gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Nem tudo é Linux
Contribuído por BladeRunner em 15-07-03 11:06
do departamento ok-tudo-bem
Free BSD smsp escreve "Segundo esta estatistica do NetCraft, os 5 servidores mais estáveis e fiáveis no mês de Junho correm freebsd, TODOS os 5 (note-se ainda duas presenças notáveis(?) do Windows 2000 nos top 10).
Por outro lado, e também segundo o Netcraft, o freebsd é o unico sistema operativo intel based a ganhar share em web sites activos, ao invés de perde-la, havendo já quase 2 milhões de serviços de webhosting a corre-lo (dos quais se destaca o yahoo! provavelmente).
'To misquote Churchill, never has an operating system used by so many been administered by so few.', conclui o NetCraft."

Comparação entre IMs para Linux | Ginástica da M$ no caso Munique  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • Intel
  • esta
  • também segundo o Netcraft
  • Mais acerca Free BSD
  • Também por BladeRunner
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    O pop-chunga (Pontos:1, Gozão)
    por Gamito em 15-07-03 15:14 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.dte.ua.pt/~gamito
    O que eu acho acerca disso é que muita gente foi acometida pelo "Sindroma do Linux é para Parolos Vamos Ser Cools e Mudar para FreeBSD".

    Eu próprio já fui acometido por esta estranha doença, mas quando tive que enfiar no servidor umas merdas de Java, só me dava erros nos ports e voltei para o Linux dos Parolos.

    Fiquei curado :-)

    Mário Gamito
    my web shelter
    Re:O pop-chunga (Pontos:1)
    por smsp em 15-07-03 15:36 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    e o que eu chamo a isso é "paranoia." quando estou em casa, uso windows/linux/freebsd mais ou menos igualmente, e adoro certos aspectos de cada um, logo, se submeti o artigo, não foi com intenção de chamar parolo a ninguém, e não chamei mesmo. portanto, se tu vês um post sobre freebsd ao fim de meses(?) sem tal acontecer e ficas na defensiva, parece-me que o mal não é meu. mas hey, quem sou eu para dar opiniões?
    smsp.
    Re:O pop-chunga (Pontos:1, Redundante)
    por Gamito em 15-07-03 15:48 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://www.dte.ua.pt/~gamito
    "se submeti o artigo, não foi com intenção de chamar parolo a ninguém, e não chamei mesmo."

    E eu também não chamei e se reparares, incluí-me na lista que descrevi.

    Acho que não percebeste a ironia do comentário.

    Mário Gamito
    my web shelter
    Re:O pop-chunga (Pontos:1)
    por smsp em 15-07-03 15:57 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    percebi e reparei, mas tenho visto muita gente com uma atitude igual, mas sem a ironia. há que esclarecer as coisas: há espaço para freebsd e há espaço para linux e há espaço para tudo o resto. e pronto.
    smsp.
    Re:O pop-chunga (Pontos:2, Informativo)
    por ncs em 15-07-03 16:10 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    Penso que a tua experiencia é interessante, mas a forma como a descreves dá-me ideia que tem uma carga negativa muito grande.

    Acho que realmente com o Java existem alguns problemas, mas nada que não se consiga resolver: http://www.osnews.com/story.php?news_id= 3415
    Como também existiam problemas com o modem da Alcatel SpeedTouch 330 e o PPPoE, mas que agora por exemplo já está resolvido.

    Eu tentei instalar Red Hat e Debian na minha 'máquina' (P150Mhz) e no 1º caso excesso de aplicações, no 2º nem sequer arrancava com o sistema. Com o FreeBSD foi sem problemas.
    E para quem gosta de saber o que instala na máquina, penso que não há melhor.

    Para não falar do sistema de ports que é só seleccionar as aplicações que ele fez o download do source, compila e instala, sem intervenção humana. E não tem a publicidade nem o apoio dos media que o Linux tem!

    Já agora, estás a utilizar zope e python? Se sim, então porquê o Java? ;-)
    Cumps,
    Re:O pop-chunga (Pontos:2)
    por Gamito em 15-07-03 17:43 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://www.dte.ua.pt/~gamito
    "Para não falar do sistema de ports que é só seleccionar as aplicações que ele fez o download do source, compila e instala, sem intervenção humana."

