gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
How One Microsoft User Made The Switch To Open Sou
Contribuído por BladeRunner em 13-05-03 11:35
do departamento switching-OSs
Linux mad escreve "Este artigo, através de um relato pessoal, descreve porque é que um utilizador de ferramentas Microsoft decide migrar para soluções "open source".
É de salientar alguns pontos, o autor a certa altura simplesmente vê-se "atado", a pagar licenças e mais licenças desde sistema operativo, "webserver", base de dados,etc, mas essas mesmas ferramentas por quais pagava eram as suas maiores dores de cabeça. Uma das razões era o facto da Microsoft modificar a estrutura de licenças e fazer com que aumentasse os encargos, outra,segundo o autor, tinha que ter preocupações com a segurança pois todas as semanas saím "patches" sobre esses produtos. E fica aqui uma expressão que define bem o seu espírito relativamente a essa situação :
"...,I found myself spending more time doing basic administration of the box and less and less time doing development on it."
E ainda relativo às licenças, para esta mudança valeu também a opinião que tem sobre licenças, indo contra a filosofia da Microsoft, expressão que demonstra bem o descontentamento :
"More than the money, however, was a question of independence"
Isto vem ao encontro de toda uma filosofia, conseguimos ver que não é apenas, reforço, apenas por dinheiro, melhor, por falta dele :) que se pode adoptar por sistemas/soluções "open-source". E neste artigo vê-se, claramente, como utilizador Microsoft pode mudar para um sistema "open source" não apenas por ser uma solução mais barata mas também por acreditar num conceito chamado "open source", e não deixando que a ideia de que os utilizadores Microsoft regem-se pelo facilitismo sendo assim a migração dificil de acontecer. Bastando para isso acreditar e convencer-se de que de facto existem soluções e com outro tipo de filosofia.

Betos, dinheiro e campus virtuais | HP, INTEL e Verizon - World News  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • Mais acerca Linux
  • Também por BladeRunner
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    Hum? (Pontos:2)
    por Branc0 em 13-05-03 14:20 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.syners.org
    É impressão minha ou o artigo fala de um developer?

    Comparar um developer a um utilizador normal é realmente ... erm... como é que hei-de dizer isto ... parece-me um choque... mas... *não tem nada a ver*.


    "Se vi mais além do que outro, é porque estava nos ombros de gigantes."
    Sir Isaac Newton

    Re:Hum? (Pontos:2)
    por mlopes em 13-05-03 14:53 GMT (#3)
    (Utilizador Info)
    É mais díficil mudar quem sabe pouco do que quem não sabe nada.

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Re:Hum? (Pontos:2)
    por Branc0 em 13-05-03 16:37 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://www.syners.org
    Quem sabe pouco são os utilizadores que precisam do word, sabem carregar lá no botão que tem um "W" e tá a andar. Quem não sabe nada é a minha tia que fez um shutdown da maneira errada e ficou a olhar para o monitor durante 15 dias até eu ter tempo para lá ir fazer um fsck e ensina-la a fazer shutdown da "maneira normal".

    Um developer não é uma coisa nem outra...


    "Se vi mais além do que outro, é porque estava nos ombros de gigantes."
    Sir Isaac Newton

    Re:Hum? (Pontos:2)
    por mlopes em 13-05-03 16:45 GMT (#9)
    (Utilizador Info)
    Eu conheço vários developers que não sabem absolutamente nada de Linux, e que quando lhes metem um computador à frente com Linux têm muito mais barreiras a ultrapassar do que um utilizador normal que não tem vícios do Windows.

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Re:Hum? (Pontos:2)
    por humpback em 13-05-03 21:20 GMT (#18)
    (Utilizador Info) http://www.felisberto.net
    Journalized Filesystems to the rescue....
    Eu ainda não usava ext3 ou xfs em maquinas minhas ja o portatil do meu cota tinha levado com ext3.

