gildot

Topo
Sobre
FAQ
Tópicos
Autores
Preferências
Artigos
Sondagens
Propor artigo


8/3
gildicas
9/30
jobs
10/9
perguntas
10/25
press

 
A medição das audiências da Internet
Contribuído por jmce em 29-04-03 0:01
do departamento olhométrico
Portugal MiguelA (Miguel Albano) escreve "O Editor Executivo da TSF Online escreve um artigo na edição do público [de 27 de Abril] onde afirma que o NetPainel da Marktest não pode ser o estudo de referência do mercado, dado a margem de erro desta ferramenta ser enorme. O artigo, extremamente interessante, volta a levantar questões sérias sobre a credibilidade das informações estatísticas referentes à web nacional. Numa altura em que as empresas precisam de assegurar investimentos publicitários, e aquilo que podem vender é tráfego, este artigo volta a trazer à ribalta a inexistência de credibilidade no meio. Pessoalmente, gostava de saber as vossas opiniões sobre esta temática."

Apple lança serviço de música online | VPN através de firewall Linux  >

 

gildot Login
Login:

Password:

Referências
  • MiguelA
  • um artigo
  • Mais acerca Portugal
  • Também por jmce
  • Esta discussão foi arquivada. Não se pode acrescentar nenhum comentário.
    spyware (Pontos:3, Engraçado)
    por ruben dig em 29-04-03 0:15 GMT (#1)
    (Utilizador Info) http://www.floppy.com.pt
    Quem deve ter uma boa ideia dos sites que os portugueses visitam é a microsoft e a gator software, porque é que a marktest não fala com eles?
    ;)
    Correcção (Pontos:1)
    por Gamblit em 29-04-03 7:23 GMT (#2)
    (Utilizador Info)
    "Numa altura em que as empresas precisam de assegurar investimentos"
    Re:Correcção (Pontos:1)
    por ashes em 29-04-03 7:46 GMT (#3)
    (Utilizador Info) http://www.grupolinux.org/~ashes
    Done.
    Obrigado.

    HoDiE MiHi CrAs TiBi

    Re:Correcção (Pontos:2)
    por Pink em 29-04-03 10:26 GMT (#4)
    (Utilizador Info) http://www.PinksWorld.8m.com
    hummm.... aproveitando a deixa...

    Isto significa que antes elas não precisavam assegurar nada??? 8-P

    []s,
    Pink@Manaus.Amazon.Brazil.America.Earth.SolarSystem.OrionArm.MilkyWay.Universe

    uma questão pertinente (Pontos:2, Interessante)
    por rsantos em 29-04-03 10:42 GMT (#5)
    (Utilizador Info)
    É uma questão pertinente.
    Quando se publicita na Internet, o preço é fixado tendo em conta a andiência do site. Se não existe uma entidade capaz de nos apresentar estudos fiáveis - por exemplo, para a televisão existe - no que respeita a audiências, como poderemos saber se é justa a distribuição do "bolo publicitário" na internet.
    Perdem as empresas que apostam na rede e as marcas que, no fundo, não sabem bem onde anunciar, pois estão longe de saber se a mensagem chega ao consumidor.

    Julgo que a solução não passa pelo tipo de sondagem que é feito para as audiências televisivas (utilizado pelo NetPanel). Passará talvez, por uma solução protocular ao nível da rede.

    Is this the meaning of life?....Ah! It's Lear again!
    Re:uma questão pertinente (Pontos:2)
    por jmce em 29-04-03 10:49 GMT (#6)
    (Utilizador Info) http://jmce.artenumerica.org/
    Pôr os ISPs a espiar o nosso tráfego e a vender estatísticas? É isso?
    Re:uma questão pertinente (Pontos:1)
    por rsantos em 29-04-03 11:18 GMT (#7)
    (Utilizador Info)
    Não propriamente os ISPs.
    As entidades responsáveis pelas sondagens devem ser as mesmas.
    Penso que o actual sistema não funciona e nunca vai funcionar, dada a variedade absolutamente astronómica de sites para serem contabilizados.
    Hoje em dia, valem mais as estatísticas divulgadas pelos sites, do que as sondagens. E essas estatísticas são sempre inflaccionadas (contabiliza-se várias vezes o mesmo visitante), não correspondendo assim aos números reais.
    Tem de haver uma contagem dos acessos aos sites, feita por organismos independentes.
    Quanto ao nosso direito à privacidade, terá de ser minimamente assegurado.

    Is this the meaning of life?....Ah! It's Lear again!
    Re:uma questão pertinente (Pontos:3, Esclarecedor)
    por Lowgitek em 29-04-03 13:36 GMT (#9)
    (Utilizador Info) http://www.youthinkwedo.com
    Entidades idenpendentes que vendam dados a entidades que fazema publicidade, nunca respeirão nem nunca respeitarão a privacidade individual, nem hoje nem nunca.

    Okay a sempre aquela linha em letras pequeninas que diz qualquer coisa como: "se você não autoriza que os seus dados sejam fornecidos... blá, blá, blá"

    Sim aquela linhazinha que foi imposta por lei e que todos fazem o excelente favor de respeitar, e por isso que quando preencho os mesmos impresso faço questão de cometer um erro ortogr+afico aqui e ali sempre que seja possível. E bastante fácil depois ver daonde que as coisas provieram... e depois ? depois não posso fazer nada a tal linha com o quadradinho afinal não me serviu de nada nem me protegeu de nada. Entrar com um processo contra as mesmas entidades ? hmm .. não me parece com a celeridade dos nossos ricos tribunais e com a falta de recursos que tenho para andar a dar de comer a advogados gordos, acho que não era uma solução viável para tamanho abuso.

    Fiscalização a essas mesmas empresas por entidades do governo ? Sim uma utopia bonita, ninguem prende aquele que paga o pão lá em casa...

