gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Os males do XML
Contribuído por AsHeS em 19-06-03 14:29
do departamento xis-éme-éle
News Gimp escreve "Já aqui se falou sobre os web services e, na minha opinião, sobre todo o hype à volta. Como provávelmente o XML é o elemento principal desses mesmos serviços, levou-me a ler com atenção este artigo no The Register. Como não é um campo que me atraia por aí além, as ideias expostas no artigo leva-me a pensar se o XML não será uma porta do cavalo para incentivar as compras por parte das empresas cliente, já que os contras na utilização do XML são consideráveis. O que não é referido é o problema real da abordagem que a Microsoft faz em relação ao XML. Não, não é bater no ceguinho, mas há que pensar que o peso de se ter o monopólio no desktop é de esperar o embrace and extend das especificações. "

Politica de Software Livre no Brasil, colocada em prática | Smartphones causam impacto nas vendas de PDAs.  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • artigo
  • Mais acerca News
  • Também por AsHeS
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Nem tudo são verdades (Pontos:4, Informativo)
    por [Cliff] em 19-06-03 15:04 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Estou a escrever este comentário enquanto leio o artigo. Aqui estão os pontos com que não concordo:
    - Many industry figures, like Steve Vinoski, Iona's chief architect and vice president of platform technologies, are worried about Web services performance. The main reason is that XML, unlike less popular, older binary-based interoperability standards like CORBA's Internet Inter-ORB Protocol (IIOP) and Microsoft's Distributed Component Object Model DCOM), is text-based, which means that data transmitted in XML format is bulky.
    How much bulkier than binary? Schmelzer says XML formatting can fatten up a file by as much as 10 to 20 times. That's a lot of bytes to transfer even at Gigabit Ethernet speeds.

    Apesar disto ser um facto, não sei até que ponto é que não é possível indicar compressão gzip sobre as comunicações de XML e com isso dar um salto significativo na velocidade das comunicações, como eles referem um pouco mais abaixo no artigo. Que melhor exemplo consigo arranjar que: www.google.com. O Google comprime, com gzip -9, as páginas que envia para o browser desde que o browser suporte. E não me apresentem o argumento de que o Google tem milhares de computadores para distribuir este tipo de processamento, porque um Webservice comum raramente deve ficar exposto à mesma quantidade de pedidos que o endereço www.google.com :)

    - And that's before the Extensible Style Language (XSL) baggage is included. All XML data is transmitted with an XSL file.
    (...)so both the XML and the XSL individually will be bigger than the original HTML alone.

    Esta é uma grande mentira. XML não implica nem obriga ao uso de XSL (XML Stylesheet) a não ser que queiras apresentar os dados noutro formato com o HTML. A segunda parte, relativa ao tamanho do ficheiro, também não é uma verdade absoluta porque depende do tamanho resultante da página HTML. Se for uma página grande - nada que uma listagem não possa ser - então são mais pequenos o XML e o XSL que o HTML resultante.

    - The size problem doesn't stop there. Wall goes on to say that, if your XML data format -- not the content -- is to be validated, then you will need a document type definition (DTD), and if you want additional validation capabilities, you need an XML Schema file
    O que obriga o programador a fazer as coisas como deve ser senão descobre-se que afinal é incompetente... tal como muitos "webdesigners" que fazem HTML às 3 pancadas e depois não abre no . A meu ver os DTD/Schemas SÃO absolutamente necessários e devem estar presentes em qualquer documento XML que se preze pelo simples facto de ajudar a descobrir problemas na sintaxe/conteúdo de um documento XML e poupar muitas horas a bater com a cabeça contra a parede.

    Sobre a segurança, só posso dizer que um username e uma password de autenticação nunca fizeram mal a ninguém por isso não vejo o porquê de eles apresentarem isso como um defeito. Se não queres dar acesso a A,B ou C àquele serviço então podes estabelecer vários niveis de acesso e resolves o problema.
    All in all, este artigo pareceu-me mais uma conversa dos tipos da Quercus (é assim que se escreve??) em que vão incitar uma população à manifestação para não se instalar lá uma incineradora enquanto essa população durante anos viveu com cimenteiras à porta, que lhes poluem muito mais o ar, ou seja: só mostram os males até que alguém prove que por A+B as coisas até ficariam melhores!
    O XML e os Webservices são mesmo a melhor coisa que podia aparecer no campo do intercâmbio de dados entre sistemas incompatíveis e só não vê isso quem se fartou de ganhar dinheiro a resolver problemas de incompatibilidades com outros protocolos de interoperabilidade que por aí andam.
    Sobre o embrace e extend da MS, bom... os XML Schemas foram propostos pela MS, and that's A Good Thing(TM). O SOAP também tem o dedo da MS.
    O XML é tão simples mas tão simples que é nada e tudo aquilo que quiseres e não vejo como é que a Microsoft pode alterar isso.


    Nada do que foi escrito deve ser levado em consideração...
    Bullshit (Pontos:1, Lança-chamas)
    por Gamito em 19-06-03 19:27 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://www.dte.ua.pt/~gamito
    "and if you want additional validation capabilities, you need an XML Schema file"
    Ou DTD. Ou nem uma coisa nem outra, se se souber mesmo o que se está a fazer.
    Merda de artigo.
    Mais um marmelo a escrever sobre o que não sabe.