    Gustavo Felisberto
    72ef1d7183eb2ea89420b94c0cf3e1f1
    apt-get install anarchism
    Re:Hum? (Pontos:2)
    por leitao em 13-05-03 23:36 GMT (#22)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    journaled file system


    "I triple guarantee you, there are no American soldiers in Baghdad.", Mohammed Saeed al-Sahaf, Iraqi Minister of Information

    selecção (Pontos:2, Interessante)
    por ncs em 13-05-03 14:51 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    Por acaso o artigo não deixa de ser interessante! Ele seleccionou, seleccionou e acabou por escolher o que todos escolhem.
    Mas desculpem lá, não se pode comparar mySQL com SQL Server. SQL Server É um Servidor de Bases de Dados.
    Não estou aqui a defender os produtos da MS. Mas penso que as alternativas nem sempre são tão claras como aqui ou noutros artigos são referidas. Tenho a experiencia de uma empresa que pretendeu passar de produtos MS, a nível de servidores (já para não falar no software dos clientes), e até hoje (passaram 6 meses) ainda tem problemas.
    Desde o software para gestão de emails no cliente que teve de ser outro, perdendo funcionalidades (partilha de pastas, etc, etc.) e usabilidade, passando pelo problema com os carateres portuguêses no nome dos ficheiros, partilha de ficheiros no servidor, problemas com a partilha de bases de dados em Access, e penduranços do próprio servidor, etc.
    Em relação à solução NT que o escritório tinha, não houve nenhuma mais valia dada pelo OpenSource, antes pelo contrário.
    O que eu gostaria de ver era artigos a falar dos problemas que houve ao passar de MS para OpenSource. Esses, para mim, é que seriam artigos interessantes. Porque é com esses que eu consigo aprender (por acaso não sei porquê).
    Quem lê a maior parte dos artigos aqui no Gildot também vê que é só facilidades. Claro que depois também existe o apoio dado nos grupos e que é do género: Eu digo que estou com um problema, "tenho uma base de dados com formulários em access que os utilizadores criaram e que agora não conseguem partilhar. O problema é que estão parados." A solução que me dão é passar para uma base de dados em Linux, ou fazer tudo em PHP ou ... fazer uma coisa que não me resolve o problema no imediato.
    Claro que tive uma solução foi voltar a instalar o NT e colocar a gestão de ficheiros em NT.
    Cumps,
    Re:selecção (Pontos:3, Informativo)
    por Gamito em 13-05-03 15:20 GMT (#5)
    (Utilizador Info) http://www.dte.ua.pt/~gamito
    "O que eu gostaria de ver era artigos a falar dos problemas que houve ao passar de MS para OpenSource. Esses, para mim, é que seriam artigos interessantes. Porque é com esses que eu consigo aprender (por acaso não sei porquê)."

    Viva,
    Eu migrei os servidores todos no sítio onde trabalho de NT para *um único* em Samba e está toda a gente contente. A rede ainda por cima tem máquinas Linux, Windows de todos os sabores e Macs.
    Único problema: os ficheiros gravados em Windows que contivessem caracteres acentuados no nome, não eram lidos pelos Macs e vice-versa.
    Parti a cabeça durante uns dias, resolvi colocar a questão no fórum do netalk e minutos depois um Suiço a quem aindo devo uma caneca de cerveja :-) mandou-e um ficheiro codepage correcto.
    Outro problema era o caixote do lixo dos Macs. Não dava para manter lá os ficheiros apagados. Tinham que ser removidos permanentemente. Não foi difícil descobrir o engulho no código. Levou-me, digamos um dia. Submeti a correcção ao ppl do netatalk, mas entretanto não sei se a meteram nas versões seguintes, se não.

    Bases de dados: não faltam por aí ferramentas para converter access para MySQL por exemplo. Google is your friend.

    Tenho 3 servidores e até me esqueço que eles existem, senão fosse andar em cima dos logs/segurança. Tenho os três abertos à internet.

    Sim, dá trabalho ao princípio. Há sempre um raio de um pormenor que falha, mas uma vez resolvido tudo, esqueçes que tens servidores para gerires (excepto segurança).
    Não crasham, não têm comportamentos bizarros, BSODs e todas as prendinhas com que os Microsoft nos mimoseiam.

    É preciso é largar o espírito clique-clique e meter as patas no terminal.

    Esta é a minha experiência.