    Eu também fiquei impressionadíssimo com o sistema de ports (compilar a bash teve graça :-) ), mas é só para quem tem muita largura de banda como por exemplo eu na Universidade.

    Em casa, mesmo com cabo a 512k, FreeBSD é para esquecer :(

    Mário Gamito
    my web shelter
    Re: FreeBSD tem low profile mas "serve" muito bem! (Pontos:1)
    por ncs em 15-07-03 17:59 GMT (#11)
    (Utilizador Info)
    Confio no que tu dizes, mas não acredito ;-).
    Eu fiz a instalação base sem packages e sem ports e depois fiz o make install do X, Zope, Firebird e outros. Com adsl (512k) o máximo de tempo dos downloads eram 15 min.
    O que é para esquecer é o tempo de compilação: O X levou cerca de 8 horas. O Mozilla ao fim de 24 horas abortei e limpei - fiquei impressionado!.

    Mas o tempo de download é o mesmo com as outras distribuições, ou não ? E se quiseres os executáveis (se a licensa o permitir) também podes instalar, em forma de package (tal como os rpm's, penso eu)

    Claro que isto dava outro assunto mas, e que tal o Zope?
    Cumps,

    Re: FreeBSD tem low profile mas "serve" muito bem! (Pontos:2)
    por Gamito em 15-07-03 19:44 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://www.dte.ua.pt/~gamito
    "mas, e que tal o Zope?"

    Estou maravilhado :-)

    Mário Gamito
    my web shelter
    Re:O pop-chunga (Pontos:2)
    por racme em 15-07-03 21:24 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://www.freebsdtips.com/
    Eu também fiquei impressionadíssimo com o sistema de ports (compilar a bash teve graça :-) )


    mais uma vez estas a reger a tua opiniao sobre este Sistema Operativo por principios falaciosos.

    1- o sistema de ports nao sao mais que makefiles especificos para cada aplicacao. Estes Makefiles ou UMA port nao e' mais que alguns kb. A port tree ronda os 150-200 megas, ao qual correspondem cerca de 8000 ports.

    2- quando instalas UMA port o que estas a fazer e' descarregar, caso ainda nao exista em /usr/ports/distfiles a source da respectiva aplicacao, o tipico tgz.
    Este tgz e' entao expandido, ao qual se aplicam os respectivos patches para que a aplicacao funcione correctamente em freebsd.
    Estes tgz sao os mesmos tgz que sacas do site do autor da aplicacao para instalar em linux. Estes pathces especificos freebsd sao parte do conjunto de ficheiros que compoe uma "port" juntamente com os Makefiles, e mais uma vez nao sao mais que diffs de alguns kb.


    , mas é só para quem tem muita largura de banda como por exemplo eu na Universidade.
    Em casa, mesmo com cabo a 512k, FreeBSD é para esquecer :(


    Acho que nao sou abonado por ter Netcabo, e' que os mais 128kb/s de largura de banda nao fazem a diferenca para que de 2 vezes por semana faça upgrade as versoes das aplicacoes nas maquinas em que tenho freebsd a correr.

    como sugestao aconselho a leitura do HandBook na respectiva seccao Chapter 4 Installing Applications: Packages and Ports


    Make World; Not War;
    Re:O pop-chunga (Pontos:2)
    por Gamito em 15-07-03 22:28 GMT (#20)
    (Utilizador Info) http://www.dte.ua.pt/~gamito
    "2- quando instalas UMA port o que estas a fazer e' descarregar, caso ainda nao exista em /usr/ports/distfiles a source da respectiva aplicacao, o tipico tgz."

    Boas, eu não sou nem pouco mais ou menos um guru de FreeBSD. Tive uma experiência. Gostei, mas vi-me obrigado a voltar para Linux.

    Precisamente por descarregar as sources das aplicações (que normalmente são uma carrada delas por causa das dependências) é que digo que em casa é para esquecer.

