gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Novidades da Apple WWDC
Contribuído por scorpio em 24-06-03 16:55
do departamento
Apple pcardoso escreve "Steve Jobs apresentou na Worldwide Developers Conference um grande conjunto de novidades, como o novo processador G5 (PPC 970) de 64 bits com velocidades até 2Ghz e um FSB até 1GHz; novos PowerMacs equipados com o novo processador (que na minha opinião não são tão bonitos como os anteriores Powermac G4 MDD); actualização do OS X para o Panther (10.3); Xcode, as novas developer tools com compilação distribuida e predictiva, entre muitos outros goodies. Vejam por vocês próprios e pasmem-se! :) "

Windows Mobile 2003 para Pocket PC chegou. | Linux como serviço on-demand no PGA Tour  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Apple
  • Worldwide Developers Conference
  • novo processador G5
  • novos PowerMacs
  • actualização
  • Mais acerca Apple
  • Também por scorpio
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    ummmm... (Pontos:2)
    por TarHai em 24-06-03 18:01 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.dilbert.com
    Ventoinhas silenciosas... De que vale a pena ter um Ghz quando faz tanto barulho que se apetece cortar-lhe a corrente?

    O ultimo 3 GHz que ouvi tinha uma ventoinha progressiva, que gemia em modo agudo ou em modo grave consoante a carga do CPU :P

    Resta saber e se apesar do pouco barulho do mac e necessario ligar o ar condicionado enquanto trabalha.
    ## I live the way I type; fast, with a lot of mistakes.
    Se for como os G4 originais... (Pontos:2)
    por Oldtimer em 24-06-03 18:27 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://mac.against.org

    ...antes da confusão com as ventoínhas nos novos dual G4, não deve fazer ruído absolutamente nenhum.

    Para quem não sabe, houve problemas com o ruído das ventoínhas do último chassi do dual, e isso foi uma das razões para eles insistirem tanto no silêncio do G5.

    Mas antes que alguém comente o aspecto, sim, é verdade, o Powermac G5 parece um ralador de queijo. :)

    Já agora, saiu hoje o QT/Mac, pelo que é de esperar conversões de algumas aplicações do KDE (já tinham aparecido screenshots de algumas aplicações recompiladas).


    ^D
    Re:ummmm... (Pontos:2)
    por racme em 24-06-03 18:41 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://www.freebsdtips.com/
    Each of the four thermal zones is equipped with its own dedicated, low-speed fans. Apple engineered seven of the nine fans to spin at very low speeds for minimum acoustic output. And Mac OS X constantly monitors component temperatures in each zone, dynamically adjusting individual fan speeds to the appropriate levels for the quietest possible operation. As a result, the Power Mac G5 runs three times quieter than the previous Power Mac G4 enclosure.

    como diz o outro, nada como experimentar para ver (ouvir) mas desde que nao faça mais barulho que a Dustbuster e' suportavel :D




    Make World; Not War;
    pois mas.. como podem ver no irmão mais velho (Pontos:1)
    por foo em 24-06-03 20:20 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    marketing hype
    Re:pois mas.. como podem ver no irmão mais velho (Pontos:2)
    por pcardoso em 24-06-03 23:33 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://insomni.org
    E aqui está a resposta da Apple.

    Mas os benchmarks valem o que valem.
    I live the way I type; fast, with a lot of mistakes.

    Re:pois mas.. como podem ver no irmão mais velho (Pontos:2)
    por racme em 24-06-03 23:43 GMT (#15)
    (Utilizador Info) http://www.freebsdtips.com/
    marketing hype

    e' capaz de ter a sua razao.
    quero ver um G5 lado a lado com um destes Intel 3.06GHz CPU with Hyper-Threading Clocked at 23*133=3.06GHz; ASUS P4PE Mainboard; ATi Radeon 9700 Pro (6166); 512MB Corsair XMS3500 DDR; BroadCom 10/100/1000; Maxtor 40GB ATA/133 7200RPM HD; Intel Chipset Driver version 4.00.1009.