    Mário Gamito
    my web shelter
    Re:selecção (Pontos:3, Interessante)
    por leitao em 13-05-03 16:21 GMT (#7)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    No teu caso funcionou porque:

    • Ja' tinhas o conhecimento in-house para fazer a migracao e manter a plataforma,
    • Trata-se de um numero pequeno de servidores (alias, se so' tens um servidor nao estou a ver o que vais fazer se este for ao ar -- onde esta' a redundancia ?)
    • O servidor tem apenas uma aplicacao -- partilha de ficheiros e print-server.

    Noutros casos, esta migracao nao e' facil nem possivel -- e mesmo quando possivel, pode nao fazer sentido economicamente.

    Esta e' a minha experiencia.


    "I triple guarantee you, there are no American soldiers in Baghdad.", Mohammed Saeed al-Sahaf, Iraqi Minister of Information

    Re:selecção (Pontos:2)
    por Gamito em 13-05-03 17:19 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://www.dte.ua.pt/~gamito
    "Ja' tinhas o conhecimento in-house para fazer a migracao e manter a plataforma"
    yep, é sempre um ponto a favor :-)

    "Trata-se de um numero pequeno de servidores (alias, se so' tens um servidor nao estou a ver o que vais fazer se este for ao ar -- onde esta' a redundancia ?)"
    Eu trabalho numa Universidade (leia-se Estado). Trabalho com aquilo que me dão, ou que vou conseguindo pedinchar. Ninguém se lembra que existem servidores até ao dia em que eles derem o estoiro. Não tem redundância (até tem RAID, mas enfim, está bem, não é a mesma coisa), mas tem backups. O Conselho Directivo do Departamento está avisado em mail assinado digitalmente por mim das nuances :-) de não haver redundância. Tenho esse mail religiosamente guardado.

    "O servidor tem apenas uma aplicacao -- partilha de ficheiros e print-server."
    E ?

    Mário Gamito
    my web shelter
    Re:selecção (Pontos:1)
    por mrmv em 13-05-03 17:31 GMT (#12)
    (Utilizador Info)
    "O servidor tem apenas uma aplicacao -- partilha de ficheiros e print-server."
    E ?

    Porque esse é um dos cenários mais simples (é pão com manteiga) e onde a migração poderá fazer mais sentido, no dominio aplicacional a coisa normalmente normalmente muda de figura...
    Re:selecção (Pontos:2)
    por xeon em 13-05-03 21:37 GMT (#19)
    (Utilizador Info) http://pthelp.org
    "O servidor tem apenas uma aplicacao -- partilha de ficheiros e print-server."
    E ?

    E ... o resto e' eye-candy ...

    Exchange ? 99% das pessoas que conheco que usam outlook, enviam e recebem mail SO'. Sendmail/qmail sao solucao mais que suficiente.

    Sharepoint ? Twiki.

    Vamos ser realistas: redes LAN empresariais sao file&printservers. O resto e' eye-candy e/ou pura perda de tempo/recursos.

    Aplicacional ? Sap ? What ? O' explica ...

    --
    Whatever
    Re:selecção (Pontos:2)
    por leitao em 13-05-03 23:43 GMT (#23)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    Exchange ? 99% das pessoas que conheco que usam outlook, enviam e recebem mail SO'. Sendmail/qmail sao solucao mais que suficiente.

    Engracado... a minha experiencia e' o oposto... 99% das pessoas que conheco que utilizam Outlook usam-no pelo Calendar, Contacts e e-mail.

    Vamos ser realistas: redes LAN empresariais sao file&printservers. O resto e' eye-candy e/ou pura perda de tempo/recursos.

    Jaw drops... :-o

    Aquelas aplicacoes como o BizTalk, Navision, Siebel, Citrix, etc devem ser fragmentos da imaginacao das pessoas.


    "I triple guarantee you, there are no American soldiers in Baghdad.", Mohammed Saeed al-Sahaf, Iraqi Minister of Information

    Re:selecção (Pontos:1)
    por AliAli em 14-05-03 7:43 GMT (#24)
    (Utilizador Info)
    Concordo Plenamente!