    BTW, muitos dos servidores de software banalíssimo (Apache, mod_ssl, openssl, php) estavam completamente em baixo.
    Tive que à pata acrescentar o www.mirror.ac.uk à Makefile (salvo erro) de todos os pacotes.
    Um aspecto importante a rever...

    Mário Gamito
    my web shelter
    Re:O pop-chunga (Pontos:2)
    por Pink em 16-07-03 21:09 GMT (#33)
    (Utilizador Info) http://www.PinksWorld.8m.com
    Em casa, mesmo com cabo a 512k, FreeBSD é para esquecer :(

    Compra o CD, uai... Mandei vir os meus daqui.

    Gastar uns poucos tostões não mata ninguém.

    []s,
    Pink@Manaus.Amazon.Brazil.America.Earth.SolarSystem.OrionArm.MilkyWay.Universe

    Re:O pop-chunga (Pontos:2)
    por Gamito em 15-07-03 19:51 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://www.dte.ua.pt/~gamito
    "Já agora, estás a utilizar zope e python? Se sim, então porquê o Java? ;-)"

    O Zope e o Python são para o www.dte.ua.pt (i. e. o site do departamento), mas há outras coisas (algumas nem são minhas, vide por exemplo http://www.dte.ua.pt/pauie) para além dessas que continuam a ser servidas pelo Apache.

    Neste caso, o Java é para uma merda chamada Drew que é um software educacional, pá-tá-ti-pá-tá-tá...

    Mário Gamito
    my web shelter
    off-topic (Pontos:1)
    por ncs em 15-07-03 20:19 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    Parabéns, é o primeiro site português com zope que eu conheço. Está com óptimo aspecto.
    Re:off-topic (Pontos:2)
    por Gamito em 15-07-03 22:19 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://www.dte.ua.pt/~gamito
    http://www.cabovisao.pt
    http://www.cabovisao.pt
    http://jogos.oninet.pt
    http://www.daaz.pt
    http://www.blogdot.org
    http://www.pylabs.com
    http://www.zopepark.org
    http://www.dte.ua.pt

    Mário Gamito
    my web shelter
    Say what??? (Pontos:3, Informativo)
    por pls em 15-07-03 16:25 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://pls.mrnet.pt
    O FreeBSD não é "mais cool" ou "menos parolo" que o Linux. Nem sei de onde te vem essa ideia. Há espaço para os dois (na realidade para os dois e mais uns 5 ou 6 "flavours" de unix interessantes).

    Eu administro e instalo máquinas de FreeBSD e Linux (para vários clientes; a sic corre freebsd a RTP corre linux... o zealot.mrnet.pt corre freebsd, o vogon.mrnet.pt corre linux.... etc). Conheço bem os dois. Não percebo porque é que se tem de preferir "maças" a "laranjas", porque é que uma é mais ou menos parola.

    Ah! No que toca a alguma preferência pessoal; os *BSD ("free", "open" e "net"), cada um no seu galho (performance e inovação, segurança e portabilidade, respectivamente), são a minha primeira escolha. O Linux fica para quando os clientes administram (ou co-administram) as máquinas e conhecem ou preferem linux (e nesse caso prefiro utilizar o que conhecem melhor).

    PLS
    Re:Say what??? (Pontos:1)
    por Mulder3 em 15-07-03 17:49 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Curiosidade:A Sic e a RTP não administram os seus servidores sozinhos? pensei que sim... pensei que apenas tivessem comprado a liçensa do siteseed
    Re:Say what??? (Pontos:2)
    por pls em 16-07-03 12:39 GMT (#30)
    (Utilizador Info) http://pls.mrnet.pt
    Curiosidade:A Sic e a RTP não administram os seus servidores sozinhos? pensei que sim... pensei que apenas tivessem comprado a liçensa do siteseed

    A RTP tem administradores de sistemas, eu fiz formação e dou assistencia. Para além disso fizemos parte da implementação em siteseed do site, os interfaces de edição do teletexto em siteseed, etc. Continuo a dar apoio e a co-administrar as máquinas com siteseed.