    Mário Gamito
    my web shelter
    Bull... (Pontos:3, Esclarecedor)
    por leitao em 19-06-03 15:38 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    O artigo do The Register esta' cheio de treta, e demonstra uma certa falta conhecimento de quem o escreveu.

    Dizer que XML e' um protocolo "pesado" e' o mesmo que dizer que HTML e' "pesado", e as tags deviam ser binarias.

    Nem vale a pena comentar mais...


    "I triple guarantee you, there are no American soldiers in Baghdad.", Mohammed Saeed al-Sahaf, Iraqi Minister of Information

    Re:Bull... (Pontos:3, Informativo)
    por Gamito em 19-06-03 19:21 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://www.dte.ua.pt/~gamito
    Muito bem dito.
    E para os guardiões do templo do Mozilla, vejam esta página ramelosa em xml e xsl em IE e em Mozilla e depois digam-me quem é que não cumpre *todos* os standards.

    Para quem não tiver IE, deixo os screenshots: IE e Mozilla.

    Yack! Agora já me podem chamar lacaio da Microsoft :-)
    Eheheh...

    Mário Gamito
    my web shelter
    Re:Bull... (Pontos:2)
    por Strange em 19-06-03 20:08 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://strange.nsk.no-ip.org/
    Nao tenho experiencia em XML, por isso pode estar a escapar-me alguma coisa, mas nao falta a esse xml um DTD e DOCTYPE? Para nao dizer que dois validadores online nao gostaram dele.

    hugs
    Strange

    Re:Bull... (Pontos:2)
    por Gamito em 19-06-03 20:25 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://www.dte.ua.pt/~gamito
    "mas nao falta a esse xml um DTD e DOCTYPE?"
    Não:
    ?xml version="1.0" encoding="ISO-8859-1"?

    Um DTD ou um Schema não são obrigatórios.
    Quem disser o contrário mente.
    Servem em palavras pouco certeiras para validar o nosso próprio trabalho. Deve ser por isso que não passa na validação, mais nada. De resto, é XML transformado por XSL do mais simples qur há.

    Cheers...

    Mário Gamito
    my web shelter
    Re:Bull... (Pontos:2)
    por Gamito em 19-06-03 20:40 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://www.dte.ua.pt/~gamito
    ""mas nao falta a esse xml um DTD e DOCTYPE?"
    Já agora, o que eu podia ter se tivesse um DTD ou um Schema era uma coisa do género:

    DOCTYPE myfile SYSTEM "simple.dtd"

    É só por isso que não passa no validadores.

    Mário Gamito
    my web shelter
    Re:Bull... (Pontos:1)
    por bpedro em 20-06-03 10:56 GMT (#29)
    (Utilizador Info)
    Um ficheiro XML pode ser "well-formed" ou "valid". Provavelmente esses validadores verificam o segundo caso.

    Em XML, é obrigatório que um ficheiro seja "well-formed" mas não é obrigatório que seja "valid".

    "Well-formedness" implica um conjunto de regras, a saber:

    - abrir e fechar todos os tags
    - tags vazios terminam em />
    - existe um único elemento root
    - elementos não se podem sobrepôr
    - os atributos estão entre " ou '
    - e & são usados unicamente para iniciar tags e entidades
    - só as 5 entidades pré-definidas são usadas

    Parece-me que o ficheiro passa todas estas regras.
    Re:Bull... (Pontos:1)
    por RaTao em 20-06-03 1:46 GMT (#15)
    (Utilizador Info)
    Podes ver aqui porque é que "*chiuff* my stylesheet is not applied, why?".

    Se uma implementação é melhor que a outra é outra questão... Claro que a implementação do IE é mais "facil" e isso é, indiscutivelmente, um ponto a favor do IE. Por outro lado pode trazer complicações no futuro. A ver vamos :)


    Regards,
    Nuno Silva aka RaTao
    Re:Bull... (Pontos:2)
    por Gamito em 20-06-03 10:39 GMT (#25)
    (Utilizador Info) http://www.dte.ua.pt/~gamito
    Diz-me antes assim: o Mozilla para aceitar transformações XLS tem que ser compilado com uma flag específica para isso.

    Mário Gamito
    my web shelter
    lá está o melga (Pontos:1)
    por edsonmedina em 20-06-03 12:50 GMT (#40)
    (Utilizador Info)
    Diz-me antes assim: o Mozilla para aceitar transformações XLS tem que ser compilado com uma flag específica para isso.

    Assim como tem de ser compilado com uma flag para anti-alias nos fonts, assim como precisa de uma flag para o java, etc, etc...

    Isso é suposto querer dizer o quê?

    O IE é compilado sem flags? é?

    Re:lá está o melga (Pontos:2)
    por [Cliff] em 20-06-03 14:30 GMT (#44)
    (Utilizador Info)
    Não... o IE suporta isso tudo de base. Não é dever do utilizador ter de compilar um programa para suportar x,y ou z, hence usability.
    Por estas e outras é que não uso o Mozilla.


    Nada do que foi escrito deve ser levado em consideração...
    Re:lá está o melga (Pontos:2)
    por mlopes em 20-06-03 15:53 GMT (#46)
    (Utilizador Info)
    Do site do mozilla:

    We make binary versions of Mozilla available for testing purposes only! We provide no end user support.