    As pessoas do serviço onde eu trabalho usam o Outlook pelos agenda, contactos e email

    Nomeadamente partilha de agendas para marcação de reuniões, listas de contactos de fornecedores partilhadas, etc.... e é facil fazer isto, é intuitivo.

    quando ao facto de Redes Locais serem file&print servers é porque as empresas onde trabalhas sao pequeninas...
    Re:selecção (Pontos:1)
    por celiorod em 14-05-03 9:45 GMT (#25)
    (Utilizador Info)
    Sempre podem correr o Lotus Domino num servidor Linux.

    ;)
    Célio
    Re:selecção (Pontos:2)
    por mlopes em 14-05-03 10:19 GMT (#27)
    (Utilizador Info)
    Pela experiência que tenho a maioria das pessoas não usam os calendários nem agendas, usam os contactos de e-mail e a maioria dos contactos são privados e não têm vantagem em estar num servidor central, a não ser por questões de segurança, já que não costuma haver backups das estações de trabalho, mas até este motivo se perde se o servidor for exchange já que o backup nesse caso passa por exportar os dados (ou pelo menos era assim da ultima vez que vi, já não mexo num há alguns anos) e não por ter uma tape a fazer cópias de ficheiros ou algo do género.

    De qq maneira também não é por ai, porque o ActiveDirectory não é mais do que um LDAP à lá Microsoft.

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Re:selecção (Pontos:2)
    por cao_negro em 13-05-03 17:05 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    Mas desculpem lá, não se pode comparar mySQL com SQL Server. SQL Server É um Servidor de Bases de Dados.
    E já agora o access é uma base de dados ou é uma especie de ...
    No entanto vendem-se muitos programas baseados em Access, se o fizessem em MySQL tinham sistemas mais baratos e mais fiaveis.
    Para substituir o SQL Server tens desde o PostgreSQL, Firebird ou SAP opensource.
    Cãoprimentos
    Re:selecção (Pontos:1)
    por ncs em 13-05-03 18:16 GMT (#14)
    (Utilizador Info)
    Cá está ao que eu me referia, uma comparação demasiado simples.
    Não querendo entrar em polémica, mas estar a comparar o Access com o mySQL penso que é complicado (eu não conheço muito o mySQL) porque penso que é dificil igualar o interface gráfico do Access: Geração visual de Querys, geração de formulários, integração com outras ferramentas Office, integração de outras bases de dados, etc.
    Só um pequeno exemplo: com o access é possivel integrar informação que esteja em bases de dados Oracle, bem com qq. uma das aqui mencionadas. Isto tudo só com um clique de rato, podendo, por exemplo fazer copy/paste de dados Oracle para PostgreSQL. Não acredito que com o mySQL se obtenha a mesma funcionalidade.
    Claro que tudo isto podem ser funcionalidades dispensáveis.

    Cumps,
    PS: Já agora em relação ao OpenSource tentei instalar no meu FreeBSD o novo modem Alcatel - A senhora que estava a promover o produto avisou logo: "Só para Windows" e eu a pensar cá para mim, vais ver se não vou conseguir.
    E claro, não consegui. Em Windows levei 5 minutos se tanto.
    Re:selecção (Pontos:1)
    por mad em 13-05-03 18:40 GMT (#15)
    (Utilizador Info)
    Base de dados é muito mais do que a interface gráfica, poderiamos dizer que é mais uma caraterística benefica. Mas se soubesses o que de facto define conceito de base de dados relacional, e as chamadas Doze Regras de Code, irias encontrar inumeras contradições nesse produto da Microsoft, não querendo dizer eu que o Mysql é o melhor. Pois nenhuma base de dados relacional que conheça as implementa todas. E isso dos "cliques" é de facto engraçado para facilitar, mas também , em certos casos, torna o trabalho demasiado transparente que leva a abstrairmos de determinados conceitos ou ter ideias um pouco superficiais como me parece ser este o caso.

    Cumprimentos
    mad
    Re:selecção (Pontos:1)
    por mad em 13-05-03 18:55 GMT (#16)
    (Utilizador Info)
    Onde se lê "Code" deve-se ler "Codd".