    A sic comprou o serviço completo (i.e. implementação do siteseed para o site, com interface para exportação de conteúdos para teletexto e edição do "ticker" da televisão que passa no jornal da noite, etc) administração de sistemas, etc). O dinheiro acabou há uns meses e hoje a administração de sistemas é feita pelo Sapo (com os quais fizeram um acordo de parceria), que resolveram manter o FreeBSD. Durante o ultimo ano fui eu que lhes administrei as máquinas todas relacionadas com o site.

    PLS
    Re:Say what??? (Pontos:2)
    por Gimp em 15-07-03 17:57 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Olha, eu bem que quero instalar o OpenBSD 3.3 num HP Netserver LC 2000 para funcionar como firewall e ainda não consegui resolver o stress da configuração da Symbios e da misc@openbsd.org ainda não tive feedback além de um bacano da Alemanha :-). Um gajo desanima dar 10 broas e a coisa não bombar. Nesse aspecto o linux dá um pouco de descanso com o hardware. Mas nada que me faça desistir. P.S.(off-topic) Tem sido impossível mandar emails para o teu endereço da mrnet.


    "No comments"

    Re:Say what??? (Pontos:2)
    por pls em 16-07-03 12:46 GMT (#31)
    (Utilizador Info) http://pls.mrnet.pt
    Olha, eu bem que quero instalar o OpenBSD 3.3 num HP Netserver LC 2000 para funcionar como firewall e ainda não consegui resolver o stress da configuração da Symbios e da misc@openbsd.org ainda não tive feedback além de um bacano da Alemanha :-). Um gajo desanima dar 10 broas e a coisa não bombar. Nesse aspecto o linux dá um pouco de descanso com o hardware. Mas nada que me faça desistir.

    :-)))
    O OpenBSD tem muito que se lhe diga... recomendo o "Absolute OpenBSD: UNIX for the Practical Paranoid" (do Michael Lucas) para se entenderem muitos dos "cantos mais obscuros" dessa "casa"...

    P.S.(off-topic) Tem sido impossível mandar emails para o teu endereço da mrnet.

    Isso dito a alguém que recebe uns 150 mails por dia é curioso. experimenta o plaureano@mrnet.pt e o pls@mrnet.pt (estão em servidores diferentes, por um deles consegues concerteza mandar-me mail)...

    PLS
    Re:Say what??? (Pontos:2)
    por racme em 15-07-03 23:50 GMT (#24)
    (Utilizador Info) http://www.freebsdtips.com/
    Eu administro e instalo máquinas de FreeBSD e Linux (para vários clientes; a sic corre freebsd..

    pena e', que nao seja por muito mais tempo, a par da Visao, talvez se considerarmos os MACosX, talvez se possa dizer que correm freebsd.
    Sendo a SIC a maior cadeia jornalistica, e' pena que a politica da M$crosoft ou MSFT Portugal funcione deste modo. E' pena

    Ah! No que toca a alguma preferência pessoal; os *BSD ("free", "open" e "net"), cada um no seu galho (performance e inovação, segurança e portabilidade, respectivamente), são a minha primeira escolha.

    Precissamente. Embora nao gosto muito de rotulos e tudo serve para tudo desde que exista vontade, inteligencia e muita disposicao para abracar as situacoes e dificuldades que podem surgir. Este modo de por a questao e' muito eficaz. Gostei muito dessa simplificacao.

    Freebsd a nivel aplicacional, suporte de hardware mais extreme, SMP, scsi controlers, routers USB, linux compat etc, OBSD para GW/FW e net para toda a arquitectura mais extravagante.

    O Linux fica para quando os clientes administram (ou co-administram) as máquinas e conhecem ou preferem linux (e nesse caso prefiro utilizar o que conhecem melhor).

    nao querendo parecer mundano e se ainda critiquei alguem anteriormente pelos labels, mas

    Mas Linux e' para os que odeiam Windows, BSD e' para os que amam UNIX!
    e ficamos por aqui, nao vou mais longe =:)


    Make World; Not War;
    Re: Não havia necessidade mas... (Pontos:1)
    por ncs em 16-07-03 0:10 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    Esse link está muito engraçado!
    Re:Say what??? (Pontos:2)
    por pls em 16-07-03 13:08 GMT (#32)
    (Utilizador Info) http://pls.mrnet.pt
    pena e', que nao seja por muito mais tempo, a par da Visao, talvez se considerarmos os MACosX, talvez se possa dizer que correm freebsd. Sendo a SIC a maior cadeia jornalistica, e' pena que a politica da M$crosoft ou MSFT Portugal funcione deste modo. E' pena