    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Re:lá está o melga (Pontos:2)
    por [Cliff] em 20-06-03 16:46 GMT (#48)
    (Utilizador Info)
    Ainda por cima são arrogantes :)
    Cada vez mais afasto qualquer hipótese de usar mozilla... Se não dão suporte aos produtos deles, em qualquer método de distribuição, então porque é que o utilizador há-de correr o risco - não há grande risco, é mais a chatisse de estar a fazer qualquer coisa e aquilo crashar - de usar aquela trampa?



    Nada do que foi escrito deve ser levado em consideração...
    Re:lá está o melga (Pontos:1)
    por softly em 21-06-03 2:36 GMT (#52)
    (Utilizador Info)
    Epá, se usas ou não o mozilla é contigo. Gostas do I.E.? Boa para ti. Provavelmente também gostas de computadores da Compaq, do teu ponto de vista devem ser superiores aos marca braca, dão assistência e enganam o pessoal burro com hardware do mais barato colocando um carimbo da marca por cima. No final do quê que te serve a marca e a assistência técnica? Wake up man. Quando o teu lindo I.E. te dá um problema a M$ lança um patch para ti?
    Epá, se ao menos experimentasses o mozilla concerteza que mudavas de ideia. Tens muitas vantagens em tudo, mas tudo mesmo, tanto em termos de compatibilidades com standarts como no interface e no peso.
    Mas olha, se quiseres continuar a viver na tua caverna não te preocupes muito, não és essencial para o desenvolvimento do ser humano.
    Ainda tens muitas fases para ultrapassar, "tábua rasa" e etc. :D
    Re:lá está o melga (Pontos:2)
    por [Cliff] em 21-06-03 15:37 GMT (#59)
    (Utilizador Info)
    Em vez de assumir, pergunta. Será que uso mesmo o IE? Ou será que uso outro qualquer? Vai na volta, se te desses ao trabalho talvez conseguisses encontrar num post antigo que... uso o Opera.

    Agora vá vá, sai tu da tua caverna que os pinguins já estão todos cá fora.


    Nada do que foi escrito deve ser levado em consideração...
    Re:lá está o melga (Pontos:1)
    por plexar em 21-06-03 3:09 GMT (#54)
    (Utilizador Info)
    Não estou a ver a arrogância da parte deles, tendo em conta que se está a falar de um browser open-source e não de um produto comercial closed-source do qual se deveria exigir suporte.
    cumps

    Plexar.
    porra (Pontos:1)
    por edsonmedina em 21-06-03 12:59 GMT (#56)
    (Utilizador Info)
    quem é que convidou este monga para a conversa?

    ...e não dão suporte aos produtos deles, em qualquer método de distribuição, então porque é que o utilizador há-de correr o risco - não há grande risco, é mais a chatisse de estar a fazer qualquer coisa e aquilo crashar - de usar aquela trampa?

    Uh? o IE crasha 100 vezes mais e a Microsoft não me dá suporte para isso.
    No Mozilla sempre tenho a source, no caso de ninguem se dar ao trabalho de corrigir o bug, corrijo-o eu.

    PS: Este thread demonstra exactamente o tipo de chico-esperto que frequenta o gildot. É só mentes elucidadas.
    Re:porra (Pontos:2)
    por [Cliff] em 21-06-03 15:39 GMT (#60)
    (Utilizador Info)
    Eu tinha prometido a mim mesmo que não havia de te dar trela, porque és exactamente o tipo de pessoa asquerosa que não sabe manter sequer o nível de uma conversa. Não aguentas opiniões que vão de encontro à tua sapiência e o teu discurso é tão pobre que até mete nojo.

    Findo isto, ò chico-esperto, vai lá integrar sistemas em CORBA e deixa o resto do mundo em paz ok?


    Nada do que foi escrito deve ser levado em consideração...
    uh? (Pontos:1)
    por edsonmedina em 22-06-03 22:49 GMT (#62)
    (Utilizador Info)
    o que raio tem o CORBA a haver com o Mozilla?
    Re:lá está o melga (Pontos:1)
    por von em 24-06-03 18:21 GMT (#65)
    (Utilizador Info)
    Ainda por cima são arrogantes :) Cada vez mais afasto qualquer hipótese de usar mozilla... Se não dão suporte aos produtos deles, em qualquer método de distribuição, então porque é que o utilizador há-de correr o risco - não há grande risco, é mais a chatisse de estar a fazer qualquer coisa e aquilo crashar - de usar aquela trampa?

    Só corre o risco quem quer. E quem quer, é porque procura uma alternativa ao que existe. E se há pessoas a usar Mozilla, é porque como alternativa serve. Eu uso Mozilla em windows.

    Se tu não procuras uma alternativa ao que já usas, tudo bem.

    Como referencia... (Pontos:1)
    por edsonmedina em 20-06-03 12:56 GMT (#41)
    (Utilizador Info)
    podias espreitar isto.

    Passo inclusivé a citar:

    Why isn't my stylesheet applied?