    Cumprimentos
    mad
    Re:selecção (Pontos:1)
    por ncs em 13-05-03 20:45 GMT (#17)
    (Utilizador Info)
    O que te leva a dizer que o produto da Microsoft (qual é que referes Access ou SQL Server?) não é uma base de dados relacional ?
    Se for em relação ao Access, (não é que tenha importancia mas) eu não disse que era uma base de dados relacional (não quer dizer que não seja).
    Se for em relação ao SQL Server fico baralhado com os teus comentários.
    E já agora, concretamente, que conceitos ou ideias pouco superficiais viste no texto ? e pelo que leste o que te leva a pensar que eu não conheço o Codd?
    Uma coisa eu sei, o mySQL não me garante a ACIDez (pelo menos até à pouco tempo) o que quanto a mim é preocupante sabendo que existem inúmeras aplicações que utilizam a referida.
    Para mim uma funcionalidade tal como Copy/Paste dos dados de uma tabela de uma base de dados ou de uma folha de excel feita por um utilizador, para uma outra tabela de outra base de dados em Unix, tem pouco de teórico e muito de prático.
    Cumps,
    Re:selecção (Pontos:1)
    por 4Gr em 13-05-03 21:49 GMT (#20)
    (Utilizador Info)
    Desculpa, mas já alguma vez utilizas-te mySQL? Comentários desses levam-me a inferir, com boa certeza, que para além de nunca teres usado mySQL, estás pouco contextualizado em bases de dados... Espero que não interpretes negativamente o meu comentário, mas considera-o apenas uma pergunta!
    Re:selecção (Pontos:1)
    por ncs em 13-05-03 22:26 GMT (#21)
    (Utilizador Info)
    Nunca utilizei mySQL. Porque nunca vi valor acrescentado no mySQL (a não ser provavelmente a "performance", que nunca testei) em relação ás bases de dados que utilizava, antes pelo contrário.
    O mySQL não éra ACIDa e ainda por cima tinha licenças para Windows (:-))), quando até a MS oferecia um motor de base de dados (MSDE).
    No entanto, tendo em conta os requisitos das aplicações, e considerando a necessidade te ter uma BD multiplataforma, ficava muito atrás do meu querido Interbase (que eu tanto gosto, mas que infelizmente pouco evoluiu - diga-se de passagem que mesmo assim ainda dá cartas em relação a muitos SGBDS).

    Cumps,
    Re:selecção (Pontos:2, Informativo)
    por brandon em 14-05-03 16:27 GMT (#33)
    (Utilizador Info)
    Eu usei MySQL, e Microsoft SQL, e Access, e SAPDB, e Oracle e Postgres e Firebird!

    Conclusões?!

    Substituto fiável a produtos comerciais Oracle/MsSQL tens SAPDB e Postgres.

    Substituto para Access tens MySQL e Firebird (para desenvolvimento tanto em windows como linux)

    Fazem as mesmas coisas, (algumas até mais) as OpenSource são mas standard compatible que as proprietárias, têm melhor suporte, e developing, para não falar em que têm melhor performance (sim testei, antes que alguem me pergunte se experimentei).

    O eye-candy do Access para gestão da db, encontras para as db's opensource a mesma coisa, mesmo para firebird/interbase ou para SAPDB, MySQL, Postgres existem por ai aplicações para gestão e desenvolvimento das bases de dados.

    Quem utiliza como argumento o eye-candy do access para não mudar ou até mesmo experimentar outras bases de dados é por desconhecimento ou preguiça.

    a minha .sig já aceita euros:
    just my 0.1€'s.
    Re:selecção (Pontos:1)
    por taf em 14-05-03 15:38 GMT (#30)
    (Utilizador Info)
    " O que te leva a dizer que o produto da Microsoft (qual é que referes Access ou SQL Server?) não é uma base de dados relacional ?"

    Talvez o facto de não suportar o SQL-92 tenha alguma coisa a haver com isso... É especialmente irritante não suportar querys dentro de constrains...
    Re:selecção (Pontos:1)
    por ncs em 14-05-03 16:24 GMT (#32)
    (Utilizador Info)
    É especialmente irritante não suportar querys dentro de constrains...

    Concordo contigo! Mas pode-se sempre "tentar" com triggers

    No entanto penso que isso não faz com que o MS-SQL Server deixe de ser uma base de dados relacional.

    No entanto tirando do manual: "The Microsoft® SQL Server™ 2000 Transact-SQL version complies with the Entry level of the SQL-92 standard, and supports many additional features from the Intermediate and Full levels of the standard."