    Um dia destes eu conto as história. Mas, por agora, está tudo em FreeBSD na sic, há mais de um ano, o teletexto, site, ticker do telejornal é tudo software nacional (siteseed) as máquinas são super-estaveis, não tiveram down-time nas minhas mãos, etc. A SIC já me pagou tudo, não deve dinheiro à Mr Net, a plataforma actual não custa dinheiro (está tudo pago), mas uma certa empresa de redmond resolveu _pagar_ à SIC para se mudar... go figure... não que seja novidade (fizeram o mesmo com a Fnac, depois de dois anos a meterem a fnac no stand deles na FIL, sendo que nesses dois anos tudo corria em OpenBSD e perl, com ZERO software deles).

    Mas não me doa a barriga de tanto rir quando mudarem e voltarem aos problemas diários e ao uptime de horas (em vez de meses)... no que a negocio toca já fui pago, mostrei à sic o que são sistemas fiáveis, etc. O resto é "monkey business" e eu não pago aos meus clientes para utilizarem o meu software (é ao contrário, sou pago por eles)... se os coitadinhos estão a esse nível é um problema deles, e dos patos que aceitam utilizar as porcarias que eles produzem.

    A "Visão" é outra história. A Visão e o Expresso tiveram em Siteseed por uns dias (umas semanas para ser exacto) e depois regressaram às plataformas de origem quando decidiram que não queriam ser clientes da SIC (que lhes vendia esses serviços). Em suma: nunca foram meus clientes, pagaram-me as licenças (i.e. através da SIC) pelo que utilizaram. Se tenho pena que o negócio entre SIC e VIsão/Expresso não tivesse corrido bem? Tenho... mas não quero contar "porque" que as coisas correram mal. A SIC já não é minha cliente, a Visão e Expresso nunca o foram, e ninguem me deve um tostão (todas as minhas contas foram pagas). Fica para um dia mais tarde, quando escrever um livro de memórias... :-)

    PLS
    Re:Say what??? (Pontos:1)
    por Init em 17-07-03 11:35 GMT (#34)
    (Utilizador Info)

    Para quem ficou com curiosidade e já que o PLS não quér para já partilhar as razões pelas quais a sic largou o siteseed, aqui ficam algumas informações que eu fui juntanto ao longo do tempo, que podem ou não estár relacionadas com a mudança na SIC:

  • O sistema utilizado pela SIC inicialmente foi desenvolvido internamente por pessoal da SIC.
  • À uns tempos houvi de fonte de confinça dizer que havia algum descontentamento com a MrNet (já depois da SIC utilizar siteseed), não sei se o descontentamento éra mesmo com o pessoal da MrNet se com o siteseed.
  • Vários dos funcionários da SIC que criaram o sistema inicial ainda estão na SIC.

    É normal que tenha havido resistencia ao siteseed e à MrNet por parte dos funcionários que criaram o sistema inicial,[ entrando no modo de conspiração] se juntarmos a isso qualquer insuficiência no siteseed ou no serviço da MrNet (por mais pequena e ridicula que seja), os empregados da SIC podem ter dado uma ajuda que a SIC deixa-se de utilizar o siteseed

    Agora juntemos o SAPO, e qualquer iniciativa do SAPO para persuadir a SIC a mudár e temos vários factores que podem ter ajudado a SIC a largar a MrNet (ainda vou tentar falar com os meus "contactos" na PT, para tentar saber o que está por detras deste negocio.


  • Re:Say what??? (Pontos:2)
    por pls em 17-07-03 14:09 GMT (#35)
    (Utilizador Info) http://pls.mrnet.pt
    O sistema utilizado pela SIC inicialmente foi desenvolvido internamente por pessoal da SIC.

    Não. Nenhuma linha de código do sistema anterior foi escrita internamente. Foi tudo desenvolvido pela Megamedia e uns pózinhos por outras empresas.