    Make World; Not War;
    Pois... (Pontos:2)
    por CrLf em 24-06-03 20:28 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    And models start at just $1999.

    just $1999...

    -- Carlos Rodrigues
    Re:Pois... (Pontos:2)
    por ^S^ em 24-06-03 20:44 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://www.zbytes.org/~luis
    Por um processador 64 bits, um gravador de DVDs a 4x e tudo o resto que tem que nao se encontra em muitas maquinas pelo mesmo preco... ate' me parece razoavel.

    Pode nao ser considerado _pouco_ dinheiro, mas para o que se adquire... parece-me razoavel.

    Alem do mais, o valor de um Mac justifica-se.
    ^S^
    Re:Pois... (Pontos:2)
    por CrLf em 24-06-03 21:32 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    800 contos é muito dinheiro por uma máquina que só tem 256Mb de RAM e um disco de 80Gb, e mesmo tendo um processador de 64bits (vantagens duvidosas), gravador de DVD e uma GeForce FX.

    Alem do mais, o valor de um Mac justifica-se.

    Não entendo porquê, é apenas mais um computador.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:Pois... (Pontos:1)
    por spirinaites em 24-06-03 21:43 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    800 contos? A mim parece mais algo à volta de 350 contos!
    Re:Pois... (Pontos:2)
    por CrLf em 24-06-03 21:53 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Hmmm, pois é. É qualquer coisa à volta dos 400 contos. Ok, my fault.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:Pois... (Pontos:2)
    por Karlus em 24-06-03 22:00 GMT (#10)
    (Utilizador Info) /dev/null
    800 contos é muito dinheiro por uma máquina que só tem 256Mb de RAM e um disco de 80Gb, e mesmo tendo um processador de 64bits (vantagens duvidosas), gravador de DVD e uma GeForce FX.

    É ?
    Vai à Dell.com e tenta construir uma workstation com caracteristicas iguais. Não consegui meter discos serial ATA, SDRAM DDR333 128-bit, nem gigabit eth nem o processador(xeon) é tao bom(segundo eles dizem) e ficou-me bem mais cara, perto de 3000 USD. E a caixa não é em aluminio, não tem firewire, nem o MacOs X, nem outras "paneleirices".

    Afinal os Macs nem são assim tão caros. ;-)

    Re:Pois... (Pontos:2)
    por CrLf em 24-06-03 23:03 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Já ouviste falar de marca branca? Soma os preços das peças e vês que com 2000 euros consegues juntar uma máquina melhor (mesmo com Gigabit ethernet que muitas boards da ASUS trazem de origem). E já com monitor incluído (não sei se nos Macs de que falamos também já está incluído mas penso que não).

    Da mesma forma que digo que os Macs são caros, também digo que não compraria um PC "de marca" (aliás, os meus PCs são sempre de marca CrLf :)) -- exceptuando portáteis. A questão é que não há Macs de linha branca...

    Mas como disse noutro post, estava enganado na questão dos 800 contos e 400 contos não é assim tão caro para um Mac, só resta saber se cá também vão ser 1999 euros... duvido.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:Pois... (Pontos:2)
    por Karlus em 24-06-03 23:28 GMT (#12)
    (Utilizador Info) /dev/null
    Já ouviste falar de marca branca?
    Pera ai, é isso... vou comprar um Porsche às peças e monto-o em casa. Como é que nunca me lembrei disso antes. Deve ficar igualzinho.
    Tás a comparar Macs a PCs de marca branca ?
    Primerio falas do preço de um Mac ser caro, fui para o equivalente em PC "de marca" mais vendido nos States(alias o que Steve Jobs usou para comparar o G5 na keynote) para comparar preços e já vamos em PCs feitos às postas.
    Quem compra um Mac nem sequer poem a questão de comprar um PC de marca branca.

    A questão é que não há Macs de linha branca...
    Ainda bem... já estava a imaginar um Mac com uma tampa azul florescente, caixa branca, um cdrw preto, teclado branco e um monitor prateado feito com material usado à venda numa vobis/chip7/worten/whatever.