    Make sure the mime type for both source and stylesheet are set to a XML mimetype, namely text/xml or application/xml. The XSLT namespace is http://www.w3.org/1999/XSL/Transform. Use the processing instruction instead of the non-standard xml:stylesheet. Mime type handling in Mozilla is strict, in contrast to IE. Write some cgi, and you'll love it.

    Why does Internet Explorer require a different XSLT namespace than Mozilla?

    IE up to version 6 required a deprecated namespace of a XSLT working draft, please update to Mozilla ;-), IE6+ or MSXML3+, as it is fixed there. As the differences between XSLT1.0 and the IE implementation of that WD are significant, we offer no legacy support.

    It works in IE, but not in Mozilla?

    There are even more differences. Most come from what we suspect IE to do after the transformation. It (AFAICT) serializes and parses the output to generate what it actually renders. Mozilla in contrast renders exactly the result of your transformation. Note that we support HTML output by producing XHTML (see Issues).

    não sei se serve...


    Se calhar não era tão mau assim (Pontos:1)
    por edsonmedina em 20-06-03 12:06 GMT (#37)
    (Utilizador Info)
    Sempre retiravas algum peso ao parser e entregavas a página já formatada. Como se fosse uma aplicação binária. Editavas o source e compilavas no fim, antes de meteres no servidor web.

    De qualquer maneira. XML-RPC ou SOAP não podem concorrer com protocólos RPC binários em performance, consumo de banda, etc. É perfeitamente estúpido estares a parsear algo que poderia já vir num formato pré-acordado entre as duas partes.

    Não quero com isto dizer que não tenham o seu lugar. Fazem todo o sentido no caso de serviços que estão abertos para o mundo (pela portabilidade e facilidade de utilização).

    Mas por favor larguem esse evangelismo de que tudo que tenha XML no meio é bom. Porque não corresponde de todo à verdade.
    Hmm (Pontos:4, Esclarecedor)
    por CrLf em 19-06-03 16:05 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Bem, o XML é certamente mais ineficiente que um protocolo binário mas tem vantagens no debugging, caso seja necessário olhar para as mensagens que estão a passar "no fio". A tendência para protocolos binários é uma tendência tipica de quem está a chegar "à cena", mas se quase todos os protocolos de grande uso hoje em dia (HTTP, SMTP, POP3...) são ASCII é por uma razão.
    O XML pode ser demasiado verboso mas isso é necessário para o tipo de coisas que codifica. Agora se me disserem que o XML hoje em dia é visto como pau para toda a obra mesmo em sitios onde o seu uso é completamente desnecessário, isso é verdade.

    Quanto aos WebServices, até agora eu, admitindo o meu estatuto de newbie na coisa (trabalho de Sistemas Distribuídos II in progress), só posso dizer que coisas que fazia de forma simples em Java RMI ou CORBA dão imensas chatices com WebServices (Java + Tomcat + AXIS), mas se calhar os WebServices até são interessantes quando não se espera deles serialização de tipos complexos ou quando não se tem de dar a volta pela porta do cavalo para conseguir soluções equivalentes a coisas esotéricas como migração de código e chamadas em callback.

    -- Carlos Rodrigues
    Re:Hmm (Pontos:1)
    por nbk em 19-06-03 18:35 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://www.mrnbk.com/
    Boas.

    "A tendência para protocolos binários é uma tendência tipica de quem está a chegar "à cena", mas se quase todos os protocolos de grande uso hoje em dia (HTTP, SMTP, POP3...) são ASCII é por uma razão."

    Sim, simplicidade aquando da sua criação. A ideia é ir adicionando um 'S' a cada protocolo... HTTPS, SPOP3, etc, etc...

    @817, Nbk

    Re:Hmm (Pontos:2)
    por CrLf em 19-06-03 21:12 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://crodrigues.webhop.net
    Sim, simplicidade aquando da sua criação. A ideia é ir adicionando um 'S' a cada protocolo... HTTPS, SPOP3, etc, etc...

    Não percebi onde querias chegar mas seja como for o HTTPS, POP3S, etc. também são protocolos ASCII, apenas vão dentro de uma conexão SSL.

    -- Carlos Rodrigues
    Nem mais! (Pontos:1)
    por edsonmedina em 20-06-03 12:07 GMT (#38)
    (Utilizador Info)
    Subscrevo tudo o que disseste.
    Afinal há alguem que sabe alguma coisa no meio disto tudo.
    Re:Hmm (Pontos:2)
    por McB em 28-06-03 17:21 GMT (#66)
    (Utilizador Info)
    só posso dizer que coisas que fazia de forma simples em Java RMI ou CORBA dão imensas chatices com WebServices

    Ui, mas desde quando é que há coisas simples de fazer em CORBA?

    Yours,
    McB!

    They told me it need Windows 95 or better, so I chose Linux
    chiu... (Pontos:0, Despropositado)
    por edsonmedina em 19-06-03 17:49 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    não falem mal do XML que o mvalente anda aí ;)
    Aliás... (Pontos:1)
    por edsonmedina em 20-06-03 10:47 GMT (#26)
    (Utilizador Info)
    Refraseio.

    não falem mal do XML que o Mário Gamito anda aí
    Er... (Pontos:2)
    por Gamito em 19-06-03 19:24 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://www.dte.ua.pt/~gamito
    "já que os contras na utilização do XML são consideráveis."
    E que são ?
    Quando se escrevem estas coisas, é preciso fundamentar, caso contrário, das duas uma: ou se cai no ridículo, ou quem não está por dentro do assunto, pode pensar que é verdade.