    À uns tempos houvi de fonte de confinça dizer que havia algum descontentamento com a MrNet (já depois da SIC utilizar siteseed), não sei se o descontentamento éra mesmo com o pessoal da MrNet se com o siteseed.

    Bullshit.

    Vários dos funcionários da SIC que criaram o sistema inicial ainda estão na SIC.

    Disparate pegado. Se não sabes o que estás a dizer fica calado.

    PLS
    Re:Say what??? (Pontos:1)
    por Init em 18-07-03 9:44 GMT (#36)
    (Utilizador Info)

    Não sei todos os detalhes e algumas coisas podem não estár admito que por exemplo a parte de terem sido desenvolvido internamente (a forma como me foi contado levou-me a pressupor que tinham sido pessoas a ser contratadas para trabalhar na sic, mas não me escandaliza que não o fosse), mas sei que algumas das pessoas que desenvolveram o sistema ficaram na sic (não sei se muitas se poucas) e que me foi dito que não estavam contentes, ora podia não ser uma posição da sic, mas apenas de um ou dois funcionários e por isso nem ser do conhecimento da MrNet e isto sei que foi assim porque a fonte é uma das pessoas envolvidas no projecto inicial.
    Também não disse que foi esta a razão para a sic ter largado a MrNet, apenas que poderá ter sido um dos factores, ou talvês não.


    Re:Say what??? (Pontos:2)
    por pls em 21-07-03 14:25 GMT (#37)
    (Utilizador Info) http://pls.mrnet.pt
    Também não disse que foi esta a razão para a sic ter largado a MrNet, apenas que poderá ter sido um dos factores, ou talvês não.

    Foi mais a "Mr Net que largou a SIC" e não "a sic que largou a Mr Net". Os motivos são simples de adivinhar e não é assunto que esteja interessado em debater aqui.

    Para que fique claro; a SIC _actualmente_ não me deve nada e não há qualquer relação profissional entre mim e a SIC (pessoalmente) e entre a Mr Net e a SIC. Há sim amizade, respeito e admiração pelas pessoas com quem trabalhei, que tenho a certeza ser mutuo. Por vezes não basta isso para se poder trabalhar em conjunto, pelo que não o fazemos, SE e QUANDO essas condições existirem voltaremos a trabalhar em conjunto. Até lá seguimos caminhos separados.

    Ficou claro o "clima" em que deixámos de trabalhar juntos?

    PLS
    Re:O pop-chunga (Pontos:2)
    por racme em 15-07-03 21:05 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://www.freebsdtips.com/
    Eu próprio já fui acometido por esta estranha doença, mas quando tive que enfiar no servidor umas merdas de Java, só me dava erros nos ports e voltei para o Linux dos Parolos.

    E' por essas e por outras que historia do tipo, nao sao de admirar.

    "instalei a Linux no meu computador e agora quando ligo o computador apareceme um ecra todo preto do DOS a pedir-me um nome utilizador e uma password, o que faco?"

    ou

    eu quando instalei o linux, e desliguei o computador no botao e voltei a ligar, apareceu-me logo no inicio um ecra apenas com duas letras no canto que diziam

    LI

    porque e' que nao aparece o resto, e porque e' que ele nao me deixa entrar no windows ?! E' que ele nem LInux consegue escrever correctamente quanto mais WINdows, muito obrigado"


    Neste caso a tua definicao de um Sistema Operativo cinge-se apenas a tua experiencia com a aplicacao JAVA, e na minha opiniao e' pouco correcto.

    O que ocorre com o suporte do java em Freebsd e' mais politico do que outra coisa. Politico como em "policy" ou mesmo politico de politica, neste caso da SUN, nao sei se por ver o fbsd como um concorrente partilhando os dois uma cota dos unixes mais pro BSD alike ou se por uma simples estrategia comercial.
    A verdade e' que o suporte do java em freebsd esteve sempre preso as politicas de lincenseamento desta linguagem de programacao e a' facilidade da propria SUN em permitir que outros portem o JVM para a uma arquitectura especifica.

