltou entrar na minha humilde morada.
     
    depois disso também me interei do problema filosófico das licencias, então decidi não usar por esse tema. embora esse problema esteja arranjado é uma dessas coisas que marcam para sempre as comunidades que envolvem o projecto.
     
    quanto as aplicações, desde sempre o GNOME as teve melhores, ainda que muitas delas sejam externas ou semi-externas (Mozilla e derivados, Evolution, X-Chat...). vantagens de funcionalidade como gestão de temas ou utilizar vários WM sempre foi tb uma característica importante de GNOME, o KDE sempre foi assim mais para quem fica com a configuração por defeito e não gosta de mexer em nada. o KDE era de melhor qualidade (pelo menos na época do ano 1998-2001 que andava eu mais interessado nesses temas) por isso mesmo, por ser mais simples e equipa de desenvolvedores mais "homogénea" e não andar com tanta ferramenta externa (por vezes boa "de mais", caso de Evolution, que precisa muitos recursos para funções que a maioria quase nunca utilizamos) e complicações pouco necessárias. por isso é que me parece raro que digas que as aplicações não são boas, mas bom, eu como não sei as que tem KDE melhor fico por aqui.
    Re:Pedrada no charco (Pontos:2)
    por MacLeod em 12-09-03 14:59 GMT (#29)
    (Utilizador Info)
    Epá -- convenceste-me. Eu usava GNOME há uns anos, mas vou mudar para KDE só porque a calculadora científica é mais antiga. Já pensaste que no Windows 3.1 já havia uma calculadora científica?

    A única coisa que o tem salvo do esquecimento é ser o ambiente por omissão do RH.

    Eu pensava que eram os comentários cheios de argumentos enérgicos, como o teu.

    Encontrei este comentário (Pontos:1)
    por jobezone em 12-09-03 5:02 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    Encontrei um comentário no slashdot, que apesar de ser um pouco desactualizado (alguns bugs que refere foram arranjados, outros assuntos são desactualizados como quando fala sobre a Eazel, mas válidos), parece certeiro quanto à descrição do desenvolvimento dentro do projecto GNOME (dou o link do comentário no fim do meu texto).

      Eu próprio já participei durante algum tempo no gnome, fazendo uns ícones, e senti na este método de desenvolvimento na pele quando a maioria deles foram substituídos pelo tigert sem um ai nem ui. Caso não saibam, quando saiu o gnome 1.0, faltava-lhe muitos, muitos ícones, sendo os existentes todos feitos pelo tigert(e uma das razões por me apaixonar pelo gnome). Pouco a pouco foram-se juntando pessoas para resolver o problema, incluindo eu, e na versão 1.2 muitos já lá estavam (quase todos os ícones do menu principal, de outros menus, de applets, aplicações, etc.)

      Até então já tinham sido feitos dezenas de ícones necessários, mas gradualmente foram-se fazendo menos. Creio que isto seria a falta de motivação. É que durante todo este período, o nosso contacto com a comunidade que desenvolvia o gnome era nula, pois só tinhamos uma pessoa a quem enviar os ícones e que mais tarde os escolheria (apesar de ser bestial, e ele tambêm um voluntário que apareceu do nada).
      Foi então, que achei boa ideia sugerir-lhe a criação de um site sourceforge, ao que ele achou óptima ideia. Já poderiamos comunicar entre nós,trocar ícones e comentários, melhorar uns dos outros, etc. Pouco depois o gnome 1.4 saiu, e para surpresa minha, muitos ícones tinham sido refeitos pelo tigert. Não que não estivessem melhores(se bem que alguns, poucos, preferia as versoes antigas), mas nada tinha sido dito aos artistas que, na ausencia do tigert entre 0 1.0 e o 1.2, dedicaram-se a preencher a lacuna (tb. mais alguns icones do projecto entraram no 1.4). Nem o tigert apareceu pelas listas so projecto dos ícones, onde poderia certamente ser muito útil na criação de uma boa equipa gráfica do gnome com todo o seu conhecimento do gimp, de design, etc.
      Na altura foi-nos ditos que não havia problema, porque em breve apareceriam os temas de ícones, logo poderiamos criar um tema dos mesmos, e este ser facilmente instalado por utilizadores. Como sabem, nunca chegou a existir alguma vez um tema de ícones.
      Muito pouco depois, a Ximian foi fundada, e torçi o nariz. Até que ponto poderia o desenvolvimento do gnome ser raptado por esta companhia da qual faziam parte importantes programadores (e artista)? Imaginem se soubessem que o Linux Torvald, o Alan Cox, e outros tantos do linux fizessem uma companhia juntos para continuar a desenvolver o kernel? Ficariam chocados como eu, especialmente se estivessem a contribuir para o que achavam ser um desenvolvimento comunitário. A seguir foi a eazel, que por mais competentes que fossem (afinal acabaram por não o ser), teriam a cargo outra componente importantíssima do gnome, o file manager. Por fim, a gnome foundation, com companhias a bordo como a Sun, e outras. Enviei este e-mail e que curiosamente seria o último a ser enviado por alguem:

    "FROM: Eduardo Silva
    DATE: 12/19/2000 17:28:38
    SUBJECT: GnomeArtists) leaving gnome project

      If this e-mail still reaches someone, I just wanted to
    let know that I've stopped making icons a long time
    ago, and although it started because of lack of time,
    I've made (some time ago) a rational decision to stop.

    Because of the way the project organizes itself (in a
    non-democratic way, and with the goal to profit(eazel,
    helixcode, companies embracing gnome foundation,
    etc.))
    I can't continue to contribute to Gnome.

    Bye,
    Eduardo"
    http://www.geocrawler.com/archives/3/2919/2000/12/0/4861144/

    Entretanto o tempo foi passando, passei a usar o kde, fui esquecendo o sucedido, e com a nova versão gnome2, decidi experimentar. Há coisas óptimas, na minha opiniao, no novo interface do gnome. A utilização de verbos para botões de janelas, por exemplo, torna a utilização do sistema e aplicações mais imediata e óbvia. Mas após usar durante umas semanas, frustei-me da impossibilidade de configurar certas e básicas opções em aplicações. Enviei um bug-report com a ideia de ter no gconf-editor uma opção que quando activada, introduzisse em todas as aplicações do sistema um novo tab onde se poderiam configurar as opções médias/avançadas das mesmas. Dei como exemplo o que o internet explorer faz. A resposta foi muito seca, e parece ser o novo paradigma de desenvolvimento:
    "This is not something I want to fix:

    * The majority of users don't need to change advanced settings.

    * The users that actually want to change advanced settings are likely
    to know how to use gconf-editor anyway.

    * Internet Explorer doesn't show all possible settings in the dialog,
    just a subset."

    Após eu ter desmontado o erro da coisa, descartou-se, dizendo que não era uma feature do gconf-editor, e que deixaria ao critério dos programadores das aplicações.
      Imagino que não terá feito forward deste bug para alguma lista gnome, onde a proposta poderia ser apresentada ao "critério" dos programadores; critérios estes que os mesmos também já não tinham a possibilidade de exercer com o aparecimento do HIG. Podem ver aqui o bug: http://bugs.gnome.org/show_bug.cgi?id=115276

    Ao estar a fazer browse do slashdot, encontrei este comentário,
    http://slashdot.org/comments.pl?cid=6920056&sid=77912
    e cuja leitura reviveu-me as experiencias e sentimentos que tivera no meu passado desenvolvimento no gnome.

    Resolvi então colocar aqui o meu relatório, para o bem ou para o mal.
    Re:Encontrei este comentário (Pontos:1)
    por jobezone em 12-09-03 5:07 GMT (#26)
    (Utilizador Info)
    P.S.-desculpem o meu portugues, é o que dá deixar de usar a internet como customava:)
    Re:Encontrei este comentário (Pontos:1)
    por jobezone em 12-09-03 5:13 GMT (#27)
    (Utilizador Info)
    !costumava! e o facto de ser 6 da manhã , e de este assunto ser importante para mim (já o foi com mais gravidade, agora não me ralo tanto) deve ajudar.
    Re:Encontrei este comentário (Pontos:1)
    por jobezone em 12-09-03 21:50 GMT (#30)
    (Utilizador Info)
    A maneira como começei este texto dá um pouco a entender que o conteúdo desta mensagem é tirada de um outro comentário, e não meu. No entanto todo este comentário é meu.
    KDE 3.2 Alpha1 (Pontos:1, Despropositado)
    por MavicX em 12-09-03 9:29 GMT (#28)
    (Utilizador Info) http://www.startux.org
    Já se encontra disponivel nos FTP a nova versão (alpha) do KDE 3.2 . E para ajudar a instalar a nova versão existe uma nova versão do konstruct ainda Unstable.

    Pedro Esteves

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]