gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Motorola: To be or not to be Symbian
Contribuído por scorpio em 01-09-03 15:58
do departamento to-be...
News Gimp escreve "A Motorola lançou para o mercado britânico e italiano o novo A920 Symbian-based, mas o que é estranho é que abandona a sua posição na Symbian para passar a ser só um licensee. Isto representa uma certa instabilidade para a Symbian e uma boa arma de arremesso para a dona da plataform Stinker, oops, agora é Smartphone(?).
O que é interessante nas declarações da Motorola, é que o Java é o futuro e só a pedido do cliente é que produzirá aparelhos com Symbian OS, e como diz no artigo, o Symbian OS tem suporte para Java assim como outros smartphone OS. Assim de repente não me lembro de haver Java na plataforma da Mico, e com o lançamento recente no mercado asiático do primeiro telemóvel da Motorola com linux, faz-me pensar que o mesmo será uma aposta em grande por parte do fabricante americano. "

Novo portal nacional dedicado à plataforma Apple | IDS, ver o ataque, mas como evitar?  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • A920
  • Mais acerca News
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Complemento (Pontos:3, Informativo)
    por Gimp em 01-09-03 16:29 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Não pareço ser o único a suspeitar qual a aposta estratégica da Motorola (antes que me ponham o rótulo de convencido, acreditem que sou um rapaz modesto). Num artigo de opinião da Newswireless.net e reproduzido no The Register, o colunista também acha que a estratégia futura da Motorola passa e muito pelo linux.


    "No comments"

    Re:Complemento (Pontos:1)
    por Mulder3 em 01-09-03 21:02 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    Sim, mas mesmo assim, duvido que o Linux possa chegar aos calcanchares do Symbian, o SymbianOS é liderado pelas maiores empresas do sector e liderada para maior de todas(Nokia), acho que a guerra vai ser mais WindowsPhoneEdition VS. Linux do que proprimente Linux VS. Symbian ou WindowsPhoneEdition v.s Symbian, o SymbianOS já é o nr.1 e vai ser dificil arranca-lo desta posição, na minha opinião, a guerra vai ser mais pelo segundo lugar....
    Re:Complemento (Pontos:2)
    por Gimp em 02-09-03 8:34 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Se a Motorola consegue entrar no mercado chinês (sim, porque nenhum fabricante de telemóveis ainda conseguiu entar verdadeiramente naquele mercado!!!), e ser a marca líder, só este mercado dar-lhe-ia se não a primeira posição em termos de números pelo menos a segunda, e como o governo chinês está mais inclinado por uma solução linux...


    "No comments"

    Re:Complemento (Pontos:2)
    por [Cliff] em 02-09-03 13:35 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com
    Não confundas alhos com bugalhos, o interesse do gov. chinês em Linux é para PC. Nos telemóveis acho que, como a maior parte das pessoas, se estão bem a borrifar, até porque a Motorola é uma empresa dos EUA.
    A Nokia está a começar a investir no mercado chinês e bem... acho que está tudo dito: onde a Nokia "mete a pata"...

    ----------
    Este post foi publicado segundo a licensa IDC (I Don't Care).
    Re:Complemento (Pontos:2)
    por Gimp em 02-09-03 13:54 GMT (#6)
    (Utilizador Info)
    Sei muito bem o que estou a afirmar. Do segundo artigo "The company will be carrying on with its licensing of Symbian, with a Symbian-based 3G phone, the A920, shipping in the next weeks into the UK. But the Chinese Government's focus is on Linux, and they expect to see Linux as the operating system in everything"(sic), e que eu concordo plenamente. A China não precisa de NINGUÉM e muito menos da Nokia para o mercado wireless e em especial o da 3a geração. Já aqui foi aceite uma submissão enviada por mim onde se fala no desenvolvimento de tecnologia própria na China e que contorna as patentes da Qualcomm. Se alguém quiser negociar lá, vai ter que dançar ao som da música deles...


    "No comments"

    Re:Complemento (Pontos:2)
    por [Cliff] em 02-09-03 16:32 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com
    E a Nokia sabe muito bem dançar ao som dos outros. A questão não é o facto da China precisar ou não da Nokia... acho que ninguém precisa da Nokia. O facto é que no mercado GSM actual, onde a Nokia entra ganha liderança de mercado. Claro que não é imediatamente mas ganha-a.
    Até digo mais, daqui a um ano falamos outra vez, com os resultados da Russia, onde a Nokia começou agora a mostrar os dentes.

    ----------
    Este post foi publicado segundo a licensa IDC (I Don't Care).
    Re:Complemento (Pontos:2)
    por Gimp em 02-09-03 16:56 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    Repito: nenhum fabricante conseguiu entrar no mercado chinês, pelo menos na medida que gostaria. Se há fabrico próprio, há tecnologia própria, só lá vende quem segue as regras do governo, explica-me lá essa da Nokia. É que a meu ver a única coisa que a Nokia e os outros irão fazer é só colocar o nome porque o resto já não é feito por eles...
    Quanto à Rússia, quem está a misturar alhos com bugalhos és tu. A nível de telemóveis a Rússia risca zero...


    "No comments"

    Re:Complemento (Pontos:2)
    por [Cliff] em 02-09-03 18:38 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://www.yimports.com
    Voltando ao assunto Russia: dei o exemplo porque a Nokia não tem qualquer expressão naquele mercado e começou agora a apostar nele.
    Sobre a China: tanto quanto sei a Nokia não terá problemas em seguir as regras do governo (já agora, gostava que me indicasses quais são) Chinês tal como não deve ter problemas em seguir as regras de qualquer outro governo.
    Qualquer mercado ganha-se pelo marketing e nesse aspecto a Nokia dá cartas com a publicidade jovem e cool. Sendo que a China se está a "abrir" para vontades mais ocidentais e os jovens chineses são tão influenciaveis como quaisquer outros, acredito que o marketing da Nokia pegue e muito bem por aquelas bandas. Nem que tenham de baixar os preços do hardware porque a imensidão do mercado permite fazer este tipo de jogadas.

    ----------
    Este post foi publicado segundo a licensa IDC (I Don't Care).
    Re:Complemento (Pontos:2)
    por Gimp em 02-09-03 23:15 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Uma delas é que só entram em parceria e não como fabricante com controlo total. Não há pub que resista, por muito cool que seja, se os gajos decidem parar a produção porque errr...estão a produzir em demasia. Ou a Nokia (ou outro qualquer) só poder usar a tecnologia de 3a geração deles, o que implica pagar royalties e não deter o poder sobre essa mesma tecnologia...Não é uma questão de baixar ou não as calças, a questão é que só entra quem eles querem e da maneira que eles querem. Que o digam as empresas de telecomunicações.


    "No comments"

    Qual é o rumo real da Motorola? (Pontos:1)
    por Devil_PT em 01-09-03 23:22 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Não sei quem é que dirige aquela casa, mas parecem-me estar a jogar em todas as frentes para ver qual é que vai dar.

    Se já têm terminal a correr Symbian, se anunciam que Java e Linux fazem parte do futuro, porque é que também já têm (aparentemente) um modelo praticamente pronto para correr o software de Smartphone da Microsoft?

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]