    Mário Gamito
    my web shelter
    Que são... (Pontos:1)
    por edsonmedina em 20-06-03 9:06 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    O peso do parser, por exemplo...

    Humm... acho que o facto de não trazer muito de novo tambem deve contar como outro exemplo.

    Temos que admitir que tem algumas utilidades, mas não serve para tudo.

    Há muita gente a fazer do XML uma religião. :P
    Re:Que são... (Pontos:2)
    por Gamito em 20-06-03 11:12 GMT (#32)
    (Utilizador Info) http://www.dte.ua.pt/~gamito
    "O peso do parser, por exemplo..." Isso em kilogramas dá quanto ?
    Agora a sério isso pode ser um problema só se o pprocessamento for feito server side.

    "Humm... acho que o facto de não trazer muito de novo tambem deve contar como outro exemplo."
    LOLs :-)

    Mário Gamito
    my web shelter
    Re:Que são... (Pontos:1)
    por [ Ent ] em 20-06-03 11:19 GMT (#33)
    (Utilizador Info)
    "Agora a sério isso pode ser um problema só se o processamento for feito server side."
    E não só, pois. não fazendo server-side. ficas dependente das versões do parser do cliente que no caso da Microsoft têm comportamentos diferentes de versão para versão !!
    tirem-me deste filme (Pontos:1)
    por edsonmedina em 20-06-03 11:33 GMT (#36)
    (Utilizador Info)
    Agora a sério isso pode ser um problema só se o processamento for feito server side.

    Lá tás tu a bater na mesma tecla. Cada vez que se fala em XML tu respondes com XHTML... Existem outras utilizações para o XML, não existem?

    Perguntas quanto pesa o parser em kilogramas? Demasiado, respondo eu. Não deves estar habituado a fazer sites com layouts complexos, pois não?
    A tua homepage não é exemplo nenhum. É demasiado simples.
    Procura sites mais complexos que isso que utilizem CSS intensivamente (de preferencia numa máquina com menos de 1GHz) e diz-me o resultado. Principalmente no IE (que tanto adoras).

    Re:tirem-me deste filme (Pontos:2)
    por [Cliff] em 20-06-03 14:35 GMT (#45)
    (Utilizador Info)
    Meu deus, meu deus: se consegues sentar um processador de 1Ghz com parsing de XML então não deves conseguir fazer absolutamente nada naquilo!


    Nada do que foi escrito deve ser levado em consideração...
    Re:tirem-me deste filme (Pontos:2)
    por Gamito em 20-06-03 21:29 GMT (#49)
    (Utilizador Info) http://www.dte.ua.pt/~gamito
    "Agora a sério isso pode ser um problema só se o processamento for feito server side.

    Lá tás tu a bater na mesma tecla. Cada vez que se fala em XML tu respondes com XHTML... "


    Agora é que te revelaste uma nulidade em termos de XML, desconhecendo que pode ser feito em server side ou client side.

    Manda mais destas para a gente se rir um bocadinho :-)

    Mário Gamito
    my web shelter
    Re:tirem-me deste filme (Pontos:1)
    por softly em 21-06-03 2:09 GMT (#50)
    (Utilizador Info)
    Porra. Estes cromos do gildot são assim um bocado tapados (ursos). Isto parece discussão de crianças. Será complicado perceber que o Edson inicialmente colocou o problema do parser de xml (i.e: server-side) e depois um cromo qualquer que não percebe pevias disto respondeu que resolvia-se o problema se fosse processado client-side (dai ele falar em xhtml)? Epá, vocês grandes autocolantes que andam prai a defender xml/xhtml/etc porquê que antes de virem para aqui mandar postas de pescada não fazem os trabalhos de casa? Andam com uma moral muito alta sem razão nenhuma. Vocês são uma cambada de novatos que ainda ontem descobriram a internet e já se julgam mestres disto. Epá, isto é uma vergonha. Sinceramente.
    Re:tirem-me deste filme (Pontos:1)
    por softly em 21-06-03 2:17 GMT (#51)
    (Utilizador Info)
    Sr. Gamito, como podes ter coragem de escrever aquelas barbaridades no teu site quando aquilo está com uma qualidade abaixo de cão? Dizes que odeias sites mal feitos? Já reparaste bem na qualidade do teu? Começa logo mal, é css embutidos no html o que tira logo 80% da potencialidade destes. Referes o facto de as colunas redimensionarem-se conforme o tamanho do browser, uau, descobriste que podes trabalhar com percentagens em vez de valores absolutos. Epá, está muito fraco mesmo. E isto já para não entrar na discusão do powered by sitesida :D vê-se logo que és um novato. Enfim, já chega de insultos. Já sei que este comentário vai desaparecer "misteriosamente" brevemente. Beijinhos às doidas, malucas
    Re:tirem-me deste filme (Pontos:1)
    por Mulder3 em 21-06-03 2:43 GMT (#53)
    (Utilizador Info)
    Desculpa lá mas tens alguma coisa contra o SiteSeed? Até podes ter, mas o que tem o siteseed a ver com xml, caso não saibas tu até podes meter WML no siteseed que ele não se importa
    Re:tirem-me deste filme (Pontos:1)
    por softly em 21-06-03 12:45 GMT (#55)
    (Utilizador Info)
    E não podia deixar de aparecer mais um inteligente que não sabe ler, troca as voltas todas e extende-se a discussão sem nenhum rumo. Ó sr.experto, será que não percebeste que quando falei de siteseed não o liguei ao xml?
    "E isto já para não entrar na discusão do powered by sitesida :D vê-se logo que és um novato", onde é que tu encontras a ligação desta frase ao xml?
    Vocês precisam é de voltar para a secundária para ter umas aulas de português
    Re:tirem-me deste filme (Pontos:2)
    por mlopes em 23-06-03 13:44 GMT (#63)
    (Utilizador Info)
    Agora disseste tudo, o grande problema para explicar coisas a outras pessoas é que muitas vezes o pessoal considera as frases como se fosse uma amálgama de palavras sem sequer analisarem o significado daquilo que se está a tentar dizer.