    Cumps,
    Re:selecção (Pontos:2, Engraçado)
    por brandon em 14-05-03 16:31 GMT (#34)
    (Utilizador Info)
    >"The Microsoft® SQL Server™ 2000 Transact-SQL version complies with the Entry level of the SQL-92 standard, and supports many additional features from the Intermediate and Full levels of the standard."

    Pena que este 'supports many additional features' vai partir o standard que suporta :)

    Extende o standard de tal maneira que amanha já patenteia o SQL-XP :(=)

    a minha .sig já aceita euros:
    just my 0.1€'s.
    Re:selecção (Pontos:1)
    por mrmv em 14-05-03 18:06 GMT (#36)
    (Utilizador Info)
    Percebes pouco disto, não parte nada, no limite podes utilizar apenas o que é suportado no standard e funciona, mas ficas é muito limitado não tiras partido de tudo o que o motor te dá, mas a MS não difere em nada dos outros fabricantes a este nível.

    Re:selecção (Pontos:1)
    por brandon em 15-05-03 7:24 GMT (#38)
    (Utilizador Info)
    Tens razão, eu n percebo nada disto, nem eu nem ninguém, apenas o bill gates, que foi o único que se desemerdou no mundo da informática e tem o império que tem.



    a minha .sig já aceita euros:
    just my 0.1€'s.
    Re:selecção (Pontos:1)
    por mrmv em 15-05-03 9:49 GMT (#39)
    (Utilizador Info)
    Não percebo o teu comentário... estamos a falar de tecnologia ou não? É que gosto pouco de ver ou ler coisas que estão erradas, e que não informam mas fazem precisamente o contrário.
    Re:selecção (Pontos:1)
    por brandon em 15-05-03 17:03 GMT (#41)
    (Utilizador Info)
    Se não percebes um pouco de ironia, aconselho-te vivamente a largar o pc durante umas horitas :)



    a minha .sig já aceita euros:
    just my 0.1€'s.
    Re:selecção (Pontos:1)
    por mrmv em 15-05-03 17:42 GMT (#42)
    (Utilizador Info)
    Bem fico já por aqui, na certeza que vais continuar a ser irónico... de facto não percebi a ironia off topic, mas está bem.
    Re:selecção (Pontos:3, Engraçado)
    por mlopes em 14-05-03 15:21 GMT (#29)
    (Utilizador Info)

    A senhora que estava a promover o produto avisou logo: "Só para Windows"(...)E claro, não consegui. Em Windows levei 5 minutos se tanto.

    Que giro, eu tenho aqui um computador cheio de binários, disseram-me logo que eram para Linux, eu experimentei corre-los em Windows, claro que não consegui, mas em Linux foram 5 segundos para os pôr a correr.

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Re:selecção (Pontos:1)
    por ncs em 14-05-03 16:05 GMT (#31)
    (Utilizador Info)
    Não percebi bem o teu post!

    Será que estás a sugerir que eu tentei correr os binários de Windows em FreeBSD ? :-))
    Por acaso nunca tinha pensado numa piada assim
    Cumps,
    Re:selecção (Pontos:2)
    por mlopes em 14-05-03 16:42 GMT (#35)
    (Utilizador Info)
    Por outras palavras, se te tinham dito que aqui só funcionava em Windows não percebo a estranheza que te causa não ter funcionado em FreeBSD e ter funcionado em 5 minutos no Windows.
    Mas por acaso já ouvi dizer que há quem o tenha a funcionar em Linux.

