gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
Entrevista com o pai da Ethernet
Contribuído por vd em 22-05-03 10:11
do departamento dos-aniversários
Internet jazzy escreve "Para comemorar (em antecipação) os 30 anos da Ethernet, a CNet entrevistou um dos seus pais, o Sr. Bob Metcalfe. Refiro apenas este fragmento da entrevista onde ele expõe uma ideia interessante.."

vd: Continua ...
"
Q: What strikes you most about what's become of Ethernet since your memo 30 years ago?
A: What Ethernet is today is more than a packet format or media access algorithm--it is a business model.

Q: How so?
A: I was hoping you'd ask that. There are four business models out there today. The first is the vertical model exemplified in the 1980s by the IBM monopoly. The second, which dominates today, is the horizontal model dominated by AOL, Cisco, Intel and Microsoft. They are also monopolies, I might add. The third is the Linux/open-source business model. And the fourth is the Ethernet business model. It's based on de jure standards with proprietary implementations of those de jure standards, and it is unlike open source in that competitors don't give their intellectual property away. The competition is fierce, but there is a market ethic that products will be interoperable. And the standard evolves rapidly based on market engagement in such a way to value the installed base. There is a heavy value placed on sustaining and maintaining the installed base. That's the Ethernet business model.
"

InerciaDemoparty '03 | Google Clustering - Quantidade melhor que Qualidad  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Linux
  • News.com
  • Intel
  • CNet
  • entrevista
  • Mais acerca Internet
  • Também por vd
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Market ethics? (Pontos:2)
    por joaobranco em 22-05-03 11:40 GMT (#1)
    (Utilizador Info)
    Market ethics? My foot! (esta foi em saudação aos adeptos do Celtic, e para não dizer coisas mais feias).

    Já sabiamos que o sr Metcalfe não gosta de linux ou do open source, agora elaborar sobre uma chamada "ética de mercado" e dizer que é devida à Ethernet, isso já é demais...

    A Ehernet popularizou-se como uma infraestrutura competitiva por ser justamente uma infraestrutura. Como tal, os seus proponentes tinham a ganhar com a interoperabilidade dos seus componentes. Por outro lado, nenhum dos promotores da tecnologia tinha uma posição de tal forma dominante no mercado que pudesse explorar variações sobre a norma. O resultado? Hoje em dia o mercado está completamente "commoditized", e ninguém tem forma de ganhar muito dinheiro com variações proprietárias.

    A questão do software (até agora) tem sido diferente: a infraestrutura tem estado na mão de uma companhia, principalmente, que não tem nada a ganhar com a sua "commoditization". E os seus concorrentes tem a ganhar com isso (donde, por exemplo, o apoio da IBM ao software livre / open source). Por esta razão, o software livre / open source pode levar o modelo de computação mais para a direcção da Ethernet.

    A questão da propriedade intelectual é um embuste aqui. A Ethernet desenvolveu-se também porque não existiam patentes sobre as suas caracteristicas básicas que permitiam a interoperabilidade. Se existissem essas patentes, e a "propriedade intelectual" fosse mais "protegida" podem ter a certeza que o mercado Ethernet não teria a dimensão que tem hoje.

    Cumps, JB

    Re:Market ethics? (Pontos:2)
    por Gimp em 22-05-03 12:22 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    Lendo o artigo da Infoworld só posso pensar que quem está senil é o Sr.Metcalfe. Assim como não suporto aquele pessoal que passa pela fase de iniciação e chateia o pessoal para usar linux (passei por lá :-) ), não suporto mentecaptos que não sei porque carga de água começam a misturar software e política. A k7 dos comunistas já é conhecida e até é engraçada assistindo ao Contra-Informação, agora a baboseira de que o linux é o Manifesto, o Linux Lenine, etc,etc, que gajos mais chatos! Talvez se meterem um lote de acções no rabo se sintam mais protegidos...


    "No comments"

    Re:Market ethics? (Pontos:2)
    por Gimp em 22-05-03 12:27 GMT (#4)
    (Utilizador Info)
    Como acabei por fugir um pouco ao assunto, só um pequeno exemplo: O sucesso do Ethernet é comparável ao sucesso do TCP/IP. Não são a melhor coisa, mas como ambos estavam disponíveis foram o que vingaram. Assim de rajada lembrei-me também de duas iniciativas da IBM, o PC e o MCA.


    "No comments"

    Re:Market ethics? (Pontos:2)
    por racme em 22-05-03 12:50 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://rmitz.org/freebsd.daemon.html

      W2K is software also from the distant past -- VAX/VMS for Windows. But it will overpower Linux. NT, now approaching 23x6 availability, is already overpowering Linux. NT and NetWare constitute 60 percent of server software shipments. All Unixes make up 17 percent, and Linux is a small fraction of that. When W2K gets here, goodbye Linux.


    estive a ler a entrevista da inforworld e que entrevista


    Já sabiamos que o sr Metcalfe não gosta de linux ou do open source, agora elaborar sobre uma chamada "ética de mercado" e dizer que é devida à Ethernet, isso já é demais...