    Este é um caso flagrante, tu falas em XML e Siteseed no mesmo post, e vem logo alguém que mistura tudo sem sequer perceber o que lá está escrito.

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    és pior do que eu pensava (Pontos:1)
    por edsonmedina em 21-06-03 13:06 GMT (#57)
    (Utilizador Info)
    Agora é que te revelaste uma nulidade em termos de XML, desconhecendo que pode ser feito em server side ou client side.

    ponto 1: XML não tem nada a ver com servidores. por isso se eu não soubesse o que pode ser feito no lado do cliente ou no servidor, isso não faria de mim uma nulidade em XML. Por favor concentra-te antes de responderes.

    ponto 2: Conheço muito bem as possibilidades (se quiseres envio-te o meu curriculo). Mas se falámos em peso do parser e tu respondes com "o processamento pode ser feito client side", é óbvio que estás a falar de XHTML, ou de outra forma não estarias a fazer sentido de todo. A menos que queiras mostrar a tua superioridade apontando um outro caso onde faça sentido passar o processamento para o cliente.

    PS: Tens um pouco a mania não tens?
    Análise do artigo (Pontos:4, Despropositado)
    por Gamito em 19-06-03 19:42 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://www.dte.ua.pt/~gamito
    Bem, isto é mesmo aquilo que eu chamo um artigo de Merda (TM).
    Dizer que o XML consome largura de banda porque a um ficheiro XML vem sempre agarrado um XSL é revelador da mais completa ignorância da parte de quem escreveu o artigo. Simplemente, porque é mentira e é bom que isso seja dito aqui por quem sabe do assunto. Neste caso eu :-)
    Esqueceu-se de falar em CSS2 como alternativa, por exemplo.
    E também não sabe que os browsers fazem cache de CSS e XSL.
    E nem sequer esou a dizer que o XSL(T) seja uma Coisa Má(TM), porque não é. Na verdade, XML e XSL permitem fazer coisas espetaculares que o gajo que escreveu o artigo nem sonha. Personalized presentation, anyone ?

    Mas o mais grave é que esta Merda (TM) de artigo, se esqueçe que em termos de web, o XML permite separar contents from presentation que é o Holy Graal que durante anos se perseguiu e o sonho de qualquer equipa de desenvolvimento web e que o XML é um standard.
    Já lá vai o tempo do HTML (4.01), que por acaso até já "foi descontinuado", sendo substituído pelo XHTML.
    Já lá vai o tempo em que um designer no Dreamwever fazia um Save a um ficheiro e f^H^H^H^a o trabalho ao programador, ou vice-versa. Quem escreveu este artigo ainda fala em HTML... triste.

    Bem, nem vale a pena continuar. Quando eu escrever na Internet um artigo sobre lagares de azeite, hei-de fazer a mesma figurinha triste que este gajo fez quando escreveu este artigo sobre XML.

    Mário Gamito
    my web shelter
    meu deus (Pontos:1)
    por edsonmedina em 20-06-03 9:24 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Esqueceu-se de falar em CSS2 como alternativa, por exemplo.

    alternativa a quê?

    o XML permite separar contents from presentation

    uh? permite???

    Já lá vai o tempo do HTML (4.01), que por acaso até já "foi descontinuado", sendo substituído pelo XHTML.

    uh? hello? desde quando?

    Já lá vai o tempo em que um designer no Dreamwever fazia um Save a um ficheiro e f^H^H^H^a o trabalho ao programador, ou vice-versa.

    uh? e agora não fode porquê? queres ver que programas em XML :)

    Quem escreveu este artigo ainda fala em HTML... triste.

    E eu que ainda pensava que o HTML estava em todo o lado...

    Mas quem sou eu para te por em questão? Afinal de contas quem percebe do assunto és tu :)

    Quando eu escrever na Internet um artigo sobre lagares de azeite, hei-de fazer a mesma figurinha triste que este gajo fez quando escreveu este artigo sobre XML.

    Don't bother.
    Re:meu deus (Pontos:2)
    por Gamito em 20-06-03 10:49 GMT (#27)
    (Utilizador Info) http://www.dte.ua.pt/~gamito
    "Esqueceu-se de falar em CSS2 como alternativa, por exemplo. alternativa a quê?"
    A XSL transformations. Ficas a saber 1.