    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Mas o tema é... (Pontos:1)
    por ncs em 14-05-03 21:55 GMT (#37)
    (Utilizador Info)
    Pois, a questão é mesmo essa!
    É que lendo alguns comentários no gildot e afins temos a impressão que é fácil sair do Windows e passar para sistemas *ix's.
    Mas até a menina do expositor do xptoAdsl sabe que nem tudo o que há em windows, funciona em ix's.
    Claro que me vão dizer que eu não pesco nada disto e que devia ter escolhido Linux em vez de *BSD (porque há quem já tenha conseguido instalar em Linux) ou então ter escolhido um ISP que tivesse PPPoA em vez de PPPoE! (PPPoA/PPPoE o que é isso? ;-))
    Mas mesmo para instalar o modem em Linux, é preciso escolher isto e aquilo e mais aqueloutro. (Graças a Deus que houve alguém que já fez um HowTo)
    Também podem sempre dizer, consegue-se ter o modem a funcionar em *BSD é só fazer o driver!
    Comparando SO's ix's com os automóveis: para se ser um bom piloto de automóveis, é preciso ser-se um eng. mecânico que meta as mãos na massa.
    Quanto a mim, uma das grandes vantagens de um SW OpenSource é quando ele é independente do OS: Python, Zope, Firebird, PHP, Apache, etc. Tudo o que o outro senhor do artigo falou! Que eu posso, por exemplo, ter em Windows sem por isso perder o que já conheço.
    Mas que se quiser, posso em qualquer altura migrar para outro SO (desde que alguém me consiga fazer a instalação do que é basico num SO ;-))
    Essa é uma das experiencias que eu tenho com sucesso a passar aplicações de Windows para Linux: a aplicação era cliente servidor, passámos o SGBD de WinNT para Linux com Zero efeitos secundários (até agora)!
    Claro que o SGBD é o mesmo (Interbase/Firebird). Foi só fazer o backup em NT e o restore no Linux.

    Cumps,
    Re:Mas o tema é... (Pontos:2)
    por mlopes em 15-05-03 10:30 GMT (#40)
    (Utilizador Info)

    Mas até a menina do expositor do xptoAdsl sabe que nem tudo o que há em windows, funciona em ix's.

    Sendo que o contrário também é verdade, mas o teu comentário parece querer passar a ideia de que tudo funciona em Windows e os outros pobres desgraçados sistemas operativos não fazem nada.


    No woman ever falls in love with a man unless she has a better opinion of him than he deserves.

    Re:selecção (Pontos:1, Redundante)
    por quantic_oscillation em 14-05-03 9:52 GMT (#26)
    (Utilizador Info) http://fs-oss.cjb.net
    queres dizer m$-SQL server....????

    é que SQL só é simplesmente SQL

    SQL (Structured Query Language) is a standard interactive and programming language for getting information from and updating a database. Although SQL is both an ANSI and an ISO standard, many database products support SQL with proprietary extensions to the standard language. Queries take the form of a command language that lets you select, insert, update, find out the location of data, and so forth. There is also a programming interface.

    Re:selecção (Pontos:1)
    por ncs em 14-05-03 11:03 GMT (#28)
    (Utilizador Info)
    Penso que não (m$-.. ??). Realmente pode não ter ficado claro mas o que eu queria dizer era Microsoft SQL Server ;-) (mas como o texto fala em passar de software Microsoft para Linux) penso que dizer que era SQL Server estava implicito que era da Microsoft.

    "simplesmente SQL" ??Porque falas só em SQL ? se quisermos ser preciosistas, quanto muito SQL Server, e q

    Não leves a mal, mas penso que o teu post é muito esclarecedor ;-) (o meu não é melhor)

    Cumps,
    Hummm.... (Pontos:2)
    por leitao em 13-05-03 15:03 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://scaletrix.com/nuno/
    E neste artigo vê-se, claramente, como utilizador Microsoft pode mudar para um sistema "open source" não apenas por ser uma solução mais barata mas também por acreditar num conceito chamado "open source",

    Yeah right... e' "por razoes pessoais"...


    "I triple guarantee you, there are no American soldiers in Baghdad.", Mohammed Saeed al-Sahaf, Iraqi Minister of Information

    Re:Hummm.... (Pontos:2, Interessante)
    por Pink em 13-05-03 15:53 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://www.PinksWorld.8m.com
    Existe algo mais pessoal que o seu bolso??? ;-)

    []s,
    Pink@Manaus.Amazon.Brazil.America.Earth.SolarSystem.OrionArm.MilkyWay.Universe

    Re:Hummm.... (Pontos:1, Despropositado)
    por jig em 13-05-03 17:53 GMT (#13)
    (Utilizador Info)
    existe, mas não se pode escrever aqui senão perdes um ponto no karma...

     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]