    Re:Pois... (Pontos:2)
    por CrLf em 24-06-03 23:42 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Sinceramente... Se os porsches se vendessem às postas e eu o soubesse montar até comprava se me saísse mais barato... até seria motivo de orgulho conduzir um porsche montado por mim. E quanto a ficar igual... sabes, eles são montados por gente como tu e eu... Tendo as peças é só preciso a habilidade.
    Mas por outro lado... o que raio tem o cú a ver com as calças? Nem o Mac nem os PCs de marca são porsches... Um porsche é uma máquina potente e de qualidade mas um PC de marca branca é muitas vezes mais potente, de igual qualidade e mais barato do que um de marca. E essa ideia de que um PC de marca branca tem de ser horroroso... olha que há por aí muitas marcas que fazem caixas muito mais agradáveis à vista do que alguns dos horrores saídos da Compaq e da Dell.

    Diz antes que um Mac é um artigo exclusivo e que os fanáticos de Mac eram capazes de gastar fortunas numa máquina com o logotipo da maçã, mesmo que lá dentro batesse pujante um z80...

    -- Carlos Rodrigues
    Re:Pois... (Pontos:1)
    por lml em 25-06-03 0:55 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Independentemente dos prós e contras da "marca branca" há uma coisa que tens que entender. A Apple ganha grande parte do seu dinheiro em hardware. O software é para te fazer comprar o hardware. Eu pessoalmente acho que a qualidade do software compensa largamente o preço do hardware até porque este normalmente é de qualidade (refiro-me a qualidade de fabrico, estética e funcionalidade, não só a eficiência). Nesses teus preços de marca branca provavelmente também não está incluído software nenhum, o que é uma hipótese perfeitamente válidade se quiseres correr Linux/BSD ou qualquer coisa do género exclusivamente, não é o caso para a maior parte das pessoas. Qualquer Apple que compres vem com uma data de software de qualidade. Outra coisa a ter em conta é a assistência e o tempo gasto.

    Qualquer marca branca que possas comprar tem um grande defeito para muita gente - não corre OS X. Quando utilizares durante algum tempo um Mac percebes que o que eles querem vender é o produto todo, hardware e software. Há quem dê valor a essa integração e muita gente não a percebe desprezando assim completamente uma das grandes vantagens de um Mac. Olham para o preço de um Macintosh e imediatamente comparam com o preço de um PC de marca branca com os mesmo números nas especificações.

    Os fanáticos seja do que for são capazes de coisas estúpidas. Não sei porque é que um Mac é um artigo exclusivo... encontra-se å venda em muitas lojas. Também não é exclusivo em termos de discriminação de standards de certeza, muito pelo contrário. Se estás a insinuar que a maior parte dos utilizadores de Macintosh são fanáticos então era bom que argumentasses ou mostrasses factos. A minha experiência é que pagam conscientemente porque se sentem confortáveis com o que compram e acham que é a melhor opção. Aliás... uma marca ter gente que gosta tanto dela quer dizer alguma coisa não te parece? Ou achas que é só por causa do "logotipo da maçã"?

    Quanto a caixas de marca branca bonitas, ainda não vi nenhuma... Mas as da Compaq e da Dell normalmente também não são muitas bonitas por isso acredito que tenhas razão.

    Re:Pois... (Pontos:2)
    por CrLf em 25-06-03 1:33 GMT (#22)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Dou-te o exemplo dos portáteis: Não há dúvida que os portáteis da Apple são engraçados mas existem portáteis x86 como designs igualmente engraçados e muito mais potentes por muito menos dinheiro. É simples, um Mac é sempre mais caro por duas razões:

    1. Não têm clones;
    2. O preço mais elevado dá-lhe um ar "elite".

    Agora repara, eu não estou a dizer que os Macs não têm qualidades, estou a dizer que têm os preços inflaccionados, tal como os têm os PCs de marca que normalmente até têm dentro componentes que não lembrariam ao diabo (neste aspecto penso que a Apple sai a ganhar).