    "Desde quando (XHTML) ?"
    Desde 1997. BTW, já vamos na versão 2. Ficas a saber 2.

    "uh? e agora não fode porquê? queres ver que programas em XML :)"
    O XML não é uma linguagem de programação. Ficas a saber 3.

    "E eu que ainda pensava que o HTML estava em todo o lado..."
    Infelizmente as pessoas acomodam-se ao que aprenderam há 5 anos atrás.

    Tu não percebes peva de XML, pois não ? Confessa lá.

    Mário Gamito
    my web shelter
    minha nossa senhora! (Pontos:1)
    por edsonmedina em 20-06-03 11:20 GMT (#34)
    (Utilizador Info)
    Epa, desculpa lá, mas não me ensinaste muito.

    CSS como alternativa ao XSLT já eu conheço há alguns aninhos (tipo desde o início). Tu é que não contextualizaste. Menos um ponto para ti, desculpa lá.

    Quanto ao XHTML ir na versão 2, não foi essa a pergunta. Mas sim, tens razão. Tornou-se uma recomendação da W3C (em 2000, e não em 1997). 1-1.

    "O XML não é uma linguagem de programação." Credo!
    Não sei se conheces o sarcasmo como figura de estilo. Em vez de fazeres figuras a "ensinar-me" tanta coisa boa, podias tentar responder à pergunta. Diz lá como é que o XML te protege dos webdesigners e dos seus dreamweavers. Mas tenta te concentrar na resposta desta vez.

    Quanto a eu não perceber peva de XML, não te posso dizer isso. Gostava de te poder dar essa alegria, mas não posso. Desculpa lá qualquer coisinha.
    Desculpa !!!???? (Pontos:1)
    por Mulder3 em 20-06-03 11:29 GMT (#35)
    (Utilizador Info)
    uh? e agora não fode porquê? queres ver que programas em XML :)

    Lol, o que é que o facto dele f*der ou não f*der tem a ver para o XML????
    Err... 2 (Pontos:1, Redundante)
    por Gamito em 19-06-03 19:59 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://www.dte.ua.pt/~gamito
    "O que não é referido é o problema real da abordagem que a Microsoft faz em relação ao XML. Não, não é bater no ceguinho, mas há que pensar que o peso de se ter o monopólio no desktop é de esperar o embrace and extend das especificações."

    Então e o OpenOffice ?
    'da-se, estou a ficar possesso com o chorrilho de asneiras do artigo do The Register e o do Gildot.

    Mário Gamito
    my web shelter
    Chocado ... (Pontos:2, Esclarecedor)
    por [ Ent ] em 20-06-03 8:31 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    Tenho de confessar que estou um pouco chocado com as asneiras que se disseram aqui. Afinal o gildot ainda é _O_ Fórum de tecnologia português.
    E sinceramente não consigo encontrar explicações para o desconhecimento do XML, das suas vantagens e desvantagens e do modo de o usar. Talvez a maior parte dos frequentadores do Gildot sejam "Sys admins" e não "Developers" mas isso não explica tudo.
    Uso XML há cerca de dois anos em quase todos os projectos que participo quer use Java ou MS .NET! E como é obvio o XML não a solução para todos os problemas mas que tem utilidade extraordinaria é inegavel.
    O meu post não pretende começar uma flame-war, apenas gostava de compreender porque pessoas que dominam outras tecnologias muito mais complexas e dificieis de compreender nunca se interessaram por XML.
    uh? (Pontos:1)
    por edsonmedina em 20-06-03 9:11 GMT (#18)
    (Utilizador Info)
    como é obvio o XML não a solução para todos os problemas

    [...]

    Uso XML há cerca de dois anos em quase todos os projectos que participo

    E consegues encontrar utilidade para o XML em quase todos os trabalhos que fazes?

    Não deves trabalhar muito...

    Re:uh? (Pontos:1)
    por [ Ent ] em 20-06-03 9:17 GMT (#19)
    (Utilizador Info)
    Pensei se te ia responder ou não ... pois como eu disse não quero entrar em qualquer flame-war!
    Mas só te digo que a maior parte dos meus projectos são integração de sistemas heterogenos ou aplicações web multi lingua!
    Capisce ou és daqueles que não percebe puto de XML a das suas aplicações??
    hihihi (Pontos:1)
    por edsonmedina em 20-06-03 9:35 GMT (#21)
    (Utilizador Info)
    Capisce ou és daqueles que não percebe puto de XML a das suas aplicações??

    Epa, não estou ao teu nível. Não sou assim tão bom. Afinal de contas não uso Java nem MS.Net, mas ainda sei uma coisinha ou duas.

    E como a tua resposta foi super-objectiva vou, de agora em diante, utilizar o XML em quase todos os projectos que participar. hihihi.

    Obrigado por tudo. És o maior.

    Re:hihihi (Pontos:1)
    por [ Ent ] em 20-06-03 9:41 GMT (#22)
    (Utilizador Info)
    Como é obvio não sou nem penso que sou o maior!
    Mas comentários de genero "Deves trabalhar muito ..." apenas merecem respostas tão objectivas como a que dei! Isto é, se percebes alguma coisa de XML pelo tipo de projectos em que trabalho ficaste a saber para que o utilizo, senão, recuso-me a explicar a alguem que sendo ignorante na materia ainda faz comentarios ironicos !
    desculpa lá (Pontos:1)
    por edsonmedina em 20-06-03 11:02 GMT (#30)
    (Utilizador Info)
    Ok, nem vou perder mais tempo com este monólogo.