    Resultado, perca total do respeito pelas mesmas entidades e sempre que seja me possível evito de voltar sequer a pensar em voltar a comprar lá qualquer coisa... o que se torna cada vez mais dificil.

    Cheers,


    Re:uma questão pertinente (Pontos:1)
    por rsantos em 29-04-03 18:03 GMT (#10)
    (Utilizador Info)
    "Entidades idenpendentes que vendam dados a entidades que fazema publicidade, nunca respeirão nem nunca respeitarão a privacidade individual, nem hoje nem nunca."

    Mas não é preciso trazer-mos o problema para a informática para que isso aconteça. Porque já acontece em todas as áreas onde se fazem sondagens.

    Quando nos ligam para casa sem nos pedir dados pessoais, numa "ilusão de privacidade" - tendo em conta que o número é extraído da lista telefónica (onde encontram esses dados), isso já acontece.
    A lei proíbe a sua utilização, mas a verdade é que existe um acesso aos dados.

    Quanto às quesões que levanta, ao nível do cumprimento da lei, caro colega... elas vão em muitas direcções. Não podemos basear as nossas ideias acerca do funcionamento de algo, nos falhnaços e imperfeições de outras entidades.
    Assim, como diz o nosso Presidente, não saímos da "cepa torta".

    Is this the meaning of life?....Ah! It's Lear again!
    Re:uma questão pertinente (Pontos:2)
    por Lowgitek em 29-04-03 21:54 GMT (#11)
    (Utilizador Info) http://www.youthinkwedo.com
    Você tem razão no que consta, à que a amostra escolhida, nem sempre pode ser representativa como se desejaria para o todo, mas é pelos os falhaços consecutivos e pelas imperfeições, que deixam de ser se chamar imperfeições para sem chamadas de hábito e que temos o país que temos e isso é triste.

    Cheers,
    Outros modos de medição das audiências (Pontos:2, Informativo)
    por andrerib@zmail.pt em 29-04-03 12:15 GMT (#8)
    (Utilizador Info) http://mega.ist.utl.pt/~acrib
    Existem algumas empresas que estão a utilizar um método muito mais fiável de medição das audiências. A hitwise faz o seguinte:
    Hitwise monitors Internet Service Provider (ISP) networks and other data sources to capture the usage patterns of the ISP’s user base. Hitwise extracts from the partner ISP's networks a list of the websites visited and ranks them according to a range of industry standard metrics including page requests, visits and average visit length. Hitwise also extracts Click-Stream data analysing the movements of visitors between sites to provide subscribers with information on traffic to and from competitive sites.
    Em Portugal ninguem ainda fez nada assim parecido mas a verdade é que se torna-se muito mais fácil confiar nestes resultados.
    :::: AndreRib ::::
    Tenho uma questão ao colocar (Pontos:2)
    por Lowgitek em 29-04-03 22:00 GMT (#12)
    (Utilizador Info) http://www.youthinkwedo.com
    Estava aqui a pensar numa coisa que me suscitou uma dúvida importante que muitas vezes ignoramos: Até que ponto será legal, uma "base de dados" como um contador de hits, ou do genero, tal como o awstats ou o webalizer sem o prévio consentimento ou aviso por parte dos nos do site para os seus visitantes do genero, estamos a registrar o trafego de nossa pagina bla, bla, nesses mesmos dados poderão conter os seus ips etc etc... não terá isso implicancia directa com os utilizadores de ips fixos e com a lei de protecção de dados ?

    Há algo que preveja essa situação na lei ? Poderei eu sendo um dos webmaster que monitoriso todo o tráfego em um site meu sem qualquer aviso ao utilizador com o único fim de aumentar a funcionabilidade do site tornando mais apelativo ao visitante x, que costuma lá ir ao dia tal ao hora tal depois de ver a pagina x e ir parar a minha ?

    Até que ponto será isso legal, se será, quais as alternativas no caso de isso não ser totalmente legal de contornar a situação, para evitar situações contrarias a legislação.

    Obrigado.


    Re:Tenho uma questão ao colocar (Pontos:2)
    por Xmal em 30-04-03 15:18 GMT (#13)
    (Utilizador Info) http://gsd.di.uminho.pt/cbm
    Estava aqui a pensar numa coisa que me suscitou uma dúvida importante que muitas vezes ignoramos: Até que ponto será legal, uma "base de dados" como um contador de hits, ou do genero, tal como o awstats ou o webalizer sem o prévio consentimento ou aviso por parte dos nos do site para os seus visitantes do genero, estamos a registrar o trafego de nossa pagina bla, bla, nesses mesmos dados poderão conter os seus ips etc etc... não terá isso implicancia directa com os utilizadores de ips fixos e com a lei de protecção de dados ?

    E já agora, será que posso manter a lista de emails que recebi nos últimos anos, sem ser acusado de estar a manter uma base de dados não autorizada. O mesmo se aplicaria para a lista de sent-mail, ou para a lista de contactos nos nossos telemóveis ...

    A resposta pode passar por determinar se um IP ou um email são por si só informação pessoal, cuja manutenção requeira consentimento explícito.


    Re:Tenho uma questão ao colocar (Pontos:2)
    por Lowgitek em 30-04-03 18:37 GMT (#14)
    (Utilizador Info) http://www.youthinkwedo.com
    Sim a tua pergunta também é pertinente, o problema não serão os dois factores em separado mais os dois em conjunto, ou seja email + ip + qualquer outra informação em conjunta num dado espaço de tempo. Tenho dúvidas quanto em relação a legalidade da situação.


     

     

    [ Topo | Sugerir artigo | Artigos anteriores | Sondagens passadas | FAQ | Editores | Preferências | Contacto ]