    Quanto ao software, as vantagens do Mac OS X são subjectivas, o que não quer dizer que não fosse interessante tê-lo disponível em x86. Mas não justifica o preço. E no restante software adicional estás a esquecer o factor pirataria, ninguém contabiliza o preço do software porque simplesmente ninguém está habituado a pagar por ele.

    PS: Já agora não estava a falar de caixas usadas em PCs de marca branca, mas de fabricantes de caixas mesmo. A diferença é subtil mas normalmente as caixas dos PCs brancos são as mais baratas que eles conseguem arranjar e existem outras muito mais estéticas mas também mais caras (e não, não estou a falar daquelas coisas de acrílico).

    -- Carlos Rodrigues
    Re:Pois... (Pontos:2)
    por monge em 25-06-03 0:28 GMT (#17)
    (Utilizador Info) http://go.to/monk
    > Ainda bem... já estava a imaginar um Mac com uma tampa azul florescente, caixa branca, um cdrw preto, teclado branco e um monitor prateado feito com material usado à venda numa vobis/chip7/worten/whatever.

    E entao?!? Se batesse um Mac de origem aos pontos, queria la' saber do aspecto!
    Tu compras os computadores porque ficam bem com o movel da sala ou porque gostas de trabalhar com eles?

    Cumps.

    It doesn't matter who made it... It matters who got the idea (monk)
    Re:Pois... (Pontos:2)
    por Karlus em 25-06-03 0:59 GMT (#21)
    (Utilizador Info) /dev/null
    Both...
    A seguir vais-me dizer q quando compras um carro, por ex, só ves se ele tem motor e rodas, o resto nao interessa. Nem sei para q é que existem departamentos de design... sao tao burros em perder tem com essas coisas.
    Re:Pois... (Pontos:2)
    por monge em 26-06-03 2:06 GMT (#30)
    (Utilizador Info) http://go.to/monk
    Estares a comparar uma coisa que anda na rua 'a vista de todos, com uma coisa que nao vai sair do teu quarto nao me parece la' muito correcto, mas "prontos"...
    Repara que estamos a falar de desktops, nao de portateis. Por acaso, acho os portateis da Apple bastante esteticos.
    So' nao acho e' que devias estar a comparar alhos com bogalhos ;)

    Cumps.

    It doesn't matter who made it... It matters who got the idea (monk)
    Re:Pois... (Pontos:2)
    por monge em 26-06-03 2:09 GMT (#31)
    (Utilizador Info) http://go.to/monk
    bogalhos -> bugalhos

    Cumps.

    It doesn't matter who made it... It matters who got the idea (monk)
    Re:Pois... (Pontos:1)
    por blacksheep em 25-06-03 0:37 GMT (#18)
    (Utilizador Info)
    Não entendo porquê, é apenas mais um computador.
    Talvez o Mac seja mais um computador, mas o MacOSX é mais do que um SO :p
    Re:Pois... (Pontos:2)
    por CrLf em 25-06-03 1:53 GMT (#23)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Não sei porquê. Já o usei e não achei que fosse a melhor coisa desde o pão às fatias. Não achei a experiência mais titilante do que explorar um IRIX ou qualquer coisa desse género. Tem eye-candy (gostei especialmente do efeito de minimização das janelas). Pareceu-me bastante melhor que o Windows (tal como qualquer SO baseado em Unix que se preze), mas é apenas mais um SO.

    Bem, para dizer a verdade, talvez tivesse ficado mais impressionado com o Mac OS X não fosse o caso de ter calhado com uma porra de um Mac (um daqueles aquários verdes), com um rato com apenas uns 10cm de fio e cujo teclado não tinha @, {} nem [] (o que raio pensa um gajo que desenha uma aberração destas??), absolutamente essenciais quando se está a mandar emails e a editar ficheiros LaTeX por ssh... Passei uns bons minutos a tentar carradas de combinações de teclas...