    Nao obstante essa situacao, e todos os projectos de java em fbsd no momento existem 4 grandes trunks de java em FBSD.
    sao eles o port do jdk1.3 da sun para linux, o port do jdk1.4 da sun para linux, o port do jdk1.3 da sun para freebsd e o port do jdk14 da sun para freebsd. Existindo ainda o port do blackdown e do jdk da ibm entre outros.

    Tudo o que esta relacionado com o JAVA para FreeBSD pode ser acompanhado na respectiva pagina FreeBSD Java™ Project desde o "how to get java, como instalar, que aplicacoes para java portadas existem, etc"


    Make World; Not War;
    Re:O pop-chunga (Pontos:2)
    por Gamito em 15-07-03 22:24 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://www.dte.ua.pt/~gamito
    "Neste caso a tua definicao de um Sistema Operativo cinge-se apenas a tua experiencia com a aplicacao JAVA, e na minha opiniao e' pouco correcto."
    Tens toda a razão, mas quando nos pedem para instalar uma coisa para ontem e se começa a ver que é mais rápido reinstalar o Linux do que andar a ler papéis políticos do FreeBSD, a opção é óbvia.

    Também gostava de ter continuado com o FreeBSD, mas o que me pediram era para ontem... paciência, fica para a próxima.

    Mário Gamito
    my web shelter
    Re:O pop-chunga (Pontos:2)
    por racme em 16-07-03 0:33 GMT (#26)
    (Utilizador Info) http://www.freebsdtips.com/
    ...
    Também gostava de ter continuado com o FreeBSD, mas o que me pediram era para ontem... paciência, fica para a próxima.


    Tendo um deadline para cumprir, talvez seja esta uma situacao em que a norma e' aplicar a tecnologia em que te sentes mais a vontade.

    Contudo quando existe disponibilidade, nada como atacar o problema pela raiz, ie, leitura.
    So lendo sobre determinada tecnologia/plataforma se pode chegar a percepcao real da questao. De outro modo nao vamos la.

    E' como eu, querendo aprofundar as minhas "expertises" em qmail, no dia de ontem desloquei-me a uma livraria aqui da zona, em Sintra mais concretamente para comprar um livro, especifico em qmail, e em portugues por sinal,

    "Como instalar um servidor completo de email"

    vamos esperar que tenha repostas a todas as minhas questoes, mas estou em crer que sim. :)


    Make World; Not War;
    Re:O pop-chunga (Pontos:1)
    por psi72002 em 15-07-03 22:26 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    Acho engraçado as pessoas tirarem um curso de Física/Quimica, fazerem uma paginécas dinâmicas e depois julgarem-se os melhores informáticos do mundo.
    Tenho dito.
    Sobre o Yahoo (Pontos:1)
    por ncs em 15-07-03 17:28 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    O Yahoo destaca-se mas poderia ter deixado de se destacar (por causa de problemas com o mySQL, em que era aconselhada a mudança para Linux), se o problema não estivesse "resolvido" - http://jeremy.zawodny.com/blog/ archives/000697.html.
    Cumps,
    Isso só prova uma coisa... (Pontos:1)
    por mpinho em 15-07-03 22:48 GMT (#22)
    (Utilizador Info)
    Isso só prova que qualquer sistema operacional para servidores bem administrado e que rode somente um serviço específico pode ser estável.

    Até mesmo um Ruindows NT pode ficar estável se ninguém ficar mexendo toda hora e for administrado por alguém competente.

    A vantagem que vejo nos *BSDs sobre o linux é que eles normalmente são usados para executar uma tarefa específica, sendo raros aqueles usados como desktops, mesmo que eventualmente. Com linux a gente fica empolgado e toda hora quer instalar um aplicativo novo, navegar na internet ou fazer um upgrade para uma nova versão, que sai de 3 em 3 meses.

    Sei muito bem que dá para fazer iso também num FreeBSD, mas a tendência normal é a de usar mais em servidores, e daí a aparente robustez.

    Os servidores mais estáveis que já vi foram, por incrível que pareça, os que usavam Novell. A estabilidade extraordinária também era devida ao fato de serem usados somente para servir arquivos. Não faziam mais nada de útil com elas.
    Re: Será que tb estamos off-topic? (Pontos:1)
    por ncs em 15-07-03 23:12 GMT (#23)
    (Utilizador Info)
    Não percebo o que é que as estatisticas do netcraft têm a haver com os desktops! Mas posso estar enganado.