    Mas se nao fosse essa Market ethics como ele fala, hj estariamos todos em token ring a full throttle


    Make World; Not War;
    Re:Market ethics? (Pontos:1)
    por Pink em 22-05-03 13:59 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://www.PinksWorld.8m.com
    Não é ética de Mercado. É lógica de mercado.

    Perceba:

    Chegou uma hora em que a base instalada de Ethernet suplantou a de Token-ring e AppleTalk. Então, as possibilidades de ganhar dinheiro vendendo Ethernet eram maiores que vendendo TokenRing ou AppleTalk. A influência dos méritos da Ethernet acabam aqui, deste ponto em diante a predominância deste padrão se deu por outros motivos.

    Acontece que esta mesma base instalada, por já estar instalada, simplesmente não iria comprar nada que não funcionasse com as placas já adquiridas. Logo, os fabricantes foram obrigados à respeitar o padrão Ethernet, do contrário seus clientes sumiriam.

    O pessoal que foi chegando depois comprou Ethernet, porque a disponibilidade (e portanto o preço) eram menores que a da concorrência pelos motivos dos dois últimos parágrafos. Este fato realimenta os anteriores, num círculo virtuoso para o consumidor.

    Nenhuma empresa em sã consciência comoditiza por iniciativa própria seus produtos. Se ela o faz, é porque está sendo obrigada à fazer isto ou cairá fora deste segmento.

    Se a Ethenet é um padrão aceito pela indústria, é mérito nosso - CONSUMIDORES - não deles, indústria.

    []s,
    Pink@Manaus.Amazon.Brazil.America.Earth.SolarSystem.OrionArm.MilkyWay.Universe

    Re:Market ethics? (Pontos:2)
    por racme em 22-05-03 14:36 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://rmitz.org/freebsd.daemon.html

    Não é ética de Mercado. É lógica de mercado.

    Perceba:


    E' ele que refere
    The competition is fierce, but there is a market ethic that products will be interoperable.

    Nenhuma empresa em sã consciência comoditiza por iniciativa própria seus produtos. Se ela o faz, é porque está sendo obrigada à fazer isto ou cairá fora deste segmento.

    Convenhamos que o senhor teve sucesso. Quem diria que a 3com ha 30 anos seria o que e' hj?

    3Com Profile
    6,000 employees today
    60,000 resellers worldwide
    50% business outside of U.S.
    Strong balance sheet
    $2.8 billion in Assets
    $1.46 billion cash
    $182 million in investments
    Leadership Cash Management
    ...



    Make World; Not War;
    Re:Market ethics? (Pontos:2)
    por Gimp em 22-05-03 15:19 GMT (#8)
    (Utilizador Info)
    A 3Com está a levar no pêlo à conta da Cisco :-).


    "No comments"

    Re:Market ethics? (Pontos:2)
    por Pink em 23-05-03 1:06 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://www.PinksWorld.8m.com
    Convenhamos que o senhor teve sucesso. Quem diria que a 3com ha 30 anos seria o que e' hj?

    Bill Gates também teve bastante sucesso. Devemos consultá-lo também quando formos discutir a próxima branch de desenvolvimento do Linux?

    Só porque o cara fez uma aposta certa não significa que virou vidente.

    Pode até ser que aí na Europa a indústria seja diferente, mas aqui na América (se do Sul, nem se fala), vigora o Modelo de Negócios Bill Gates.

    Em software, em hardware, na construção civil, no preço do cimento.


    []s,
    Pink@Manaus.Amazon.Brazil.America.Earth.SolarSystem.OrionArm.MilkyWay.Universe

    Re:Market ethics? (Pontos:2)
    por Pink em 23-05-03 3:28 GMT (#10)
    (Utilizador Info) http://www.PinksWorld.8m.com
    porque a disponibilidade (e portanto o preço) eram menores

    Às vezes nem eu me entendo... 8-(

    O que eu deveria ter dito é:

    porque a disponibilidade era maior (e portanto, o preço menor)
    É no que dá atender telefonema no meio de um post.

    []s,
    Pink@Manaus.Amazon.Brazil.America.Earth.SolarSystem.OrionArm.MilkyWay.Universe

    fifth bussines model (Pontos:3, Interessante)
    por racme em 22-05-03 11:41 GMT (#2)
    (Utilizador Info) http://rmitz.org/freebsd.daemon.html
    Now 802.11 and 802.16 and 802.20 are going after the cellular telephone market using all the ideas of Ethernet--packet switching, redistributions.

    e' engraçado ver as campanhas da fodafone sobre o conceito de comunicacao sem fios do futuro passar pelo smartcard e nao pelo wirelesscard

    a ver vamos quem daqui a 5 anos vai ca tar pras curvas



    Make World; Not War;

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]