    -- Carlos Rodrigues
    Re:Pois... (Pontos:2)
    por pcardoso em 25-06-03 7:39 GMT (#26)
    (Utilizador Info) http://insomni.org
    dou-te razão no teclado... o layout custa a habituar, depois de anos e anos com PCs, especialmente num excelente teclado IBM Model-M, daqueles enormes e pesadões... Já o tenho à largos anos e já o comprei usado, e ainda funciona na perfeição...

    de volta ao Mac, é um pouco estranho não teres dado com alguns caracteres.. Acho que lá estão todos, apenas em posições diferentes.. Comprei um teclado Logitech wireless, e meti o layout inicialmente em português. Há coisas fora do sítio, como o "~" na tecla onde normalmente estão o "ª" e "º", e os [] são Option-Shift-7 e O-S-8. Mas assim que descobri a apple way para meter os caracteres acentuados comecei a usa-los. Mete-se o teclado em Inglês, coisa que acabei por ficar habituado há anos a usar o DOS sem um "KEYB PO" no autoexec.bat, e os caracteres acentuados são conseguidos com combinações de Option-Letra, como Opt-N para o "~", Opt-E para o "´", etc...
    I live the way I type; fast, with a lot of mistakes.
    Re:Pois... (Pontos:2)
    por CrLf em 25-06-03 17:44 GMT (#27)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    é um pouco estranho não teres dado com alguns caracteres

    Acredita, eles não estão impressos nas teclas.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:Pois... (Pontos:2)
    por ^S^ em 25-06-03 17:54 GMT (#28)
    (Utilizador Info) http://www.zbytes.org/~luis
    Nao estao mesmo, isso posso confirmar.

    Nem mesmo o @. Quanto aos restantes caracteres, [] e {}, tb nao estao impressos, true.

    Mas em Applications -> Utilities há o real programa: Key Caps. Com ele, mesmo para quem nao sabe onde raio param os caracteres, e' facilimo descobrir.

    Ja' agora Option-Shift-7 e 8 fazem no meu (emac pt keyboard) os caracteres {}, ja' apenas Option-7 e 8 fazem entao os [].

    Cheers.
    ^S^
    Re:Pois... (Pontos:2)
    por pcardoso em 24-06-03 23:55 GMT (#16)
    (Utilizador Info) http://insomni.org
    Alem do mais, o valor de um Mac justifica-se.

    Sábias palavras...

    Tenho apenas um Mac há +- 6 meses, mas trouxe-me uma coisa que não sentia à muito tempo. Fez-me ver um brave new world e sentir uma enorme vontade de o explorar, quase da mesma forma como me senti há tantos anos atrás com o meu primeiro Spectrum e com os 8088 com disquetes de 5.25" e monitores monocromáticos de apenas texto da minha escola.

    É caro? Relativamente a um PC de marca branca como o último que eu montei antes de comprar o Mac, sem dúvida. Mas é uma pechincha ter um computador e um sistema operativo de qualidade em que tudo encaixa bem, com uma cuidada atenção ao detalhe e que me continua supreender a cada dia que passa.
    I live the way I type; fast, with a lot of mistakes.

    Compatibilidade (Pontos:1)
    por blacksheep em 25-06-03 0:49 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    Software para 32-bit é compatível com um CPU 64-bit?
    Se sim, a Microsoft vai fazer "work-arounds" para permitir correr aplicações 32-bits em 64?
    Re:Compatibilidade (Pontos:2)
    por raxx7 em 25-06-03 6:45 GMT (#25)
    (Utilizador Info)

    Depende dos CPUs que estás a considerar e do software.
    Podem não ter nenhuma compatibilidade entre si, ser compativeis ao ponto de poder correr aplicações de 32 bit sob um OS de 64 bit ou podem ser compativeis ao ponto de suportar até os sistemas operativos de 32 bit -- neste caso não se tira vantagem de ter um CPU de 64 bit.
    No caso do PowerPC 970 é pelo menos possivel correr aplicações de 32 bit sob o OS de 64 e creio que também seria possivel correr o actual Mac OS X -- pelo menos no que diz respeito ao CPU.
    No caso dos AMD64, também são compativeis. É possivel correr correr lá os sistemas operativos actuais (até o MS-DOS) e suporta a execução de aplicações de 32 bit sob um SO de 64 bit.
    No caso dos processadores IA-64, só suportam a execução de aplicações de 32 bit sob um SO de 64 bit.