    Por outro lado tenho ideia que os servidores analisados não servem só como file systems mas sim como webservers.

    Mas mesmo que não seja assim e se nesses servidores ninguém mexe e só servem como filesystem's, então porque não aparecem os linuxs, será que nem para isso servem?
    Ou quer dizer que, quem utiliza o linux não percebe o que anda a fazer e está sempre a pendurar a máquina ?

    Quais são os dados que tens para dizers que os *BSD são utilizados para uma tarefa especifica e não servem para os Desktops?

    Já agora os servidores Novell também serviam como servidores de impressão.
    Cumps,

    Re:Isso só prova uma coisa... (Pontos:2)
    por racme em 16-07-03 1:04 GMT (#28)
    (Utilizador Info) http://www.freebsdtips.com/
    Até mesmo um Ruindows NT pode ficar estável se ninguém ficar mexendo toda hora e for administrado por alguém competente.

    Compreendo a tua intencao nas afirmacoes que fizeste mas um windows em que se ninguem ficar mexendo toda hora e' o que acontece na maioria dos casos. ie 90% das windows box nao sao mexidas regularmente, tornando-se verdadeiros problemas a nivel de seguranca.
    Um windows admin tem de aplicar os ultimos security patches da microsoft, estar atento aos ultimos exploits, etc, tal como em qualquer outro sistema. A ideia do "se ninguem mexer ta bem" e' o mesmo principio do "murro na TV" ou da logica da batata :)

    A vantagem que vejo nos *BSDs sobre o linux é que eles normalmente são usados para executar uma tarefa específica, sendo raros aqueles usados como desktops, mesmo que eventualmente.

    Sei muito bem que dá para fazer iso também num FreeBSD, mas a tendência normal é a de usar mais em servidores, e daí a aparente robustez.

    Desde que nao me chame de ave rara, porque o merito nao esta no utilizador, mas em quem permite que tal aconteca. Voce e muitos ficariam maravilhados com o que o FreeBSD pode fazer actualmente como desktop.


    Make World; Not War;
    Re:Isso só prova uma coisa... (Pontos:2)
    por hununu em 16-07-03 1:08 GMT (#29)
    (Utilizador Info)
    Desde que nao me chame de ave rara, porque o merito nao esta no utilizador, mas em quem permite que tal aconteca. Voce e muitos ficariam maravilhados com o que o FreeBSD pode fazer actualmente como desktop.

    Hear, hear. Uso freebsd como desktop salvo se preciso de correr algumas apps em win2k (faculdade e algum trabalho a isso obrigam). Funciona... Tens KDE e Gnome se quiseres.. Pessoalmente uso fluxbox.

    A versão 5.x tem muitos goodies para desktop na minha opinião. Experimentem a 5.2. :-)

    http://www.absolutbsd.org/
    A minha experiencia com Java (Pontos:2)
    por hununu em 16-07-03 1:04 GMT (#27)
    (Utilizador Info)
    Olá,

    Tenho feito devel com o jdk1.4.1 que não é oficial nem "recomendável" há já uns meses em freebsd 5.0,5.1 e actualmente em -current. Não sou um joe-user de FreeBSD, já levo uns anos, mas o java 1.4.1 está muito estável para o que seria de esperar. Há uma pessoa a tempo inteiro a trabalhar em ter a validação da Sun (Alexey Zelkin) neste momento. O 1.3.1 está bastante estável pelos relatos e há muita gente a usá-lo em maquinas de produção...

    Claro, que se querias java em FreeBSD sem chatices para ontem, instalavas a versao binaria linux. Mas penso que qualquer dia vais experimentar de novo... é preciso é não esquecer que não existe nada perfeito a fazer tudo. Agora, que me sabe muito bem fazer upgrades de máquinas a kms de distancia sem me preocupar sabe. :-) Com Linux ia lá com o cdzinho... ou entao mudava para gentoo. Filosofias diferentes.


    http://www.absolutbsd.org/

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]