    Acho que percebeste muito bem o que quis dizer com o "não deves trabalhar muito".

    Não encontro muitas utilidades no XML (para além das aplicações óbvias), por isso achei no mínimo estranho que conseguisses arranjar uso para isso em todos os projectos em que participas.
    Mas sim, pelo dizes que fazes, faz algum sentido.

    Agora, se respondes com um "capisce? ou não percebes puto disto?" mereces levar com um "vai para o caralho, MS Boy", mas como pessoas civilizadas que somos, não precisamos descer a esse ponto. Por isso limitei-me a ironizar.

    E não, não sou ignorante na matéria. Já cá ando há alguns dias.

    Mas tudo bem, desculpa lá. Não fiques chateado. A vida é bela.

    Beijinhos
    Re:desculpa lá (Pontos:1)
    por [ Ent ] em 20-06-03 11:09 GMT (#31)
    (Utilizador Info)
    "MS BOY" ?!?!?!?!?
    Desculpa lá mas tu não lês os post a que respondes com muita atenção pois não ?
    Vou repetir, "integração de sistemas _HETEROGENEOS_" ? Sabe o que quer dizer ?
    :P (Pontos:1)
    por edsonmedina em 20-06-03 12:16 GMT (#39)
    (Utilizador Info)
    Ok, pareceu-te ter lido isto:

    «Uso XML há cerca de dois anos em quase todos os projectos que participo quer use Java ou MS .NET!»

    Mas tudo bem. Retiro as ultimas duas palavras da frase.

    Beijinhos.

    Re::P (Pontos:1)
    por Mulder3 em 21-06-03 18:58 GMT (#61)
    (Utilizador Info)
    Desculpa lá, mas se eu usar MS.net sou considerado automaticamente MS Boy???
    Re::P (Pontos:2)
    por mlopes em 23-06-03 16:34 GMT (#64)
    (Utilizador Info)
    Guess what...
    .NET é técnologia Microsoft.

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Re:hihihi (Pontos:2)
    por leitao em 20-06-03 9:59 GMT (#23)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Honestamente -- ou es parvinho e estas a te desculpar, ou entao talvez nem saibas muito bem o que e' ou a historia do XML. Em qualquer dos casos, talvez te devas calar porque ja' fizeste figura de urso suficiente.


    "I triple guarantee you, there are no American soldiers in Baghdad.", Mohammed Saeed al-Sahaf, Iraqi Minister of Information

    phear (Pontos:1)
    por edsonmedina em 20-06-03 10:50 GMT (#28)
    (Utilizador Info)
    Não sei muito bem o que é a história do XML. Uau. Isto tá profundo.

    XML virou religião agora.

    . (Pontos:2)
    por cgd em 20-06-03 13:57 GMT (#42)
    (Utilizador Info)

    A melhor (e mais popular) apresentação crítica ao XML (serve tb como boa introducao a toda a panoplia de tecnologias relacionadas): http://xmlsucks .org/but_you_have_to_use_it_anyway/does-xml-suck.pdf

    Dificuldades técnicas em processar xml (porque é que os parsers são pesados, como é dito em cima): http://www.ascc.net/xml/en/utf-8/xxx model.html

    Sobre xml em geral, mas... There are plenty of web sites explaining what is good with XML. XmlSuck will try to show what is bad: http://www.xmlsuck.com/

    Um dos melhores sites de xml: http://www.xmlhack.com/

    Re:. (Pontos:2)
    por cgd em 20-06-03 14:02 GMT (#43)
    (Utilizador Info)

    Já agora, uma correcção a moi-meme: "porque é que os ..." na realidade deve escrever-se "por que é que..." ("por que" é a pergunta, "porque" é a resposta).

    Re:. (Pontos:2)
    por leitao em 20-06-03 16:30 GMT (#47)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Nao me parece que alguem esteja a sugerir que o XML e' perfeito -- o que me parece e' que o XML nos ultimos 10 anos foi das poucas tecnologias que resolvou um problema real, e que pode ser aplicada universalmente.

    Dessa forma, atrevo-me a dizer que o XML e' o TCP/IP do "middleware" -- e nesse sentido, It's a Good Thing(TM).

    Os gajos que atiram criticas ao XML a torto e a direito fazem-me lembrar os maluquinhos do OSI quando o TCP/IP tornou-se o standard de-facto -- "nao faz isto, nao faz aquilo, yada, yada, yada..."... please, give it a break.


    "I triple guarantee you, there are no American soldiers in Baghdad.", Mohammed Saeed al-Sahaf, Iraqi Minister of Information

    agora falaste bonito (Pontos:0, Despropositado)
    por edsonmedina em 21-06-03 13:57 GMT (#58)
    (Utilizador Info)
    Dessa forma, atrevo-me a dizer que o XML e' o TCP/IP do "middleware" -- e nesse sentido, It's a Good Thing(TM).

    Nem mais. Quem o estica para além disso tá a precisar de férias.

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]