    Remember to be the Killer, not the Victim! (Nuklear Girl)

    Ligeira incorrecção (Pontos:2)
    por CrLf em 25-06-03 2:00 GMT (#24)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    32-bit PCs can only use 4GB of memory.

    Nope, 64Gb com PAE.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:Ligeira incorrecção (Pontos:2)
    por m3thos em 26-06-03 1:03 GMT (#29)
    (Utilizador Info) http://mega.ist.utl.pt/~mmsf
    Ou entao, uma outra ligeira correção:
    32-bit PCs can only use 4GB of memory at any given time...
    O que podes fazer é mudar a "janela" dos 4GBs quando precisas de ir a uma parte da memoria que não está nos 4GBs actuais...
    Seja como fôr, isso é um "hack" muito manhoso, e uma autêntica bosta, quero ver-te meteres uma aplicação que usa simultaneamente + de 4 Gigas.. ou ainda.. usares em simultaneo varias aplicacoes que em conjunto ocupam mais de 4Gigas de ram, a correr decentemente num sistema desses....

    Miguel F. M. de Sousa Filipe
    handle: m3thos
    More Human than Human.
    Re:Ligeira incorrecção (Pontos:2)
    por CrLf em 27-06-03 1:53 GMT (#32)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Não é o mais bonito que se podia arranjar, não. É tão bonito quanto o método dos segmentos e offsets do modo real.

    quero ver-te meteres uma aplicação que usa simultaneamente + de 4 Gigas

    Não dá, a não ser que a aplicação esteja distribuída por múltiplos processos, cada um com os seus 4Gb (na realidade 3Gb porque o kernel reserva 1Gb).

    usares em simultaneo varias aplicacoes que em conjunto ocupam mais de 4Gigas de ram, a correr decentemente num sistema desses

    E porque não haveriam de correr decentemente? É certo que o context switching nesse caso sairia penalizado pela troca das tabelas de tradução do CPU mas isso não significa que ficasse menos usável, provávelmente não se nota absolutamente nada (a não ser que se faça um benchmark intensivo).

    Seja como for é uma técnica perfeitamente viável e acima de tudo transparente para a aplicação. Só não é muito usada porque os próprios x86 não são usados em situações que requeiram mais de 4Gb de RAM. Quando chega a níveis desses, se ainda lá estiverem x86 já é em forma de clusters a dividirem a carga.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:Ligeira incorrecção (Pontos:2)
    por raxx7 em 27-06-03 7:33 GMT (#33)
    (Utilizador Info)

    Fazendo de vidente: por aplicação ele queria dizer processo e estava a referir-se às extensões do Windows que permitem que os processos utilizem explicitamente PAE para lidar com mais de 2 GB de memória. Além de teres de fazer programas para lidar explicitamente com essas extensões (quem alguma vez programou com EMS em DOS sabe a chatice que é), alterar intensivamente a tabela de paginação dos processos é mau para a performance em x86, principalmente em sistemas MP.

    Quanto à possibilidade de ter vários processos menors que 4 GiB que no conjunto ocupem mais de 4GiB, o problema não está no context switching: a troca de tabelas de paginação acontece sempre que há uma troca de processo, pelo menos em Sistemas Operativos com Múltiplos Espaços de Endereço (MAS), que são os mais vulgares entre os Multi-Tarefa.
    O problema é a gestão de memória. Por exemplo, o 1 GiB que o Linux "rouba" ao espaço de endereços de cada processo não é suficiente para gerir mais de ~16 GiB de RAM.
    Remember to be the Killer, not the Victim! (Nuklear Girl)

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]